Ambientes Virtuais de Aprendizagem

800 visualizações

Publicada em

Primeira aula do Minicurso sobre Ambientes Virtuais de Aprendizagem e Objetos de Aprendizagem ministrada no ENSEF2012

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
800
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Fazer contraste com os acontecimentos recentes no OCLC, que quer monopolizar a distribuição de metadados. Redes centralizados tem este perigo...
  • Ambientes Virtuais de Aprendizagem

    1. 1. Tecnologia da Web no Ensino I Ensino a Distânca e Ambientes Virtuais de Aprendizagem Ewout ter Haar Instituto de Física – USP ewout@usp.br setembro de 2012ewout@usp.br
    2. 2. Programa 1. Tecnologia Web: oferecer plataformas a professores 1a. O que é uma plataforma? 1b. plataformas abertas versus proprietárias, distribuídas vs centralizadas 2. Ensino a Distância e Ambientes Virtuais de Aprendizagem 2a. O que é um AVA 2b. hospedado por terceiros ou auto-hospedado? 2c. “Design Instrucional” e papel do tutor 3. Algumas experiências na USP 3a. Moodle do Stoa, Redefor, Licenciatura em Ciências 4. Desafios ao uso tradicional do AVA 4a. Pedagogias novas e Moocsewout@usp.br
    3. 3. Tecnologia de Redes: porque revolucionário?As redes modernas conseguem combinar disseminação deinformação, comunicação entre pares e criar ambientescolaborativas. Plataformas abertas ao vez de controladas(Benkler 2006) : Easy collaboration through lower transaction costs →peer production a viable alternative to markets / organizationsewout@usp.br
    4. 4. Exemplo de plataforma: a internet Arquitetura distribuída, robusta, plataforma neutra e aberta A rede não tem “centro” ou dono, não é preciso pedir permissão para participar e inovar → email, IM, Skype, HTTP (a Web), Bittorrent, etc. etc. ewout@usp.br4
    5. 5. Exemplo de plataforma: a Web Arquitetura distribuída, plataforma neutra e aberta (fácil de participar) → A Web Acesso à informação sem precedentes. Compartilhamento, Comunicação, Colaboração. ewout@usp.br5
    6. 6. plataformas abertas Arquitetura “end to end” ou ponta a ponta. Deixar inovação e competição acontecer na periferia. Baixa barreira de participação → autonomia de implementar ideias boas (e ruins) Nenhuma única entidade controla. Difícil numa escola ou universidade! Controle de qualidade vs autonomia e liberdade de inovar Neutralidade da redeewout@usp.br
    7. 7. Lições para EaD e Educação? Trazer tecnologia de redes modernas para dentro da instituição e usar a Web para → Disseminação e Compartilhamento de Conhecimento: plataformas de publicação (Stoa) → Construção de Conhecimento: ambientes de aprendizagem (tradicionais e distribuídas e abertas)ewout@usp.br
    8. 8. Programa 1. Tecnologia Web: oferecer plataformas a professores 1a. O que é uma plataforma? 1b. plataformas abertas versus proprietárias, distribuídas vs centralizadas 2. Ensino a Distância e Ambientes Virtuais de Aprendizagem 2a. O que é um AVA 2b. hospedado por terceiros ou auto-hospedado? 2c. “Design Instrucional” e papel do tutor 3. Algumas experiências na USP 3a. Moodle do Stoa, Redefor, Licenciatura em Ciências 4. MOOCs! O que tem de diferente?ewout@usp.br
    9. 9. Uso de Tecnologia em Educação  Pré­história: correspondência,  televisão, vídeo­conferência  Anos 70­80: aprendizagem mediado  por computador  Final anos 90 ­ : sistemas baseado na  Web  WebCT (95), Blackboard (97), Moodle  (2001) , Sakai (2004) http://en.wikipedia.org/wiki/History_of_virtual_learning_environmentsewout@usp.br
    10. 10. 2. Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) ”Ambientes Virtuais de Aprendizagem são softwares que  auxiliam na montagem de cursos acessíveis pela Internet.”      ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Ambiente_virtual_de_aprendizagem ) Concebido para Eduação a Distância, agora também usado em  apoio à Educação presencial. Sistemas integrados Inglês: VLE (Inglaterra) ou LMS (Estados Unidos)ewout@usp.br
    11. 11. Comparar AVAs: Funcionalidades Básicas • Ferramentas de disseminação de conteúdo • •Ferramentas de comunicação: fórum, chat, mensagens internas (substituem ou integram com email?) • Feramentas de colaboração: wiki, whiteboard (quadro • branco compartilhado) • • Formação de grupos: contatos, grupos de trabalho, etc. • • Ferramentas de avaliação (testes, provas, etc.) •ewout@usp.br
    12. 12. http://mfeldstein.com/state-of-the-higher-education-lms-market-a-graphical-view/ewout@usp.br
    13. 13. Comparar AVAs: Administração Como os alunos entram (se logam) no sistema Como ”papeis” / permissões são tratados? Como é a manutenção do sistema? Como matricular alunos? Existe hospedagem por terceiros (sem administração / manutenção do sistema)? Ou a sua equipe de TI é familiar com a tecnologia do AVA?ewout@usp.br
    14. 14. AVAs: Administração Modelo de camadas: Técnico Pessoas que cuidam da instalação e manutenção do sistema e do AVA, customização da aparência visual do AVA e gestão de usuários e que resolvem problemas das pessoas da camada 2. Conteúdo Gestão de conteúdo. Colocar conteúdo no AVA e estruturar o ambiente. Preparar o AVA para receber os alunos. Transformar material em formatos tradicionais como Microsoft Word, PowerPoints, videos, imagens, etc. etc. para formatos adequados para a Web, criam "atividades" para os alunos usando as ferramentas disponíveis no AVA e interagem com as pessoas da camada 3 Gestão Pedagógico Pessoas responsáveis pelo material didático e processos pedagógicos. Tutores / monitores / educadores / professores que acompanhem os alunos no AVA, corrigem tarefas, dão feedback, etc.ewout@usp.br
    15. 15. Onde Hospedar? Serviço hospedado por terceiros versus auto-hospedado Terceiros Auto­hospedado Uma conta mensal paga tudo Pagar conta de luz Backup e atualizações problema  Cuidar da conectividade com  de outros internet (RNP?) Atendimento e suporte Atualizações / Backup A empresa é sustentável? Autonomia / Controle  Diluição da sua marca Personalização Acesso restrito a dados  Acesso aos logs estratégicos Não terceirizar a sua ”competência principal”ewout@usp.br
    16. 16. Sistemas de aprendizagem onlineO AVA é um doscomponentes de umasistema deaprendizagem virtualANDERSON, T. The theory andpractice of online learning. 2nded. ed. Edmonton: AU Press,2008.ewout@usp.br
    17. 17. Programa 1. Tecnologia Web: oferecer plataformas a professores 1a. O que é uma plataforma? 1b. plataformas abertas versus proprietárias, distribuídas vs centralizadas 2. Ensino a Distância e Ambientes Virtuais de Aprendizagem 2a. O que é um AVA 2b. hospedado por terceiros ou auto-hospedado? 2c. “Design Instrucional” e papel do tutor 3. Algumas experiências na USP 3a. Moodle do Stoa, Redefor, Licenciatura em Ciências 4. MOOCs! O que tem de diferente?ewout@usp.br
    18. 18. Exemplos de AVAs (Moodle) na USPRedefor: 6 cursos de pós, 9000 cursistas 300 educadores (tutores, professores, autores)Licenciatura em Ciências: 300 cursistas / ano, 50 educadoresMoodle do Stoa: Apoio à disciplinas da USP Equipes de Apoio: 6-8 design instrucional 10-15 artistas gráficos, diagramação 6-8 desenvolvedores de objetos de aprendizagemGrupo Apoio Técnico Pedagógico: 2 desenvolvedores, 2 “apoio AVA”ewout@usp.br
    19. 19. Moodle da Redefor Formato de curso “Abas” Integração GApps Bloco Info USPDiálogo (mod/dialogue) ewout@usp.br Bloco Progress Bar
    20. 20. Moodle da Licenciatura em CiênciasDiálogo (mod/dialogue) Relatórios USP (Marcos Bellezi, neomundi.com.br) ewout@usp.br
    21. 21. Moodle do Stoa (apoio às discplinas da USP)ewout@usp.br
    22. 22. Apoio ao DI Capacitação, propor ferramentas Instalar novas ferramentas Apoio aos Tutores Capacitação (por meio de workshops, atendimento) Levar o retorno dos tutores ao DI Apoio à gestão acadêmica Quadro de notas Gerar relatórios Desenvolvimento Como gerir a complexidade gerado por tantos Moodles? Versionamento de código: Gitewout@usp.br
    23. 23. Discussão: funções especializadas em EadComparado com sala de aulatradicional há muito maisfunções ”especializadas” emEaD: Design Instrucional, Prof.Autor, Tutor, Apoio Técnico.É uma coisa boa? Ou apontapara mais ”industrialização” emassificação da educação?Desvalorização e menosautonomia para o Professorewout@usp.br
    24. 24. Onde Hospedar? Serviço hospedado por terceiros versus auto-hospedado Terceiros Auto­hospedado Uma conta mensal paga tudo Pagar conta de luz Backup e atualizações problema  Cuidar da conectividade com  de outros internet (RNP?) Atendimento e suporte Atualizações / Backup A empresa é sustentável? Autonomia / Controle  Diluição da sua marca Personalização Acesso restrito a dados  Acesso aos logs estratégicos Não terceirizar a sua ”competência principal”ewout@usp.br
    25. 25. Infraestrutura→ Datacenter da USP→ Servidores Blade→ Virtualização, Lustre→ MySQL (InnoDB, Master – Slave)→ Apache, PHP5.3, APC→ Servidor de mídiaewout@usp.br
    26. 26. Infraestrutura de Servidoresewout@usp.br
    27. 27. CargaAtividade Redefor (cursos à distância)1. entradas no mdl_log : 2 por segundo (média do dia mais ativo)2. logins por mês: 150 mil por mês3. “visitas” (conceito Google Analytics): 170 mil / mês (20 páginas / visita)4. usuários únicos: 4 milAtividade Moodle do Stoa(apoio à disciplinas presenciais)1. mdl_log : 0,5 por segundo2. logins por mês: 120 mil por mês3. “visitas”: 120 mil / mês (7 páginas/visita)4. usuários únicos: 10 milewout@usp.br
    28. 28. Descobir visualizações novas dos dados gerados. Ex.: atividade no AVA ao longo de duas semanasewout@usp.br
    29. 29. Redefor: tividade no AVA Como explicar a variação entre alunos? E entre grupos? E entre cursos?ewout@usp.br
    30. 30. ewout@usp.br
    31. 31. Programa 1. Tecnologia Web: oferecer plataformas a professores 1a. O que é uma plataforma? 1b. plataformas abertas versus proprietárias, distribuídas vs centralizadas 2. Ensino a Distância e Ambientes Virtuais de Aprendizagem 2a. O que é um AVA 2b. hospedado por terceiros ou auto-hospedado? 2c. “Design Instrucional” e papel do tutor 3. Algumas experiências na USP 3a. Moodle do Stoa, Redefor, Licenciatura em Ciências 4. MOOCs! O que tem de diferente?ewout@usp.br
    32. 32. ”startups” de educação http://chronicle.com/article/A-Boom-Time-for-Education/131229/ewout@usp.br
    33. 33. Instructure (Canvas)Veja instância de testesewout@usp.br
    34. 34. edmodoewout@usp.br
    35. 35. Redu http://www.redu.com.br/ewout@usp.br
    36. 36. Fronter / Ecollege (Pearson)ewout@usp.br
    37. 37. Onde Hospedar? Serviço hospedado por terceiros versus auto-hospedado Terceiros Auto­hospedado Uma conta mensal paga tudo Pagar conta de luz Backup e atualizações problema  Cuidar da conectividade com  de outros internet (RNP?) Atendimento e suporte Atualizações / Backup A empresa é sustentável? Autonomia / Controle  Diluição da sua marca Personalização Acesso restrito a dados  Acesso aos logs estratégicos Não terceirizar a sua ”competência principal”ewout@usp.br
    38. 38. [Discussão] Editoras Educacionais (Pearson, Elsevier, Thomson) oferecendo  AVAs? Assim controlariam tanto o conteúdo (material didático), os  processos pedagógicos (AVAs) e o sistema de avaliação (testes  padronizados) É um caminho para a privatização completa do sistema  educacional? ewout@usp.br
    39. 39. Programa 1. Tecnologia Web: oferecer plataformas a professores 1a. O que é uma plataforma? 1b. plataformas abertas versus proprietárias, distribuídas vs centralizadas 2. Ensino a Distância e Ambientes Virtuais de Aprendizagem 2a. O que é um AVA 2b. hospedado por terceiros ou auto-hospedado? 2c. “Design Instrucional” e papel do tutor 3. Algumas experiências na USP 3a. Moodle do Stoa, Redefor, Licenciatura em Ciências 4. Desafios ao uso tradicional do AVA 4a. Pedagogias novas e Moocsewout@usp.br
    40. 40. Desafios ao uso tradicional do AVA (ensino superior) AVAs são usados para apoiar 1. modelos tradicionais de ensino em 2. contextos escolares tradicionais 1. Pressão que vem de estudiosos da educação: usar pedagogias inovadores, usar teorias de aprendizagem modernas, aprendizagem ativa e colaborativa. 2. Pressão sobre modelo tradiconal de como organizar ensino formal: cursos de 4 anos, classes de 20-200 alunos, credenciamento por universidades; porque não usar a internet para ”desintermediar” estudantes e instituições formais?ewout@usp.br
    41. 41. EaD: desconfiânça Às vezes associada Industrialização do ensino, massificação, Taylorização, Fordismo, determinismo tecnológico, privatização, livre mercado... Edward Thorndike vs John Dewey “A questão é: 1) Em qual circunstâncias as novas tecnologias educacionais tem valor? e 2) Como criamos espaços e políticas em que este valor vai ser realizado?” - http://dangerouslyirrelevant.org/2012/07/is-diane-ravitch-anti-technology.htmlewout@usp.br
    42. 42. Três gerações de pedagogias para EaD 1. Cognitivismo / Behaviorismo: Focado no indivíduo, Design Instrucional, objetivos de aprendizagem mensuráveis. → Simulações, Exercícios, Vídeo-aula, etc. 2. Construtivismo social (Piaget, Vygostsky, Dewey): Focado no grupo, aprendizagem em grupo, construção de conhecimento. → Fóruns, Wikis 3. Connectivismo: conhecimento como conexões, redes de aprendizagem pessoal (PLE). → Blogs, Mídia Socialewout@usp.br Terry Anderson e Jon Dron http://www.eurodl.org/?article=523
    43. 43. O professor em Rede http://educationaltechnology.ca/couros/ewout@usp.br
    44. 44. Ambiente Pessoal de AprendizagemIntegrar ”Mídia Social” com serviços institucionais
    45. 45. Exemplo de um Curso Online Distribuido
    46. 46. Segundo desafio a AVAs: MOOCs (Massive Open Online Course) Ex. Coursera https://www.coursera.org/ https://class.coursera.org/qcomp-2012-001/lecture/3ewout@usp.br
    47. 47. Udacityhttp://www.udacity.com/view#Course/st101/CourseRev/1/Unit/184001/Nugget/202001ewout@usp.br
    48. 48. https://www.edx.org/ EdX (MIT/Harvard)ewout@usp.br
    49. 49. Segundo desafio a AVAs: MOOCsMassive Open Online Courses: disciplinas, online, de professores de universidades de prestígio dos EUA http://mfeldstein.com/four-barriers-that-moocs-must-overcome-to-become-sustainable-model/
    50. 50. O que significa??? 1. São as instituições de ensino superior tradicionais buscando manter relevância num mundo de conteúdo abundante. (Comparar com editoras de material didático.) 2. É um pesadelo de massificação e privatização da educação ou uma nova era de personalização e abertura? http://www.eurodl.org/?article=516ewout@usp.br
    51. 51. Ewout ter Haar Instituto de Física – USP ewout@usp.brewout@usp.br
    52. 52. Notas Como explicar a variação entre alunos? E entre grupos? Cursos?ewout@usp.br
    53. 53. Nota vs “atividade” : clusters e correlaçãoewout@usp.br
    54. 54. “Atividade” do Tutor vs “Atividade” do seu grupo (média + cursisas individuais) “Atividade” dos cursistas ewout@usp.br “Atividade” do tutor

    ×