Introdução à evolução dos Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil Por  Dr.Fabio B. Jos...
Bibliografia de referência <ul><li>ISHAY, M. The History of Human Rights: From Ancient Times to the Globalization Era.  Be...
Quando os DH avançam? <ul><li>Mudanças de paradigmas econômicos </li></ul><ul><li>Quando aumentam os fluxos comunicacionai...
Período medieval  (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Organização do poder </li></ul><ul><ul><li>Senhores feudais...
Período medieval tardio  (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Favorecimento da discussão sobre os direitos humanos...
Iluminismo  (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Desenvolvimento do comércio e intensificação das divisões de clas...
Iluminismo  (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Revoluções democráticas </li></ul><ul><ul><li>Inglesa (1660-1688)...
Período industrial  (Ishay, 2004) <ul><li>Início- trabalhadores e burguesia contra a realeza </li></ul><ul><li>Segundo mom...
Período industrial  (Ishay, 2004)  <ul><li>1864 – Primeira Internacional (Karl Marx) </li></ul><ul><ul><li>Sufrágio univer...
Colonialismo  (Ishay, 2004) <ul><li>Colonização </li></ul><ul><ul><li>“ justificativa” para a colonização </li></ul></ul><...
Cidadania restrita <ul><li>Ao longo da história os avanços no reconhecimento de direitos civis evoluem com restrições em f...
Luta contra o colonialismo  (Ishay, 2004) <ul><li>Segunda Guerra Mundial </li></ul><ul><ul><li>Enfraquecimento do poder Eu...
DH nos séc. XXI  (Ishay, 2004) <ul><li>Globalização </li></ul><ul><ul><li>Incorporação, divisão e comodificação das resist...
Para onde vamos  (Ishay, 2004) <ul><li>O enfraquecimento do Estado (poder) levaria, como no séc. XIX, à expansão da socied...
Resumo <ul><li>Direitos civis – Séc. XIII </li></ul><ul><li>Direitos políticos – Séc. XIX </li></ul><ul><li>Direitos socia...
Anexos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Introdução à evolução dos direitos humanos

6.063 visualizações

Publicada em

Apresentação para a disciplina Direitos à Comunicação na Sociedade da Informação

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.063
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
84
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
84
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução à evolução dos direitos humanos

  1. 1. Introdução à evolução dos Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil Por Dr.Fabio B. Josgrilberg http://direitoscomunicacao.fabio.jor.br
  2. 2. Bibliografia de referência <ul><li>ISHAY, M. The History of Human Rights: From Ancient Times to the Globalization Era. Berkeley: University of California Press, 2004. </li></ul><ul><li>PINSKY, J.; PINSKY, C. B., Eds. História da cidadania . São Paulo: Contexto, p.592, 1 ed. 2003. </li></ul>
  3. 3. Quando os DH avançam? <ul><li>Mudanças de paradigmas econômicos </li></ul><ul><li>Quando aumentam os fluxos comunicacionais </li></ul><ul><ul><li>participação da população </li></ul></ul><ul><ul><li>quando se avança para além da esfera privada </li></ul></ul>
  4. 4. Período medieval (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Organização do poder </li></ul><ul><ul><li>Senhores feudais </li></ul></ul><ul><ul><li>Igreja </li></ul></ul><ul><ul><li>Nobreza </li></ul></ul><ul><ul><li>Esfera privada </li></ul></ul><ul><ul><li>Patriarcal </li></ul></ul><ul><ul><li>Cortes e outras organizações apenas reafirmam o poder real </li></ul></ul><ul><li>Pouca mobilidade populacional </li></ul><ul><li>Poucas aglomerações </li></ul><ul><li>Poucos meios de comunicação </li></ul><ul><li>“ Domesticação” religiosa </li></ul>
  5. 5. Período medieval tardio (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Favorecimento da discussão sobre os direitos humanos </li></ul><ul><ul><li>Comércio ultra-marítimo </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ascensão de uma nova classe econômica </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Tensão mercadores x agricultores </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Cidades-estado </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Concentração urbana </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Reforma protestante </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Igreja como fonte de limite e possibilidades de comunicação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Permanece forte patriarcalismo </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Racionalismo científico </li></ul></ul><ul><ul><li>Imprensa </li></ul></ul>
  6. 6. Iluminismo (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Desenvolvimento do comércio e intensificação das divisões de classe </li></ul><ul><li>Mercantilismo e absolutismo (Séc. XVII e início do Séc. XVIII) </li></ul><ul><ul><li>Burguesia e realeza partilham interesses e econômicos apenas inicialmente </li></ul></ul><ul><ul><li>Louis XIV ( L’état c’est moi) </li></ul></ul><ul><ul><li>Dissolução de parlamentos </li></ul></ul>
  7. 7. Iluminismo (Ishay, 2004; Pinsky & Pinsky, 2003) <ul><li>Revoluções democráticas </li></ul><ul><ul><li>Inglesa (1660-1688) </li></ul></ul><ul><ul><li>Francesa (1769) </li></ul></ul><ul><ul><li>Americana (1776) </li></ul></ul><ul><li>Tensão burguesia e realeza </li></ul><ul><li>Organização de estruturas e cidades para favorecer o comércio </li></ul><ul><li>Imprensa (jornais, panfletos) </li></ul><ul><li>Principais direitos em discussão: </li></ul><ul><ul><li>Propriedade </li></ul></ul><ul><ul><li>Política </li></ul></ul><ul><ul><li>Liberdade de imprensa </li></ul></ul><ul><ul><li>Início dos direitos das mulheres </li></ul></ul>
  8. 8. Período industrial (Ishay, 2004) <ul><li>Início- trabalhadores e burguesia contra a realeza </li></ul><ul><li>Segundo momento – trabalhadores contra a burguesia </li></ul><ul><li>Industrialização (favorece as empresas e movimentos) </li></ul><ul><ul><li>Meios de comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Estradas de ferro </li></ul></ul><ul><ul><li>Navios a vapor </li></ul></ul><ul><li>Condições precárias de trabalho </li></ul><ul><li>Entrada das mulheres na força de trabalho </li></ul><ul><li>Mulheres da burguesia entram no movimento sufragista; ênfase na educação das futuras gerações </li></ul>
  9. 9. Período industrial (Ishay, 2004) <ul><li>1864 – Primeira Internacional (Karl Marx) </li></ul><ul><ul><li>Sufrágio universal </li></ul></ul><ul><ul><li>Fim do direito de propriedade </li></ul></ul><ul><ul><li>Direito à educação </li></ul></ul><ul><ul><li>Fim do direito de herança </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento do imposto sobre a renda </li></ul></ul><ul><ul><li>Redução da jornada de trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>Restrição do trabalho infantil </li></ul></ul><ul><ul><li>Fim da escravidão </li></ul></ul><ul><ul><li>Emancipação da mulher </li></ul></ul>
  10. 10. Colonialismo (Ishay, 2004) <ul><li>Colonização </li></ul><ul><ul><li>“ justificativa” para a colonização </li></ul></ul><ul><li>Primeira Guerra Mundial (desenvolvimento da comunicação) </li></ul><ul><ul><li>Aviação </li></ul></ul><ul><ul><li>Rádio </li></ul></ul><ul><ul><li>Correio </li></ul></ul><ul><li>Tecnologia e comunicação </li></ul><ul><ul><li>Consolida o poder sobre as colônias </li></ul></ul><ul><ul><li>Possibilita aceleração do debate sobre direitos humanos </li></ul></ul>
  11. 11. Cidadania restrita <ul><li>Ao longo da história os avanços no reconhecimento de direitos civis evoluem com restrições em função de: </li></ul><ul><ul><li>Classe </li></ul></ul><ul><ul><li>Propriedade </li></ul></ul><ul><ul><li>Gênero </li></ul></ul><ul><ul><li>Etnia </li></ul></ul>
  12. 12. Luta contra o colonialismo (Ishay, 2004) <ul><li>Segunda Guerra Mundial </li></ul><ul><ul><li>Enfraquecimento do poder Europeu sobre as colônias </li></ul></ul><ul><ul><li>Nacionalismo como uma aspiração de direitos humanos </li></ul></ul><ul><ul><li>Movimentos nacionalistas nas colônias, Ásia e África especialmente </li></ul></ul><ul><ul><li>Elite local em busca do poder; manutenção das desigualdades </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Falta de uma sociedade civil estabelecida </li></ul></ul></ul>
  13. 13. DH nos séc. XXI (Ishay, 2004) <ul><li>Globalização </li></ul><ul><ul><li>Incorporação, divisão e comodificação das resistências </li></ul></ul><ul><li>Consumerismo e vigilância predominarão? </li></ul><ul><li>Enfraquecimento das forças democráticas entre o estado e a esfera privada </li></ul><ul><li>Paradoxo da globalização </li></ul><ul><ul><li>Enfraquece o papel do Estado </li></ul></ul><ul><ul><li>Depende do Estado para garantir o direito de propriedade ou interesses locais </li></ul></ul><ul><li>O enfraquecimento do Estado (poder) levaria, como no séc. XIX, à expansão da sociedade civil? </li></ul>
  14. 14. Para onde vamos (Ishay, 2004) <ul><li>O enfraquecimento do Estado (poder) levaria, como no séc. XIX, à expansão da sociedade civil? </li></ul><ul><ul><li>Tendência negativa – ascensão das forças nacionalistas </li></ul></ul><ul><ul><li>Tendência positiva – proliferação das instituições de defesa de direitos humanos, leis internacionais e movimentos de anti-globalização </li></ul></ul><ul><li>Luta com agendas distintas </li></ul><ul><li>Necessidade da proteção da esfera privada </li></ul>
  15. 15. Resumo <ul><li>Direitos civis – Séc. XIII </li></ul><ul><li>Direitos políticos – Séc. XIX </li></ul><ul><li>Direitos sociais – Séc. XX </li></ul>
  16. 16. Anexos
  17. 17. Documentos precursores <ul><li>Carta Magna (1215) </li></ul><ul><li>Declaração de direitos inglesa (1689) </li></ul><ul><li>Declaração dos direitos do homem e do cidadão (1789) </li></ul><ul><li>Constituição americana (1787) e a Carta de direitos (1791) </li></ul><ul><li>Organização Internacional do Trabalho (1919) </li></ul><ul><li>Franklin Delano Roosevelt (1941 ), Discurso sobre o estado da nação </li></ul><ul><li>United Nations Charter (1945) </li></ul><ul><li>Declaração dos universal dos direitos humanos (1945) </li></ul>

×