SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
“Criou Deus, pois, o homem à
sua imagem, à imagem de
Deus o criou; homem e mulher
os criou. E Deus os abençoou e
lhes disse: Sede fecundos,
multiplicai-vos, enchei a terra e
sujeitai-a; dominai sobre os
peixes do mar, sobre as aves
dos céus e sobre todo animal
que rasteja pela terra” (Gn
1.27,28).
“Porque Deus amou o mundo
de tal maneira que deu o seu
Filho unigênito, para que todo
aquele que nele crê não
pereça, mas tenha a vida
eterna” (João 3.16).
“E o amor é isto: não fomos
nos que amamos a Deus, mas
foi ele que nos amou e, em
Cristo, por meio dele, os
nossos pecados fossem
perdoados” (1 Jo 4.10).
“Com varão te não deitarás,
como se fosse mulher:
abominação é” (Lv 18.22 ARC).
“Não se deite com um homem
como quem se deita com
mulher; é repugnante” (Lv
18.22 NVI).
“Quando também um homem se deitar com outro homem como
com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão;
o seu sangue é sobre eles” (Lv 20.13 NTLH).
“Se um homem se deitar com outro homem como quem se deita
com mulher, ambos praticaram um ato repugnante. Terão que
ser executados, pois merecem a morte” (Lv 20.13 NVI).
“Não haverá rameira dentre
as filhas de Israel; nem
haverá sodomita dentre os
filhos de Israel. Não trarás
salário de rameira nem preço
de cão à casa do SENHOR,
teu Deus, por qualquer voto;
porque ambos estes são
igualmente abominação ao
SENHOR, teu Deus.” (Dt
23.17,18 ARC).
“Nenhum israelita, homem ou mulher, poderá tornar-se
prostituto cultual. Não tragam ao santuário do Senhor, teu Deus,
os ganhos de uma prostituta ou de um prostituto, a fim de pagar
algum voto, pois o Senhor, o seu Deus, por ambos tem
repugnância”. (Dt 23.17,18 NVI).
“Sabemos que a Lei é boa, se alguém a usa de maneira
adequada.
Também sabemos que ela não é feita para os justos, mas para os
transgressores e insubordinados, para os ímpios e pecadores,
para os profanos e irreverentes, para os que matam pai e mãe,
para os homicidas, para os que praticam imoralidade sexual e os
homossexuais, para os sequestradores, para os mentirosos e os
que juram falsamente; e para todo aquele que se opõe a sã
doutrina” (1 Tm 1.8-10 NVI)
“De modo semelhante a estes,
Sodoma e Gomorra e as cidades
em redor se entregaram à
imoralidade e as relações
sexuais antinaturais. Estando
sob o castigo do fogo eterno,
elas servem de exemplo” (Jd
7NVI).
“Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de
Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem
adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões,
nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem
trapaceiros herdarão o reino de Deus” (1 Co 6.9,10 NVI).
“Por isso Deus os entregou à
impureza sexual, segundo os
desejos pecaminosos do seu
coração, para a degradação do
seu corpo entre si. Trocaram a
verdade de Deus pela mentira, e
adoraram e serviram a coisas e
seres criados, em lugar do Criador,
que é bendito para sempre.
Amém”. (Rm 1.24,25 NVI)
“Por causa disso Deus os entregou a
paixões vergonhosas. Até suas
mulheres trocaram suas relações
sexuais naturais por outras, contrárias
à natureza. Da mesma forma, os
homens também abandonaram as
relações naturais com as mulheres e
se inflamaram de paixão uns pelos
outros. Começaram a cometer atos
indecentes, homens com homens, e
receberam em si mesmos o castigo
merecido por sua perversão”. (Rm
1.26,27 NVI)
“Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas
concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu
corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em
mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o
qual é bendito eternamente. Amém!”. (Rm 1.24,25 RA)
“Por causa disso, os entregou Deus
a paixões infames; porque até as
mulheres mudaram o modo
natural de suas relações íntimas
por outro, contrário à natureza;
semelhantemente, os homens
também, deixando o contato
natural da mulher, se inflamaram
mutuamente em sua sensualidade,
cometendo torpeza, homens com
homens, e recebendo, em si
mesmos, a merecida punição do
seu erro”. (Rm 1.26,27 RA)
Melhor é serem dois do que um,
porque têm melhor paga do seu
trabalho. Porque se caírem, um
levanta o companheiro; ai, porém,
do que estiver só; pois, caindo, não
haverá quem o levante. Também, se
dois dormirem juntos, eles se
aquentarão; mas um só como se
aquentará? Se alguém quiser
prevalecer contra um, os dois lhe
resistirão; o cordão de três dobras
não se rebenta com facilidade”. (Ec
4.9.12 RC)
“É melhor ter companhia do que
estar sozinho, porque maior é a
recompensa do trabalho de duas
pessoas. Se um cair, o amigo pode
ajudá-lo a levantar-se! E se dois
dormirem juntos, vão manter-se
aquecidos. Como, porém, manter-se
aquecido sozinho? Um homem
sozinho pode ser vencido, mas dois
conseguem defender-se. Um cordão
de três dobras não se rompe com
facilidade” (Ec 4.9-12 NVI).
“Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para
revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo: até que
o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei,
até que tudo se cumpra.” (Mt 5.17,18 RA).
“Ele, porém, respondendo, disse-
lhes: Não tendes lido que, no
princípio, o Criador os fez macho e
fêmea e disse: Portanto, deixará o
homem pai e mãe e se unirá à sua
mulher, e serão dois numa só
carne? Assim não são mais dois,
mas uma só carne. Portanto, o que
Deus ajuntou não separe o
homem.” (Mt 19.4-6 RC)
“Porque existem diferentes razões pelas quais os homens não se
casam: alguns nasceram sem este desejo; outros, por terem sido
castrados; e outros renunciaram ao casamento por causa do
Reino dos Céus. Quem puder aceitar isso, que o faça”. (Mt 19.12
NTJ)
“No entanto, se alguém sentir que
deve casar-se porque tem
dificuldade em controlar seus
desejos, está certo, não é pecado;
que se case. Mas se um homem
tem força de vontade para não
casar-se e decidir que ele não
precisa fazê-lo e não o fará,
tomou uma sábia decisão”. (1 Co
7.36,37 Bíblia Viva)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Origem do Casamento - Autor. Ribamar Cantanhede
A Origem do Casamento - Autor. Ribamar CantanhedeA Origem do Casamento - Autor. Ribamar Cantanhede
A Origem do Casamento - Autor. Ribamar CantanhedeRibamar Cantanhede
 
Mandamentos para o casal ele ela
Mandamentos para o casal ele elaMandamentos para o casal ele ela
Mandamentos para o casal ele elaPr Ismael Carvalho
 
Transformando reclamações em crescimento (1)
Transformando reclamações em crescimento (1)Transformando reclamações em crescimento (1)
Transformando reclamações em crescimento (1)Pr Ismael Carvalho
 
Mandamentos para o casal esposa
Mandamentos para o casal  esposaMandamentos para o casal  esposa
Mandamentos para o casal esposaPr Ismael Carvalho
 
Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02
Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02
Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02Patricia Machado
 
Reconstrução total parte 2 - esposa
Reconstrução total   parte 2 - esposaReconstrução total   parte 2 - esposa
Reconstrução total parte 2 - esposapastorvanderlei
 

Mais procurados (20)

O que Jesus Fez na Cruz Por Mim?
O que Jesus Fez na Cruz Por Mim?O que Jesus Fez na Cruz Por Mim?
O que Jesus Fez na Cruz Por Mim?
 
A busca pela noiva
A busca pela noivaA busca pela noiva
A busca pela noiva
 
Aprovados por Deus em Tempos de Adversidades
Aprovados por Deus em Tempos de AdversidadesAprovados por Deus em Tempos de Adversidades
Aprovados por Deus em Tempos de Adversidades
 
NEEMIAS (PARTE 17) O QUEBRANTAMENTO DO POVO
NEEMIAS (PARTE 17) O QUEBRANTAMENTO DO POVONEEMIAS (PARTE 17) O QUEBRANTAMENTO DO POVO
NEEMIAS (PARTE 17) O QUEBRANTAMENTO DO POVO
 
A Origem do Casamento - Autor. Ribamar Cantanhede
A Origem do Casamento - Autor. Ribamar CantanhedeA Origem do Casamento - Autor. Ribamar Cantanhede
A Origem do Casamento - Autor. Ribamar Cantanhede
 
Sinais de alerta para o casal
Sinais de alerta para o casalSinais de alerta para o casal
Sinais de alerta para o casal
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
Mandamentos para o casal ele ela
Mandamentos para o casal ele elaMandamentos para o casal ele ela
Mandamentos para o casal ele ela
 
Indo a Cruz
Indo a CruzIndo a Cruz
Indo a Cruz
 
4º domingo do advento
4º domingo do advento4º domingo do advento
4º domingo do advento
 
Transformando reclamações em crescimento (1)
Transformando reclamações em crescimento (1)Transformando reclamações em crescimento (1)
Transformando reclamações em crescimento (1)
 
Convite De Amigo
Convite De AmigoConvite De Amigo
Convite De Amigo
 
Declaração de amor
Declaração de amorDeclaração de amor
Declaração de amor
 
Mandamentos para o casal esposa
Mandamentos para o casal  esposaMandamentos para o casal  esposa
Mandamentos para o casal esposa
 
A pedra
A pedraA pedra
A pedra
 
A Prova
A ProvaA Prova
A Prova
 
Apocalipse 22.
Apocalipse 22.Apocalipse 22.
Apocalipse 22.
 
Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02
Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02
Reconstruototal parte2-esposa-100514072752-phpapp02
 
Reconstrução total parte 2 - esposa
Reconstrução total   parte 2 - esposaReconstrução total   parte 2 - esposa
Reconstrução total parte 2 - esposa
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 

Semelhante a A bíblia e a homossexualidade

Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRILição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRIGérson Fagundes da Cunha
 
Reconciliai-vos com vosso adversário
Reconciliai-vos com vosso adversárioReconciliai-vos com vosso adversário
Reconciliai-vos com vosso adversáriohome
 
Votos para uma Nova Vida.pptx
Votos para uma Nova Vida.pptxVotos para uma Nova Vida.pptx
Votos para uma Nova Vida.pptxAntonioeGuiomar
 
Marido e esposa!
Marido e esposa!Marido e esposa!
Marido e esposa!Katia Ito
 
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADELBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADENatalino das Neves Neves
 
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptxPIB Penha - SP
 
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)Luzirlei Azevedo
 
Apresentação razões q levam os homens a viver debaixo de maldições
Apresentação   razões q levam os homens a viver debaixo de maldiçõesApresentação   razões q levam os homens a viver debaixo de maldições
Apresentação razões q levam os homens a viver debaixo de maldiçõesJairosoliveira
 
Casamento Com a Lei
Casamento Com a LeiCasamento Com a Lei
Casamento Com a Leilucena
 
As violações das leis do Criador (material em pdf)
As violações das leis do Criador (material em pdf)As violações das leis do Criador (material em pdf)
As violações das leis do Criador (material em pdf)natzarimdonorte
 
O trabalho de conversão - John Owen
O trabalho de conversão - John OwenO trabalho de conversão - John Owen
O trabalho de conversão - John OwenSilvio Dutra
 
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano BJosé Lima
 
Igreja curva de rio porto seguro
Igreja   curva de rio porto seguroIgreja   curva de rio porto seguro
Igreja curva de rio porto segurojojayme
 

Semelhante a A bíblia e a homossexualidade (20)

O casamento misto
O casamento mistoO casamento misto
O casamento misto
 
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRILição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
 
Casamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisadoCasamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisado
 
Estudo sobre o matrimonio
Estudo sobre o matrimonioEstudo sobre o matrimonio
Estudo sobre o matrimonio
 
Reconciliai-vos com vosso adversário
Reconciliai-vos com vosso adversárioReconciliai-vos com vosso adversário
Reconciliai-vos com vosso adversário
 
Votos para uma Nova Vida.pptx
Votos para uma Nova Vida.pptxVotos para uma Nova Vida.pptx
Votos para uma Nova Vida.pptx
 
Marido e esposa!
Marido e esposa!Marido e esposa!
Marido e esposa!
 
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADELBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
 
aula 5 adultos.pdf
aula 5 adultos.pdfaula 5 adultos.pdf
aula 5 adultos.pdf
 
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
 
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
 
Adultério conjugal
Adultério conjugalAdultério conjugal
Adultério conjugal
 
Apresentação razões q levam os homens a viver debaixo de maldições
Apresentação   razões q levam os homens a viver debaixo de maldiçõesApresentação   razões q levam os homens a viver debaixo de maldições
Apresentação razões q levam os homens a viver debaixo de maldições
 
Casamento Com a Lei
Casamento Com a LeiCasamento Com a Lei
Casamento Com a Lei
 
As violações das leis do Criador (material em pdf)
As violações das leis do Criador (material em pdf)As violações das leis do Criador (material em pdf)
As violações das leis do Criador (material em pdf)
 
O trabalho de conversão - John Owen
O trabalho de conversão - John OwenO trabalho de conversão - John Owen
O trabalho de conversão - John Owen
 
Casamento
CasamentoCasamento
Casamento
 
Heterossexual
HeterossexualHeterossexual
Heterossexual
 
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
 
Igreja curva de rio porto seguro
Igreja   curva de rio porto seguroIgreja   curva de rio porto seguro
Igreja curva de rio porto seguro
 

Mais de Joel Silva

Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Joel Silva
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Joel Silva
 
Como devem se vestir as mulheres cristãs
Como devem se vestir as mulheres cristãsComo devem se vestir as mulheres cristãs
Como devem se vestir as mulheres cristãsJoel Silva
 
Deus e o casamento
Deus e o casamentoDeus e o casamento
Deus e o casamentoJoel Silva
 
Dominando a ira
Dominando a iraDominando a ira
Dominando a iraJoel Silva
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintiosJoel Silva
 
Doutrina ii corintios
Doutrina  ii corintiosDoutrina  ii corintios
Doutrina ii corintiosJoel Silva
 
Doutrina multiformidade cristã
Doutrina  multiformidade cristãDoutrina  multiformidade cristã
Doutrina multiformidade cristãJoel Silva
 
Doutrina o perigo das amizades
Doutrina  o perigo das amizadesDoutrina  o perigo das amizades
Doutrina o perigo das amizadesJoel Silva
 
Doutrina o trigo e joio
Doutrina  o trigo e joioDoutrina  o trigo e joio
Doutrina o trigo e joioJoel Silva
 

Mais de Joel Silva (20)

Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)
 
Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)
 
Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)
 
Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)
 
Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)
 
Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)
 
Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)
 
Colossences 4
Colossences 4Colossences 4
Colossences 4
 
Como devem se vestir as mulheres cristãs
Como devem se vestir as mulheres cristãsComo devem se vestir as mulheres cristãs
Como devem se vestir as mulheres cristãs
 
Deus e o casamento
Deus e o casamentoDeus e o casamento
Deus e o casamento
 
Dominando a ira
Dominando a iraDominando a ira
Dominando a ira
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintios
 
Doutrina ii corintios
Doutrina  ii corintiosDoutrina  ii corintios
Doutrina ii corintios
 
Doutrina multiformidade cristã
Doutrina  multiformidade cristãDoutrina  multiformidade cristã
Doutrina multiformidade cristã
 
Doutrina o perigo das amizades
Doutrina  o perigo das amizadesDoutrina  o perigo das amizades
Doutrina o perigo das amizades
 
Doutrina o trigo e joio
Doutrina  o trigo e joioDoutrina  o trigo e joio
Doutrina o trigo e joio
 

Último

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfnestorsouza36
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 

Último (10)

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 

A bíblia e a homossexualidade

  • 1.
  • 2. “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra” (Gn 1.27,28).
  • 3. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16). “E o amor é isto: não fomos nos que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e, em Cristo, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados” (1 Jo 4.10).
  • 4. “Com varão te não deitarás, como se fosse mulher: abominação é” (Lv 18.22 ARC). “Não se deite com um homem como quem se deita com mulher; é repugnante” (Lv 18.22 NVI).
  • 5. “Quando também um homem se deitar com outro homem como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue é sobre eles” (Lv 20.13 NTLH).
  • 6. “Se um homem se deitar com outro homem como quem se deita com mulher, ambos praticaram um ato repugnante. Terão que ser executados, pois merecem a morte” (Lv 20.13 NVI).
  • 7. “Não haverá rameira dentre as filhas de Israel; nem haverá sodomita dentre os filhos de Israel. Não trarás salário de rameira nem preço de cão à casa do SENHOR, teu Deus, por qualquer voto; porque ambos estes são igualmente abominação ao SENHOR, teu Deus.” (Dt 23.17,18 ARC).
  • 8. “Nenhum israelita, homem ou mulher, poderá tornar-se prostituto cultual. Não tragam ao santuário do Senhor, teu Deus, os ganhos de uma prostituta ou de um prostituto, a fim de pagar algum voto, pois o Senhor, o seu Deus, por ambos tem repugnância”. (Dt 23.17,18 NVI).
  • 9. “Sabemos que a Lei é boa, se alguém a usa de maneira adequada. Também sabemos que ela não é feita para os justos, mas para os transgressores e insubordinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreverentes, para os que matam pai e mãe, para os homicidas, para os que praticam imoralidade sexual e os homossexuais, para os sequestradores, para os mentirosos e os que juram falsamente; e para todo aquele que se opõe a sã doutrina” (1 Tm 1.8-10 NVI)
  • 10. “De modo semelhante a estes, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e as relações sexuais antinaturais. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo” (Jd 7NVI).
  • 11. “Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o reino de Deus” (1 Co 6.9,10 NVI).
  • 12. “Por isso Deus os entregou à impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos do seu coração, para a degradação do seu corpo entre si. Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém”. (Rm 1.24,25 NVI)
  • 13. “Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido por sua perversão”. (Rm 1.26,27 NVI)
  • 14. “Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!”. (Rm 1.24,25 RA)
  • 15. “Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro”. (Rm 1.26,27 RA)
  • 16. Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará? Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade”. (Ec 4.9.12 RC)
  • 17. “É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se! E se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos. Como, porém, manter-se aquecido sozinho? Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade” (Ec 4.9-12 NVI).
  • 18. “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra.” (Mt 5.17,18 RA).
  • 19. “Ele, porém, respondendo, disse- lhes: Não tendes lido que, no princípio, o Criador os fez macho e fêmea e disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe e se unirá à sua mulher, e serão dois numa só carne? Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem.” (Mt 19.4-6 RC)
  • 20. “Porque existem diferentes razões pelas quais os homens não se casam: alguns nasceram sem este desejo; outros, por terem sido castrados; e outros renunciaram ao casamento por causa do Reino dos Céus. Quem puder aceitar isso, que o faça”. (Mt 19.12 NTJ)
  • 21. “No entanto, se alguém sentir que deve casar-se porque tem dificuldade em controlar seus desejos, está certo, não é pecado; que se case. Mas se um homem tem força de vontade para não casar-se e decidir que ele não precisa fazê-lo e não o fará, tomou uma sábia decisão”. (1 Co 7.36,37 Bíblia Viva)