Rubens cerqueira freitas

915 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
915
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rubens cerqueira freitas

  1. 1. Biodiesel Congress<br />6ª Edição Anual - 2010<br />Aperfeiçoamento da logística de transporte e armazenagem para a garantia das especificações do biodiesel e óleo diesel B<br />R.C. Freitas<br />Superintendente Adjunto de Abastecimento<br />Superintendência de Abastecimento - SAB<br />
  2. 2. 2<br />Sistema Nacional<br />de Abastecimento de Combustíveis<br />Produtor de GNV, Gasolina e Diesel<br />Produtor de Biodiesel e Etanol<br />Distribuidora <br />Revenda Varejista<br />TRR <br />Consumidor <br />SAB, Set/10<br />
  3. 3. 3<br />Agentes econômicos autorizados<br />SAB, Set/10<br />
  4. 4. 4<br />Resolução ANP nº 42(de 16/12/2009)<br />Especifica o óleo diesel de uso rodoviário.<br />Introduz a nomenclatura óleo diesel (A e B)<br />em função do teor máximo de enxofre.<br />Tipos de óleo diesel por teor de enxofre.<br />S50 (50 mg/kg) S 500 (500 mg/kg) S 1800(1800 mg/kg)<br />Estabelece quais municípios comercializarão<br />cada tipo de óleo diesel.<br />SAB, Set/10<br />
  5. 5. 5<br />Volume comercializado<br /> óleo diesel por tipo<br />SAB, Set/10<br />
  6. 6. 6<br />Cadeia de abastecimento<br />Biodiesel e óleo diesel A e B<br />Produtor de Diesel<br />(14)<br />Produtor de Biodiesel<br />(65)<br />Distribuidora <br />(258)<br />Revenda Varejista (37.235)<br />TRR <br />(394)<br />Consumidor<br />SAB, Set/10<br />
  7. 7. 7<br />Logística de transporte<br />Biodiesel e óleo diesel A e B<br />Produtor de Diesel<br />(14)<br />Produtor de Biodiesel<br />(65)<br />Rodoviário<br />Dutoviário (principal)<br />Ferroviário<br />Cabotagem <br />Rodoviário <br />Distribuidora <br />(258)<br />Rodoviário<br />Revenda Varejista (37.235)<br />TRR <br />(394)<br />Rodoviário<br />Consumidor<br />SAB, Set/10<br />
  8. 8. 8<br />Logística de armazenagem<br />Biodiesel e óleo diesel A e B<br />Produtor de Diesel<br />(14)<br />Produtor de Biodiesel<br />(65)<br />Tanque aéreo<br />Tanque aéreo<br />Distribuidora <br />(258)<br />Tanque aéreo<br />Revenda Varejista (37.235)<br />TRR <br />(394)<br />Tanque aéreo <br />ou subterrâneo<br />Tanque subterrâneo<br />Consumidor<br />SAB, Set/10<br />
  9. 9. 9<br />Garantia das especificações<br />Biodiesel e óleo diesel A e B<br />Produtor de Diesel<br />(14)<br />Produtor de Biodiesel<br />(65)<br />Ponto de controle da especificação<br />Distribuidora <br />(258)<br />Ponto de controle da especificação<br />Revenda Varejista (37.235)<br />TRR <br />(394)<br />Ponto de controle <br />da especificação<br />Ponto de controle<br /> da especificação<br />Consumidor<br />SAB, Set/10<br />
  10. 10. 10<br />Grupos de Trabalho<br />Aperfeiçoamento da logística de transporte e armazenagem para a garantia das especificações do biodiesel e óleo diesel A e B<br />GRUPO 3<br />Garantia das especificações da mistura<br />GRUPO 1<br />Aperfeiçoamento da logística de transporte<br />GRUPO 2<br />Aperfeiçoamento da logística de armazenagem<br />PARTICIPANTES<br /><ul><li> ANP/SAB (coordenação)
  11. 11. SFI e SBQ
  12. 12. Produtor de biodiesel
  13. 13. Produtor de óleo diesel
  14. 14. Distribuidora
  15. 15. TRR
  16. 16. Revenda varejista
  17. 17. Outros (decisão do grupo)</li></ul> PARTICIPANTES<br /><ul><li> ANP/SAB (coordenação)
  18. 18. SFI e SBQ
  19. 19. Distribuidora
  20. 20. TRR
  21. 21. Revenda Varejista
  22. 22. Outros (decisão do grupo)</li></ul> PARTICIPANTES<br /><ul><li> ANP/SBQ (coordenação)
  23. 23. SAB, SFI e SRP
  24. 24. Produtor de biodiesel
  25. 25. Produtor de óleo diesel
  26. 26. Distribuidora
  27. 27. TRR
  28. 28. Revenda Varejista
  29. 29. Outros (decisão do grupo)</li></ul>SAB, Set/10<br />
  30. 30. 11<br />Participantes nos grupos de trabalho<br />Representatividade dos setores<br />Distribuidoras<br />Revendas<br />Produtores<br /><ul><li>Sindtrr
  31. 31. Fecombustíveis
  32. 32. Sincopetro
  33. 33. Sindicom
  34. 34. Brasilcom
  35. 35. Ubrabio
  36. 36. Petrobras
  37. 37. Copape</li></ul>ANP<br /><ul><li>SAB, SBQ e SFI
  38. 38. SRP</li></ul>SAB, Set/10<br />
  39. 39. 12<br />Objetivos dos Grupos de Trabalho<br />GRUPO 1<br />Aperfeiçoamento da logística de transporte<br /><ul><li> Pesquisa do perfil da frota de transporte rodoviário de combustíveis líquidos (em anexo).
  40. 40. Determinação de padrões operacionais no transporte rodoviário do biodiesel e óleo diesel B, do produtor até o consumidor final, focando na garantia das especificações do combustível.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  41. 41. 13<br />Ações dos Grupos de Trabalho<br />GRUPO 2<br />Aperfeiçoamento da logística de armazenagem<br /><ul><li> Determinação de padrões operacionais na armazenagem de biodiesel e óleo diesel A e B, em tanques aéreos e subterrâneos, focando na garantia das especificações do combustível, principalmente em relação à:
  42. 42. contaminação por água;
  43. 43. baixa temperatura ambiente;
  44. 44. incompatibilidade com metais de equipamentos de manuseio e filtros;
  45. 45. formação de extratos nos tanques;
  46. 46. formação de resíduos.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  47. 47. 14<br />Ações dos Grupos de Trabalho<br />GRUPO 3<br />Garantia das especificações da mistura<br /><ul><li> Reavaliação, com normatização, dos procedimentos realizados pelos agentes econômicos para a garantia das especificações do biodiesel e óleo dieselA e B.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  48. 48. 15<br />Pesquisa I<br />Perfil da frota de transporte rodoviário de combustíveis líquidos <br />SAB, Set/10<br />
  49. 49. 16<br />Pesquisa II<br />Perfil da frota de transporte rodoviário de combustíveis líquidos <br />SAB, Set/10<br />
  50. 50. 17<br />Pesquisa III<br />Perfil da frota de transporte rodoviário de combustíveis líquidos <br />SAB, Set/10<br />
  51. 51. 18<br />Pesquisa IV<br />Perfil da frota de transporte rodoviário de combustíveis líquidos <br />SAB, Set/10<br />
  52. 52. 19<br />Aperfeiçoamento da<br />logística do biodiesel<br />Biodiesel na presença de água<br /><ul><li>Biodiesel é cerca de 30 vezes mais higroscópico que o óleo diesel A.
  53. 53. Biodiesel está sujeito à degradação por hidrólise, que pode alterar sua composição físico-química:
  54. 54. elevação de acidez;
  55. 55. corrosão abiótica (sedimentos químicos: borras e óxidos);
  56. 56. biocorrosão por microorganismos (sedimento microbiano: biodepósitos).</li></ul>SAB, Set/10<br />
  57. 57. 20<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de transporte<br />Cuidados operacionais que antecedem o carregamento de CT<br /><ul><li>verificar a carga anteriormente transportada.
  58. 58. inspecionar, visualmente, a presença de resíduos:
  59. 59. água e contaminantes; CT deve estar limpo e seco.
  60. 60. drenar corretamente o CT.
  61. 61. evaporar, lavar, vaporizar e secar os compartimentos do CT.
  62. 62. após carregamento, inspecionar, visualmente, o produto.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  63. 63. 21<br />Carregamento de biodiesel<br />Procedimentos de limpeza do CT<br />Procedimento recomendado<br />Contaminantes<br />drenagem<br /> e<br /> evaporação<br />Gasolina automotiva<br />Etanol anidro e hidratado<br />Óleo diesel A e B<br />Metanol<br />drenagem,<br />lavagem/vaporização<br /> e<br /> secagem<br />Gasolina de aviação<br />óleo combustível<br />óleo vegetal e glicerina<br />SAB, Set/10<br />
  64. 64. 22<br />Carregamento de biodiesel<br />Procedimentos de limpeza do CT<br />CT sem carga<br />Trafegar com as escotilhas dos compartimentos fechadas.<br />SAB, Set/10<br />
  65. 65. 23<br />Caminhão- tanque CT<br />Revestimento interno<br />Metais compatíveis<br />Alumínio.<br />Aço carbono.<br />Aço inoxidável.<br />SAB, Set/10<br />
  66. 66. 24<br />Caminhão- tanque CT<br />Revestimento interno<br />Além de tintas<br /> e vernizes no<br /> interior do CT <br />Metais incompatíveis<br />Cobre.<br />Chumbo.<br />Estanho.<br />Zinco.<br />Aço galvanizado.<br />Bronzes e latões.<br />SAB, Set/10<br />
  67. 67. 25<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Norma ABNT NBR 15512<br /><ul><li> Armazenamento, transporte, abastecimento e controle de qualidade de biodiesel e óleo diesel B.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  68. 68. 26<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Características do biodiesel na armazenagem<br /><ul><li> pode remover ou dissolver resíduos depositados nos tanques.
  69. 69. pode congelar em temperaturas superiores à do óleo diesel.
  70. 70. degrada certos tipos de borrachas.
  71. 71. aumenta a concentração de sedimentos quando em contato (longo período) com certos metais ou plásticos.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  72. 72. 27<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Sistema de filtração<br /><ul><li> deve estar presente em todas as etapas de movimentação do biodiesel.
  73. 73. reduz sedimentação, degradação, turbidez e contaminação.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  74. 74. 28<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Sub-atividades de armazenagem de biodiesel e óleo diesel B<br /><ul><li>Descarregamento.
  75. 75. Armazenagem.
  76. 76. Mistura e carregamento.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  77. 77. 29<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Descarregamento de biodiesel e óleo diesel B<br /><ul><li>Coletas de amostras.
  78. 78. Realização de ensaios.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  79. 79. 30<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Descarregamento de biodiesel na base de distribuição<br /><ul><li>verificar especificação, conforme certificado de qualidade emitido pelo produtor.
  80. 80. conferir integridade e nº do lacre.
  81. 81. linha de descarga livre de contaminantes.
  82. 82. Realização de ensaios específicos.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  83. 83. 31<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Descarregamento de óleo diesel B no TRR e revenda<br /><ul><li>verificar especificação, conforme boletim de conformidade emitido pela distribuidora.
  84. 84. conferir integridade e nº do lacre.
  85. 85. linha de descarga livre de contaminantes.
  86. 86. Ensaio de aparência visual:
  87. 87. claro, límpido, livre de água e material sólido.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  88. 88. 32<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Descarregamento de óleo diesel B no consumidor (PA)<br /><ul><li> conferir integridade e nº do lacre.
  89. 89. Ensaio de aparência visual:
  90. 90. claro, límpido, livre de água e material sólido.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  91. 91. 33<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Armazenagem de biodiesel e óleo diesel B - início de operação<br /><ul><li> lavar tanques e tubulações com o próprio biocombustível.
  92. 92. realização de ensaios.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  93. 93. 34<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Armazenagem de biodiesel e óleo diesel B - manutenção<br /><ul><li>inspeção interna dos tanques.
  94. 94. drenagem periódica de fundo de tanque.
  95. 95. realização de ensaios:
  96. 96. teor de água dissolvida;
  97. 97. índice de acidez;
  98. 98. estabilidade à oxidação.</li></ul>SAB, Set/10<br />
  99. 99. 35<br />Aperfeiçoamento da<br /> logística de armazenagem<br />Polímeros compatíveis<br />Fluocarbonos.<br />Nylon.<br />Teflon.<br />Viton.<br />Carbono com acetal.<br />SAB, Set/10<br />
  100. 100. 36<br />Aperfeiçoamento da<br /> logística de armazenagem<br />Polímeros incompatíveis<br /> (mangotes, juntas, conexões e anéis)<br />Borracha nitrílica.<br />Borracha butadieno.<br />Neoprene.<br />Polietileno.<br />Cloropreno.<br />Polipropileno.<br />Borracha natural.<br />Poliuretano.<br />Borracha SBR.<br />PVC.<br />SAB, Set/10<br />
  101. 101. 37<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem<br />Formas de mistura do biodiesel ao óleo diesel A<br /><ul><li>Mistura em linha (injetores).
  102. 102. Mistura em tanque (recirculadores).
  103. 103. Mistura no CT (não recomendada).</li></ul>SAB, Set/10<br />
  104. 104. 38<br />Aperfeiçoamento da<br />logística de armazenagem e transporte<br />Estudos de campo<br />Estudo<br />Prazo e local<br />Condução<br />alterações das especificações do biodiesel (do produtor ao distribuidor) e do óleo diesel B (do distribuidor ao revendedor)<br />dez/2010<br />região sul<br />ANP e INT<br />avaliação da eficiência das formas de mistura<br />out/2010<br />região sudeste<br />ANP e Sindicom<br />teor de biodiesel, aspecto e teor de água (distribuição e revenda)<br />dez/2010<br />SP<br />ANP e Petrobras<br />SAB, Set/10<br />
  105. 105. Obrigado!<br />SAB / 2010<br />

×