O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Apresentação oficina 2 b

1.726 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Apresentação oficina 2 b

  1. 1. Troca de experiências entre monitores Oficina 2 – Parte B
  2. 2. O que os participantes do ESDE encontraram?
  3. 3. 4 ações são básicas ACOLHER CONSOLAR ESCLARECER ORIENTAR
  4. 4. ACOLHIMENTO
  5. 5. ACOLHER É receber o participante do ESDE de maneira gentil e natural, mas sincera e amorosamente.
  6. 6. CONSOLO
  7. 7. CONSOLAR O ESDE possibilita transformar a vida das pessoas a partir do conhecimento, da razão e do bom senso, fazendo-as entender os sofrimentos, as aflições ou situações comumente inexplicáveis.
  8. 8. ESCLARECIMENTO
  9. 9. ESCLARECER O ESDE propicia o conhecimento dos princípios da Doutrina Espírita e as lições do Evangelho de Jesus como socorro imediato e oportuno.
  10. 10. ORIENTAÇÃO
  11. 11. ORIENTAR O ESDE estabelece uma relação entre o aprendizado e a aplicação desses conhecimentos para o desenvolvimento das virtudes.
  12. 12. Parábola do Semeador (MATEUS, 13:1 a 9.) •Naquele mesmo dia, tendo saído de casa, Jesus sentou-se à borda do mar; – em torno dele logo reuniu-se grande multidão de gente; pelo que entrou numa barca, onde sentou-se, permanecendo na margem todo o povo. – Disse então muitas coisas por parábolas, falando-lhes assim:
  13. 13. Aquele que semeia saiu a semear; – e, semeando, uma parte da semente caiu ao longo do caminho e os pássaros do céu vieram e a comeram.
  14. 14. – Outra parte caiu em lugares pedregosos onde não havia muita terra; as sementes logo brotaram, porque carecia de profundidade a terra onde haviam caído. – Mas, levantandose, o Sol as queimou e, como não tinham raízes, secaram.
  15. 15. – Outra parte caiu entre espinheiros e estes, crescendo, as abafaram
  16. 16. – Outra, finalmente, caiu em terra boa e produziu frutos, dando algumas sementes cem por um, outras sessenta e outras trinta. – Ouça quem tem ouvidos de ouvir. (MATEUS, 13:1 a 9.)
  17. 17. “Sermão da Sexagésima” – Padre Vieira Pregavam em Coimbra dois famosos pregadores, ambos bem conhecidos por seus escritos. Entre alguns doutores da Universidade perguntava-se qual dos dois fosse maior pregador, uns diziam este, outros aquele
  18. 18. “Sermão da Sexagésima” – Padre Vieira Mas um , que entre os mais tinha maior autoridade, concluiu desta maneira: “Entre dois sujeitos tão grandes não me atrevo a interpor juízo; só direi uma diferença, que sempre experimento: quando ouço um, saio do sermão muito contente do pregador; quando ouço outro, saio muito descontente de mim.”

×