A robótica e a medicina

11.657 visualizações

Publicada em

A Robótica

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.657
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
61
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
291
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A robótica e a medicina

  1. 1. A Robótica e a medicina<br />
  2. 2. Índice: <br />Robôs na medicina;<br />Robôs de apoio nos hospitais;<br />Robôs cadeira de rodas;<br />Robôs membros artificiais;<br />Robôs órgãos artificiais;<br />Robôs cirurgiões;<br />Telemedicina;<br />Vantagens da telemedicina.<br />
  3. 3. Robôs na medicina<br /> No campo da medicina e na área da saúde encontramos robôs de diversas formas:<br /><ul><li>Robôs de apoio à idosos e deficientes, como cadeira de rodas automatizadas;
  4. 4. Robôs membros artificiais;
  5. 5. Robôs órgãos artificiais;
  6. 6. Robôs que participam em cirurgias…</li></li></ul><li>Robôs de apoio nos hospitais<br /> Alguns robôs de apoio nos hospitais transportam refeições, medicamentos, roupa suja…<br /> Eles deslocam-se ao longo dos corredores desviando-se das pessoas e dos obstáculos fixos ou móveis.<br />
  7. 7. Robôs cadeira de rodas<br /> O Robô cadeira de rodas faz uso de sensores colocados à volta dos olhos do utilizador e que registam os sinais electrónicos que variam com o ângulo dos olhos na cabeça.<br />
  8. 8. Robôs cadeira de rodas<br /> Desta forma o operador (deficiente) pode controlar a cadeira apenas com a direcção do olhar, fazendo-a andar, mudar de direcção, ou mesmo parar.<br /> A cadeira de rodas detecta obstáculos e contorna-os.<br />
  9. 9. Robôs membros artificiais<br /> Os membros artificiais têm de ter mecanismos robóticos com sensores e têm ser automatizados.<br /> Uma prótese robótica substitui acima de tudo os músculos obedecendo comandos do seu utilizador deficiente.<br />
  10. 10. Robôs órgãos artificiais<br /> Não é apenas para os membros que constroem próteses robóticas.<br /> Também existem órgãos artificiais que funcionam automatizados.<br />
  11. 11. Robôs órgãos artificiais<br /> Existem corações artificiais que são usados fora do corpo humano por períodos na mesa operatória do hospital.<br />
  12. 12. Robôs cirurgiões<br /> A Robótica tem vindo a aumentar as suas aplicações na cirurgia.<br /> Robôs já foram usados em diversas cirurgias médicas no coração, nas artérias, no estômago, na bexiga, nos rins , na próstata e até no cérebro.<br />
  13. 13. Robôs cirurgiões<br /> Robôs cirurgiões são hoje usados pelos médicos para auxiliarem em algumas operações delicadas e que precisavam de muita perfeição, e nunca se cansam, nem perdem a precisão. <br /> Robôs podem também efectuar tarefas que causam riscos ao cirurgião, como pacientes infectados, etc.<br />
  14. 14. Telemedicina<br /> Telemedicina é uso das modernas tecnologias da informação e telecomunicações para o fornecimento de informação e atenção médica a pacientes localizados à distância.<br />É um método que consiste na aplicação do atendimento médico nos casos em que a distância é um factor crítico entre o profissional e o paciente.<br />
  15. 15. Vantagens da telemedicina<br />Como vantagens do uso da telemedicina, temos:<br /><ul><li> Redução do tempo e dos custos, pela desnecessidade de transportar os pacientes;
  16. 16. Ajuste do gerenciamento dos recursos de saúde devido à avaliação e triagem por especialistas;</li></li></ul><li>Vantagens da telemedicina<br /><ul><li> Diminuição da pressão sobre hospitais já comprometidos pela falta de recursos;
  17. 17. Uso mais eficiente de recursos, através da centralização de especialistas e da descentralização da assistência, alcançando um número maior de pessoas;</li></li></ul><li>Vantagens da telemedicina<br /><ul><li> Acesso rápido a especialistas em casos de acidentes e emergências;
  18. 18. Diminuição da pressão sobre hospitais já comprometidos pela falta de recursos;
  19. 19. Maior qualidade dos programas educacionais para médicos e residentes localizados em zonas fora de centros especializados.</li></li></ul><li>Trabalho realizado por:<br /> Carolina nº3<br /> Catarina nº4<br /> Luís nº15<br /> 8ºC<br />

×