Agua Madre Thalasso Cosmetic - ASP Thermal Brazil

607 visualizações

Publicada em

Definição: Solução de sais que permanece após a cristalização de cloreto de sódio da água do mar.
Definição do produto ÁGUA MÃE Cosmética – ASP: Solução 100% natural (sem aditivos, corantes ou preservantes), esterilizada após envase e notificada ANVISA cosmético grau 1 com INCI: “Maris Aqua, Maris Sal e Aqua”. Procedências brasileiras, distantes de fontes contaminantes e áreas urbanas.
Propriedades: possui hipersalinidade, ou seja, sais totais dissolvidos (STD) sob forma iônica e equilíbrio hidroquímico, com teor aproximadamente 7 vezes superior a água marinha. Similar a Água do Mar Morto/ISR, famosa internacionalmente pelo testemunhal terapêutico.
Água Marinha: água naturalmente rica em minerais (Macro) e microelementos (Oligo), possui teor de sais totais dissolvidos em média de 36 gramas por litro (água mineral = aprox. 0,5 gramas por litro), sendo mais de 85% de Cloreto de Sódio (NaCl) e nos 15% de sais minerais restantes uma diversidade natural única (hidrodiversidade), com mais de 80 elementos da tabela periódica. Principal Recurso Natural Terapêutico (RNT) das práticas de Talassoterapia e Quinton.
Vantagens ÁGUA MÃE: além de maior salinidade que a água marinha, apresenta menor teor de NaCl (aprox. 60 %) em favor do enriquecimento de todos os demais elementos da tabela periódica, em especial Mg, K, Ca, SO4 e Br. Também menor % de NaCl que em sal cristalizado puro e muito maior pureza e oligoelementos que o sal refinado (tratado).
Propriedades dermatológicas em uso externo:
- Produz-se na superfície cutânea por osmose (mudança de substâncias em ambas as direções através de uma membrana), uma regeneração de elementos, principalmente iodo e sódio.
- Uma pressão osmótica superior à das soluções cristalinas e a correspondente atividade terapêutica natural.
- Uma ionização livre, própria das soluções salinas, devido ao fato de que os íons, não-entrelaçados com as substâncias em estado coloidal, têm uma disponibilidade maior, pois os elementos colóides se apresentam em formas de cristais (Duclaux, 1929).
- Rejuvenescimento celular, indução de trocas minerais e toxinas entre o sangue e a água (saltworks.us).
- Fornecimento de grande variedade de nutrientes (sais minerais, macro e oligoelementos), tonificação. Permeação cutânea em temperatura aproximada de 36 oC.
- Regula o pH.
- Combate oleosidade, hidrata e condiciona (retém em vários níveis a umidade).
- Anti-séptico natural.
- Auxilia no tratamento de Dermatites (saltworks.us).
- Acalma, relaxa e anti-stress.
- Remove odores.
- Diversos outros usos farmacológicos recomendados através de pesquisas médicas.

Usos: :
- Aplicação externa sobre a pele (natural ou diluída em água nas proporções entre 5 e 20 vezes) =
Embebida em algodão, gaze ou tecido
Nebulização (em especial para uso cotidiano facial)
Após ou durante banhos
Saunas
Salmoura
Acrescida em outros produtos cosméticos
- Substitui sais de banho (de difícil dissolução)

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
607
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agua Madre Thalasso Cosmetic - ASP Thermal Brazil

  1. 1. Talassocosmética: Água MãeÁgua Mãe Agua Madre Eau Thalasso Cosmétique Skincare & Bath SPA Sea Salt Water Águas de São Pedro®
  2. 2. Autor • Geólogo Fabio Tadeu Lazzerini – Vice presidente da Organização Mundial de Termalismo (omth.com) – Diretor da Sociedade Brasileira de Termalismo – Técnico ASP - Águas de São Pedro Cosmética e Termalismo Ltda – Consultor: • SPA Unique Garden – Atibaia/SP • Circuito das Águas de São Paulo• Circuito das Águas de São Paulo • Thermas de Mossoró/RN • Termas de Jurema/PR • Resort AGUATIVA/PR • Governo do Estado do Amazonas – www.aguasdesaopedro.com – www.termasdobrasil.com.br – info@aguasdesaopedro.com – 19 / 3427 2870
  3. 3. Definição ÁGUA MÃE: www.pdamed.com.br (dicionário digital de termos médicos 2007) e www.rossetti.eti.br • Solução de sais que permanece após a cristalização de cloreto de sódio da água do mar.
  4. 4. Definição – Produto AGUA MÃE Cosmética - ASP • Água hipersalina • Origem marinha • 100% natural • Seis vezes mais sais que a água do mar • Contem mais de 80 elementos da tabela periódica em maior proporção que a água do mar e sal mineral (menor proporção de NaCl) • Equilíbrio hidroquímico sob a forma iônica
  5. 5. Água Mãe Tropical Oceânica Origem de 3 fontes brasileiras distantes de centros urbanos e contaminações
  6. 6. SALINAS
  7. 7. Notificada ANVISA - INCI (Foto= Castelos de Algodão / TUR) • Maris Aqua • Maris Sal • Aqua• Aqua Filtrada + Esterilizada Pós envase (preservative free)
  8. 8. www.fiern.org.br
  9. 9. COMPOSIÇÃO ÁGUA DO MAR (Mg/L) Resíduo seco Cloro Sodio Sulfato Magnesio Calcio Potassio Atlântico Norte 34.700 19.012 10.464 2.446 1.273 468 725 Atlântico Sul 35.700 19.460 11.081Atlântico Sul 35.700 19.460 11.081 Mediterrâneo 37.700 20.527 11.706 2.943 1.310 441 264 Pacífico 34.700 18.950 10.262 2.786 1.315 471 603 MÉDIA 35.700 19.487 10.878 2.688 1.213 459 588
  10. 10. SALINIDADE • Água do mar tem 300 vezes mais sais dissolvidos que a média da água doce, as Águas Mães 1.800 vezes. • As Águas Mães possuem diferentes proporções de elementos que a água do mar e sal mineral granulado (grosso), sendo: • Menos NaCl• Menos NaCl – Sal grosso = 99% (dos 96% dos sais) – Água do Mar = 85% (dos 3,6% sais dissolvidos) – Água Mãe = 70% (dos 28% dos sais dissolvidos) • Mais dos demais elementos, em especial = Sulfatos, Magnésio, Cálcio, Potássio, Bicarbonatos, Sílica, ... • Muito mais que o sal refinado.
  11. 11. Constituintes majoritários • Os solutos principais na água do mar estão na forma cátions e ânions e estão presente em concentrações maiores do que 1 mg/Kg (1‰), excluindo-se Si, o qual é um importante nutriente nos ambientes marinhos.nos ambientes marinhos. • Sódio (Na+) e cloro (Cl-) constituem mais que 85.65% (por peso) de todas as substâncias da água do mar. Os seis íons mais importantes constituem mais que 99% de todos os solutos.
  12. 12. Composição Águas Naturais
  13. 13. Água doce Água Potável de Mesa Água Mineral Potável g/L • Até 1,0 • - de 0,1* • de 0,1 à 0,5 STD - Sais Totais Dissolvidos % • Até 0,1 • - 0,01 • 0,01 à 0,5 Água Fortemente Mineral Água Salgada Água Marinha Água Hipersalgada • de 0,6 à 3,0 • de 3,0 à 25,0 • de 25,0 à 40,0 • acima de 50,0 • 0,01 à 0,5 • 0,06 à 0,3 • 0,3 à 2,5 • 2,5 à 4,0 • + 5,0
  14. 14. Sais Dissolvidos na Água do Mar (representam + de 99%) • Cl- (cloreto) – 19 g/l = 56% • Na+ (sódio) – 10,6 g/l = 28% • SO42-(sulfato) – 2,7 g/l = 8% • Mg2+ (magnésio) – 1,3 g/l = 4% • Ca2+ (cálcio) – 0,4 g/l = 1.5%• Ca2+ (cálcio) – 0,4 g/l = 1.5% • K+ (potássio) - 0,39 g/l = 1% • HCO3 (bicarbonato) – 0,14 g/l = 0.5% • Br (brometo) – 0,07 g/l = 0.19% • H3BO3 (ácido bórico) – 0,03 g/l = 0.07% • Sr2+ (estrôncio) – 0,013 g/l = 0.04% • F- (flúor) – 0,001 g/l = 0,0%
  15. 15. Elementos traços da Água do Mar (ppb) • Ouro (Au) = 0.004 • Mercúrio (Hg) = 0.03 • Chumbo (Pb) = 0.03 • Cobalto (Co) = 0.1 • Manganês (Mn) = 2 • Cobre (Cu) = 3• Cobre (Cu) = 3 • Alumínio (Al) = 10 • Ferro (Fe) = 10 • Zinco (Zn) = 10 • Molibdênio (Mo) = 10 • Iodo (I) = 60 • Lítio (Li) = 170 • + gases e orgânicos
  16. 16. SAL • Acredita-se que existam mais de 14.000 usos para os sais. • Riquíssima história• Riquíssima história • Sólido (rock) salinas = 99% NaCl (Sal gema não refinado) • Diferenças para a AGUA MÃE
  17. 17. TIPOS DE SAIS • OCEANO (Sal-gema) –SOLÚVEIS : • MARES (Hipersalinos, Salmouras)Salmouras) • LAGOAS • RIOS • SOLO (Sal da Terra) • SUBTERRÂNEOS
  18. 18. • 1 – Gibsita – Anidrita • 2 - Halita • 3 – Epsomita (Sulfato de Mg) • 4 – Silvita (K) MINERAIS EVAPORÍTICOS (ordem de precipitação) • 4 – Silvita (K) • 5 – Carnalita (Cl, Mg e Br) • 6 – Bischofita (Cl, Mg e B) • 7 – Taquidrita (Cl, Ca, Mg) + Trona, Barrilha natural e Salitre (Ca, Na, K, NO4)
  19. 19. Sal Marinho • De salinas por evaporação• De salinas por evaporação • BRUTO = 84 elementos • Refinado (industrialização = lavagem a quente e aditivos), PERDE ainda mais sua diversidade mineral e microbiológica (Plancton, krill, algas,...)
  20. 20. COMPOSIÇÃO DOS SAIS (MÉDIA) • Cl = ................. 45,0 a 60,0 % • Na = ................. 25,0 a 30,0 % • SO4 = .............. 0,5 a 10,0 % • Mg = ................ 0,5 a 7,0 % • Ca = .................... 0,1 a 9,0 % • K = .................... 0,01 a 4,0 % • Insolúveis = ..... 0,05 a 20,0 % • Perda ao Fogo = ........ 0,05 a 4 %
  21. 21. Cocentração x Tempo de residência
  22. 22. Ocorrências de Sais - Brasil • LITORAL E PLATAFORMA • BACIAS SEDIMENTARES • RIOS AMAZÔNICOS• RIOS AMAZÔNICOS • PANTANAL • RIO SALITRE • RORAIMA • ESTÂNCIAS HIDROMINERAIS
  23. 23. Produtos correlatos • Plasma de Quinton (isotônica) • Solução de Pasteur • Sal de Glauber • Sea mist = água do mar em aerosol cosmético / ESP • H2Ocean • Otomer Baby (higiene auditiva infantil)• Otomer Baby (higiene auditiva infantil) • Ashtar Natural Dead Sea -Spa Pack (Mar Morto) • Atoligomer • Phytomer • Produtos cosméticos das salinas de Cuba • Estância hidromineral hipersalina da França: Salies-de-Béarn • Salinas e Águas Mães subterrâneas da Argentina
  24. 24. Mar Morto Maior salina natural e de reconhecidas propriedades terapêuticas
  25. 25. Atoligomer = mesma composição qualitativa (proporção dos principais constituintes) que o plasma sanguíneo.
  26. 26. Águas Thermais e Thalasso Cosméticas
  27. 27. Aplicações • Cotidiano • Máscaras cosméticas faciais, capilares e corporais • Protocolos estéticos • Massoterapia • Talassoterapia (Litoral)• Talassoterapia (Litoral) • Formulações cosméticas e magistrais • SPAs • Centros Ayurvédicos e Holísticos • Dermatologia • Ortomolecular • Ingestão, nebulização, gargarejo, anti-séptico (?)
  28. 28. Usos • Aplicação externa sobre a pele – Concentrada (natural ou diluída em água até 1%) – Nebulização • Facial (proteger olhos) • Localizada (com ardedura anti-séptica) • Deixar secar e esfoliar (sem diluição) – Embebida em algodão, gaze ou tecido – Salmoura – Acrescida a outros produtos cosméticos • Após ou durante banhos (substitui sais) • Hidroterapias (a 36 oC = permeação + pressão) • Saunas
  29. 29. Usos • Talassoterapia (insumo – RNT – base de marketing com história e apelo natural). • Soluções (líquidas) tônicas naturais. • Solução esfoliante perfeita (após secar). • Fonte de Macro e Oligoelementos (em atrito ao esfoliar e/ou• Fonte de Macro e Oligoelementos (em atrito ao esfoliar e/ou banho a quente). • Substitui com vantagens sais de banhos granulados (melhor mix com outros ativos: phytoativos, orgânicos, hidrolatos,...). • Combinações Orgânicas, Nature, CO2 low e SOFT (nativas, livres de contaminações e sem aditivos, corantes ou preservantes sintéticos).
  30. 30. Vantagens • É a mais completa e concentrada em Macro e Oligoelementos, solução tônica natural. • Propriedades similares a Água do Mar Morto,• Propriedades similares a Água do Mar Morto, famosa por suas propriedades terapêuticas e especialmente cosmecêuticas. • Supersaturada e em equilíbrio iônico. • Não resseca a pele. • Forma película de osmose. • Esfoliação microfina (após secar sobre a pele).
  31. 31. Ação • Uma ionização livre, própria das soluções salinas, devido ao fato de que os íons, não-entrelaçados com as substâncias em estado coloidal, têm uma disponibilidade maior, pois os elementos colóides se apresentam em formas de cristais (Duclaux, 1929). • A água do mar torna-se superior pelo equilibrio mineral nela contida, mesmo com o Cloreto de Sódio, ela énela contida, mesmo com o Cloreto de Sódio, ela é benéfica para uso externo em tratamentos de varias enfermidades. • Uma pressão osmótica superior à das soluções cristalinas e a correspondente atividade terapêutica natural. • Identidade fisiológica, restabelecendo equilíbrio mineral vital.
  32. 32. Benefícios (Almeida et alii, UFPB/2004) • Regulação das funções orgânicas através do sistema neuroendócrino por ação catalética como cofator enzimático, • Relaxamento da musculatura tensa e crispada(transmitindo um aspecto de descanso à pele), crispada(transmitindo um aspecto de descanso à pele), • Tende a normalizar a secreção seborréia, • Redução da hiperidrose (transpiração excessiva, inclusive nos pés), • Promoção de remineralização orgânica, • Ativação do metabolismo e estimulação da circulação sangüínea.
  33. 33. Ação cutânea em usos externo • Produz na superfície cutânea, por osmose, uma regeneração de elementos e película emoliente. • Rejuvenescimento celular, com indução de• Rejuvenescimento celular, com indução de trocas de diversos minerais e absorção de toxinas entre a água e o sangue (saltworks.us) • Remove odores
  34. 34. Água e Sais para a Pele • Sob a forma iônica • Troca osmótica (tonicidade em diferente STD) • Permeação cutânea• Permeação cutânea • Diversidade de elementos e Tonificação • pH mais alcalino = favorável a permeação osmótica • Esfoliação (+ calor do atrito, sol ou banho = maior permeação e terapêutica) • Anti-séptico natural • Nutrição (ingestão) • Aumento de circulação periférica (oxigenação)
  35. 35. Propriedades • Auxilia no tratamento de Dermatites • Tonificação • Fornecimento de nutrientes (minerais e sais minerais) • Anti-séptica e anti-inflamatória • Condicionamento cutâneo• Condicionamento cutâneo • Hidratação (retém em vários níveis a umidade) • Combate oleosidade • Facilita trocas osmóticas e iônicas • Potencializa outros ativos (orgânicos, óleos... • Acalma, relaxa, anti-stress
  36. 36. Indicações para Pele – Água do Mar Morto C-Products / Universal Labs Ltd. Amenizar pele: seca, áspera, pálida, machucada e flácida. • Desinfetar e purificar da poluição e toxinas • Suprir nutrição mineral essencial • Equilibrar pH• Equilibrar pH • Auxiliar retenção da umidade natural • Limpeza profunda • Firmar e Tonificar • Efeitos Medicinais: Psoríase, Acne, Dermatite, infeccções do couro cabeludo (caspa) e doenças contagiosas (sarna, Catapora,...)
  37. 37. Indicações para Pele – Água do Mar (Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa Dr. Eduardo A.F. Barata) • Tratamento de Eczemas, Dermatoses, Psoríase, Nasofaringite, Conjuntivite, Vulvovaginite,... (antibacteriana e antiviral) • Hidratação • Firmeza• Firmeza • Bronzeado mais uniforme • Regulariza a produção sebácea ao nível de folículos pilosos • Combate a Caspa • Facilita penetração dos Oligoelementos (Banhos 33 a 37 oC)
  38. 38. Descrição • Cada elemento tem sua importância ou função cosmecêutica e dermatológica em uso externo = ÁGUA MÃE é a mais rica solução natural da Hidrodiversidade. • No conjunto os constituintes sólidos dissolvidos (sais)• No conjunto os constituintes sólidos dissolvidos (sais) estão sob forma iônica e em equilíbrio hidroquímico natural, podendo ser melhor absorvidos pelos tecidos. • Constituintes orgânicos extremófilos, ricos em proteínas, enzimas e nutrientes (microalginaceos - sem risco de patogênicos por estar esterilizada após o envase).
  39. 39. Os principais solutos na água do mar • Potássio: melhora o fluxo dos nutrientes e outros minerais através das membranas das células pelo poder osmótico. • Magnésio: acalma a pele; ajuda na construção das células da pele; intensifica a vitalidade das células e acelera a cura. A ausência de magnésio provoca o processo de envelhecimento da pele. • Sódio: fornece energia para o metabolismo das células e ajuda na absorção de outros minerais pelo poder de osmose.ajuda na absorção de outros minerais pelo poder de osmose. • Cloro: anti-séptico, regula a umidade das células. • Cálcio: acalma e ajuda com o equilíbrio dos minerais. • Bromo: ajuda no tratamento das doenças da pele de origem psicossomática. • Iodo: de ação anti-séptica. • Hidrogênio: ajuda no processo de queratinização. • Ferro: contribui nos sistemas de enzimas e também é um condutor de hemoglobina e mioglobina. • Enxôfre: recomposição celular e combate a oleosidade.
  40. 40. Iodo • Nas enfermidades cutâneas o poder desinfetante do iodo destrói os germes da pele, beneficiando principalmente acnes, furúnculos e outras afecções da pele. Profª Maria Cláudia Gatto Cardia,Profª Maria Cláudia Gatto Cardia, professora de Hidroterapia - Departamento de Fisioterapia da UFPB
  41. 41. Sais de destaque (além do NaCl) • Bissulfito de sódio ou metabissulfito de sódio Na2S2O5 é obtido pela passagem do dióxido de enxofre a 8%, através de águas mães de processos anteriores = usos na produção de produtos farmacêuticos e na preservação de alimentos. • Sulfato de sódio decaidratado, Na2SO4.10H2O, é• Sulfato de sódio decaidratado, Na2SO4.10H2O, é chamado sal de Glauber, é obtido pela dissolução do sulfato de sódio cru na água mãe. = cerca de 18% são usados na composição de detergentes domésticos, e o restante é usado com diversos fins, em vidros, em reações, em corantes, em têxteis e em medicina. • Bromo é obtido das Águas Mães.
  42. 42. Referências bibliográficas • SKINNER, A.T. THOMSON, A.M. Duffield: exercícios na água. 3. ed. São Paulo: Manole, 1985. • EDER, A. Talassoterapia em casa. 1. ed. São Paulo: Pensamento, 1998. • (P.M.J.P.) PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA. Disponível em: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/cidade/geografia.htm> Acesso em 10 Janeiro 2004. • VERAS, D. Disponível em:• VERAS, D. Disponível em: http://www.decioveras.hpg.ig.com.br/joao%20pessoa.htm>Acesso em 15 Janeiro 2004. • CONHECIMENTO. TERAPIAS. TALASSOTERAPIA. Disponível em: http://www.conhecimento.com.br/terapias/talassoterapia.asp> Acesso em 16 Dezembro 2003 • SAPO. NET FEMININA. O mar também cura. Disponível em: http://netfeminina.sapo.pt/J75/275814.html> . Acesso em 16 Dezembro 2003
  43. 43. Bibliografia e sites • MOURÃO, B.M. – Medicina Talássica, 1992. BRA/DNPM • EDER, A. Talassoterapia em casa. 1. ed. São Paulo: Pensamento, 1998. • www.bioagua.com.br • www.quinton.com • www.atoligomer.com • www.h2ocean.com • www.phytomer.fr • www.sloveniatimes.com • www.aquamania.net/thalasso-centres • www.abalnearios.com• www.abalnearios.com • www.benessere.com/terme/talassoterapia • www.termasworld.com/talasoterapia • www.saltworks.us • www.jasfarma.pt • www.saltinstitute.org • www.crystalinstitute.com • http://free-news.org/index14.htm
  44. 44. Ocorrências naturais de bens capazes de transformarem-se em produtos termais de tratamentos médicos auxiliares, preventivos, coadjuvantes, curativos ou de consolidação; através: . da água, . o sol, . o mar, . as lamas medicinais, RNT= RECURSOS NATURAIS TERAPÊUTICOS (Mourão,92) . as lamas medicinais, . as areias, . as algas marinhas, . as emanações radioativas e . o microclima de determinadas grutas, cavernas e galerias subterrâneas. +Turismo de Saúde – segunda a EMBRATUR, 1992; é aquele praticado por pessoas ou grupos que se deslocam em busca dos RNT (Recursos Naturais Terapêuticos).
  45. 45. RNT Serviços e Produtos nos setores : saúde, lazer, turismo, terapias, SPA, estética, farmacosméticos. Talassoterapia Crenoterapias Cristaloterapias Hidroterapias Atmoterapias HotStonesHidroterapias Atmoterapias HotStones Balneoterapias Psamoterapias TurismodaNatureza,contemplaçãoeNaturismo Massoterapias Espeleoterapia Ecoturismo Fangoterapias Emanoterapias Estética Peloterapias Radioterapias ThermaSPA
  46. 46. GEOTERAPIAS (Geodiversidade, Hidrodiversidade e Biodiversidade) • TALASSOTERAPIA • HIDROTERAPIAS • PELOTERAPIA (PELOIDOTERAPIA) – FANGOTERAPIA– FANGOTERAPIA – MASSOTERAPIA – BENTONITATERAPIA – ALGOTERAPIAS – PHYTOTERAPIAS, AROMATERAPIAS,... • TERAPIA DOS CRISTAIS • TERAPIA DAS PEDRAS QUENTES...
  47. 47. Termalismo Atividades que pesquisem e façam uso dos recursos e ambientes naturais, para melhoria da qualidade de vida.para melhoria da qualidade de vida. Opções sustentáveis : Recreação, Lazer, Turismo, Saúde, Estética, Beleza,... Tratado Mundial de 1969 OMS considera como Medicina Complementar Águas medicinais ≠≠≠≠ de água quente
  48. 48. Crenologia Ou Medicina Hidrológica ou Hidroterapia Termal é um antigo ramo médico que estuda e aplica os diversos tipos de águas, sob diversas formas, para a terapêutica de cura e prevenção de enfermidades.e prevenção de enfermidades. Pode utilizar-se de outros recursos Termais. Disciplina em Universidades de Medicina do Brasil até a década de 50. Comissão Crenológica Nacional Dr. Mário Mourão Código das Águas, 1945 Portaria MS/BRA 971 de 2006 Ativos reconhecidos em Farmacopéia
  49. 49. SPA • Latin = “Sanitas Per Aqua” – Saúde pela Água • Origem = 30 ANOS – FINDERS CO. – Europa – enfoque integral de saúde e beleza através de águas curativas, cosméticas e relaxantes (wellness e natureza) = clínicas e centros SPA. • Devido a fama alcançada pelas águas da Terma de SPA – Bélgica = “Paraíso do rejuvenescimento” séc. XVI • Filosofia 1: relaxar, refletir, revitalizar e alegrar • Filosofia 2: emagrecer, embelezar, bem estar e terapias (curas)
  50. 50. Medicina Talássica ou Talassoterapias • do grego thálassa (mar), segundo Mourão, 98; é a utilização, para fins preventivos e curativos dos banhos de mar e do clima marinho, conjugados com outrosmarinho, conjugados com outros agentes naturais Os efeitos da terapia talássica resultam de ações simultâneas ou combinadas dos referidos agentes, que tendem a modificar as funções orgânicas, agindo sobre a saúde de modo durável.
  51. 51. Elementos Talassoterapia Água Marinha e Salmouras Clima e Pressão Atmosférica Microclimas Sais Areia (Monazítica)Areia (Monazítica) Lama Algas Helioterapia Energia da ondas Névoa da maresia e ondas
  52. 52. Elguea San Vicente San Diego C. Montero Veracruz Sta Ma. del Rosario San Miguel de los Baños Martín Mesa Camujiro Madruga Menéndez S. José del Lago Cayo Coco S. Lucía CUBA En activo En construcción o remodelación En búsqueda de financiamiento Centros Termales Tope de Collantes La Fe La Cuquita
  53. 53. www.accorthalassa.com
  54. 54. http://www.thalasso.com/roscoff/
  55. 55. www.thalassotherapie.fr
  56. 56. Thalassa Vilalara- SOFITEL Armação de Pera/PORTUGAL • www.allo-thalasso.com
  57. 57. Praia do Forte – BA/BRA EcoResort & Thalasso Spa
  58. 58. Kabanahspa – TALASSO SPA DAY SP/BRA
  59. 59. Linhas Termais Fármaco-cosméticas
  60. 60. LAGOA VERMELHA e ARARUAMA – SAQUAREMA/RJ (+ LAGOA SALGADA-CAMPOS/RJ E GUARAQUEÇABA/PR) 104 ppm, Sulfurosa, muito Ca conchífero e Banhos Medicinais
  61. 61. Salinas e Mangues (NW)
  62. 62. Roteiro: Passeio 7 Banhos
  63. 63. Região Icapuí – Leste Mossoró, Ponta do mel (falésias), salinas, dunas,...
  64. 64. ALGAS e MICROALGAS Hipersalinas, Salinas e Termais

×