5 t 11_abc_2014_15estela versão 1

574 visualizações

Publicada em

Ficha de avaliação 11

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
574
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5 t 11_abc_2014_15estela versão 1

  1. 1. Versão 1 Na folha de resposta, indique de forma legível a versão do teste. A ausência dessa indicação implica a classificação com zero pontos das respostas aos itens de escolha múltipla, de associação e de ordenação. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Não é permitido o uso de corretor. Em caso de engano, deve riscar, de forma inequívoca, aquilo que pretende que não seja classificado. Escreva de forma legível a numeração dos grupos e dos itens, bem como as respetivas respostas. As respostas ilegíveis ou que não possam ser identificadas são classificadas com zero pontos. Para cada item, apresente apenas uma resposta. Se escrever mais do que uma resposta a um mesmo item, apenas é classificada a resposta apresentada em primeiro lugar. Para responder aos itens de verdadeiro/falso, escreva, na folha de respostas a letra identificativa de cada afirmação e, a seguir, uma das letras V, para as afirmações verdadeiras, ou F, para as afirmações falsas. Para responder aos itens de escolha múltipla, escreva, na folha de respostas:  O número do item;  A letra que identifica a única opção escolhida. Para responder aos itens de associação, escreva, na folha de respostas:  O número do item;  A letra que identifica cada afirmação e o número que identifica o único elemento da chave que lhe corresponde. Para responder aos itens de ordenação, escreva, na folha de respostas:  O número do item;  A sequência de letras que identificam os elementos a ordenar. As cotações dos itens encontram-se na tabela seguinte. O teste termina com a palavra FIM. Grupo I Grupo II Questão 1 2 3 4 4.1 5 6 7 8 1 1.1 2 3 4 5 6 Cotação 8 8 8 8 10 8 8 8 10 8 10 8 8 8 8 8 Grupo II Grupo IV Questão 1 2 3 4 1 2 3 4 Total-200 pontos Cotação 8 8 8 8 8 8 8 10 ANO LETIVO 2014 / 2015 FICHA DE AVALIAÇÃO DE BIOLOGIA E GEOLOGIA 11.º ANO Nome: ___________________________________________________________________ Ano / Turma : _____ N.º: _____ Data: 15 / 05 / 2015
  2. 2. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 2 de 9 Grupo I - Andes Os Andes constituem a formação geológica mais importante da América do Sul, quer pelas suas dimensões gigantescas, quer pela influência que exerceram em fenómenos geológicos ocorridos noutras regiões sul-americanas. Esta cordilheira formou-se pelo dobramento e elevação de espessas sequências de rochas acumuladas em antigas depressões marinhas a que os geólogos dão o nome de geossinclinal. Os dobramentos e falhas que conduziram à formação dessas cordilheiras não se manifestaram de uma vez mas reincidiram em épocas distintas. Uma das fases mais decisivas foi a do período Cretácico, em que a presença do mar, embora persistente, teve domínio oscilante: resultou daí a alternância de depósitos marinhos com depósitos continentais em diversos pontos. Figura 1 Esta região apresenta uma atividade vulcânica característica, com muitos vulcões, como o Cotopaxi, o vulcão ativo mais alto do mundo, com cerca de 5800 metros de altitude. Apresentam, por vezes, atividade explosiva graças à incorporação por parte do magma de rochas graníticas, durante a sua ascensão pela crosta continental. A instalação de magma em zonas mais débeis da crosta permite a formação de rochas metamórficas que evidenciam uma textura característica. Baseado em http://f1colombo-geografando Na resposta a cada um dos itens de 1 a 6, selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta. Escreva, na folha de respostas, o número do item, a letra que identifica a opção escolhida e a respetiva justificação nas situações em que é pedida. 1. A formação da cordilheira dos Andes foi resultante de um processo (A) cíclico e contínuo de deformações elásticas. (B) lento e pontual de deformações elásticas. (C) cíclico e contínuo de deformações plásticas. (D) lento e pontual de deformações plásticas. 2. No decurso de uma regressão marinha, a sequência estratigráfica de deposição (da base para o topo) na região dos Andes é (A) depósitos litorais – depósitos fluviais - depósitos lagunares. (B) depósitos litorais – depósitos lagunares – depósitos fluviais. (C) depósitos fluviais – depósitos lagunares – depósitos litorais. (D) depósitos fluviais – depósitos litorais – depósitos lagunares. 3. O andesito é a rocha característica da cordilheira montanhosa dos Andes. A sua génese está, contudo, generalizada a zonas de (A) rifte com formação de magmas básicos. (B) subducção com afundimento de uma placa essencialmente basáltica. (C) subducção com afundimento de uma placa essencialmente granítica. (D) rifte com formação de magmas ácidos. 4. O andesito e o diorito são rochas que evidenciam
  3. 3. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 3 de 9 (A) composição mineralógica idêntica e a mesma textura. (B) composição mineralógica idêntica e diferente textura. (C) diferente composição mineralógica e a mesma textura. (D) composição mineralógica e textura distintas. 4.1 – Justifique 5. Em certos limites convergentes, como nos Andes, existem vulcões alimentados por magmas com (A) elevada viscosidade e que podem consolidar originando domas. (B) reduzida viscosidade e que podem consolidar sob a forma de lavas encordoadas. (C) elevada viscosidade e que podem consolidar sob a forma de lavas encordoadas. (D) reduzida viscosidade e que podem consolidar originando domas. 6. O metamorfismo é um processo muito comum em zonas de convergência tectónica. Uma dada amostra de rocha pode ser classificada inequivocamente como um xisto e não como mármore se (A) tiver resultado apenas da recristalização de rochas preexistentes. (B) evidenciar tonalidade clara, correspondendo a uma rocha leucocrata. (C) tiver resultado da ação conjunta da temperatura e da tensão não litostática. (D) tiver resultado da ação conjunta da temperatura e da tensão litostática. 7. Nas zonas de subducção é muito frequente a formação de rochas sedimentares, metamórficas e magmáticas. Ordene as letras de A a E, de modo a reconstituir a sequência cronológica das seguintes etapas, que permitiram o aparecimento de mármore à superfície. (A)Subsidência devido a tensões litostáticas. (B)Precipitação de calcite em mares pouco profundos. (C)Intrusão magmática em camadas sedimentares. (D)Novos arranjos cristalinos em rochas pré-existentes. (E) Erosão subaérea de rochas com textura granoblástica. 8. A Terra é um imenso reservatório de energia térmica que pode, em parte, ser utilizada pelo Homem como recurso energético. A classificação dos recursos geotérmicos como de alta ou de baixa entalpia é baseada na temperatura atingida pelos fluidos a eles associados. Em Portugal, os primeiros são utilizados na produção de energia elétrica, nos Açores, enquanto os segundos têm aplicações no aquecimento e na produção de água quente para fins sanitários (por exemplo, em Chaves). Explique a diferente localização, em Portugal, dos recursos geotérmicos de alta e de baixa entalpia mencionados, com base no contexto geotectónico de cada uma das regiões. Grupo II - Falha da Vilariça
  4. 4. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 4 de 9 A falha de Manteigas – Vilariça – Bragança é uma das grandes estruturas tectónicas do nordeste de Portugal (Fig.1). Corresponde a uma falha de desligamento esquerdo, com uma direção NNE-SSW e comprimento aproximado de 220 km, prolongando-se desde Pueblo de La Sanábria (Espanha) a Unhais da Serra (Serra da Estrela). A falha instalou-se há mais de 300 Ma, tendo sido reativada sucessivamente ao longo do tempo geológico. No nordeste alentejano existem poucos granitos, estando quase todos em contacto com a falha da Vilariça, sendo que nos granitos com 280 Ma o rejeto é de 1,5 km, atingindo os 5,5 km nos granitos com 300 Ma. Ao longo do complexo sistema de falhas encontram-se abundantes recursos hídricos do tipo hidrotermal e mineral, que têm sido aproveitados. Recentemente foram realizados estudos paleossismológicos na falha da Vilariça que demonstraram o seu caráter sismogénico, tendo sido identificada a ocorrência de dois paleossismos e um provável terceiro, assim como foi possível estimar uma taxa de desligamento de 0,3 a 0,5 mm/ano e deslocamento por evento sísmico de 2 a 3 metros. A escavação, de uma trincheira exploratória, na quinta da Canameira permitiu analisar três unidades geomorfológicas. No topo, sob o solo agricultado, um horizonte A argiloso com calhaus de quartzo, xistos e fragmentos de carvão, seguido de uma unidade que corresponde a um depósito com calhaus subangulosos de quartzo e xisto, cuja matriz é argilosa. A unidade inferior corresponde a um nível arcósico (areias e siltes) de cor branco-acinzentado, com zonas alaranjadas e com uma idade que se assume terciária. Baseado em Perea, H. et al., “Atividade sísmica quaternária da falha da Vilariça: resultados preliminares de um estudo paleossismológico”, 2010 Figura 2 – Enquadramento geológico da falha da Vilariça. Na resposta a cada um dos itens de 1 a 7, selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta. Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida e a respetiva justificação nas situações em que é pedida. 1. A falha de Manteigas – Vilariça – Bragança é uma estrutura tectónica, na qual se verifica a (A) movimentação horizontal dos blocos fraturados, devido à ação de tensões compressivas. (B) subida do teto relativamente ao muro, devido à ação de tensões cisalhantes. (C) movimentação horizontal dos blocos fraturados, devido à ação de tensões cisalhantes. (D) subida do teto relativamente ao muro, devido à ação de tensões compressivas. 1.1– Justifique
  5. 5. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 5 de 9 2. Os estudos paleossismológicos na falha da Vilariça confirmaram a ocorrência de sismicidade (A) interplaca, dado ter sido ultrapassado, em regime frágil, o limite de elasticidade das rochas. (B) intraplaca, dado ter sido ultrapassado, em regime frágil, o limite de elasticidade das rochas. (C) interplaca, dado ter sido ultrapassado, em regime dúctil, o limite de elasticidade das rochas. (D) intraplaca, dado ter sido ultrapassado, em regime dúctil, o limite de elasticidade das rochas. 3. Os calhaus de quartzo inseridos no horizonte A argiloso da quinta da Canameira são (A) anteriores à formação argilosa, segundo o principio da inclusão. (B) anteriores à formação argilosa, segundo o principio da sobreposição. (C) posteriores à formação argilosa, segundo o principio da inclusão. (D) posteriores à formação argilosa, segundo o principio da sobreposição. 4.1 – Justifique 4. No horizonte A argiloso da quinta da Canameira surgem fragmentos de carvão, cuja formação implica a decomposição, em anaerobiose, de (A) restos de plantas superiores, acompanhada de um empobrecimento gradual em carbono. (B) plâncton, acompanhada de um empobrecimento gradual em carbono. (C) restos de plantas superiores, acompanhada de um enriquecimento gradual em carbono. (D) plâncton, acompanhada de um enriquecimento gradual em carbono. 5. O quartzo apresenta (A) baixo ponto de fusão, sendo o primeiro mineral a cristalizar. (B) elevado ponto de fusão, sendo o primeiro mineral a cristalizar. (C) elevado ponto de fusão, sendo o último mineral a cristalizar. (D) baixo ponto de fusão, sendo o último mineral a cristalizar. 6. A presença de uma matriz argilosa no depósito com calhaus subangulosos de quartzo e xisto contribui para (A) a diminuição da sua permeabilidade e assegura a sua cimentação. (B) o aumento da sua permeabilidade e assegura a sua cimentação. (C) o aumento da sua permeabilidade e assegura a sua compactação. (D) a diminuição da sua permeabilidade e assegura a sua compactação.
  6. 6. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 6 de 9 Grupo III A figura 1 representa esquematicamente uma sequência geológica. 1. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes, relativas à interpretação da sequência geológica da figura 1 e às características das rochas presentes. (A) Ocorreram fenómenos de diagénese posteriormente à formação do gnaisse. (B) As rochas vulcânicas são anteriores às rochas plutónicas. (C) O material litológico que originou a rocha do estrato mais antigo esteve sujeito a pressões elevadas. (D) A exposição da intrusão granítica conduziu à sua erosão. (E) Nos tempos mais recentes ocorreram fenómenos de metamorfismo. (F) O filão de basalto é a formação rochosa mais recente na sequência geológica. (G) Na sequência geológica representada existem predominantemente rochas magmáticas. (H) Durante a formação de alguns estratos, houve sedimentação de balastros.
  7. 7. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 7 de 9 2. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta. A falha presente no esquema deve-se a forças_____que actuam em material com comportamento ________. (A) distensivas (...) dúctil (B) distensivas (...) frágil (C) compressivas (...) frágil (D) compressivas (...) dúctil 3. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta. Os fósseis de idade são utilizados em métodos de datação... (A) absoluta, dado que apresentam uma distribuição geográfica ampla. (B) relativa, dado que resultaram de seres que viveram num período de tempo geológico curto. (C) absoluta, dado que resultaram de seres que viveram em condições ambientais restritas. (D) relativa, dado que apresentam uma distribuição geográfica muito restrita. 4. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta. Na formação do gnaisse, houve fenómenos de. (A) ... recristalização de minerais preexistentes. (B) ... fusão da rocha que lhe deu origem. (C) ... meteorização química da rocha que o originou. (D) ... consolidação de material magmático. Grupo IV Os canhões submarinos são vales cavados nas margens continentais e funcionam como condutas sedimentares, ao longo das quais há intensificação dos processos de transporte de partículas entre a zona costeira e o domínio oceânico profundo. Apresentam, geralmente, uma forma típica em V, com gargantas estreitas e vertentes muito inclinadas Os canhões do Porto, de Aveiro e da Nazaré são três dos dez canhões conhecidos na mar¬gem continental portuguesa. De todos eles, o da Nazaré é, sem dúvida, o mais imponente, sendo o maior da Europa e um dos maiores do mundo. Este acidente
  8. 8. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 8 de 9 geomorfológico de origem tectónica está relacionado com a falha da Nazaré, falha transformante originada durante a abertura do oceano Atlântico. O canhão da Nazaré estende-se por mais de 220 km, desde a sua cabeceira, a cerca de 500 m da costa, junto à praia da Nazaré, até à sua parte terminal em forma de delta submarino. Rasga a plataforma continental, formando um vale com 50 m de profundidade no seu início e que atinge os 5000 m de profundidade no fim do talude continental. Esta garganta submarina provoca grandes alterações ao nível do trânsito sedimentar litoral, uma vez que este vale é um autêntico sumidouro para os sedimentos provenientes do litoral norte, o que justifica a inexistência de grandes extensões de areia nas praias a sul da Nazaré. Figura 1 - Esquema geral de um canhão submarino Seleccione a única alternativa que contém os termos que preenchem, sequencialmente, os espaços seguintes, de modo a obter uma afirmação correcta. 1. O canhão submarino da Nazaré rasga a plataforma continental_________ à linha de costa, conduzindo detritos desde o domínio___________ até à planície abissal. (A) paralelamente … continental (B) perpendicularmente … oceânico (C) paralelamente … oceânico (D) perpendicularmente … continental
  9. 9. Departamento de Ciências experimentais, AEDAH Teste 5, V1 Página 9 de 9 2. Seleccione a única alternativa que contém os termos que preenchem, sequencialmente, os espaços seguintes, de modo a obter uma afirmação correcta. A falha da Nazaré é um desligamento originado por forças_______ que provocaram o deslocamento____________ dos blocos rochosos. (A) de cisalhamento ... horizontal (B) de cisalhamento ... vertical (C) compressivas ... horizontal (D) compressivas ... vertical 3. Seleccione a única alternativa que permite obter uma afirmação correcta. Na planície abissal, a primeira sedimentação ocorre sobre uma rocha magmática... (A) extrusiva, de textura granular. (B) extrusiva, rica em minerais máficos. (C) intrusiva, formada a partir do rifte. (D) intrusiva, de textura agranular. 4. As grandes bacias sedimentares do planeta situam-se em zonas oceânicas profundas.Explique a função dos canhões submarinos na formação da cobertura sedimentar de fundo que origina, posteriormente, rochas sedimentares. Fim

×