4º trimestre 2015 adolescentes lição 04

237 visualizações

Publicada em

“A boa notícia que fala a respeito de Jesus Cristo, filho de Deus, começou a ser dada”. (Marcos 1:1)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4º trimestre 2015 adolescentes lição 04

  1. 1. MODELO
  2. 2. TEXTO BÍBLICO Marcos 1:1-8 • 1 - A boa notícia que fala a respeito de Jesus Cristo, Filho de Deus, começou a ser dada • 2 - como o profeta Isaías tinha escrito. Ele escreveu o seguinte: • “Deus disse: • Eu enviarei o meu mensageiro adiante de você para preparar o seu caminho.” • 3 - E o profeta escreveu também: • “Alguém está gritando no deserto: • Preparem o caminho para o Senhor passar! • Abram estradas retas para ele!”
  3. 3. • 4 - E foi assim que João Batista apareceu no deserto, batizando o povo e anunciando esta mensagem: • — Arrependam-se dos seus pecados e sejam batizados, que Deus perdoará vocês. • 5 - Muitos moradores da região da Judeia e da cidade de Jerusalém iam ouvir João. Eles confessavam os seus pecados, e João os batizava no rio Jordão. • 6 - Ele usava uma roupa feita de pelos de camelo e um cinto de couro e comia gafanhotos e mel do mato. • 7 - Ele dizia ao povo: • — Depois de mim vem alguém que é mais importante do que eu, e eu não mereço a honra de me abaixar e desamarrar as correias das sandálias dele. • 8 - Eu batizo vocês com água, mas ele os batizará com o Espírito Santo.
  4. 4. DESTAQUE “A boa notícia que fala a respeito de Jesus Cristo, filho de Deus, começou a ser dada”. (Marcos 1:1)
  5. 5. I – Quem escreveu os quatro Evangelhos • A Bíblia contém 4 evangelhos e os seus autores, conforme a ordem no Novo Testamento são: • Mateus, Marcos, Lucas e João. • Os 3 primeiros são chamados “evangelhos sinóticos”, pois têm características comuns. E o de João.
  6. 6. Quando foram escritos: • A ordem destes evangelhos segundo o Novo Testamento é: Mateus, Marcos, Lucas e João. Mas em ordem cronológica para estudos com mais detalhes seguem a seguinte ordem:
  7. 7. • Evangelho de Marcos escrito por Marcos na cidade de Roma no ano de (64 d. C);
  8. 8. • Evangelho de Mateus escrito por Mateus em Jerusalém para comunidade de Judeus cristão (70 d.C);
  9. 9. • Evangelho de Lucas escrito por Lucas em Antioquia para os gentios por volta de (80 d.C),
  10. 10. • Evangelho de João escrito por João para a comunidade dos gentios na Ásia Menor em Éfeso (95 d.C.).
  11. 11. • Diferenças de linguagem e pontos de divergência entre os evangelhos. • Os livros do Novo Testamento foram escritos em grego.
  12. 12. • Quanto ao conteúdo dos três primeiros evangelhos, o de Mateus, Marcos e Lucas, existem semelhanças na forma de apresentação do conteúdo e no tema. • O quarto evangelho, o de João, ele é único diferente dos sinóticos, em conteúdo, no estilo e na forma. • Por estes motivo se chamam os três primeiros evangelhos: Mateus, Marcos e Lucas de sinóticos. • Entretanto, mesmo que estes três primeiros Evangelhos comparativamente sejam semelhantes, eles não são iguais, mas cada um traz suas peculiaridades tornando-se cada um único.
  13. 13. II – Do que falam os Evangelho Mateus: • parece ter sido preparado particularmente para os judeus cristãos que viviam na Palestina ou proximidades. Os membros da Igreja Primitiva na maioria eram judeus. Havia, portanto, necessidade de tratar de questões e assuntos que resolvessem suas dúvidas, tais como se Jesus era verdadeiramente descendente de Davi, qual foi sua atitude para com a Lei, se Jesus era de fato o Messias, por que o Reino não havia chegado, etc.
  14. 14. • Mateus revela grande interesse em relacionar Jesus com as profecias do Antigo Testamento. Queria mostrar que Jesus é o Messias e nele se cumpriram as profecias do AT.
  15. 15. Marcos: • Tendo-se tornado intérprete de Pedro, escreveu acuradamente tudo quanto lembrou”. • Irineu (185 d. C.) disse: “Agora, depois da morte de Pedro e Paulo, Marcos, o discípulo e intérprete de Pedro, também transmitiu-nos em escrito, o que Pedro pregou.” • Marcos apresenta o Evangelho de Jesus Cristo, no cap. 1: 15, como “o tempo está cumprido e o reino de Deus está próximo”. • Vejamos como esse evangelista procura mostrar a pessoa de Jesus e sua mensagem.
  16. 16. • identificado como João Marcos, membro de uma família cristã de Jerusalém, ajudante e substituto de Paulo, Barnabé e Pedro, mencionado em At. 12: 12. Muitos acham que o anônimo jovem de Mc. 14: 51 foi o próprio Marcos. Acredita-se também que seja o jovem com o cântaro de água e filho do proprietário de getsêmani.
  17. 17. Lucas: • Homem crente, cheio do Espírito do Senhor, com ampla visão da necessidade da obra, Lucas empregou seus dons ligados à palavra escrita para proclamar o que sabia a respeito de Jesus Cristo. Ele fora evangelista, pastor e chamado de “médico amado”:
  18. 18. • O propósito de Lucas ao escrever para os gregos era o de alcançar a maioria dos convertidos através das pregações de Pedro e de Paulo, At. 11:20-21. E mostrar Jesus nas mensagens proféticas.
  19. 19. João: • Sabia que a Igreja, a esse tempo amadurecida, tinha necessidade de estar bem segura de que Jesus de fato era o Messias e de que todos podem ter vida eterna através dEle. • Considerou também o perigo das heresias, entre elas o gnosticismo que vinha crescendo por todo o Império Romano, e sentiu a necessidade de levar ao homem a pura fé em Jesus Cristo. • João foi conhecido como o apóstolo do amor. As características atribuídas a ele são: coragem, lealdade, percepção espiritual, amor e humildade. O amor é o assunto central de suas Epístolas.
  20. 20. • Ele dá maior cobertura ao ministério de Jesus na Judéia. Põe mais ênfase na pessoa de Jesus e no seu ensino acerca da vida eterna. Revela Jesus especialmente como Filho de Deus. Inclui longos sermões de Jesus.
  21. 21. III – A boa notícia da Salvação • O mundo está empapuçado de más notícias. • Tem um prazer mórbido de se alimentar com as informações dragadas do submundo do crime, da corrupção e da violência. • Notícia boa não vende jornal nem desperta interesse. • O homem corrompido refestela-se com os petiscos imundos do pecado. • É nesse contexto de mazelas e decadência que Paulo escreve sua carta aos Romanos, para falar do evangelho. • Destacamos, aqui, algumas lições:
  22. 22. • Em primeiro lugar, qual é a natureza do evangelho. • O Evangelho, portanto, é Deus buscando o perdido. É Deus abrindo para o pecador um novo e vivo caminho para o céu. O evangelho é a expressão da graça de Deus, manifestada em Cristo, aos pecadores perdidos.
  23. 23. • Devemos estar prontos a anunciar o evangelho em todo tempo, em todo lugar, a todas as pessoas, de todas as formas legítimas, usando todos os recursos disponíveis. Não podemos nos envergonhar dessa mais importante mensagem, a boa nova de que Deus nos amou e enviou seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna!
  24. 24. IV -

×