Juvenis lição 09 - 2° trimestre 2015

242 visualizações

Publicada em

Lição 09 Juvenis 2° Trimestre 2015

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
242
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Juvenis lição 09 - 2° trimestre 2015

  1. 1. TEXTO ÁUREO “Conhecemos o amor nisto que Ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos” • ( 1 Jo 3;16)
  2. 2. SINTETIZANDO • A doação de órgãos antes de tudo é um ato de AMOR.
  3. 3. INTRODUÇÃO • Doar órgãos a os que concordam e os que não com essa situação. Mas afinal, qual deve ser nosso posicionamento como servos de Deus?
  4. 4. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE • 1 Coríntios 15:13-20 • E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou.
  5. 5. • E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens. Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.
  6. 6. 1- O que é isso afinal? • É a concordância por parte de uma pessoa, que consente em que seus órgãos, tal procedimento visa aumentar os dias de vida desses pacientes. • Os mais comuns e que não causam polemicas.
  7. 7. 2- E A DOAÇÃO APÓS A MORTE • Avise seus familiáres. • Cadastre-se.
  8. 8. • ADOTE A VIDA! SEJA DOADOR DE ÓRGÃOS! • Qualquer pessoa pode doar órgãos. Nenhuma religião é contra a doação. Pelo contrário, toda religião apóia o amor aos outros, que inclui o ato de doar-se. • A legislação brasileira sobre o processo doação transplante estabelece que somos todos doadores de órgãos desde que após a nossa morte um familiar (até segundo-grau de parentesco) autorize, por escrito, a retirada dos órgãos. • Portanto, não basta você querer ser um doador de órgãos. • Sua família também precisa saber. São eles que vão autorizar os médicos a fazer o transplante da sua vida para outras vidas. • Diga em casa, diga para seus amigos, diga para todo mundo que você quer ser um doador.
  9. 9. • Para um transplante de órgãos, só importa a compatibilidade entre você e as várias pessoas que esperam um coração, um pulmão, um rim. Uma vida. • Não é necessário nenhum registro em documento. Basta deixar a família avisada. Ela vai considerar isso como último desejo e autorizar a doação.
  10. 10. • O cartão de doador e o cadastro que disponibilizamos aqui não substituem a manifestação da família, mas é um importante símbolo de sua vontade que poderá ajudar em um momento de tomada de decisão. • Parte das famílias que não autoriza a doação dos órgãos de um ente querido age assim por desconhecer a opção do falecido.
  11. 11. CONCLUSÃO • “Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque está é a lei e os profetas” (Mt 7.12).

×