Profetas menores lição 5 - Obadias

2.040 visualizações

Publicada em

Aula ministrada na Igreja Evangélica Sem Fronteiras - Escola Bíblica (Série Profetas Menores)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.040
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Profetas menores lição 5 - Obadias

  1. 1. ESCOLA BÍBLICA 21/05/13 Os Profetas Menores Advertências e consolações para a santificação da Igreja de Cristo
  2. 2. LIÇÃO 5
  3. 3. Lição 5: Obadias — O princípio da retribuição
  4. 4. Lição 5: Obadias — O princípio da retribuição
  5. 5. Lição 5: Obadias — O princípio da retribuição LEITURA DIÁRIA • • • • • • Gn 25.22,23 - A inimizade desde a gestação Sl 137.7 - O clamor pela punição de Edom Os 8.7 - Quem semeia vento colhe tempestade Quinta - Na 1.3 - Deus não terá o culpado por inocente Sexta - Gl 6.7 - A lei da semeadura e o princípio da retribuição Hb 2.2 - A desobediência receberá justa retribuição
  6. 6. Lição 5: Obadias — O princípio da retribuição LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Obadias 1.1-4,15-18
  7. 7. SOBRE OBADIAS • O profeta é conhecido somente como Obadias, “Servo / adorador de Jeová”. Nenhuma outra informação está disponível a respeito dele.
  8. 8. SOBRE A DATA • O fundo histórico da destruição de Jerusalém coloca a data da profecia de Obadias logo após 586 a.C, o ano no qual a cidade sagrada foi derrotada pelos babilônios. A mensagem foi, provavelmente, dada durante o período do exílio de Judá, quando Obadias alerta Edom sobre a vingança de Deus, que estava se aproximando, e assegura a Judá quanto ao contínuo cuidado do Senhor.
  9. 9. SOBRE O LIVRO • O mais curto livro profético das Escrituras. Este livro contém uma proclamação do julgamento de Deus contra Edom, apresenta a razão para tal julgamento e aponta para a restauração da “casa de Jacó”. A extinção dos edomitas como povo e a restauração dos israelitas na sua terra confirmam o cumprimento exato da profecia de Obadias. Ob.17, 18.
  10. 10. SOBRE O LIVRO • O motivo da profecia foi o tratamento ‘nada fraterno’ que os edomitas dispensaram aos “filhos de Judá” quando estes sofreram derrota. Os edomitas, através de seu ancestral, Esaú, eram aparentados aos israelitas.
  11. 11. SOBRE O LIVRO • Os edomitas regozijaram-se com a calamidade de Judá, participaram em tomar despojos dos judeus, impediram-nos de fugir da terra e até os entregaram ao inimigo. (Ob.12-14)
  12. 12. SOBRE O LIVRO • Como fica evidente numa comparação da profecia de Obadias com as palavras de Jeremias (25:15-17, 21, 27-29; 49:7-22) e de Ezequiel (25:12-14; 35:1-15), isto deve ter acontecido por ocasião da destruição de Jerusalém pelos exércitos babilônios e, por conseguinte, situaria a composição do livro por volta do ano 607 aC.
  13. 13. SOBRE O LIVRO • Visto que muitas das coisas preditas na profecia de Obadias também foram preditas no livro de Jeremias, isto tornava duplamente certo o cumprimento da palavra de Deus a respeito de Edom. Vejamos Gn 41:32.
  14. 14. A calamidade sobrevirá a Edom • Deus convoca as nações para se levantarem contra Edom em batalha. (V 1). Apesar de sua posição aparentemente segura, far-se-á que Edom desça. (V 2-4). Ladrões ou ceifeiros levariam apenas o que desejassem e deixariam algo para trás; quando Edom cair, ele será completamente saqueado; será enganado por aqueles com quem entrou num pacto, e seus sábios e poderosos sofrerão destruição. (Vs 5-9)
  15. 15. A calamidade sobrevirá a Edom • A casa de Esaú receberá a mesma espécie de tratamento que dispensou a Judá; a casa de Esaú deixará de existir. (Vs 15, 18)
  16. 16. O Espírito Santo em Ação • Em nenhum lugar Obadias faz referência específica ao ES ou ao Espírito de Deus. A sua obra, todavia, deve ser admitida. Ele serve como a fonte de inspiração para Obadias, como Aquele que comunica a “visão” (v.1) que constitui a mensagem de Obadias.
  17. 17. O Espírito Santo em Ação • Além disso, embora não especificamente identificado como tal, ele funciona como Aquele que instiga o julgamento de Edom, chamando as nações para se levantarem contra o inimigo do povo de Deus. Embora Deus use agentes humanos para executar sua justiça, atrás disso tudo, está a obra do seu Espírito, empurrando, instigando e punindo de acordo com o plano de Deus.
  18. 18. A casa de Jacó será restaurada • Sião se tornará santa; a casa de Jacó será o fogo que consome a casa de Esaú, como restolho. (Vs 17, 18) • O povo restaurado de Deus tomará posse “das coisas a serem possuídas por eles”, incluindo a “região montanhosa de Esaú”. (Vs 19, 20) • O reinado se tornará de Deus. (V 21)
  19. 19. CONCLUSÃO • Assim como ninguém pode desafiar as leis naturais sem as devidas consequências, não é possível ignorar as leis espirituais e sair ileso. A retribuição é inevitável, pois “tudo o que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6.7). Só o arrependimento e a fé em Jesus podem levar o homem a experimentar o amor e a misericórdia de Deus (2 Co 5.17).
  20. 20. CURIOSIDADE

×