SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
REDE DE ATENÇÃO
PSICOSSOCIAL
RAAS 6
1
RAS
• A partir da Portaria GM nº 4.279 de 30 de dezembro de 2010
e do Decreto Presidencial nº 7.508 de 28 de junho de 2011, o
SUS passa a ser orientado a partir da estruturação de Redes
De Atenção à Saúde (RAS).
• O objetivo da RAS é garantir a integralidade do cuidado e
promover a integração sistêmica, de ações e serviços de
saúde com provisão de atenção contínua, integral, de
qualidade, responsável e humanizada, bem como incrementar
o desempenho do Sistema, tem termos de acesso, equidade,
eficácia clínica e sanitária, e eficiência econômica.
Redes de Atenção
• RAPS – Rede de Atenção Psicossocial
• Rede de Cuidados às Pessoas com Deficiência
• Rede Cegonha
• Rede de Atenção às Urgências
RAPS
• A Portaria Ministerial Nº 3.088, de 23 de
dezembro de 2011, Institui a Rede de Atenção
Psicossocial para pessoas com sofrimento ou
transtorno mental e com necessidades
decorrentes do uso de crack, álcool e outras
drogas, no âmbito do Sistema Único de Saúde
4
EIXOS DA RAPS
I- AB: UBS, equipes consultórios na Rua e de apoio à atenção Residencial de caráter
transitório, Centros de Convivência, NASF
II- Atenção Psicossocial Especializada: CAPS I, II III, AD, Infantil e Adulto
III- Atenção de Urgência e Emergência: Samu, Sala de estabilização, UPA 24hs, PS, UBS
e CAPS
IV- Atenção Residencial de Caráter Transitório: UA, Serviço de Atenção em Regime
Residencial
V- Atenção Hospitalar: Enfermaria Especializada em Hospital Geral, Serviço Hospitalar
de Referência
VI- Estratégias de Desinstitucionalização
Serviço de RT e PVC
VII- Estratégias de Reabilitação Psicossocial: Geração de trabalho e renda/
empreendimentos solidários/cooperativas sociais
5
No município atualmente
• 447 UBS
• 6 Hora Certa
• 118 AMA
• 16 Pronto Socorro Municipal
e Pronto Atendimento
• 18 Hospitais Municipais
– 162 Vagas em Saúde
Mental em Hospital Geral
• 94 equipes NASF
– 1.291 ESF
• 24 CAPS i
• 21 CECCOs
• 31 CAPS Adultos
• 25 CAPS ADs
• 24 RTs
• 14 UAA
• 2 UAI
• 15 CER habilitados, 12 deles
para reabilitação às pessoas
com deficiência intelectual e
TEA
• 20 equipes do Programa
Acompanhante da Pessoa
com Deficiência
6
DESAFIOS
• Consolidar a Política de Saúde Mental no Município
efetivando a mudança do modelo que
historicamente era baseado na internação hospitalar
como alternativa principal para o cuidado em Saúde
Mental, para o modelo de base territorial, onde se
valoriza a manutenção dos vínculos sociais e
familiares, reinserção social e resgate da cidadania.
• Implantar uma política para atenção ao dependente
de substâncias psicoativas.
7

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Saúde mental em dados
Saúde mental em dadosSaúde mental em dados
Saúde mental em dados
multicentrica
 
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
Edison Santos
 
Saúde mental no sus os centros de atenção psicossocial
Saúde mental no sus   os centros de atenção psicossocialSaúde mental no sus   os centros de atenção psicossocial
Saúde mental no sus os centros de atenção psicossocial
Arley Melo
 
Reforma psiquiátrica e política de saúde mental
Reforma psiquiátrica e  política de saúde mentalReforma psiquiátrica e  política de saúde mental
Reforma psiquiátrica e política de saúde mental
multicentrica
 
Rede de atenção psicossocial raps
Rede de atenção psicossocial   rapsRede de atenção psicossocial   raps
Rede de atenção psicossocial raps
ssuser4fffca
 

Mais procurados (20)

Saúde mental no sus
Saúde mental no susSaúde mental no sus
Saúde mental no sus
 
Saúde mental em dados
Saúde mental em dadosSaúde mental em dados
Saúde mental em dados
 
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
 
Aula saúde mental - Recursos Existentes
Aula saúde mental - Recursos ExistentesAula saúde mental - Recursos Existentes
Aula saúde mental - Recursos Existentes
 
Caps governo
Caps governoCaps governo
Caps governo
 
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
 
Saúde mental no sus os centros de atenção psicossocial
Saúde mental no sus   os centros de atenção psicossocialSaúde mental no sus   os centros de atenção psicossocial
Saúde mental no sus os centros de atenção psicossocial
 
Reforma psiquiátrica e política de saúde mental
Reforma psiquiátrica e  política de saúde mentalReforma psiquiátrica e  política de saúde mental
Reforma psiquiátrica e política de saúde mental
 
Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...
Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...
Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...
 
Caps slide
Caps slideCaps slide
Caps slide
 
Cuidados em Saúde Mental na Atenção Básica de Saúde
Cuidados em Saúde Mental na Atenção Básica de SaúdeCuidados em Saúde Mental na Atenção Básica de Saúde
Cuidados em Saúde Mental na Atenção Básica de Saúde
 
Rede de atenção psicossocial raps
Rede de atenção psicossocial   rapsRede de atenção psicossocial   raps
Rede de atenção psicossocial raps
 
Saúde Mental
Saúde Mental Saúde Mental
Saúde Mental
 
A atuação do Assistente Social no CAPS
A atuação do Assistente Social no CAPSA atuação do Assistente Social no CAPS
A atuação do Assistente Social no CAPS
 
Cartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental Paulistana
Cartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental PaulistanaCartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental Paulistana
Cartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental Paulistana
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Manual do caps
Manual do capsManual do caps
Manual do caps
 
Portaria caps
Portaria capsPortaria caps
Portaria caps
 
Um futuro incerto: Projetos e expectativas de familiares que convivem com pes...
Um futuro incerto: Projetos e expectativas de familiares que convivem com pes...Um futuro incerto: Projetos e expectativas de familiares que convivem com pes...
Um futuro incerto: Projetos e expectativas de familiares que convivem com pes...
 
Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...
Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...
Seminário Saúde Mental na Atenção Básica: "Vínculos e Diálogos Necessários" -...
 

Destaque

Aula reforma psiquiátrica
Aula reforma psiquiátricaAula reforma psiquiátrica
Aula reforma psiquiátrica
Aroldo Gavioli
 
História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1
Eduardo Gomes da Silva
 
Drogas educação e prevenção
Drogas educação e prevençãoDrogas educação e prevenção
Drogas educação e prevenção
Gabriela Haack
 
Seminário grupo c (1)
Seminário grupo c (1)Seminário grupo c (1)
Seminário grupo c (1)
Tathiane Souza
 
Vera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUS
Vera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUSVera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUS
Vera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUS
Autismo & Realidade
 
Reforma Psiquiatrica
Reforma PsiquiatricaReforma Psiquiatrica
Reforma Psiquiatrica
fabiolarrossa
 
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizadaAnsiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
gfolive
 

Destaque (20)

Aula reforma psiquiátrica
Aula reforma psiquiátricaAula reforma psiquiátrica
Aula reforma psiquiátrica
 
História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1
 
Atenção psicossocial
Atenção psicossocialAtenção psicossocial
Atenção psicossocial
 
Caderno ms
Caderno msCaderno ms
Caderno ms
 
14 equipe referencia
14 equipe referencia14 equipe referencia
14 equipe referencia
 
Projeto Rede Sampa Saúde Mental Paulistana
Projeto Rede Sampa Saúde Mental Paulistana Projeto Rede Sampa Saúde Mental Paulistana
Projeto Rede Sampa Saúde Mental Paulistana
 
Drogas educação e prevenção
Drogas educação e prevençãoDrogas educação e prevenção
Drogas educação e prevenção
 
Seminário grupo c (1)
Seminário grupo c (1)Seminário grupo c (1)
Seminário grupo c (1)
 
Matriciamento
MatriciamentoMatriciamento
Matriciamento
 
Vera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUS
Vera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUSVera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUS
Vera Mendes - 31mai14 1º Congresso A&R SUS
 
Centro de atenção Psicossocial em álcool e drogas- CAPS AD
Centro de atenção Psicossocial em álcool e drogas- CAPS ADCentro de atenção Psicossocial em álcool e drogas- CAPS AD
Centro de atenção Psicossocial em álcool e drogas- CAPS AD
 
Transtornos do humor
Transtornos do humorTranstornos do humor
Transtornos do humor
 
Transtornos do humor
Transtornos do humorTranstornos do humor
Transtornos do humor
 
Reforma Psiquiatrica
Reforma PsiquiatricaReforma Psiquiatrica
Reforma Psiquiatrica
 
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizadaAnsiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
 
TRANSTORNO BIPOLAR
TRANSTORNO BIPOLARTRANSTORNO BIPOLAR
TRANSTORNO BIPOLAR
 
História da psiquiatria aula 1
História da psiquiatria   aula 1História da psiquiatria   aula 1
História da psiquiatria aula 1
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 

Semelhante a Apresentação de agosto de 2014

RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)
RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)
RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)
dehkeh
 
Rede Cuidar
Rede CuidarRede Cuidar
Plano diretor da ap cínthia (1)
Plano diretor da ap  cínthia (1)Plano diretor da ap  cínthia (1)
Plano diretor da ap cínthia (1)
Cínthia Lima
 
Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.
Cinthia13Lima
 

Semelhante a Apresentação de agosto de 2014 (20)

RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)
RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)
RAPS (Rede de Atencao Psicossocial)
 
Apresentação RAPS.pdf
Apresentação RAPS.pdfApresentação RAPS.pdf
Apresentação RAPS.pdf
 
Plano de Educação Permanente para o Fortalecimento da Rede de Atenção 23 de o...
Plano de Educação Permanente para o Fortalecimento da Rede de Atenção 23 de o...Plano de Educação Permanente para o Fortalecimento da Rede de Atenção 23 de o...
Plano de Educação Permanente para o Fortalecimento da Rede de Atenção 23 de o...
 
Apresentação sm -caminhos-cuidado_novo
Apresentação sm -caminhos-cuidado_novoApresentação sm -caminhos-cuidado_novo
Apresentação sm -caminhos-cuidado_novo
 
A real(idade) de saúde mental no sus
A real(idade) de saúde mental no susA real(idade) de saúde mental no sus
A real(idade) de saúde mental no sus
 
AULA 2 - Princípios da Administração Pública.pdf
AULA 2 - Princípios da Administração Pública.pdfAULA 2 - Princípios da Administração Pública.pdf
AULA 2 - Princípios da Administração Pública.pdf
 
PNAB- POLITICA NACIONAL DE ATENÇAO BASICA
PNAB- POLITICA NACIONAL DE ATENÇAO BASICAPNAB- POLITICA NACIONAL DE ATENÇAO BASICA
PNAB- POLITICA NACIONAL DE ATENÇAO BASICA
 
CAPS.pptx
CAPS.pptxCAPS.pptx
CAPS.pptx
 
Atenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no ParanáAtenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no Paraná
 
Slides grupo8
Slides grupo8Slides grupo8
Slides grupo8
 
Principios e diretrizes
Principios e diretrizesPrincipios e diretrizes
Principios e diretrizes
 
Avaliação caps cremesp
Avaliação caps   cremespAvaliação caps   cremesp
Avaliação caps cremesp
 
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noiteSm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
 
Rede Cuidar
Rede CuidarRede Cuidar
Rede Cuidar
 
Comunidades Terapêuticas: o que é e como está Inserida na Rede de Cuidados ao...
Comunidades Terapêuticas: o que é e como está Inserida na Rede de Cuidados ao...Comunidades Terapêuticas: o que é e como está Inserida na Rede de Cuidados ao...
Comunidades Terapêuticas: o que é e como está Inserida na Rede de Cuidados ao...
 
Politica nacional de saúde mental (1)
Politica nacional de saúde mental (1)Politica nacional de saúde mental (1)
Politica nacional de saúde mental (1)
 
Sistema único de saúde
Sistema único de saúdeSistema único de saúde
Sistema único de saúde
 
Estrutura organizacional dos serviços de saúde - Redes de Atenção à Saúde (RAS)
Estrutura organizacional dos serviços de saúde - Redes de Atenção à Saúde (RAS)Estrutura organizacional dos serviços de saúde - Redes de Atenção à Saúde (RAS)
Estrutura organizacional dos serviços de saúde - Redes de Atenção à Saúde (RAS)
 
Plano diretor da ap cínthia (1)
Plano diretor da ap  cínthia (1)Plano diretor da ap  cínthia (1)
Plano diretor da ap cínthia (1)
 
Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.
 

Mais de Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS

Mais de Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS (20)

Procedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúdeProcedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúde
 
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
 
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis CongênitaOficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
 
Saúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APSSaúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APS
 
Nomes Populares de Doenças e Sintomas
Nomes Populares de Doenças e SintomasNomes Populares de Doenças e Sintomas
Nomes Populares de Doenças e Sintomas
 
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
 
Registro em APS
Registro em APSRegistro em APS
Registro em APS
 
Projeto Terapêutico Singular
Projeto Terapêutico SingularProjeto Terapêutico Singular
Projeto Terapêutico Singular
 
Atenção Primária à Saúde
Atenção Primária à SaúdeAtenção Primária à Saúde
Atenção Primária à Saúde
 
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
 
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - SobrediagnósticoPrevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
 
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAPMétodo Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
 
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFCMedicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
 
Comunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-PacienteComunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-Paciente
 
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
 
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
 
Impactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São PauloImpactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São Paulo
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca AíDESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
 
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 

Apresentação de agosto de 2014

  • 2. RAS • A partir da Portaria GM nº 4.279 de 30 de dezembro de 2010 e do Decreto Presidencial nº 7.508 de 28 de junho de 2011, o SUS passa a ser orientado a partir da estruturação de Redes De Atenção à Saúde (RAS). • O objetivo da RAS é garantir a integralidade do cuidado e promover a integração sistêmica, de ações e serviços de saúde com provisão de atenção contínua, integral, de qualidade, responsável e humanizada, bem como incrementar o desempenho do Sistema, tem termos de acesso, equidade, eficácia clínica e sanitária, e eficiência econômica.
  • 3. Redes de Atenção • RAPS – Rede de Atenção Psicossocial • Rede de Cuidados às Pessoas com Deficiência • Rede Cegonha • Rede de Atenção às Urgências
  • 4. RAPS • A Portaria Ministerial Nº 3.088, de 23 de dezembro de 2011, Institui a Rede de Atenção Psicossocial para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do Sistema Único de Saúde 4
  • 5. EIXOS DA RAPS I- AB: UBS, equipes consultórios na Rua e de apoio à atenção Residencial de caráter transitório, Centros de Convivência, NASF II- Atenção Psicossocial Especializada: CAPS I, II III, AD, Infantil e Adulto III- Atenção de Urgência e Emergência: Samu, Sala de estabilização, UPA 24hs, PS, UBS e CAPS IV- Atenção Residencial de Caráter Transitório: UA, Serviço de Atenção em Regime Residencial V- Atenção Hospitalar: Enfermaria Especializada em Hospital Geral, Serviço Hospitalar de Referência VI- Estratégias de Desinstitucionalização Serviço de RT e PVC VII- Estratégias de Reabilitação Psicossocial: Geração de trabalho e renda/ empreendimentos solidários/cooperativas sociais 5
  • 6. No município atualmente • 447 UBS • 6 Hora Certa • 118 AMA • 16 Pronto Socorro Municipal e Pronto Atendimento • 18 Hospitais Municipais – 162 Vagas em Saúde Mental em Hospital Geral • 94 equipes NASF – 1.291 ESF • 24 CAPS i • 21 CECCOs • 31 CAPS Adultos • 25 CAPS ADs • 24 RTs • 14 UAA • 2 UAI • 15 CER habilitados, 12 deles para reabilitação às pessoas com deficiência intelectual e TEA • 20 equipes do Programa Acompanhante da Pessoa com Deficiência 6
  • 7. DESAFIOS • Consolidar a Política de Saúde Mental no Município efetivando a mudança do modelo que historicamente era baseado na internação hospitalar como alternativa principal para o cuidado em Saúde Mental, para o modelo de base territorial, onde se valoriza a manutenção dos vínculos sociais e familiares, reinserção social e resgate da cidadania. • Implantar uma política para atenção ao dependente de substâncias psicoativas. 7