DefiniçãoDefinição
● Origem do nome: Inferno
● Sistema operacional para criação e distribuição de serviços distribuídos;
●...
Portabilidade entre processadores
● Sparc, MIPS, ARM, HP-PA, e PowerPC
Portabilidade entre ambientes
● Windows NT, Windows...
HistóriaHistória
1996 – Inferno por Bell Labs, como atualização do sistema Plan9;
1997 – Inferno 1.0 por Bell Labs;
1999 –...
ArquiteturaArquitetura
Projetado com base em três princípios básicos:
● Recursos como arquivos;
● Namespace;
● Protocolo ú...
DesignDesign
● Tamanho do kernel reduzido devido o princípio de recursos como arquivos;
● Todo o kernel foi desenvolvido e...
KernelKernel
●
Principal função – suporte ao Dis;
●
Duas formas de instalação: Nativo ou Emulado;
●
Gerência de processos ...
Limbo e VM DisLimbo e VM Dis
● Desenvolvimento de aplicações para o inferno e gateways;
● É independente de hardware → Byt...
Hello World em LimboHello World em Limbo
Imagens - AboutImagens - About
Imagens – Gerenciador de Mem.Imagens – Gerenciador de Mem.
Imagens – Gerenciador de Proc.Imagens – Gerenciador de Proc.
Imagens – Gerenciador de Arq.Imagens – Gerenciador de Arq.
Imagens – Gerenciador de Arq.Imagens – Gerenciador de Arq.
Imagens – CharonImagens – Charon
Imagens – CharonImagens – Charon
Imagens – ShellImagens – Shell
Imagens – Man Comp. LimboImagens – Man Comp. Limbo
Imagens – Port AndroidImagens – Port Android
Imagens – Port Inferno DSImagens – Port Inferno DS
BibliografiaBibliografia
●
The Inferno Operating System/Virtual Machine - http://doc.cat-v.org/inferno
●
Inferno Design Pr...
Perguntas?Perguntas?
=D
Obrigado!Obrigado!
Sistema Operacional - Inferno OS
Sistema Operacional - Inferno OS
Sistema Operacional - Inferno OS
Sistema Operacional - Inferno OS
Sistema Operacional - Inferno OS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistema Operacional - Inferno OS

2.401 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.401
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
355
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema Operacional - Inferno OS

  1. 1. DefiniçãoDefinição ● Origem do nome: Inferno ● Sistema operacional para criação e distribuição de serviços distribuídos; ● Foi criado para suportar ambientes como: telefones, hand-helds, TVs e computadores; ● É um sistema operacional de tempo real; ● Derivado(atualização) do sistema operacional Plan9; ● Criado por cientistas dentro da Bell Labs; - Fax, Televisão, Lasers LED, Linguagem C, Unix, Plan9... ● SUPERLEVE! Consegue rodar “standalone” em uma máquina com 1MB de memória. }:)
  2. 2. Portabilidade entre processadores ● Sparc, MIPS, ARM, HP-PA, e PowerPC Portabilidade entre ambientes ● Windows NT, Windows 95, Unix(Irix, Solaris, FreeBSD, Linux, AIX, HP/UX) e Plan 9
  3. 3. HistóriaHistória 1996 – Inferno por Bell Labs, como atualização do sistema Plan9; 1997 – Inferno 1.0 por Bell Labs; 1999 – Inferno 2.0 por Lucent/Bell Labs (Lucent VPN Firewall e Lucent Pathstar Phone Switch); 2001 – Inferno 3.0 por VitaNuova – Compra e venda de licensas comerciais; 2004 – Inferno 4.0 por VitaNuova – Liberação do código fonte do projeto.
  4. 4. ArquiteturaArquitetura Projetado com base em três princípios básicos: ● Recursos como arquivos; ● Namespace; ● Protocolo único de comunicação: Styx.
  5. 5. DesignDesign ● Tamanho do kernel reduzido devido o princípio de recursos como arquivos; ● Todo o kernel foi desenvolvido em C; ● Todas as aplicações são desenvolvidas na linguagem Limbo; ● A segurança é feita por meio de assinatura digital. Chave pública e privada; ● Toda a comunicação entre os programas é feita usando o protocolo Styx
  6. 6. KernelKernel ● Principal função – suporte ao Dis; ● Duas formas de instalação: Nativo ou Emulado; ● Gerência de processos e escalonamento; ● Gerência de memória; ● Acesso a dispositivos
  7. 7. Limbo e VM DisLimbo e VM Dis ● Desenvolvimento de aplicações para o inferno e gateways; ● É independente de hardware → Bytecode → VM; ● É fortemente tipada, modulada e procedural.; ● A máquina Virtual Dis. ● Possui Garbage Collector; ● Possui Gerenciamento de memória
  8. 8. Hello World em LimboHello World em Limbo
  9. 9. Imagens - AboutImagens - About
  10. 10. Imagens – Gerenciador de Mem.Imagens – Gerenciador de Mem.
  11. 11. Imagens – Gerenciador de Proc.Imagens – Gerenciador de Proc.
  12. 12. Imagens – Gerenciador de Arq.Imagens – Gerenciador de Arq.
  13. 13. Imagens – Gerenciador de Arq.Imagens – Gerenciador de Arq.
  14. 14. Imagens – CharonImagens – Charon
  15. 15. Imagens – CharonImagens – Charon
  16. 16. Imagens – ShellImagens – Shell
  17. 17. Imagens – Man Comp. LimboImagens – Man Comp. Limbo
  18. 18. Imagens – Port AndroidImagens – Port Android
  19. 19. Imagens – Port Inferno DSImagens – Port Inferno DS
  20. 20. BibliografiaBibliografia ● The Inferno Operating System/Virtual Machine - http://doc.cat-v.org/inferno ● Inferno Design Principles - http://vitanuova.com/inferno/design.html ● Limbo - http://vitanuova.com/inferno/limbo.html ● Documentation - http://vitanuova.com/inferno/docs.html ● Inferno Overview - http://vitanuova.com/inferno/info/Inferno_overview.pdf ● Papers - http://vitanuova.com/inferno/papers/ ● Inferno DS (Nintendo DS) - http://code.google.com/p/inferno-ds/ ● Hellaphone (Android) - https://bitbucket.org/floren/inferno/wiki/Home ● Hellaphone - http://hardware.com.br/noticias/2011-09/inferno-android.html
  21. 21. Perguntas?Perguntas?
  22. 22. =D Obrigado!Obrigado!

×