City Posto - Edição 12

236 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Download Link Here :-
    www.getyourdownload.net/m
    --------------------------------------------------------------------------

    download this amazing full version 100% working and virus proof file without any survey
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
236
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

City Posto - Edição 12

  1. 1. www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com Franca e suas Personalidades Pedro Murilla Fuentes Geraldo Pelotão Doutor Hélio Palermo Nascido em 1929, Pedro Murilla Geraldo Gomes, o “Geraldo Pelo- O Professor e Doutor Hélio Paler- Fuentes, o Pedroca, professor de educa- tão”, nasceu em São Sebastião do Paraíso mo nasceu em Franca em 30 de maio de ção física, formado pela USP chegou à , (MG) em 1915. 1918. Franca como professor. Segundo relatos de familiares, Foi professor e político, tendo sido prefeito Foi técnico de basquete do Franca aos 3 anos teve meningite. Após se curar do município de Franca por duas vezes. por 32 anos, bem como da seleção bra- da doença a sua mentalidade estagnou e Entre 1966 e 68, Hélio Palermo, sileira em Olimpíadas e Pan Americanos. manteve-se assim com o passar dos anos. ex-aluno da 1ª turma de direito, quando Ficou para a história por ser um visionário, Personagem famoso que por anos prefeito, mandou edificar o prédio das ins- implantando o contra-ataque de alta velo- deu um ar cômico e aventureiro à Praça talações da Faculdade de Direito de Franca. cidade e defesa pressionada. Barão. A municipalidade deu a uma das Ele era, antes de qualquer coisa, Somente os mais jovens não se Avenidas o seu nome e o Estado o home- um educador. Usava o esporte como meio lembram ou não conheceram essa figura nageou dando o seu nome a uma Escola social de formação e humanização. Falava ilustre e folclórica que andava pela Praça. Pública de 1° e 2° graus, localizada no jar- a todos o que deveriam escutar e não o Para os mais próximos, ele era dim Dermínio. que gostariam. como uma doce criança, mas ai daquele O Conjunto Poliespor tivo “Dr. Hé- Muito dedicado e observador, Pe- que o ousasse desafiar com provocações, lio Palermo”, tem capacidade para sete mil droca fez curso intensivo de técnicas de esse teria que correr rápido e desviar das pessoas e já recebeu duelos históricos do basquete em São Paulo e depois disso não pedras atiradas por “Pelotão”, pois o mes- basquetebol brasileiro. parou. Participou de diversas clínicas de mo saía enfurecido atrás dos ofensores Seus feitos de Administração Pú- especialização em países como Espanha, distribuindo pedradas e xingamentos àque- blica serão sempre lembrados, pois, Fran- Portugal, Iugoslávia, Itália e Argentina. les que contra ele desferissem o apelido ca tornou-se uma cidade notável e alta- Pedro Murilla Fuentes comandou “Geraldo Pelotão” ou qualquer outro. mente progressista. o time local de 1951 a 1983, época de Infelizmente Franca, mais pre- Faleceu aos 60 anos de idade, no ouro da modalidade no Brasil. O ginásio cisamente a Praça Barão, perdeu essa dia 07 de fevereiro de 1979. da cidade, um dos poucos do país feitos ilustre figura que dava exclusivamente para jogos de basque- te, chama-se Pedrocão, como forma de um toque de humor e aventura para a pra- EXPEDIENTE homenagear o ex-treinador, mor to há 18 ça. Informativo City Posto Padaria e Conveniência - edição 012 anos. Em maio de Av. Hélio Palermo esquina com Major Nicácio Tratava todo mundo com respei- 2000, Geraldo morreu Diretora: Giselly Cristina de Oliveira Castro to. Chamava todos os alunos de senhor. aos 85 anos, vítima Contato: (16) 3721.1600 É com justiça unânime que hoje o giná- de uma hemorragia, Diagramação/Impressão: Quintal Publicidade - Rua Expedicionário Castro Garcia, sio de espor te de Franca recebe o nome após vir atravessando nº 452 - Vila Monteiro Franca SP - (16) 3017.9093 de Pedrocão, o templo do basquete bra- seguidos problemas Artigos assinados e os anúncios são de responsabilidade de seus signatários e não sileiro. de saúde. representam a opinião do Informativo. 02Edição 012Novembro de 2012
  2. 2. www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com city nutrição city nutrição História do Café Nutricionista City Posto Eliana Campos Silva CRN 12732 Mas a expansão do cultivo sistólica e em 1 mmHg a pressão diastólica. coincidiu com a época da A cafeína também interfere no mecanismo abolição. de absorção de cálcio, em indivíduos com ingestão Em troca do apoio à cam- inferior à recomendada. Tal efeito pode ser contraba- panha abolicionista, os fazen- lançado pelo aumento o consumo de cálcio. deiros exigiram o incentivo do A ingestão de café está associada a sinto- governo à vinda de imigrantes mas gastrintestinais, como dispepsia e refluxo. Isto europeus para o País para tra- porque aumenta a secreção ácida no estômago e sen- balhar na lavoura, como ale- sibiliza a mucosa. Além disso, o café tem ação inibi- mães e italianos. tória sobre a absorção de ferro: a ingestão simultânea Hoje, o café é produzido no ou posterior à refeição reduz em 40% a absorção do País principalmente nas ci- nutriente. dades de Espírito Santo do A infusão de café quando preparado sem Pinhal, Franca e Garça (SP), açúcar, não contém calorias. A composição quími- Guaxupé e Patrocínio (MG), ca do grão de café inclui pequenas quantidades de Barreiras (BA), Jaguaré e São minerais, como potássio, magnésio, sódio, além de Gabriel da Palha (ES), Londri- aminoácidos e carboidratos (frutose, maltose e polis- na (PR) e Vilhena (RO). sacarídeos, etc.). O café (Coffea arabica L.) é originário da Valor nutricional do café O café é considerado alimento funcional de- Etiópia e seu cultivo foi propagado pelos árabes, Os estudos que associam cafeína e saúde vido à presença de grande quantidade de polifenóis que consumiam o fruto in natura, e que no século cardiovascular apontam que o consumo moderado - antioxidantes, chamados ácidos clorogênicos que, du- XIV o introduziram na Europa. equivalente a 400-500 mg/dia ou 4 xícaras de café rante a torra dos grãos, formam quinídeos, compostos A entrada do café no Brasil aconteceu em - não é prejudicial à saúde humana. No entanto, já se bioativos, com efeito citoprotetor e que exercem papel 1727, pelo oficial português Francisco de Mello Pa- sabe que o risco de hipertensão é menor entre os que positivo no controle da depressão. É também durante lheta. Ele foi enviado à Guiana Francesa pelo gover- se abstém do consumo de café e que a ingestão su- a torra que se formam os quase mil compostos volá- nador do Pará, para resolver problemas de fronteira, perior a 5 copos por dia eleva em 2 mmHg a pressão teis responsáveis pelo aroma característico do café. mas também para trazer sementes do fruto que ti- nha grande valor comercial. Assim, mudas e sementes de café foram plantadas no Pará e dali, espalhou-se o cultivo para outros Estados, como Bahia, Rio de Janeiro, Minas e São Paulo. Com o declínio das reservas de ouro em Minas Gerais e das crises internacionais do merca- do de açúcar, vivemos o ciclo econômico do café no Brasil. Até os escravos ajudaram a fazer a história do café no Brasil porque foram os primeiros a traba- lhar nas grandes lavouras do Rio, Minas e parte do Estado de São Paulo. 04 Edição 012 Novembro de 2012
  3. 3. www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com city kids city kids Para Você Saber... Franca A primeira denominação do município decorrente da guerra do Paraguai. de Franca foi Arraial Bonito do Capim Mimoso, o No ano de 1887, com a chegada da estra- surgimento deu-se devido ao desvio da trajetória da de ferro na região que impulsionou o mercado, a dos bandeirantes que iam em direção as jazidas cidade ficou intermediando a circulação comercial de ouro em Goiás, essa mudança de rumo foi entre São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Minas Ge- provocada pelos conflitos entre paulistas e em- rais. Moji Mirim, a partir daí tornou-se um dos maiores boabas no início do século XVIII. Após a década de 20, inicia um novo pano- produtores calçadistas do Brasil, provocando uma O povoado foi evoluindo e alcançando rama comercial regional, mantendo ainda a produ- evolução político-administrativa em toda região. uma importância comercial, fornecendo sal para ção cafeeira, logo o município mudou de condição A Vila Del Rey foi criada em 31 de outubro toda região. de ponto de apoio de comercialização para produ- de 1821. Em 1856, no dia 24 de abril, ganhou a Alguns acontecimentos históricos que tor de café, importante cultura produtiva da época, condição de cidade, recebendo o nome definitivo ocorriam no momento proporcionaram, a partir depois transformando para produção de policultura de Franca. de 1870, a decadência econômica do município, e indústria, principalmente produção de calçados e Franca ao longo de sua história alcançou como a liberação do Rio Paraguai que facilitou a couro. status de capital do calçado, isso devido à concen- distribuição comercial das províncias, tudo isso No ano de 1804, elevou-se à Freguesia de tração de indústrias desse seguimento na região. Receitinha Brigadeiro crocante de colher A criançada vai ficar com água na boca! Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos) Rendimento: 6 porções Dificuldade: Fácil Calorias: 209 por porção Ingredientes . 1 lata de leite condensado . 100 g de chocolate meio amargo picado . 1 colher (sopa) de manteiga . 1/2 xícara (chá) de leite . 1 xícara (chá) de bolinhas de chocolate crocante Modo de preparo Em uma panela média, ponha o leite condensado, o cho- colate, a manteiga e o leite. Cozinhe em fogo baixo, mexendo sem parar, até a mistura ficar homogênea e se desgrudar totalmente do fundo da panela. Deixe esfriar, misture 1/3 das bolinhas de chocola- te, decore o creme com bolinhas restantes e sirva. 06 Edição 012 Novembro de 2012
  4. 4. Hora de Brincar Pinte os desenhos www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com Caça Palavras Encontre as palavras abaixo: Cidadania Convivência Dever Direito Idoso Lei Mulher Normas Paciente Sociedade FORME UMA FRASE FALANDO DA CIDADE DE FRANCA USANDO, PELO MENOS, CINCO PALAVRAS DO CAÇA- PALAVRAS . Feliz Aniversário Franca - 188 anos! Jogo dos 7 erros dor nº7 7- braçadeira verde no joga- 6- borboleta acima na tabela nº6COMPLETE AS CURIOSIDADES DE NOSSA CIDADE: 5- braço direito do jogador1- Franca destaca-se na agricultura pela produção de _________________________. 4- perna do jogador nº72- No setor industrial, Franca é a maior produtora de __________________ do Brasil. 3- meia do jogador nº 93- No esporte, Franca é considerada a capital do _____________________________. 2- jogador nº8 saltando4- Um marco turístico em nossa cidade é o relógio do __________________________. 1- bola de basquete5- Franca é conhecida como a cidade das Três _______________________________. Café - Calçados - Basquete - Sol - Colinas RESPOSTA RESPOSTA 07 Edição 012 Novembro de 2012
  5. 5. www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com city crônicas city crônicas Beto Chagas é escritor e psicó- logo, autor do livro de crônicas Palavras Contidas Bolo com “guanará’’ - Pa-ai! Eu quero bolo de aniversário! da cidade de Franca. - Que mais, pa-ai! - Quem tá fazendo aniversário, filhota? - O Tio Beny trabalhou com a Franca, mas também - Tinha o Foto Edward, tinha o Foto Gallo. Mas Era - A Dona Franca! trabalhou na cidade de Franca. Ele tem razão. Era tudo em preto e branco. foi o Rigoletto que come- - Quem te falou isso? uma cidade muito boa... çou com essa história de fotos coloridas. - Foi o Tio Beny... Ele falou que trabalha lá - Era de comer, pa-ai? - Pa-ai! Que mais, que tinha? longe, mas tem saudade de quando trabalha- - Não filha! Era boa de se viver... Com o Tio Beny - Não tinha! Não tinha ainda calçadões pra atra- va na Franca... eu aprendi e descobri muita coisa, conheci uma vancar o trânsito das ruas do Centro. Na Marechal - Ah! Faz tempo, ele trabalhou com a Franca Franca não tão antiga, mas que não existe mais. Deodoro, em frente ao Foto do Jair, tinha a Vitami- Dragone, irmã do Vincenzo, no Rigoletto! Eu - É? na do Seu Nenete e, logo adiante tinha a Martins... também tenho saudade do tempo do Foto Ri- - Sim filha! Tinha os Móveis Meneghetti, na Volun- Mais do que uma livraria, era um centro cultural. goletto. tários da Franca,777. Acho que o prédio ainda exis- Numa esquina tinha o Bar Tubarão e na outra es- - É dia 28 de novembro, né pa-ai?! te, um imenso barracão na descida da Voluntários quina, a Bomboniere Cinelândia, no quadrante do - Ah! Então você está falando da outra Franca, da Franca. Cine São Luiz. - Só isso, pa-ai? - Tinha muito mais, filha. Onde hoje é o outro calçadão, na Voluntários da Franca, ti- nha a Jóia Magazine, tinha a Cinderela (uma entrada pela Voluntários e a outra pela Rua do Comércio). Tinha também a Flor de Lis, tinha La Pe- tit Fleur, a Antunes Confec- ções... Ah! Tantas lojas. Se falar de todas não cabe nessa nossa conversa! - Mas, pa-ai! E o bolo de ani- versário da Dona Franca? - Bem, filha! Precisaria de um bolo muito grande... Deve ter umas 350 mil bocas esperan- do um pedaço. Faz assim: a gente passa numa padaria e encomenda um bem gostoso, só pra nós. - Já sei, pa-ai! No City Posto deve ter... Mas eu quero bolo com “guanará”! 08 Edição 012 Novembro de 2012
  6. 6. city parceiros www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com Dra. Sílvia Catin OAB/SP 172.238 Pós-graduanda em Terapia Familiar – UNIFESP Especialista em Terapia de Luto city parceiros Dando abertura ao novo Para os que são nascidos em Franca ou Quando o sistema muda, tudo o que nele de um profissional, com certeza sairemos muitopara os que já moram aqui há uns vinte anos, é está inserido sofre alterações e essas mudanças, mais fortalecidos e capazes para continuar a ca-bem nítida a mudança ocorrida não somente na a princípio, podem trazer desconforto. No entanto, minhada do aprimoramento pessoal. Precisamosestrutura da cidade como no comportamento do estamos a todo instante em constante mudança e tirar proveito do passado, sem com isso estarmoscidadão francano. é preciso sempre olhá-las de forma positiva, como fechados para o novo que se anuncia a todo mo- As ruas estreitas e acanhadas hoje dão crescimento pessoal e não como entrave que nos mento.lugar a várias avenidas que interligam os bairros e aprisiona em nós mesmos. Assim como “tomar água da careta” nafacilitam o trânsito, porém essas avenidas muitas Se soubermos nos posicionar diante das cidade de Franca, ser feliz é não fazer “careta paravezes ainda são insuficientes diante do aumento de mudanças que nos envolvem, mesmo com a ajuda a própria vida” que se impõe diante de nós.veículos nas ruas. Os viadutos passam a ser criadoscomo alternativa de fluxo em um momentoem que a cidade pede licença e se expanderapidamente. Várias empresas se instalaram aquineste período, dando emprego e sustento amuitas pessoas que deixaram suas cidadesde origem e vieram à Franca em busca deseus sonhos. Saímos hoje às ruas e já não conhe-cemos tantas pessoas como no passado.Rostos desconhecidos são a maioria dentrealguns que nos povoam a lembrança. Franca outrora tão pacata – podia--se voltar a pé dos bailes da AEC, quantasboas lembranças! Hoje sentimos saudades dos bonspasseios na Praça Barão, adoçados pelosorvete do Sr. Afonso ou pelo suco do TIP .Saudades também de amigos queridos que,como outros que aqui chegaram, tambémchegaram noutro “porto”. Assim como em nossa cidade onovo encontrou espaço, o cidadão francanotambém teve que se adequar a novos desa-fios. O crescimento profissional teve que seraperfeiçoado através de graduações e cur-sos técnicos que por aqui também chega-ram. 09 Edição 012 Novembro de 2012
  7. 7. www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com city yoga city yoga O que é yoga? Quem é um yogi? É comum se referir aos praticantes de ása- Para se referir a esse processo os Vedas utili- trabalho voluntário. nas (posturas/exercícios físicos) como yogis, contu- zam os termos: yogi e yoga. Apesar de ser comum o uso desse termo do nem todo praticante de ásana é necessariamente Yogi é a pessoa preparada para receber o en- para se referir ao trabalho voluntário ou as atividades um yogi e existem pessoas que nunca praticaram, sinamento ou a pessoa que tem esse objetivo e está se sem nenhum tipo de remuneração ou recompensa em mas são. Ao que remete esse termo “yogi”? Quem é preparando. vários ashrams (locais de estudo) na Índia. um yogi? Qual a sua relação com yoga? E afinal de Yoga é esse “pacote” que o yogi faz uso e Essas atividades podem ter seu papel, mas, contas, o que é yoga? as asanas, os exercícios físicos que conhecemos, são no contexto dos Vedas, karma yoga é a maneira como As palavras yoga e yogi são amplamente apenas a ponta de um iceberg imenso. o yogi se comporta diante das ações (karmas) na sua utilizadas nos vedas e em outros textos da tradição Agora com esse entendimento dos Vedas vida. védica, como na Bhagavad gita e nas Puranas, para como meio para o conhecimento e todas suas ativida- O próprio Senhor Krsna na Bhagavadgita co- se referir a pessoa que busca o autoconhecimento. des preparatórias, podemos analisar um pouco mais loca que existem dois estilos de vida tendo como obje- Portanto para entender o significado do yoga, pri- qual é a essência do yoga e o que define o yogi. tivo o autoconhecimento: o estilo de vida de um renun- meiro devemos entender um pouco sobre a natureza Existem dois enganos comuns atualmente no ciante, que se dedica exclusivamente aos estudos e o do autoconhecimento. uso do termo yoga. O primeiro é que como alguns au- “karma yoga” para as pessoas que desejam continuar A tradição védica coloca que a ignorância tores dividem o yoga em função de algumas práticas inseridos na sociedade, porém com a vida direcionada sobre nossa natureza é a causa fundamental do nos- específicas, ficamos com a impressão de que as ativi- para essa busca espiritual. so sofrimento. Por não sabermos nossa natureza dades do yoga sejam “tipos” de yoga separados uns Esse ponto é importante porque o conceito livre, nos identificamos com o corpo e mente, so- dos outros. Por exemplo, as atividades devocionais de yoga muitas vezes é confundido com algum tipo de frendo com suas limitações. Os Vedas apontam que como ir ao templo ou fazer um ritual são chamadas repressão ou disciplina rígida, mas na verdade existe a a natureza do sujeito é a mesma felicidade que ele de “bhakti yoga” e as meditações são referidas como opção de uma vida normal com família e filhos descrita busca a todo momento, a paz, a liberdade, a própria “dhyana yoga”. pelos próprios Vedas como um meio para o autoco- eternidade. Bhakti significa devoção e dhyana meditação, nhecimento. Tendo esse “entendimento” sobre si como ambos os termos não se referem a um “tipo de yoga” Assim para as pessoas inseridas na socieda- objetivo, a tradição prescreve um estilo de vida que são apenas atividades que compõe o mesmo yoga e de, a tradição védica coloca que enquanto uma pessoa possui um conjunto de valores, uma série de práti- para o autoconhecimento as duas atividades são fun- normal faz karma(ações) uma pessoa espiritualizada cas físicas e mentais, e a exposição tradicional das damentais. faz “karma yoga”. Upanishads (parte dos Vedas, também chamada de O segundo engano comum é a divisão do A palavra yoga é utilizada junto com o karma vedanta, que tem por objetivo a transmissão do au- yoga em relação aos exercícios físicos e energéticos, apenas para dar esse sentido, dizer que sua ação é toconhecimento). hoje em dia temos por volta de 5 estilos básicos na “yoga”. Por detrás dessa estrutura prescrita pelos prática de posturas como Iyengar ou Asthanga. E finalmente o que é essa visão de yoga? Vedas, o objetivo é que o estudo das Upanishads A diferença no método ou estilo de exercício A visão de yoga, que é essa atitude diante da seja suportado por um aparato de disciplinas, que nos leva a crer que existe uma “variedade de yogas”, vida, envolve dois aspectos: preparam o indivíduo para o entendimento de sua porém, na verdade são apenas modelos diferentes de A visão ao executar a ação. natureza livre. Como estamos falando de um conhe- práticas de exercícios e a maioria das posturas são co- A visão ao receber o resultado da ação. cimento é natural que seja necessário um preparo, muns a todas elas. De acordo com os Vedas a visão de yoga uma maturidade de vida, tanto emocional quanto in- A tradição védica coloca que a definição do ao executar uma ação está no uso da ação como um telectual. yogi está no seu estilo de vida, mas aqui temos de instrumento de preparação para o autoconhecimento. O processo é comparado com acender tomar um certo cuidado pois em geral consideramos Qualquer ação do nosso dia pode ser usada como uma uma fogueira, o estilo de vida e as disciplinas secam “estilo de vida” um conjunto de hábitos e não é esse o oração, quando ela está em harmonia com o Criador, a madeira e os Vedas são como o fósforo. Se ma- ponto aqui. Se o provérbio diz que o hábito faz o monge, que está na forma do universo a nossa volta. É esse deira estiver muito molhada não é possível acendê-la podemos dizer que o que faz o yogi é o “karma yoga”. oferecimento da ação ao Criador que a torna um ins- e se o fósforo não for utilizado da maneira correta o E que fique claro desde o início que “karma yoga” não trumento purificador. fogo se apaga rapidamente. é mais um tipo de yoga ou o conceito popularizado de Yoga é aprender a viver em hamornia com 10 Edição 012 Novembro de 2012
  8. 8. city yoga www.cityposto.com.br - twitter/cityposto.com - www.cityposto.blogspot.com city yogaDeus. entra feliz, o ônibus demora a passar e vem lotado, ou sultados como vindos do próprio Criador de acordo Quando dizemos oferecimento é importante antes mesmo do ônibus passar o colega de trabalho com as minhas ações no passado. Essa maneira desaber o que é isso, senão vamos dizer: “eu ofereço oferece uma carona, ou ainda a pessoa pode acordar tomar as decisões e encarar as situações na vida é aessa ação para Deus!” e isso não é o que faz a dife- três dias depois na cama de um hospital, porque o ôni- espinha dorsal do que é chamado de yoga.rença. O ensinamento é que o próprio Criador está na bus passou rápido de mais! E todos esses resultados Afinal de contas toda disciplina ou práticaforma do universo a nossa frente e se apresenta como são possíveis, ninguém planeja ir para a emergência e de posturas culmina em uma vida equilibrada e ema decisão adequada em cada momento da vida. todo hospital tem a emergência lotada. harmonia com a sociedade a nossa volta. O dharma (ética) e a harmonia são manifes- Os Vedas colocam que o Criador na forma O “yogi”, portanto, não é apenas a pessoatações divinas, assim como nossa capacidade de ven- da ordem do karma distribui o resultado da ação para que faz um monte de práticas e disciplinas apesar decer nossos gostos e aversões para fazer o correto. E cada indivíduo de acordo com as ações que ele reali- elas serem fundamentais para o caminho espiritual,nós fazemos não por medo do que Deus fará conosco zou no passado. mas aquela pessoa capaz de trazer karma yoga paraou para deixá-lo satisfeito, pois, para o criador desse O conceito de injustiça divina e aquela tensão sua vida. Como karma yoga depende da apreciaçãouniverso de bilhões e bilhões de estrelas, não existe da necessidade de controlar o mundo, se vão na apre- do Criador que nasce da exposição aos Vedas, pode-nada grande o suficiente que possamos fazer capaz de ciação do Criador na forma dessa ordem cósmica que mos dizer que os Vedas são a verdadeira essência dodeixá-lo zangado ou ainda não existe nele um senti- liga as ações e as pessoas. Yoga.mento de falta que cabe a nós preencher. Assim, quando cada resultado ou situação surge na Esse texto foi escrito por Jonas Masetti Fazemos porque na base da nossa persona- nossa vida aceitamos como uma atitude de reverência no site satsangaonline.lidade já existe embutido o valor pela união e o amor de quem está recebendo algo que vem doe quando oferecemos nossa ação, a executando em próprio criador, não importa se é doce ouharmonia com o todo, desfazemos um sentimento de amargo é o que está se apresentando na-divisão e alienação. Assim como existe uma satisfação quele momento.em colaborar com a nossa família e locais que partici- Esse é um ponto importante parapamos, com karma yoga descobrimos a satisfação de o yogi porque a vida está constantementecolaborar com a família que é esse universo inteiro. apresentando boas e más notícias que não É uma atitude na ação que representa sobre- dependem realmente da nossa escolha.tudo uma maturidade em termos de objetivo de vida. Tendo o autoconhecimento como objetivo Tendo o autoconhecimento como objetivo e toda ação se torna uma possibilidade deenxergando as limitações das ações em nos fazer ab- crescimento, exatamente o que é precisosolutamente felizes, somos capazes de descobrir essa ser vivido por nós.maneira de viver. Por outro lado, sem uma maneira Quanto ao receber o resultado da ação yoga é de canalizar nossas expectativas ficamosa apreciação da ordem responsável por esse resultado a mercê do mundo, como um fanático porchegar até nós. futebol fica a mercê do seu time sem ter Em geral, fazemos um plano de como a vida um envolvimento direto com a sua vitóriatem que ser, como as pessoas devem reagir e em qual- ou derrota.quer ação temos um conjunto de expectativas. Não é O Criador na forma da ordempossível realmente se abster dessas expectativas, po- preenche essa lacuna abrindo o leque derém estar alerta para o fato que entre uma ação e o seu possibilidades de resultados e ao mesmoresultado existe um ligação que não depende de nós é tempo sem tirar nossa participação dao que fará toda diferença. ação. Nós somos responsáveis pela ação É dito que qualquer ação pode produzir quatro e Ele o responsável pelo resultado dastipos de resultados: igual a expectativa, menor, maior ações.ou totalmente diferente ao esperado. Dessa maneira karma yoga con- A pessoa atravessa a rua para pegar o ônibus siste em fazer a ação na forma de ume pode acontecer: o ônibus passa bem na hora e ela oferecimento ao Criador e receber os re- 11 Edição 012 Novembro de 2012

×