Successfully reported this slideshow.
Buscando novos sentidos para
ferramentas de comunicação
móveis em contexto educacional
XIV Simpósio Brasileiro sobre Fator...
▪ Contexto e Motivação
▪ Trabalhos relacionados
▪ Estudo de caso
▫ Contexto
▫ Protótipo
▫ Método de pesquisa
▫ Resultados
...
▪ Dispositivos móveis já estão presentes em ambientes
educacionais [Sharples 2009].
▫ Potencial de aumentar a participação...
VANTAGENS
▪ Já são bastante usadas informalmente
▪ Podem ser introduzidas no contexto
educacional sem nenhum treinamento
▪...
▪ Apropriação dessas ferramentas que fazem sentido e
são usadas em contextos informais, para um
contexto educacional forma...
Trabalho Aplicativo
Tipo de
uso
Mudança
de
sentido
Dentro da
sala
Fora da sala
Sistema
Integrado
Prestridge
2014
Twitter I...
Diagrama de partes interessadas
Ewerton M. Menezes
[Liu 2000]
[ 7 ]
Estudo de caso
Contexto | Protótipo | Método |
Resultados
Ewerton M. Menezes [ 8 ]
Observar o comportamento e o
impacto do uso do WhatsApp em
atividades formais de uma
disciplina do ensino superior
Ewerton...
▪ Disciplina de IHC da UNICAMP com 37 alunos da
graduação
▪ Uso de práticas de aprendizado ativo inspiradas no
Just-in-Tim...
Ewerton M. Menezes
Protótipo | Arquitetura
[ 11 ]
@<código>: @aq12 ou @aq13
Ewerton M. Menezes
Protótipo | Fluxo de interação
Seleção
login.aluno
@<nome do grupo> (*)
@fim ...
DINÂMICA DOS AQUECIMENTOS
▪ Aquecimentos disponibilizados no Wikispaces e WhatsApp
▫ Informações o mais próximas possíveis...
A avaliação de um protótipo:
Pontos positivos (“@+”),
Pontos negativos (“@-”)
Sugestões de melhoria (“@$”)
Ewerton M. Mene...
▪ Tempo entre a primeira e a
última mensagem
▫ AQ12: 4 a 38 minutos
▫ AQ13: 9 a 31 minutos
▪ Maioria dos alunos usou
corre...
▪ Menor quantidade
de caracteres nos
aquecimentos feitos
pelo WhatsApp
Ewerton M. Menezes
Resultados | Conteúdo
AQ12 AQ13
...
▪ O WhatsApp não influenciou fortemente os níveis de
participação nos aquecimentos
▪ Uso do WhatsApp
▫ AQ12: 6 alunos
▫ AQ...
Discussão
e
Conclusão
Ewerton M. Menezes [ 18 ]
▪ Realçam explicitamente o nível de
formalidade
▫ Uso do QRCode na foto do perfil
▫ Informações da disciplina
▫ Presença d...
▪ Os dados da interação sugerem que os alunos foram
bem-sucedidos nessa criação de sentidos para a
ferramenta
▫ Quantidade...
▪ Partes interessadas mais diretamente envolvidas
também precisam construir novos sentidos juntos.
▪ Uso das aplicações de...
▪ Inclusão dos smartphones em contextos
pedagógicos que ao invés de introduzir novas
aplicações, promove uma mudança de se...
▪ Formalizar framework conceitual de comunicação e
colaboração usado na construção do protótipo
▪ Investigar o uso de disp...
▪ Mike Sharples, Inmaculada Arnedillo-Sánchez, Marcelo Milrad, e Giasemi Vavoula.
2009. Mobile Learning. In Technology-Enh...
Agradecimentos
▪ CNPq
▪ IC/UNICAMP
▪ InterHAD
▪ Professores e alunos que
participaram do estudo
Ewerton M. Menezes [ 25 ]
OBRIGADO!
Ewerton Martins de Menzes
ewerton89@gmail.com
Ewerton M. Menezes 26Instituto de Computação | UNICAMP
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Buscando novos sentidos para ferramentas de comunicação móveis em contexto educacional

305 visualizações

Publicada em

Apresentação de artigo completo no IHC 2015

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Buscando novos sentidos para ferramentas de comunicação móveis em contexto educacional

  1. 1. Buscando novos sentidos para ferramentas de comunicação móveis em contexto educacional XIV Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais Ewerton M. de Menezes Heiko Hornung M. Cecília C. Baranauskas Instituto de Computação | UNICAMP
  2. 2. ▪ Contexto e Motivação ▪ Trabalhos relacionados ▪ Estudo de caso ▫ Contexto ▫ Protótipo ▫ Método de pesquisa ▫ Resultados ▪ Discussão ▪ Conclusão Ewerton M. Menezes Agenda [ 2 ]
  3. 3. ▪ Dispositivos móveis já estão presentes em ambientes educacionais [Sharples 2009]. ▫ Potencial de aumentar a participação e engajamento dos alunos ▫ Possibilidade de novas formas de ensino e aprendizado Ewerton M. Menezes Dispositivos móveis e educação [ 3 ] ▪ Diferentes maneiras de integrá-los à dinâmica da aula ▫ Versões adaptadas de aplicações de e-learning ▫ Aplicativos educacionais específicos ▫ Aplicações de propósito geral
  4. 4. VANTAGENS ▪ Já são bastante usadas informalmente ▪ Podem ser introduzidas no contexto educacional sem nenhum treinamento ▪ Instituições observaram possibilidades de aprendizado mais personalizadas e autênticas para os alunos [Gikas 2013] Ewerton M. Menezes Aplicações de comunicação móvel [ 4 ] DESAFIOS ▪ Visto como distração às atividades pedagógicas ▪ Aproveitamento do conteúdo criado pelos alunos
  5. 5. ▪ Apropriação dessas ferramentas que fazem sentido e são usadas em contextos informais, para um contexto educacional formal não é problema de design trivial. ▫ Mudanças de sentido ▫ Mudanças do propósito de uso Ewerton M. Menezes O problema Perguntas de pesquisa 1. Como as partes interessadas podem “fazer sentido” dessas aplicações? 2. Como deveria ser um sistema técnico que apoie o uso dessas aplicações no contexto educacional formal? [ 5 ]
  6. 6. Trabalho Aplicativo Tipo de uso Mudança de sentido Dentro da sala Fora da sala Sistema Integrado Prestridge 2014 Twitter Informal Sim Comentar o conteúdo visto em aula Enviar dúvidas sobre a aula Não Kassens- Noor 2012 Twitter Formal Não - Comunicação em grupo Não Bouhnik 2014 WhatsApp Formal e Informal Sim - Acessar materiais; Realizar atividades Não Rambe 2013 WhatsApp Formal Sim Discussões virtuais Responder e propor questões Não Ewerton M. Menezes Trabalhos relacionados • Conteúdo produzido pelos alunos não fica facilmente acessível para o professor • Envolvem grande carga de trabalho para o professor Poderia ser amenizada se no nível técnico do problema houvesse um sistema para apoiar o uso dos dispositivos móveis [ 6 ]
  7. 7. Diagrama de partes interessadas Ewerton M. Menezes [Liu 2000] [ 7 ]
  8. 8. Estudo de caso Contexto | Protótipo | Método | Resultados Ewerton M. Menezes [ 8 ]
  9. 9. Observar o comportamento e o impacto do uso do WhatsApp em atividades formais de uma disciplina do ensino superior Ewerton M. Menezes Contexto | Objetivo [ 9 ]
  10. 10. ▪ Disciplina de IHC da UNICAMP com 37 alunos da graduação ▪ Uso de práticas de aprendizado ativo inspiradas no Just-in-Time Teaching [Novak 1999] Ewerton M. Menezes Contexto | Cenário Atividades realizadas antes da aula com o objetivo de promover um primeiro contato dos alunos com os tópicos da disciplina • Variados tipos de atividades • Ajudavam a compor a nota da disciplina AQUECIMENTOS [ 10 ]
  11. 11. Ewerton M. Menezes Protótipo | Arquitetura [ 11 ]
  12. 12. @<código>: @aq12 ou @aq13 Ewerton M. Menezes Protótipo | Fluxo de interação Seleção login.aluno @<nome do grupo> (*) @fim (Opcional) Identificação Seleção do obj. de avaliação Instruções do aquecimento Finalização Texto com @<Marcadores> (*) Somente presente nos aquecimentos de avaliação [ 12 ] Comandos globais
  13. 13. DINÂMICA DOS AQUECIMENTOS ▪ Aquecimentos disponibilizados no Wikispaces e WhatsApp ▫ Informações o mais próximas possíveis ▪ Aquecimentos adaptados: 2 de 14 ▪ Prazo de 2 a 7 dias ▪ Alunos podiam escolher onde fazer o aquecimento ▪ Foi explicitado que o mecanismo de interação não influenciava na nota DISCUSSÃO INFORMAL ▪ Percepção dos alunos em relação ao mAssignments e dinâmica de aquecimentos Ewerton M. Menezes Método [ 13 ]
  14. 14. A avaliação de um protótipo: Pontos positivos (“@+”), Pontos negativos (“@-”) Sugestões de melhoria (“@$”) Ewerton M. Menezes Método | Aquecimentos AQ12 AVALIAÇÃO POR PARES SIMPLIFICADA AQ13 TRÊS NÍVEIS DO DESIGN Fotografar um objeto do dia a dia e analisar como os três níveis do design se aplicavam ao objeto. Análise: Nível visceral (“@nivel1”) Nível comportamental (“@nivel2”) Nível reflexivo por (“@nivel3”) [ 14 ] AQ09 DESIGN UNIVERSAL Capturar uma imagem no Campus da universidade, ilustrando problemas ou bons exemplos relacionados à Acessibilidade e Design Universal
  15. 15. ▪ Tempo entre a primeira e a última mensagem ▫ AQ12: 4 a 38 minutos ▫ AQ13: 9 a 31 minutos ▪ Maioria dos alunos usou corretamente os marcadores ▪ Apenas 1 aluno desistiu Ewerton M. Menezes Resultados | Interação @+ O protótipo é muito simples e tem um design bem claro e limpo. @- Por ser muito simples, se não fosse a descrição eu não teria conseguido entender qual a função de cada elemento da tela (...) (…) @nivel2 Ainda por obedecer o design de um mouse comum, este é extremamente confortável e muito prático de ser levado (…) [ 15 ] ▪ Média de 7 mensagens trocadas (Mínimo 4) ▫ AQ12:SD=1 | AQ13:SD=1,50 Exemplos
  16. 16. ▪ Menor quantidade de caracteres nos aquecimentos feitos pelo WhatsApp Ewerton M. Menezes Resultados | Conteúdo AQ12 AQ13 WhatsApp 589 ± 257 caracteres 385 ± 42 caracteres Wikispaces 639 ± 80 caracteres 654 ± 75 caracteres ▪ Escrita de textos longos foi indicado como ponto negativo [ 16 ] ▪ Não encontramos abreviações e expressões frequentemente usadas em mensagens do WhatsApp (Ex: “pq”, “qdo”, “vc”, etc) ▪ Facilitou a captura de imagens ao invés do uso de imagens da internet ▫ 50% (AQ09)  80% (AQ13)
  17. 17. ▪ O WhatsApp não influenciou fortemente os níveis de participação nos aquecimentos ▪ Uso do WhatsApp ▫ AQ12: 6 alunos ▫ AQ13: 5 alunos Ewerton M. Menezes Resultados | Participação [ 17 ] 84% 59% Média do semestre: 72% AQ12 AQ13
  18. 18. Discussão e Conclusão Ewerton M. Menezes [ 18 ]
  19. 19. ▪ Realçam explicitamente o nível de formalidade ▫ Uso do QRCode na foto do perfil ▫ Informações da disciplina ▫ Presença de comandos ▫ Instruções bem especificadas ▪ Realçam implicitamente nível de formalidade ▫ Publicação do conteúdo na Wiki da disciplina ▪ Mantém a informalidade ▫ Mensagem de boas-vindas Ewerton M. Menezes Discussão | Elementos de design [ 19 ]
  20. 20. ▪ Os dados da interação sugerem que os alunos foram bem-sucedidos nessa criação de sentidos para a ferramenta ▫ Quantidade de mensagens trocadas ▫ Taxa de sucesso ▫ Uso de linguagem escrita formal ▫ Feedback positivo Ewerton M. Menezes Discussão | Mudanças de sentido [ 20 ] Ferramenta de comunicação de uso social, informacional e conversacional Ferramenta de comunicação usada em um contexto educacional formal Instruções, regras, comandos bem definidos
  21. 21. ▪ Partes interessadas mais diretamente envolvidas também precisam construir novos sentidos juntos. ▪ Uso das aplicações de comunicação móvel precisa ser analisado dos pontos de vista: Ewerton M. Menezes Discussão | Mudanças de sentido ▪ Não é suficiente conduzir uma atividade convencional no smartphone. ▪ Atividade desenhadas para alavancar as características e oportunidades de interação dos dispositivos móveis ▪ Smartphone não é apenas usado como um “computador pequeno e ultra portátil” ▪ Dispositivo integrado aos contextos diversos e situados dos alunos TECNOLÓGICO PEDAGÓGICO [ 21 ]
  22. 22. ▪ Inclusão dos smartphones em contextos pedagógicos que ao invés de introduzir novas aplicações, promove uma mudança de sentido de aplicações que alunos e professores já usam informalmente ▪ Protótipo desenvolvido e seus elementos de design foram um primeiro passo para a concepção de um framework para uso de ferramentas informais em contexto educacionais formais Ewerton M. Menezes Conclusão [ 22 ]
  23. 23. ▪ Formalizar framework conceitual de comunicação e colaboração usado na construção do protótipo ▪ Investigar o uso de dispositivos móveis e a mudança de sentidos de suas aplicações ▫ Mais atividades pedagógicas ▫ Tanto fora quanto dentro da sala de aula ▫ Usando diferentes recursos multimídia dos dispositivos Ewerton M. Menezes Trabalhos em andamento [ 23 ]
  24. 24. ▪ Mike Sharples, Inmaculada Arnedillo-Sánchez, Marcelo Milrad, e Giasemi Vavoula. 2009. Mobile Learning. In Technology-Enhanced Learning. Springer Netherlands, Dordrecht, 233–249 ▪ Joanne. Gikas e Michael M. Grant. 2013. Mobile computing devices in higher education: Student perspectives on learning with cellphones, smartphones & social media. Internet and Higher Education 19, 18–26 ▪ S. Prestridge. 2014. A focus on students’ use of Twitter - their interactions with each other, cont ▪ E. Kassens-Noor. 2012. Twitter as a teaching practice to enhance active and informal learning in higher education: The case of sustainable tweets. Active Learning in Higher Education 13, 9–21ent and interface. Active Learning in Higher Education 15, 2, 101–115 ▪ Dan Bouhnik, Mor Deshen, e Ramat Gan. 2014. WhatsApp Goes to School : Mobile Instant Messaging between Teachers and Students. Journal of Information Technology Education: Research 13, 217–231 ▪ Patient Rambe e Aaron Bere. 2013. Using mobile instant messaging to leverage learner participation and transform pedagogy at a South African University of Technology. British Journal of Educational Technology 44, 4, 544–561 ▪ Kecheng Liu. 2000. Semiotics in Information Systems Engineering. Cambridge University Press, New York, NY, USA. Ewerton M. Menezes Referências [ 24 ]
  25. 25. Agradecimentos ▪ CNPq ▪ IC/UNICAMP ▪ InterHAD ▪ Professores e alunos que participaram do estudo Ewerton M. Menezes [ 25 ]
  26. 26. OBRIGADO! Ewerton Martins de Menzes ewerton89@gmail.com Ewerton M. Menezes 26Instituto de Computação | UNICAMP

×