Hemograma

2.414 visualizações

Publicada em

Aula sobre hemograma

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.414
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
122
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hemograma

  1. 1. Universidade do Estado do Pará Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde Curso de Fisioterapia Disciplina Fisioterapia em UTI HEMOGRAMA Msc. Fábio Falcão fabiofalcao29@yahoo.com.br
  2. 2. Composição do sangue 1. Plasma: Composto de água (90%), na qual estão imersos sais minerais, proteínas, gorduras, fatores de coagulação, hormônios, etc.
  3. 3. Composição do sangue 2. Glóbulos brancos ou leucócitos; 3. Plaquetas; 4. Glóbulos vermelhos ou hemácias.
  4. 4. Hemograma 1. Introdução: Realizado a partir de amostra de sangue venoso e possibilita a avaliação das células sanguíneas: Hemácias ou células vermelhas Leucócitos ou células brancas; Plaquetas
  5. 5. Hemograma Dados da hematologia são úteis na avaliação: Capacidade de transporte de O2– contagem de hemácias e Hb Resposta à infecção – contagem leucocitária Probabilidade de coagulação sanguínea – contagem de plaquetas
  6. 6. Hemograma 2. Série vermelha: a) Hemácias ou eritrócitos ou células vermelhas Células anucleadas c/ vida média de 120 dias (degradam no baço). Função primordial: transportar a proteína hemoglobina.
  7. 7. Hemograma Ajuda a determinar a capacidade do sangue em transportar O2 Anemia (eritrócitos anormalmente ↓): Capacidade de transporte de O2 ↓ e o pcte pode apresentar hipóxia Tto: transfusão sanguínea
  8. 8. Hemograma b) Hemoglobina Pigmento proteico do sangue Estrutura molecular Parte proteica: globina. Parte não proteica: radical heme (Fe+2).
  9. 9. Hemograma Formada na medula óssea Transporta O2 (pulmão → tecidos) e CO2 (tecidos → pulmão) O2 se liga ao radical heme (oxiemoglobina). CO2 se liga à globina (carboemoglobina). O desprendimento desses gases se dá pela ∆P parcial dos mesmos no sangue, nos tecidos e no gás alveolar. Hipocromia (↓ nº Hb): ↓ capacidade de transporte de O2
  10. 10. Hemograma Valores normais: Usado como parâmetro para desmame da VM: ↑8g/dL (8-10 g/dL)
  11. 11. Hemograma c) Hematócrito: É um índice calculado em percentagem; Percentagem ocupada pelos glóbulos vermelhos no volume total de sangue (Vol. Hemácias/vol. Total sangue).
  12. 12. Hemograma
  13. 13. Hemograma 3. Série branca: a) Leucócitos ou glóbulos brancos: Células nucleadas produzidas na medula óssea; Função primordial: defender o organismo contra microorganismos causadores de doenças;
  14. 14. Hemograma Principais tipos de leucócitos: Neutrófilos Eosinófilos: Granulócitos! Basófilos Monócitos » Macrófagos. Linfócitos: Linfócitos B: Imunidade humoral (anticorpos) Linfócitos T: imunidade celular (TCD4+; TCD8+ e Nk).
  15. 15. Hemograma
  16. 16. Hemograma
  17. 17. Hemograma
  18. 18. Hemograma
  19. 19. Hemograma O nº leucócitos reflete a gravidade do problema e a condição do sistema imunológico do pcte Leucocitose (Ex: ↑20.000/mm3). Pode haver infecção, mas o sistema imune tá respondendo bem Leucopenia ñ é comum e ocorre qdo o sistema imune do pcte está suprimido p/ uma dça (HIV) ou tto (quimio e radioterapia,) ou qdo é subjugado p/ uma infecção (PN em idosos - prognóstico ruim)
  20. 20. Hemograma 3. Plaquetas ou trombócitos Fragmentos celulares que se originam a partir de células da medula óssea (megacariócitos). Função primordial: formação de coágulos Fornece informações a respeito da capacidade de coagulação do pcte
  21. 21. Hemograma Trombocitopenia ou plaquetopenia: pode levar a sangramentos – cuidado ao AVA’s; Trombocitose ou plaquetose: pode levar ao risco de trombose. Detalhe: Pancitopenia é a ↓ nº leucócitos, hemácias e plaquetas.
  22. 22. Hemograma
  23. 23. Hemograma Obs1! Proteína C Reativa (PCR): Proteína de fase aguda sintetizada pelo fígado. ↓ concentrações em indivíduos saudáveis. Seu aumento é um indicador sensível de inflamação. Níveis elevados pode ser encontrado no IAM (marcador de mortalidade), algumas cirurgias, infecções bacterianas e virais, etc. Utilizada para auxílio de diagnóstico, controle terapêutico e acompanhamento de diversas dças.
  24. 24. Hemograma Obs2! Outros: Ureia; Creatinina; Lactanto; Albumina, bilirrubina (função hepática).
  25. 25. Escarro 2. Exame microbiológico – Amostra de escarro: Coletado pelo técnico de laboratório no CTI p/ posterior esfregaço da amostra sobre uma lâmina de vidro e análise em microscópio Determina o microorganismo específico causador da infecção pulmonar ou das VA’s Ex: Streptococos pneumoniae - bactéria comum associado à PN

×