Escola Secundária de Lagoa 
Disciplina de História – 10º E 
Ano Letivo 2014/2015 
Unidade 2 – O Modelo Romano 
2.3. A inte...
 Exército e a imigração; 
 Autoridades provinciais; 
 A língua, a religião e o 
Direito; 
 Uma densa rede de 
Cidades;...
 Os exércitos eram 
portadores da cultura 
romana; 
 Iniciaram a 
miscigenação com as 
populações nativas; 
 Para a pen...
 Os governadores de província 
ou os magistrados urbanos 
foram importantes na 
aculturação dos povos 
dominados; 
 Most...
 A língua (o latim) foi 
fundamental para a 
uniformização cultural da 
Península; 
 Na religião, os deuses 
romanos era...
 A cidade era o centro 
da vida política, 
económica, cultural e 
religiosa para os 
Romanos; 
 Desenvolveram a vida 
ur...
 As cidades não tinham 
todas o mesmo estatuto; 
 Existiam as colónias, 
cidades criadas de 
novo e povoadas por 
verdad...
 Além das colónias, 
tínhamos os municípios; 
 Cidades privilegiadas, as 
quais geralmente era 
concedido o Direito Lati...
 Na Península Ibérica 
tínhamos ainda as 
cidades 
estipendiárias; 
 Pagavam um pesado 
imposto, o stipendium; 
 Na seg...
 Os Romanos praticavam 
uma agricultura 
intensiva, virada para a 
exportação; (doc. 39 A 
– pág. 116) 
 Pecuária abunda...
 Recobriram as regiões 
do Império com uma 
rede de estradas; 
 Construídas com 
propósitos militares e 
administrativos...
 Caderno do Aluno - Ficha nº5 
 Leitura das páginas 121, 122 e 123 – 
IDEIAS FUNDAMENTAIS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica

1.045 visualizações

Publicada em

Unidade 2 – O Modelo Romano
2.3. A integração de uma região periférica no universo imperial: a romanização da Península Ibérica
2.3.2. Os veículos da romanização

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.045
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica

  1. 1. Escola Secundária de Lagoa Disciplina de História – 10º E Ano Letivo 2014/2015 Unidade 2 – O Modelo Romano 2.3. A integração de uma região periférica no universo imperial: a romanização da Península Ibérica 2.3.2. Os veículos da romanização Carlos Costa
  2. 2.  Exército e a imigração;  Autoridades provinciais;  A língua, a religião e o Direito;  Uma densa rede de Cidades;  O Desenvolvimento económico e a rede viária; Fonte: http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/b0c055027/7699155_ITBkL.jpeg
  3. 3.  Os exércitos eram portadores da cultura romana;  Iniciaram a miscigenação com as populações nativas;  Para a península vieram imigrantes italianos;  Impulsionou a aculturação dos povos peninsulares; Fonte: http://www.soniadecastro.com/blog/uploaded_images/DSCF0228-787649.JPG
  4. 4.  Os governadores de província ou os magistrados urbanos foram importantes na aculturação dos povos dominados;  Mostravam uma atitude de tolerância e respeito pelos nativos, embora em alguns casos fosse necessário o recurso à força;  Fomentavam um clima de paz e confiança para que os povos aderissem de livre vontade à civilização romana;  Criavam elites locais, normalmente com os filhos dos chefes indígenas que eram romanizados; Fonte: http://1.bp.blogspot.com/- 3aR9S7GVmwo/T3vMemAdlJI/AAAAAAAAACY/aiFzXWf9Z-E/ s1600/ddp6zzfs_43fgjr4x25_b.jpg
  5. 5.  A língua (o latim) foi fundamental para a uniformização cultural da Península;  Na religião, os deuses romanos eram adorados, embora fossem respeitados os cultos dos povos nativos;  O Culto do imperador, todavia, era estendido a todo o império;  No Direito, as regras definidas por este, eram fundamentais para garantir a ordem, a segurança e a paz entre Romanos e povos dominados; Fonte: http://4.bp.blogspot.com/-ubKxtkrl-h4/UHHmuAgUtMI/AAAAAAAAD-M/ G3hllDnpfuE/s1600/constantino-I.jpg
  6. 6.  A cidade era o centro da vida política, económica, cultural e religiosa para os Romanos;  Desenvolveram a vida urbana na Península;  As cidades eram polos de atração para os habitantes locais; Fonte :http://www.quintadoriodao.com/img/conimbriga/conimbriga.jpg
  7. 7.  As cidades não tinham todas o mesmo estatuto;  Existiam as colónias, cidades criadas de novo e povoadas por verdadeiros romanos;  Tinham direitos e privilégios iguais aos de Roma;  Portugal – Pax Julia (Beja) e Scalabis (Santarém) Fonte : http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/02/Braga-mapa_ mediaval.jpg
  8. 8.  Além das colónias, tínhamos os municípios;  Cidades privilegiadas, as quais geralmente era concedido o Direito Latino e excecionalmente o Direito Romano;  Gozavam de autonomia administrativa, possuindo instituições de governo próprias (Cúria e um corpo de magistrados – doc.37 - pág.114); Fonte : http://1.bp.blogspot.com/_FK5QjE4gwZc/S7diNqIFpoI/AAAAAAAAGuY/- BwuDppHT_c/s400/ancient-rome.jpg
  9. 9.  Na Península Ibérica tínhamos ainda as cidades estipendiárias;  Pagavam um pesado imposto, o stipendium;  Na segunda metade do século I, várias cidades estipendiárias foram elevadas a municípios; Fonte : http://www.portugalnotavel.com/wp-content/ uploads/2010/12/milreu11.jpg
  10. 10.  Os Romanos praticavam uma agricultura intensiva, virada para a exportação; (doc. 39 A – pág. 116)  Pecuária abundante;  Desenvolvimento de indústrias (ex: extração mineira);  Circulação de moeda;  Crescem as feiras e os mercados; Fonte : http://2.bp.blogspot.com/_2- Jw9Sl1rwE/SfnKkJ3WQLI/AAAAAAAAAFw/wfEis-5jamg/s1600-h/Imagem1.jpg
  11. 11.  Recobriram as regiões do Império com uma rede de estradas;  Construídas com propósitos militares e administrativos, foram muito importantes para o comércio pois facilitavam a deslocação de produtos; Fonte : http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/8c/PompeiiStreet.jpg
  12. 12.  Caderno do Aluno - Ficha nº5  Leitura das páginas 121, 122 e 123 – IDEIAS FUNDAMENTAIS

×