ESCOLA BÍBLICA
IGREJA EVANGÉLICA SEM FRONTEIRAS
APOCALIPSE A mensagem final de Cristo à
greja
LIÇÃO
OS ANJOS E
OS SETE
TROVÕES.
JOÃO E O
LIVRINHO.
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Apocalipse 10.1-11
LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE
TROVÕES.
JOÃO E O LIVRINHO.
.
LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE
TROVÕES.
JOÃO E O LIVRINHO.
É importante entender o que acontece nesse capítulo 10,
pois é ...
LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE
TROVÕES.
JOÃO E O LIVRINHO.
1 Vi outro anjo forte
descendo do céu, envolto
em nuvem, com o ar...
A expressão: “um anjo forte” demonstra que aquele anjo não era
como os outros que estavam ali naquele momento, ele veio de...
O livrinho era a mensagem
que, naquele ato, não mais
um ato futuro, mas um ato
presente na vida de João,
ele e a igreja qu...
4 Logo que falaram os sete trovões, eu ia escrever,
mas ouvi uma voz do céu, dizendo: Guarda em
segredo as coisas que os s...
A nós é dado conhecer aquilo que precisamos saber,
não convém ao homem fazer ingerências ou proferir
hipóteses quanto aqui...
5 Então, o anjo que vi em pé
sobre o mar e sobre a terra
levantou a mão direita para o
céu
6 e jurou por aquele que vive
p...
Foi feito nesse ato um juramento, da parte daquele
anjo que estava sobre a terra naquele momento, esse
ato representa algo...
Daí o anjo prossegue falando,
que no dia que a sétima
trombeta tocar cumprir-se-á o
mistério de Deus, que ele
anunciou aos...
8 A voz que ouvi, vinda do céu, estava de novo
falando comigo e dizendo: Vai e toma o livro que
se acha aberto na mão do a...
Nesse trecho do livro de Apocalipse 10:8-11, vemos
mais uma comprovação de que esses fatos estão
acontecendo no tempo pres...
O fato do livro ser doce à boca, e amargo ao
estômago, tem um simbolismo muito forte, pois
demonstra o próprio ato de proc...
Deus é fiel e justo. Sabemos que
todas as promessas dEle irão se
cumprir; inclusive a de Sua vinda
para buscar a Sua igrej...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lição 15 Livro Apocalipse

494 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
494
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Beginning course details and/or books/materials needed for a class/project.
  • Lição 15 Livro Apocalipse

    1. 1. ESCOLA BÍBLICA IGREJA EVANGÉLICA SEM FRONTEIRAS APOCALIPSE A mensagem final de Cristo à greja
    2. 2. LIÇÃO OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    3. 3. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Apocalipse 10.1-11 LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    4. 4. . LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO. É importante entender o que acontece nesse capítulo 10, pois é feito um intervalo na demonstração das coisas que estavam para acontecer no tempo do fim (Ap. 4:1). Enquanto nos capítulos anteriores estão sendo mostrados atos futuros ao tempo em que João vivia, no capítulo 10 acontece algo no presente de João, para que ele próprio entendesse o ministério que era entregue a ele e consequentemente à igreja que se seguiria, pode-se notar isso se considerarmos o livro de Apocalipse como a revelação de Jesus Cristo (Ap. 1:1), ou seja, tanto João em seu tempo, quanto à igreja nos tempos que se seguiram são testemunhas de Cristo e da revelação da sua pessoa. Os atos que ocorrem no capítulo 10, tem extrema importância
    5. 5. LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO. 1 Vi outro anjo forte descendo do céu, envolto em nuvem, com o arco-íris por cima de sua cabeça; o rosto era como o sol, e as pernas, como colunas de fogo; 2 e tinha na mão um livrinho aberto. Pôs o pé direito sobre o mar e o esquerdo, sobre a terra, 3 e bradou em grande voz, como ruge um leão, e,
    6. 6. A expressão: “um anjo forte” demonstra que aquele anjo não era como os outros que estavam ali naquele momento, ele veio de um outro local, e nele se demonstrava algumas características incomuns, ou seja, ele estava ali com o objetivo único de entregar aquela mensagem, uma mensagem especial que é de extrema importância para o mundo todo. A sua descrição prossegue com referência ao arco íris sobre sua cabeça, que representa perfeito entendimento, o arco íris tem as sete cores primárias, sete é o número da perfeição; o rosto como o sol demonstra a luz, representando a própria mensagem, a palavra de Deus que é lâmpada e luz (Sl. 119: 105) e as pernas como coluna de fogo, para percorrer toda a extremidade da terra, interpretação essa que se justifica ao ser dito que ele pôs o pé direito sobre o mar e o esquerdo sobre a terra, ou seja, LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    7. 7. O livrinho era a mensagem que, naquele ato, não mais um ato futuro, mas um ato presente na vida de João, ele e a igreja que se seguiria, deveria levar para o resto da humanidade. Ao bradar daquele anjo, os sete trovões desferiram as suas próprias vozes, essas vozes podem ser entendidas como a própria LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    8. 8. 4 Logo que falaram os sete trovões, eu ia escrever, mas ouvi uma voz do céu, dizendo: Guarda em segredo as coisas que os sete trovões falaram e não as escrevas. João estava anotando tudo o que ele estava vendo e ouvindo, quando ele ouviu a voz de Deus (os sete trovões) proferindo algo, a sua intenção imediata foi de escrever aquilo que ouvia. Naquele momento, ele ouviu uma outra voz que o pediu que guardasse em segredo as coisas que ele havia ouvido. Isso demonstra que nem tudo que deve acontecer e que nem todas as coisas de Deus, são dadas ou deverão ser dadas a conhecer ao homem, nunca LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    9. 9. A nós é dado conhecer aquilo que precisamos saber, não convém ao homem fazer ingerências ou proferir hipóteses quanto aquilo que foi dito por Deus, não convém ao homem querer interpretar aquilo que foi dito por Deus, sem que tome como base a Bíblia. A Bíblia diz que é impossível ter o entendimento completo das coisas de Deus, pois o saber e o conhecer de Deus são profundos e seus juízos e caminhos inescrutáveis (Rm 11.33). Sendo assim foi dito a João que não escrevesse aquilo, pois não LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    10. 10. 5 Então, o anjo que vi em pé sobre o mar e sobre a terra levantou a mão direita para o céu 6 e jurou por aquele que vive pelos séculos dos séculos, o mesmo que criou o céu, a terra, o mar e tudo quanto neles existe: Já não haverá demora, 7 mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir- se-á, então, o mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    11. 11. Foi feito nesse ato um juramento, da parte daquele anjo que estava sobre a terra naquele momento, esse ato representa algo interessante, pois ele estava ali, diante de terra, mar e céu, proclamando um juramento que lhe foi dado, ou seja, ele estava profetizando, sobre toda a criação de Deus. Aquele anjo disse: “Já não haverá demora”, essa expressão representa o tempo presente, aquele momento em que eles estavam, o que ele dizia era que contando daquele momento presente de João, as coisas referentes ao futuro e ao fim, tudo aquilo que João estava vendo, não iria demorar a acontecer. (2 Pe 3.8) LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    12. 12. Daí o anjo prossegue falando, que no dia que a sétima trombeta tocar cumprir-se-á o mistério de Deus, que ele anunciou aos profetas, o anjo está se referindo aí à justiça de Deus, que foi proferida por Ezequiel, à queda de Satanás proferida por Daniel, ou seja, toda a razão de ser dos acontecimentos bíblicos, que é o ato do juízo, o maior mistério de Deus, acontecerá após o LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    13. 13. 8 A voz que ouvi, vinda do céu, estava de novo falando comigo e dizendo: Vai e toma o livro que se acha aberto na mão do anjo em pé sobre o mar e sobre a terra. 9 Fui, pois, ao anjo, dizendo-lhe que me desse o livrinho. Ele, então, me falou: Toma-o e devora-o; certamente, ele será amargo ao teu estômago, mas, na tua boca, doce como mel. 10 Tomei o livrinho da mão do anjo e o devorei, e, na minha boca, era doce como mel; quando, porém, o comi, o meu estômago ficou amargo. 11 Então, me disseram: É necessário que ainda profetizes a respeito de muitos povos, nações, LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    14. 14. Nesse trecho do livro de Apocalipse 10:8-11, vemos mais uma comprovação de que esses fatos estão acontecendo no tempo presente de João, pois é visto que a ele é dito que tome o livrinho que estava na mão do anjo. Crê-se, com base na Bíblia, que esse livrinho é a mensagem de Deus que deve ser levada aos homens, isso fica claro no vers. 11. João era um homem velho naquele momento, que até o fim da sua vida levou a mensagem do evangelho, mas ali, quando dito a ele que deveria profetizar a respeito de muitos povos nações e raças, João não estava representando somente a ele mesmo, mas LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    15. 15. O fato do livro ser doce à boca, e amargo ao estômago, tem um simbolismo muito forte, pois demonstra o próprio ato de proclamação do evangelho de Deus, que é doce de ser proclamado, ou seja, traz alegria, mas que junto com ele, traz muitas vezes a perseguição, a rejeição, coisas que para o homem podem ser amargas. Contudo, ainda assim, essa mensagem não pode ser só trazida para o âmago das nossas vidas (comida), ela deve ser levada a todos povos, nações, línguas e reis, para que a terra conheça o evangelho de Cristo e as coisas do fim antes que elas aconteçam. Pode-se até enxergar nesse trecho, uma repetição daquilo LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.
    16. 16. Deus é fiel e justo. Sabemos que todas as promessas dEle irão se cumprir; inclusive a de Sua vinda para buscar a Sua igreja. Não podemos vacilar pois como aprendemos, não conhecemos tudo, pois Deus não revelou. Precisamos estar firmes e constantes no Senhor. Pois Ele é fiel, Ele é justo. Para encerrarmos por hoje LIÇÃO 15: OS ANJOS E OS SETE TROVÕES. JOÃO E O LIVRINHO.

    ×