A UNIVERSIDADE JUDAICA CARAITA (UJC), única entidade autorizada pelo Conselho
de Sábios do Judaísmo Caraíta Universal (UKJ...
A COMJUCASE não tem qualquer relação com o Conselho de Sábios Caraítas em
Israel, e isso deve ficar muito claro a todos.
Se...
V - A UJC reforça que qualquer candidato à conversão judaica caraíta que pertença à
ou esteja afiliado ou relacionado à COM...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Carta da KJU sobre a COMJUCASE

4.457 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Carta da KJU sobre a COMJUCASE

  1. 1. A UNIVERSIDADE JUDAICA CARAITA (UJC), única entidade autorizada pelo Conselho de Sábios do Judaísmo Caraíta Universal (UKJ), com sede em Israel, para oferecer cursos preparatórios para a conversão, vem a público mais uma vez com o fim de desmentir as falsas alegações do grupo auto-denominado COMJUCASE. Chegou ao nosso conhecimento por diversas vias que a COMJUCASE tem oferecido cursos de conversão e introdução ao Judaísmo, que alega ser aprovados e supostamente mais baratos e mais acessíveis do que o curso oferecido pela UJC. Diante disso, a UJC vem a público esclarecer o seguinte: I - A afirmação da COMJUCASE de que contará com breve visita de um sábio caraíta para oficialização de sua comunidade é FALSA. As conversões judaicas caraítas, no presente momento, não são realizadas no Brasil, e isso não ocorrerá até que se tenha uma comunidade de judeus caraítas estabelecida, e devidamente registrada e reconhecida pelo Conselho de Sábios Caraítas de Israel. Até lá, os candidatos brasileiros podem optar por fazerem o curso de Introdução ao Judaísmo Caraíta da UJC, e aguardarem o momento acima indicado ou, se possível for, viajarem para Daly City, nos EUA, a fim de participarem da cerimônia de conversão supervisada pelos Hakhamim (Sábios) de Israel. Mesmo quando houver alternativa viável no Brasil, ela não ocorrerá por vias da COMJUCASE, visto que, repita-se, a Universidade Judaica Caraíta é o único órgão em todo o mundo reconhecido e autorizado pelo Conselho de Sábios Caraítas para administrar o curso e para aprovar os candidatos para a cerimonia de conversão. II - A COMJUCASE alega relacionamento com os Sábios Caraítas de Israel, o que já foi desmentido em carta assinada pelo Rabino Chefe da única autentica Comunidade Judaica Caraíta no mundo.
  2. 2. A COMJUCASE não tem qualquer relação com o Conselho de Sábios Caraítas em Israel, e isso deve ficar muito claro a todos. Se houve, ou ainda há, algum tipo de contato da COMJUCASE com qualquer pessoa, veículo ou mídia judaica caraíta, é apenas através de canais públicos, que qualquer um pode acessar. Por exemplo, fóruns públicos de Internet, listas de e-mail, etc. Ressalta-se ainda que as fotos publicadas por alguns membros da COMJUCASE em sinagogas caraítas em Israel se deve unicamente ao fato de que as sinagogas caraítas, como a maioria das sinagogas em Israel, está aberta ao público e permite a turistas tirarem fotos. Assim como tirar uma foto em visita ao Knesset não torna uma pessoa um político israelense, tirar uma foto em visita a uma sinagoga caraíta como um turista visitante não torna ninguém um judeu caraíta. A UJC ressalta ainda que nenhum líder da COMJUCASE jamais será recebido por alguma comunidade autenticamente Caraíta de Israel para qualquer fim religioso, e que qualquer visitação futura que possa eventualmente ocorrer da parte dos líderes da COMJUCASE não passará do âmbito de simples turismo, e que ninguém deve se deixar enganar por fotos de qualquer local. III - A COMJUCASE afirma, falsa e maliciosamente, que é preciso ter muito dinheiro para tomar o curso da UJC, e insinua enriquecimento ilícito por parte de membros do corpo docente. A UJC esclarece que seu corpo docente é totalmente voluntário, e não recebe salário algum pelo curso de Introdução ao Judaísmo Caraíta. Os valores cobrados dos candidatos se aplicam unicamente a pagar a infra-estrutura do curso, bem como custear a viagem dos sábios de Israel e outros países a California, nos EUA, para supervisar a cerimônia de conversão. Além disso, a UJC jamais em sua história rejeitou o pedido de um candidato que desejasse se converter, mas que não tivesse condições de arcar com o valor total do curso. Quando um candidato não possui recursos para pagar a taxa normal pelo curso, a reitoria da UJC sempre avalia o caso, chegando a um arranjo que seja possível para o candidato. IV - A UJC lamenta que a COMJUCASE tenha acrescentado à lista de suas práticas pervertidas e maliciosas o plágio à ficha de inscrição da UJC, e reitera que qualquer candidato que pague por conversão junto à COMJUCASE está caindo em conto do vigário, e não terá qualquer reconhecimento junto às autoridades judaicas caraítas de Israel.
  3. 3. V - A UJC reforça que qualquer candidato à conversão judaica caraíta que pertença à ou esteja afiliado ou relacionado à COMJUCASE será AUTOMATICAMENTE REJEITADO. A UJC, única entidade responsável pelos cursos de preparação para a conversão ao Judaísmo Caraíta no mundo, ressalta ainda que os líderes e membros da COMJUCASE jamais serão aceitos ou reconhecidos como judeus caraítas em qualquer hipótese. VI - A UJC esclarece ainda que o Conselho de Sábios não aprova as intenções ou as práticas da COMJUCASE, e considera tanto suas ações, como também seus ensinamentos e práticas religiosas como totalmente estranhas ao Judaísmo Caraíta, à sua tradição, história, crença ou prática diária. VII - A UJC lamenta que pessoas inocentes estejam sendo ludibriados por profissionais da religião, que se valem da falta de conhecimento, acesso ou da boa vontade de pessoas íntegras para lhes aplicar um golpe financeiro. A UJC desde já se coloca à inteira disposição de todos para quaisquer esclarecimentos adicionais que possam ser necessários. Atenciosamente, Daniel Ben Immanuel Decano do Departamento Latino Universidade Judaica Caraíta

×