Os perigos do corpo perfeito

1.768 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.768
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os perigos do corpo perfeito

  1. 1. Com a chegada do verão, as pessoas, principalmente as mulheres, tentam correr contra o tempo para ficarem bonitas. São muitas viagens, festas, praia e a busca por um corpo perfeito que caiba no biquíni aumenta consideravelmente. Mas, como tudo que é exagerado pode trazer sérias consequências, essa busca pela perfeição muitas vezes tem um preço alto. As pessoas acabam exagerando, se machucam nas academias ou adquirem problemas de saúde em clínicas de estética.
  2. 2. Segundo Elaine Zinatto, médica esportiva e professora de ginástica,de Araraquara(SP), essa busca rápida pela perfeição do corpo traz muito prejuízo e não dá o resultado esperado. “As pessoas chegam na academia querendo atingir seus objetivos em pouco tempo e exageram, é impossível perder 10 quilos em uma semana de forma saudável e ainda sumir com todas as imperfeições do corpo”, afirma.
  3. 3. Busca do corpo perfeito, beleza a qualquer custo, culto a estética, termos em alta no meio das academias e dos praticantes de atividade física. Mas é aí que mora o perigo. O problema não é focar nesses objetivos e sim como alcançá-los. Quando se fala em saúde, os meios não justificam os fins. Todos querem um corpo legal com saúde, e isso pode ser conseguido. Praticando exercícios com acompanhamento de um profissional qualificado e controlando a alimentação pode-se alcançar os efeitos desejados. Os grandes problemas são o excesso e a impaciência, ou seja, muitos querem chegar ao “corpo perfeito” muito rápido.
  4. 4. Cada pessoa tem um ritmo e uma velocidade para atingir o desenvolvimento físico do corpo. Existem limitações físicas, fisiológicas e genéticas. Não adianta pensar que o que serviu para A servirá para B e vice-versa. O treino deve ser individualizado. A orientação e a condução dos treinamentos por um profissional capacitado é fundamental para o desenvolvimento harmonioso do corpo e sem risco à saúde. Muitos profissionais estão se especializando nessa área para oferecer o melhor serviço. O aluno tem o direito e o dever de exigir que o professor possua conhecimento teórico e prático, inclusive com o devido registro profissional no CREF (Conselho Regional de Educação Física).
  5. 5. Quando se fala em culto ao corpo perfeito, logo o que vem a cabeça são os anabolizantes. Essa é uma palavra que está muito associada a academia, a jovens buscando um corpo perfeito, a vaidade pessoal. Infelizmente muitas pessoas ainda utilizam esses artifícios para um ganho rápido de massa muscular e/ou perda de gordura corporal. Para alguns casos de problemas de saúde, pode ser recomendado o uso de esteroides anabolizantes, mas sempre com controle e prescrição médica.
  6. 6. O uso dos anabolizantes trará benefícios estéticos a curto prazo, mas poderá ocasionar problemas graves e irreversíveis à saúde ao longo do tempo. Só para citar alguns desses efeitos colaterais: aumento da pressão arterial; hipertrofia da próstata que pode ocasionar impotência; insônia; cefaleia (dor de cabeça); ginecomastia (excessivo aumento dos mamilos em homens); câncer; limitação do crescimento; aumento do colesterol; arritmia cardíaca; hepatoxidade (problemas ou lesões no fígado) e morte súbita. Alguns problemas são reversíveis e outros não, como a morte.
  7. 7. Mesmo com esses efeitos nocivos as pessoas se arriscam por uma vaidade pessoal. É o perfil do mundo globalizado do século XXI. A falta de tempo é uma desculpa muito usada pelos praticantes de atividade física. A verdade é que as pessoas não têm paciência para uma melhora gradual, por meio de um treinamento planificado e uma dieta balanceada. Quando se pensa primeiro na saúde e depois na estética, você acaba atingindo os dois objetivos, tem uma vida mais confortável e equilibrada e, em consequência, terá um corpo bonito.
  8. 8. Não tente imitar ou se basear em atletas profissionais. O treinamento para o esporte de competição, para o esporte de resultado não é sinônimo de saúde. Nem sempre atletas profissionais tem saúde, pelo contrário, muitas modalidades podem abreviar a vida do indivíduo. Portanto, o problema não é pensar na estética ou buscar um corpo bonito, o problema é como atingi-los e em quanto tempo. Lembre- se, quando se fala em saúde, a pressa e o exagero são inimigos da perfeição, aliás... Nem sei se existe perfeição.
  9. 9. Texto por: Fabio Aires da Cunha Manoela De Miranda Marques Fontes: http://www.fcunha.com.br/artigo/A%20busca%20do%20corpo%20perfeito.htm http://www.uniara.com.br/ageuniara/artigos.asp?Artigo=4570

×