Coco[1]

482 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
482
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coco[1]

  1. 1. Oportunidade de Negócio:PRODUÇÃO DE FIBRAS DE COCO Maio/2007 1
  2. 2. OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO – FICHA BÁSICA SEGMENTO: Agronegócio – Indústria de Transformação (Processamento de casca de coco) DESCRIÇÃO: Fabricação de Fibras Vegetais e Substratos Agrícolas e Compostos Orgânicos PÚBLICO ALVO: Agricultores, Floricultores, Tecelagens de Fibra, Empresas de urbanização e terraplanagem, etc. Produtos destinados aos mais diversos usos. ESTIMATIVA DE INVESTIMENTO INICIAL: R$ 75.400,00 FATURAMENTO ANUAL ESTIMADO: R$ 280.800,00 MARGEM BRUTA: 65,00% LUCRATIVIDADE ESTIMADA: 50,00% PRAZO DE RETORNO ESTIMADO: De 6 a 12 meses QUANTIDADE DE EMPREGADOS: 4OBS.: A presente ficha é de caráter meramente informativo e, caso exista interesse pela atividade,aconselha-se ao empreendedor buscar o desenvolvimento de estudos que permitam oaprofundamento das condições de mercado e demais aspectos da atividade, conforme orientação doitem 7, Considerações Gerais, da ficha Resumo da Atividade. 2
  3. 3. FICHA RESUMO DA ATIVIDADE1. Breve relato da AtividadeTrata-se de uma pequena indústria para processamento da casca do coco verde. Aestrutura básica consiste de uma máquina trituradora da casca do coco, uma prensarotativa e uma máquina classificadora para separar a fibra e o pó, extraídos doprocessamento. Os equipamentos tem capacidade para processar até 15 toneladasde cascas por dia.O pó serve para ser utilizado como substrato agrícola e composto orgânico, e a fibrapara ser utilizada como matéria-prima para fabricação de vasos, placas e bastõespara jardinagem e de peças artesanais diversas, entre outros usos.Entretanto, uso da fibra da casca de coco verde, vai além da confecção de peçasartesanais. Atualmente, mantas confeccionadas com as fibras são utilizadas emprojetos de contenção de encostas danificadas pela erosão, na construção debriquetes e como substituto da casa de arroz em gaiolas de cobaias de laboratório.O pó da casca de coco é um excelente substrato. A Embrapa Agroindústria Tropicaltesta, atualmente, a confecção de tubetes ecológicos, feitos com o pó, alternativapara substituição do plástico, de difícil degradação na natureza.Observa-se que tal empreendimento é de vanguarda, todavia, deve-se atentar paraa disponibilidade da casca de coco verde, matéria-prima que da origem a todo oprocesso.2. Investimentos – Quadro de Usos Descrição Total Obras Civis/Instalações 8.000,00 Máquinas e Equipamentos 36.000,00 Moveis e Utensílios 2.900,00 Sistemas de Informática 1.500,00 Estudos e Projetos 3.000,00 Outros 15.000,00 Investimento Fixo Total 66.400,00 Capital de Giro 9.000,00 TOTAL DOS USOS 75.400,003. Empregados Função Quantidade Salário Médio Auxiliar Administrativo 1 500,00 Operador de máquina 2 550,00 Auxiliar de operação 1 450,00 3
  4. 4. 4. Previsão de Vendas BASE DE CÁLCULO DISCRIMINAÇÃO UNID. QUANT. VALOR UNIT. Receitas Anuais Fibra kg 140.400 0,50 70.200,00 Substrato kg 421.200 0,50 210.600,00 T O T A L 280.800,005. Fornecedores Matéria-prima: Envasadoras de água de coco, cooperativa de catadores, Coletoras de Lixo, etc. Equipamentos: Produção e Representação exclusiva da Fortalmag, rua Jacaúna, 324, Barra do Ceará, Fone (85) 3485-1610, Fortaleza –CE6. Aspectos LegaisDe modo geral, o empreendimento não apresenta restrição ou qualquer legislaçãoespecífica, que não as convencionais para abertura de uma empresa.Vale destacar que por se tratar de um empreendimento voltado ao processamentoe/ou reciclagem de resíduos sólidos, deve-se verificar na legislação fiscal eambiental do DF, quais os benefícios ou incentivos que, eventualmente, poderão serconcedidos ao empreendimento.Com relação a tributação o empreendimento pode ser optante pelo Simples Federal,estando sujeito as seguintes alíquotas: PERCENTUAIS POR FAIXA DE RECEITA BRUTA Microempresa Empresa de Pequeno Porte Até de de Até de de Imposto 60.000,01 240.000,01 360.000,01 90.000,01 a R$ 60.000,00 a 240.000,00 a a 90.000,00 120.000,00 360.000,00 480.000,00 IRPJ zero zero zero 0,13% 0,26% 0,39% PIS/PASEP zero zero zero 0,13% 0,26% 0,39% CSLL zero 0,40% 1% 1% COFINS 1,80% 2% 2% Contribuições 1,20% 1,60% 2,00% 2,14% 2,28% 2,42% Previdenciárias SUBTOTAL 3% 4% 5% 5,40% 5,80% 6,20% IPI 0,50% 0,50% TOTAL 3,50% 4,50% 5,50% 5,90% 6,30% 6,70% 4
  5. 5. 7. Fontes de Pesquisa Embrapa Agroindústria Tropical – Tecnologia do processo e demais aspectos da atividade. www.cnpat.embrapa.br – Informações diversas sobre o assunto.8. Considerações GeraisDe forma a orientar o empreendedor quanto ao aprofundamento e avaliação daoportunidade de negócio, apresenta-se, a seguir, um roteiro com os principaispassos para o desenvolvimento do estudo, vez que as informações constantes dopresente resumo são meramente indicativas, e portanto, não garantem a certeza daoportunidade. 1 Estudo de Mercado A análise de mercado é a etapa de maior importância do estudo sobre o empreendimento a realizar, pois sinaliza se as demais etapas devem ser realizadas ou não. Tem o poder de verificar, se existe de fato, uma demanda potencial e indica como atingi-la, proporciona maior conhecimento sobre o consumidor e suas necessidades, identifica a concorrência e seu posicionamento no mercado, reconhece os fornecedores e sua política comercial e orienta a localização do empreendimento e seu tamanho. 1° Passo: Determinação do mercado-alvo A técnica de segmentar o mercado permite que os dados coletados representem, com maior fidedignidade, a demanda potencial. Um empreendimento não consegue atender a todos os consumidores. São inúmeros e diversificados demandantes em suas exigências de compra. Então, o mercado pode ser subdividido em segmentos com base nas características geográficas, demográficas, psicológicas e comportamentais. 2° Passo: Dimensionamento e caracterização do mercado consumidor O mercado consumidor pode ser entendido como o conjunto de pessoas e entidades, públicas ou privadas, dispostas a adquirir um bem ou serviço que satisfaçam suas necessidades. Deve-se levar em consideração a renda e o nível potencial de dispêndio do consumidor. 3° Passo: Dimensionamento e caracterização da concorrência Concorrentes são todos aqueles que satisfazem as mesmas necessidades dos consumidores, através da oferta de serviços ou produtos (ou uma categoria de produtos) iguais, semelhantes ou substitutos uns dos outros. 4° Passo: Caracterização dos fornecedores Os fornecedores são todos aqueles, dotados de capacidade e idoneidade, que podem suprir o empreendimento com bens ou serviços. 5
  6. 6. Nesse momento, o futuro empreendedor deve pesquisar somente os fornecedores de bens ou serviços que serão consumidos ao longo da vida operativa do empreendimento.2 Estratégia de MarketingAs estratégias de marketing são os meios e metas que o empreendimentodeverá utilizar para alcançar seus objetivos. As estratégias, em geral, sereferem ao mix de marketing – produto, preço, praça (canais decomercialização) e comunicação (propaganda). O empreendimento poderáadotar estratégias específicas, atuando sobre o composto de marketing, deforma a possuir vantagens competitivas em relação aos concorrentes.3 Seleção da localizaçãoA localidade ideal é aquela que gera o maior benefício econômico e financeiropara o empreendimento, dado um nível de investimento possível.4 Dimensionamento do tamanho do empreendimentoO empreendedor deverá saber quanto ofertar para o mercado demandante,limitando a oferta à capacidade de absorção do mercado, determinando acapacidade de produção e/ou comercialização de bens e/ou serviços.5 Determinação dos recursos humanos, da estrutura organizacional e da gestão administrativa6 Identificação dos custos operacionais fixos e variáveis7 Previsão das receitas8 Determinação dos investimentos fixos e variáveis (capital de giro).9 Projeção dos Resultados – montagem de fluxo de caixa e de demonstrativo de resultados do empreendimento 6

×