Pregação - Ide e aprendei

1.284 visualizações

Publicada em

Pregação - Ide e aprendei ministrada por Ester Paixão - Igreja Evangélica Sem Fronteiras

(Imagens extraídas do Livro 39 Dias com Jonas - Irmão André - Missão Portas Abertas )

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pregação - Ide e aprendei

  1. 1. Texto base: Mateus 9:13 “Os benefícios de uma ordem obedecida”
  2. 2. Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.
  3. 3. Jesus passou 3 anos treinando os discípulos para irem e eles só aprenderam a “ir”, “indo”.
  4. 4. E depois disto designou o Senhor ainda outros setenta, e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir. E dizia-lhes: Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara. (Lucas 10:1-2)
  5. 5. “A excelente tarefa de pregar o evangelho não só vai de encontro ao coração dos perdidos, como também nos transforma.” • Vemos a realidade deste mundo caído • Sentimos a compaixão de Jesus • Encontramos objeções e corações duros • Nossa humildade é testada • Nossa paciência é exercitada
  6. 6. • Nosso amor aumenta bem como nossa perseverança e determinação • Nos tornamos mais misericordiosos ao contemplar as necessidades das pessoas • Nos tornamos mais ativos na obra de Deus Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a e andes humildemente com o teu Deus? (Miquéias 6:8)
  7. 7. Se tu deixares de livrar os que estão sendo levados para a morte, e aos que estão sendo levados para a matança; Se disseres: Eis que não o sabemos; porventura não o considerará aquele que pondera os corações? Não o saberá aquele que atenta para a tua alma? Não dará ele ao homem conforme a sua obra? (Provérbios 24:11-12)
  8. 8. “Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus.” (Efésios 6:6)
  9. 9. “Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho! Porque, se prego de livre vontade, tenho recompensa; contudo, se prego por obrigação, estou simplesmente cumprindo uma incumbência a mim confiada.” (1 Coríntios 9:16-17)
  10. 10. Quando começamos a ter experiências através da obediência, sentimos prazer em obedecer por amor e não meramente cumprir uma obrigação. Você encontrará pessoas sedentas e se sentirá útil em poder compartilhar com elas a água da vida. “Quem cumpre o IDE do por amor, obedece o Senhor aonde for.”
  11. 11. “E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.” (Gálatas 6:9)
  12. 12. “De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores. (Romanos 5:6-8)
  13. 13. “Ir” nos transforma em pessoas compassivas e determinadas e além de tudo nos relembra que é necessário arrependimento constante. Saber que nós anteriormente éramos pecadores perdidos e que agora somos justificados pelo sangue de Jesus é o maior motivo para jamais desistir de ninguém, pois Deus não desistiu de nós. “Chamar os pecadores ao arrependimento é demonstrar como a graça de DEUS nos alcançou.”
  14. 14. Lembremos sempre dessas palavras: • IDE • APRENDEI • MISERICÓRIA • ARREPENDIMENTO “Pregar o evangelho é nossa obrigação; ganhar almas é tarefa não nossa, mas do Espírito Santo.”
  15. 15. “De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores. (Romanos 5:6-8)
  16. 16. “Evangelismo é na prática uma via de mão dupla, onde se dá o que recebeu de graça e recebe da mesma maneira aquilo que necessita.” Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê...(Romanos 1:16) Deus abençoe a todos, Ester Paixão Igreja Evangélica Sem Fronteiras www.iesemfronteiras.com

×