A trajetória da professora – de          mestra a tia
Maurília“Por que resolvi ser professora?  Não resolvi.    Fui ser”.
“Sabe-se que a mulher tem mais facilidade, mais jeitode transmitir aos meninos os conhecimentos que lhedevem ser comunicad...
“cumular os alunos de afeição, como fazem as professorasamericanas, através do uso dos diminutivos e dosqualificativos afe...
TaymaraAs professoras se espantam quandovêem um homem interessado noMagistério – surge até dúvidaquanto à sua masculinidad...
As mulheres escolhem o       magistério, segundo         Novaes, por que:•   São casadas;•   Solteiras, como ocupação    t...
Cláudia Sonara
Aline            Mito                 Realidade O especialista tem a      A “especialista”, se tornafunção de ajudar o    ...
Situação da professora:•   Obedecer e executar as    ordens que lhes são    transmitidas;•   É castrado o poder da    prof...
Fabíola             Tia – Madre•   Quando esse      costume    começou?•   Quando a transposição    desse hábito passou pa...
Machado e Popovic apud Novaes, pág.128, 1984 diz que:“[...] tal tratamento é desaconselhável por que é prejudicial à crian...
Elane    Qual é realmente o papel do             professor?    Tem dois caminhos:•   Se torna um trabalhador dócil    faze...
Possível solução?•   Conscientização dos professores de que    estão seguindo o rumo certo quando dão o    melhor de si e ...
Slide  prof primaria-mestre ou tia
Slide  prof primaria-mestre ou tia
Slide  prof primaria-mestre ou tia
Slide  prof primaria-mestre ou tia
Slide  prof primaria-mestre ou tia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slide prof primaria-mestre ou tia

1.227 visualizações

Publicada em

(SLIDE) Professora primária: mestra ou tia?
UEMA (Brasil)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.227
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide prof primaria-mestre ou tia

  1. 1. A trajetória da professora – de mestra a tia
  2. 2. Maurília“Por que resolvi ser professora? Não resolvi. Fui ser”.
  3. 3. “Sabe-se que a mulher tem mais facilidade, mais jeitode transmitir aos meninos os conhecimentos que lhedevem ser comunicados [...] nela predominam osinstinto maternais [...] em vez da canduraséria, inflexível do mestre, estas encontram naprofessora a graça e o mimo próprio da mulher [...] épor isso que não falta quem entenda que o ensino aeducação pertence de direito à mulher” (Cavalcantiapud Novaes, p.98, 1984).
  4. 4. “cumular os alunos de afeição, como fazem as professorasamericanas, através do uso dos diminutivos e dosqualificativos afetuosos, através do apelo insistente àcompreensão afetiva, etc. é encontrar-se dotado desseinstrumento de repressão sutil que constitui a retração deafeição, técnica pedagógica que não é menos arbitrária queos castigos corporais ou a repressão infamante (Bourdieu-Passeron apud Novaes, p.10, 1984).
  5. 5. TaymaraAs professoras se espantam quandovêem um homem interessado noMagistério – surge até dúvidaquanto à sua masculinidade.Comentário de uma professora sobreum professor de Educação Físicaque trajava jeans, bolsa de lona, tipomochila, sandálias de couro cru etinha cabelos compridos tocando osombros:“Viu? É o que eu falei. Homemquando resolve ser professorprimário é porque não pra mais nadaou então é por ser efeminado!”
  6. 6. As mulheres escolhem o magistério, segundo Novaes, por que:• São casadas;• Solteiras, como ocupação temporária: para pagar os estudos ou enquanto espera marido;• São solteironas como forma de sublimação para a maternidade frustradas;
  7. 7. Cláudia Sonara
  8. 8. Aline Mito Realidade O especialista tem a A “especialista”, se tornafunção de ajudar o necessária para suprir a má formação, o não saberprofessor. da professora.A professora e a A criação do especialistaespecialista estão em educação, diretor ehierarquicamente iguais. supervisor educacional teve além da função de controle teve o objetivoA professora é tão bem de reduzir os custos do sistema.remunerada quanto aespecialista.
  9. 9. Situação da professora:• Obedecer e executar as ordens que lhes são transmitidas;• É castrado o poder da professora de inovar, de criar ou mesmo improvisar;• Sua autonomia é nula;
  10. 10. Fabíola Tia – Madre• Quando esse costume começou?• Quando a transposição desse hábito passou para as classes pré escolares?• Qual o efeito que esse tratamento tem sobre a criança?
  11. 11. Machado e Popovic apud Novaes, pág.128, 1984 diz que:“[...] tal tratamento é desaconselhável por que é prejudicial à criança, no seu desenvolvimento. Além de dificultar a identificação da criança com sua família, prejudica o conhecimento das relações de parentesco, portanto esse costume pode prejudicar a formação do autoconceito da criança. Além do que lhe será penoso a passagem da quarta para a quinta série quanto REPENTINAMENTE , ela terá que se relacionar com vários professores e com nenhuma tia”.
  12. 12. Elane Qual é realmente o papel do professor? Tem dois caminhos:• Se torna um trabalhador dócil fazendo tudo o que o sistema solicita;• Pode ser inovador, criativo, transformado r e capaz de superar as condições que o trabalho lhe impõe não precisando aguardar que a escola mude mas assumindo o seu papel real que é o de formar mentes pensantes, críticas e reflexivas.
  13. 13. Possível solução?• Conscientização dos professores de que estão seguindo o rumo certo quando dão o melhor de si e tornando se sujeitos capazes de humanizar alunos e sociedade.• Percepção do quanto é importante seu trabalho para a sociedade e que mesmo fazendo reivindicações por salários melhores, revisão do plano de carreira e melhor formação, sua proposta pedagógica precisa ser valorizada em primeiro lugar por ela mesma. É preciso querer mudar. Ter força de vontade e a certeza do seu valor profissional.

×