SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 224
2
3
1ª edição
Brasília – DF
2010
Janine Ramos Lopes
Maria Celeste Mattos de Abreu
Maria Celia Elias Mattos
4
E Q U I P E E D I T O R I A L
Armênio Bello Schimidt
Eliane Alves de Melo
Eliete Ávila Wolff
Ivanilde Oliveira de Castro
Rosimar da Silva Feitosa Soares Costa
Sisley Cíntia Lopes Rocha
Viviane Costa Moreira
Wanessa Zavareze Sechim
A S S E S S O R I A P E D A G Ó G I C A
Ana Maria Morais
Angélica Maria Frazão de Souza
Sisley Cíntia Lopes Rocha
Élida Fiorot
P R O J E T O G R Á F I C O
André Carvalho & Iluminura Design
D I A G R A M A Ç Ã O
Simone Silva
D E S I G N d e P E R S O N A G E N S
Estevan Gracia
I L U S T R A Ç Õ E S
Edson Farias
R E V I S Ã O
Denise Goulart
D ados I nternacionais de C atalogação na P ublicação ( C I P )
C entro de I nformação e B iblioteca em E ducação ( C I B E C )
Lopes, Janine Ramos.
Caderno de ensino e aprendizagem : alfabetização e letramento 2 / Janine Ramos Lopes, Maria
Celeste Mattos de Abreu, Maria Célia Elias Mattos. – Brasília : Ministério da Educação, Secretaria
de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2010.
220 p. : il. -- (Programa Escola Ativa)
1. Educação no campo. 2. Alfabetização. 3. Letramento. 4. Programa Escola Ativa. I. Abreu,
Maria Celeste Matos de. II. Mattos, Maria Célia Elias. III. Título. IV. Série.
ISBN: 978-85-7994-022-4 						 CDU 373.3(1-22)
Coordenação Geral de Educação do Campo – cgec/secad/mec
sgas Quadra 607, Lote 50, sala 104
cep: 70.200-670 – Brasília - DF
(61) 2022- 9011
coordenacaodocampo@mec.gov.br
5
ESSA TURMA, ASSIM COMO VOCê, ESTUDA EM UMA
CLASSE MULTISSERIADA DE ESCOLA DO CAMPO.
ASSIM COMO NO LIVRO 1, ELES LhE FARÃO COMPANhIA
NAS ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM E NAS LEITURAS,
E CADA UM DELES TEM UMA CARACTERÍSTICA PESSOAL
QUE VOCê IRÁ DESCOBRIR.
ELES CONTINUAM COM A EDUCADORA JOANA,
QUE ORIENTA ESTAS CRIANÇAS CURIOSAS EM SUAS
OPORTUNIDADES DE ACESSO AO CONhECIMENTO.
ENTÃO, VOCê CONTINUARÁ COM DUAS TURMAS NOS
ANOS INICIAIS DE ENSINO FUNDAMENTAL: A DO LIVRO,
ChAMADA ‘TURMA DO CAMPO’, E A TURMA FORMADA
PELOS SEUS COLEGAS DE CLASSE.
É COM ELES E COM A SUA EDUCADORA, OU COM O SEU
EDUCADOR, QUE VOCê IRÁ CONVIVER NESTA VIAGEM QUE
FARÁ PARTE DA SUA VIDA ESCOLAR.
TURMA DO CAMPO
5
6
Neste livro, você vai encontrar desenhos que indicam como
a atividade deve ser realizada. Veja:
Reúna-se com um colega ou uma colega. Passe as folhas de seu
livro para descobrir esses desenhos. Fale o que eles indicam.
ESSES DESENHOS TÊM O NOME DE ÍCONES.
VERIFIQUE SE VOCÊ
APRENDEU
ATIVIDADE NO
CADERNO
ATIVIDADE EM
CASA
ATIVIDADE EM
PEQUENOS GRUPOS
ATIVIDADE
INDIVIDUAL
ATIVIDADE EM
DUPLA
LEITURAATIVIDADE COLETIVA ATIVIDADE INDIVIDUAL
COM O EDUCADOR
índice
UNIDADE 1
UNIDADE 2
UNIDADE 3
MEU NOME E MEU SOBRENOME 09
A TURMA DO CAMPO
E SUA REGIÃO DO BRASIL 71
A TURMA DO CAMPO SE
PREOCUPA COM O MEIO AMBIENTE 145
7
9
UNIDADE 1
NOME TEM SOBRENOME
ANA
MARIANA
FERNANDA
EDUARDA
UIRÁ
JOÃO PEDRO
GABRIEL
LORENZO
DÉBORA
FELIPE
FRANCISCO
ALEXANDRE
ANTÔNIA
ANDRÉA
MARCOS
BERNARDO
RAIMUNDO
9
10
	 VAMOS CONTINUAR NESSA INCRÍVEL
AVENTURA, QUE É O MUNDO DO CONHECIMENTO.
	 VOCÊS JÁ SABEM QUE TEMOS MUITO DESEJO EM
AJUDÁ-LAS A AVANÇAR NOS CONHECIMENTOS DA
LEITURA E DA ESCRITA, NÃO É MESMO?
	 SENDO ASSIM, CRIAMOS NO LIVRO 2 NOVAS
ATIVIDADES QUE DESAFIARÃO VOCÊS A PENSAREM
SOBRE ELAS.
	 NO LIVRO 1, NOS APROXIMAMOS DE VÁRIOS TEXTOS,
TAIS COMO RECEITAS, PARLENDAS, QUADRINHAS,
REPORTAGENS, DENTRE OUTROS.
	 PARTICIPAMOS DE VÁRIOS MOMENTOS DE LEITURA,
CONHECEMOS VÁRIAS IDEIAS, COMPREENDEMOS O
SIGNIFICADO DAS LETRAS E DAS PALAVRAS, APRENDEMOS
A ESCREVÊ-LAS, PENSAMOS SOBRE OS SONS QUE
ELAS REPRESENTAM... ENFIM, TIVEMOS MOMENTOS
DELICIOSOS E DE MUITO SIGNIFICADO, NÃO É VERDADE?
	 NESTA UNIDADE, VAMOS JUNTOS TRABALHAR A
ORDEM ALFABÉTICA, O NOME E O SOBRENOME DE
TODA SUA TURMA, E A IMPORTÂNCIA DE SERMOS
REGISTRADOS QUANDO NASCEMOS.
	 FIZEMOS TUDO COM MUITO CARINHO, PENSANDO NO
QUANTO VOCÊ IRÁ GOSTAR!
					 	 ABRAÇOS
OLÁ, CRIANÇAS.
10
11
VAMOS
TRABALHAR
JUNTOS!
VOCê ESCREVIA ANTES DE ENTRAR NA ESCOLA?
PARA QUEM? PARA QUê?
VOCêS JÁ FALARAM DE VÁRIAS FORMAS DE ESCREVER:
BILhETES, VERSOS, QUADRINhAS, MúSICAS E OUTRAS FORMAS
DE ESCRITA.
PENSE, AGORA, EM UMA MúSICA QUE VOCê GOSTA E SABE DE
COR E ESCREVA-A NA PRÓXIMA PÁGINA.
• PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM A MúSICA E
ESCREVA-AS, UMA A UMA;
• LEIA O TEXTO À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E
VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA;
• ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO
PRÓPRIO DE ESCREVER;
• APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA O TEXTO INTEIRO E OBSERVE
SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO,
SE NECESSITAR;
• LEIA SEU TEXTO PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM O
DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO.
ATENÇÃO PARA AS DICAS:
NA PRÓXIMA UNIDADE, SEU
EDUCADOR MOSTRARÁ COMO
VOCê AVANÇOU NOS SEUS
CONhECIMENTOS E CONTARÁ
PARA VOCê O QUE VOCê AINDA
PRECISARÁ APRENDER.
12
13
ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 1
DATA:
NOME:
IDADE:
DIAGNÓSTICO DE MúSICA:
POR QUE ESCOLhEU ESTA MúSICA?
ONDE APRENDEU?
QUEM A ENSINOU A VOCê?
14
Alfabetização e Letramento 2 Unidade 1
15
CONHECENDO MELHOR A NOSSA TURMA
DO CAMPO
VAMOS JUNTOS, ATRAVÉS DAS PISTAS, DESCOBRIR O NOME
DE CADA UM.
LEIA, COM SEU EDUCADOR, AS DICAS E ESCREVA O NOME DE CADA UM.
1 ANA ADORA PULAR CORDA.
2 RAIMUNDO NÃO USA ÓCULOS E ESTÁ ENTRE ANTÔNIA E ANA.
3 UIRÁ NÃO USA ÓCULOS.
4 FRANCISCO ESTÁ AO LADO DE UIRÁ.
A
16
TRABALHANDO COM O ALFABETO
COM O EDUCADOR DA TURMA, VAMOS TRABALHAR AS
LETRAS DO ALFABETO.
ELE NOS PEDIU PARA MARCAR APENAS AS LETRAS NO
QUADRO ABAIXO.
AGORA, COM SEUS COLEGAS, FALE OS NOMES DAS LETRAS E
DOS SÍMBOLOS QUE ENCONTROU.
B
6
8
K
T
C
U
L
1
C
V
2
5
M
J
S
A
J
E
W
N
E
4
F
6
O
F
17
A B C D E F G H I
J K L M N O P Q R
S T U V W X Y Z
OBSERVE O QUADRO ABAIXO E MARQUE AS LETRAS QUE VOCÊ
CONHECE E SABE O NOME.
CONTE QUANTAS SÃO E DIGA AO EDUCADOR O NOME DELAS.
O ALFABETO TEM LETRAS.
OBSERVE AS CORES DAS LETRAS DO ALFABETO. ALGUMAS
FORAM ESCRITAS EM VERMELHO, OUTRAS, EM PRETO.
COPIE AS LETRAS QUE FORAM ESCRITAS EM VERMELHO NA
ORDEM EM QUE APARECEM.
AS OUTRAS LETRAS SÃO CHAMADAS DE
CONSOANTES. ESCREVA-AS EM SEU CADERNO.
QUANDO TERMINAR, APRESENTE SEU TRABALHO AO
EDUCADOR E PEÇA QUE ELE REGISTRE SEU PROGRESSO.
ELAS SÃO
5 E SÃO
CHAMADAS
DE VOGAIS.
18
VOCê SABIA QUE PARA REPRESENTAR O QUE
FALAMOS USAMOS AS LETRAS DO ALFABETO?
DESSA FORMA, PODEMOS ESCREVER TUDO O
QUE DESEJAMOS.
LEIA COM SEU EDUCADOR O POEMA.
DESCOBERTA DO ALFABETO
AINDA BEM QUE DESCOBRIRAM
O QUE TEMOS QUE SABER
SÃO AS LETRAS DO ALFABETO
PARA LER E ESCREVER.
TODAS SÃO MUITO IMPORTANTES
NA hORA DE LER E ESCREVER
AS VOGAIS OU CONSOANTES
SE FALTAR NÃO DÁ PRA LER.
APRENDER A LER É LEGAL
QUANDO QUEREMOS DIZER
TUDO AQUILO QUE SENTIMOS
SEM FALAR, BASTA ESCREVER.
AS AUTORAS
VOCê SABIA QUE AS
LETRAS AJUDAM A
TRANSFORMAR IDEIAS
ATÉ EM POEMAS?
19
EM RODA, CONVERSE COM SEUS COLEGAS E RESPONDA:
•	 Qual será a descoberta da qual fala o poema?
• Para que servem as letras do alfabeto?
• 	Como você acha que devem se sentir as pessoas que
não sabem ler?
RELEIA O POEMA E CIRCULE AS PALAVRAS QUE RIMAM.
RISQUE NO POEMA AS PALAVRAS QUE TÊM A CONSOANTE:
VEJA O ALFABETO DA SUA SALA E OBSERVE A ORDEM
EM QUE AS LETRAS APARECERAM.
ESTA ORDEM SE CHAMA ORDEM ALFABÉTICA.
COM SEU COLEGA,
VÁ AO CANTINHO
DE APRENDIZAGEM,
PEGUE O ALFABETO
MÓVEL E ORGANIZE
AS LETRAS EM
ORDEM ALFABÉTICA.
Lm
a
e c
20
COMPLETE A ORDEM ALFABÉTICA COM AS LETRAS QUE
ESTÃO FALTANDO.
A C E G H
J K L N O Q R
S U W X Y Z
APRESENTE SEU TRABALHO AO EDUCADOR E PEÇA QUE
REGISTRE SEU PROGRESSO.
21
EM DUPLA, COMPLETEM OS VIZINHOS DAS LETRAS DO
ALFABETO, COLOCANDO A LETRA QUE VEM ANTES E DEPOIS:
ANTES ANTESDEPOIS DEPOIS
M
E
J
C
V
R
VEJA QUANTAS VEZES A LETRA “B” APARECE NO QUADRO
ABAIXO. FAÇA UM CÍRCULO EM VOLTA DELAS:
B
22
ESCREVA, EM ORDEM ALFABÉTICA, O NOME DOS SEUS
COLEGAS DE EQUIPE E CONSULTE NA LISTA DE CONTROLE DA
FREQUÊNCIA O NOME DOS EDUCANDOS DAS OUTRAS SÉRIES.
C
23
EM ORDEM ALFABÉTICA, ORGANIZE UMA LISTA COM OS
NOMES DAS PESSOAS DE SUA FAMÍLIA.
DEPOIS, LEIA PARA SEUS COLEGAS.
APRESENTE SEU TRABALHO AO EDUCADOR E PEÇA QUE
REGISTRE SEU PROGRESSO.
24
a b c d e f g h i
j k l m n o p q r
s t u v w x y z
A B C D E F G H I
J K L M N O P Q R
S T U V W X Y Z
AS LETRAS PODEM SER ESCRITAS DE
FORMAS DIFERENTES.
ALFABETO MAIÚSCULO
ALFABETO MINÚSCULO
OBSERVE OS ALFABETOS ABAIXO:
A
25
LIGUE AS LETRAS MINÚSCULAS NA ORDEM ALFABÉTICA E VEJA
A FIGURA QUE IRÁ FORMAR:
B
26
AJUDE ANTÔNIA A ENCONTRAR OS OBJETOS QUE UTILIZAMOS
NA SALA DE AULA, LIGANDO A PALAVRA ESCRITA COM A LETRA
MAIÚSCULA COM A PALAVRA ESCRITA COM LETRA MINÚSCULA:
LÁPIS caneta
borracha 	CADERNO
			 giz
			 GIZ
			 CANETA
QUADRO
	 APAGADOR
		 apagador
					 lápis caderno
BORRACHA	 quadro
27
JOGUE COM SEUS COLEGAS E APRENDA MAIS SOBRE AS LETRAS
JOGO DO DOMINÓ
NúMERO DE PARTICIPANTES: DE 2 A 4
MODO DE JOGAR:
• EMBARALhE AS PEÇAS E DIVIDA EM NúMERO IGUAL AO DOS
PARTICIPANTES;
• INICIA O JOGO QUEM TIVER A PEÇA Aa;
• O PRÓXIMO SERÁ O QUE TIVER LETRA a MINúSCULA;
• ENCAIXAR SEMPRE AS LETRAS MINúSCULAS NAS MAIúSCULAS;
• O JOGADOR QUE NÃO TIVER A PEÇA QUE ENCAIXA, PERDE A
VEZ, PASSANDO PARA O PRÓXIMO PARTICIPANTE;
• VENCE O JOGO QUEM ENCAIXAR PRIMEIRO TODAS AS PEÇAS.
JOGUE QUANTAS VEZES VOCê DESEJAR E CONSULTE O
ALFABETO MINúSCULO SE PRECISAR.
C
29
A a
b c
d e
f g
h i
a B
c d
e f
g h
i j
31
j K
l M
n O
p Q
r S
k L
m N
o P
q R
s T
33
t U
v W
x Y
z
u V
w X
y Z
35
BRINCANDO COM AS LETRAS MÓVEIS
COM AS LETRAS DO ALFABETO, ESCREVA O NOME DE CADA
CRIANÇA DA TURMA DO CAMPO.
COMPLETE O QUADRO ABAIXO E DESCUBRA AINDA MAIS SOBRE
O NOME DA TURMA DO CAMPO.
TURMA DO
CAMPO
NOME
FAÇA O MESMO COM O NOME DA SUA TURMA, PESQUISANDO A
FICHA DE PRESENÇA DA SALA DE AULA, COLOCANDO O NÚMERO
DE LETRAS E O NÚMERO DE PEDACINHOS DO NOME.
LEVE PARA O CANTINHO DE LEITURA, PARA QUE PESQUISEM
QUANDO PRECISAR.
A
36
VAMOS APRENDER MAIS SOBRE O SEU NOME!
VOCê GOSTA DO SEU NOME?
VOCê SABE POR QUE RECEBEU ESSE NOME DOS SEUS PAIS?
VOCê AChA IMPORTANTE TER UM NOME?
JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA.
ESCREVA SEU NOME NO CRACHÁ ABAIXO:
PERGUNTE A SEUS PAIS POR QUE TEM ESTE NOME.
37
DESCUBRA OS NOMES ESCONDIDOS NO MEIO DAS PALAVRAS ABAIXO.
EU JÁ ENCONTREI
UM PARA VOCêS!
LISTA DE NOMES
b
SIRENE
CANA
hARMÔNICA
CABELO
PELÚCIA
PRIMAVERA
CALDO
SERENATA
ARMÁRIO
LEGENDÁRIO
CAMÉLIA
38
ESCREVA OS NOMES QUE VOCÊ DESCOBRIU.
39
CONTE A SEUS PAIS A IMPORTÂNCIA DO NOME NA VIDA DE CADA
UM DE NÓS.
PERGUNTE A ELES POR QUE VOCÊ TEM ESSE NOME. ESCREVA A
HISTÓRIA DO SEU NOME, DANDO UM TÍTULO A ELA.
APRESENTE SEU TRABALHO PARA O EDUCADOR E PEÇA QUE
ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
C
40
VEJA A DESCOBERTA DA TURMA
OBJETOS TêM
NOMES...PESSOAS TêM
NOMES...
LUGARES
TêM
NOMES...
RUAS TêM
NOMES...
ANIMAIS
TAMBÉM TêM
NOMES...
A
41
QUANDO CRIAMOS
ALGUM ANIMAL, DAMOS UM NOME
A ELE. VEJA QUANTOS ANIMAIS O
FRANCISCO TEM.
ESCREVA A PRIMEIRA LETRA DAS
FIGURAS E DESCUBRA O NOME DOS
ANIMAIS QUE ELE CRIA:
b
˜
˜
42
JOGUE COM
SEUS COLEGAS E
DESCUBRA O NOME
DO ANIMAL QUE
ANA CRIA.
OLÁ, PESSOAL.
JÁ BRINCARAM
DE FORCA?
JOGO DA FORCA
REGRA DO JOGO
• O EDUCADOR PENSARÁ EM UM NOME E COLOCARÁ AS LACUNAS
DE ACORDO COM O NúMERO DE LETRAS DO NOME ESCOLhIDO.
• DITE UMA LETRA AO EDUCADOR. CASO VOCê ACERTE A LETRA,
O EDUCADOR A ESCREVERÁ NA LACUNA CORRESPONDENTE.
CASO NÃO ACERTE, A LETRA QUE VOCê DITOU IRÁ PARA O
BANCO DE LETRAS.
• CADA LETRA QUE ERRAR, O EDUCADOR DESENhARÁ UMA
PARTE DO CORPO DE UM BONECO.
• QUANDO O(A) EDUCADOR(A) DESENhAR TODAS AS PARTES DO
CORPO DO BONECO, ELE SERÁ “ENFORCADO”.
• VOCê DEVE DESCOBRIR O NOME DO BONECO, ANTES DELE
SER “ENFORCADO”.
• SE O BONECO FOR “ENFORCADO” ANTES, O EDUCADOR
ESCOLhE OUTRO NOME E COMEÇA OUTRA PARTIDA.
VOCê JÁ CONhECIA ESTE JOGO?
OS JOGOS PODEM MUDAR DE NOME DE ACORDO COM A
REGIÃO DO PAÍS.
QUAL O NOME DESTE JOGO NA SUA REGIÃO?
43
JOGO DA FORCA
BANCO DE LETRAS
44
VAMOS BRINCAR!
É MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊ CONHEÇA, E SAIBA
ESCREVER, TODAS AS LETRAS DO ALFABETO. BRINQUE DE
FORCA, BINGO DAS LETRAS, CALDEIRÃO DA BRUXA, MEMÓRIA
DA LETRA INICIAL DO NOME DOS COLEGAS, QUANTAS VEZES
PRECISAR, ATÉ QUE SAIBA TODAS AS LETRAS.
UTILIZAR O KIT PEDAGÓGICO QUE EXISTE NA SUA ESCOLA.
CONVERSE COM SEUS COLEGAS SOBRE OUTROS JOGOS
QUE VOCÊ CONHECE E ESCREVA AS REGRAS DELES.
LEVE PARA O CANTINHO DE LEITURA UMA LISTA COM
O NOME DAS BRINCADEIRAS E DOS JOGOS QUE VOCÊS
CONHECEM E QUE AJUDAM VOCÊS A APRENDER AS LETRAS,
COMBINADO?
45
VOCÊ CRIA ALGUM ANIMAL NA SUA CASA?
QUAL?
CONVERSE COM SUA FAMÍLIA SOBRE A IMPORTÂNCIA DOS
ANIMAIS PARA VOCÊ E PARA A SUA COMUNIDADE.
VOLTE À ESCOLA E CONVERSE COM SEUS COLEGAS SOBRE O
QUE DESCOBRIU.
C
46
VOCê SABIA QUE, ALÉM DO NOME, TODAS AS PESSOAS
TêM SOBRENOME?
QUAL É O SEU? POR QUE É IMPORTANTE TER UM
SOBRENOME?
VAMOS LER O TEXTO.
AMIGO NÃO TEM SOBRENOME
O NOME É MUITO IMPORTANTE
E CADA UM TEM O SEU
JUNTO COM ELE VEM TAMBÉM
O SOBRENOME QUE RECEBEU
MARINA, LUIZA OU JOÃO
MUITOS VAMOS ENCONTRAR
NA NOSSA SALA DE AULA
ATÉ MAIS DE UM SE PRECISAR
E SEMPRE JUNTO COM O NOME
O SOBRENOME DEVE ESTAR
POIS É ELE QUE VAI DIZER
QUAL COLEGA QUERO ChAMAR
TODOS ELES SÃO QUERIDOS
E DELES EU NÃO ME ESQUEÇO
AMIGO NÃO TEM SOBRENOME
AMIGO TEM ENDEREÇO
RAFAELLA OLIVEIRA DAVES – 10 ANOS
SOBRENOME: PARTE DO NOSSO NOME QUE VEM DA
FAMÍLIA DO PAI OU DA MÃE DE CADA UM.
A
47
CONVERSANDO SOBRE O POEMA
NA SUA OPINIÃO, POR QUE O TÍTULO DO POEMA É “AMIGO NÃO
TEM SOBRENOME”?
SE VOCÊ FOSSE ESCREVER ESSE POEMA, QUE TÍTULO DARIA?
ESSE POEMA FOI ESCRITO POR UMA CRIANÇA OU POR UM
ADULTO?
ESCREVA PALAVRAS DO POEMA QUE RIMAM COM:
ENCONTRAR SEU
ESCREVA OS NOMES QUE APARECEM NO POEMA E INVENTE
SOBRENOMES PARA ELES.
B
48
COPIE TRÊS PALAVRAS DO POEMA COM:
2 LETRAS 3 LETRAS 4 LETRAS
MARQUE ABAIXO QUANTAS VEZES APARECEM AS PALAVRAS
NO POEMA
SEPARE AS SÍLABAS DAS PALAVRAS ACIMA
AMIGO
SOBRENOME
NOME
QUAL É A PALAVRA QUE
TEM MAIS SÍLABAS?
E A QUE TEM MENOS SÍLABAS?
AMIGO
SOBRENOME
NOME
49
VOCêS SABIAM QUE hERDAMOS NOSSOS
SOBRENOMES DOS NOSSOS PAIS?
VEJAM, A SEGUIR, UM IMPORTANTE DOCUMENTO QUE VAMOS
LhES MOSTRAR.
50
VOCÊ CONHECE ESSE DOCUMENTO? SABE SEU NOME?
JÁ VIU ALGUM DOCUMENTO COMO ESTE ANTES?
O DOCUMENTO REPRODUZIDO É CHAMADO DE CERTIDÃO
OU REGISTRO DE NASCIMENTO.
A CERTIDÃO DE NASCIMENTO É O NOSSO PRIMEIRO
DOCUMENTO.
NELA, ENCONTRAMOS O NOME E O SOBRENOME DOS
NOSSOS PAIS, AVÓS E TAMBÉM O NOSSO.
ENCONTRAMOS NESSE DOCUMENTO O DIA EM QUE
NASCEMOS, ONDE NASCEMOS, A HORA DO NASCIMENTO,
SE SOMOS DO SEXO FEMININO OU MASCULINO, ALÉM DE
OUTRAS INFORMAÇÕES QUE SÃO IMPORTANTES PARA
NOSSA IDENTIFICAÇÃO.
OBSERVE A CERTIDÃO DE NASCIMENTO E ESCREVA ABAIXO:
NOME DA PESSOA A QUEM PERTENCE ESTA CERTIDÃO:
A DATA DE SEU NASCIMENTO:
DIA					 MÊS					 ANO			
A CIDADE ONDE ELA NASCEU:
51
PREENCHA O QUADRO ABAIXO COM NOMES DE ALGUNS
AMIGOS DE SUA TURMA:
NOME SOBRENOME
seu nome é
ana. qual
é o seu
sobrenome?
MEU
SOBRENOME É
SANTOS.
52
PEÇA AOS SEUS FAMILIARES PARA MOSTRAREM A VOCÊ A SUA
CERTIDÃO DE NASCIMENTO.
NOME DO MEU PAI:
MEU NOME:
MEU SOBRENOME:
NOME DA MINHA MÃE:
EU NASCI NO DIA		 , DO MÊS DE					 ,
DO ANO DE			 , NA CIDADE DE				
														 .
O DIA DO MEU ANIVERSÁRIO, PORTANTO, É:
DIA 		 MÊS
CONVERSE COM SEUS FAMILIARES:
•	 ONDE FIZERAM A CERTIDÃO?
•	 QUEM REGISTROU VOCÊ?
AGORA, COM AJUDA DO PESSOAL DE CASA, RESPONDA:
53
APRESENTE SEU TRABALhO PARA O EDUCADOR E PEÇA QUE
ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
ESCREVA SEU NOME COM O SOBRENOME:
APRESENTE PARA A SUA TURMA AS DESCOBERTAS QUE FEZ
SOBRE O SEU NOME, SEU SOBRENOME E SOBRE A SUA FAMÍLIA.
54
JANEIROFEVEREIROMARÇO
ANIVERSARIANTES DA TURMA
AGORA QUE TODOS JÁ SABEM O DIA EM QUE NASCERAM,
ESCREVA O NOME DOS COLEGAS ACIMA DOS MESES EM QUE
FAZEM ANIVERSÁRIO.
55
ABRILMAIOJUNHO
ANIVERSARIANTES DA TURMA
56
JULHOAGOSTOSETEMBRO
ANIVERSARIANTES DA TURMA
57
OUTUBRONOVEMBRODEZEMBRO
ANIVERSARIANTES DA TURMA
58
JANEIRO FEVEREIRO
MARÇO ABRIL
MAIO JUNHO
JULHO AGOSTO
SETEMBRO OUTUBRO
NOVEMBRO DEZEMBRO
ANIVERSARIANTES DA TURMA
VOCÊ VAI COLORIR OS MESES QUE TÊM ANIVERSARIANTES NA
SUA TURMA.
59
60
EM QUE MÊS DO ANO EXISTE MAIS ANIVERSARIANTES?
JANEIRO FEVEREIRO MARÇO
ABRIL MAIO JUNHO
JULHO AGOSTO SETEMBRO
OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO
ESCREVA O NOME DO MÊS QUE:
TEM MENOS ANIVERSARIANTES
NÃO HÁ ANIVERSARIANTES
61
JANEIRO FEVEREIRO MARÇO
ABRIL MAIO JUNHO
JULHO AGOSTO SETEMBRO
OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO
ESCREVA O NOME DE UM ANIVERSARIANTE DO MÊS DE:
APRESENTE SEU TRABALHO PARA O EDUCADOR E PEÇA
QUE ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
62
É HORA DE CANTAR E BRINCAR!
ESCOLHA UM COLEGA E CANTE PARA ELE A MÚSICA PARABÉNS
PRA VOCÊ, ACOMPANHANDO COM O DEDO A LEITURA.
PARABÉNS PRA VOCÊ
PARABÉNS PRA VOCÊ
NESTA DATA QUERIDA
MUITAS FELICIDADES
MUITOS ANOS DE VIDA
AGORA, O EDUCADOR CANTA
E VOCÊ ACOMPANHA A LEITURA
COM O DEDO. QUANDO O
EDUCADOR PARAR DE CANTAR,
ENCONTRE A ÚLTIMA PALAVRA
CANTADA E CIRCULE-A. BRINQUE QUANTAS
VEZES DESEJAR!
63
PARABÉNS PRA VOCÊ
COMPLETE A MÚSICA COM AS PALAVRAS QUE
ESTÃO FALTANDO:
									 PRA VOCÊ
NESTA				 QUERIDA
MUITAS
MUITOS ANOS DE 			 .
USANDO LETRAS MÓVEIS, ESCREVA A LETRA DA MÚSICA.
64
ESCREVA A MÚSICA ABAIXO, COLOCANDO CADA PALAVRA EM
UMA LACUNA:
PARABÉNSPRAVOCÊ
NESTADATAQUERIDA
MUITASFELICIDADES
MUITOSANOSDEVIDA
FIQUEI COM MUITA DÚVIDA AO ESCREVER
A MÚSICA PARABÉNS PRA VOCÊ.
ACABEI ESCREVENDO SEM DAR ESPAÇO
ENTRE AS PALAVRAS.
APRESENTE SEU TRABALHO PARA O(a) EDUCADOR(a) E PEÇA
QUE ELE(a) REGISTRE O SEU PROGRESSO.
65
ESCREVA DO JEITO QUE VOCÊ SABE A MÚSICA PARABÉNS
PRA VOCÊ:
APRESENTE SEU TRABALHO PARA O EDUCADOR E PEÇA QUE
ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
66
DESEMBARALHE AS LETRAS E DESCUBRA AS DELÍCIAS DA
FESTA DE ANIVERSÁRIO:
O L B O
T I R P I L U O
L A B A
U O C S
ESCREVA O NOME DE OUTRAS DELÍCIAS QUE PODEM TER EM
UMA FESTA DE ANIVERSÁRIO.
67
VOCê GOSTA DE DOCE?
QUAL É O SEU DOCE PREFERIDO?
POR QUE NÃO DEVEMOS COMER MUITAS
GULOSEIMAS?
VOCê CONhECE ALGUÉM QUE NÃO PODE COMER
DOCE? POR QUê?
68
E VOCÊ, JÁ FOI CONVIDADO PARA IR
A ALGUMA FESTA DE ANIVERSÁRIO?
CONVERSE COM O PESSOAL DE CASA
SOBRE AS FESTAS QUE JÁ FORAM.
DESENHE E ESCREVA ABAIXO O QUE
VOCÊ ENCONTROU DE COMUM NELAS.
C
69
MAS NÃO SEI O
QUE COLOCAR NO
CONVITE. VOCêS
PODERIAM ME
AJUDAR?
OLÁ, PESSOAL.
GOSTARIA DE
CONVIDAR TODOS
VOCêS PARA MEU
ANIVERSÁRIO.
• PESQUISE JUNTO COM SEU EDUCADOR OUTROS MODELOS DE
CONVITES DE ANIVERSÁRIO;
• LISTE AS INFORMAÇÕES QUE NÃO PODEM FALTAR;
• CONSTRUA UM CONVITE E AJUDE ANTÔNIA A ChAMAR TODA A
SUA TURMINhA PARA O SEU ANIVERSÁRIO.
70
VÁ ATÉ O CANTINHO DA LEITURA E ESCREVA O NOME, O DIA E
O MÊS DO ANIVERSÁRIO DE CADA AMIGO DA SUA TURMA.
LEVE ALGUNS CONVITES PARA O CANTINHO DE
LEITURA E DEIXE PERTO DOS ANIVERSARIANTES DO MÊS.
QUANDO PRECISAR, USE-OS COMO MODELO.
CONSULTE TODOS OS MESES E NÃO DEIXE DE DAR UM ABRAÇO
ESPECIAL NO SEU AMIGO, NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO!
71
UNIDADE 2
A TURMA DO CAMPO E SUA
REGIÃO DO BRASIL
71
72
ESPERAMOS QUE TENHAM GOSTADO DA UNIDADE 1.
NA UNIDADE 2, CONVERSAREMOS SOBRE A
TURMINHA DO CAMPO.
VEJAM O QUE A EDUCADORA JOANA DESCOBRIU,
AO ANALISAR AS CERTIDÕES DE NASCIMENTO DOS
SEUS Educandos: CADA Educando DA SUA TURMA
VEIO DE UMA REGIÃO DO BRASIL!
DESSA FORMA, CONHECEREMOS MAIS SOBRE
ESTAS CRIANÇAS, SOBRE O LOCAL DE ONDE VIERAM
E DE ALGUMAS DE SUAS PREFERÊNCIAS.
QUE TAL EMBARCAR NESTA AVENTURA CONOSCO?
					 		 ABRAÇOS
OLÁ, CRIANÇAS.
72
73
VAMOS TRABALHAR JUNTOS!
NA UNIDADE 1, VOCê JÁ ESCREVEU UMA
MúSICA E A ESCREVEU PARA QUE SEU EDUCADOR
ACOMPANhASSE SEUS PROGRESSOS.
PENSE AGORA EM UMA PARLENDA QUE VOCÊ GOSTA E
SABE DE COR E ESCREVA-A NA PRÓXIMA PÁGINA.
ATENÇÃO PARA AS DICAS:
• PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM A PARLENDA E
ESCREVA-AS, UMA A UMA;
• LEIA O TEXTO À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E
VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA;
• ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO
PRÓPRIO DE ESCREVER;
• APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA O TEXTO INTEIRO E
OBSERVE SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO,
SE NECESSITAR;
• LEIA SEU TEXTO PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM O
DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO.
NA PRÓXIMA UNIDADE,
SEU EDUCADOR MOSTRARÁ
COMO VOCê AVANÇOU NOS
SEUS CONhECIMENTOS E
CONTARÁ PARA VOCê O QUE
VOCê AINDA PRECISARÁ
APRENDER.
74
75
ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 2
DATA:
NOME:
IDADE:
DIAGNÓSTICO DE PARLENDA:
POR QUE ESCOLhEU ESTA PARLENDA?
ONDE APRENDEU?
QUEM A ENSINOU A VOCê?
Alfabetização e Letramento 2 Unidade 2
77
A TURMA DO CAMPO FICOU FELIZ COM A
DESCOBERTA DA EDUCADORA JOANA.
FAZER ILUSTRAÇÃO -
MAPA DO BRASIL DIVIDIDO
EM REGIÕES, COM
TURMA DO CAMPO BEM
DIVERTIDA.
FALTA ILUSTRACAO
ELA DESCOBRIU, ATRAVÉS DAS CERTIDÕES DE NASCIMENTO
DOS SEUS EDUCANDOS, QUE CADA CRIANÇA DA SUA TURMA VEIO
DE UMA REGIÃO DO BRASIL!
ELES AChARAM MUITO INTERESSANTE SABER QUE, ATRAVÉS
DOS SEUS AMIGOS, FARÃO NOVAS DESCOBERTAS SOBRE O
NOSSO PAÍS.
• VOCê JÁ VIU O MAPA DO BRASIL?
• DESCUBRA A REGIÃO DE CADA EDUCANDO DA TURMA
DO CAMPO.
A
78
VAMOS CONHECER AS REGIÕES DO BRASIL E DESCOBRIR A
QUAL VOCÊ PERTENCE?
AGORA É A SUA VEZ!
COM A AJUDA DO SEU EDUCADOR,
PESQUISE O MAPA E DESCUBRA ONDE NASCEU.
DEPOIS, CONTE SOBRE ESTE LUGAR AOS SEUS AMIGOS.
NÃO SE ESQUEÇA DE CONTAR QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS
CARACTERÍSTICAS DESTA REGIÃO.
79
VOCÊ JÁ CONTOU SOBRE A SUA REGIÃO. VEJA O QUE NOS DIZ
O UIRÁ SOBRE A REGIÃO EM QUE ELE VIVE.
EU SOU DA
REGIÃO NORTE
DO BRASIL!
NESSA REGIÃO, FICA A FLORESTA AMAZÔNICA.
ENCONTRAMOS NELA UMA ENORME VARIEDADE DE
PLANTAS E ANIMAIS.
NO NORTE APRENDI A COMER MUITOS PRATOS
TÍPICOS FEITOS COM PEIXE E MANDIOCA1
, ALÉM DE
CASTANhA-DO-PARÁ, CUPUAÇU E PUPUNhA2
.
1 - MANDIOCA: RAIZ COMESTÍVEL, TIPICAMENTE BRASILEIRA E TAMBÉM CONhECIDA POR MACAXEIRA OU AIPIM.
2 - PUPUNhA: FRUTO DA PUPUNhEIRA, PLANTA DE PORTE MAGNÍFICO, ORIGINÁRIA DAS FLORESTAS TROPICAIS.
b
80
NA REGIÃO DE UIRÁ, AS CRIANÇAS ADORAM ESCUTAR AS
LENDAS CONTADAS POR SEUS PAIS E AVÓS.
AS LENDAS SÃO hISTÓRIAS TRANSMITIDAS
ORALMENTE, AO LONGO DAS GERAÇÕES, SEM QUE SE
SAIBA AO CERTO QUEM AS CRIOU.
NO UNIVERSO DAS LENDAS, TUDO É POSSÍVEL, NÃO
EXISTEM LIMITES PARA A IMAGINAÇÃO.
VOCê JÁ ESCUTOU ALGUMA LENDA? QUAL?
VOCê SABE COMO AS LENDAS SÃO CRIADAS?
DE QUAL LENDA VOCê MAIS GOSTA?
81
VOCÊ CONHECE
A LENDA DA
MANDIOCA?
É A PREFERIDA DA
NOSSA TURMA!
ACOMPANHE A LEITURA COM O SEU EDUCADOR.
CONTA-SE QUE numa aldeia indígena
nasceu uma linda menina, causando
espanto em toda a tribo. ela era diferente
das outras índias. tinha a pele branca,
olhos verdes, cabelos louros e sempre
um sorriso no rosto. era muito amada por
toda a tribo e RECEBEU O NOME DE MANI.
um dia, ela amanheceu doente e, apesar
dos esforços de todos, mani morreu.
SUA MÃE ENTERROU-a debaixo de uma
árvore PERTO DA CABANA ONDE MORAVA e,
todos os dias, passava horas chorando
sobre a sua cova.
após algum tempo, os índios ficaram
surpresos. havia crescido no local onde
ela foi enterrada um arbusto de raízes
grossas e brancas, muito saborosas, que
eles deram o nome de mandioca, ou manioca,
em homenagem a mani.
desde então, a mandioca passou a ser um
símbolo de alegria para todos da tribo.
A LENDA DA MANDIOCA
82
EM RODA, CONVERSE COM OS AMIGOS
• SOBRE QUAL ASSUNTO TRATA A LENDA?
• COMO SE ChAMAVA E COMO ERA A INDIAZINhA DA LENDA?
• O QUE ACONTECEU COM MANI?
• O QUE FEZ SUA MÃE APÓS A SUA MORTE?
• QUE NOME OS ÍNDIOS DERAM PARA A PLANTA QUE NASCEU NO
LOCAL E POR QUê?
• ONDE MANI FOI ENTERRADA?
83
RESPONDA DE ACORDO COM A LENDA DA MANDIOCA
MARQUE O NOME DA FILHA DO CACIQUE:
MANU
NINA
MANI
ESCREVA O QUE ENTENDEU DA LENDA DA MANDIOCA
NUMERE AS FRASES DE ACORDO COM OS ACONTECIMENTOS
DA LENDA
A MANDIOCA PASSOU A SER SÍMBOLO DE ALEGRIA
E ABUNDÂNCIA.
MANI aparece doente e morre.
NASCE uma linda menina com o nome de mani.
NA COVA DE MANI NASCE UMA PLANTA COM
RAÍZES GROSSAS e brancas que DERAM O NOME
DE MANDIOCA.
A MÃE DE MANI CHORA TODOS OS DIAS SOBRE A
SUA COVA.
84
DESENHE OS PERSONAGENS QUE APARECEM NA LENDA
DA MANDIOCA.
FAÇA UMA LISTA DE NOMES QUE COMEÇAM COM
A MESMA SÍLABA DO NOME DE MANI.
QUANTOS NOMES VOCê ESCREVEU?
85
DESENHE EM 4 CENAS A
LENDA DA MANDIOCA
1 2
43
86
S C A C I Q U E
T M A U P C A L
V í N D I A X F
H O L M í A R M
C I C P M O C A
C A B A N A O P
CAÇA-PALAVRAS
PROCURE NO CAÇA-PALAVRAS ALGUMAS PALAVRAS QUE
APARECEM NA LENDA DA MANDIOCA E QUE FAZEM PARTE DA
CULTURA INDÍGENA.
LISTE O NOME DE OUTRAS LENDAS QUE VOCÊ E SEUS
COLEGAS CONHECEM.
CABANA ÍNDIA OCA CACIQUE
87
ESCOLHAM UMA LENDA QUE VOCÊS CONHEÇAM BEM
E DITE-A AO SEU EDUCADOR, PARA QUE ELE POSSA
ESCREVÊ-LA EM UM CARTAZ.
LEMBRE-SE QUE AO DITAR A LENDA PARA SEU
EDUCADOR VOCêS DEVEM:
• APRESENTAR OS PERSONAGENS COM
SUAS CARACTERÍSTICAS;
• CONTAR O LOCAL EM QUE SE PASSA A LENDA;
• SEGUIR A SEQUêNCIA (INÍCIO, MEIO E FIM)
DETALhADA DOS FATOS, COM A MAIOR RIQUEZA
DE DETALhES POSSÍVEL.
88
A TURMA DO CAMPO IMPROVISOU UM PALCO PARA FAZER
SEUS RECONTOS DE HISTÓRIAS.
AGORA É A SUA VEZ!
IMPROVISE UM PALCO E DRAMATIZE COM SEUS COLEGAS A
LENDA QUE RECONTARAM.
LEVE A ESCRITA DA LENDA PARA O
CANTINhO DE LEITURA E DIVIRTA-SE!
C
89
PERGUNTE A SEUS FAMILIARES SE ELES SABEM CONTAR LENDAS.
PEÇA A ELES QUE LHE CONTEM UMA LENDA TÍPICA DA SUA
REGIÃO E DESENHE-A ABAIXO.
QUANDO CHEGAR À SUA SALA, RECONTE AOS SEUS AMIGOS
E AO EDUCADOR A LENDA QUE APRENDEU. COLOQUE SEU
DESENHO EM UM MURAL PARA ENFEITAR A SUA SALA.
PEÇA AO EDUCADOR QUE REGISTRE SEU PROGRESSO.
90
A REGIÃO DO RAIMUNDO É A NORDESTE
3 - BIJU: BOLINhO AChATADO, DE MASSA DE MANDIOCA OU TAPIOCA.
4 - CUXÁ: PRATO TÍPICO, FEITO À BASE DE VINAGREIRA, FOLhA AMARGA ENCONTRADA NA REGIÃO.
A
NA REGIÃO NORDESTE
TEM LINDAS PRAIAS. ADORO A CULINÁRIA
QUE MINhA MÃE FAZ MUITO BEM: LAGOSTA,
CASQUINhA DE SIRI, ACARAJÉ, VATAPÁ,
CARURU, BIJU3
, MOQUECA, PIRÃO, CUXÁ4
,
SORVETE DE FRUTAS DO NORDESTE, SEM
FALAR NA FAMOSA COCADA BAIANA.
NESTA REGIÃO, TEM MUITAS FESTAS
ANIMADAS, COMO BUMBA-MEU-BOI, ALÉM
DE MUITAS DANÇAS CARACTERÍSTICAS
DA REGIÃO, COMO FREVO, FORRÓ,
MARACATU, ENTRE OUTRAS.
91
NA REGIÃO DE RAIMUNDO, AS CRIANÇAS ADORAM BRINCAR
COM AS PALAVRAS, CRIANDO BRINCADEIRAS CANTADAS E
PRONUNCIANDO TRAVA-LÍNGUAS.
VOCÊ SABE O QUE É UM TRAVA-LÍNGUA?
JÁ ESCUTOU ALGUM?
QUAIS VOCÊ CONHECE?
FALE AOS SEUS COLEGAS OS QUE VOCÊ SABE.
TRAVA-LÍNGUA É UM TEXTO EM QUE UMA MESMA
LETRA SE REPETE VÁRIAS VEZES, DIFICULTANDO A
SUA PRONÚNCIA.
LEIA OS TRAVA-LÍNGUAS PREFERIDOS DE RAIMUNDO:
LEIA OS TRAVA-LÍNGUAS:
O RATO ROEU
O RATO ROEU A ROUPA DO REI DE ROMA,
O RATO ROEU A ROUPA DO REI DA RÚSSIA,
O RATO ROEU A ROUPA DO RODOVALHO…
O RATO A ROER ROÍA.
E A ROSA RITA RAMALHO
DO RATO A ROER SE RIA.
A RATA ROEU A ROLHA
DA GARRAFA DA RAINHA.
92
O SABIÁ
SABIA QUE O SABIÁ
SABIA ASSOBIAR?
GATO ESCONDIDO
GATO ESCONDIDO
COM RABO DE FORA
TÁ MAIS ESCONDIDO
QUE RABO ESCONDIDO
COM GATO DE FORA.
A ARANHA E A JARRA
DEBAIXO DA CAMA TEM UMA JARRA.
DENTRO DA JARRA TEM UMA ARANhA.
TANTO A ARANhA ARRANhA A JARRA,
COMO A JARRA ARRANhA A ARANhA.
SAPO NO SACO
OLhA O SAPO DENTRO DO SACO
O SACO COM O SAPO DENTRO
O SAPO BATENDO PAPO
E O PAPO SOLTANDO VENTO.
93
MAFAGAFOS
UM NINhO DE MAFAGAFA
COM SETE MAFAGAFINhOS.
QUEM DESMAFAGAGUIFÁ,
BOM DESMAFAGAGUIFADOR SERÁ.
TEMPO
O TEMPO PERGUNTOU AO TEMPO,
QUANTO TEMPO O TEMPO TEM. O TEMPO
RESPONDEU AO TEMPO QUE NÃO
TINhA TEMPO
DE VER QUANTO TEMPO
O TEMPO TEM.
SEU TATÁ
O SEU TATÁ TÁ?
NÃO, O SEU TATÁ NÃO TÁ,
MAS A MULhER DO SEU TATÁ TÁ.
E QUANDO A MULhER DO SEU TATÁ TÁ,
É A MESMA COISA QUE O SEU TATÁ TÁ,TÁ?
O PINTOR PORTUGUÊS
PAULO PEREIRA PINTO PEIXOTO,
POBRE PINTOR PORTUGUêS,
PINTA PERFEITAMENTE
PORTAS, PAREDES E PIAS,
POR PARCO PREÇO, PATRÃO.
Fonte: Alfabetização - caderno do educador - Projeto FUNDESCOLA/SELF-MEC,2007
94
VAMOS BRINCAR COM TRAVA-LÍNGUA
DEBAIXO DA PIPA TEM UMA PINTA.
QUANDO A PIPA PINGA, A PINTA PIA.
A PINTA PIA, A PIPA PINGA.
PIA A PINTA, PINGA A PIPA.
b
A BRINCADEIRA É ASSIM:
LEIA O TRAVA-LÍNGUA COM O SEU
EDUCADOR, BEM DEVAGAR.
DEPOIS, LEIA UM POUCO MAIS RÁPIDO,
PASSANDO O DEDO SOBRE
CADA PALAVRA.
95
BRINCANDO DE TRAVA-LÍNGUA
LEIA O TRAVA-LÍNGUA SEGUINDO AS DICAS DA TURMA DO CAMPO.
MUITO,
MUITO, MUITO
DEPRESSA.
FALANDO
NORMALMENTE
E SALTANDO
AS PALAVRAS
PINTA E PIA.
MAIS DEPRESSA
AINDA E BATENDO
PALMAS. DEPOIS,
FALANDO BAIXINhO
SOMENTE COM
OS LÁBIOS.
BEM
DEVAGARZINhO.
DEPOIS, UM
POUCO MAIS
DEPRESSA.
FALANDO RÁPIDO
E DANDO UM PULO
EM CADA PALAVRA
PRONUNCIADA.
96
O QUE VOCÊ ENTENDEU DO TRAVA-LÍNGUA?
ESCREVA QUANTAS VEZES APARECERAM NO TRAVA-LÍNGUA
AS PALAVRAS ABAIXO:
PIA
PIPA
PINGA
PINTA
97
P I N G A
P I N T A
P I A
P I P A
CASANDO AS PALAVRAS DO TRAVA-LÍNGUA
•	 QUAIS LETRAS SE REPETEM NAS DUAS PRIMEIRAS PALAVRAS?
OBSERVE AS PALAVRAS PINGA E PINTA E RESPONDA:
•	 PINTE AS VOGAIS.
• 	QUAL A DIFERENÇA ENTRE AS DUAS PALAVRAS?
98
ESCREVA ALGUMAS PALAVRAS QUE COMEÇAM COM A ÚLTIMA
SÍLABA DAS PALAVRAS PINGA E PINTA:
PINGA PINTA
QUE TAL CRIAR UM TRAVA-LÍNGUA COM SEUS COLEGAS?
99
VEJA AS PALAVRAS QUE COMEÇAM COM A LETRA B QUE
RAIMUNDO COLECIONOU:
BALA BOTA
BODE BRIGOU
BANANA BATEU
BALEIA BARRIGA
BOLO BEIJOU
BETO BELISCOU
BRAVO
COMPLETE O QUADRO COM OUTRAS PALAVRAS QUE VOCÊ
CONHECE E QUE INICIEM COM A MESMA LETRA.
100
INVENTE UM TRAVA-LÍNGUA COM SEUS COLEGAS E
ESCREVA-O ABAIXO.
101
FAÇA UMA LISTA DAS PALAVRAS QUE USOU PARA CONSTRUIR
O TRAVA-LÍNGUA.
DESENHE O TRAVA-LÍNGUA QUE CONSTRUIU.
102
CIRCULE AS FIGURAS QUE NÃO PODERIAM FAZER PARTE DO
TRAVA-LÍNGUA QUE VOCÊ CRIOU.
ESCREVA O NOME DOS BRINQUEDOS NO QUADRO ABAIXO, DE
ACORDO COM A LETRA INICIAL.
LEIA BEM ALTO AS PALAVRAS ANTERIORES, PRESTANDO
ATENÇÃO NOS SONS DAS LETRAS P E B.
CONVERSE COM OS COLEGAS SOBRE O QUE DESCOBRIU.
NOMES QUE INICIAM
COM A LETRA P
NOMES QUE INICIAM
COM A LETRA B
103
CONSTRUINDO NOVOS TRAVA-LÍNGUAS COM SEUS COLEGAS E
APRESENTANDO-OS PARA SUA FAMÍLIA.
•	 ESCOLHA OUTRAS LETRAS;
• 	FAÇA UM NOVO BANCO DE PALAVRAS;
• 	CRIE NOVOS TRAVA-LÍNGUAS COM AS LETRAS
	 QUE ESCOLHERAM;
• 	DIVIRTA-SE COM UM GRANDE CAMPEONATO DE
	 TRAVA-LÍNGUAS.
VEJA QUEM DA SUA TURMA PRONUNCIA COM
MAIOR RAPIDEZ OS TRAVA-LÍNGUAS CRIADOS.
LEVE OS TRAVA-LÍNGUAS CRIADOS PARA CASA E LEIA-OS
PARA A SUA FAMÍLIA. DEPOIS, COLOQUE-OS NO CANTINHO DE
LEITURA, PARA QUE POSSAM BRINCAR COM ELES EM OUTROS
MOMENTOS.
PEÇA AO EDUCADOR QUE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
C
O rato roeu a roupa
do rei da Rússia.
104
A REGIÃO DE ANTONIA É A SUDESTE
5 - CUSCUZ PAULISTA: PRATO TÍPICO, FEITO À BASE DE CAMARÃO.
A
NA MINhA REGIÃO, ADORAMOS COMER FEIJOADA,
TUTU DE FEIJÃO, MOQUECA DE PEIXE E CUCUZ-PAULISTA5
.
OUTRA TRADIÇÃO DA MINhA REGIÃO É CONTAR “CAUSOS” E
hISTÓRIAS NA BEIRADA DO FOGÃO À LENhA.
ALGUMAS FESTAS SÃO MUITO ANIMADAS, COMO A
FESTA JUNINA E A FOLIA DE REIS.
105
VOCÊ SABE O QUE É UMA ADIVINHA?
VOCÊ JÁ ESCUTOU MUITAS? QUAIS?
FALE AOS COLEGAS AS ADIVINHAS QUE
VOCÊ CONHECE.
ADIVINHAS SÃO BRINCADEIRAS EM FORMA
DE PERGUNTAS DESAFIADORAS, QUE LEVAM AS
PESSOAS A PENSAR PARA DESCOBRIR A RESPOSTA.
CONTE AOS COLEGAS AS
ADIVINHAS QUE VOCÊ CONHECE.
SERÁ QUE ELES ADIVINHARÃO
AS RESPOSTAS?
ANTÔNIA ADORA ADIVINHAS.
ELA ENSINOU PARA A TURMA DO CAMPO MUITAS
ADIVINHAS ENGRAÇADAS.
106
LEIA AS ADIVINHAÇÕES E MARQUE A RESPOSTA CORRETA
1 O QUE É, O QUE É? VERDE COMO O MATO, MAS MATO NÃO É.
FALA COMO GENTE, MAS GENTE NÃO É?
PAPAGAIO
PASSARINhO
PERU
4 O QUE É, O QUE É? FOI FEITO PARA ANDAR, MAS NÃO ANDA?
RAINhA
RUA
ROLhA
3 O QUE É, O QUE É? VIVE COM OS PÉS NA CABEÇA?
PRAÇA
PIOLhO
PESCOÇO
2 O QUE É, O QUE É? TEM LINhA, MAS NÃO É CARRETEL. FALA,
MAS NÃO TEM BOCA. OUVE, MAS NÃO TEM OUVIDO?
TINTA
TOALhA
TELEFONE
b
107
ORGANIZE AS SÍLABAS QUE ESTÃO NO CÍRCULO E DESCUBRA
AS RESPOSTAS DAS ADIVINHAS.
O QUE É, O QUE É? QUANTO MAIS SE TIRA, MAIOR FICA?
O QUE É, O QUE É? CAI EM PÉ E CORRE DEITADO?
O QUE É, O QUE É? QUANTO MAIOR, MENOS SE VÊ?
RA
BU
CO
VA
CHU
DÃO
ES
CU
RI
108
MARQUE A OPÇÃO CORRETA:
O QUE É, O QUE É?
ESTÁ NO COMEÇO DO DIA?
LETRA B
LETRA D
LETRA F
O QUE É, O QUE É?
VEM SEMPRE COM O TATU?
LETRA C
LETRA V
LETRA T
LEIA AS PALAVRAS DO QUADRO PARA SEU(SUA) EDUCADOR(A),
OBSERVANDO O SOM INICIAL DAS PALAVRAS.
T D
ESCREVA OS NOMES DAS FIGURAS NO QUADRO ABAIXO:
109
O QUE É O QUE É?
1 É UMA FRUTA TODA VERDE POR FORA,
TODA VERMELhA POR DENTRO, E
COMEÇA COM A LETRA M.
2 NÃO CONSEGUE ANDAR SOZINhO,
CORRE ATÉ QUANDO NÃO QUER,
PODE SER GRANDE OU PEQUENO
E TEM TAMANhO DO PÉ.
3 SÓ PODE USAR DEPOIS DE QUEBRADO.
4 É UM MATERIAL ESCOLAR
QUE NASCE GRANDE E
MORRE PEQUENO.
1
2
3
4
COMPLETE NA CRUZADINHA HORIZONTAL A RESPOSTA
DAS ADIVINHAS.
CRUZADINHA
110
RESPONDA DE ACORDO COM A CRUZADINHA:
•	 PALAVRA QUE TEM MAIS LETRAS:
• PALAVRA QUE TEM MENOS LETRAS:
• PALAVRA QUE TEM MAIS SÍLABAS:
• PALAVRA QUE TEM MENOS SÍLABAS:
RESPOSTA: TERRA
INVENTE ADIVINHAS COM AS RESPOSTAS ABAIXO. À MEDIDA
QUE ESCREVER, RELEIA PARA VERIFICAR SE SEU TEXTO TEM
SENTIDO E SE NÃO PULOU NENHUMA PALAVRA.
111
EM RODA, LEIA PARA OS
SEUS COLEGAS AS ADIVINHAS
QUE CONSTRUIU.
RESPOSTA: ÁRVORE
RESPOSTA: SOL
112
USE A IMAGINAÇÃO E CONSTRUA COM SEUS COLEGAS UM
LIVRO DE ADIVINHAS.
COLOQUE NELE AS ADIVINhAS QUE VOCêS CRIARAM E OUTRAS
QUE JÁ CONhECEM.
PEÇA AO(À) EDUCADOR(A) QUE ACOMPANhE O SEU PROGRESSO.
QUANDO ESTIVER PRONTO, LEVE-O PARA CASA E
BRINQUE COM SEUS FAMILIARES.
C
113
A REGIÃO DO FRANCISCO É A CENTRO-OESTE.
6 - CUSCUZ: BOLO DE TAPIOCA COM LEITE DE COCO.
7 - CURAU: MINGAU DE MILhO VERDE.
A
ADORO AS COMIDAS FEITAS
DE MILhO, QUE SÃO TÍPICAS DA MINhA REGIÃO, COMO:
PAMONhA, CUSCUZ6
, CURAU7
, BOLO, SORVETE, PUDIM E
BISCOITOS. TENhO MUITO ORGULhO DO PANTANAL, QUE
PERTENCE À MINhA REGIÃO E É CONhECIDO NO MUNDO
INTEIRO PELA DIVERSIDADE DA SUA FAUNA E FLORA.
VOLTO À MINhA TERRA NATAL TODOS OS ANOS PARA
PARTICIPAR DA FESTA DO CONGADO.
114
DESDE PEQUENO, FRANCISCO SE ENCANTA PELAS FÁBULAS.
VOCê SABE O QUE É UMA FÁBULA?
CONhECE ALGUMA? QUAL?
CONTE AS FÁBULAS QUE CONhECE AOS SEUS COLEGAS.
FÁBULAS SÃO hISTÓRIAS QUE TRAZEM, NA MAIORIA
DAS VEZES, UM ENSINAMENTO.
ELAS SÃO CURTAS E SEUS PERSONAGENS SÃO
ANIMAIS QUE AGEM COMO PESSOAS.
FÁBULA É O TEXTO QUE FRANCISCO MAIS GOSTA.
b
115
VOCÊ CONHECE ALGUMA DELAS? QUAL?
CONhEÇA DUAS VERSÕES DA FÁBULA PREFERIDA DE FRANCISCO:
VERSÃO Nº 1
ERA UMA VEZ, UMA FORMIGA QUE NÃO PARAVA DE TRABALhAR
PARA LEVAR O ALIMENTO PARA SUA CASA.
NINGUÉM CONSEGUIA EXPLICAR DE ONDE VINhA TANTA FORÇA
PARA O SEU TRABALhO.
ELA SABIA QUE QUANDO O INVERNO ChEGASSE A NEVENÃO
DEIXARIA QUE ELA SAÍSSE DE CASA.
ERA PRECISO QUE ELA GUARDASSE COMIDA PARA O FUTURO.
POR ISSO ELA TERIA QUE ARMAZENAR FOLhAS, SEMENTES E
GRAVETOS, PARA QUANDO FOSSE NECESSÁRIO.
AO REDOR DE SUA CASA, FICAVA SEMPRE UMA CIGARRA
OLhANDO O SEU TRABALhO E RINDO DA FORMIGA. ELA NÃO
GOSTAVA DE TRABALhAR, SÓ DE CANTAR DIA E NOITE SEM PARAR.
QUANDO O INVERNO ChEGOU, A CIGARRA NÃO TINhA NADA PARA
COMER. ALÉM DISSO NÃO POSSUIA UM LAR PARA MORAR E NEM
UM SIMPLES AGASALhO PARA AQUECê-LA.
DESESPERADA, COM FOME E FRIO ELA FOI BATER NA CASA DA
FORMIGA.
AO ABRIR A SUA PORTA, ELA VIU A CIGARRA TREMENDO DE FRIO
E MUITO ASSUSTADA.
– ENTRE POR FAVOR, AQUI É O SEU LUGAR, DISSE A FORMIGA
PUXANDO A CIGARRA PARA DENTRO E DANDO-LhE NA MESMA
hORA UM AGASALhO.
A CIGARRA E A FORMIGA
116
– CIGARRA, VOCê SABIA QUE FOI O SEU CANTO QUE ALIVIOU O
MEU CANSAÇO E DEU-ME FORÇAS PARA CONTINUAR A CARREGAR
ALIMENTOS E NÃO DESISTIR? TENhO MUITO QUE LhE AGRADECER.
CANTAR TAMBÉM É UMA MANEIRA DE TRABALhAR. EU ACREDITO
QUE CADA UM DE NÓS POSSUI UM DOM QUE DEUS NOS DEU. O SEU
É CANTAR PARA TRAZER ÂNIMO E ALEGRIA A TODOS.
ASSIM, AS DUAS TORNARAM-SE AMIGAS E TODOS QUE
PASSAVAM POR ALI, OUVIAM O CANTO MARAVILhOSO DA CIGARRA.
117
VERSÃO Nº 2
NUM BELO DIA DE INVERNO, AS FORMIGAS ESTAVAM TENDO O
MAIOR TRABALhO PARA SECAR SUAS RESERVAS DE TRIGO. DEPOIS
DE UMA ChUVARADA, OS GRÃOS TINhAM FICADO COMPLETAMENTE
MOLhADOS. DE REPENTE, APARECEU UMA CIGARRA.
– POR FAVOR, FORMIGUINhAS, ME DEEM UM POUCO DE TRIGO.
ESTOU COM UMA FOME DANADA, AChO QUE VOU MORRER.
AS FORMIGAS PARARAM DE TRABALhAR, COISA QUE ERA
CONTRA OS PRINCÍPIOS DELAS, E PERGUNTARAM:
– MAS, POR QUê? O QUE VOCê FEZ DURANTE O VERÃO?
POR ACASO NÃO SE LEMBROU DE GUARDAR COMIDA PARA O
INVERNO?
– PARA FALAR A VERDADE, NÃO TIVE TEMPO – RESPONDEU A
CIGARRA. PASSEI O VERÃO CANTANDO!
- BOM, SE VOCê PASSOU O VERÃO CANTANDO, QUE TAL
PASSAR O INVERNO DANÇANDO? – DISSERAM AS FORMIGAS, E
VOLTARAM PARA O TRABALhO DANDO RISADA.
FONTE ORIGINAL
A CIGARRA E A FORMIGA
118
CIRCULE O LIVRO QUE TEM O NOME DA MESMA FÁBULA QUE
ACABOU DE LER.
b
119
SUBSTITUA AS FIGURAS POR SEUS NOMES E DESCUBRA O
TÍTULO DE ALGUMAS FÁBULAS:
O E O .
A E A .
A E AS .
O E O .
A E A .A E A .
120
CONVERSANDO SOBRE AS FÁBULAS
FAÇA AS PRÓXIMAS ATIVIDADES DE ACORDO COM A
VERSÃO Nº 2 DA FÁBULA “A CIGARRA E A FORMIGA”.
• VOCê JÁ CONhECIA ESSAS FÁBULAS?
• JÁ SABIA QUE PODEMOS TER DUAS VERSÕES DE UMA
MESMA hISTÓRIA?
• DO QUE FALAM AS FÁBULAS QUE VOCê LEU?
• FAÇA EM SEU CADERNO UMA LISTA DAS SEMELhANÇAS
E OUTRA DAS DIFERENÇAS ENTRE AS DUAS FÁBULAS
APRESENTADAS.
• CONVERSE SOBRE A ATITUDE DA FORMIGA E DA CIGARRA NAS
DUAS VERSÕES.
• DIGA O QUE ENTENDEU SOBRE A MORAL DAS hISTÓRIAS.
CIRCULE O TÍTULO DA VERSÃO QUE MAIS GOSTOU.
121
COMPLETE O TEXTO COM AS PALAVRAS QUE
ESTÃO FALTANDO, DE ACORDO COM A SEGUNDA VERSÃO.
		 TRABALHAR	 		 MOLHADOS		
	 CANTANDO 		 COMIDA 	 FOME
A CIGARRA E A FORMIGA
NUM BELO DIA DE INVERNO, AS FORMIGAS ESTAVAM TENDO
O MAIOR TRABALHO PARA SECAR SUAS RESERVAS DE TRIGO.
DEPOIS DE UMA CHUVARADA, OS GRÃOS TINHAM FICADO
COMPLETAMENTE					 . DE REPENTE,
APARECEU UMA CIGARRA.
- POR FAVOR, FORMIGUINHAS, ME DEEM UM POUCO DE TRIGO.
ESTOU COM UMA						 DANADA, ACHO
QUE VOU MORRER.
AS FORMIGAS PARARAM DE 					 , COISA
QUE ERA CONTRA OS PRINCÍPIOS DELAS, E PERGUNTARAM:
- MAS, POR QUÊ? O QUE VOCÊ FEZ DURANTE O VERÃO? POR
ACASO NÃO SE LEMBROU DE GUARDAR 					
PARA O INVERNO?
- PARA FALAR A VERDADE, NÃO TIVE TEMPO – RESPONDEU A
CIGARRA. PASSEI O VERÃO					 !
- BOM, SE VOCÊ PASSOU O VERÃO CANTANDO, QUE TAL
PASSAR O INVERNO DANÇANDO? – DISSERAM AS FORMIGAS, E
VOLTARAM PARA O TRABALHO DANDO RISADA.
122
DESENHE A FÁBULA DA CIGARRA E DA FORMIGA:
123
				 ORGANIZANDO A FÁBULA
A FÁBULA “A CIGARRA E A FORMIGA” ESTÁ ESCRITA TODA
EMBARALHADA.
RECORTE AS PARTES E ORDENE-AS NA PÁGINA SEGUINTE,
MONTANDO A SEQUÊNCIA CORRETA DA FÁBULA.
– BOM, SE VOCÊ PASSOU O VERÃO CANTANDO, QUE TAL
PASSAR O INVERNO DANÇANDO? – DISSERAM AS FORMIGAS, E
VOLTARAM PARA O TRABALHO DANDO RISADA.
NUM BELO DIA DE INVERNO, AS FORMIGAS ESTAVAM TENDO O
MAIOR TRABALHO PARA SECAR SUAS RESERVAS DE TRIGO. DEPOIS
DE UMA CHUVARADA, OS GRÃOS TINHAM FICADO COMPLETAMENTE
MOLHADOS. DE REPENTE, APARECEU UMA CIGARRA.
AS FORMIGAS PARARAM DE TRABALHAR, COISA QUE ERA
CONTRA OS PRINCÍPIOS DELAS, E PERGUNTARAM:
– MAS, POR QUÊ? O QUE VOCÊ FEZ DURANTE O VERÃO? POR
ACASO NÃO SE LEMBROU DE GUARDAR COMIDA PARA O INVERNO?
– POR FAVOR, FORMIGUINHAS, ME DEEM UM POUCO DE TRIGO.
ESTOU COM UMA FOME DANADA, ACHO QUE VOU MORRER.
A CIGARRA E A FORMIGA
124
Alfabetização e Letramento 2 Unidade 2
125
COLE ABAIXO
SEU TEXTO, DE
ACORDO COM OS
ACONTECIMENTOS
DA HISTÓRIA.
126
HORA DA CRUZADINHA!
COMPLETE A CRUZADINHA COM AS PALAVRAS DO QUADRO
QUE FAZEM PARTE DA FÁBULA “A CIGARRA E A FORMIGA”:
C F
I
V
G
CIGARRA
GRÃOS
FORMIGA
VERÃO
INVERNO
127
CIRCULE APENAS AS FIGURAS QUE COMEÇAM COM A MESMA
LETRA QUE FORMIGA.
COMPLETE O QUADRO:
LEIA AS PALAVRAS DO QUADRO. CONTE PARA O SEU EDUCADOR
O QUE DESCOBRIU.
PALAVRAS QUE
VOCÊ CIRCULOU
PALAVRAS QUE VOCÊ
NÃO CIRCULOU
128
DECORE A SUA SALA DE AULA COM A SUA PRODUÇÃO.
DICA DE LEITURA
ESTE LIVRO DE ED EMBERLEY
NOS ENSINA A FAZER VÁRIOS
DESENHOS INTERESSANTES
FEITOS COM OS DEDOS.
VALE A PENA CONFERIR!
FAÇA UMA LINDA PINTURA, USANDO APENAS A
PONTA DOS DEDOS, PARA ILUSTRAR A FÁBULA DA
CIGARRA E DA FORMIGA.
129
8 - ChIMARRÃO: MATE CEVADO, SEM AÇúCAR.
ANA É DA REGIÃO SUL
SINTO SAUDADE DO ChURRASCO E
DO ChIMARRÃO8
, QUE É A BEBIDA
TRADICIONAL MAIS DEGUSTADA NESTA
REGIÃO. PRINCIPALMENTE NO INVERNO,
QUE É MUITO RIGOROSO.
AS FESTAS DESTA REGIÃO SÃO
MUITO ANIMADAS E LEVAM
ALEGRIA A TODOS OS MORADORES.
ADORO VESTIR AS ROUPAS DAS
FESTAS TÍPICAS DA MINhA REGIÃO.
130
ANA DESDE PEQUENA ADORA HISTÓRIAS.
E VOCê, GOSTA DE hISTÓRIAS?
QUAIS hISTÓRIAS VOCê CONhECE?
CONTE-AS AOS SEUS COLEGAS.
AS hISTÓRIAS PREFERIDAS DE ANA SÃO OS CONTOS DE FADAS.
VOCê CONhECE ALGUM?
DIGA AOS SEUS COLEGAS OS CONTOS DE FADA QUE
VOCê CONhECE.
A
131
CONTOS DE FADAS SÃO hISTÓRIAS
TRANSMITIDAS ORALMENTE AO LONGO
DAS GERAÇÕES.
NESTAS hISTÓRIAS, SEUS
PERSONAGENS TêM DE ENFRENTAR
GRANDES DIFICULDADES ANTES DE
VENCER O MAL.
CONhEÇA A hISTÓRIA PREFERIDA DE ANA.
OBSERVE AS GRAVURAS. VOCê CONhECE ESTA hISTÓRIA?
LEIA A hISTÓRIA E VEJA O QUE VAI ACONTECER.
b
132
ERA UMA VEZ, TRêS PORQUINhOS IRMÃOS, QUE
RESOLVERAM CONSTRUIR UMA CASA PARA CADA UM
DELES MORAR.
SAÍRAM PELA FLORESTA EM BUSCA DE UM BOM
LUGAR PARA FAZER AS SUAS CASAS.
O MAIS NOVO, ChAMADO PALhAÇO, ERA MUITO
PREGUIÇOSO E FOI LOGO DIZENDO: NÃO QUERO MUITO
TRABALhO; VOU CONSTRUIR A MINhA CASA DE PALhA.
O IRMÃO DO MEIO, ChAMADO PALITO, DISSE:
PREFIRO UMA CASA DE MADEIRA, É MAIS RESISTENTE.
A CASA DE VOCêS NÃO É SEGURA, FALOU PEDRICO, O
MAIS VELhO. JÁ PENSARAM SE O LOBO APARECER? EU
VOU CONSTRUIR A MINhA CASA DE PEDRA.
ASSIM, CADA UM CONSTRUIU A SUA CASA PRÓXIMA
UMA DA OUTRA.
UM DIA, O LOBO APARECEU E BATEU NA PORTA DA
CASA DE PALhAÇO.
OS TRÊS PORQUINHOS
133
- ABRA, ABRA ESTA PORTA, PALHAÇO. ELE,
APAVORADO, FICOU CALADO.
O LOBO FALOU: - SEI QUE VOCÊ ESTA AÍ DENTRO. VOU
SOPRAR ATÉ A SUA CASA VOAR PELO AR.
FOI O QUE ACONTECEU. O LOBO SOPROU E NADA
RESTOU DA CASA DE PALHA.
PALHAÇO SAIU CORRENDO E ENTROU NA CASA
DE PALITO.
O LOBO CORREU ATRÁS E GRITOU:
- AGORA, VOU COMER DOIS PORQUINHOS DE UMA SÓ
VEZ. ABRA DEPRESSA ESTA PORTA.
OS IRMÃOS NÃO ABRIRAM. O LOBO COMEÇOU A
SOPRAR COM FORÇA ATÉ CONSEGUIR DERRUBAR A
CASA DE PALITO NO CHÃO. ELES SAÍRAM DEPRESSA E
ENTRARAM NA CASA DE PEDRICO.
O LOBO CHEGOU ATRÁS, OLHOU A CASA DE PEDRA E
PENSOU: NÃO VOU CONSEGUIR DERRUBAR ESTA CASA,
ELA É MUITO FORTE. APANHOU UMA ESCADA, SUBIU NO
TELHADO E ENTROU PELA CHAMINÉ.
NAQUELE MOMENTO, PEDRICO ESTAVA COZINHANDO
UMA SOPA DE LEGUMES QUE FERVIA EM UM CALDEIRÃO.
O LOBO DESCEU ESCORREGANDO PELA CHAMINÉ,
CAIU DENTRO DA PANELA DE SOPA E FUGIU TODO
QUEIMADO, GRITANDO DE DOR.
DESDE ENTÃO, ELE NUNCA MAIS FOI VISTO NAQUELA
REGIÃO, DAQUELE DIA EM DIANTE, OS TRÊS IRMÃOS
DECIDIRAM MORAR JUNTOS E VIVERAM FELIZES
PARA SEMPRE.
ESTE CONTO DE FADAS FOI RETIRADO DO LIVRO ADAPTAÇÃO
PROJETOS:CONTOS DE FADAS, DE GLAUCE ROSSI QUILICI
134
VOCÊ CONHECE OUTRA VERSÃO DESTA HISTÓRIA?
EM RODA, CONTE AOS SEUS COLEGAS
OUTROS CONTOS QUE CONHECE.
MARQUE O NOME DA HISTÓRIA QUE ACABOU DE LER:
A BELA E A FERA
CHAPEUZINHO VERMELHO
O PATINHO FEIO
OS TRÊS PORQUINHOS
BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES
RAPUNZEL
PALHAÇO 			 CHAPEUZINHO
			 PINÓQUIO 			 JOÃO
	 LOBO BRANCA DE NEVE
	 							 PALITO
VOVOZINHA PEDRICO
CIRCULE O NOME DOS PERSONAGENS QUE APARECEM NA
HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS:
135
IDENTIFIQUE E DESENHE O PERSONAGEM QUE NA HISTÓRIA
DOS TRÊS PORQUINHOS FALOU O QUE ESTÁ PROPOSTO
NOS BALÕES E ESCREVA O NOME DE CADA UM NOS
QUADRINHOS ABAIXO:
“NÃO QUERO
MUITO TRABALHO,
VOU CONSTRUIR
MINHA CASA
DE PALHA”.
“SEI QUE VOCÊ
ESTÁ AÍ DENTRO.
VOU SOPRAR ATÉ
A CASA VOAR
PELO AR”.
136
“PREFIRO
UMA CASA DE
MADEIRA, É MAIS
RESISTENTE”.
“JÁ PENSARAM
SE O LOBO
APARECER? VOU
CONSTRUIR MINHA
CASA DE PEDRA”.
137
A HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS ESTÁ FORA DE ORDEM.
NUMERE AS CENAS DE ACORDO COM OS ACONTECIMENTOS
DA HISTÓRIA:
138
HORA DA HISTÓRIA
CONSTRUA FANTOCHES DOS PERSONAGENS E CONTE A
HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS AOS SEUS COLEGAS.
COMO FAZER OS FANTOCHES
CONTE A HISTÓRIA AOS SEUS COLEGAS. DEPOIS, LEVE PARA
CASA E CONTE-A AOS SEUS FAMILIARES.
MATERIAIS NECESSÁRIOS
FOLhAS DE PAPEL
LÁPIS DE COR OU
CANETINhA
TESOURA
JORNAL
COLA BRANCA
MODO DE FAZER
DESENhE EM UMA FOLhA DE
PAPEL OS PERSONAGENS DA
hISTÓRIA DOS TRêS PORQUINhOS,
FAZENDO
UM COLORIDO BEM BONITO,
E RECORTE-OS.
PEGUE UMA FOLhA DE JORNAL E
DIVIDA-A EM TRêS PARTES.
ENROLE CADA PARTE, FORMANDO
TIRAS NA DIAGONAL, ATÉ QUE VIRE
CANUDOS BEM FINOS.
ENROLE ATÉ O FIM DA TIRA E
FEChE COM UM POUCO DE COLA.
FAÇA QUATRO CANUDOS, UM PARA
CADA PERSONAGEM.
QUANDO TERMINAR, COLE
OS PERSONAGENS NOS CANUDOS
E SEUS FANTOChES ESTARÃO
PRONTOS.
139
ESCREVA A HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS NA FRENTE
DAS GRAVURAS:
TÍTULO:
140
141
142
O MURAL DA TURMA DO CAMPO
A EDUCADORA JOANA CONSTRUIU COM SEUS EDUCANDOS UM
MURAL CONTANDO UM POUQUINhO SOBRE CADA REGIÃO DE
ONDE AS CRIANÇAS VIERAM.
C
143
CONSTRUINDO O MURAL DA SUA TURMA
EM UMA MESMA REGIÃO, TEMOS HÁBITOS E COSTUMES
DIFERENTES.
AGORA É A VEZ DE VOCÊ CONSTRUIR UM MURAL, DESENHANDO
OS HÁBITOS E COSTUMES DA REGIÃO DE ONDE VOCÊ VEIO.
MÃOS à OBRA!
PEÇA A SEU(SUA) EDUCADOR(A) QUE ACOMPANHE
SEUS PROGRESSOS.
144
DESENHE AQUI O QUE VOCÊ APRENDEU NA UNIDADE 2:
145
UNIDADE 3
A TURMA DO CAMPO SE
PREOCUPA COM O MEIO AMBIENTE
145
146
VOCÊS SABIAM QUE A TURMINHA DO CAMPO É
MUITO PREOCUPADA COM A PRESERVAÇÃO DO
PLANETA?
ELES SABEM DA IMPORTÂNCIA DE CUIDAR DO
PRÓPRIO CORPO, DO AMBIENTE EM QUE VIVEM,
DA TERRA QUE É FONTE DE SUSTENTO, DAS
PLANTAS, DA PRESERVAÇÃO DOS ANIMAIS... ENFIM,
ESSA TURMINHA É MUITO ESPERTA E SABE DA
IMPORTÂNCIA DE PRESERVAR O MEIO AMBIENTE.
POR ISSO, NESTA 3ª UNIDADE, APRENDEREMOS
COM ESSA TURMINHA ALGUMAS DICAS PARA
VIVERMOS EM HARMONIA COM O NOSSO AMBIENTE.
QUE TAL CONHECÊ-LAS?
SUA MUDANÇA DE ATITUDE FAZ DIFERENÇA. E O
NOSSO PLANETA AGRADECE.
					 		 ABRAÇOS
OLÁ, PESSOAL!
146
147
PENSE AGORA EM UM TRAVA-LÍNGUA QUE VOCê GOSTA E
SABE DE COR E ESCREVA-O NA PRÓXIMA PÁGINA.
ATENÇÃO PARA AS DICAS:
• PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM O TRAVA-LÍNGUA E
ESCREVA-AS, UMA A UMA;
• LEIA O TEXTO À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E
VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA;
• ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO
PRÓPRIO DE ESCREVER;
• APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA O TEXTO INTEIRO E
OBSERVE SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO,
SE NECESSITAR;
• LEIA SEU TEXTO PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM
O DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO.
NO FINAL DESTA UNIDADE,
SEU EDUCADOR MOSTRARÁ
COMO VOCê AVANÇOU NOS SEUS
CONhECIMENTOS E CONTARÁ
PARA VOCê O QUE VOCê AINDA
PRECISARÁ APRENDER.
VAMOS TRABALHAR JUNTOS!
NA UNIDADE 2, VOCê ESCOLhEU
UMA PARLENDA E A ESCREVEU PARA
QUE SEU EDUCADOR ACOMPANhASSE
SEUS PROGRESSOS.
149
ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 3
DATA:
NOME:
IDADE:
DIAGNÓSTICO DE TRAVA-LÍNGUA:
POR QUE ESCOLhEU ESTE TRAVA-LÍNGUA?
ONDE APRENDEU?
QUEM O ENSINOU A VOCê?
Alfabetização e Letramento 2 Unidade 3
151
QUANDO PENSAMOS EM PRESERVAR O MEIO AMBIENTE,
PENSAMOS LOGO EM PRESERVAR LAGOS, RIOS,
ANIMAIS, PLANTAS...
E ESQUECEMOS QUE PARA ESTARMOS BEM COM O AMBIENTE,
PRECISAMOS ESTAR BEM CONOSCO.
VOCê TEM CUIDADO DA SUA SAúDE?
VEJA AS DICAS DE hIGIENE DA TURMA DO CAMPO PARA VOCê
SE SENTIR BEM.
LEMBRE-SE DE USAR APENAS A ÁGUA SUFICIENTE
PARA NÃO hAVER DESPERDÍCIO!
OLÁ, TURMA.A
152
DESENHE OUTRAS DICAS QUE DEVEMOS SEMPRE NOS
LEMBRAR, PARA QUE O NOSSO CORPO PERMANEÇA
SEMPRE SAUDÁVEL.
1 2
3 4
5
153
ESCREVA QUAIS SÃO OS HÁBITOS DE HIGIENE QUE VOCÊ
DESENHOU PARA MANTER O CORPO SAUDÁVEL:
1
2
3
4
5
PESQUISE NOS POSTOS DE SAÚDE OUTRAS
ORIENTAÇÕES PARA MANTER NOSSO CORPO SAUDÁVEL.
154
SOBRE O QUE
SERÁ QUE
CONTA ESTE
POEMA?
LEIA O POEMA ABAIXO.
DECLAME O POEMA PARA A SUA TURMA.
ZÉ MANÉ
OLHA SÓ QUEM VEM LÁ
PULANDO COM UM SÓ PÉ
O COITADO ESTÁ SOFRENDO
COM TANTO BICHO DE PÉ.
ELE COÇA, COÇA, COÇA
E NÃO ADIANTA FALAR:
“CALÇA O SEU SAPATO MANÉ!
PRO BICHO DE PÉ NÃO ENTRAR.”
JÁ DE LONGE A GENTE SENTE
QUANDO O ZÉ COÇA O PÉ
SAI UM CHEIRO MUITO FORTE
QUE O MELHOR É DAR NO PÉ.
SE QUISER TER MUITOS AMIGOS
UM CONSELHO VOU LHE DAR
TOMA BANHO E ESCOVA OS DENTES
QUE OS AMIGOS VÃO CHEGAR.
VOCê CONhECE
ALGUMAS POESIAS QUE
FALAM SOBRE O CUIDADO
COM O CORPO? QUAIS?
b
155
ORDENE OS DOIS PRIMEIROS VERSOS DO POEMA: ZÉ MANÉ.
COM TANTO BICHO DE PÉ
OLHA SÓ QUEM VEM LÁ
O COITADO ESTÁ SOFRENDO
PULANDO COM UM SÓ PÉ
PRO BICHO DE PÉ NÃO ENTRAR
ELE COÇA, COÇA O PÉ
“CALÇA O SAPATO MANÉ
NÃO ADIANTA FALAR:
156
O QUE VOCÊ ENTENDEU DO POEMA?
POR QUE ZÉ MANÉ TINHA CHULÉ E BICHO DE PÉ?
O QUE ACONTECE QUANDO ZÉ MANÉ COÇA O PÉ?
157
VOCÊ JÁ TEVE BICHO DE PÉ?
MARQUE COM UM X A CENA QUE MOSTRA COMO EVITAMOS
PEGAR BICHO DE PÉ.
COMPLETE:
EVITAMOS PEGAR BIChO DE PÉ QUANDO...
VOLTE AO TEXTO E PINTE TODOS OS ESPAÇOS ENTRE
AS PALAVRAS.
158
LIGUE AS PALAVRAS COM A LETRA MAIÚSCULA ÀS MESMAS
PALAVRAS COM A LETRA MINÚSCULA:
PÉ chulé
DEDÃO bicho de pé
ChULÉ pé
BIChO DE PÉ dedão
CIRCULE AS LETRAS DAS SEGUINTES PALAVRAS DA POESIA:
CHULÉ PÉ MANÉ
L D T S M
É I É D V
à U B H P
E F O C G
159
EM DUPLA, ESCREVA UMA PARTE DO POEMA COM
LETRAS MÓVEIS.
A POESIA É COMPOSTA DE MUITAS RIMAS.
ESCREVA TODAS AS PALAVRAS DA POESIA QUE RIMAM
COM PREQUETÉ:
PINTE AS PALAVRAS QUE RIMAM COM DEDÃO.
PÃO
QUEIJOMAÇÃ
MAMÃO
MELÃO
LEITE
160
TRILHA DA SAÚDE COM O CORPO
MATERIAIS UTILIZADOS:
1 TAMPINhA DE COR DIFERENTE PARA CADA PARTICIPANTE
1 DADO
MODO DE JOGAR:
• SORTEIE QUEM IRÁ INICIAR A PARTIDA;
• JOGUE O DADO E ANDE COM A SUA TAMPINhA O NúMERO DE
CASAS CORRESPONDENTES;
• SIGA AS DICAS DA CASA QUE CAIR;
• VENCE O JOGO QUEM TERMINAR A TRILhA PRIMEIRO.
HORA DO JOGOC
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
Volt
e
2
casa
s
A
b
dom
in
al
Corr
er2
casa
s
Fiq
ue
1
ro
dada
se
m
jo
gar
Com
o
fr
uta
s
Corp
o
sa
udável
A
vance
2
casa
s
Volt
e
3
casa
s
16
17
Partida
Chegada
Início
Chegada
1
4
5
6
7
8
9
11
13
14
2
3
10
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
25
26
27
28
2930
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
161
ChEGOU!
VOCê JÁ SABE
CUIDAR
DA SAúDE.
VOLTE
3 CASAS.
ESCOVOU OS
DENTES. ANDE
1 CASA.
LAVOU AS MÃOS
ANTES DAS
REFEIÇÕES. ANDE
3 CASAS.
NÃO CORTOU
AS UNhAS.
VOLTE 2
CASAS.
FIQUE UMA
RODADA SEM
JOGAR.
A CABEÇA ESTÁ
LIMPA.
ANDE 2 CASAS.
TOMOU BANhO.
ANDE 2 CASAS.
VOLTE AO
INÍCIO.
162
163
COLE
COLECOLECOLE
COLECOLECOLE
5
3641
2
165
VOCÊ SERÁ O(A) EDUCADOR(A)!
NESSE MÓDULO, VOCê APRENDEU A MANTER O CORPO
SAUDÁVEL.
AGORA, ChAME A SUA TURMA E FAÇA COM ELA UM CARTAZ
COM ALGUMAS DICAS QUE AJUDAM O NOSSO CORPO A MANTER-
SE COM SAúDE.
Dê UMA VOLTA NA SUA COMUNIDADE E EXPLIQUE, UTILIZANDO
SEU CARTAZ, COMO MANTER O CORPO SAUDÁVEL.
QUANDO TERMINAR, ESCOLhA UM LOCAL VISÍVEL, ONDE
PASSAM MUITAS PESSOAS, E PENDURE O CARTAZ NESSE LOCAL.
NÃO SE ESQUEÇA DE LEVAR, TAMBÉM, AS DICAS AOS
SEUS FAMILIARES!
VOCê CONhECE ALGUMA POESIA QUE FALA SOBRE
O CUIDADO COM O CORPO? QUAL?
C
Frutas
BeberáguaEsportes
Verduras
Frutas
BeberáguaEsportes
Verduras
Frutas
BeberáguaEsportes
Verduras
Frutas
BeberáguaEsportes
Verduras
Frutas
Beberágua
Esportes
Verduras
166
TRABALHANDO COM TIRINHAS
VOCÊ SABE O QUE É UMA TIRINHA?
JÁ VIU MUITAS TIRINHAS? ONDE?
VOCÊ GOSTA DELAS?
POR QUE VOCÊ GOSTA DELAS?
CONTE AOS SEUS AMIGOS SOBRE ALGUMAS TIRINHAS QUE
VOCÊ JÁ VIU.
TIRINHAS SÃO UMA SÉRIE DE QUADRINHOS, COM
DESENHOS E ESCRITA, QUE APRESENTAM PROBLEMAS
DO COTIDIANO COM HUMOR.
A
167
LEIA A TIRINHA
O PROBLEMA QUE FRANCISCO ENCONTROU ESTÁ PRESENTE
EM SUA COMUNIDADE?
CONVERSE COM SEUS COLEGAS SOBRE OUTROS PROBLEMAS
DA SUA COMUNIDADE QUE AFETAM O MEIO AMBIENTE.
CRIE UM GRUPO DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE.
A TRISTE PESCARIA DE FRANCISCO
VOLTE AO TEXTO, LEIA O TÍTULO DA HISTÓRIA E CIRCULE-O.
VOCê CONCORDA COM ESSE TÍTULO?
JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA.
b
168
INVENTE OUTRO TÍTULO PARA A hISTÓRIA DE FRANCISCO E
ESCREVA-O ABAIXO:
O QUE VOCê PODE FAZER PARA MUDAR ESSA hISTÓRIA?
169
DESENHE UMA TIRINHA QUE TENHA UM FINAL FELIZ PARA
O NOSSO PLANETA.
QUANDO FOR SORTEADO, CONTE TODAS AS
hISTÓRIAS AOS SEUS FAMILIARES, E NÃO SE ESQUEÇA
DE LEVAR O ÁLBUM NO DIA SEGUINTE PARA A
ESCOLA, COMBINADO?
PEÇA AO EDUCADOR QUE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
TÍTULO
• Dê UM TÍTULO PARA A SUA TIRINhA.
• APRESENTE-A AOS SEUS AMIGOS!
• FAÇA COMO A TURMA DO CAMPO: PENSANDO EM CONSTRUIR
UM MUNDO MELhOR, REúNA EM UM ÁLBUM AS TIRINhAS
QUE FIZERAM.
• COLOQUE SUA PRODUÇÃO NO CANTINhO DE LEITURA.
C
171
CONVERSANDO SOBRE AS BRINCADEIRAS
• EM SUA COMUNIDADE, VOCê BRINCA COM SEUS COLEGAS?
• QUAIS AS BRINCADEIRAS QUE REALIZAM?
• ALGUÉM ORIENTA VOCê EM SUAS BRINCADEIRAS?
• SEUS PAIS PARTICIPAM DAS BRINCADEIRAS?
• QUAIS OS MATERIAIS QUE UTILIZAM PARA FAZER
SUAS BRINCADEIRAS?
A
172
O TEXTO QUE VOCê LEU É:
CONVERSANDO SOBRE O TEXTO.
UM BILhETE
UMA PARLENDA
UMA CURIOSIDADE
UMA CARTA
b
ALGUMAS CRIANÇAS INDÍGENAS NÃO PRECISAM DE
CAIXAS PARA GUARDAR OS SEUS BRINQUEDOS? USAM
TUDO QUE ENCONTRAM NA NATUREZA PARA GUARDÁ-LOS.
ELES É QUE CONSTROEM TUDO COM QUE BRINCAM.
TUDO VEM DA FLORESTA E PARA A FLORESTA VOLTAM
NO FINAL DA BRINCADEIRA: BARRO, PALhA, GRAVETOS,
FOLhAS, SEMENTES, PEDRAS, DENTRE OUTROS.
173
E VOCê, ANA,
JÁ CONSTRUIU
ALGUM
BRINQUEDO?
MUITO BEM, ANA!
CONSTRUINDO BRINQUEDOS
GASTAMOS MENOS DINhEIRO E
REAPROVEITAMOS MATERIAIS
QUE POLUIRIAM O MEIO
AMBIENTE. ALÉM DISSO,
USAMOS A IMAGINAÇÃO
E NOS TORNAMOS MAIS
INTELIGENTES!
O QUE É SER LIVRE, LEVE E SOLTO?
DE ACORDO COM A REPORTAGEM, COMO AS CRIANÇAS
INDÍGENAS CONSTROEM SEUS BRINQUEDOS?
E VOCê, JÁ CONSTRUIU ALGUM BRINQUEDO
REAPROVEITANDO MATERIAIS OU UTILIZANDO
MATERIAIS QUE ENCONTRA NA NATUREZA? QUAIS?
EU JÁ! VEJA
QUE LINDA
BONECA EU FIZ
REAPROVEITANDO
MATERIAIS.
174
ADORO CONSTRUIR
BRINQUEDOS COM
MATERIAIS SIMPLES QUE
ENCONTRO PELO CAMINhO.
VEJA COMO FIZ UMA
PETECA PARA BRINCAR!
ANTES DE LER O TEXTO, TENTE DESCOBRIR OS MATERIAIS
QUE FRANCISCO UTILIZOU PARA FAZER UMA PETECA.
PETECA
MATERIAL NECESSÁRIO:
JORNAL
PEDAÇO DE BARBANTE
PENAS
MODO DE FAZER
SEPARE UMA FOLhA DE JORNAL E FAÇA UMA BOLA.
COLOQUE A BOLA NO CENTRO DA OUTRA FOLhA (PARA QUE A
PETECA TENhA PESO) E INSIRA AS PENAS.
ENVOLVA A BOLA DE JORNAL COM ESTA FOLhA E, EM
SEGUIDA, FEChE-A UTILIZANDO O BARBANTE, DEIXANDO AS
PENAS POR CIMA.
175
UIRÁ ADOROU A IDEIA DE CONSTRUIR UMA PETECA E
RECOLhEU VÁRIOS MATERIAIS QUE ENCONTROU PELO
CAMINhO. COM ESSA IDEIA, ELE TAMBÉM PODE CONTRIBUIR
PARA A PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.
CIRCULE APENAS OS MATERIAIS QUE ELE VAI PRECISAR
PARA CONSTRUIR A SUA PETECA.
NUMERE AS CENAS
DE ACORDO COM A
INSTRUÇÃO DE COMO
FAZER UMA PETECA:
PEDRAS
BARBANTE
JORNAL
FLORES
GRAVETOS
PENAS BOTÕES
176
FAÇA UMA LISTA DE OUTROS BRINQUEDOS QUE PODEMOS
CONSTRUIR SEM GASTAR DINHEIRO E QUE TAMBÉM
CONTRIBUEM NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE:
DESENHE-OS ABAIXO:
177
JUNTE AS SÍLABAS DA MESMA COR E ESCREVA O NOME DOS
BRINQUEDOS QUE VAI FORMAR.
PA TE LA
CA PI CA
BO BO PE
PI NE ÃO
CIRCULE APENAS OS BRINQUEDOS DOS QUAIS VOCê
ESCREVEU O NOME.
178
TAMBÉM QUERO
ENSINAR COMO SE
FAZ UM BRINQUEDO!
VOU MOSTRAR AS
GRAVURAS E VOCÊ VAI
ESCREVER COMO SE FAZ
UM BRINQUEDO MUITO
DIVERTIDO!
179
O BRINQUEDO É:
MATERIAL NECESSÁRIO:
MODO DE FAZER:
180
VAMOS CONSTRUIR O BRINQUEDO QUE UIRÁ ENSINOU?
DIVIRTA-SE A VALER!
C
181
O FUTURO É AGORA
PRECISAMOS ACORDAR
PRESERVANDO O MEIO AMBIENTE
CUIDANDO DO NOSSO LAR
OS ANIMAIS EM EXTINÇÃO
CAUSAM GRANDE PREOCUPAÇÃO
FAZEM PARTE DO PLANETA
COMPLETANDO A NATUREZA
NOSSAS MATAS E NOSSOS RIOS
NÓS DEVEMOS CONSERVAR
POIS SÃO FONTES DA NATUREZA
QUE PODEM ESGOTAR (...)
QUAIS AÇÕES VOCÊ REALIZA PARA PRESERVAR
O MEIO AMBIENTE?
VOCÊ SE PREOCUPA COM A SUA
PRESERVAÇÃO?
VOCÊ CONCORDA QUE DEVEMOS CONSERVAR
NOSSAS MATAS E NOSSOS RIOS?
O QUE MAIS NO NOSSO PLANETA VOCÊ
ACREDITA QUE DEVEMOS PRESERVAR?
O MEIO AMBIENTE NO CORAÇÃO DA GENTEA
as autoras
182
VOCê CONhECE ESTES ANIMAIS?
JÁ VIU ALGUM DELES? QUAIS?
183
A TURMA DO CAMPO ESTÁ TÃO PREOCUPADA COM OS ANIMAIS EM
EXTINÇÃO! ELA ESTUDOU TUDO QUE ENCONTROU SOBRE ELES.
ANTÔNIA ASSISTIU UM FILME NA TELEVISÃO QUE INTERESSOU
MUITO A TURMA DO CAMPO.
FALAVA SOBRE O PEIXE-BOI.
SEU(SUA) EDUCADOR(A) PEDIU-LhE QUE CONTASSE PARA OS
COLEGAS O QUE APRENDEU.
VEJA O QUE ANA DISSE:
“O PEIXE-BOI É TAMBÉM ChAMADO DE VACA MARINhA, POIS
VIVE TANTO NA ÁGUA DO MAR COMO NAS ÁGUAS DOS RIOS.
NO BRASIL ELE É ENCONTRADO PRINCIPALMENTE NO
RIO AMAZONAS.
ELE ESTÁ AMEAÇADO DE EXTINÇÃO, POIS APESAR DE MUITO
GRANDE É UM PEIXE MUITO MANSO E FÁCIL DE SER CAPTURADO
PELO hOMEM.
OS FILhOTES PESAM GERALMENTE DE 15 A 20 QUILOS E
MEDEM CERCA DE 1 METRO.
SÃO ANIMAIS QUE VIVEM SOZINhOS E SOMENTE DURANTE OS
DOIS PRIMEIROS ANOS DE VIDA É QUE ESTÃO JUNTOS COM A SUA
MÃE, PARA SE ALIMENTAR DE LEITE MATERNO.
NÃO É INTERESSANTE?”
VOCê SABE O QUE SIGNIFICA UM ANIMAL EM EXTINÇÃO?
EM SUA COMUNIDADE, EXISTE ALGUM ANIMAL EM
EXTINÇÃO? QUAL?
VOCê SABE QUAL A IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA DA
FAUNA9
NA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL?
9 - FAUNA: CONJUNTO DE ANIMAIS PRÓPRIOS DE UMA REGIÃO.
b
184
APÓS A LEITURA DO TEXTO FEITA PELO(a) SEU(sua)
EDUCADOR(a), RESPONDA NO QUADRO:
ESCREVA A INFORMAÇÃO QUE VOCÊ ACHOU MAIS
INTERESSANTE SOBRE O PEIXE-BOI:
PESO DO
FILHOTE
NOME DO
ANIMAL
ONDE VIVEM
NO BRASIL
TAMANHO
DO FILHOTE
185
COM A AJUDA DA SUA TURMA, COMPLETE O QUADRO
COM AS CARACTERÍSTICAS DE UM ANIMAL TÍPICO DA
SUA COMUNIDADE:
VOLTE AO TEXTO E MARQUE O NOME DA PESSOA QUE DEU O
NOME A ELE.
SE FOSSE VOCÊ QUE TIVESSE QUE ESCOLHER O NOME DO
PEIXE-BOI, QUE NOME DARIA? JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA.
CURIOSIDADE
NOME DO
ANIMAL
PESO
APROXIMADO
ONDE VIVE
186
DESENHE-O ABAIXO
187
ESCREVEMOS ABAIXO OS NOMES DE ALGUNS ANIMAIS QUE
ESTÃO EM EXTINÇÃO.
DESENHE-OS NOS QUADROS VAZIOS.
VOCê CONhECE
O JOGO DA
MEMÓRIA?
mico-leão-dourado
arara azul
baleia azul
189
RECORTE AS PEÇAS E CHAME SEUS COLEGAS PARA JOGAR.
peixe-boi
onça-pintada
tartaruga-marinha
lobo-guará
tamanduá-bandeira
191
COM SEUS FAMILIARES, DESCUBRA QUAIS OS ANIMAIS EM
EXTINÇÃO NA SUA COMUNIDADE E DESENHE-OS ABAIXO.
•	 FAÇA UMA VISITA COM SEUS COLEGAS A SINDICATOS,
ASSOCIAÇÕES E OUTRAS ENTIDADES PARA DESCOBRIR
SE HÁ MOVIMENTO ORGANIZADO PARA A PRESERVAÇÃO
DOS ANIMAIS.
• 	SE NÃO HOUVER, CONVIDE AS PESSOAS DA SUA
COMUNIDADE PARA ORGANIZAR UM “GRUPO DE
AMIGOS DOS ANIMAIS”.
C
192
CONVERSANDO SOBRE A SAÚDE.
VOCê JÁ ESTUDOU SOBRE A IMPORTÂNCIA DA PRESERVAÇÃO
DO MEIO AMBIENTE. NESSES ESTUDOS, VOCê OBSERVOU QUE A
PRESERVAÇÃO AMBIENTAL INFLUENCIA A QUALIDADE DE VIDA.
EVITAR DOENÇAS É MUITO IMPORTANTE PARA A NOSSA
SAúDE, NÃO É MESMO?
VOCê JÁ TEVE DENGUE?
CONhECE ALGUÉM QUE JÁ TEVE?
CONhECE SEUS SINTOMAS?
COMO ELA É TRANSMITIDA?
193
LEIA O TEXTO
• ESCREVA DOIS SINAIS DE ALERTA DA DENGUE?
• CIRCULE AS PALAVRAS ACIMA QUE VOCê CONhECE.
• ESCREVA OS SINAIS DE ALERTA QUE COMEÇAM COM A LETRA “D”.
DENGUE – SINAIS DE ALERTA
SINAIS DE ALERTA
• SANGRAMENTO
• DOR DE BARRIGA
• DIFICULDADE PARA RESPIRAR
• SUOR FRIO
• DESMAIOS
• QUEDA DE PRESSÃO
• VÔMITOS FREQUENTES
194
ESCREVA O NOME DA DOENÇA DE QUE ESTAMOS FALANDO.
DESENHE O TRANSMISSOR DA DENGUE.
MARQUE A OPÇÃO CORRETA.
O MOSQUITO TRANSMISSOR DA DENGUE, AEDES AEGYPTI,
COSTUMA PICAR AS PESSOAS:
DE MADRUGADA
À NOITE
DURANTE O DIA
APENAS À TARDINHA
195
MARQUE O LOCAL ONDE SE DEVE IR, CASO APRESENTE
ALGUM SINTOMA DA DENGUE:
ESCREVA TRÊS SINTOMAS DA DENGUE:
ALOCSE ALOCSE ALOCSE
196
FRANCISCO SABE QUE O MOSQUITO DA DENGUE BOTA SEUS
OVOS EM ÁGUA PARADA.
PARA EVITAR QUE O MOSQUITO SE REPRODUZA, ELE TOMOU
ALGUMAS MEDIDAS. VEJA!
VIROU AS GARRAFAS
PET DO TERREIRO DA SUA
CASA PARA BAIXO, PARA
NÃO ACUMULAR ÁGUA.
RECOLhEU OBJETOS E
MATERIAIS QUE ACUMULAM
ÁGUA PARADA.
COLOCOU AREIA NOS
PRATINhOS DOS VASOS
DE PLANTAS.
FRANCISCO FICOU
PENSANDO O QUE MAIS
PODERIA FAZER.
197
DESENHE OUTRAS DICAS PARA FRANCISCO EVITAR QUE OS
MOSQUITOS DA DENGUE SE REPRODUZAM.
ESCREVA AS DICAS QUE DESENHOU
VOCÊ CONHECE OUTRAS DOENÇAS QUE SÃO
TRANSMITIDAS POR MOSQUITOS E QUE PODEM SER
EVITADAS COM OS MESMOS CUIDADOS? QUAIS?
1
1
3
3
2
2
4
4
198
1 Litro
BRINCANDO DE DETETIVE
VOCê SERÁ O DETETIVE!
FAÇA UM CARTAZ COM AS SEGUINTES INFORMAÇÕES:
• O QUE É A DENGUE.
• NOME DO MOSQUITO QUE TRANSMITE
ESTA DOENÇA.
• COMO EVITAR A PROLIFERAÇÃO DO
MOSQUITO AEDES AEGYPTI.
• SINTOMAS DA DOENÇA.
• SAIA NA SUA COMUNIDADE E INVESTIGUE OS LOCAIS
EM QUE ESTE MOSQUITO PODE COLOCAR SEUS OVOS.
• ELIMINE OS PERIGOS QUE ENCONTRAR.
• DISTRIBUA O TEXTO QUE FIZERAM CONSCIENTIZANDO
A SUA COMUNIDADE.
A SUA ATITUDE FAZ A DIFERENÇA!
199
PREOCUPADOS COM A PRESERVAÇÃO DO PLANETA, A TURMA
DO CAMPO ESCREVEU VÁRIAS FRASES SOBRE O MEIO AMBIENTE
E DISTRIBUIU EM SUA COMUNIDADE.
Cuide da
nossa
floresta
Coma alimentos
saudáveis
200
VOCÊ ACHA QUE AS ATITUDES DA TURMINHA FORAM
IMPORTANTES? POR QUÊ?
COMO VOCÊ ACHA QUE ESTA ATITUDE PODE AJUDAR A
COMUNIDADE DESSA TURMA?
LISTE OS PRINCIPAIS PROBLEMAS AMBIENTAIS QUE AFETAM
A SUA COMUNIDADE.
201
ESCOLHA UMA PALAVRA DE CADA RETÂNGULO E ESCREVA
FRASES EDUCATIVAS SOBRE O MEIO AMBIENTE.
EU GOSTO DE
JOGAR
TOME
esconder
preservar
segurar
LUXO
LIXO
LUZ
ALEGRIA
MEDO
EDUCAÇÃO
PLANTA
ÁGUA
TERRA
BANHO
CAFÉ
LEITE
FRASE:
FRASE:
FRASE:
O MEIO AMBIENTE
NO CHÃO É FALTA DE
RÁPIDO, PARA ECONOMIZAR
202
VOCÊ PODE SER UM AGENTE AMBIENTAL
AGORA QUE ESTAMOS TERMINANDO A NOSSA 3ª UNIDADE, JÁ
CONVERSAMOS MUITO SOBRE A IMPORTÂNCIA DE CUIDAR DO
MEIO AMBIENTE, NÃO É MESMO?
SABEMOS QUE CUIDAR DA HIGIENE E DO CORPO, DA SAÚDE,
DO AMBIENTE EM QUE VIVEMOS, DOS SERES VIVOS QUE ESTÃO
AO NOSSO REDOR, DA TERRA, DO AR... ENFIM, CUIDAR DE NÓS
MESMOS E DO PLANETA, É MUITO IMPORTANTE!
ESCREVA UM TEXTO CONTANDO O QUE APRENDEU
NESTA UNIDADE.
QUANDO TERMINAR, CHAME UM COLEGA PARA O
CANTINHO DE APRENDIZAGEM E LEIA O QUE ESCREVEU
PARA ELE.
203
204
SEMINÁRIO:
O DIA DAS CONQUISTAS:
MEIO AMBIENTE E SAÚDE DO CORPO FÍSICO
Para finalizar a unidade, organize com seus colegas
um seminário.
Este seminário será apresentado para seus colegas,
familiares e para sua comunidade. Desta forma, você
poderá construir novos conhecimentos sobre o assunto
e divulgar as importantes informações que aprendeu.
• 	Convide as pessoas da comunidade que entendam
sobre ações ambientais e de saúde do corpo para dar
palestras e cursos no dia combinado. Temas sugeridos:
preservação ambiental, vacinação, higiene e saúde etc.
• 	Chame todos os colegas da sua turma para participar e
divida as tarefas de organização do seminário com eles.
C
205
SUGESTÃO DE DIVISÃO DE TAREFAS:
• 	PENSE EM UM DIA E EM UMA HORA QUE FAVOREÇA A
PRESENÇA DE TODOS.
• 	SIGA TODAS AS ORIENTAÇÕES DA Educadora, PARA QUE
TUDO ESTEJA PREPARADO NO DIA COMBINADO.
BOM TRABALHO, PESSOAL!
O 1º ANO CONFECCIONARÁ UM CONVITE A SER ENVIADO A
TODOS DA SUA COMUNIDADE PARA PARTICIPAR DO EVENTO.
O 2º ANO CONSTRUIRÁ FAIXAS E CARTAZES. DEPOIS,
ESPALHARÁ PELA ESCOLA E PELA VIZINHANÇA, FAZENDO
PROPAGANDA DO SEMINÁRIO.
O 3º ANO FICARÁ RESPONSÁVEL EM ORGANIZAR, JUNTO
COM O SEU EDUCADOR, A COLETA DE TODO O MATERIAL
PRODUZIDO PELAS CRIANÇAS DA ESCOLA E ORGANIZAR UMA
EXPOSIÇÃO COM ELE.
LEMBRE-SE: A EXPOSIÇÃO SERÁ VISITADA POR TODOS
DA COMUNIDADE.
O 4º ANO REALIZARÁ, ATRAVÉS DOS MATERIAIS PRODUZIDOS
NA EXPOSIÇÃO, UMA APRESENTAÇÃO DE TODO O CONTEÚDO
DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ESTUDADO.
O 5º ANO FICARÁ ENCARREGADO DE FAZER PALESTRAS
SOBRE O ASSUNTO PARA TODOS DA COMUNIDADE
(Educandos, Educadores E PAIS).
206
VAMOS TRABALHAR JUNTOS!
NO INÍCIO DA UNIDADE 2, VOCê ESCOLhEU
UMA PARLENDA E A ESCREVEU PARA QUE
SEU EDUCADOR ACOMPANhASSE SEUS
PROGRESSOS.
PENSE AGORA EM ALGUMAS FRASES SOBRE O MEIO AMBIENTE
QUE VOCê GOSTA E ESCREVA-AS NA PRÓXIMA PÁGINA.
ATENÇÃO PARA AS DICAS:
• PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM AS FRASES E
ESCREVA-AS, UMA A UMA;
• LEIA AS FRASES À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E
VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA;
• ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO
PRÓPRIO DE ESCREVER;
• APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA TODAS AS FRASES E
OBSERVE SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO,
SE NECESSITAR;
• LEIA SUAS FRASES PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM
O DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO.
OBSERVE AS ESCRITAS QUE
REALIZOU DURANTE AS TRêS
UNIDADES E, JUNTO COM
SEU EDUCADOR, ANALISE
COMO AVANÇOU EM SEUS
CONhECIMENTOS.
207
ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 4
DATA:
NOME:
IDADE:
DIAGNÓSTICO DE FRASES
POR QUE ESCOLhEU ESSAS FRASES?
POR QUE VOCê AChA QUE ESSAS FRASES SÃO IMPORTANTES
PARA O MEIO AMBIENTE?
COMO VOCê PODE DIVULGÁ-LAS PARA AJUDAR A
PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE?
ESTE LIVRO NÓS FIZEMOS
COM ALEGRIA E PRAZER
SÓ PRA ENSINAR A VOCêS
O SABER LER E ESCREVER.
ELE É UM BELO PRESENTE
QUE AQUI QUEREMOS DEIXAR
NA CERTEZA DE QUE NESTE FINAL
ESTÃO PRONTOS PRA CAMINhAR.
A PORTA JÁ FOI ABERTA
AGORA É SÓ ENTRAR
NO MUNDO MARAVILhOSO
DO LER, ESCREVER E SONhAR
TEMOS CERTEZA QUE AGORA
TODOS JÁ ESTÃO SEDUZIDOS
PELO PRAZER DE EXPRESSAR
TODOS OS SONhOS PERDIDOS
ESCREVER PARA DEIXAR
TODAS AS NOSSAS EMOÇÕES
E QUE NÃO SEJA SÓ COM A MÃO
MAS SIM COM O CORAÇÃO.
AS AUTORAS.
HORA DA DESPEDIDA
209
VAMOS ENCERRANDO POR AQUI.
QUE ESTE LIVRO TENHA AJUDADO VOCÊ E
OS SEUS COLEGAS A REFLETIREM, AINDA MAIS,
SOBRE A LEITURA E A ESCRITA.
SENTIREMOS MUITA SAUDADE DESSA
TURMINHA ANIMADA QUE PASSOU TANTO
TEMPO TRABALHANDO CONOSCO.
ESPERAMOS QUE TENHAM GOSTADO DO LIVRO
2, ASSIM COMO NÓS GOSTAMOS DE PREPARÁ-LO
PARA VOCÊS.
QUE TAL NOS CONTAR O QUE ACHARAM DESSE
TRABALHO?
ABRAÇOS.
OBSERVE AS ESCRITAS
QUE REALIZOU DURANTE AS
TRÊS UNIDADES E, JUNTO
COM SEU(SUA) Educador(a),
ANALISE SEUS AVANÇOS.
210
211
A A A A A
A A A A A
A A A A A
A A A A A
E E E E E
E E E E E
E E E E E
213
I I I I I
I I I I I
O O O O O
O O O O O
O O O O O
U U U U U
U U U U U
215
B B B B C
C C C C D
D D D F F
F F G G G
H H J J J
K K L L L
M M M M N
217
N N P P P
Q Q Q R R
R R R S S
S S S T T
T T V V V
W W W X X
Y Y Z Z Z
219
A A A A A
A A A A A
A A A A A
A A A A A
E E E E E
E E E E E
E E E E E
221
Referências
PÁG. 117 – Alfabetização: livro do aluno. 3ª ed. Brasília: FUNDEESCOLA/SEF-MEC, 2007.
PÁG. 133 – ADAPTAÇÃO PROJETOS: CONTOS DE FADAS, GLAUCE ROSSI QUILICI
222
224

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1 jogos diversos pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos  pnaic u_nidade 41 jogos diversos  pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos pnaic u_nidade 4
Isa ...
 
94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao
94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao
94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao
Eduardo Lopes
 
Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1
Isa ...
 
Escola ativa alfabetizacao - 1 º ano
Escola ativa alfabetizacao - 1 º anoEscola ativa alfabetizacao - 1 º ano
Escola ativa alfabetizacao - 1 º ano
Fabiana Esteves
 
Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50
Isa ...
 
Apostilaportuguêscláudia
ApostilaportuguêscláudiaApostilaportuguêscláudia
Apostilaportuguêscláudia
CLAUDIA RAVAIANO
 
Texto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º anoTexto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º ano
Silvânia Silveira
 
Aniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabetoAniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabeto
Célia Reis
 

Mais procurados (20)

1 jogos diversos pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos  pnaic u_nidade 41 jogos diversos  pnaic u_nidade 4
1 jogos diversos pnaic u_nidade 4
 
Avaliação de Matematica 2º ano
Avaliação de Matematica 2º anoAvaliação de Matematica 2º ano
Avaliação de Matematica 2º ano
 
gente tem nome e sobrenome.pdf
gente tem nome e sobrenome.pdfgente tem nome e sobrenome.pdf
gente tem nome e sobrenome.pdf
 
Sequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDASequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDA
 
94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao
94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao
94071757 caderno-de-atividades-alfabetizacao
 
Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1
 
Sequência didática a casa e seu dono (1)
Sequência didática a casa e seu dono (1)Sequência didática a casa e seu dono (1)
Sequência didática a casa e seu dono (1)
 
Escola ativa alfabetizacao - 1 º ano
Escola ativa alfabetizacao - 1 º anoEscola ativa alfabetizacao - 1 º ano
Escola ativa alfabetizacao - 1 º ano
 
Viviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijamaViviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijama
 
Atividades Avaliativas para 1º ano
Atividades Avaliativas para 1º anoAtividades Avaliativas para 1º ano
Atividades Avaliativas para 1º ano
 
Apostila de atividades de alfabetização
Apostila de atividades de alfabetizaçãoApostila de atividades de alfabetização
Apostila de atividades de alfabetização
 
Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50
 
Prova de Língua Portuguesa
Prova de Língua PortuguesaProva de Língua Portuguesa
Prova de Língua Portuguesa
 
Loteria m antes de p e b
Loteria m antes de p e bLoteria m antes de p e b
Loteria m antes de p e b
 
Apostilaportuguêscláudia
ApostilaportuguêscláudiaApostilaportuguêscláudia
Apostilaportuguêscláudia
 
Texto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º anoTexto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º ano
 
Aniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabetoAniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabeto
 
Sequência didática do pato
Sequência didática do patoSequência didática do pato
Sequência didática do pato
 
Apostila das quadrinhas e textos complementares
  Apostila das quadrinhas e textos complementares  Apostila das quadrinhas e textos complementares
Apostila das quadrinhas e textos complementares
 
Projetos desafios português - 2º ano - livro escrita
Projetos desafios   português - 2º ano - livro escritaProjetos desafios   português - 2º ano - livro escrita
Projetos desafios português - 2º ano - livro escrita
 

Semelhante a Escola ativa alfabetizacao - 2º ano

Escola ativa-alfabetizacao3
Escola ativa-alfabetizacao3Escola ativa-alfabetizacao3
Escola ativa-alfabetizacao3
Fabiana Esteves
 
Para PNAIC-Sequencia didática -1
Para PNAIC-Sequencia didática -1Para PNAIC-Sequencia didática -1
Para PNAIC-Sequencia didática -1
Graça Sousa
 
7 c 1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
7 c   1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-20217 c   1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
7 c 1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
Nivea Neves
 
Sandra bozza alfabetização e disturbios
Sandra bozza   alfabetização e disturbiosSandra bozza   alfabetização e disturbios
Sandra bozza alfabetização e disturbios
Marlene Campos
 

Semelhante a Escola ativa alfabetizacao - 2º ano (20)

Escola ativa-alfabetizacao3
Escola ativa-alfabetizacao3Escola ativa-alfabetizacao3
Escola ativa-alfabetizacao3
 
sodapdf-split.pdf
sodapdf-split.pdfsodapdf-split.pdf
sodapdf-split.pdf
 
Apostila 1 ano_vol4
Apostila 1 ano_vol4Apostila 1 ano_vol4
Apostila 1 ano_vol4
 
Apostila 1 ano_vol4
Apostila 1 ano_vol4Apostila 1 ano_vol4
Apostila 1 ano_vol4
 
Apostila 2021 1 ano_volume 1
Apostila 2021 1 ano_volume 1Apostila 2021 1 ano_volume 1
Apostila 2021 1 ano_volume 1
 
Jogos da caixa alfabetizacao e letramento arquivo digital
Jogos da caixa  alfabetizacao e letramento  arquivo  digitalJogos da caixa  alfabetizacao e letramento  arquivo  digital
Jogos da caixa alfabetizacao e letramento arquivo digital
 
Atividade de linguagem
Atividade de linguagemAtividade de linguagem
Atividade de linguagem
 
Apostila 3 1ºano
Apostila 3 1ºanoApostila 3 1ºano
Apostila 3 1ºano
 
1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf
1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf
1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf
 
1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf
1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf
1 Ano Caderno 1 LP Aluno 2023.pdf
 
Para PNAIC-Sequencia didática -1
Para PNAIC-Sequencia didática -1Para PNAIC-Sequencia didática -1
Para PNAIC-Sequencia didática -1
 
Apostila vol5 1ºano
Apostila vol5 1ºanoApostila vol5 1ºano
Apostila vol5 1ºano
 
Modulo 1 ano_final
Modulo 1 ano_finalModulo 1 ano_final
Modulo 1 ano_final
 
Sequencia didática
Sequencia didática Sequencia didática
Sequencia didática
 
7 c 1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
7 c   1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-20217 c   1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
7 c 1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
 
7 c 1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
7 c   1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-20217 c   1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
7 c 1º bimestre - revisão - 01-03 a 26-03-2021
 
Sequencia 2 ana lucia
Sequencia 2  ana luciaSequencia 2  ana lucia
Sequencia 2 ana lucia
 
Sequencia didatica baixo_desempenho
Sequencia didatica baixo_desempenhoSequencia didatica baixo_desempenho
Sequencia didatica baixo_desempenho
 
Sandra bozza alfabetização e disturbios
Sandra bozza   alfabetização e disturbiosSandra bozza   alfabetização e disturbios
Sandra bozza alfabetização e disturbios
 
Apostila 2021 1 ano volume 2
Apostila 2021 1 ano volume 2Apostila 2021 1 ano volume 2
Apostila 2021 1 ano volume 2
 

Mais de Fabiana Esteves

ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
Fabiana Esteves
 
Literatura na infância caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015
Literatura na infância   caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015Literatura na infância   caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015
Literatura na infância caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015
Fabiana Esteves
 
1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda
1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda
1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda
Fabiana Esteves
 

Mais de Fabiana Esteves (20)

Plano semanal africanidades
Plano semanal africanidadesPlano semanal africanidades
Plano semanal africanidades
 
O que posso fazer para ajudar no processo de aprendizagem do
O que posso fazer para ajudar no processo de aprendizagem doO que posso fazer para ajudar no processo de aprendizagem do
O que posso fazer para ajudar no processo de aprendizagem do
 
Meu aluno do quarto ano não está alfabetizado..docx
Meu aluno do quarto ano não está alfabetizado..docxMeu aluno do quarto ano não está alfabetizado..docx
Meu aluno do quarto ano não está alfabetizado..docx
 
O curriculo no ciclo de alfabetização
O curriculo no ciclo de alfabetizaçãoO curriculo no ciclo de alfabetização
O curriculo no ciclo de alfabetização
 
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015 Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
 
Estabelecendo metas e organizando o trabalho
Estabelecendo metas e organizando o trabalhoEstabelecendo metas e organizando o trabalho
Estabelecendo metas e organizando o trabalho
 
2ª Encontro PNAIC 17 de out 2015
2ª Encontro PNAIC 17 de out 20152ª Encontro PNAIC 17 de out 2015
2ª Encontro PNAIC 17 de out 2015
 
ENTRE NA RODA - MÓDULO 1
ENTRE NA RODA  - MÓDULO 1ENTRE NA RODA  - MÓDULO 1
ENTRE NA RODA - MÓDULO 1
 
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃOENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
 
7 plataformas de autopublicação para novos escritores
7 plataformas de autopublicação para novos escritores7 plataformas de autopublicação para novos escritores
7 plataformas de autopublicação para novos escritores
 
Slides bordando leituras
Slides bordando leiturasSlides bordando leituras
Slides bordando leituras
 
Cora Coralina
Cora CoralinaCora Coralina
Cora Coralina
 
Biografia Cora Coralina
Biografia Cora CoralinaBiografia Cora Coralina
Biografia Cora Coralina
 
Sala de leitura e alfabetização: apoio pedagógico?
Sala de leitura e alfabetização: apoio pedagógico?Sala de leitura e alfabetização: apoio pedagógico?
Sala de leitura e alfabetização: apoio pedagógico?
 
Concepções de leitura
Concepções de leituraConcepções de leitura
Concepções de leitura
 
Encontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana Esteves
Encontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana EstevesEncontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana Esteves
Encontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana Esteves
 
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
 
Literatura na infância caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015
Literatura na infância   caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015Literatura na infância   caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015
Literatura na infância caminhos para conquistar novos leitores - julho 2015
 
1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda
1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda
1ª coletânea de poemas Elisa Lucinda
 
Caminhão Leia Caxias
Caminhão Leia CaxiasCaminhão Leia Caxias
Caminhão Leia Caxias
 

Último

b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
Renandantas16
 

Último (7)

Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos AcontecerPesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
 

Escola ativa alfabetizacao - 2º ano

  • 1.
  • 2. 2
  • 3. 3 1ª edição Brasília – DF 2010 Janine Ramos Lopes Maria Celeste Mattos de Abreu Maria Celia Elias Mattos
  • 4. 4 E Q U I P E E D I T O R I A L Armênio Bello Schimidt Eliane Alves de Melo Eliete Ávila Wolff Ivanilde Oliveira de Castro Rosimar da Silva Feitosa Soares Costa Sisley Cíntia Lopes Rocha Viviane Costa Moreira Wanessa Zavareze Sechim A S S E S S O R I A P E D A G Ó G I C A Ana Maria Morais Angélica Maria Frazão de Souza Sisley Cíntia Lopes Rocha Élida Fiorot P R O J E T O G R Á F I C O André Carvalho & Iluminura Design D I A G R A M A Ç Ã O Simone Silva D E S I G N d e P E R S O N A G E N S Estevan Gracia I L U S T R A Ç Õ E S Edson Farias R E V I S Ã O Denise Goulart D ados I nternacionais de C atalogação na P ublicação ( C I P ) C entro de I nformação e B iblioteca em E ducação ( C I B E C ) Lopes, Janine Ramos. Caderno de ensino e aprendizagem : alfabetização e letramento 2 / Janine Ramos Lopes, Maria Celeste Mattos de Abreu, Maria Célia Elias Mattos. – Brasília : Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2010. 220 p. : il. -- (Programa Escola Ativa) 1. Educação no campo. 2. Alfabetização. 3. Letramento. 4. Programa Escola Ativa. I. Abreu, Maria Celeste Matos de. II. Mattos, Maria Célia Elias. III. Título. IV. Série. ISBN: 978-85-7994-022-4 CDU 373.3(1-22) Coordenação Geral de Educação do Campo – cgec/secad/mec sgas Quadra 607, Lote 50, sala 104 cep: 70.200-670 – Brasília - DF (61) 2022- 9011 coordenacaodocampo@mec.gov.br
  • 5. 5 ESSA TURMA, ASSIM COMO VOCê, ESTUDA EM UMA CLASSE MULTISSERIADA DE ESCOLA DO CAMPO. ASSIM COMO NO LIVRO 1, ELES LhE FARÃO COMPANhIA NAS ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM E NAS LEITURAS, E CADA UM DELES TEM UMA CARACTERÍSTICA PESSOAL QUE VOCê IRÁ DESCOBRIR. ELES CONTINUAM COM A EDUCADORA JOANA, QUE ORIENTA ESTAS CRIANÇAS CURIOSAS EM SUAS OPORTUNIDADES DE ACESSO AO CONhECIMENTO. ENTÃO, VOCê CONTINUARÁ COM DUAS TURMAS NOS ANOS INICIAIS DE ENSINO FUNDAMENTAL: A DO LIVRO, ChAMADA ‘TURMA DO CAMPO’, E A TURMA FORMADA PELOS SEUS COLEGAS DE CLASSE. É COM ELES E COM A SUA EDUCADORA, OU COM O SEU EDUCADOR, QUE VOCê IRÁ CONVIVER NESTA VIAGEM QUE FARÁ PARTE DA SUA VIDA ESCOLAR. TURMA DO CAMPO 5
  • 6. 6 Neste livro, você vai encontrar desenhos que indicam como a atividade deve ser realizada. Veja: Reúna-se com um colega ou uma colega. Passe as folhas de seu livro para descobrir esses desenhos. Fale o que eles indicam. ESSES DESENHOS TÊM O NOME DE ÍCONES. VERIFIQUE SE VOCÊ APRENDEU ATIVIDADE NO CADERNO ATIVIDADE EM CASA ATIVIDADE EM PEQUENOS GRUPOS ATIVIDADE INDIVIDUAL ATIVIDADE EM DUPLA LEITURAATIVIDADE COLETIVA ATIVIDADE INDIVIDUAL COM O EDUCADOR
  • 7. índice UNIDADE 1 UNIDADE 2 UNIDADE 3 MEU NOME E MEU SOBRENOME 09 A TURMA DO CAMPO E SUA REGIÃO DO BRASIL 71 A TURMA DO CAMPO SE PREOCUPA COM O MEIO AMBIENTE 145 7
  • 8.
  • 9. 9 UNIDADE 1 NOME TEM SOBRENOME ANA MARIANA FERNANDA EDUARDA UIRÁ JOÃO PEDRO GABRIEL LORENZO DÉBORA FELIPE FRANCISCO ALEXANDRE ANTÔNIA ANDRÉA MARCOS BERNARDO RAIMUNDO 9
  • 10. 10 VAMOS CONTINUAR NESSA INCRÍVEL AVENTURA, QUE É O MUNDO DO CONHECIMENTO. VOCÊS JÁ SABEM QUE TEMOS MUITO DESEJO EM AJUDÁ-LAS A AVANÇAR NOS CONHECIMENTOS DA LEITURA E DA ESCRITA, NÃO É MESMO? SENDO ASSIM, CRIAMOS NO LIVRO 2 NOVAS ATIVIDADES QUE DESAFIARÃO VOCÊS A PENSAREM SOBRE ELAS. NO LIVRO 1, NOS APROXIMAMOS DE VÁRIOS TEXTOS, TAIS COMO RECEITAS, PARLENDAS, QUADRINHAS, REPORTAGENS, DENTRE OUTROS. PARTICIPAMOS DE VÁRIOS MOMENTOS DE LEITURA, CONHECEMOS VÁRIAS IDEIAS, COMPREENDEMOS O SIGNIFICADO DAS LETRAS E DAS PALAVRAS, APRENDEMOS A ESCREVÊ-LAS, PENSAMOS SOBRE OS SONS QUE ELAS REPRESENTAM... ENFIM, TIVEMOS MOMENTOS DELICIOSOS E DE MUITO SIGNIFICADO, NÃO É VERDADE? NESTA UNIDADE, VAMOS JUNTOS TRABALHAR A ORDEM ALFABÉTICA, O NOME E O SOBRENOME DE TODA SUA TURMA, E A IMPORTÂNCIA DE SERMOS REGISTRADOS QUANDO NASCEMOS. FIZEMOS TUDO COM MUITO CARINHO, PENSANDO NO QUANTO VOCÊ IRÁ GOSTAR! ABRAÇOS OLÁ, CRIANÇAS. 10
  • 11. 11 VAMOS TRABALHAR JUNTOS! VOCê ESCREVIA ANTES DE ENTRAR NA ESCOLA? PARA QUEM? PARA QUê? VOCêS JÁ FALARAM DE VÁRIAS FORMAS DE ESCREVER: BILhETES, VERSOS, QUADRINhAS, MúSICAS E OUTRAS FORMAS DE ESCRITA. PENSE, AGORA, EM UMA MúSICA QUE VOCê GOSTA E SABE DE COR E ESCREVA-A NA PRÓXIMA PÁGINA. • PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM A MúSICA E ESCREVA-AS, UMA A UMA; • LEIA O TEXTO À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA; • ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO PRÓPRIO DE ESCREVER; • APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA O TEXTO INTEIRO E OBSERVE SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO, SE NECESSITAR; • LEIA SEU TEXTO PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM O DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO. ATENÇÃO PARA AS DICAS: NA PRÓXIMA UNIDADE, SEU EDUCADOR MOSTRARÁ COMO VOCê AVANÇOU NOS SEUS CONhECIMENTOS E CONTARÁ PARA VOCê O QUE VOCê AINDA PRECISARÁ APRENDER.
  • 12. 12
  • 13. 13 ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 1 DATA: NOME: IDADE: DIAGNÓSTICO DE MúSICA: POR QUE ESCOLhEU ESTA MúSICA? ONDE APRENDEU? QUEM A ENSINOU A VOCê?
  • 15. 15 CONHECENDO MELHOR A NOSSA TURMA DO CAMPO VAMOS JUNTOS, ATRAVÉS DAS PISTAS, DESCOBRIR O NOME DE CADA UM. LEIA, COM SEU EDUCADOR, AS DICAS E ESCREVA O NOME DE CADA UM. 1 ANA ADORA PULAR CORDA. 2 RAIMUNDO NÃO USA ÓCULOS E ESTÁ ENTRE ANTÔNIA E ANA. 3 UIRÁ NÃO USA ÓCULOS. 4 FRANCISCO ESTÁ AO LADO DE UIRÁ. A
  • 16. 16 TRABALHANDO COM O ALFABETO COM O EDUCADOR DA TURMA, VAMOS TRABALHAR AS LETRAS DO ALFABETO. ELE NOS PEDIU PARA MARCAR APENAS AS LETRAS NO QUADRO ABAIXO. AGORA, COM SEUS COLEGAS, FALE OS NOMES DAS LETRAS E DOS SÍMBOLOS QUE ENCONTROU. B 6 8 K T C U L 1 C V 2 5 M J S A J E W N E 4 F 6 O F
  • 17. 17 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z OBSERVE O QUADRO ABAIXO E MARQUE AS LETRAS QUE VOCÊ CONHECE E SABE O NOME. CONTE QUANTAS SÃO E DIGA AO EDUCADOR O NOME DELAS. O ALFABETO TEM LETRAS. OBSERVE AS CORES DAS LETRAS DO ALFABETO. ALGUMAS FORAM ESCRITAS EM VERMELHO, OUTRAS, EM PRETO. COPIE AS LETRAS QUE FORAM ESCRITAS EM VERMELHO NA ORDEM EM QUE APARECEM. AS OUTRAS LETRAS SÃO CHAMADAS DE CONSOANTES. ESCREVA-AS EM SEU CADERNO. QUANDO TERMINAR, APRESENTE SEU TRABALHO AO EDUCADOR E PEÇA QUE ELE REGISTRE SEU PROGRESSO. ELAS SÃO 5 E SÃO CHAMADAS DE VOGAIS.
  • 18. 18 VOCê SABIA QUE PARA REPRESENTAR O QUE FALAMOS USAMOS AS LETRAS DO ALFABETO? DESSA FORMA, PODEMOS ESCREVER TUDO O QUE DESEJAMOS. LEIA COM SEU EDUCADOR O POEMA. DESCOBERTA DO ALFABETO AINDA BEM QUE DESCOBRIRAM O QUE TEMOS QUE SABER SÃO AS LETRAS DO ALFABETO PARA LER E ESCREVER. TODAS SÃO MUITO IMPORTANTES NA hORA DE LER E ESCREVER AS VOGAIS OU CONSOANTES SE FALTAR NÃO DÁ PRA LER. APRENDER A LER É LEGAL QUANDO QUEREMOS DIZER TUDO AQUILO QUE SENTIMOS SEM FALAR, BASTA ESCREVER. AS AUTORAS VOCê SABIA QUE AS LETRAS AJUDAM A TRANSFORMAR IDEIAS ATÉ EM POEMAS?
  • 19. 19 EM RODA, CONVERSE COM SEUS COLEGAS E RESPONDA: • Qual será a descoberta da qual fala o poema? • Para que servem as letras do alfabeto? • Como você acha que devem se sentir as pessoas que não sabem ler? RELEIA O POEMA E CIRCULE AS PALAVRAS QUE RIMAM. RISQUE NO POEMA AS PALAVRAS QUE TÊM A CONSOANTE: VEJA O ALFABETO DA SUA SALA E OBSERVE A ORDEM EM QUE AS LETRAS APARECERAM. ESTA ORDEM SE CHAMA ORDEM ALFABÉTICA. COM SEU COLEGA, VÁ AO CANTINHO DE APRENDIZAGEM, PEGUE O ALFABETO MÓVEL E ORGANIZE AS LETRAS EM ORDEM ALFABÉTICA. Lm a e c
  • 20. 20 COMPLETE A ORDEM ALFABÉTICA COM AS LETRAS QUE ESTÃO FALTANDO. A C E G H J K L N O Q R S U W X Y Z APRESENTE SEU TRABALHO AO EDUCADOR E PEÇA QUE REGISTRE SEU PROGRESSO.
  • 21. 21 EM DUPLA, COMPLETEM OS VIZINHOS DAS LETRAS DO ALFABETO, COLOCANDO A LETRA QUE VEM ANTES E DEPOIS: ANTES ANTESDEPOIS DEPOIS M E J C V R VEJA QUANTAS VEZES A LETRA “B” APARECE NO QUADRO ABAIXO. FAÇA UM CÍRCULO EM VOLTA DELAS: B
  • 22. 22 ESCREVA, EM ORDEM ALFABÉTICA, O NOME DOS SEUS COLEGAS DE EQUIPE E CONSULTE NA LISTA DE CONTROLE DA FREQUÊNCIA O NOME DOS EDUCANDOS DAS OUTRAS SÉRIES. C
  • 23. 23 EM ORDEM ALFABÉTICA, ORGANIZE UMA LISTA COM OS NOMES DAS PESSOAS DE SUA FAMÍLIA. DEPOIS, LEIA PARA SEUS COLEGAS. APRESENTE SEU TRABALHO AO EDUCADOR E PEÇA QUE REGISTRE SEU PROGRESSO.
  • 24. 24 a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z AS LETRAS PODEM SER ESCRITAS DE FORMAS DIFERENTES. ALFABETO MAIÚSCULO ALFABETO MINÚSCULO OBSERVE OS ALFABETOS ABAIXO: A
  • 25. 25 LIGUE AS LETRAS MINÚSCULAS NA ORDEM ALFABÉTICA E VEJA A FIGURA QUE IRÁ FORMAR: B
  • 26. 26 AJUDE ANTÔNIA A ENCONTRAR OS OBJETOS QUE UTILIZAMOS NA SALA DE AULA, LIGANDO A PALAVRA ESCRITA COM A LETRA MAIÚSCULA COM A PALAVRA ESCRITA COM LETRA MINÚSCULA: LÁPIS caneta borracha CADERNO giz GIZ CANETA QUADRO APAGADOR apagador lápis caderno BORRACHA quadro
  • 27. 27 JOGUE COM SEUS COLEGAS E APRENDA MAIS SOBRE AS LETRAS JOGO DO DOMINÓ NúMERO DE PARTICIPANTES: DE 2 A 4 MODO DE JOGAR: • EMBARALhE AS PEÇAS E DIVIDA EM NúMERO IGUAL AO DOS PARTICIPANTES; • INICIA O JOGO QUEM TIVER A PEÇA Aa; • O PRÓXIMO SERÁ O QUE TIVER LETRA a MINúSCULA; • ENCAIXAR SEMPRE AS LETRAS MINúSCULAS NAS MAIúSCULAS; • O JOGADOR QUE NÃO TIVER A PEÇA QUE ENCAIXA, PERDE A VEZ, PASSANDO PARA O PRÓXIMO PARTICIPANTE; • VENCE O JOGO QUEM ENCAIXAR PRIMEIRO TODAS AS PEÇAS. JOGUE QUANTAS VEZES VOCê DESEJAR E CONSULTE O ALFABETO MINúSCULO SE PRECISAR. C
  • 28.
  • 29. 29 A a b c d e f g h i a B c d e f g h i j
  • 30.
  • 31. 31 j K l M n O p Q r S k L m N o P q R s T
  • 32.
  • 33. 33 t U v W x Y z u V w X y Z
  • 34.
  • 35. 35 BRINCANDO COM AS LETRAS MÓVEIS COM AS LETRAS DO ALFABETO, ESCREVA O NOME DE CADA CRIANÇA DA TURMA DO CAMPO. COMPLETE O QUADRO ABAIXO E DESCUBRA AINDA MAIS SOBRE O NOME DA TURMA DO CAMPO. TURMA DO CAMPO NOME FAÇA O MESMO COM O NOME DA SUA TURMA, PESQUISANDO A FICHA DE PRESENÇA DA SALA DE AULA, COLOCANDO O NÚMERO DE LETRAS E O NÚMERO DE PEDACINHOS DO NOME. LEVE PARA O CANTINHO DE LEITURA, PARA QUE PESQUISEM QUANDO PRECISAR. A
  • 36. 36 VAMOS APRENDER MAIS SOBRE O SEU NOME! VOCê GOSTA DO SEU NOME? VOCê SABE POR QUE RECEBEU ESSE NOME DOS SEUS PAIS? VOCê AChA IMPORTANTE TER UM NOME? JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA. ESCREVA SEU NOME NO CRACHÁ ABAIXO: PERGUNTE A SEUS PAIS POR QUE TEM ESTE NOME.
  • 37. 37 DESCUBRA OS NOMES ESCONDIDOS NO MEIO DAS PALAVRAS ABAIXO. EU JÁ ENCONTREI UM PARA VOCêS! LISTA DE NOMES b SIRENE CANA hARMÔNICA CABELO PELÚCIA PRIMAVERA CALDO SERENATA ARMÁRIO LEGENDÁRIO CAMÉLIA
  • 38. 38 ESCREVA OS NOMES QUE VOCÊ DESCOBRIU.
  • 39. 39 CONTE A SEUS PAIS A IMPORTÂNCIA DO NOME NA VIDA DE CADA UM DE NÓS. PERGUNTE A ELES POR QUE VOCÊ TEM ESSE NOME. ESCREVA A HISTÓRIA DO SEU NOME, DANDO UM TÍTULO A ELA. APRESENTE SEU TRABALHO PARA O EDUCADOR E PEÇA QUE ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO. C
  • 40. 40 VEJA A DESCOBERTA DA TURMA OBJETOS TêM NOMES...PESSOAS TêM NOMES... LUGARES TêM NOMES... RUAS TêM NOMES... ANIMAIS TAMBÉM TêM NOMES... A
  • 41. 41 QUANDO CRIAMOS ALGUM ANIMAL, DAMOS UM NOME A ELE. VEJA QUANTOS ANIMAIS O FRANCISCO TEM. ESCREVA A PRIMEIRA LETRA DAS FIGURAS E DESCUBRA O NOME DOS ANIMAIS QUE ELE CRIA: b ˜ ˜
  • 42. 42 JOGUE COM SEUS COLEGAS E DESCUBRA O NOME DO ANIMAL QUE ANA CRIA. OLÁ, PESSOAL. JÁ BRINCARAM DE FORCA? JOGO DA FORCA REGRA DO JOGO • O EDUCADOR PENSARÁ EM UM NOME E COLOCARÁ AS LACUNAS DE ACORDO COM O NúMERO DE LETRAS DO NOME ESCOLhIDO. • DITE UMA LETRA AO EDUCADOR. CASO VOCê ACERTE A LETRA, O EDUCADOR A ESCREVERÁ NA LACUNA CORRESPONDENTE. CASO NÃO ACERTE, A LETRA QUE VOCê DITOU IRÁ PARA O BANCO DE LETRAS. • CADA LETRA QUE ERRAR, O EDUCADOR DESENhARÁ UMA PARTE DO CORPO DE UM BONECO. • QUANDO O(A) EDUCADOR(A) DESENhAR TODAS AS PARTES DO CORPO DO BONECO, ELE SERÁ “ENFORCADO”. • VOCê DEVE DESCOBRIR O NOME DO BONECO, ANTES DELE SER “ENFORCADO”. • SE O BONECO FOR “ENFORCADO” ANTES, O EDUCADOR ESCOLhE OUTRO NOME E COMEÇA OUTRA PARTIDA. VOCê JÁ CONhECIA ESTE JOGO? OS JOGOS PODEM MUDAR DE NOME DE ACORDO COM A REGIÃO DO PAÍS. QUAL O NOME DESTE JOGO NA SUA REGIÃO?
  • 44. 44 VAMOS BRINCAR! É MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊ CONHEÇA, E SAIBA ESCREVER, TODAS AS LETRAS DO ALFABETO. BRINQUE DE FORCA, BINGO DAS LETRAS, CALDEIRÃO DA BRUXA, MEMÓRIA DA LETRA INICIAL DO NOME DOS COLEGAS, QUANTAS VEZES PRECISAR, ATÉ QUE SAIBA TODAS AS LETRAS. UTILIZAR O KIT PEDAGÓGICO QUE EXISTE NA SUA ESCOLA. CONVERSE COM SEUS COLEGAS SOBRE OUTROS JOGOS QUE VOCÊ CONHECE E ESCREVA AS REGRAS DELES. LEVE PARA O CANTINHO DE LEITURA UMA LISTA COM O NOME DAS BRINCADEIRAS E DOS JOGOS QUE VOCÊS CONHECEM E QUE AJUDAM VOCÊS A APRENDER AS LETRAS, COMBINADO?
  • 45. 45 VOCÊ CRIA ALGUM ANIMAL NA SUA CASA? QUAL? CONVERSE COM SUA FAMÍLIA SOBRE A IMPORTÂNCIA DOS ANIMAIS PARA VOCÊ E PARA A SUA COMUNIDADE. VOLTE À ESCOLA E CONVERSE COM SEUS COLEGAS SOBRE O QUE DESCOBRIU. C
  • 46. 46 VOCê SABIA QUE, ALÉM DO NOME, TODAS AS PESSOAS TêM SOBRENOME? QUAL É O SEU? POR QUE É IMPORTANTE TER UM SOBRENOME? VAMOS LER O TEXTO. AMIGO NÃO TEM SOBRENOME O NOME É MUITO IMPORTANTE E CADA UM TEM O SEU JUNTO COM ELE VEM TAMBÉM O SOBRENOME QUE RECEBEU MARINA, LUIZA OU JOÃO MUITOS VAMOS ENCONTRAR NA NOSSA SALA DE AULA ATÉ MAIS DE UM SE PRECISAR E SEMPRE JUNTO COM O NOME O SOBRENOME DEVE ESTAR POIS É ELE QUE VAI DIZER QUAL COLEGA QUERO ChAMAR TODOS ELES SÃO QUERIDOS E DELES EU NÃO ME ESQUEÇO AMIGO NÃO TEM SOBRENOME AMIGO TEM ENDEREÇO RAFAELLA OLIVEIRA DAVES – 10 ANOS SOBRENOME: PARTE DO NOSSO NOME QUE VEM DA FAMÍLIA DO PAI OU DA MÃE DE CADA UM. A
  • 47. 47 CONVERSANDO SOBRE O POEMA NA SUA OPINIÃO, POR QUE O TÍTULO DO POEMA É “AMIGO NÃO TEM SOBRENOME”? SE VOCÊ FOSSE ESCREVER ESSE POEMA, QUE TÍTULO DARIA? ESSE POEMA FOI ESCRITO POR UMA CRIANÇA OU POR UM ADULTO? ESCREVA PALAVRAS DO POEMA QUE RIMAM COM: ENCONTRAR SEU ESCREVA OS NOMES QUE APARECEM NO POEMA E INVENTE SOBRENOMES PARA ELES. B
  • 48. 48 COPIE TRÊS PALAVRAS DO POEMA COM: 2 LETRAS 3 LETRAS 4 LETRAS MARQUE ABAIXO QUANTAS VEZES APARECEM AS PALAVRAS NO POEMA SEPARE AS SÍLABAS DAS PALAVRAS ACIMA AMIGO SOBRENOME NOME QUAL É A PALAVRA QUE TEM MAIS SÍLABAS? E A QUE TEM MENOS SÍLABAS? AMIGO SOBRENOME NOME
  • 49. 49 VOCêS SABIAM QUE hERDAMOS NOSSOS SOBRENOMES DOS NOSSOS PAIS? VEJAM, A SEGUIR, UM IMPORTANTE DOCUMENTO QUE VAMOS LhES MOSTRAR.
  • 50. 50 VOCÊ CONHECE ESSE DOCUMENTO? SABE SEU NOME? JÁ VIU ALGUM DOCUMENTO COMO ESTE ANTES? O DOCUMENTO REPRODUZIDO É CHAMADO DE CERTIDÃO OU REGISTRO DE NASCIMENTO. A CERTIDÃO DE NASCIMENTO É O NOSSO PRIMEIRO DOCUMENTO. NELA, ENCONTRAMOS O NOME E O SOBRENOME DOS NOSSOS PAIS, AVÓS E TAMBÉM O NOSSO. ENCONTRAMOS NESSE DOCUMENTO O DIA EM QUE NASCEMOS, ONDE NASCEMOS, A HORA DO NASCIMENTO, SE SOMOS DO SEXO FEMININO OU MASCULINO, ALÉM DE OUTRAS INFORMAÇÕES QUE SÃO IMPORTANTES PARA NOSSA IDENTIFICAÇÃO. OBSERVE A CERTIDÃO DE NASCIMENTO E ESCREVA ABAIXO: NOME DA PESSOA A QUEM PERTENCE ESTA CERTIDÃO: A DATA DE SEU NASCIMENTO: DIA MÊS ANO A CIDADE ONDE ELA NASCEU:
  • 51. 51 PREENCHA O QUADRO ABAIXO COM NOMES DE ALGUNS AMIGOS DE SUA TURMA: NOME SOBRENOME seu nome é ana. qual é o seu sobrenome? MEU SOBRENOME É SANTOS.
  • 52. 52 PEÇA AOS SEUS FAMILIARES PARA MOSTRAREM A VOCÊ A SUA CERTIDÃO DE NASCIMENTO. NOME DO MEU PAI: MEU NOME: MEU SOBRENOME: NOME DA MINHA MÃE: EU NASCI NO DIA , DO MÊS DE , DO ANO DE , NA CIDADE DE . O DIA DO MEU ANIVERSÁRIO, PORTANTO, É: DIA MÊS CONVERSE COM SEUS FAMILIARES: • ONDE FIZERAM A CERTIDÃO? • QUEM REGISTROU VOCÊ? AGORA, COM AJUDA DO PESSOAL DE CASA, RESPONDA:
  • 53. 53 APRESENTE SEU TRABALhO PARA O EDUCADOR E PEÇA QUE ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO. ESCREVA SEU NOME COM O SOBRENOME: APRESENTE PARA A SUA TURMA AS DESCOBERTAS QUE FEZ SOBRE O SEU NOME, SEU SOBRENOME E SOBRE A SUA FAMÍLIA.
  • 54. 54 JANEIROFEVEREIROMARÇO ANIVERSARIANTES DA TURMA AGORA QUE TODOS JÁ SABEM O DIA EM QUE NASCERAM, ESCREVA O NOME DOS COLEGAS ACIMA DOS MESES EM QUE FAZEM ANIVERSÁRIO.
  • 58. 58 JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO ANIVERSARIANTES DA TURMA VOCÊ VAI COLORIR OS MESES QUE TÊM ANIVERSARIANTES NA SUA TURMA.
  • 59. 59
  • 60. 60 EM QUE MÊS DO ANO EXISTE MAIS ANIVERSARIANTES? JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO ESCREVA O NOME DO MÊS QUE: TEM MENOS ANIVERSARIANTES NÃO HÁ ANIVERSARIANTES
  • 61. 61 JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO ESCREVA O NOME DE UM ANIVERSARIANTE DO MÊS DE: APRESENTE SEU TRABALHO PARA O EDUCADOR E PEÇA QUE ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
  • 62. 62 É HORA DE CANTAR E BRINCAR! ESCOLHA UM COLEGA E CANTE PARA ELE A MÚSICA PARABÉNS PRA VOCÊ, ACOMPANHANDO COM O DEDO A LEITURA. PARABÉNS PRA VOCÊ PARABÉNS PRA VOCÊ NESTA DATA QUERIDA MUITAS FELICIDADES MUITOS ANOS DE VIDA AGORA, O EDUCADOR CANTA E VOCÊ ACOMPANHA A LEITURA COM O DEDO. QUANDO O EDUCADOR PARAR DE CANTAR, ENCONTRE A ÚLTIMA PALAVRA CANTADA E CIRCULE-A. BRINQUE QUANTAS VEZES DESEJAR!
  • 63. 63 PARABÉNS PRA VOCÊ COMPLETE A MÚSICA COM AS PALAVRAS QUE ESTÃO FALTANDO: PRA VOCÊ NESTA QUERIDA MUITAS MUITOS ANOS DE . USANDO LETRAS MÓVEIS, ESCREVA A LETRA DA MÚSICA.
  • 64. 64 ESCREVA A MÚSICA ABAIXO, COLOCANDO CADA PALAVRA EM UMA LACUNA: PARABÉNSPRAVOCÊ NESTADATAQUERIDA MUITASFELICIDADES MUITOSANOSDEVIDA FIQUEI COM MUITA DÚVIDA AO ESCREVER A MÚSICA PARABÉNS PRA VOCÊ. ACABEI ESCREVENDO SEM DAR ESPAÇO ENTRE AS PALAVRAS. APRESENTE SEU TRABALHO PARA O(a) EDUCADOR(a) E PEÇA QUE ELE(a) REGISTRE O SEU PROGRESSO.
  • 65. 65 ESCREVA DO JEITO QUE VOCÊ SABE A MÚSICA PARABÉNS PRA VOCÊ: APRESENTE SEU TRABALHO PARA O EDUCADOR E PEÇA QUE ELE REGISTRE O SEU PROGRESSO.
  • 66. 66 DESEMBARALHE AS LETRAS E DESCUBRA AS DELÍCIAS DA FESTA DE ANIVERSÁRIO: O L B O T I R P I L U O L A B A U O C S ESCREVA O NOME DE OUTRAS DELÍCIAS QUE PODEM TER EM UMA FESTA DE ANIVERSÁRIO.
  • 67. 67 VOCê GOSTA DE DOCE? QUAL É O SEU DOCE PREFERIDO? POR QUE NÃO DEVEMOS COMER MUITAS GULOSEIMAS? VOCê CONhECE ALGUÉM QUE NÃO PODE COMER DOCE? POR QUê?
  • 68. 68 E VOCÊ, JÁ FOI CONVIDADO PARA IR A ALGUMA FESTA DE ANIVERSÁRIO? CONVERSE COM O PESSOAL DE CASA SOBRE AS FESTAS QUE JÁ FORAM. DESENHE E ESCREVA ABAIXO O QUE VOCÊ ENCONTROU DE COMUM NELAS. C
  • 69. 69 MAS NÃO SEI O QUE COLOCAR NO CONVITE. VOCêS PODERIAM ME AJUDAR? OLÁ, PESSOAL. GOSTARIA DE CONVIDAR TODOS VOCêS PARA MEU ANIVERSÁRIO. • PESQUISE JUNTO COM SEU EDUCADOR OUTROS MODELOS DE CONVITES DE ANIVERSÁRIO; • LISTE AS INFORMAÇÕES QUE NÃO PODEM FALTAR; • CONSTRUA UM CONVITE E AJUDE ANTÔNIA A ChAMAR TODA A SUA TURMINhA PARA O SEU ANIVERSÁRIO.
  • 70. 70 VÁ ATÉ O CANTINHO DA LEITURA E ESCREVA O NOME, O DIA E O MÊS DO ANIVERSÁRIO DE CADA AMIGO DA SUA TURMA. LEVE ALGUNS CONVITES PARA O CANTINHO DE LEITURA E DEIXE PERTO DOS ANIVERSARIANTES DO MÊS. QUANDO PRECISAR, USE-OS COMO MODELO. CONSULTE TODOS OS MESES E NÃO DEIXE DE DAR UM ABRAÇO ESPECIAL NO SEU AMIGO, NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO!
  • 71. 71 UNIDADE 2 A TURMA DO CAMPO E SUA REGIÃO DO BRASIL 71
  • 72. 72 ESPERAMOS QUE TENHAM GOSTADO DA UNIDADE 1. NA UNIDADE 2, CONVERSAREMOS SOBRE A TURMINHA DO CAMPO. VEJAM O QUE A EDUCADORA JOANA DESCOBRIU, AO ANALISAR AS CERTIDÕES DE NASCIMENTO DOS SEUS Educandos: CADA Educando DA SUA TURMA VEIO DE UMA REGIÃO DO BRASIL! DESSA FORMA, CONHECEREMOS MAIS SOBRE ESTAS CRIANÇAS, SOBRE O LOCAL DE ONDE VIERAM E DE ALGUMAS DE SUAS PREFERÊNCIAS. QUE TAL EMBARCAR NESTA AVENTURA CONOSCO? ABRAÇOS OLÁ, CRIANÇAS. 72
  • 73. 73 VAMOS TRABALHAR JUNTOS! NA UNIDADE 1, VOCê JÁ ESCREVEU UMA MúSICA E A ESCREVEU PARA QUE SEU EDUCADOR ACOMPANhASSE SEUS PROGRESSOS. PENSE AGORA EM UMA PARLENDA QUE VOCÊ GOSTA E SABE DE COR E ESCREVA-A NA PRÓXIMA PÁGINA. ATENÇÃO PARA AS DICAS: • PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM A PARLENDA E ESCREVA-AS, UMA A UMA; • LEIA O TEXTO À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA; • ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO PRÓPRIO DE ESCREVER; • APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA O TEXTO INTEIRO E OBSERVE SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO, SE NECESSITAR; • LEIA SEU TEXTO PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM O DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO. NA PRÓXIMA UNIDADE, SEU EDUCADOR MOSTRARÁ COMO VOCê AVANÇOU NOS SEUS CONhECIMENTOS E CONTARÁ PARA VOCê O QUE VOCê AINDA PRECISARÁ APRENDER.
  • 74. 74
  • 75. 75 ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 2 DATA: NOME: IDADE: DIAGNÓSTICO DE PARLENDA: POR QUE ESCOLhEU ESTA PARLENDA? ONDE APRENDEU? QUEM A ENSINOU A VOCê?
  • 77. 77 A TURMA DO CAMPO FICOU FELIZ COM A DESCOBERTA DA EDUCADORA JOANA. FAZER ILUSTRAÇÃO - MAPA DO BRASIL DIVIDIDO EM REGIÕES, COM TURMA DO CAMPO BEM DIVERTIDA. FALTA ILUSTRACAO ELA DESCOBRIU, ATRAVÉS DAS CERTIDÕES DE NASCIMENTO DOS SEUS EDUCANDOS, QUE CADA CRIANÇA DA SUA TURMA VEIO DE UMA REGIÃO DO BRASIL! ELES AChARAM MUITO INTERESSANTE SABER QUE, ATRAVÉS DOS SEUS AMIGOS, FARÃO NOVAS DESCOBERTAS SOBRE O NOSSO PAÍS. • VOCê JÁ VIU O MAPA DO BRASIL? • DESCUBRA A REGIÃO DE CADA EDUCANDO DA TURMA DO CAMPO. A
  • 78. 78 VAMOS CONHECER AS REGIÕES DO BRASIL E DESCOBRIR A QUAL VOCÊ PERTENCE? AGORA É A SUA VEZ! COM A AJUDA DO SEU EDUCADOR, PESQUISE O MAPA E DESCUBRA ONDE NASCEU. DEPOIS, CONTE SOBRE ESTE LUGAR AOS SEUS AMIGOS. NÃO SE ESQUEÇA DE CONTAR QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DESTA REGIÃO.
  • 79. 79 VOCÊ JÁ CONTOU SOBRE A SUA REGIÃO. VEJA O QUE NOS DIZ O UIRÁ SOBRE A REGIÃO EM QUE ELE VIVE. EU SOU DA REGIÃO NORTE DO BRASIL! NESSA REGIÃO, FICA A FLORESTA AMAZÔNICA. ENCONTRAMOS NELA UMA ENORME VARIEDADE DE PLANTAS E ANIMAIS. NO NORTE APRENDI A COMER MUITOS PRATOS TÍPICOS FEITOS COM PEIXE E MANDIOCA1 , ALÉM DE CASTANhA-DO-PARÁ, CUPUAÇU E PUPUNhA2 . 1 - MANDIOCA: RAIZ COMESTÍVEL, TIPICAMENTE BRASILEIRA E TAMBÉM CONhECIDA POR MACAXEIRA OU AIPIM. 2 - PUPUNhA: FRUTO DA PUPUNhEIRA, PLANTA DE PORTE MAGNÍFICO, ORIGINÁRIA DAS FLORESTAS TROPICAIS. b
  • 80. 80 NA REGIÃO DE UIRÁ, AS CRIANÇAS ADORAM ESCUTAR AS LENDAS CONTADAS POR SEUS PAIS E AVÓS. AS LENDAS SÃO hISTÓRIAS TRANSMITIDAS ORALMENTE, AO LONGO DAS GERAÇÕES, SEM QUE SE SAIBA AO CERTO QUEM AS CRIOU. NO UNIVERSO DAS LENDAS, TUDO É POSSÍVEL, NÃO EXISTEM LIMITES PARA A IMAGINAÇÃO. VOCê JÁ ESCUTOU ALGUMA LENDA? QUAL? VOCê SABE COMO AS LENDAS SÃO CRIADAS? DE QUAL LENDA VOCê MAIS GOSTA?
  • 81. 81 VOCÊ CONHECE A LENDA DA MANDIOCA? É A PREFERIDA DA NOSSA TURMA! ACOMPANHE A LEITURA COM O SEU EDUCADOR. CONTA-SE QUE numa aldeia indígena nasceu uma linda menina, causando espanto em toda a tribo. ela era diferente das outras índias. tinha a pele branca, olhos verdes, cabelos louros e sempre um sorriso no rosto. era muito amada por toda a tribo e RECEBEU O NOME DE MANI. um dia, ela amanheceu doente e, apesar dos esforços de todos, mani morreu. SUA MÃE ENTERROU-a debaixo de uma árvore PERTO DA CABANA ONDE MORAVA e, todos os dias, passava horas chorando sobre a sua cova. após algum tempo, os índios ficaram surpresos. havia crescido no local onde ela foi enterrada um arbusto de raízes grossas e brancas, muito saborosas, que eles deram o nome de mandioca, ou manioca, em homenagem a mani. desde então, a mandioca passou a ser um símbolo de alegria para todos da tribo. A LENDA DA MANDIOCA
  • 82. 82 EM RODA, CONVERSE COM OS AMIGOS • SOBRE QUAL ASSUNTO TRATA A LENDA? • COMO SE ChAMAVA E COMO ERA A INDIAZINhA DA LENDA? • O QUE ACONTECEU COM MANI? • O QUE FEZ SUA MÃE APÓS A SUA MORTE? • QUE NOME OS ÍNDIOS DERAM PARA A PLANTA QUE NASCEU NO LOCAL E POR QUê? • ONDE MANI FOI ENTERRADA?
  • 83. 83 RESPONDA DE ACORDO COM A LENDA DA MANDIOCA MARQUE O NOME DA FILHA DO CACIQUE: MANU NINA MANI ESCREVA O QUE ENTENDEU DA LENDA DA MANDIOCA NUMERE AS FRASES DE ACORDO COM OS ACONTECIMENTOS DA LENDA A MANDIOCA PASSOU A SER SÍMBOLO DE ALEGRIA E ABUNDÂNCIA. MANI aparece doente e morre. NASCE uma linda menina com o nome de mani. NA COVA DE MANI NASCE UMA PLANTA COM RAÍZES GROSSAS e brancas que DERAM O NOME DE MANDIOCA. A MÃE DE MANI CHORA TODOS OS DIAS SOBRE A SUA COVA.
  • 84. 84 DESENHE OS PERSONAGENS QUE APARECEM NA LENDA DA MANDIOCA. FAÇA UMA LISTA DE NOMES QUE COMEÇAM COM A MESMA SÍLABA DO NOME DE MANI. QUANTOS NOMES VOCê ESCREVEU?
  • 85. 85 DESENHE EM 4 CENAS A LENDA DA MANDIOCA 1 2 43
  • 86. 86 S C A C I Q U E T M A U P C A L V í N D I A X F H O L M í A R M C I C P M O C A C A B A N A O P CAÇA-PALAVRAS PROCURE NO CAÇA-PALAVRAS ALGUMAS PALAVRAS QUE APARECEM NA LENDA DA MANDIOCA E QUE FAZEM PARTE DA CULTURA INDÍGENA. LISTE O NOME DE OUTRAS LENDAS QUE VOCÊ E SEUS COLEGAS CONHECEM. CABANA ÍNDIA OCA CACIQUE
  • 87. 87 ESCOLHAM UMA LENDA QUE VOCÊS CONHEÇAM BEM E DITE-A AO SEU EDUCADOR, PARA QUE ELE POSSA ESCREVÊ-LA EM UM CARTAZ. LEMBRE-SE QUE AO DITAR A LENDA PARA SEU EDUCADOR VOCêS DEVEM: • APRESENTAR OS PERSONAGENS COM SUAS CARACTERÍSTICAS; • CONTAR O LOCAL EM QUE SE PASSA A LENDA; • SEGUIR A SEQUêNCIA (INÍCIO, MEIO E FIM) DETALhADA DOS FATOS, COM A MAIOR RIQUEZA DE DETALhES POSSÍVEL.
  • 88. 88 A TURMA DO CAMPO IMPROVISOU UM PALCO PARA FAZER SEUS RECONTOS DE HISTÓRIAS. AGORA É A SUA VEZ! IMPROVISE UM PALCO E DRAMATIZE COM SEUS COLEGAS A LENDA QUE RECONTARAM. LEVE A ESCRITA DA LENDA PARA O CANTINhO DE LEITURA E DIVIRTA-SE! C
  • 89. 89 PERGUNTE A SEUS FAMILIARES SE ELES SABEM CONTAR LENDAS. PEÇA A ELES QUE LHE CONTEM UMA LENDA TÍPICA DA SUA REGIÃO E DESENHE-A ABAIXO. QUANDO CHEGAR À SUA SALA, RECONTE AOS SEUS AMIGOS E AO EDUCADOR A LENDA QUE APRENDEU. COLOQUE SEU DESENHO EM UM MURAL PARA ENFEITAR A SUA SALA. PEÇA AO EDUCADOR QUE REGISTRE SEU PROGRESSO.
  • 90. 90 A REGIÃO DO RAIMUNDO É A NORDESTE 3 - BIJU: BOLINhO AChATADO, DE MASSA DE MANDIOCA OU TAPIOCA. 4 - CUXÁ: PRATO TÍPICO, FEITO À BASE DE VINAGREIRA, FOLhA AMARGA ENCONTRADA NA REGIÃO. A NA REGIÃO NORDESTE TEM LINDAS PRAIAS. ADORO A CULINÁRIA QUE MINhA MÃE FAZ MUITO BEM: LAGOSTA, CASQUINhA DE SIRI, ACARAJÉ, VATAPÁ, CARURU, BIJU3 , MOQUECA, PIRÃO, CUXÁ4 , SORVETE DE FRUTAS DO NORDESTE, SEM FALAR NA FAMOSA COCADA BAIANA. NESTA REGIÃO, TEM MUITAS FESTAS ANIMADAS, COMO BUMBA-MEU-BOI, ALÉM DE MUITAS DANÇAS CARACTERÍSTICAS DA REGIÃO, COMO FREVO, FORRÓ, MARACATU, ENTRE OUTRAS.
  • 91. 91 NA REGIÃO DE RAIMUNDO, AS CRIANÇAS ADORAM BRINCAR COM AS PALAVRAS, CRIANDO BRINCADEIRAS CANTADAS E PRONUNCIANDO TRAVA-LÍNGUAS. VOCÊ SABE O QUE É UM TRAVA-LÍNGUA? JÁ ESCUTOU ALGUM? QUAIS VOCÊ CONHECE? FALE AOS SEUS COLEGAS OS QUE VOCÊ SABE. TRAVA-LÍNGUA É UM TEXTO EM QUE UMA MESMA LETRA SE REPETE VÁRIAS VEZES, DIFICULTANDO A SUA PRONÚNCIA. LEIA OS TRAVA-LÍNGUAS PREFERIDOS DE RAIMUNDO: LEIA OS TRAVA-LÍNGUAS: O RATO ROEU O RATO ROEU A ROUPA DO REI DE ROMA, O RATO ROEU A ROUPA DO REI DA RÚSSIA, O RATO ROEU A ROUPA DO RODOVALHO… O RATO A ROER ROÍA. E A ROSA RITA RAMALHO DO RATO A ROER SE RIA. A RATA ROEU A ROLHA DA GARRAFA DA RAINHA.
  • 92. 92 O SABIÁ SABIA QUE O SABIÁ SABIA ASSOBIAR? GATO ESCONDIDO GATO ESCONDIDO COM RABO DE FORA TÁ MAIS ESCONDIDO QUE RABO ESCONDIDO COM GATO DE FORA. A ARANHA E A JARRA DEBAIXO DA CAMA TEM UMA JARRA. DENTRO DA JARRA TEM UMA ARANhA. TANTO A ARANhA ARRANhA A JARRA, COMO A JARRA ARRANhA A ARANhA. SAPO NO SACO OLhA O SAPO DENTRO DO SACO O SACO COM O SAPO DENTRO O SAPO BATENDO PAPO E O PAPO SOLTANDO VENTO.
  • 93. 93 MAFAGAFOS UM NINhO DE MAFAGAFA COM SETE MAFAGAFINhOS. QUEM DESMAFAGAGUIFÁ, BOM DESMAFAGAGUIFADOR SERÁ. TEMPO O TEMPO PERGUNTOU AO TEMPO, QUANTO TEMPO O TEMPO TEM. O TEMPO RESPONDEU AO TEMPO QUE NÃO TINhA TEMPO DE VER QUANTO TEMPO O TEMPO TEM. SEU TATÁ O SEU TATÁ TÁ? NÃO, O SEU TATÁ NÃO TÁ, MAS A MULhER DO SEU TATÁ TÁ. E QUANDO A MULhER DO SEU TATÁ TÁ, É A MESMA COISA QUE O SEU TATÁ TÁ,TÁ? O PINTOR PORTUGUÊS PAULO PEREIRA PINTO PEIXOTO, POBRE PINTOR PORTUGUêS, PINTA PERFEITAMENTE PORTAS, PAREDES E PIAS, POR PARCO PREÇO, PATRÃO. Fonte: Alfabetização - caderno do educador - Projeto FUNDESCOLA/SELF-MEC,2007
  • 94. 94 VAMOS BRINCAR COM TRAVA-LÍNGUA DEBAIXO DA PIPA TEM UMA PINTA. QUANDO A PIPA PINGA, A PINTA PIA. A PINTA PIA, A PIPA PINGA. PIA A PINTA, PINGA A PIPA. b A BRINCADEIRA É ASSIM: LEIA O TRAVA-LÍNGUA COM O SEU EDUCADOR, BEM DEVAGAR. DEPOIS, LEIA UM POUCO MAIS RÁPIDO, PASSANDO O DEDO SOBRE CADA PALAVRA.
  • 95. 95 BRINCANDO DE TRAVA-LÍNGUA LEIA O TRAVA-LÍNGUA SEGUINDO AS DICAS DA TURMA DO CAMPO. MUITO, MUITO, MUITO DEPRESSA. FALANDO NORMALMENTE E SALTANDO AS PALAVRAS PINTA E PIA. MAIS DEPRESSA AINDA E BATENDO PALMAS. DEPOIS, FALANDO BAIXINhO SOMENTE COM OS LÁBIOS. BEM DEVAGARZINhO. DEPOIS, UM POUCO MAIS DEPRESSA. FALANDO RÁPIDO E DANDO UM PULO EM CADA PALAVRA PRONUNCIADA.
  • 96. 96 O QUE VOCÊ ENTENDEU DO TRAVA-LÍNGUA? ESCREVA QUANTAS VEZES APARECERAM NO TRAVA-LÍNGUA AS PALAVRAS ABAIXO: PIA PIPA PINGA PINTA
  • 97. 97 P I N G A P I N T A P I A P I P A CASANDO AS PALAVRAS DO TRAVA-LÍNGUA • QUAIS LETRAS SE REPETEM NAS DUAS PRIMEIRAS PALAVRAS? OBSERVE AS PALAVRAS PINGA E PINTA E RESPONDA: • PINTE AS VOGAIS. • QUAL A DIFERENÇA ENTRE AS DUAS PALAVRAS?
  • 98. 98 ESCREVA ALGUMAS PALAVRAS QUE COMEÇAM COM A ÚLTIMA SÍLABA DAS PALAVRAS PINGA E PINTA: PINGA PINTA QUE TAL CRIAR UM TRAVA-LÍNGUA COM SEUS COLEGAS?
  • 99. 99 VEJA AS PALAVRAS QUE COMEÇAM COM A LETRA B QUE RAIMUNDO COLECIONOU: BALA BOTA BODE BRIGOU BANANA BATEU BALEIA BARRIGA BOLO BEIJOU BETO BELISCOU BRAVO COMPLETE O QUADRO COM OUTRAS PALAVRAS QUE VOCÊ CONHECE E QUE INICIEM COM A MESMA LETRA.
  • 100. 100 INVENTE UM TRAVA-LÍNGUA COM SEUS COLEGAS E ESCREVA-O ABAIXO.
  • 101. 101 FAÇA UMA LISTA DAS PALAVRAS QUE USOU PARA CONSTRUIR O TRAVA-LÍNGUA. DESENHE O TRAVA-LÍNGUA QUE CONSTRUIU.
  • 102. 102 CIRCULE AS FIGURAS QUE NÃO PODERIAM FAZER PARTE DO TRAVA-LÍNGUA QUE VOCÊ CRIOU. ESCREVA O NOME DOS BRINQUEDOS NO QUADRO ABAIXO, DE ACORDO COM A LETRA INICIAL. LEIA BEM ALTO AS PALAVRAS ANTERIORES, PRESTANDO ATENÇÃO NOS SONS DAS LETRAS P E B. CONVERSE COM OS COLEGAS SOBRE O QUE DESCOBRIU. NOMES QUE INICIAM COM A LETRA P NOMES QUE INICIAM COM A LETRA B
  • 103. 103 CONSTRUINDO NOVOS TRAVA-LÍNGUAS COM SEUS COLEGAS E APRESENTANDO-OS PARA SUA FAMÍLIA. • ESCOLHA OUTRAS LETRAS; • FAÇA UM NOVO BANCO DE PALAVRAS; • CRIE NOVOS TRAVA-LÍNGUAS COM AS LETRAS QUE ESCOLHERAM; • DIVIRTA-SE COM UM GRANDE CAMPEONATO DE TRAVA-LÍNGUAS. VEJA QUEM DA SUA TURMA PRONUNCIA COM MAIOR RAPIDEZ OS TRAVA-LÍNGUAS CRIADOS. LEVE OS TRAVA-LÍNGUAS CRIADOS PARA CASA E LEIA-OS PARA A SUA FAMÍLIA. DEPOIS, COLOQUE-OS NO CANTINHO DE LEITURA, PARA QUE POSSAM BRINCAR COM ELES EM OUTROS MOMENTOS. PEÇA AO EDUCADOR QUE REGISTRE O SEU PROGRESSO. C O rato roeu a roupa do rei da Rússia.
  • 104. 104 A REGIÃO DE ANTONIA É A SUDESTE 5 - CUSCUZ PAULISTA: PRATO TÍPICO, FEITO À BASE DE CAMARÃO. A NA MINhA REGIÃO, ADORAMOS COMER FEIJOADA, TUTU DE FEIJÃO, MOQUECA DE PEIXE E CUCUZ-PAULISTA5 . OUTRA TRADIÇÃO DA MINhA REGIÃO É CONTAR “CAUSOS” E hISTÓRIAS NA BEIRADA DO FOGÃO À LENhA. ALGUMAS FESTAS SÃO MUITO ANIMADAS, COMO A FESTA JUNINA E A FOLIA DE REIS.
  • 105. 105 VOCÊ SABE O QUE É UMA ADIVINHA? VOCÊ JÁ ESCUTOU MUITAS? QUAIS? FALE AOS COLEGAS AS ADIVINHAS QUE VOCÊ CONHECE. ADIVINHAS SÃO BRINCADEIRAS EM FORMA DE PERGUNTAS DESAFIADORAS, QUE LEVAM AS PESSOAS A PENSAR PARA DESCOBRIR A RESPOSTA. CONTE AOS COLEGAS AS ADIVINHAS QUE VOCÊ CONHECE. SERÁ QUE ELES ADIVINHARÃO AS RESPOSTAS? ANTÔNIA ADORA ADIVINHAS. ELA ENSINOU PARA A TURMA DO CAMPO MUITAS ADIVINHAS ENGRAÇADAS.
  • 106. 106 LEIA AS ADIVINHAÇÕES E MARQUE A RESPOSTA CORRETA 1 O QUE É, O QUE É? VERDE COMO O MATO, MAS MATO NÃO É. FALA COMO GENTE, MAS GENTE NÃO É? PAPAGAIO PASSARINhO PERU 4 O QUE É, O QUE É? FOI FEITO PARA ANDAR, MAS NÃO ANDA? RAINhA RUA ROLhA 3 O QUE É, O QUE É? VIVE COM OS PÉS NA CABEÇA? PRAÇA PIOLhO PESCOÇO 2 O QUE É, O QUE É? TEM LINhA, MAS NÃO É CARRETEL. FALA, MAS NÃO TEM BOCA. OUVE, MAS NÃO TEM OUVIDO? TINTA TOALhA TELEFONE b
  • 107. 107 ORGANIZE AS SÍLABAS QUE ESTÃO NO CÍRCULO E DESCUBRA AS RESPOSTAS DAS ADIVINHAS. O QUE É, O QUE É? QUANTO MAIS SE TIRA, MAIOR FICA? O QUE É, O QUE É? CAI EM PÉ E CORRE DEITADO? O QUE É, O QUE É? QUANTO MAIOR, MENOS SE VÊ? RA BU CO VA CHU DÃO ES CU RI
  • 108. 108 MARQUE A OPÇÃO CORRETA: O QUE É, O QUE É? ESTÁ NO COMEÇO DO DIA? LETRA B LETRA D LETRA F O QUE É, O QUE É? VEM SEMPRE COM O TATU? LETRA C LETRA V LETRA T LEIA AS PALAVRAS DO QUADRO PARA SEU(SUA) EDUCADOR(A), OBSERVANDO O SOM INICIAL DAS PALAVRAS. T D ESCREVA OS NOMES DAS FIGURAS NO QUADRO ABAIXO:
  • 109. 109 O QUE É O QUE É? 1 É UMA FRUTA TODA VERDE POR FORA, TODA VERMELhA POR DENTRO, E COMEÇA COM A LETRA M. 2 NÃO CONSEGUE ANDAR SOZINhO, CORRE ATÉ QUANDO NÃO QUER, PODE SER GRANDE OU PEQUENO E TEM TAMANhO DO PÉ. 3 SÓ PODE USAR DEPOIS DE QUEBRADO. 4 É UM MATERIAL ESCOLAR QUE NASCE GRANDE E MORRE PEQUENO. 1 2 3 4 COMPLETE NA CRUZADINHA HORIZONTAL A RESPOSTA DAS ADIVINHAS. CRUZADINHA
  • 110. 110 RESPONDA DE ACORDO COM A CRUZADINHA: • PALAVRA QUE TEM MAIS LETRAS: • PALAVRA QUE TEM MENOS LETRAS: • PALAVRA QUE TEM MAIS SÍLABAS: • PALAVRA QUE TEM MENOS SÍLABAS: RESPOSTA: TERRA INVENTE ADIVINHAS COM AS RESPOSTAS ABAIXO. À MEDIDA QUE ESCREVER, RELEIA PARA VERIFICAR SE SEU TEXTO TEM SENTIDO E SE NÃO PULOU NENHUMA PALAVRA.
  • 111. 111 EM RODA, LEIA PARA OS SEUS COLEGAS AS ADIVINHAS QUE CONSTRUIU. RESPOSTA: ÁRVORE RESPOSTA: SOL
  • 112. 112 USE A IMAGINAÇÃO E CONSTRUA COM SEUS COLEGAS UM LIVRO DE ADIVINHAS. COLOQUE NELE AS ADIVINhAS QUE VOCêS CRIARAM E OUTRAS QUE JÁ CONhECEM. PEÇA AO(À) EDUCADOR(A) QUE ACOMPANhE O SEU PROGRESSO. QUANDO ESTIVER PRONTO, LEVE-O PARA CASA E BRINQUE COM SEUS FAMILIARES. C
  • 113. 113 A REGIÃO DO FRANCISCO É A CENTRO-OESTE. 6 - CUSCUZ: BOLO DE TAPIOCA COM LEITE DE COCO. 7 - CURAU: MINGAU DE MILhO VERDE. A ADORO AS COMIDAS FEITAS DE MILhO, QUE SÃO TÍPICAS DA MINhA REGIÃO, COMO: PAMONhA, CUSCUZ6 , CURAU7 , BOLO, SORVETE, PUDIM E BISCOITOS. TENhO MUITO ORGULhO DO PANTANAL, QUE PERTENCE À MINhA REGIÃO E É CONhECIDO NO MUNDO INTEIRO PELA DIVERSIDADE DA SUA FAUNA E FLORA. VOLTO À MINhA TERRA NATAL TODOS OS ANOS PARA PARTICIPAR DA FESTA DO CONGADO.
  • 114. 114 DESDE PEQUENO, FRANCISCO SE ENCANTA PELAS FÁBULAS. VOCê SABE O QUE É UMA FÁBULA? CONhECE ALGUMA? QUAL? CONTE AS FÁBULAS QUE CONhECE AOS SEUS COLEGAS. FÁBULAS SÃO hISTÓRIAS QUE TRAZEM, NA MAIORIA DAS VEZES, UM ENSINAMENTO. ELAS SÃO CURTAS E SEUS PERSONAGENS SÃO ANIMAIS QUE AGEM COMO PESSOAS. FÁBULA É O TEXTO QUE FRANCISCO MAIS GOSTA. b
  • 115. 115 VOCÊ CONHECE ALGUMA DELAS? QUAL? CONhEÇA DUAS VERSÕES DA FÁBULA PREFERIDA DE FRANCISCO: VERSÃO Nº 1 ERA UMA VEZ, UMA FORMIGA QUE NÃO PARAVA DE TRABALhAR PARA LEVAR O ALIMENTO PARA SUA CASA. NINGUÉM CONSEGUIA EXPLICAR DE ONDE VINhA TANTA FORÇA PARA O SEU TRABALhO. ELA SABIA QUE QUANDO O INVERNO ChEGASSE A NEVENÃO DEIXARIA QUE ELA SAÍSSE DE CASA. ERA PRECISO QUE ELA GUARDASSE COMIDA PARA O FUTURO. POR ISSO ELA TERIA QUE ARMAZENAR FOLhAS, SEMENTES E GRAVETOS, PARA QUANDO FOSSE NECESSÁRIO. AO REDOR DE SUA CASA, FICAVA SEMPRE UMA CIGARRA OLhANDO O SEU TRABALhO E RINDO DA FORMIGA. ELA NÃO GOSTAVA DE TRABALhAR, SÓ DE CANTAR DIA E NOITE SEM PARAR. QUANDO O INVERNO ChEGOU, A CIGARRA NÃO TINhA NADA PARA COMER. ALÉM DISSO NÃO POSSUIA UM LAR PARA MORAR E NEM UM SIMPLES AGASALhO PARA AQUECê-LA. DESESPERADA, COM FOME E FRIO ELA FOI BATER NA CASA DA FORMIGA. AO ABRIR A SUA PORTA, ELA VIU A CIGARRA TREMENDO DE FRIO E MUITO ASSUSTADA. – ENTRE POR FAVOR, AQUI É O SEU LUGAR, DISSE A FORMIGA PUXANDO A CIGARRA PARA DENTRO E DANDO-LhE NA MESMA hORA UM AGASALhO. A CIGARRA E A FORMIGA
  • 116. 116 – CIGARRA, VOCê SABIA QUE FOI O SEU CANTO QUE ALIVIOU O MEU CANSAÇO E DEU-ME FORÇAS PARA CONTINUAR A CARREGAR ALIMENTOS E NÃO DESISTIR? TENhO MUITO QUE LhE AGRADECER. CANTAR TAMBÉM É UMA MANEIRA DE TRABALhAR. EU ACREDITO QUE CADA UM DE NÓS POSSUI UM DOM QUE DEUS NOS DEU. O SEU É CANTAR PARA TRAZER ÂNIMO E ALEGRIA A TODOS. ASSIM, AS DUAS TORNARAM-SE AMIGAS E TODOS QUE PASSAVAM POR ALI, OUVIAM O CANTO MARAVILhOSO DA CIGARRA.
  • 117. 117 VERSÃO Nº 2 NUM BELO DIA DE INVERNO, AS FORMIGAS ESTAVAM TENDO O MAIOR TRABALhO PARA SECAR SUAS RESERVAS DE TRIGO. DEPOIS DE UMA ChUVARADA, OS GRÃOS TINhAM FICADO COMPLETAMENTE MOLhADOS. DE REPENTE, APARECEU UMA CIGARRA. – POR FAVOR, FORMIGUINhAS, ME DEEM UM POUCO DE TRIGO. ESTOU COM UMA FOME DANADA, AChO QUE VOU MORRER. AS FORMIGAS PARARAM DE TRABALhAR, COISA QUE ERA CONTRA OS PRINCÍPIOS DELAS, E PERGUNTARAM: – MAS, POR QUê? O QUE VOCê FEZ DURANTE O VERÃO? POR ACASO NÃO SE LEMBROU DE GUARDAR COMIDA PARA O INVERNO? – PARA FALAR A VERDADE, NÃO TIVE TEMPO – RESPONDEU A CIGARRA. PASSEI O VERÃO CANTANDO! - BOM, SE VOCê PASSOU O VERÃO CANTANDO, QUE TAL PASSAR O INVERNO DANÇANDO? – DISSERAM AS FORMIGAS, E VOLTARAM PARA O TRABALhO DANDO RISADA. FONTE ORIGINAL A CIGARRA E A FORMIGA
  • 118. 118 CIRCULE O LIVRO QUE TEM O NOME DA MESMA FÁBULA QUE ACABOU DE LER. b
  • 119. 119 SUBSTITUA AS FIGURAS POR SEUS NOMES E DESCUBRA O TÍTULO DE ALGUMAS FÁBULAS: O E O . A E A . A E AS . O E O . A E A .A E A .
  • 120. 120 CONVERSANDO SOBRE AS FÁBULAS FAÇA AS PRÓXIMAS ATIVIDADES DE ACORDO COM A VERSÃO Nº 2 DA FÁBULA “A CIGARRA E A FORMIGA”. • VOCê JÁ CONhECIA ESSAS FÁBULAS? • JÁ SABIA QUE PODEMOS TER DUAS VERSÕES DE UMA MESMA hISTÓRIA? • DO QUE FALAM AS FÁBULAS QUE VOCê LEU? • FAÇA EM SEU CADERNO UMA LISTA DAS SEMELhANÇAS E OUTRA DAS DIFERENÇAS ENTRE AS DUAS FÁBULAS APRESENTADAS. • CONVERSE SOBRE A ATITUDE DA FORMIGA E DA CIGARRA NAS DUAS VERSÕES. • DIGA O QUE ENTENDEU SOBRE A MORAL DAS hISTÓRIAS. CIRCULE O TÍTULO DA VERSÃO QUE MAIS GOSTOU.
  • 121. 121 COMPLETE O TEXTO COM AS PALAVRAS QUE ESTÃO FALTANDO, DE ACORDO COM A SEGUNDA VERSÃO. TRABALHAR MOLHADOS CANTANDO COMIDA FOME A CIGARRA E A FORMIGA NUM BELO DIA DE INVERNO, AS FORMIGAS ESTAVAM TENDO O MAIOR TRABALHO PARA SECAR SUAS RESERVAS DE TRIGO. DEPOIS DE UMA CHUVARADA, OS GRÃOS TINHAM FICADO COMPLETAMENTE . DE REPENTE, APARECEU UMA CIGARRA. - POR FAVOR, FORMIGUINHAS, ME DEEM UM POUCO DE TRIGO. ESTOU COM UMA DANADA, ACHO QUE VOU MORRER. AS FORMIGAS PARARAM DE , COISA QUE ERA CONTRA OS PRINCÍPIOS DELAS, E PERGUNTARAM: - MAS, POR QUÊ? O QUE VOCÊ FEZ DURANTE O VERÃO? POR ACASO NÃO SE LEMBROU DE GUARDAR PARA O INVERNO? - PARA FALAR A VERDADE, NÃO TIVE TEMPO – RESPONDEU A CIGARRA. PASSEI O VERÃO ! - BOM, SE VOCÊ PASSOU O VERÃO CANTANDO, QUE TAL PASSAR O INVERNO DANÇANDO? – DISSERAM AS FORMIGAS, E VOLTARAM PARA O TRABALHO DANDO RISADA.
  • 122. 122 DESENHE A FÁBULA DA CIGARRA E DA FORMIGA:
  • 123. 123 ORGANIZANDO A FÁBULA A FÁBULA “A CIGARRA E A FORMIGA” ESTÁ ESCRITA TODA EMBARALHADA. RECORTE AS PARTES E ORDENE-AS NA PÁGINA SEGUINTE, MONTANDO A SEQUÊNCIA CORRETA DA FÁBULA. – BOM, SE VOCÊ PASSOU O VERÃO CANTANDO, QUE TAL PASSAR O INVERNO DANÇANDO? – DISSERAM AS FORMIGAS, E VOLTARAM PARA O TRABALHO DANDO RISADA. NUM BELO DIA DE INVERNO, AS FORMIGAS ESTAVAM TENDO O MAIOR TRABALHO PARA SECAR SUAS RESERVAS DE TRIGO. DEPOIS DE UMA CHUVARADA, OS GRÃOS TINHAM FICADO COMPLETAMENTE MOLHADOS. DE REPENTE, APARECEU UMA CIGARRA. AS FORMIGAS PARARAM DE TRABALHAR, COISA QUE ERA CONTRA OS PRINCÍPIOS DELAS, E PERGUNTARAM: – MAS, POR QUÊ? O QUE VOCÊ FEZ DURANTE O VERÃO? POR ACASO NÃO SE LEMBROU DE GUARDAR COMIDA PARA O INVERNO? – POR FAVOR, FORMIGUINHAS, ME DEEM UM POUCO DE TRIGO. ESTOU COM UMA FOME DANADA, ACHO QUE VOU MORRER. A CIGARRA E A FORMIGA
  • 125. 125 COLE ABAIXO SEU TEXTO, DE ACORDO COM OS ACONTECIMENTOS DA HISTÓRIA.
  • 126. 126 HORA DA CRUZADINHA! COMPLETE A CRUZADINHA COM AS PALAVRAS DO QUADRO QUE FAZEM PARTE DA FÁBULA “A CIGARRA E A FORMIGA”: C F I V G CIGARRA GRÃOS FORMIGA VERÃO INVERNO
  • 127. 127 CIRCULE APENAS AS FIGURAS QUE COMEÇAM COM A MESMA LETRA QUE FORMIGA. COMPLETE O QUADRO: LEIA AS PALAVRAS DO QUADRO. CONTE PARA O SEU EDUCADOR O QUE DESCOBRIU. PALAVRAS QUE VOCÊ CIRCULOU PALAVRAS QUE VOCÊ NÃO CIRCULOU
  • 128. 128 DECORE A SUA SALA DE AULA COM A SUA PRODUÇÃO. DICA DE LEITURA ESTE LIVRO DE ED EMBERLEY NOS ENSINA A FAZER VÁRIOS DESENHOS INTERESSANTES FEITOS COM OS DEDOS. VALE A PENA CONFERIR! FAÇA UMA LINDA PINTURA, USANDO APENAS A PONTA DOS DEDOS, PARA ILUSTRAR A FÁBULA DA CIGARRA E DA FORMIGA.
  • 129. 129 8 - ChIMARRÃO: MATE CEVADO, SEM AÇúCAR. ANA É DA REGIÃO SUL SINTO SAUDADE DO ChURRASCO E DO ChIMARRÃO8 , QUE É A BEBIDA TRADICIONAL MAIS DEGUSTADA NESTA REGIÃO. PRINCIPALMENTE NO INVERNO, QUE É MUITO RIGOROSO. AS FESTAS DESTA REGIÃO SÃO MUITO ANIMADAS E LEVAM ALEGRIA A TODOS OS MORADORES. ADORO VESTIR AS ROUPAS DAS FESTAS TÍPICAS DA MINhA REGIÃO.
  • 130. 130 ANA DESDE PEQUENA ADORA HISTÓRIAS. E VOCê, GOSTA DE hISTÓRIAS? QUAIS hISTÓRIAS VOCê CONhECE? CONTE-AS AOS SEUS COLEGAS. AS hISTÓRIAS PREFERIDAS DE ANA SÃO OS CONTOS DE FADAS. VOCê CONhECE ALGUM? DIGA AOS SEUS COLEGAS OS CONTOS DE FADA QUE VOCê CONhECE. A
  • 131. 131 CONTOS DE FADAS SÃO hISTÓRIAS TRANSMITIDAS ORALMENTE AO LONGO DAS GERAÇÕES. NESTAS hISTÓRIAS, SEUS PERSONAGENS TêM DE ENFRENTAR GRANDES DIFICULDADES ANTES DE VENCER O MAL. CONhEÇA A hISTÓRIA PREFERIDA DE ANA. OBSERVE AS GRAVURAS. VOCê CONhECE ESTA hISTÓRIA? LEIA A hISTÓRIA E VEJA O QUE VAI ACONTECER. b
  • 132. 132 ERA UMA VEZ, TRêS PORQUINhOS IRMÃOS, QUE RESOLVERAM CONSTRUIR UMA CASA PARA CADA UM DELES MORAR. SAÍRAM PELA FLORESTA EM BUSCA DE UM BOM LUGAR PARA FAZER AS SUAS CASAS. O MAIS NOVO, ChAMADO PALhAÇO, ERA MUITO PREGUIÇOSO E FOI LOGO DIZENDO: NÃO QUERO MUITO TRABALhO; VOU CONSTRUIR A MINhA CASA DE PALhA. O IRMÃO DO MEIO, ChAMADO PALITO, DISSE: PREFIRO UMA CASA DE MADEIRA, É MAIS RESISTENTE. A CASA DE VOCêS NÃO É SEGURA, FALOU PEDRICO, O MAIS VELhO. JÁ PENSARAM SE O LOBO APARECER? EU VOU CONSTRUIR A MINhA CASA DE PEDRA. ASSIM, CADA UM CONSTRUIU A SUA CASA PRÓXIMA UMA DA OUTRA. UM DIA, O LOBO APARECEU E BATEU NA PORTA DA CASA DE PALhAÇO. OS TRÊS PORQUINHOS
  • 133. 133 - ABRA, ABRA ESTA PORTA, PALHAÇO. ELE, APAVORADO, FICOU CALADO. O LOBO FALOU: - SEI QUE VOCÊ ESTA AÍ DENTRO. VOU SOPRAR ATÉ A SUA CASA VOAR PELO AR. FOI O QUE ACONTECEU. O LOBO SOPROU E NADA RESTOU DA CASA DE PALHA. PALHAÇO SAIU CORRENDO E ENTROU NA CASA DE PALITO. O LOBO CORREU ATRÁS E GRITOU: - AGORA, VOU COMER DOIS PORQUINHOS DE UMA SÓ VEZ. ABRA DEPRESSA ESTA PORTA. OS IRMÃOS NÃO ABRIRAM. O LOBO COMEÇOU A SOPRAR COM FORÇA ATÉ CONSEGUIR DERRUBAR A CASA DE PALITO NO CHÃO. ELES SAÍRAM DEPRESSA E ENTRARAM NA CASA DE PEDRICO. O LOBO CHEGOU ATRÁS, OLHOU A CASA DE PEDRA E PENSOU: NÃO VOU CONSEGUIR DERRUBAR ESTA CASA, ELA É MUITO FORTE. APANHOU UMA ESCADA, SUBIU NO TELHADO E ENTROU PELA CHAMINÉ. NAQUELE MOMENTO, PEDRICO ESTAVA COZINHANDO UMA SOPA DE LEGUMES QUE FERVIA EM UM CALDEIRÃO. O LOBO DESCEU ESCORREGANDO PELA CHAMINÉ, CAIU DENTRO DA PANELA DE SOPA E FUGIU TODO QUEIMADO, GRITANDO DE DOR. DESDE ENTÃO, ELE NUNCA MAIS FOI VISTO NAQUELA REGIÃO, DAQUELE DIA EM DIANTE, OS TRÊS IRMÃOS DECIDIRAM MORAR JUNTOS E VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE. ESTE CONTO DE FADAS FOI RETIRADO DO LIVRO ADAPTAÇÃO PROJETOS:CONTOS DE FADAS, DE GLAUCE ROSSI QUILICI
  • 134. 134 VOCÊ CONHECE OUTRA VERSÃO DESTA HISTÓRIA? EM RODA, CONTE AOS SEUS COLEGAS OUTROS CONTOS QUE CONHECE. MARQUE O NOME DA HISTÓRIA QUE ACABOU DE LER: A BELA E A FERA CHAPEUZINHO VERMELHO O PATINHO FEIO OS TRÊS PORQUINHOS BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES RAPUNZEL PALHAÇO CHAPEUZINHO PINÓQUIO JOÃO LOBO BRANCA DE NEVE PALITO VOVOZINHA PEDRICO CIRCULE O NOME DOS PERSONAGENS QUE APARECEM NA HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS:
  • 135. 135 IDENTIFIQUE E DESENHE O PERSONAGEM QUE NA HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS FALOU O QUE ESTÁ PROPOSTO NOS BALÕES E ESCREVA O NOME DE CADA UM NOS QUADRINHOS ABAIXO: “NÃO QUERO MUITO TRABALHO, VOU CONSTRUIR MINHA CASA DE PALHA”. “SEI QUE VOCÊ ESTÁ AÍ DENTRO. VOU SOPRAR ATÉ A CASA VOAR PELO AR”.
  • 136. 136 “PREFIRO UMA CASA DE MADEIRA, É MAIS RESISTENTE”. “JÁ PENSARAM SE O LOBO APARECER? VOU CONSTRUIR MINHA CASA DE PEDRA”.
  • 137. 137 A HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS ESTÁ FORA DE ORDEM. NUMERE AS CENAS DE ACORDO COM OS ACONTECIMENTOS DA HISTÓRIA:
  • 138. 138 HORA DA HISTÓRIA CONSTRUA FANTOCHES DOS PERSONAGENS E CONTE A HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS AOS SEUS COLEGAS. COMO FAZER OS FANTOCHES CONTE A HISTÓRIA AOS SEUS COLEGAS. DEPOIS, LEVE PARA CASA E CONTE-A AOS SEUS FAMILIARES. MATERIAIS NECESSÁRIOS FOLhAS DE PAPEL LÁPIS DE COR OU CANETINhA TESOURA JORNAL COLA BRANCA MODO DE FAZER DESENhE EM UMA FOLhA DE PAPEL OS PERSONAGENS DA hISTÓRIA DOS TRêS PORQUINhOS, FAZENDO UM COLORIDO BEM BONITO, E RECORTE-OS. PEGUE UMA FOLhA DE JORNAL E DIVIDA-A EM TRêS PARTES. ENROLE CADA PARTE, FORMANDO TIRAS NA DIAGONAL, ATÉ QUE VIRE CANUDOS BEM FINOS. ENROLE ATÉ O FIM DA TIRA E FEChE COM UM POUCO DE COLA. FAÇA QUATRO CANUDOS, UM PARA CADA PERSONAGEM. QUANDO TERMINAR, COLE OS PERSONAGENS NOS CANUDOS E SEUS FANTOChES ESTARÃO PRONTOS.
  • 139. 139 ESCREVA A HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS NA FRENTE DAS GRAVURAS: TÍTULO:
  • 140. 140
  • 141. 141
  • 142. 142 O MURAL DA TURMA DO CAMPO A EDUCADORA JOANA CONSTRUIU COM SEUS EDUCANDOS UM MURAL CONTANDO UM POUQUINhO SOBRE CADA REGIÃO DE ONDE AS CRIANÇAS VIERAM. C
  • 143. 143 CONSTRUINDO O MURAL DA SUA TURMA EM UMA MESMA REGIÃO, TEMOS HÁBITOS E COSTUMES DIFERENTES. AGORA É A VEZ DE VOCÊ CONSTRUIR UM MURAL, DESENHANDO OS HÁBITOS E COSTUMES DA REGIÃO DE ONDE VOCÊ VEIO. MÃOS à OBRA! PEÇA A SEU(SUA) EDUCADOR(A) QUE ACOMPANHE SEUS PROGRESSOS.
  • 144. 144 DESENHE AQUI O QUE VOCÊ APRENDEU NA UNIDADE 2:
  • 145. 145 UNIDADE 3 A TURMA DO CAMPO SE PREOCUPA COM O MEIO AMBIENTE 145
  • 146. 146 VOCÊS SABIAM QUE A TURMINHA DO CAMPO É MUITO PREOCUPADA COM A PRESERVAÇÃO DO PLANETA? ELES SABEM DA IMPORTÂNCIA DE CUIDAR DO PRÓPRIO CORPO, DO AMBIENTE EM QUE VIVEM, DA TERRA QUE É FONTE DE SUSTENTO, DAS PLANTAS, DA PRESERVAÇÃO DOS ANIMAIS... ENFIM, ESSA TURMINHA É MUITO ESPERTA E SABE DA IMPORTÂNCIA DE PRESERVAR O MEIO AMBIENTE. POR ISSO, NESTA 3ª UNIDADE, APRENDEREMOS COM ESSA TURMINHA ALGUMAS DICAS PARA VIVERMOS EM HARMONIA COM O NOSSO AMBIENTE. QUE TAL CONHECÊ-LAS? SUA MUDANÇA DE ATITUDE FAZ DIFERENÇA. E O NOSSO PLANETA AGRADECE. ABRAÇOS OLÁ, PESSOAL! 146
  • 147. 147 PENSE AGORA EM UM TRAVA-LÍNGUA QUE VOCê GOSTA E SABE DE COR E ESCREVA-O NA PRÓXIMA PÁGINA. ATENÇÃO PARA AS DICAS: • PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM O TRAVA-LÍNGUA E ESCREVA-AS, UMA A UMA; • LEIA O TEXTO À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA; • ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO PRÓPRIO DE ESCREVER; • APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA O TEXTO INTEIRO E OBSERVE SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO, SE NECESSITAR; • LEIA SEU TEXTO PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM O DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO. NO FINAL DESTA UNIDADE, SEU EDUCADOR MOSTRARÁ COMO VOCê AVANÇOU NOS SEUS CONhECIMENTOS E CONTARÁ PARA VOCê O QUE VOCê AINDA PRECISARÁ APRENDER. VAMOS TRABALHAR JUNTOS! NA UNIDADE 2, VOCê ESCOLhEU UMA PARLENDA E A ESCREVEU PARA QUE SEU EDUCADOR ACOMPANhASSE SEUS PROGRESSOS.
  • 148.
  • 149. 149 ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 3 DATA: NOME: IDADE: DIAGNÓSTICO DE TRAVA-LÍNGUA: POR QUE ESCOLhEU ESTE TRAVA-LÍNGUA? ONDE APRENDEU? QUEM O ENSINOU A VOCê?
  • 151. 151 QUANDO PENSAMOS EM PRESERVAR O MEIO AMBIENTE, PENSAMOS LOGO EM PRESERVAR LAGOS, RIOS, ANIMAIS, PLANTAS... E ESQUECEMOS QUE PARA ESTARMOS BEM COM O AMBIENTE, PRECISAMOS ESTAR BEM CONOSCO. VOCê TEM CUIDADO DA SUA SAúDE? VEJA AS DICAS DE hIGIENE DA TURMA DO CAMPO PARA VOCê SE SENTIR BEM. LEMBRE-SE DE USAR APENAS A ÁGUA SUFICIENTE PARA NÃO hAVER DESPERDÍCIO! OLÁ, TURMA.A
  • 152. 152 DESENHE OUTRAS DICAS QUE DEVEMOS SEMPRE NOS LEMBRAR, PARA QUE O NOSSO CORPO PERMANEÇA SEMPRE SAUDÁVEL. 1 2 3 4 5
  • 153. 153 ESCREVA QUAIS SÃO OS HÁBITOS DE HIGIENE QUE VOCÊ DESENHOU PARA MANTER O CORPO SAUDÁVEL: 1 2 3 4 5 PESQUISE NOS POSTOS DE SAÚDE OUTRAS ORIENTAÇÕES PARA MANTER NOSSO CORPO SAUDÁVEL.
  • 154. 154 SOBRE O QUE SERÁ QUE CONTA ESTE POEMA? LEIA O POEMA ABAIXO. DECLAME O POEMA PARA A SUA TURMA. ZÉ MANÉ OLHA SÓ QUEM VEM LÁ PULANDO COM UM SÓ PÉ O COITADO ESTÁ SOFRENDO COM TANTO BICHO DE PÉ. ELE COÇA, COÇA, COÇA E NÃO ADIANTA FALAR: “CALÇA O SEU SAPATO MANÉ! PRO BICHO DE PÉ NÃO ENTRAR.” JÁ DE LONGE A GENTE SENTE QUANDO O ZÉ COÇA O PÉ SAI UM CHEIRO MUITO FORTE QUE O MELHOR É DAR NO PÉ. SE QUISER TER MUITOS AMIGOS UM CONSELHO VOU LHE DAR TOMA BANHO E ESCOVA OS DENTES QUE OS AMIGOS VÃO CHEGAR. VOCê CONhECE ALGUMAS POESIAS QUE FALAM SOBRE O CUIDADO COM O CORPO? QUAIS? b
  • 155. 155 ORDENE OS DOIS PRIMEIROS VERSOS DO POEMA: ZÉ MANÉ. COM TANTO BICHO DE PÉ OLHA SÓ QUEM VEM LÁ O COITADO ESTÁ SOFRENDO PULANDO COM UM SÓ PÉ PRO BICHO DE PÉ NÃO ENTRAR ELE COÇA, COÇA O PÉ “CALÇA O SAPATO MANÉ NÃO ADIANTA FALAR:
  • 156. 156 O QUE VOCÊ ENTENDEU DO POEMA? POR QUE ZÉ MANÉ TINHA CHULÉ E BICHO DE PÉ? O QUE ACONTECE QUANDO ZÉ MANÉ COÇA O PÉ?
  • 157. 157 VOCÊ JÁ TEVE BICHO DE PÉ? MARQUE COM UM X A CENA QUE MOSTRA COMO EVITAMOS PEGAR BICHO DE PÉ. COMPLETE: EVITAMOS PEGAR BIChO DE PÉ QUANDO... VOLTE AO TEXTO E PINTE TODOS OS ESPAÇOS ENTRE AS PALAVRAS.
  • 158. 158 LIGUE AS PALAVRAS COM A LETRA MAIÚSCULA ÀS MESMAS PALAVRAS COM A LETRA MINÚSCULA: PÉ chulé DEDÃO bicho de pé ChULÉ pé BIChO DE PÉ dedão CIRCULE AS LETRAS DAS SEGUINTES PALAVRAS DA POESIA: CHULÉ PÉ MANÉ L D T S M É I É D V Ã U B H P E F O C G
  • 159. 159 EM DUPLA, ESCREVA UMA PARTE DO POEMA COM LETRAS MÓVEIS. A POESIA É COMPOSTA DE MUITAS RIMAS. ESCREVA TODAS AS PALAVRAS DA POESIA QUE RIMAM COM PREQUETÉ: PINTE AS PALAVRAS QUE RIMAM COM DEDÃO. PÃO QUEIJOMAÇÃ MAMÃO MELÃO LEITE
  • 160. 160 TRILHA DA SAÚDE COM O CORPO MATERIAIS UTILIZADOS: 1 TAMPINhA DE COR DIFERENTE PARA CADA PARTICIPANTE 1 DADO MODO DE JOGAR: • SORTEIE QUEM IRÁ INICIAR A PARTIDA; • JOGUE O DADO E ANDE COM A SUA TAMPINhA O NúMERO DE CASAS CORRESPONDENTES; • SIGA AS DICAS DA CASA QUE CAIR; • VENCE O JOGO QUEM TERMINAR A TRILhA PRIMEIRO. HORA DO JOGOC 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Volt e 2 casa s A b dom in al Corr er2 casa s Fiq ue 1 ro dada se m jo gar Com o fr uta s Corp o sa udável A vance 2 casa s Volt e 3 casa s 16 17 Partida Chegada
  • 161. Início Chegada 1 4 5 6 7 8 9 11 13 14 2 3 10 12 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 25 26 27 28 2930 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 161 ChEGOU! VOCê JÁ SABE CUIDAR DA SAúDE. VOLTE 3 CASAS. ESCOVOU OS DENTES. ANDE 1 CASA. LAVOU AS MÃOS ANTES DAS REFEIÇÕES. ANDE 3 CASAS. NÃO CORTOU AS UNhAS. VOLTE 2 CASAS. FIQUE UMA RODADA SEM JOGAR. A CABEÇA ESTÁ LIMPA. ANDE 2 CASAS. TOMOU BANhO. ANDE 2 CASAS. VOLTE AO INÍCIO.
  • 162. 162
  • 164.
  • 165. 165 VOCÊ SERÁ O(A) EDUCADOR(A)! NESSE MÓDULO, VOCê APRENDEU A MANTER O CORPO SAUDÁVEL. AGORA, ChAME A SUA TURMA E FAÇA COM ELA UM CARTAZ COM ALGUMAS DICAS QUE AJUDAM O NOSSO CORPO A MANTER- SE COM SAúDE. Dê UMA VOLTA NA SUA COMUNIDADE E EXPLIQUE, UTILIZANDO SEU CARTAZ, COMO MANTER O CORPO SAUDÁVEL. QUANDO TERMINAR, ESCOLhA UM LOCAL VISÍVEL, ONDE PASSAM MUITAS PESSOAS, E PENDURE O CARTAZ NESSE LOCAL. NÃO SE ESQUEÇA DE LEVAR, TAMBÉM, AS DICAS AOS SEUS FAMILIARES! VOCê CONhECE ALGUMA POESIA QUE FALA SOBRE O CUIDADO COM O CORPO? QUAL? C Frutas BeberáguaEsportes Verduras Frutas BeberáguaEsportes Verduras Frutas BeberáguaEsportes Verduras Frutas BeberáguaEsportes Verduras Frutas Beberágua Esportes Verduras
  • 166. 166 TRABALHANDO COM TIRINHAS VOCÊ SABE O QUE É UMA TIRINHA? JÁ VIU MUITAS TIRINHAS? ONDE? VOCÊ GOSTA DELAS? POR QUE VOCÊ GOSTA DELAS? CONTE AOS SEUS AMIGOS SOBRE ALGUMAS TIRINHAS QUE VOCÊ JÁ VIU. TIRINHAS SÃO UMA SÉRIE DE QUADRINHOS, COM DESENHOS E ESCRITA, QUE APRESENTAM PROBLEMAS DO COTIDIANO COM HUMOR. A
  • 167. 167 LEIA A TIRINHA O PROBLEMA QUE FRANCISCO ENCONTROU ESTÁ PRESENTE EM SUA COMUNIDADE? CONVERSE COM SEUS COLEGAS SOBRE OUTROS PROBLEMAS DA SUA COMUNIDADE QUE AFETAM O MEIO AMBIENTE. CRIE UM GRUPO DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE. A TRISTE PESCARIA DE FRANCISCO VOLTE AO TEXTO, LEIA O TÍTULO DA HISTÓRIA E CIRCULE-O. VOCê CONCORDA COM ESSE TÍTULO? JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA. b
  • 168. 168 INVENTE OUTRO TÍTULO PARA A hISTÓRIA DE FRANCISCO E ESCREVA-O ABAIXO: O QUE VOCê PODE FAZER PARA MUDAR ESSA hISTÓRIA?
  • 169. 169 DESENHE UMA TIRINHA QUE TENHA UM FINAL FELIZ PARA O NOSSO PLANETA. QUANDO FOR SORTEADO, CONTE TODAS AS hISTÓRIAS AOS SEUS FAMILIARES, E NÃO SE ESQUEÇA DE LEVAR O ÁLBUM NO DIA SEGUINTE PARA A ESCOLA, COMBINADO? PEÇA AO EDUCADOR QUE REGISTRE O SEU PROGRESSO. TÍTULO • Dê UM TÍTULO PARA A SUA TIRINhA. • APRESENTE-A AOS SEUS AMIGOS! • FAÇA COMO A TURMA DO CAMPO: PENSANDO EM CONSTRUIR UM MUNDO MELhOR, REúNA EM UM ÁLBUM AS TIRINhAS QUE FIZERAM. • COLOQUE SUA PRODUÇÃO NO CANTINhO DE LEITURA. C
  • 170.
  • 171. 171 CONVERSANDO SOBRE AS BRINCADEIRAS • EM SUA COMUNIDADE, VOCê BRINCA COM SEUS COLEGAS? • QUAIS AS BRINCADEIRAS QUE REALIZAM? • ALGUÉM ORIENTA VOCê EM SUAS BRINCADEIRAS? • SEUS PAIS PARTICIPAM DAS BRINCADEIRAS? • QUAIS OS MATERIAIS QUE UTILIZAM PARA FAZER SUAS BRINCADEIRAS? A
  • 172. 172 O TEXTO QUE VOCê LEU É: CONVERSANDO SOBRE O TEXTO. UM BILhETE UMA PARLENDA UMA CURIOSIDADE UMA CARTA b ALGUMAS CRIANÇAS INDÍGENAS NÃO PRECISAM DE CAIXAS PARA GUARDAR OS SEUS BRINQUEDOS? USAM TUDO QUE ENCONTRAM NA NATUREZA PARA GUARDÁ-LOS. ELES É QUE CONSTROEM TUDO COM QUE BRINCAM. TUDO VEM DA FLORESTA E PARA A FLORESTA VOLTAM NO FINAL DA BRINCADEIRA: BARRO, PALhA, GRAVETOS, FOLhAS, SEMENTES, PEDRAS, DENTRE OUTROS.
  • 173. 173 E VOCê, ANA, JÁ CONSTRUIU ALGUM BRINQUEDO? MUITO BEM, ANA! CONSTRUINDO BRINQUEDOS GASTAMOS MENOS DINhEIRO E REAPROVEITAMOS MATERIAIS QUE POLUIRIAM O MEIO AMBIENTE. ALÉM DISSO, USAMOS A IMAGINAÇÃO E NOS TORNAMOS MAIS INTELIGENTES! O QUE É SER LIVRE, LEVE E SOLTO? DE ACORDO COM A REPORTAGEM, COMO AS CRIANÇAS INDÍGENAS CONSTROEM SEUS BRINQUEDOS? E VOCê, JÁ CONSTRUIU ALGUM BRINQUEDO REAPROVEITANDO MATERIAIS OU UTILIZANDO MATERIAIS QUE ENCONTRA NA NATUREZA? QUAIS? EU JÁ! VEJA QUE LINDA BONECA EU FIZ REAPROVEITANDO MATERIAIS.
  • 174. 174 ADORO CONSTRUIR BRINQUEDOS COM MATERIAIS SIMPLES QUE ENCONTRO PELO CAMINhO. VEJA COMO FIZ UMA PETECA PARA BRINCAR! ANTES DE LER O TEXTO, TENTE DESCOBRIR OS MATERIAIS QUE FRANCISCO UTILIZOU PARA FAZER UMA PETECA. PETECA MATERIAL NECESSÁRIO: JORNAL PEDAÇO DE BARBANTE PENAS MODO DE FAZER SEPARE UMA FOLhA DE JORNAL E FAÇA UMA BOLA. COLOQUE A BOLA NO CENTRO DA OUTRA FOLhA (PARA QUE A PETECA TENhA PESO) E INSIRA AS PENAS. ENVOLVA A BOLA DE JORNAL COM ESTA FOLhA E, EM SEGUIDA, FEChE-A UTILIZANDO O BARBANTE, DEIXANDO AS PENAS POR CIMA.
  • 175. 175 UIRÁ ADOROU A IDEIA DE CONSTRUIR UMA PETECA E RECOLhEU VÁRIOS MATERIAIS QUE ENCONTROU PELO CAMINhO. COM ESSA IDEIA, ELE TAMBÉM PODE CONTRIBUIR PARA A PRESERVAÇÃO DA NATUREZA. CIRCULE APENAS OS MATERIAIS QUE ELE VAI PRECISAR PARA CONSTRUIR A SUA PETECA. NUMERE AS CENAS DE ACORDO COM A INSTRUÇÃO DE COMO FAZER UMA PETECA: PEDRAS BARBANTE JORNAL FLORES GRAVETOS PENAS BOTÕES
  • 176. 176 FAÇA UMA LISTA DE OUTROS BRINQUEDOS QUE PODEMOS CONSTRUIR SEM GASTAR DINHEIRO E QUE TAMBÉM CONTRIBUEM NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE: DESENHE-OS ABAIXO:
  • 177. 177 JUNTE AS SÍLABAS DA MESMA COR E ESCREVA O NOME DOS BRINQUEDOS QUE VAI FORMAR. PA TE LA CA PI CA BO BO PE PI NE ÃO CIRCULE APENAS OS BRINQUEDOS DOS QUAIS VOCê ESCREVEU O NOME.
  • 178. 178 TAMBÉM QUERO ENSINAR COMO SE FAZ UM BRINQUEDO! VOU MOSTRAR AS GRAVURAS E VOCÊ VAI ESCREVER COMO SE FAZ UM BRINQUEDO MUITO DIVERTIDO!
  • 179. 179 O BRINQUEDO É: MATERIAL NECESSÁRIO: MODO DE FAZER:
  • 180. 180 VAMOS CONSTRUIR O BRINQUEDO QUE UIRÁ ENSINOU? DIVIRTA-SE A VALER! C
  • 181. 181 O FUTURO É AGORA PRECISAMOS ACORDAR PRESERVANDO O MEIO AMBIENTE CUIDANDO DO NOSSO LAR OS ANIMAIS EM EXTINÇÃO CAUSAM GRANDE PREOCUPAÇÃO FAZEM PARTE DO PLANETA COMPLETANDO A NATUREZA NOSSAS MATAS E NOSSOS RIOS NÓS DEVEMOS CONSERVAR POIS SÃO FONTES DA NATUREZA QUE PODEM ESGOTAR (...) QUAIS AÇÕES VOCÊ REALIZA PARA PRESERVAR O MEIO AMBIENTE? VOCÊ SE PREOCUPA COM A SUA PRESERVAÇÃO? VOCÊ CONCORDA QUE DEVEMOS CONSERVAR NOSSAS MATAS E NOSSOS RIOS? O QUE MAIS NO NOSSO PLANETA VOCÊ ACREDITA QUE DEVEMOS PRESERVAR? O MEIO AMBIENTE NO CORAÇÃO DA GENTEA as autoras
  • 182. 182 VOCê CONhECE ESTES ANIMAIS? JÁ VIU ALGUM DELES? QUAIS?
  • 183. 183 A TURMA DO CAMPO ESTÁ TÃO PREOCUPADA COM OS ANIMAIS EM EXTINÇÃO! ELA ESTUDOU TUDO QUE ENCONTROU SOBRE ELES. ANTÔNIA ASSISTIU UM FILME NA TELEVISÃO QUE INTERESSOU MUITO A TURMA DO CAMPO. FALAVA SOBRE O PEIXE-BOI. SEU(SUA) EDUCADOR(A) PEDIU-LhE QUE CONTASSE PARA OS COLEGAS O QUE APRENDEU. VEJA O QUE ANA DISSE: “O PEIXE-BOI É TAMBÉM ChAMADO DE VACA MARINhA, POIS VIVE TANTO NA ÁGUA DO MAR COMO NAS ÁGUAS DOS RIOS. NO BRASIL ELE É ENCONTRADO PRINCIPALMENTE NO RIO AMAZONAS. ELE ESTÁ AMEAÇADO DE EXTINÇÃO, POIS APESAR DE MUITO GRANDE É UM PEIXE MUITO MANSO E FÁCIL DE SER CAPTURADO PELO hOMEM. OS FILhOTES PESAM GERALMENTE DE 15 A 20 QUILOS E MEDEM CERCA DE 1 METRO. SÃO ANIMAIS QUE VIVEM SOZINhOS E SOMENTE DURANTE OS DOIS PRIMEIROS ANOS DE VIDA É QUE ESTÃO JUNTOS COM A SUA MÃE, PARA SE ALIMENTAR DE LEITE MATERNO. NÃO É INTERESSANTE?” VOCê SABE O QUE SIGNIFICA UM ANIMAL EM EXTINÇÃO? EM SUA COMUNIDADE, EXISTE ALGUM ANIMAL EM EXTINÇÃO? QUAL? VOCê SABE QUAL A IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA DA FAUNA9 NA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL? 9 - FAUNA: CONJUNTO DE ANIMAIS PRÓPRIOS DE UMA REGIÃO. b
  • 184. 184 APÓS A LEITURA DO TEXTO FEITA PELO(a) SEU(sua) EDUCADOR(a), RESPONDA NO QUADRO: ESCREVA A INFORMAÇÃO QUE VOCÊ ACHOU MAIS INTERESSANTE SOBRE O PEIXE-BOI: PESO DO FILHOTE NOME DO ANIMAL ONDE VIVEM NO BRASIL TAMANHO DO FILHOTE
  • 185. 185 COM A AJUDA DA SUA TURMA, COMPLETE O QUADRO COM AS CARACTERÍSTICAS DE UM ANIMAL TÍPICO DA SUA COMUNIDADE: VOLTE AO TEXTO E MARQUE O NOME DA PESSOA QUE DEU O NOME A ELE. SE FOSSE VOCÊ QUE TIVESSE QUE ESCOLHER O NOME DO PEIXE-BOI, QUE NOME DARIA? JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA. CURIOSIDADE NOME DO ANIMAL PESO APROXIMADO ONDE VIVE
  • 187. 187 ESCREVEMOS ABAIXO OS NOMES DE ALGUNS ANIMAIS QUE ESTÃO EM EXTINÇÃO. DESENHE-OS NOS QUADROS VAZIOS. VOCê CONhECE O JOGO DA MEMÓRIA? mico-leão-dourado arara azul baleia azul
  • 188.
  • 189. 189 RECORTE AS PEÇAS E CHAME SEUS COLEGAS PARA JOGAR. peixe-boi onça-pintada tartaruga-marinha lobo-guará tamanduá-bandeira
  • 190.
  • 191. 191 COM SEUS FAMILIARES, DESCUBRA QUAIS OS ANIMAIS EM EXTINÇÃO NA SUA COMUNIDADE E DESENHE-OS ABAIXO. • FAÇA UMA VISITA COM SEUS COLEGAS A SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E OUTRAS ENTIDADES PARA DESCOBRIR SE HÁ MOVIMENTO ORGANIZADO PARA A PRESERVAÇÃO DOS ANIMAIS. • SE NÃO HOUVER, CONVIDE AS PESSOAS DA SUA COMUNIDADE PARA ORGANIZAR UM “GRUPO DE AMIGOS DOS ANIMAIS”. C
  • 192. 192 CONVERSANDO SOBRE A SAÚDE. VOCê JÁ ESTUDOU SOBRE A IMPORTÂNCIA DA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE. NESSES ESTUDOS, VOCê OBSERVOU QUE A PRESERVAÇÃO AMBIENTAL INFLUENCIA A QUALIDADE DE VIDA. EVITAR DOENÇAS É MUITO IMPORTANTE PARA A NOSSA SAúDE, NÃO É MESMO? VOCê JÁ TEVE DENGUE? CONhECE ALGUÉM QUE JÁ TEVE? CONhECE SEUS SINTOMAS? COMO ELA É TRANSMITIDA?
  • 193. 193 LEIA O TEXTO • ESCREVA DOIS SINAIS DE ALERTA DA DENGUE? • CIRCULE AS PALAVRAS ACIMA QUE VOCê CONhECE. • ESCREVA OS SINAIS DE ALERTA QUE COMEÇAM COM A LETRA “D”. DENGUE – SINAIS DE ALERTA SINAIS DE ALERTA • SANGRAMENTO • DOR DE BARRIGA • DIFICULDADE PARA RESPIRAR • SUOR FRIO • DESMAIOS • QUEDA DE PRESSÃO • VÔMITOS FREQUENTES
  • 194. 194 ESCREVA O NOME DA DOENÇA DE QUE ESTAMOS FALANDO. DESENHE O TRANSMISSOR DA DENGUE. MARQUE A OPÇÃO CORRETA. O MOSQUITO TRANSMISSOR DA DENGUE, AEDES AEGYPTI, COSTUMA PICAR AS PESSOAS: DE MADRUGADA À NOITE DURANTE O DIA APENAS À TARDINHA
  • 195. 195 MARQUE O LOCAL ONDE SE DEVE IR, CASO APRESENTE ALGUM SINTOMA DA DENGUE: ESCREVA TRÊS SINTOMAS DA DENGUE: ALOCSE ALOCSE ALOCSE
  • 196. 196 FRANCISCO SABE QUE O MOSQUITO DA DENGUE BOTA SEUS OVOS EM ÁGUA PARADA. PARA EVITAR QUE O MOSQUITO SE REPRODUZA, ELE TOMOU ALGUMAS MEDIDAS. VEJA! VIROU AS GARRAFAS PET DO TERREIRO DA SUA CASA PARA BAIXO, PARA NÃO ACUMULAR ÁGUA. RECOLhEU OBJETOS E MATERIAIS QUE ACUMULAM ÁGUA PARADA. COLOCOU AREIA NOS PRATINhOS DOS VASOS DE PLANTAS. FRANCISCO FICOU PENSANDO O QUE MAIS PODERIA FAZER.
  • 197. 197 DESENHE OUTRAS DICAS PARA FRANCISCO EVITAR QUE OS MOSQUITOS DA DENGUE SE REPRODUZAM. ESCREVA AS DICAS QUE DESENHOU VOCÊ CONHECE OUTRAS DOENÇAS QUE SÃO TRANSMITIDAS POR MOSQUITOS E QUE PODEM SER EVITADAS COM OS MESMOS CUIDADOS? QUAIS? 1 1 3 3 2 2 4 4
  • 198. 198 1 Litro BRINCANDO DE DETETIVE VOCê SERÁ O DETETIVE! FAÇA UM CARTAZ COM AS SEGUINTES INFORMAÇÕES: • O QUE É A DENGUE. • NOME DO MOSQUITO QUE TRANSMITE ESTA DOENÇA. • COMO EVITAR A PROLIFERAÇÃO DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI. • SINTOMAS DA DOENÇA. • SAIA NA SUA COMUNIDADE E INVESTIGUE OS LOCAIS EM QUE ESTE MOSQUITO PODE COLOCAR SEUS OVOS. • ELIMINE OS PERIGOS QUE ENCONTRAR. • DISTRIBUA O TEXTO QUE FIZERAM CONSCIENTIZANDO A SUA COMUNIDADE. A SUA ATITUDE FAZ A DIFERENÇA!
  • 199. 199 PREOCUPADOS COM A PRESERVAÇÃO DO PLANETA, A TURMA DO CAMPO ESCREVEU VÁRIAS FRASES SOBRE O MEIO AMBIENTE E DISTRIBUIU EM SUA COMUNIDADE. Cuide da nossa floresta Coma alimentos saudáveis
  • 200. 200 VOCÊ ACHA QUE AS ATITUDES DA TURMINHA FORAM IMPORTANTES? POR QUÊ? COMO VOCÊ ACHA QUE ESTA ATITUDE PODE AJUDAR A COMUNIDADE DESSA TURMA? LISTE OS PRINCIPAIS PROBLEMAS AMBIENTAIS QUE AFETAM A SUA COMUNIDADE.
  • 201. 201 ESCOLHA UMA PALAVRA DE CADA RETÂNGULO E ESCREVA FRASES EDUCATIVAS SOBRE O MEIO AMBIENTE. EU GOSTO DE JOGAR TOME esconder preservar segurar LUXO LIXO LUZ ALEGRIA MEDO EDUCAÇÃO PLANTA ÁGUA TERRA BANHO CAFÉ LEITE FRASE: FRASE: FRASE: O MEIO AMBIENTE NO CHÃO É FALTA DE RÁPIDO, PARA ECONOMIZAR
  • 202. 202 VOCÊ PODE SER UM AGENTE AMBIENTAL AGORA QUE ESTAMOS TERMINANDO A NOSSA 3ª UNIDADE, JÁ CONVERSAMOS MUITO SOBRE A IMPORTÂNCIA DE CUIDAR DO MEIO AMBIENTE, NÃO É MESMO? SABEMOS QUE CUIDAR DA HIGIENE E DO CORPO, DA SAÚDE, DO AMBIENTE EM QUE VIVEMOS, DOS SERES VIVOS QUE ESTÃO AO NOSSO REDOR, DA TERRA, DO AR... ENFIM, CUIDAR DE NÓS MESMOS E DO PLANETA, É MUITO IMPORTANTE! ESCREVA UM TEXTO CONTANDO O QUE APRENDEU NESTA UNIDADE. QUANDO TERMINAR, CHAME UM COLEGA PARA O CANTINHO DE APRENDIZAGEM E LEIA O QUE ESCREVEU PARA ELE.
  • 203. 203
  • 204. 204 SEMINÁRIO: O DIA DAS CONQUISTAS: MEIO AMBIENTE E SAÚDE DO CORPO FÍSICO Para finalizar a unidade, organize com seus colegas um seminário. Este seminário será apresentado para seus colegas, familiares e para sua comunidade. Desta forma, você poderá construir novos conhecimentos sobre o assunto e divulgar as importantes informações que aprendeu. • Convide as pessoas da comunidade que entendam sobre ações ambientais e de saúde do corpo para dar palestras e cursos no dia combinado. Temas sugeridos: preservação ambiental, vacinação, higiene e saúde etc. • Chame todos os colegas da sua turma para participar e divida as tarefas de organização do seminário com eles. C
  • 205. 205 SUGESTÃO DE DIVISÃO DE TAREFAS: • PENSE EM UM DIA E EM UMA HORA QUE FAVOREÇA A PRESENÇA DE TODOS. • SIGA TODAS AS ORIENTAÇÕES DA Educadora, PARA QUE TUDO ESTEJA PREPARADO NO DIA COMBINADO. BOM TRABALHO, PESSOAL! O 1º ANO CONFECCIONARÁ UM CONVITE A SER ENVIADO A TODOS DA SUA COMUNIDADE PARA PARTICIPAR DO EVENTO. O 2º ANO CONSTRUIRÁ FAIXAS E CARTAZES. DEPOIS, ESPALHARÁ PELA ESCOLA E PELA VIZINHANÇA, FAZENDO PROPAGANDA DO SEMINÁRIO. O 3º ANO FICARÁ RESPONSÁVEL EM ORGANIZAR, JUNTO COM O SEU EDUCADOR, A COLETA DE TODO O MATERIAL PRODUZIDO PELAS CRIANÇAS DA ESCOLA E ORGANIZAR UMA EXPOSIÇÃO COM ELE. LEMBRE-SE: A EXPOSIÇÃO SERÁ VISITADA POR TODOS DA COMUNIDADE. O 4º ANO REALIZARÁ, ATRAVÉS DOS MATERIAIS PRODUZIDOS NA EXPOSIÇÃO, UMA APRESENTAÇÃO DE TODO O CONTEÚDO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ESTUDADO. O 5º ANO FICARÁ ENCARREGADO DE FAZER PALESTRAS SOBRE O ASSUNTO PARA TODOS DA COMUNIDADE (Educandos, Educadores E PAIS).
  • 206. 206 VAMOS TRABALHAR JUNTOS! NO INÍCIO DA UNIDADE 2, VOCê ESCOLhEU UMA PARLENDA E A ESCREVEU PARA QUE SEU EDUCADOR ACOMPANhASSE SEUS PROGRESSOS. PENSE AGORA EM ALGUMAS FRASES SOBRE O MEIO AMBIENTE QUE VOCê GOSTA E ESCREVA-AS NA PRÓXIMA PÁGINA. ATENÇÃO PARA AS DICAS: • PENSE NAS PALAVRAS QUE COMPÕEM AS FRASES E ESCREVA-AS, UMA A UMA; • LEIA AS FRASES À MEDIDA QUE ESTIVER ESCREVENDO, E VERIFIQUE SE NÃO PULOU NENhUMA PALAVRA; • ASSIM COMO VOCê, TODAS AS CRIANÇAS TêM SEU JEITO PRÓPRIO DE ESCREVER; • APÓS TERMINAR A ESCRITA, LEIA TODAS AS FRASES E OBSERVE SE ESCREVEU TODAS AS PALAVRAS. MUDE ALGO, SE NECESSITAR; • LEIA SUAS FRASES PARA O SEU EDUCADOR, MOSTRANDO COM O DEDO A PARTE QUE REPRESENTA O QUE ESTÁ LENDO. OBSERVE AS ESCRITAS QUE REALIZOU DURANTE AS TRêS UNIDADES E, JUNTO COM SEU EDUCADOR, ANALISE COMO AVANÇOU EM SEUS CONhECIMENTOS.
  • 207. 207 ATIVIDADE DIAGNÓSTICA N° 4 DATA: NOME: IDADE: DIAGNÓSTICO DE FRASES POR QUE ESCOLhEU ESSAS FRASES? POR QUE VOCê AChA QUE ESSAS FRASES SÃO IMPORTANTES PARA O MEIO AMBIENTE? COMO VOCê PODE DIVULGÁ-LAS PARA AJUDAR A PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE?
  • 208.
  • 209. ESTE LIVRO NÓS FIZEMOS COM ALEGRIA E PRAZER SÓ PRA ENSINAR A VOCêS O SABER LER E ESCREVER. ELE É UM BELO PRESENTE QUE AQUI QUEREMOS DEIXAR NA CERTEZA DE QUE NESTE FINAL ESTÃO PRONTOS PRA CAMINhAR. A PORTA JÁ FOI ABERTA AGORA É SÓ ENTRAR NO MUNDO MARAVILhOSO DO LER, ESCREVER E SONhAR TEMOS CERTEZA QUE AGORA TODOS JÁ ESTÃO SEDUZIDOS PELO PRAZER DE EXPRESSAR TODOS OS SONhOS PERDIDOS ESCREVER PARA DEIXAR TODAS AS NOSSAS EMOÇÕES E QUE NÃO SEJA SÓ COM A MÃO MAS SIM COM O CORAÇÃO. AS AUTORAS. HORA DA DESPEDIDA 209
  • 210. VAMOS ENCERRANDO POR AQUI. QUE ESTE LIVRO TENHA AJUDADO VOCÊ E OS SEUS COLEGAS A REFLETIREM, AINDA MAIS, SOBRE A LEITURA E A ESCRITA. SENTIREMOS MUITA SAUDADE DESSA TURMINHA ANIMADA QUE PASSOU TANTO TEMPO TRABALHANDO CONOSCO. ESPERAMOS QUE TENHAM GOSTADO DO LIVRO 2, ASSIM COMO NÓS GOSTAMOS DE PREPARÁ-LO PARA VOCÊS. QUE TAL NOS CONTAR O QUE ACHARAM DESSE TRABALHO? ABRAÇOS. OBSERVE AS ESCRITAS QUE REALIZOU DURANTE AS TRÊS UNIDADES E, JUNTO COM SEU(SUA) Educador(a), ANALISE SEUS AVANÇOS. 210
  • 211. 211 A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A E E E E E E E E E E E E E E E
  • 212.
  • 213. 213 I I I I I I I I I I O O O O O O O O O O O O O O O U U U U U U U U U U
  • 214.
  • 215. 215 B B B B C C C C C D D D D F F F F G G G H H J J J K K L L L M M M M N
  • 216.
  • 217. 217 N N P P P Q Q Q R R R R R S S S S S T T T T V V V W W W X X Y Y Z Z Z
  • 218.
  • 219. 219 A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A E E E E E E E E E E E E E E E
  • 220.
  • 221. 221 Referências PÁG. 117 – Alfabetização: livro do aluno. 3ª ed. Brasília: FUNDEESCOLA/SEF-MEC, 2007. PÁG. 133 – ADAPTAÇÃO PROJETOS: CONTOS DE FADAS, GLAUCE ROSSI QUILICI
  • 222. 222
  • 223.
  • 224. 224