SlideShare uma empresa Scribd logo

Abertura do Curso de Aprimoramento da Gestão de Vigilância em Saúde

Apresentação realizada no dia 02 de outubro de 2015 na APCD.

1 de 17
Baixar para ler offline
CURSO DE
APRIMORAMENTO DA GESTÃO
EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE
Maria Teresa Garrafa
Laura Santucci
Um pouco da História ....
CURSO DE APRIMORAMENTO DA GESTÃO
EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE
O percurso ....
CURSO DE APRIMORAMENTO DA GESTÃO
EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE
 Oficinas de alinhamento
• Promover o intercâmbio de conhecimentos e experiências no
campo da Vigilância em Saúde;
• Conhecer a proposta do Curso de Aperfeiçoamento em
Gestão da Vigilância em Saúde e seus referenciais teóricos;
• Mapear as atribuições do Gestor da Vigilância em Sáude;
• Indicar as competências do Gestor da Vigilância em Sáude a
serem desenvolvidas e/ou aprimoradas no Curso.
• Construção do itinerário do curso.
Educação no/pelo trabalho como elemento
essencial da estratégia de mudança.
Fundamentos Teórico Metodológicos do Curso
 O processo de formação fomentará a transformação de situações cotidianas em
aprendizagem pela reflexão dos problemas da prática e a valorização do próprio
processo de trabalho no seu contexto.
 Espaço para refletir criticamente sobre a gestão a Vigilância em Saúde tendo em
vista à construção de uma nova consciência acerca da realidade e do papel do
gestor.
 Educação Permanente é feita com a participação de gestores e trabalhadores nos
espaços coletivos de gestão da ação educativa
MÉTODO
 Aprimorar os conhecimentos e competências dos
profissionais para gerenciamento das unidades de
vigilância, ampliando sua capacidade de organizar e gerir
o processo de trabalho, e intervir em situações de risco,
de vulnerabilidade e de suscetibilidade de grupos
populacionais e ambientes.
OBJETIVO GERAL
Anúncio

Recomendados

Planejamento estrategico ministerio_saude_resultados
Planejamento estrategico ministerio_saude_resultadosPlanejamento estrategico ministerio_saude_resultados
Planejamento estrategico ministerio_saude_resultadosSchirley Cristina
 
Apostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saudeApostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saudeDudaMendesS
 
A importancia-do_planejamento_na_gestao_do_sus - Driela Lopes
A importancia-do_planejamento_na_gestao_do_sus - Driela LopesA importancia-do_planejamento_na_gestao_do_sus - Driela Lopes
A importancia-do_planejamento_na_gestao_do_sus - Driela LopesDORIANNE CAMPOS
 
Planejamento,gestão e avaliação dos serviços de saúde
Planejamento,gestão e avaliação dos serviços de saúde Planejamento,gestão e avaliação dos serviços de saúde
Planejamento,gestão e avaliação dos serviços de saúde Taciane Dias
 
Pdvisa eixos diretrizes
Pdvisa eixos diretrizesPdvisa eixos diretrizes
Pdvisa eixos diretrizesEsther Reis
 
Planejamento estratégico
Planejamento estratégicoPlanejamento estratégico
Planejamento estratégicoGeraldo Aguiar
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicas
Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicasPlano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicas
Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicasLucas Fernandes Hoogerbrugge
 
Avaliação e monitoramento da política de assistência social
Avaliação e monitoramento da política de assistência socialAvaliação e monitoramento da política de assistência social
Avaliação e monitoramento da política de assistência socialArare Carvalho Júnior
 
Prática de planejamento sus municipio
Prática de planejamento sus municipioPrática de planejamento sus municipio
Prática de planejamento sus municipioRafael Vieira
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSSebástian Freire
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSSebástian Freire
 
Cassiana turíbio amaral1
Cassiana turíbio amaral1Cassiana turíbio amaral1
Cassiana turíbio amaral1Indy Oliveira
 
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...Conselho Nacional de Saúde
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSSebástian Freire
 
Trabalho interessante
Trabalho interessanteTrabalho interessante
Trabalho interessantedryanny
 
Regulação - Elaine Gianotti
Regulação - Elaine GianottiRegulação - Elaine Gianotti
Regulação - Elaine GianottiOncoguia
 
Apresentação nugest
Apresentação nugestApresentação nugest
Apresentação nugestTuffy Filho
 

Mais procurados (20)

9ª Assembleia - Governança e Gestão no SUS
9ª Assembleia - Governança e Gestão no SUS9ª Assembleia - Governança e Gestão no SUS
9ª Assembleia - Governança e Gestão no SUS
 
Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicas
Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicasPlano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicas
Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - Diretrizes estratégicas
 
Avaliação e monitoramento da política de assistência social
Avaliação e monitoramento da política de assistência socialAvaliação e monitoramento da política de assistência social
Avaliação e monitoramento da política de assistência social
 
Prática de planejamento sus municipio
Prática de planejamento sus municipioPrática de planejamento sus municipio
Prática de planejamento sus municipio
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
 
Oficina de Educação Popular em Saúde para a formação de apoiadores da Polític...
Oficina de Educação Popular em Saúde para a formação de apoiadores da Polític...Oficina de Educação Popular em Saúde para a formação de apoiadores da Polític...
Oficina de Educação Popular em Saúde para a formação de apoiadores da Polític...
 
Cassiana turíbio amaral1
Cassiana turíbio amaral1Cassiana turíbio amaral1
Cassiana turíbio amaral1
 
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
 
Regulação em Saúde no SUS
Regulação em Saúde no SUSRegulação em Saúde no SUS
Regulação em Saúde no SUS
 
ORGANIXAÇÕES PUBLICAS
ORGANIXAÇÕES PUBLICASORGANIXAÇÕES PUBLICAS
ORGANIXAÇÕES PUBLICAS
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
 
Oficina comunicacao
Oficina comunicacaoOficina comunicacao
Oficina comunicacao
 
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
 
A construcao do_novo_modelo_de_gestao
A construcao do_novo_modelo_de_gestaoA construcao do_novo_modelo_de_gestao
A construcao do_novo_modelo_de_gestao
 
Trabalho interessante
Trabalho interessanteTrabalho interessante
Trabalho interessante
 
Regulação - Elaine Gianotti
Regulação - Elaine GianottiRegulação - Elaine Gianotti
Regulação - Elaine Gianotti
 
Unidade14
Unidade14Unidade14
Unidade14
 
Apresentação nugest
Apresentação nugestApresentação nugest
Apresentação nugest
 

Semelhante a Abertura do Curso de Aprimoramento da Gestão de Vigilância em Saúde

AULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptx
AULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptxAULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptx
AULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptxAntonio Elielton
 
Oficina da CIF em sistemas de informação em Curitiba
Oficina da CIF em sistemas de informação em CuritibaOficina da CIF em sistemas de informação em Curitiba
Oficina da CIF em sistemas de informação em CuritibaEduardo Santana Cordeiro
 
SGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na Saúde
SGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na SaúdeSGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na Saúde
SGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na SaúdeSGS Portugal
 
Curso vigilancia epidemio
Curso vigilancia epidemioCurso vigilancia epidemio
Curso vigilancia epidemioMardem
 
Auditoria sus contexto_sna
Auditoria sus contexto_snaAuditoria sus contexto_sna
Auditoria sus contexto_snaAlinne Barros
 
Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012
Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012
Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012W Fs
 
Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1
Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1
Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1Eloi Menezes
 
Implementação serviços de MTC no SUS
Implementação serviços de MTC no SUSImplementação serviços de MTC no SUS
Implementação serviços de MTC no SUScomunidadedepraticas
 
Gestão e Avaliação na Estratégia Saúde da Família
Gestão e Avaliação na Estratégia Saúde da FamíliaGestão e Avaliação na Estratégia Saúde da Família
Gestão e Avaliação na Estratégia Saúde da FamíliaCentro Universitário Ages
 
academia da saude
 academia da saude academia da saude
academia da saudeKarina Lira
 
Capacitação para gestores das práticas integrativas e complementares
Capacitação para gestores das práticas integrativas e complementaresCapacitação para gestores das práticas integrativas e complementares
Capacitação para gestores das práticas integrativas e complementarescomunidadedepraticas
 

Semelhante a Abertura do Curso de Aprimoramento da Gestão de Vigilância em Saúde (20)

AULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptx
AULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptxAULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptx
AULA - VIGILÂNCIA EM SAÚDE.pptx
 
Oficina da CIF em sistemas de informação em Curitiba
Oficina da CIF em sistemas de informação em CuritibaOficina da CIF em sistemas de informação em Curitiba
Oficina da CIF em sistemas de informação em Curitiba
 
A Política de Atenção Primária à Saúde em Minas Gerais
A Política de Atenção Primária à Saúde em Minas GeraisA Política de Atenção Primária à Saúde em Minas Gerais
A Política de Atenção Primária à Saúde em Minas Gerais
 
SGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na Saúde
SGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na SaúdeSGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na Saúde
SGS Academy - Pós-Graduação Qualidade na Saúde
 
PlanificaSUS
PlanificaSUSPlanificaSUS
PlanificaSUS
 
Curso vigilancia epidemio
Curso vigilancia epidemioCurso vigilancia epidemio
Curso vigilancia epidemio
 
Curso vigilancia epidemio
Curso vigilancia epidemioCurso vigilancia epidemio
Curso vigilancia epidemio
 
8h telma dantas
8h telma dantas8h telma dantas
8h telma dantas
 
Experiências - Escola de Saúde da BA 1
Experiências  -  Escola de Saúde da BA 1Experiências  -  Escola de Saúde da BA 1
Experiências - Escola de Saúde da BA 1
 
ESTAGIO FARMACIA.pdf
ESTAGIO FARMACIA.pdfESTAGIO FARMACIA.pdf
ESTAGIO FARMACIA.pdf
 
Auditoria sus contexto_sna
Auditoria sus contexto_snaAuditoria sus contexto_sna
Auditoria sus contexto_sna
 
Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012
Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012
Edital segtes-portaria-conjunta-sad.ses-nº124-de-13.12.2012
 
Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1
Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1
Livro pdf gestão publica em saude mod-5-1
 
Implementação serviços de MTC no SUS
Implementação serviços de MTC no SUSImplementação serviços de MTC no SUS
Implementação serviços de MTC no SUS
 
Gestão e Avaliação na Estratégia Saúde da Família
Gestão e Avaliação na Estratégia Saúde da FamíliaGestão e Avaliação na Estratégia Saúde da Família
Gestão e Avaliação na Estratégia Saúde da Família
 
academia da saude
 academia da saude academia da saude
academia da saude
 
GUIA SGQ.pdf
GUIA SGQ.pdfGUIA SGQ.pdf
GUIA SGQ.pdf
 
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
 
Capacitação para gestores das práticas integrativas e complementares
Capacitação para gestores das práticas integrativas e complementaresCapacitação para gestores das práticas integrativas e complementares
Capacitação para gestores das práticas integrativas e complementares
 
BOOK MGAH.pdf
BOOK MGAH.pdfBOOK MGAH.pdf
BOOK MGAH.pdf
 

Mais de Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS

Mais de Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS (20)

Procedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúdeProcedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúde
 
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
 
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis CongênitaOficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
 
Saúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APSSaúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APS
 
Nomes Populares de Doenças e Sintomas
Nomes Populares de Doenças e SintomasNomes Populares de Doenças e Sintomas
Nomes Populares de Doenças e Sintomas
 
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
 
Registro em APS
Registro em APSRegistro em APS
Registro em APS
 
Projeto Terapêutico Singular
Projeto Terapêutico SingularProjeto Terapêutico Singular
Projeto Terapêutico Singular
 
Atenção Primária à Saúde
Atenção Primária à SaúdeAtenção Primária à Saúde
Atenção Primária à Saúde
 
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
 
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - SobrediagnósticoPrevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
 
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAPMétodo Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
 
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFCMedicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
 
Comunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-PacienteComunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-Paciente
 
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
 
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
 
Impactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São PauloImpactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São Paulo
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca AíDESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
 
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
 

Último

5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 

Último (20)

Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 

Abertura do Curso de Aprimoramento da Gestão de Vigilância em Saúde

  • 1. CURSO DE APRIMORAMENTO DA GESTÃO EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE Maria Teresa Garrafa Laura Santucci
  • 2. Um pouco da História .... CURSO DE APRIMORAMENTO DA GESTÃO EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE
  • 3. O percurso .... CURSO DE APRIMORAMENTO DA GESTÃO EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE  Oficinas de alinhamento • Promover o intercâmbio de conhecimentos e experiências no campo da Vigilância em Saúde; • Conhecer a proposta do Curso de Aperfeiçoamento em Gestão da Vigilância em Saúde e seus referenciais teóricos; • Mapear as atribuições do Gestor da Vigilância em Sáude; • Indicar as competências do Gestor da Vigilância em Sáude a serem desenvolvidas e/ou aprimoradas no Curso. • Construção do itinerário do curso.
  • 4. Educação no/pelo trabalho como elemento essencial da estratégia de mudança. Fundamentos Teórico Metodológicos do Curso  O processo de formação fomentará a transformação de situações cotidianas em aprendizagem pela reflexão dos problemas da prática e a valorização do próprio processo de trabalho no seu contexto.  Espaço para refletir criticamente sobre a gestão a Vigilância em Saúde tendo em vista à construção de uma nova consciência acerca da realidade e do papel do gestor.  Educação Permanente é feita com a participação de gestores e trabalhadores nos espaços coletivos de gestão da ação educativa
  • 6.  Aprimorar os conhecimentos e competências dos profissionais para gerenciamento das unidades de vigilância, ampliando sua capacidade de organizar e gerir o processo de trabalho, e intervir em situações de risco, de vulnerabilidade e de suscetibilidade de grupos populacionais e ambientes. OBJETIVO GERAL
  • 7.  Discutir os conceitos, os sentidos e finalidades das vigilâncias nos territórios, de acordo com os princípios do SUS e no contexto do pacto pela gestão;  Analisar a configuração do sistema de vigilância municipal, de acordo com as necessidades de saúde e propor ações coordenadas e integradas na rede de atenção no território;  `Identificar os desafios e propostas para transformar as práticas da vigilância, numa perspectiva de ação integral, articulação intrassetorial e intersetorial e do fortalecimento da participação social;  Organizar os processos de trabalho das vigilâncias no campo da saúde OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • 8.  Reconhecer e analisar o papel do gestor na Vigilância em Saúde para qualificação do SUS, qualidade dos serviços e aprimoramento da gestão; • Subsidiar os profissionais para utilização de ferramentas gerenciais para organização do processo de trabalho considerando as dimensões político-gerencial e a técnico-sanitária; • Conhecer os sistemas de informação para tomada de decisão e planejamento local; • Articular a gestão de pessoas com a formulação e implementação de estratégias organizacionais; OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • 9.  Identificar e analisar ferramentas para a gestão de pessoas nas Supervisões de Vigilância em Saúde;  Conhecer e aplicar os procedimentos jurídicos e disciplinares nas relações de trabalho;  Identificar, analisar e gerir os conflitos;  Identificar e aplicar os fundamentos do Direito Sanitário;  Sistematizar o conhecimento sobre gestão em vigilância em saúde na SMS inserindo-o na prática, considerando as funções e atividades dos gestores no SUS. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • 10. PARTICIPANTES DO CURSO  Gestores e técnicos da área da vigilância em saúde:  das Supervisões de Vigilância em Saúde das Coordenadorias  das Supervisões Técnicas de Saúde  dos Centros de Referência da Saúde do Trabalhador  da COVISA  das Escolas Regionais de Saúde
  • 11. Seminários Oficinas Temáticas Oficinas Regionais Educação a Distância ESTRUTURA CURRICULAR Atividade Integradora: Projeto de Intervenção Gerencial Moodle - EAD http://ead2.saude.prefeitura.sp.gov.br
  • 12. ESTRUTURA DO CURSO Seminários Temáticos Oficinas temáticas Oficinas Regionais 40 horas 40 horas 60 horas 10 Módulos do Curso Projeto de Intervenção Gerencial em Vigilância em Saúde Carga Horária Total: 180 horas ATIVIDADES PRESENCIAIS Educação a Distância PROJETO DE INTERVENÇÃO GERENCIAL 40 horas
  • 13. MÓDULOS Módulo I Gestão em Saúde: o contexto atual da Organização Pública Módulo II Planejamento em Saúde Módulo III Determinantes Sociais da Saúde Módulo IV Sistemas de Informação como Ferramenta de Gestão Módulo V Vigilâncias no campo da saúde e o Sistema Único de Saúde Módulo VI Gestão Específica em Vigilância em Saúde Módulo VII Financiamento das Ações de Vigilância em Saúde Módulo VIII Gestão Estratégica de Pessoas Módulo IX Processos de Trabalho Módulo X Organização e Processos de Trabalho e Projeto de Intervenção
  • 14. COORDENADORA PEDAGÓGICA COLEGIADO DE GESTORES DA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE EQUIPE GESTORA: COVISA/EMS e EMSR PRINCIPAIS ATORES PROFISSIONAIS DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE (Educandos) FACILITADORAS DE APRENDIZAGEM DOCENTES ESPECIALISTAS
  • 15. CURSO DE APRIMORAMENTO DA GESTÃO EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE Encontro realizado dia 02/09/15
  • 16. O medo é necessário – Eliane Brum “...Não dá para ter medo de ter medo ...paralisar, deixar as histórias passarem sem se encontrar com quem as conte ... Por mais que você escolha não viver a vida te agarra em alguma esquina, o melhor é logo se lambuzar com ela... Vá, Vá com medo, apesar do medo, se atire ... Não dá para viver sem pecados .. Então, faça um favor a si mesmo, VIVA e peque pelo excesso ...”