Diabetes

170 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Diabetes

  1. 1. DIABETESQuando em jejum, os níveis de glicose no sanguedevem estar abaixo do 100 mg/dL. Este é o valornormal e desejado para todos.
  2. 2. Diabetes – o que é?O diabetes mellitus é a doença causada pelo excesso de glicose(açúcar) na corrente sanguínea. Ocorre quando o pâncreas produz poucaou nenhuma insulina. A insulina é um hormônio que ajuda o corpo aabsorver e utilizar a glicose dos alimentos. Sem insulina, os níveis de glicosetornam-se mais elevados que o normal.O excesso de glicose é tóxico para as células dos vasossanguíneos, fazendo com que as artérias sofram progressivas lesões,levando às complicações típicas do diabetes, como problemas renais,cegueira, doenças cardiovasculares, lesões neurológicas, gangrena dosmembros, etc.
  3. 3. Diabetes - TiposDiabetes tipo 1 – É também conhecido como diabetes insulinodependente, diabetes infanto-juvenil e diabetes imunomediado. Neste tipo de diabetes, a produção de insulina do pâncreas éinsuficiente, pois suas células sofrem o que chamamos de destruição autoimune. Os portadores de diabetestipo 1 necessitam de injeções diárias de insulina para manterem o nível de glicose no sangue em valoresnormais. Há risco de vida se não forem tomadas as doses adequadas de insulina diariamente.O diabetes tipo 1, embora ocorra em qualquer idade, é mais comum em crianças,adolescentes ou adultos jovens.Diabetes tipo 2 – É também chamado de diabetes não insulinodependente ou diabetes doadulto e corresponde a 90% dos casos de diabetes. É mais comum, geralmente, em pessoas obesas commais de 40 anos de idade embora, na atualidade, esteja ocorrendo com maior frequência em jovens, emvirtude de maus hábitos alimentares, sedentarismo e estresse da vida urbana. Neste tipo de diabetes,verifica-se a presença de insulina, porém sua ação é dificultada pela obesidade, o que é conhecido comoresistência insulínica, uma das causas de hiperglicemia.Por ser pouco sintomático, o diabetes, na maioria das vezes, permanece por muitos anos semdiagnóstico e sem tratamento, o que favorece a ocorrência de suas complicações no coração e nocérebro.
  4. 4. Diabetes - SintomasAproximadamente, metade dos portadores de diabetes tipo 2 desconhecem sua condição, uma vez que a doença épouco sintomática. O diagnóstico precoce do diabetes é importante pois o tratamento evita sua complicações.• Quando presentes, os sintomas mais comuns são:• Necessidade de urinar excessivamente, inclusive acordar várias vezes à noite para essa finalidade;• Sede intensa;• Aumento do apetite;• Perda de peso (em pessoas obesas, a perda de peso ocorre mesmo que estejam comendo em excesso);• Cansaço;• Vista embaçada ou turvação visual;• Infecções frequentes, sendo as mais comuns, as infecções de pele.
  5. 5. DiabetesAlimentação• Uma vez diagnosticado o diabetes, o seu tratamento tem como base a aquisição de umaalimentação saudável, a prática de atividade física, a medicação (antidiabéticos orais ou insulina) e oemagrecimento, em caso de excesso de peso ou obesidade.• Não existe uma alimentação específica para pessoas com diabetes. O ideal é seguir as orientaçõespara uma alimentação saudável, semelhantes às recomendadas para a população em geral, dasquais destacamos:• O fracionamento das refeições ao longo do dia é fundamental para evitar subidas e descidasacentuadas da glicemia (6 refeições diárias).• Inclusão de alimentos ricos em fibras como frutas, verduras e alimentos integrais nas refeições, queajudam a controlar a glicemia, não se esquecendo da ingestão de água para que não hajaproblemas intestinais.• Lembrete importante: o açúcar não está presente somente nos alimentos doces; por isso, é necessárioo controle da ingestão de alimentos ricos em carboidratos como pães, massas, arroz, batata entreoutros.

×