ESCOLA DE AVIAÇÃO
ASAS DE SOCORRO
MÓDULO CEL
AVALIAÇÃO
CONTEÚDO:INSTRUMENTOS
NOME:__________________
DATA:__03_/_10__/_02_...
14- A diferença nas leituras obtidas, antes e após o
leve bater do tacômetro, não poderão exceder mais
ou menos:
a) 10 RPM...
GABARITO PROVA / CEL 02/ 03/10/2002.
1 B
2 A
3 B
4 C
5 D
6 A
7 A
8 D
9 B
10 B
11 B
12 A
13 C
14 B
15 D
16 A
17 B
18 C
19 B...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Instrumentos (5)

174 visualizações

Publicada em

Matéria Aviônica

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
174
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instrumentos (5)

  1. 1. ESCOLA DE AVIAÇÃO ASAS DE SOCORRO MÓDULO CEL AVALIAÇÃO CONTEÚDO:INSTRUMENTOS NOME:__________________ DATA:__03_/_10__/_02__. 01- A palavra “sinchro” é uma forma abreviada da palavra: a) Diacronia b) Sincronia c) Síncrono d) Cronologia 02- O sistema selsyn funciona com corrente: a) contínua. b) alternada. c) contínua e alternada. d) pulsante. 03- É uma característica do sistema magnesyn: a) alimentação por CC. b) núcleo de ferro doce colocado ao redor de um magneto permanente. c) alimentação por 26V/60Hz. d) NRA. 04- O sistema indicador de quantidade de combustível tipo capacitor determina com exatidão o(a): a) volume do combustível nos tanques. b) fluxo de combustível nos tanques. c) peso do combustível nos tanques. d) temperatura do combustível nos tanques. . 05- Na unidade tanque do sistema de indicação de combustível tipo capacitor, o único fator variável é: a) a área entre as placas do capacitor. b) o espaço entre as placas do capacitor. c) a temperatura do dielétrico. d) a temperatura do combustível nos tanques do avião . 06- A constante dielétrica do combustível de aviaçao é: a) 2,07 a 0ºC b) 2,07 a 25°C . c) 1 a °C. d) 1 a 25°C. 07- Um sistema típico de ângulo de ataque fornece sinais elétricos para um ..........., o que alerta o operador de um .............. quando o avião está se aproximando de um ângulo de ataque ..............: a) atuador dos pedais do leme/ estol iminente/crítico b) atuador dos pedais do leme/giro iminente/normal. c) atuador no manche/estol iminente/crítico. d) atuador no manche/giro iminente/normal. 08- O transmissor do sistema de ângulo de ataque detecta: a) vento relativo. b) pressão dinâmica. c) velocidade do fluxo do ar de impacto. d) direção da corrente de ar relativa ao ângulo de ataque verdadeiro. 09- O indicador de RPM indica a velocidade do: a) eixo de manivela de uma turbina . b) eixo de manivela de um motor a pistão. c) eixo de principal de um motor a pistão . d) vento relativo. 10- O tacômetro mecânico consiste de : a) indicador/ eixo rígido b) indicador/ eixo flexível c) indicador/ cablagem/gerador d) NRA 11- O gerador do sistema do indicador de RPM elétrico fornece: a) CA bifásica. b) CA trifásica. c) CC. e) CA monofásica. 12- O indicador de RPM elétrico funciona através do princípio de arrasto : a) magnético. b) elétrico. c) estático. d) capacitivo. 13- Os geradores dos tacômetros elétricos podem ser de : a) flange plano/ porca plana/ porca fixa. b) flange fixo/ porca rotativa/ porca fixa. c) flange plano/ porca rotativa/ porca fixa. d) flange rotativo/ porca rotativa/ porca plana.
  2. 2. 14- A diferença nas leituras obtidas, antes e após o leve bater do tacômetro, não poderão exceder mais ou menos: a) 10 RPM. b) 15 RPM. c) 20 RPM. d) 25 RPM. 15- O instrumento que indica se dois ou mais motores estão sincronizados é o : a) tacômetro. b) sistema sincronizador. c) computador de sincronização. d) sincroscópio. 16- Em um sistema de dois motores, quantos sincroscópios devem existir : a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. 17- Em um sistema de dois motores, quantos geradores de sincroscópios devem existir: a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. 18- A rotação dos ponteiros de um sistema sincroscópico começa quando a .............. de velocidade atinge cerca de ........... RPM : a) soma/150. b) soma/350. c) diferença/350. d) diferença/150. 19- Os termômetros de resistência elétrica têm como elemento sensível o : a) diafragma. b) bulbo. c) termopar. d) mola bimetálica. 20- Junção fria e junção quente são partes integrantes do sistema de um termômetro de: a) resistência elétrica. b) De mola bimetálico. c) De temperatura bimetálico. d) NRA. 21- Cromel é uma liga de: a) níquel e cromo. b) níquel e alumínio. c) ferro e níquel. d) constantan e níquel. 22- a junção fria do circuito ............está dentro do(a) ..................: a) termopar/motor. b) termopar/caixa do instrumento . c) resistivo/motor. d) resistivo/caixa do instrumento. 23- O TIT fornece a temperatura dos gases.............: a) que saem da turbina. b) da cabeça do cilindro. c) que entram na turbina. d) NRA. 24- O EGT fornece a temperatura dos gases do(a): a) escapamento da turbina. b) entrada da turbina. c) cabeça do cilindro. d) óleo do motor. 25- SLOW e FAST são marcações do mostrador do: a) RPM. b) velocímetro. c) acelerômetro. d) sincroscópio. 26- A constante dielétrica do ar é: a) 1 a 0°C. b) 1 a 25°C. c) 2,07 a 25°C. d) 2,07 a 0°C. 27-Em que termômetros encontramos circuitos com ponte de Wheatstone: a) EGT e TIT. b) resistência elétrica e resistência de razão elétrica. c) EGT e resistência elétrica. d) TIT e resistência elétrica. 28- A escala dos termômetros está graduada em: a) °C e °F. b) °C. c) °F. d) K. 29- O EGT é calibrado de .......... até o limite de ...............: a) 0°C/120°C. b) 0°C/240°C. c) 0°C/480°C . d) 0°C/1200°C. 30- As sondas do EGT fornecem voltagens........., na faixa de .......... a um amplificador no indicador da cabine. : a) baixas/milivolts. b) baixas/volts. c) altas/volts. d) altas/kilovolts.
  3. 3. GABARITO PROVA / CEL 02/ 03/10/2002. 1 B 2 A 3 B 4 C 5 D 6 A 7 A 8 D 9 B 10 B 11 B 12 A 13 C 14 B 15 D 16 A 17 B 18 C 19 B 20 C 21 A 22 B 23 C 24 A 25 D 26 A 27 B 28 B 29 D 30 A

×