11ª Conferencia Hart Energy        " O Brasil como País-Chave no              Mundo da Energia“       "O Futuro da Disponi...
 A Fecombustíveis representa nacionalmente 34 Sindicatos e a Fergás; Filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens...
Introdução do Diesel    de Baixo Teor de    Enxofre e pontoscríticos para a revenda                   Fecombustíveis
A Fecombustíveis acredita que haveráoferta suficiente de S50/S10 e Arla-32 nospostos, já que os grandes revendedores de   ...
Pontos críticos Preço ainda é uma incógnita!  Frotistas receosos em comprar novos caminhões,  porque não sabem qual será...
 Demanda inicial será baixa!   Montadoras podem produzir até dezembro e  comercializar estoques até março; Menor demand...
 Treinamento dos frentistas:   Saber identificar veículos novos e só abastecê-los  com o diesel de baixo teor de enxofre...
 Como o S10 irá se comportar com o biodiesel?   Redução de enxofre reduz ação bactericida?   Necessidade de aperfeiçoam...
 Fiscalização pela ANP e órgãos conveniados:   Postos não conseguem identificar percentual  de biodiesel no momento da e...
Muito obrigado!    José Antônio Rocha             Secretário ExecutivoE-mail:    josearocha@fecombustiveis.org.brTefefone:...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jose antonio rocha

2.889 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.889
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
206
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jose antonio rocha

  1. 1. 11ª Conferencia Hart Energy " O Brasil como País-Chave no Mundo da Energia“ "O Futuro da Disponibilidade de Óleo Diesel no Brasil, e Consequências na Implementação do PROCONVE P-7"Rio de Janeiro – RJ, 25/10/2011
  2. 2.  A Fecombustíveis representa nacionalmente 34 Sindicatos e a Fergás; Filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Fecombustíveis
  3. 3. Introdução do Diesel de Baixo Teor de Enxofre e pontoscríticos para a revenda Fecombustíveis
  4. 4. A Fecombustíveis acredita que haveráoferta suficiente de S50/S10 e Arla-32 nospostos, já que os grandes revendedores de diesel não vão deixar seus clientes desabastecidos e têm a perspectiva de conquistar novos consumidores com achegada desses produtos ao mercado. Mas alguns pontos merecem atenção! Fecombustíveis
  5. 5. Pontos críticos Preço ainda é uma incógnita! Frotistas receosos em comprar novos caminhões, porque não sabem qual será o custo operacional; Produto chegará aos postos em Dez/11 (os postossomente poderão comercializar em 2012); Fecombustíveis
  6. 6.  Demanda inicial será baixa!  Montadoras podem produzir até dezembro e comercializar estoques até março; Menor demanda irá causar baixa rotatividade dosestoques nos postos:  Isso implica maior volume de ar dentro do tanque e, consequentemente, maior absorção de umidade, o que pode acelerar a degradação do produto e a formação de sólidos; Fecombustíveis
  7. 7.  Treinamento dos frentistas:  Saber identificar veículos novos e só abastecê-los com o diesel de baixo teor de enxofre;  Não confundir tanque de diesel com o de arla-32; Produto mais suscetível à contaminação:  Requer maiores cuidados com drenagem e limpeza de tanques e equipamentos – incremento do custo operacional; Fecombustíveis
  8. 8.  Como o S10 irá se comportar com o biodiesel?  Redução de enxofre reduz ação bactericida?  Necessidade de aperfeiçoamento da especificação do biodiesel, especialmente em relação aos limites de água, e plena implementação das mudanças sugeridas pela ANP;  Realização de mais estudos sobre a interação do S10 com o biodiesel, antes de elevar o percentual de biocombustível no diesel; Fecombustíveis
  9. 9.  Fiscalização pela ANP e órgãos conveniados:  Postos não conseguem identificar percentual de biodiesel no momento da entrega do combustível, nem poderão identificar a quantidade de enxofre;  É possível garantir que o S10 terá 10 ppm ao chegar aos postos?  Quais contaminações podem elevar o teor de enxofre? Fecombustíveis
  10. 10. Muito obrigado! José Antônio Rocha Secretário ExecutivoE-mail: josearocha@fecombustiveis.org.brTefefone: (21) 2221-6695 Fecombustíveis

×