SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Escola Secundária de Lagoa 
Ano letivo 2014/15 
10º Ano 
Módulo 1 – Raízes mediterrânicas da civilização 
europeia – cidade, cidadania e Império na Antiguidade 
CUlnáisdsaicdae 2: O Modelo Romano 
A Unidade do Mundo Imperial 
A progressiva extensão da cidadania 
A Afirmação imperial de uma cultura urbana 
pragmática 
A cultura romana: pragmatismo e influência helénica 
Carlos Fernando M. Costa
A Unidade do Mundo Imperial 
A progressiva extensão da cidadania 
 A sociedade romana tinha uma 
estrutura complexa, entre os 
homens livres, os estatutos 
eram muito diversificados; 
 Ser cidadão romano – plena 
cidadania romana (civitas) – 
implicava um conjunto de 
direitos e deveres; 
 Doc. 8, página 84;
A Unidade do Mundo Imperial 
A progressiva extensão da cidadania 
 Inicialmente, só era considerado cidadão romano as 
pessoas naturais de Roma e os seus 
descendentes; 
 Nas terras conquistadas, os seus habitantes eram 
considerados de estatuto inferior; 
 A condição dos povos conquistados à medida que 
aceitavam o domínio romano e adquirindo a sua 
cultura, ganhavam condições para serem 
considerados cidadãos romanos;
A Unidade do Mundo Imperial 
A progressiva extensão da cidadania 
 Itália e as suas cidades, as 
primeiras a serem dominadas por 
Roma, usufruíam de uma 
condição superior às restantes; 
 Tinham o Direito Latino, os seus 
habitantes eram considerados 
cidadãos romanos, embora não 
pudessem exercer cargos nas 
altas magistraturas do Império; 
 Em 49 a.C., todos os homens 
livres de Itália foram equiparados 
a cidadãos romanos (doc. 10, pág. 
85)
A Unidade do Mundo Imperial 
A progressiva extensão da cidadania 
 Em condições normais, a condição 
jurídica de uma cidade estendia-se aos 
seus habitantes; 
 Também era vulgar serem atribuídos 
títulos de cidadão romano àqueles 
que se distinguiam pelo seu mérito ou 
pelos bons serviços prestados a 
Roma; 
 Com o Imperador Caracala, em 212 
d.C., o processo de atribuição de plena 
cidadania a todos os habitantes 
livres do Império foi concluído;
A Unidade do Mundo Imperial 
A progressiva extensão da cidadania 
Igualdade entre os povos 
conquistados e o povo conquistador 
Unidade do Mundo 
Romano
A cultura romana: pragmatismo e influência helénica 
 Página 85 – Questões 1-4 
1. Compare os direitos e deveres dos cidadãos romanos com 
os que nos são conferidos pela cidadania, na atualidade 
(d0c. 8). 
2. A que direito apela São Paulo, aquando da sua prisão 
(docs. 8 e 9)? 
3. Que aspetos do episódio narrado no doc.9 demonstram o 
alto estatuto de que gozavam os cidadãos romanos no 
Império? 
4. Relativamente à cidadania, qual a atitude dos Romanos 
face aos povos conquistados (docs. 9 e 10)
A afirmação imperial de uma cultura urbana 
pragmática 
A cultura romana: pragmatismo e influência helénica
A cultura romana: pragmatismo e influência helénica 
 A civilização romana teve um início humilde, 
eram um povo de lavradores, que se dividiam 
entre trabalhar a terra e defendê-la dos inimigos; 
 Devido a isto os romanos sempre tiveram um 
sentido prático, realista e virado para o 
concreto, que os ajudava a resolver os 
problemas; 
 As conquistas reforçaram o pragmatismo 
(Conceitos – pág. 88) que carateriza todas as 
realizações romanas;
A cultura romana: pragmatismo e influência helénica 
 Ao contrário dos gregos, os 
romanos privilegiavam o útil 
ao belo; 
 Contudo, estes foram 
fortemente influenciados pela 
cultura helénica; 
 Isto reflete-se na arte, na 
literatura, na filosofia e até 
na religião; 
 Imitaram os gregos e 
adaptaram a sua cultura;
A cultura romana: pragmatismo e influência helénica 
 Página 89 – Questões 1-3 
1. Em que aspeto se sentem os Romanos superiores aos 
Gregos e aos Egípcios (doc.11)? 
2. Mostre, recorrendo a dois elementos do texto, a 
admiração de Cícero pela cultura grega (doc.12). 
3. Escolha a frase de Plínio que melhor exalta a 
civilização grega. Justifique (doc.12)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Roma apresentação 1
Roma apresentação 1Roma apresentação 1
Roma apresentação 1Vítor Santos
 
Civilização romana
Civilização romanaCivilização romana
Civilização romanabamp
 
Historia A - Grécia
Historia A - Grécia Historia A - Grécia
Historia A - Grécia Lucas Nunes
 
02 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_202 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_2Vítor Santos
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaCarlos Vieira
 
2. 3 a romanização da península ibérica
2. 3   a romanização da península ibérica2. 3   a romanização da península ibérica
2. 3 a romanização da península ibéricaMaria Cristina Ribeiro
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioSusana Simões
 
A romanização da hispânia
A romanização da hispâniaA romanização da hispânia
A romanização da hispâniaSusana Simões
 
A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalVítor Santos
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalA identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalSusana Simões
 
Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3cattonia
 
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia AntigaTeste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia AntigaZé Mário
 
O urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaO urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaCarla Teixeira
 
01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeia01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeiaVítor Santos
 
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquistaMÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquistaCarina Vale
 
Resumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo AtenienseResumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo AtenienseLojinha da Flor
 
Resumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º anoResumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º anojorgina8
 
01 02_o_modelo_romano
01  02_o_modelo_romano01  02_o_modelo_romano
01 02_o_modelo_romanoVítor Santos
 

Mais procurados (20)

Roma apresentação 1
Roma apresentação 1Roma apresentação 1
Roma apresentação 1
 
Civilização romana
Civilização romanaCivilização romana
Civilização romana
 
Historia A - Grécia
Historia A - Grécia Historia A - Grécia
Historia A - Grécia
 
02 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_202 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_2
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península Ibérica
 
2. 3 a romanização da península ibérica
2. 3   a romanização da península ibérica2. 3   a romanização da península ibérica
2. 3 a romanização da península ibérica
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do território
 
A romanização da hispânia
A romanização da hispâniaA romanização da hispânia
A romanização da hispânia
 
A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidental
 
Poder régio
Poder régioPoder régio
Poder régio
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalA identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
 
Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3
 
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia AntigaTeste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
 
O urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaO urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romana
 
1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império
 
01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeia01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeia
 
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquistaMÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
 
Resumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo AtenienseResumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo Ateniense
 
Resumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º anoResumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º ano
 
01 02_o_modelo_romano
01  02_o_modelo_romano01  02_o_modelo_romano
01 02_o_modelo_romano
 

Destaque (12)

Leis das xii tábuas
Leis das xii tábuasLeis das xii tábuas
Leis das xii tábuas
 
O Que é Historia
O Que é HistoriaO Que é Historia
O Que é Historia
 
A CodificaçãO Do Direito Romano
A CodificaçãO Do Direito RomanoA CodificaçãO Do Direito Romano
A CodificaçãO Do Direito Romano
 
O Cristianismo
O CristianismoO Cristianismo
O Cristianismo
 
A cultura romana 1
A cultura romana 1A cultura romana 1
A cultura romana 1
 
A civilização romana
A civilização romanaA civilização romana
A civilização romana
 
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
 
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografiaO Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
 
Romanização
RomanizaçãoRomanização
Romanização
 
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismoO Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
 
Romanização blogue
Romanização blogueRomanização blogue
Romanização blogue
 
Império romano
Império romanoImpério romano
Império romano
 

Semelhante a Cidadania Romana

01_02_o_modelo_romano.pdf
01_02_o_modelo_romano.pdf01_02_o_modelo_romano.pdf
01_02_o_modelo_romano.pdfVítor Santos
 
As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...
As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...
As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...JuniorMadruga2
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaEscoladocs
 
Resumo de história
Resumo de históriaResumo de história
Resumo de históriaschool
 
A cultura do belo ii
A cultura do belo iiA cultura do belo ii
A cultura do belo iicattonia
 
IMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptx
IMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptxIMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptx
IMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptxNunoAnto4
 
00 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_1
00 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_100 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_1
00 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_1Vítor Santos
 
01 história a_revisões_módulo_1
01 história a_revisões_módulo_101 história a_revisões_módulo_1
01 história a_revisões_módulo_1Vítor Santos
 
Império romano blogue
Império romano blogueImpério romano blogue
Império romano blogueVítor Santos
 
Cultura do senado resumos
Cultura do senado   resumosCultura do senado   resumos
Cultura do senado resumosJorge Hohinho
 
A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)historiajovem2011
 

Semelhante a Cidadania Romana (20)

01_02_o_modelo_romano.pdf
01_02_o_modelo_romano.pdf01_02_o_modelo_romano.pdf
01_02_o_modelo_romano.pdf
 
O Império Romano
O Império RomanoO Império Romano
O Império Romano
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma Aspecto Culturais
Roma Aspecto CulturaisRoma Aspecto Culturais
Roma Aspecto Culturais
 
ROMANOS.pptx
ROMANOS.pptxROMANOS.pptx
ROMANOS.pptx
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
 
As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...
As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...
As contribuições da civilização romana para a construção da cultura ocidental...
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península Ibérica
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
cidades romanas
cidades romanascidades romanas
cidades romanas
 
Resumo de história
Resumo de históriaResumo de história
Resumo de história
 
A cultura do belo ii
A cultura do belo iiA cultura do belo ii
A cultura do belo ii
 
IMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptx
IMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptxIMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptx
IMPÉRIO ROMANO NO SEU APOGEU.pptx
 
00 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_1
00 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_100 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_1
00 01 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_1
 
01 história a_revisões_módulo_1
01 história a_revisões_módulo_101 história a_revisões_módulo_1
01 história a_revisões_módulo_1
 
Roma1 120103075852-phpapp01
Roma1 120103075852-phpapp01Roma1 120103075852-phpapp01
Roma1 120103075852-phpapp01
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Império romano blogue
Império romano blogueImpério romano blogue
Império romano blogue
 
Cultura do senado resumos
Cultura do senado   resumosCultura do senado   resumos
Cultura do senado resumos
 
A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)
 

Mais de Núcleo de Estágio ESL 2014-2015

A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crençaA identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crençaNúcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderes
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderesA identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderes
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderesNúcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizadaNúcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperadorNúcleo de Estágio ESL 2014-2015
 

Mais de Núcleo de Estágio ESL 2014-2015 (11)

A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crençaA identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderes
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderesA identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderes
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A multiplicidade de poderes
 
Introdução à Idade Média
Introdução à Idade MédiaIntrodução à Idade Média
Introdução à Idade Média
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
 
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
 
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
 
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
 

Último

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 

Último (20)

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 

Cidadania Romana

  • 1. Escola Secundária de Lagoa Ano letivo 2014/15 10º Ano Módulo 1 – Raízes mediterrânicas da civilização europeia – cidade, cidadania e Império na Antiguidade CUlnáisdsaicdae 2: O Modelo Romano A Unidade do Mundo Imperial A progressiva extensão da cidadania A Afirmação imperial de uma cultura urbana pragmática A cultura romana: pragmatismo e influência helénica Carlos Fernando M. Costa
  • 2. A Unidade do Mundo Imperial A progressiva extensão da cidadania  A sociedade romana tinha uma estrutura complexa, entre os homens livres, os estatutos eram muito diversificados;  Ser cidadão romano – plena cidadania romana (civitas) – implicava um conjunto de direitos e deveres;  Doc. 8, página 84;
  • 3. A Unidade do Mundo Imperial A progressiva extensão da cidadania  Inicialmente, só era considerado cidadão romano as pessoas naturais de Roma e os seus descendentes;  Nas terras conquistadas, os seus habitantes eram considerados de estatuto inferior;  A condição dos povos conquistados à medida que aceitavam o domínio romano e adquirindo a sua cultura, ganhavam condições para serem considerados cidadãos romanos;
  • 4. A Unidade do Mundo Imperial A progressiva extensão da cidadania  Itália e as suas cidades, as primeiras a serem dominadas por Roma, usufruíam de uma condição superior às restantes;  Tinham o Direito Latino, os seus habitantes eram considerados cidadãos romanos, embora não pudessem exercer cargos nas altas magistraturas do Império;  Em 49 a.C., todos os homens livres de Itália foram equiparados a cidadãos romanos (doc. 10, pág. 85)
  • 5. A Unidade do Mundo Imperial A progressiva extensão da cidadania  Em condições normais, a condição jurídica de uma cidade estendia-se aos seus habitantes;  Também era vulgar serem atribuídos títulos de cidadão romano àqueles que se distinguiam pelo seu mérito ou pelos bons serviços prestados a Roma;  Com o Imperador Caracala, em 212 d.C., o processo de atribuição de plena cidadania a todos os habitantes livres do Império foi concluído;
  • 6. A Unidade do Mundo Imperial A progressiva extensão da cidadania Igualdade entre os povos conquistados e o povo conquistador Unidade do Mundo Romano
  • 7. A cultura romana: pragmatismo e influência helénica  Página 85 – Questões 1-4 1. Compare os direitos e deveres dos cidadãos romanos com os que nos são conferidos pela cidadania, na atualidade (d0c. 8). 2. A que direito apela São Paulo, aquando da sua prisão (docs. 8 e 9)? 3. Que aspetos do episódio narrado no doc.9 demonstram o alto estatuto de que gozavam os cidadãos romanos no Império? 4. Relativamente à cidadania, qual a atitude dos Romanos face aos povos conquistados (docs. 9 e 10)
  • 8. A afirmação imperial de uma cultura urbana pragmática A cultura romana: pragmatismo e influência helénica
  • 9. A cultura romana: pragmatismo e influência helénica  A civilização romana teve um início humilde, eram um povo de lavradores, que se dividiam entre trabalhar a terra e defendê-la dos inimigos;  Devido a isto os romanos sempre tiveram um sentido prático, realista e virado para o concreto, que os ajudava a resolver os problemas;  As conquistas reforçaram o pragmatismo (Conceitos – pág. 88) que carateriza todas as realizações romanas;
  • 10. A cultura romana: pragmatismo e influência helénica  Ao contrário dos gregos, os romanos privilegiavam o útil ao belo;  Contudo, estes foram fortemente influenciados pela cultura helénica;  Isto reflete-se na arte, na literatura, na filosofia e até na religião;  Imitaram os gregos e adaptaram a sua cultura;
  • 11. A cultura romana: pragmatismo e influência helénica  Página 89 – Questões 1-3 1. Em que aspeto se sentem os Romanos superiores aos Gregos e aos Egípcios (doc.11)? 2. Mostre, recorrendo a dois elementos do texto, a admiração de Cícero pela cultura grega (doc.12). 3. Escolha a frase de Plínio que melhor exalta a civilização grega. Justifique (doc.12)