SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 50
Baixar para ler offline
Scrum Overview
@fabyogr
@fabyogr
Fábio Aguiar é Agile Coach e Associated Trainer na
AdaptWorks. Bacharel em Sistemas de Informação e especialista
em Engenharia de Processo de Software, possui mais de uma década de
experiência profissional, tendo focado nos últimos anos em práticas de
gestão e desenvolvimento ágil para ajudar times a
focarem na entrega de valor constante e no
desenvolvimento holístico de cada membro do time.Atua fortemente na
comunidade ágil na região norte do Brasil, através da comunidade
tasafo.org, organizando eventos, ministrando cursos e palestras.
fabioaguiar@gmail.com
SCRUM
ScrumOverview@fabyogr
O que é Scrum?
É um método ágil para gerenciamento de
projetos baseando em times pequenos e
AUTO-ORGANIZADOS, for te
V I S I B I L I D A D E e r á p i d a
ADAPTAÇÃO.
É um processo INTERATIVO e
I N C R E M E N T A L p a r a o
desenvolvimento de produtos e
gerenciamento de projetos.
É mais um FRAMEWORK que uma
metodologia, mais ATITUDE que um
processo.
É um processo ágil que permite manter o
foco na ENTREGA de maior VALOR de
negócio, no MENOR TEMPO possível.
ScrumOverview@fabyogr
Origem do Scrum
Criada em 1994 na Easel por Jeff
Sutherland e Ken Schwaber. Sendo
apresentado oficialmente na OOPLSA’96.
Fortemente aplicada nas organizações de
TI.
ScrumOverview@fabyogr
Origem do nome Scrum
SCRUM é uma jogada no jogo RUGBY
Formação usada pelos jogadores de frente (forwards)
para recomeçar o jogo após algumas jogadas
irregulares ou penalidades leves. É freqüente chamar
os jogadores de 1 a 8 (forwards) de scrum, onde
todos ficam abraçados, juntando força para
empurrar o o outro time em busca de um objetivo.
ScrumOverview@fabyogr
Confiança - A organização dá a equipe a responsabilidade e
autoridade para fazer o trabalho, e para manter o negócio
totalmente informado sobre o progresso.
Transparência - A organização precisa de visibilidade clara do
progresso da equipe Scrum.A equipe trabalha de uma maneira que
faz com que os seus resultados, e os problemas com que se
deparam, seja claramente visíveis a todos envolvidos.
Compromisso - Como as equipes têm grande controle sobre
seu próprio destino, eles se tornam mais comprometidos com o
sucesso.
Valores do ScrumScrumOverview@fabyogr
Foco - A equipe se concentra em entregar juntos e focados em
dar resultado.
Disciplina - Porque o trabalho e os resultados são visíveis a
todos, a organização trabalha em conjunto para fazer o melhor.
Colaboração - Todos compartilham do que está acontecendo,
trabalhando a colaboração e focado em trabalhar em conjunto
estimulando a colaboração.
Valores do ScrumScrumOverview@fabyogr
Respeito - À medida que se trabalha em equipe, compartilha dos
sucessos e fracassos, passamos a respeitar uns aos outros.
Coragem - O membro de uma equipe não está sozinho, sente-se
apoiado e tem mais recursos à nossa disposição. Isso dá coragem
para empreender maiores desafios.
Abertura - À medida que a equipe trabalha junto, pratica se
expressar como está fazendo. Tendo abertura de dar e receber
feedback.
Valores do ScrumScrumOverview@fabyogr
Características do Scrum
Trabalha de forma iterativa e incremental.
As equipes são multi-disciplinares e auto-organizadas.
Foca em prioridades de acordo com o desejo do cliente.
O produto evolui em uma série de SPRINTs(iterações) mensais
ou semanais.
Equipes pequenas.
Equipe comprometida.
ScrumOverview@fabyogr
Características do Scrum
Visibilidade: clara do que está feito e os impedimentos, o que reduz
os riscos e as incertezas associadas ao projeto.
Aumento de ROI: entregas constantes e com valor.
Flexível a mudança: permite rever o planejamento, mudar de direção
ou fazer adaptações para próximas iterações.
Clientes se tornam parte da equipe de desenvolvimento.
O próprientário do produto precisa construir uma rica colaboração
com a equipe.
ScrumOverview@fabyogr
O conteúdo de cada sprint é extraído de um lista ordenada/priorizada
de requisitos do cliente/usuário(product backlog).
Framework que permite entregar um “valor de negócio” mais
elevado em um período de tempo mais curto.
Inspeção:  Inspeções freqüentes do processo.
Feedback: Problemas não são ignorados e ninguém é penalizado por
reconhecer ou descrever qualquer problema não visto.
Adaptação: possibilidade de ajustar o processo.
Funciona bem para equipes que abertamente "inspecionam" o que
está acontecendo e "adaptam" suas ações para a realidade.
Características do ScrumScrumOverview@fabyogr
O Iceberg do Scrum
Processos: Reunião de
planejamento, Retrospectiva, Reunião
diária, Planejamento de release e
sprint,...
Ferramentas: Quadro de Tarefas,
Post-it, Product Backlog, Burndown, ...
Pessoas: Scrum Master, Product
Owner,Team.
Cultura: Equipe multi-disciplinar,
Auto-gerencimento,Valores,
Envolvimento do cliente, Entrega
frequente, Liderança-colaboração,
Respeito, Disciplina, ...
ScrumOverview@fabyogr
SCRUM não é bala de prata
SCRUM é tua sogra...
sempre deixa seus problemas vísiveis
e não resolve
ScrumOverview@fabyogr
Pilares do ScrumScrumOverview@fabyogr
Fluxo do ScrumScrumOverview@fabyogr
Scrum e seus papéis
As pessoas em um projeto Scrum consiste em o
Product Owner, Scrum Master e o Team.
Os membros do Team se auto-organizam para realizar o trabalho.
O Product Owner seleciona e explica o trabalho a ser feito, com a ajuda
doTeam.
O Scrum Master ajuda o trabalho e o
entendimento doTeam dentro do framework
Scrum.
ScrumOverview@fabyogr
Product Owner
Representa todos os demais stakeholders
(cliente, usuários, representantes de negócios,
etc).
Responsável por definir as funcionalidades do produto.
É responsável pelo gerenciamento do Product Backlog, pelo ROI e
prioridade das funcionalidades.
Responsável pelo aceite do produto  - ENTREGA de cada Sprint.
É o responsável pela manutenção do Backlog.
PAPÉIS
O único indivíduo que é responsável por selecionar o
trabalho a ser feito, a fim de entregar o produto que
agregue valor ao cliente com entregas constantes.
ScrumOverview@fabyogr
Scrum Master
Responsável por garantir que os valores e as
práticas do Scrum foram entendidos pela equipe e
estão sendo seguidas.
Fazer com que a equipe seja auto-gerenciável e multi-disciplinar. 
Garantir com que o Product Owner também está desempenhando
seu trabalho, principalmente o ROI.
Responsável por remover os impedimentos(barreiras) do time.
Protege a equipe de interferências externas.
PAPÉIS
ScrumOverview@fabyogr
Scrum Master
Motivar e manter a saúde da equipe, trabalho em equipe,
comunicação, minimizando atritos e promovendo
a cooperação.
Assegurar a melhoria contínua e colaboração
entre o time.
Obter o comprometimento das partes (Stakeholders e Equipe).
É importante sempre lembrar:
•    Não é o líder técnico (o cara).
•    Não deve ser o Product Owner
•    Não gerencia ou dirige a equipe.
•    Não toma decisões pela equipe
PAPÉIS
ScrumOverview@fabyogr
Team
Responsável por produzir incrementos do produto e pela
qualidade do mesmo.
É um time multi-disciplinar.
É um time auto-gerenciado.
Comprometidos e Comunicativos.
Produz produto com qualidade e valor para o cliente
intensamente colaborativo.
Team no máximo com 9 integrantes.
PAPÉIS
No Time Scrum, não existe necessariamente uma divisão funcional através de papéis
tradicionais, tais como programador, designer, analista de testes ou arquiteto e troca de bastões.
Todos no projeto trabalham juntos (colaboram) para completar o conjunto de trabalho com o
qual se comprometeram conjuntamente para um Sprint.
ScrumOverview@fabyogr
Visão
ARTEFATOS
ScrumOverview@fabyogr
Visão
ARTEFATOS
Todo Produto necessita de uma visão, um objetivo, uma meta.
A visão do produto nos faz parar e pensar, porque vamos construir
este software?
Qual o real propósito deste trabalho que será realizado?
O Product Owner defini a VISÃO DO PRODUTO.
Começar o projeto pelo Product Backlog sem a visão é como fazer
compras com fome. Tudo parece uma boa idéia, uma boa
funcionalidade.
Existem várias técnicas para auxiliar na construção da visão do
produto.
ScrumOverview@fabyogr
Release Planning
CERIMÔNIAS
ScrumOverview@fabyogr
Release Planning
Tem por objetivo clarificar as prioridades dos itens do backlog,
estabelecer o objetivo (macro) de cada entrega/iteração,
identificar o número de iterações (sprints) necessárias, principais
milestones, identificar os principais riscos.
2 semanas cada
8 semanas para o primeiro
Release
CERIMÔNIAS
ScrumOverview@fabyogr
Product Backlog
ARTEFATOS
ScrumOverview@fabyogr
Product Backlog
ARTEFATOS
O Product Backlog é apresentado no formato de uma lista com itens
priorizados e ordenados pelo Product Owner de acordo com o valor
que representam o cliente e negócio.
• Uma lista de todo o trabalho desejado no
projeto
• Idealmente, na forma em que cada item tenha
seu peso de acordo com a desejo do cliente
• Existirá por todo o ciclo de vida do projeto
• Priorizado pelo dono do produto
• Repriorizado no início de cada Sprint
• Regularmente atualizado pelo PO de acordo com
mudanças e necessidades do cliente
ScrumOverview@fabyogr
Cliente ORDENA de acordo com sua necessidade
Lista que representa tudo que é necessário para desenvolver o produto
Product Backlog
+ ROI
- ROI
PRIORIZAÇÃO
ScrumOverview@fabyogr
Product BacklogScrumOverview@fabyogr
ScrumOverview@fabyogr
Sprint Planning
CERIMÔNIAS
ScrumOverview@fabyogr
Sprint Planning
O time seleciona os itens priorizados do product backlog com os
quais compromete-se a concluir.
Decide como chegar ao objetivo(META) da SPRINT.
Estimam cada funcionalidade do sprint backlog.
Cria tarefas do sprint backlog a partir dos itens do product backlog
(user stories/funcionalidades)
Define duração da sprint.
Participantes: Product Owner, Scrum Master,Team.
Definição de Pronto.
CERIMÔNIAS
ScrumOverview@fabyogr
Estimativas em pontos
Planning Poker
OTime ESTIMA
Velocidade do
TIME
Definição de
PRONTO
Objetivo
(META)
Quebrar estórias em
tarefas
Seleciona as estórias de usuário
ScrumOverview@fabyogr
Sprint Planning
CHECK LIST
Primeira parte da reunião:
1.1 – A visão do produto foi completamente entendida;
1.2 – Os níveis de prioridade dos itens do Product Backlog foi definido;
1.3 – Os itens do Product Backlog foram selecionados;
1.4 – A meta da Sprint (o que deve ser entregue no final da Sprint) foi estabelecida ;
Segunda parte da reunião:
2.1 – Os itens são detalhados através da escrita de estórias de usuário;
2.2 – Estimativa em Pontos é definida.
2.3 - As estórias de usuário são quebradas em tarefas;
2.4 - Sprint Backlog é definido;
2.5 – As pessoas da equipe definem entre elas quem ira fazer as tarefas do Sprint
Backlog.
ScrumOverview@fabyogr
Sprint Backlog
ARTEFATOS
ScrumOverview@fabyogr
Sprint Backlog
ARTEFATOS
O Sprint Backlog é uma parte do
product backlog, contendo apenas o
escopo das funcionalidades/itens
aos quais a equipe se comprometeu
a tentar entregar no final do sprint
corrente.
Ele também possui a meta do
sprint, as tarefas necessárias para
implementar cada estória e as
estimativas.
ScrumOverview@fabyogr
SprintScrumOverview@fabyogr
Sprint
Projetos Scrum progridem em uma série de “sprints”.
Ocorre em um período de duas a quatro semanas.
Um período constante leva a um melhor “ritmo”.
O produto é projetado, codificado e testado durante o sprint.
Principal objetivo: Estarmos frequentemente entregando algo de valor para o
cliente
*Sem mudanças durante a SPRINT
Produzir um incremento do PRODUTO
POTENCIALMENTE ENTREGÁVEL
ScrumOverview@fabyogr
Time Box
Scrum Time boxe são usadas para criar regularidade.
Um Time Boxe é uma quantidade de tempo, ou seja uma duração
fixa que não poderá aumentar.
Um Sprint é uma iteração e deverá ter duração fixa de no
máximo 4 semanas e após estabelecida, não deve variar ao longo
do projeto. Se vc escolheu usar o time-box de 3 semanas para os
seus sprints, use sempre 3 semanas.
CERIMÔNIAS
O conceito de timebox é aplicado as cerimônias (reuniões) do
Scrum. Todas as reuniões sãoTimeboxed:
- Reunião de Planejamento da Sprint (8 horas)
- Reunião Diária (15 minutos)
- Reunião de Revisão da Sprint (4 horas*)
- Reunião de Retrospectiva da Sprint (3 horas*)
Nota: * A quantidade de horas pode variar de acordo com a necessidade.
ScrumOverview@fabyogr
Daily Scrum
CERIMÔNIAS
Reunião para o acompanhamento diário.
Diariamente, todos juntos e em 15 minutos todos os membros da equipe
devem responder às 3 perguntas:
- O que foi feito desde ontem?
- O que irá fazer de hoje até amanhã?
- Qual o impedimento (se houver)?
O time é responsável por conduzir a reunião e atualizar os artefatos
durante reunião – quadro de tarefas, burndown chart.
 
* Ajuda a evitar reuniões adicionais desnecessárias
ScrumOverview@fabyogr
Gráfico de Burndown
ARTEFATOS
Gráfico que monitora o andamento das
atividades em relação a velocidade do
Sprint/Team.
Visibilidade e Transparência
ao Desenvolvimento de Software
PROGRESSO VISÍVEL
ScrumOverview@fabyogr
CERIMÔNIAS
Sprint ReviewScrumOverview@fabyogr
Sprint Review
É a reunião para a apresentação/entrega
do produto produzido durante o Sprint,
ou seja, resultados obtidos na SPRINT.
A apresentação atrai feedback importante
dos envolvidos.
Devolve ao Product Backlog funcionalidades
não terminadas e repriorizá-las.
Remove funcionalidades que foram finalizadas antecipadamente.
CERIMÔNIAS
ScrumOverview@fabyogr
Incremento de Produto
Resultado de cada Sprint.
Entregar a cada Sprint algo real do projeto
de software.
Entrega o que foi selecionado pelo proprietário do produto e
priorizado no Backlog.
O time entrega o que se comprometeu em desenvolver.
Alinhado com a Definição de Pronto.
Potencialmente Entregável
ScrumOverview@fabyogr
Retrospectiva
CERIMÔNIAS
ScrumOverview@fabyogr
Retrospectiva
É a reunião de lições aprendidas...
O que podemos fazer melhor no próximo sprint?
Feita após cada SPRINT
 - Bom: se pudéssemos faríamos do mesmo modo;
 - Poderia ter sido melhor:  faríamos tal ítem de maneira diferente;
 - Melhorias: idéias concretas de como melhorar para próximo sprint.
 
INSPEÇÃO e ADAPTAÇÃO
CERIMÔNIAS
ScrumOverview@fabyogr
Refinamento Backlog
Os membros da equipe precisam entendimento
concreto do que precisa ser feito.
Refinamento backlog deve ser concluído o mais
tardar no final da Sprint anterior.
Cada item deve ter um critério de aceitação muito
concretos.
Cada item Product Backlog que entrar no Sprint deve representar um incremento de "valor
de negócio". Portanto, o proprietário do produto precisa ser ativamente envolvido na
determinação do que as fatias são razoáveis.
Cada item tem de ser técnicamente possível construir dentro de um Sprint. Portanto os
membros do time precisam estar engajados em determinar o tamanho de cada
funcionalidade.
- SCRUM não especifica uma reunião de refinamento.
- Os resultados de uma Sprint dependem fortemente na qualidade dos
itens do Backlog.
- Aconselhado manter o refinamento do Backlog informal.
ATIVIDADE
ScrumOverview@fabyogr
48
V
isão
Business Model Generation
Funcionalidades
Product Backlog
Story Mapping
Reunião
de
planejamento 1
Reunião
de
planejamento 2
Seleciona
Funcionalidades
Lista
funcionalidades e
tarefas para
desenvolvimento
Retrospectiva
Incremento de Produto
Potencialmente Entregável
Produzir um incremento do PRODUTO
POTENCIALMENTE ENTREGÁVEL
Product Owner
(Time de CustDev)
Reunião
de
Entrega
SCRUM
Resumo
Scrum é uma estrutura simples, incorporando esses poucos
papéis, reuniões, atividades e exibe informações. Scrum é um
framework para o sucesso.
O sucesso vem quando toda a equipe trabalha em conjunto,
inspecionar o progresso e adaptar o seu processo específico
dentro do framework Scrum.
Scrum é um lugar para começar. Seu objetivo não é fazer
Scrum, é para ter sucesso usando Scrum como base para a
observação de seu projeto e melhorá-lo.
http://agileatlas.org
ScrumOverview@fabyogr
@fabyogr
ScrumOverview@fabyogr

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Workshop Inception Enxuta em Brasília
Workshop Inception Enxuta em BrasíliaWorkshop Inception Enxuta em Brasília
Workshop Inception Enxuta em BrasíliaMayra de Souza
 
Gerenciamento de Projetos de TI
Gerenciamento de Projetos de TIGerenciamento de Projetos de TI
Gerenciamento de Projetos de TIEliseu Castelo
 
Flaps Model Thinking - Um voo rumo a Business Agility
Flaps Model Thinking - Um voo rumo a Business AgilityFlaps Model Thinking - Um voo rumo a Business Agility
Flaps Model Thinking - Um voo rumo a Business AgilityAndyBarbosa2
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoYuri Morais
 
Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio
Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio
Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio Maria Angelica Castellani
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMatheus Costa
 
Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015
Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015
Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015leite08
 
Workshop Inception Enxuta
Workshop Inception EnxutaWorkshop Inception Enxuta
Workshop Inception EnxutaMayra de Souza
 
Scrum: o método que consolidou o ágil no mundo
Scrum: o método que consolidou o ágil no mundoScrum: o método que consolidou o ágil no mundo
Scrum: o método que consolidou o ágil no mundoJoão Grabosque
 

Mais procurados (20)

Workshop Inception Enxuta em Brasília
Workshop Inception Enxuta em BrasíliaWorkshop Inception Enxuta em Brasília
Workshop Inception Enxuta em Brasília
 
Okr
OkrOkr
Okr
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Gerenciamento de Projetos de TI
Gerenciamento de Projetos de TIGerenciamento de Projetos de TI
Gerenciamento de Projetos de TI
 
Flaps Model Thinking - Um voo rumo a Business Agility
Flaps Model Thinking - Um voo rumo a Business AgilityFlaps Model Thinking - Um voo rumo a Business Agility
Flaps Model Thinking - Um voo rumo a Business Agility
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
 
A Startup Enxuta
A Startup EnxutaA Startup Enxuta
A Startup Enxuta
 
Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio
Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio
Análise de Prontidão e Indicadores na Gestão do Portfolio
 
Meça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKRMeça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKR
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
 
Lean Inception
Lean InceptionLean Inception
Lean Inception
 
Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015
Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015
Modelo de Negócio e Lean Canvas no #SWFloripa - Mar/2015
 
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional ScrumPapeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
 
Requisitos Ágeis
Requisitos ÁgeisRequisitos Ágeis
Requisitos Ágeis
 
Workshop Inception Enxuta
Workshop Inception EnxutaWorkshop Inception Enxuta
Workshop Inception Enxuta
 
Scrum: o método que consolidou o ágil no mundo
Scrum: o método que consolidou o ágil no mundoScrum: o método que consolidou o ágil no mundo
Scrum: o método que consolidou o ágil no mundo
 
Gestao agil de projetos
Gestao agil de projetosGestao agil de projetos
Gestao agil de projetos
 
12 SQL - Junções / Join
12 SQL - Junções / Join12 SQL - Junções / Join
12 SQL - Junções / Join
 
Scrum Day Brazil 2021 | Como o Lean, Agile e Gestão 3.0 irão aumentar a entr...
Scrum Day Brazil 2021 | Como o Lean, Agile e Gestão 3.0  irão aumentar a entr...Scrum Day Brazil 2021 | Como o Lean, Agile e Gestão 3.0  irão aumentar a entr...
Scrum Day Brazil 2021 | Como o Lean, Agile e Gestão 3.0 irão aumentar a entr...
 

Destaque

Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product BacklogComo usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product BacklogFábio Aguiar
 
Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...
Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...
Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...Fábio Aguiar
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetFábio Aguiar
 
Tenha Valores e Principios (Manifesto Agil)
Tenha Valores e Principios  (Manifesto Agil)Tenha Valores e Principios  (Manifesto Agil)
Tenha Valores e Principios (Manifesto Agil)Fábio Aguiar
 
Facilitation techniques for Effective ScrumMasters
Facilitation techniques for Effective ScrumMastersFacilitation techniques for Effective ScrumMasters
Facilitation techniques for Effective ScrumMastersMarcos Garrido
 

Destaque (14)

Personagens Ageis
Personagens AgeisPersonagens Ageis
Personagens Ageis
 
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product BacklogComo usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
 
Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...
Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...
Gestão de Produtos com Scrum e algo mais...
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindset
 
Agile Management
Agile ManagementAgile Management
Agile Management
 
Core Agile Delivery
Core Agile DeliveryCore Agile Delivery
Core Agile Delivery
 
Scrum Board
Scrum BoardScrum Board
Scrum Board
 
Tenha Valores e Principios (Manifesto Agil)
Tenha Valores e Principios  (Manifesto Agil)Tenha Valores e Principios  (Manifesto Agil)
Tenha Valores e Principios (Manifesto Agil)
 
comunidade aberta
comunidade abertacomunidade aberta
comunidade aberta
 
Tá Safo!?
Tá Safo!?Tá Safo!?
Tá Safo!?
 
Seja Notável
Seja NotávelSeja Notável
Seja Notável
 
Fatiando o bolo
Fatiando o boloFatiando o bolo
Fatiando o bolo
 
Facilitation techniques for Effective ScrumMasters
Facilitation techniques for Effective ScrumMastersFacilitation techniques for Effective ScrumMasters
Facilitation techniques for Effective ScrumMasters
 
Metodos Ageis
Metodos AgeisMetodos Ageis
Metodos Ageis
 

Semelhante a Scrum Overview (20)

Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 
Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horas
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
O papel do an na agilidade
O papel do an na agilidadeO papel do an na agilidade
O papel do an na agilidade
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
Scrum agil
Scrum agilScrum agil
Scrum agil
 
Sobre o Scrum
Sobre o ScrumSobre o Scrum
Sobre o Scrum
 
Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com Scrum
 
Guia do scrum
Guia do scrumGuia do scrum
Guia do scrum
 
Guia do scrum
Guia do scrumGuia do scrum
Guia do scrum
 
Agil - artigo cientifico
Agil - artigo cientificoAgil - artigo cientifico
Agil - artigo cientifico
 
Workshop Desenvolvimento Ágil
Workshop Desenvolvimento ÁgilWorkshop Desenvolvimento Ágil
Workshop Desenvolvimento Ágil
 
PDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxPDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptx
 
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdfENGSW_Aula_Scrum.pdf
ENGSW_Aula_Scrum.pdf
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 

Scrum Overview

  • 2. @fabyogr Fábio Aguiar é Agile Coach e Associated Trainer na AdaptWorks. Bacharel em Sistemas de Informação e especialista em Engenharia de Processo de Software, possui mais de uma década de experiência profissional, tendo focado nos últimos anos em práticas de gestão e desenvolvimento ágil para ajudar times a focarem na entrega de valor constante e no desenvolvimento holístico de cada membro do time.Atua fortemente na comunidade ágil na região norte do Brasil, através da comunidade tasafo.org, organizando eventos, ministrando cursos e palestras. fabioaguiar@gmail.com
  • 4. O que é Scrum? É um método ágil para gerenciamento de projetos baseando em times pequenos e AUTO-ORGANIZADOS, for te V I S I B I L I D A D E e r á p i d a ADAPTAÇÃO. É um processo INTERATIVO e I N C R E M E N T A L p a r a o desenvolvimento de produtos e gerenciamento de projetos. É mais um FRAMEWORK que uma metodologia, mais ATITUDE que um processo. É um processo ágil que permite manter o foco na ENTREGA de maior VALOR de negócio, no MENOR TEMPO possível. ScrumOverview@fabyogr
  • 5. Origem do Scrum Criada em 1994 na Easel por Jeff Sutherland e Ken Schwaber. Sendo apresentado oficialmente na OOPLSA’96. Fortemente aplicada nas organizações de TI. ScrumOverview@fabyogr
  • 6. Origem do nome Scrum SCRUM é uma jogada no jogo RUGBY Formação usada pelos jogadores de frente (forwards) para recomeçar o jogo após algumas jogadas irregulares ou penalidades leves. É freqüente chamar os jogadores de 1 a 8 (forwards) de scrum, onde todos ficam abraçados, juntando força para empurrar o o outro time em busca de um objetivo. ScrumOverview@fabyogr
  • 7. Confiança - A organização dá a equipe a responsabilidade e autoridade para fazer o trabalho, e para manter o negócio totalmente informado sobre o progresso. Transparência - A organização precisa de visibilidade clara do progresso da equipe Scrum.A equipe trabalha de uma maneira que faz com que os seus resultados, e os problemas com que se deparam, seja claramente visíveis a todos envolvidos. Compromisso - Como as equipes têm grande controle sobre seu próprio destino, eles se tornam mais comprometidos com o sucesso. Valores do ScrumScrumOverview@fabyogr
  • 8. Foco - A equipe se concentra em entregar juntos e focados em dar resultado. Disciplina - Porque o trabalho e os resultados são visíveis a todos, a organização trabalha em conjunto para fazer o melhor. Colaboração - Todos compartilham do que está acontecendo, trabalhando a colaboração e focado em trabalhar em conjunto estimulando a colaboração. Valores do ScrumScrumOverview@fabyogr
  • 9. Respeito - À medida que se trabalha em equipe, compartilha dos sucessos e fracassos, passamos a respeitar uns aos outros. Coragem - O membro de uma equipe não está sozinho, sente-se apoiado e tem mais recursos à nossa disposição. Isso dá coragem para empreender maiores desafios. Abertura - À medida que a equipe trabalha junto, pratica se expressar como está fazendo. Tendo abertura de dar e receber feedback. Valores do ScrumScrumOverview@fabyogr
  • 10. Características do Scrum Trabalha de forma iterativa e incremental. As equipes são multi-disciplinares e auto-organizadas. Foca em prioridades de acordo com o desejo do cliente. O produto evolui em uma série de SPRINTs(iterações) mensais ou semanais. Equipes pequenas. Equipe comprometida. ScrumOverview@fabyogr
  • 11. Características do Scrum Visibilidade: clara do que está feito e os impedimentos, o que reduz os riscos e as incertezas associadas ao projeto. Aumento de ROI: entregas constantes e com valor. Flexível a mudança: permite rever o planejamento, mudar de direção ou fazer adaptações para próximas iterações. Clientes se tornam parte da equipe de desenvolvimento. O próprientário do produto precisa construir uma rica colaboração com a equipe. ScrumOverview@fabyogr
  • 12. O conteúdo de cada sprint é extraído de um lista ordenada/priorizada de requisitos do cliente/usuário(product backlog). Framework que permite entregar um “valor de negócio” mais elevado em um período de tempo mais curto. Inspeção:  Inspeções freqüentes do processo. Feedback: Problemas não são ignorados e ninguém é penalizado por reconhecer ou descrever qualquer problema não visto. Adaptação: possibilidade de ajustar o processo. Funciona bem para equipes que abertamente "inspecionam" o que está acontecendo e "adaptam" suas ações para a realidade. Características do ScrumScrumOverview@fabyogr
  • 13. O Iceberg do Scrum Processos: Reunião de planejamento, Retrospectiva, Reunião diária, Planejamento de release e sprint,... Ferramentas: Quadro de Tarefas, Post-it, Product Backlog, Burndown, ... Pessoas: Scrum Master, Product Owner,Team. Cultura: Equipe multi-disciplinar, Auto-gerencimento,Valores, Envolvimento do cliente, Entrega frequente, Liderança-colaboração, Respeito, Disciplina, ... ScrumOverview@fabyogr
  • 14. SCRUM não é bala de prata SCRUM é tua sogra... sempre deixa seus problemas vísiveis e não resolve ScrumOverview@fabyogr
  • 17. Scrum e seus papéis As pessoas em um projeto Scrum consiste em o Product Owner, Scrum Master e o Team. Os membros do Team se auto-organizam para realizar o trabalho. O Product Owner seleciona e explica o trabalho a ser feito, com a ajuda doTeam. O Scrum Master ajuda o trabalho e o entendimento doTeam dentro do framework Scrum. ScrumOverview@fabyogr
  • 18. Product Owner Representa todos os demais stakeholders (cliente, usuários, representantes de negócios, etc). Responsável por definir as funcionalidades do produto. É responsável pelo gerenciamento do Product Backlog, pelo ROI e prioridade das funcionalidades. Responsável pelo aceite do produto  - ENTREGA de cada Sprint. É o responsável pela manutenção do Backlog. PAPÉIS O único indivíduo que é responsável por selecionar o trabalho a ser feito, a fim de entregar o produto que agregue valor ao cliente com entregas constantes. ScrumOverview@fabyogr
  • 19. Scrum Master Responsável por garantir que os valores e as práticas do Scrum foram entendidos pela equipe e estão sendo seguidas. Fazer com que a equipe seja auto-gerenciável e multi-disciplinar.  Garantir com que o Product Owner também está desempenhando seu trabalho, principalmente o ROI. Responsável por remover os impedimentos(barreiras) do time. Protege a equipe de interferências externas. PAPÉIS ScrumOverview@fabyogr
  • 20. Scrum Master Motivar e manter a saúde da equipe, trabalho em equipe, comunicação, minimizando atritos e promovendo a cooperação. Assegurar a melhoria contínua e colaboração entre o time. Obter o comprometimento das partes (Stakeholders e Equipe). É importante sempre lembrar: •    Não é o líder técnico (o cara). •    Não deve ser o Product Owner •    Não gerencia ou dirige a equipe. •    Não toma decisões pela equipe PAPÉIS ScrumOverview@fabyogr
  • 21. Team Responsável por produzir incrementos do produto e pela qualidade do mesmo. É um time multi-disciplinar. É um time auto-gerenciado. Comprometidos e Comunicativos. Produz produto com qualidade e valor para o cliente intensamente colaborativo. Team no máximo com 9 integrantes. PAPÉIS No Time Scrum, não existe necessariamente uma divisão funcional através de papéis tradicionais, tais como programador, designer, analista de testes ou arquiteto e troca de bastões. Todos no projeto trabalham juntos (colaboram) para completar o conjunto de trabalho com o qual se comprometeram conjuntamente para um Sprint. ScrumOverview@fabyogr
  • 23. Visão ARTEFATOS Todo Produto necessita de uma visão, um objetivo, uma meta. A visão do produto nos faz parar e pensar, porque vamos construir este software? Qual o real propósito deste trabalho que será realizado? O Product Owner defini a VISÃO DO PRODUTO. Começar o projeto pelo Product Backlog sem a visão é como fazer compras com fome. Tudo parece uma boa idéia, uma boa funcionalidade. Existem várias técnicas para auxiliar na construção da visão do produto. ScrumOverview@fabyogr
  • 25. Release Planning Tem por objetivo clarificar as prioridades dos itens do backlog, estabelecer o objetivo (macro) de cada entrega/iteração, identificar o número de iterações (sprints) necessárias, principais milestones, identificar os principais riscos. 2 semanas cada 8 semanas para o primeiro Release CERIMÔNIAS ScrumOverview@fabyogr
  • 27. Product Backlog ARTEFATOS O Product Backlog é apresentado no formato de uma lista com itens priorizados e ordenados pelo Product Owner de acordo com o valor que representam o cliente e negócio. • Uma lista de todo o trabalho desejado no projeto • Idealmente, na forma em que cada item tenha seu peso de acordo com a desejo do cliente • Existirá por todo o ciclo de vida do projeto • Priorizado pelo dono do produto • Repriorizado no início de cada Sprint • Regularmente atualizado pelo PO de acordo com mudanças e necessidades do cliente ScrumOverview@fabyogr
  • 28. Cliente ORDENA de acordo com sua necessidade Lista que representa tudo que é necessário para desenvolver o produto Product Backlog + ROI - ROI PRIORIZAÇÃO ScrumOverview@fabyogr
  • 32. Sprint Planning O time seleciona os itens priorizados do product backlog com os quais compromete-se a concluir. Decide como chegar ao objetivo(META) da SPRINT. Estimam cada funcionalidade do sprint backlog. Cria tarefas do sprint backlog a partir dos itens do product backlog (user stories/funcionalidades) Define duração da sprint. Participantes: Product Owner, Scrum Master,Team. Definição de Pronto. CERIMÔNIAS ScrumOverview@fabyogr
  • 33. Estimativas em pontos Planning Poker OTime ESTIMA Velocidade do TIME Definição de PRONTO Objetivo (META) Quebrar estórias em tarefas Seleciona as estórias de usuário ScrumOverview@fabyogr
  • 34. Sprint Planning CHECK LIST Primeira parte da reunião: 1.1 – A visão do produto foi completamente entendida; 1.2 – Os níveis de prioridade dos itens do Product Backlog foi definido; 1.3 – Os itens do Product Backlog foram selecionados; 1.4 – A meta da Sprint (o que deve ser entregue no final da Sprint) foi estabelecida ; Segunda parte da reunião: 2.1 – Os itens são detalhados através da escrita de estórias de usuário; 2.2 – Estimativa em Pontos é definida. 2.3 - As estórias de usuário são quebradas em tarefas; 2.4 - Sprint Backlog é definido; 2.5 – As pessoas da equipe definem entre elas quem ira fazer as tarefas do Sprint Backlog. ScrumOverview@fabyogr
  • 36. Sprint Backlog ARTEFATOS O Sprint Backlog é uma parte do product backlog, contendo apenas o escopo das funcionalidades/itens aos quais a equipe se comprometeu a tentar entregar no final do sprint corrente. Ele também possui a meta do sprint, as tarefas necessárias para implementar cada estória e as estimativas. ScrumOverview@fabyogr
  • 38. Sprint Projetos Scrum progridem em uma série de “sprints”. Ocorre em um período de duas a quatro semanas. Um período constante leva a um melhor “ritmo”. O produto é projetado, codificado e testado durante o sprint. Principal objetivo: Estarmos frequentemente entregando algo de valor para o cliente *Sem mudanças durante a SPRINT Produzir um incremento do PRODUTO POTENCIALMENTE ENTREGÁVEL ScrumOverview@fabyogr
  • 39. Time Box Scrum Time boxe são usadas para criar regularidade. Um Time Boxe é uma quantidade de tempo, ou seja uma duração fixa que não poderá aumentar. Um Sprint é uma iteração e deverá ter duração fixa de no máximo 4 semanas e após estabelecida, não deve variar ao longo do projeto. Se vc escolheu usar o time-box de 3 semanas para os seus sprints, use sempre 3 semanas. CERIMÔNIAS O conceito de timebox é aplicado as cerimônias (reuniões) do Scrum. Todas as reuniões sãoTimeboxed: - Reunião de Planejamento da Sprint (8 horas) - Reunião Diária (15 minutos) - Reunião de Revisão da Sprint (4 horas*) - Reunião de Retrospectiva da Sprint (3 horas*) Nota: * A quantidade de horas pode variar de acordo com a necessidade. ScrumOverview@fabyogr
  • 40. Daily Scrum CERIMÔNIAS Reunião para o acompanhamento diário. Diariamente, todos juntos e em 15 minutos todos os membros da equipe devem responder às 3 perguntas: - O que foi feito desde ontem? - O que irá fazer de hoje até amanhã? - Qual o impedimento (se houver)? O time é responsável por conduzir a reunião e atualizar os artefatos durante reunião – quadro de tarefas, burndown chart.   * Ajuda a evitar reuniões adicionais desnecessárias ScrumOverview@fabyogr
  • 41. Gráfico de Burndown ARTEFATOS Gráfico que monitora o andamento das atividades em relação a velocidade do Sprint/Team. Visibilidade e Transparência ao Desenvolvimento de Software PROGRESSO VISÍVEL ScrumOverview@fabyogr
  • 43. Sprint Review É a reunião para a apresentação/entrega do produto produzido durante o Sprint, ou seja, resultados obtidos na SPRINT. A apresentação atrai feedback importante dos envolvidos. Devolve ao Product Backlog funcionalidades não terminadas e repriorizá-las. Remove funcionalidades que foram finalizadas antecipadamente. CERIMÔNIAS ScrumOverview@fabyogr
  • 44. Incremento de Produto Resultado de cada Sprint. Entregar a cada Sprint algo real do projeto de software. Entrega o que foi selecionado pelo proprietário do produto e priorizado no Backlog. O time entrega o que se comprometeu em desenvolver. Alinhado com a Definição de Pronto. Potencialmente Entregável ScrumOverview@fabyogr
  • 46. Retrospectiva É a reunião de lições aprendidas... O que podemos fazer melhor no próximo sprint? Feita após cada SPRINT  - Bom: se pudéssemos faríamos do mesmo modo;  - Poderia ter sido melhor:  faríamos tal ítem de maneira diferente;  - Melhorias: idéias concretas de como melhorar para próximo sprint.   INSPEÇÃO e ADAPTAÇÃO CERIMÔNIAS ScrumOverview@fabyogr
  • 47. Refinamento Backlog Os membros da equipe precisam entendimento concreto do que precisa ser feito. Refinamento backlog deve ser concluído o mais tardar no final da Sprint anterior. Cada item deve ter um critério de aceitação muito concretos. Cada item Product Backlog que entrar no Sprint deve representar um incremento de "valor de negócio". Portanto, o proprietário do produto precisa ser ativamente envolvido na determinação do que as fatias são razoáveis. Cada item tem de ser técnicamente possível construir dentro de um Sprint. Portanto os membros do time precisam estar engajados em determinar o tamanho de cada funcionalidade. - SCRUM não especifica uma reunião de refinamento. - Os resultados de uma Sprint dependem fortemente na qualidade dos itens do Backlog. - Aconselhado manter o refinamento do Backlog informal. ATIVIDADE ScrumOverview@fabyogr
  • 48. 48 V isão Business Model Generation Funcionalidades Product Backlog Story Mapping Reunião de planejamento 1 Reunião de planejamento 2 Seleciona Funcionalidades Lista funcionalidades e tarefas para desenvolvimento Retrospectiva Incremento de Produto Potencialmente Entregável Produzir um incremento do PRODUTO POTENCIALMENTE ENTREGÁVEL Product Owner (Time de CustDev) Reunião de Entrega
  • 49. SCRUM Resumo Scrum é uma estrutura simples, incorporando esses poucos papéis, reuniões, atividades e exibe informações. Scrum é um framework para o sucesso. O sucesso vem quando toda a equipe trabalha em conjunto, inspecionar o progresso e adaptar o seu processo específico dentro do framework Scrum. Scrum é um lugar para começar. Seu objetivo não é fazer Scrum, é para ter sucesso usando Scrum como base para a observação de seu projeto e melhorá-lo. http://agileatlas.org ScrumOverview@fabyogr