Atuaçao da pb io em biodiesel set 2010

826 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
826
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atuaçao da pb io em biodiesel set 2010

  1. 1. A Atuação da Petrobras Biocombustível no Programa Nacional do Biodiesel João Norberto Noschang Neto Gerente de Gestão Tecnológica
  2. 2. US$ 3,5 bilhões em biocombustíveis US$ 2,3 : Produção US$ 0,4 : P&D US$ 0,8 : Infraestrutura Petrobras Plano de Negócios 2009-2014
  3. 3. Petrobras Plano de Negócios 2009-2014
  4. 4. Estrutura Organizacional da Petrobras Biocombustível Conselho de Administração Biodiesel Etanol Diretoria Executiva / Presidência Corporativo e Financeiro Suprimento Agrícola
  5. 5. Biodiesel no Brasil <ul><li>70 usinas autorizadas </li></ul><ul><li>40 usinas operando </li></ul><ul><li>7,4 bilhões de litros / ano </li></ul><ul><li>110 mil famílias - agricultura familiar </li></ul><ul><li>2010: faturamento de R$ 8 bilhões </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Duplicação da capacidade de todas as usinas, em Candeias (BA), Quixadá (CE) e Montes Claros (MG) </li></ul><ul><li>Unidade de Marialva (PR): participação </li></ul><ul><li>171 milhões de litros para 507 milhões de litros em 2010 </li></ul><ul><li>Inicío do projeto de dendê no Pará, o projeto Belém. O óleo produzido ali irá produzir biodiesel para abastecer a região norte do País além de ser enviado para Portugal, para a produção de biodiesel em nossa parceria com a Galp. Em Portugal, a produção de biodiesel utilizará uma nova tecnologia, chamada de greendiesel. </li></ul><ul><li>Continuamos nossos projetos com agricultura familiar e com pesquisa de novas matérias-primas.m³/ano </li></ul>PBIO - Produção de Biodiesel
  7. 8. Petrobras Plano de Negócios 2009-2014 <ul><li>Investimentos em P&D em biocombustíveis até 2014 </li></ul><ul><li>US$ 400 milhões </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Biodiesel </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Etanol </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Matérias primas </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Produção de óleos </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Novos biocombustíveis </li></ul></ul></ul></ul>
  8. 9. Óleos vegetais <ul><li>Verticalização: investimento na produção de óleos vegetais – aquisição de 50% da esmagadora Bióleo, no sul da Bahia. </li></ul><ul><li>Queremos estar perto dos produtores de oleaginosas, e garantir fortalecimento de óleo vegetal para nossa fábrica de biodiesel localizada em Candeias, na Bahia. </li></ul><ul><li>Desta forma, avançamos também para a área de esmagamento, mais próximo dos agricultores. Estamos fazendo contratos longos, de cinco anos, com estes produtores familiares, que oferecem reajuste de preços e assistência técnica, o que tem garantido a fidelização. </li></ul><ul><li>Investimentos em P&D </li></ul><ul><ul><ul><li>Esmagamento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Extração </li></ul></ul></ul>
  9. 10. Matérias primas – tecnologia agrícola <ul><li>Garantir a obtenção, manutenção e uso do Selo Combustível Social </li></ul><ul><li>Garantir suprimento de matéria-prima para produção de biodiesel com regularidade e economicidade </li></ul><ul><li>Apoiar cadeias de suprimento da agricultura familiar nas áreas de atuação das usinas </li></ul><ul><ul><li>Girassol, mamona, pinhão manso, macaúba, palma (EMBRAPA, EPAMIG, Fundação Bahia, EMPAM, IPA, UFC, UFLA, IAC, UFRB, UNIMONTES, UFMG, UNESP, UFV, UNICAMP, EMPARN.) </li></ul></ul><ul><ul><li>Baixa produtividade </li></ul></ul><ul><ul><li>Solos pobres e compactados </li></ul></ul><ul><ul><li>Baixo nivel tecnológico </li></ul></ul><ul><ul><li>Solos pobres e compactos </li></ul></ul><ul><ul><li>Assistência técnica </li></ul></ul><ul><ul><li>Organização cooperativa </li></ul></ul>
  10. 11. Kg/ha Girassol - incremento de produtividade Referência: safra 2007 / 2008 Correção de solo Semente ASTEC Adubação e manejo P&D Matérias primas – tecnologia agrícola
  11. 12. Glicerol <ul><li>Capsulas </li></ul><ul><li>Supositórios </li></ul><ul><li>Remédios para infecção em ouvidos </li></ul><ul><li>Anestésicos </li></ul><ul><li>expectorantes </li></ul><ul><li>comprimidos </li></ul><ul><li>enxaguantes bucais </li></ul><ul><li>Soft drinks </li></ul><ul><li>doces </li></ul><ul><li>bolos </li></ul><ul><li>carnes e queijos </li></ul><ul><li>alimentos desidratados </li></ul><ul><li>pasta de dente </li></ul><ul><li>loções e creme para pele </li></ul><ul><li>espumas para barbear </li></ul><ul><li>Desodorantes </li></ul><ul><li>maquiagens </li></ul><ul><li>batons </li></ul><ul><li>Máscaras </li></ul><ul><li>papel resistente a gordura </li></ul><ul><li>embalagens </li></ul><ul><li>tintas </li></ul><ul><li>prevenção a quebra e esfarelamento </li></ul><ul><li>sabor na mastigação </li></ul><ul><li>filtro dos cigarros </li></ul><ul><li>Como lubrificante em processamento de alimentos </li></ul><ul><li>produção de resinas para tintas </li></ul><ul><li>para flexibilizar plásticos e borrachas </li></ul><ul><li>como bloco básico para espumas flexiveis </li></ul><ul><li>dinamite </li></ul><ul><li>componentes de rádios e luzes neon </li></ul><ul><li>promoção de suavidade ao fio </li></ul><ul><li>lubrificante para fibras </li></ul>Comidas e bebidas Outros Usos Textil Impressão e Papel Tabaco Cosméticos Remédios Pesquisa e Desenvolvimento - Glicerina
  12. 13. Pesquisa e Desenvolvimento - Glicerina <ul><li>Desenvolvimento de tecnologias para agregar valor à glicerina produzida nos processos de produção de biodiesel </li></ul><ul><ul><li>Fluidos de perfuração, completação e estimulação obtidos a partir da glicerina e do biodiesel, para poços de petróleo e gás </li></ul></ul><ul><ul><li>Dessalinização </li></ul></ul><ul><ul><li>Aditivos para combustivel </li></ul></ul><ul><ul><li>Solventes em química fina </li></ul></ul><ul><ul><li>Queima: fonte de energia </li></ul></ul><ul><ul><li>Reforma a vapor para gás de síntese </li></ul></ul><ul><ul><li>Carbonato de glicerina </li></ul></ul><ul><ul><li>Produção de ácido carboxílico </li></ul></ul>
  13. 14. Pesquisa e Desenvolvimento - processos de produção <ul><li>Rota Química - Unidade Experimental de Guamaré </li></ul><ul><li>Tecnologia provada </li></ul><ul><li>Novos desafios: transesterificação etílica; cargas ácidas </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Processo avançado de conversão de lignocelulose a derivados de nova geração: isossorbida -> diesel, etanol, gasolina, produos indústria química, indústria farmacêutica </li></ul><ul><li>Hidrotratamento: H-100 </li></ul><ul><li>Greendiesel </li></ul><ul><li>Bio-óleo </li></ul><ul><li>Rota Termoquímica </li></ul><ul><li>Rota Bioquímica </li></ul><ul><li>Microalgas </li></ul><ul><li>Processos integrados </li></ul>Pesquisa e Desenvolvimento - processos de produção
  15. 16. Muito obrigado! João Norberto Noschang Neto Gerente de Gestão Tecnológica

×