SlideShare uma empresa Scribd logo

6º ANO -PORTUGUÊS-Diag de Percurso.pdf

kk

1 de 5
Baixar para ler offline
Leia o texto.
Como Uma Onda
Lulu Santos
Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa, tudo sempre passará
A vida vem em ondas, como um mar
Num indo e vindo infinito
Disponível em: https://www.letras.mus.br/lulu-santos/47132/
QUESTÃO 01
O trecho da canção comenta sobre qual tema?
A) Mudanças.
B) Ondas.
C) Permanência das coisas.
D) O infinito.
Leia o texto.
Disponível em:
<https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/05/26/comercio-
eletronico-comida-por-delivery-e-supermercados-sao-categorias-que-
mais-crescem-na-pandemia.ghtm>. Acesso em: 3 abr 2022.
QUESTÃO 02
Esse infográfico apresenta informações sobre
vendas on-line no Brasil. Segundo essa pesquisa, o
que as pessoas brasileiras mais compram em lojas
virtuais?
A) Aparelhos eletrônicos e de informática.
B) Alimentos de supermercado e aparelhos
eletrônicos.
C) Produtos de informática e livros.
D) Artigos para casa e medicamentos.
Leia o texto.
Crédito: Reprodução/Facebbok.
QUESTÃO 03
Qual é o fator que gera humor no meme
apresentado?
A) Questões relacionadas ao amadurecimento
humano geralmente são associadas a situações
engraçadas do cotidiano.
B) A expressão do menino aliada à forma como
foram escritas as palavras, imitando com desdém a
primeira pergunta.
C) A expressão do menino, e somente ela, como
resposta ao questionamento sobre o seu
amadurecimento.
D) A expressão escrita, e somente ela, imitando a
pergunta inicial em tom de zombaria.
Leia o texto.
PUBLICITÁRIOS BUSCAM SÍMBOLO POSITIVO
PARA A TERCEIRA IDADE
SÃO PAULO – Lucina Ratinho, de 68 anos, ri
quando se lembra da discussão que a neta Isabela,
de 12, travou na escola, anos atrás. Era Dia da Avó e
cada criança tinha de levar uma foto da sua. Isabela
foi logo dizendo que a dela era a mais bonita - que,
claro, foi contestado pelos coleguinhas. Aí ela disse
brava: “A minha é muito mais bonita porque ela corre!
A de vocês não corre!”
Pensando em idosos como Lucinda,
ultramaratonista, o diretor da agência paulistana
Garage IM, Max Petrucci, começou um movimento
para dar nova cara à terceira idade brasileira. Ele e
outros publicitários querem modernizar o símbolo (ou
pictograma, no termo técnico) do bonequinho curvado
e apoiado em uma bengala.
[...]
“A forma de retratar o idoso tem de deixar de
ser de uma pessoa decadente, porque isso não é
verdade. Sim, há perda de vitalidade, mas o idoso
ALUNO(A):
PROFESSOR:
Nº:
6º ANO DATA: ____/ ____/ 2023
DIAGNÓSTICO DE PERCURSO DE LÍNGUA PORTUGUESA/2023
hoje vive mais, está mais saudável, ativo e produtivo”,
diz Petrucci. “O Brasil está em processo de
envelhecimento (da população) e mexer no símbolo é
uma forma de conscientização sobre o tema.”
A imagem do homem curvo e de bengala
começou a aparecer no país no fim da década de
1990, com o Estatuto do Idoso, e, no início dos anos
2000, com a sanção de leis de atendimento e
assentos preferenciais.
[...]
Se depender de Lucina, o pictograma
correria. “Bem que podia ser um bonequinho
correndo, com um sorrisão na cara. Correr é o melhor
remédio para o idoso”, receita. “Eu vou durar 120
anos!”
(Estado de São Paulo, 23 Janeiro 2013)
QUESTÃO 04
A finalidade desse texto é
A) Descrever como os brasileiros costumam tratar os
idosos.
B) Relatar a discussão que Isabela travou na escola
em defesa da avó.
C) Informar sobre a pretensão de modificar o símbolo
que representa o idoso.
D) Estimular os leitores defender e proteger os idosos
de acordo com o Estatuto.
QUESTÃO 05
Há uma opinião expressa no trecho
A) “Era Dia da Avó e cada criança tinha de levar uma
foto da sua.”
B) “Lucina Ratinho, de 68 anos, ri quando se lembra
da discussão.”
C) ‘“Bem que podia ser um bonequinho correndo, com
um sorrisão na cara.”’
D) “Sim, há perda de vitalidade, mas o idoso hoje
vive mais, está mais saudável (...)”.
QUESTÃO 06
Na frase “Eu vou durar 120 anos!”, o ponto de
exclamação expressa
A) Susto.
B) Surpresa.
C) Admiração.
D) Expectativa.
QUESTÃO 07
“A minha é muito mais bonita porque ela corre!
A expressão destacada refere-se
A) neta.
B) Avó.
C) criança.
D) coleguinhas.
Leia o texto abaixo.
TOCANDO EM FRENTE
Almir Sater e Renato Teixeira
Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei
Disponível em: http://letras.terra.com.br/almir-sater/44082/.
Acesso em 01 nov.2011.
QUESTÃO 08
As palavras destacadas na letra podem ser
classificadas respectivamente como:
A) adjetivo, substantivo, pronome, advérbio.
B) advérbio, substantivo, pronome, adjetivo.
C) substantivo, adjetivo, adjetivo, substantivo.
D) advérbio, substantivo, substantivo, adjetivo.
Leia o texto.
OS ANIMAIS E A PESTE
Em certo ano terrível de peste entre os
animais, o leão, mais apreensivo, consultou um
macaco de barbas brancas.
– Esta peste é um castigo do céu – respondeu
o macaco – e o remédio é aplacarmos a cólera divina
sacrificando aos deuses um de nós.
– Qual? – perguntou o leão.
– O mais carregado de crimes.
O leão fechou os olhos, concentrou-se e,
depois duma pausa, disse aos súditos reunidos em
redor:
– Amigos! É fora de dúvida que quem deve
sacrificar-se sou eu. Cometi grandes crimes, matei
centenas de veados, devorei inúmeras ovelhas e até
vários pastores. Ofereço-me, pois, para o sacrifício
necessário ao bem comum. A raposa adiantou-se e
disse:
– Acho conveniente ouvir a confissão das
outras feras. Porque, para mim, nada do que Vossa
Majestade alegou constitui crime. São coisas que até
que honram o nosso virtuosíssimo rei Leão. Grandes
aplausos abafaram as últimas palavras da bajuladora
e o leão foi posto de lado como impróprio para o
sacrifício.
Apresentou-se em seguida o tigre e repete-se
a cena. Acusa-se de mil crimes, mas a raposa mostra
que também ele era um anjo de inocência. E o mesmo
aconteceu com todas as outras feras. Nisto chega a
vez do burro. Adianta-se o pobre animal e diz:
– A consciência só me acusa de haver comido
uma folha de couve da horta do senhor vigário.
Os animais entreolharam-se. Era muito sério
aquilo. A raposa toma a palavra:
– Eis amigos, o grande criminoso! Tão horrível
o que ele nos conta, que é inútil prosseguirmos na
investigação. A vítima a sacrificar-se aos deuses não
pode ser outra porque não pode haver crime maior do
que furtar a sacratíssima couve do senhor vigário.
Toda a bicharada concordou e o triste burro
foi unanimamente eleito para o sacrifício.
Moral da História:
Aos poderosos, tudo se desculpa...
Aos miseráveis, nada se perdoa.
Monteiro Lobato – Extraído do site Universo das Fábulas.
QUESTÃO 09
No trecho “(...) o triste burro foi unanimamente
eleito..., de acordo com o significado da palavra
destacada, podemos afirmar que
A) o maior criminoso foi o burro.
B) o burro foi quem recebeu menos votos.
C) o burro foi eleito por todos para o sacrifício.
D) o desejo de toda a bicharada não foi acolhido.
QUESTÃO 10
É ideia principal do texto
A) a peste é um castigo do céu.
B) a verdade sempre prevalece nas discussões.
C) diante dos fatos apresentados, todos saíram
beneficiados no final.
D) os fatos podem ser manipulados para ajudar uns e
prejudicar outros.
Leia o texto.
“Iam-se amodorrando e foram despertados por Baleia,
que trazia nos dentes um preá. Levantaram-se todos
gritando. O menino mais velho esfregou as pálpebras,
afastando pedaços de sonho. Sinhá Vitória beijava o
focinho de Baleia, e como o focinho estava
ensanguentado, lambia o sangue e tirava proveito do
beijo”.
Fonte: RAMOS, Graciliano. Vidas Secas. 32 ed. São Paulo: Martins, 1974.
p.47- 9.
QUESTÃO 11
Neste fragmento do texto:
A) O narrador é Sinhá Vitória
B) O narrador é o menino mais velho
C) O narrador é observador e personagem
D) O narrador não é um personagem da história
Leia o texto.
QUESTÃO 12
O que provoca o humor na tirinha é
A) o fato de Carol já ter namorado sério.
B) a ambiguidade de sentidos da palavra sério.
C) a preferência de Carol em namorar caras sisudos.
D) a preferência de Carol em namorar caras
sensatos.
Leia o texto.
O corvo e o cântaro
Um corvo estava cheio de sede e voou em
direção a um cântaro que avistara ao longe. Quando
olhou lá para dentro, viu que tinha muito pouca água
para poder chegar-lhe com o bico e, por mais que
tentasse, não conseguiu beber. Então, tentou virar o
cântaro, pensando que assim conseguiria chegar à
água, mas o cântaro era pesado demais.
Por fim, viu umas pedrinhas ali perto e,
atirando-as uma a uma para dentro do cântaro,
conseguiu fazer subir o nível da água e, finalmente,
alcançou-a com o seu comprido bico.
Esopo. Fábulas de Esopo. Escala Educacional: São Paulo, 2004
QUESTÃO 13
O tema do texto é
A) tristeza.
B) inveja.
C) coragem.
D) esperteza.
Leia o texto abaixo.
Penso e passo
Quando penso
que uma palavra
pode mudar tudo
não fico mudo
MUDO
quando penso
que um passo
descobre um mundo
não paro
PASSO
[...]
QUESTÃO 14
Na primeira estrofe, a oposição da palavra MUDO
sugere
A) fazer diferente.
B) permanecer igual.
C) surgir uma ideia.
D) refletir sobre a vida.
Leia o texto.
QUESTÃO 15
A linguagem utilizada na tirinha é
A) cientifica.
B) informal.
C) regional.
D) culta.
Leia o texto.
Cigarra morre de frio
Jean Felipe Scheistl
Ontem à noite na Rua Formigueiro a Cigarra
mais famosa da floresta morreu de frio.
Muitos insetos disseram que a Formiga foi a
culpada porque tinha ódio e inveja da Cigarra.
Hoje o delegado Grilo isolou o local do crime
e foi atrás da Formiga. A polícia teve muita dificuldade
para encontrá-la, mas achou-a fugindo. Ela foi levada
para o 13° Distrito Policial para prestar depoimento.
Fonte: www.anj.org.br
QUESTÃO 16
O texto afirma: “Hoje o delegado Grilo isolou o local
do crime”. A palavra em destaque na frase significa
que o Delegado Grilo
A) escondeu o local do crime.
B) abriu acesso ao local do crime.
C) esqueceu-se do local do crime.
D) proibiu acesso ao local do crime.
Leia o texto.
Disponível em:
<http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/cartum/cartunsdiarios/#12/9/2013>.
Acesso em: 12 set. 2013. (P090062F5_SUP)
QUESTÃO 17
De acordo com esse texto, o homem
A) se machucou ao armar a ratoeira.
B) pegou um camundongo com a ratoeira
C) esperou a ajuda do gato para conseguir.
D) se irritou com o gato conversando com o
camundongo.
Leia o texto.
QUESTÃO 18
Esse texto é
A) um anúncio.
B) um cartaz.
C) uma anedota.
D) uma charge.
Leia o texto.
O tronco
Ao tempo das moças solteiras e do velho vivo,
nesse varandão sempre havia bailes e brincadeiras,
que deram mais fama à grandeza da casa e à beleza
do jardim. Casa alegre era aquela com a moçada,
tocando violão, bandolim, cantando, recitando,
atraindo os melhores cortes de noivo de toda a região.
E até hoje, embora o velho estivesse enterrado,
embora rapazes e moças houvessem casado, a casa
de Dona Benedita era um formigueiro. [...]
Naquela noite, por exemplo, ali na varanda
estava um povão danado. No canto, em frente à porta
da capela, aí estava a velha Benedita assentada na
rede, os pés metidos nos chinelos, aos ombros um
xale preto. [...]
O prosão animado versava sobre o inventário
de Clemente Chapadense. Nisso, porém, a conversa
pegou a mancar, a baixar de tom. De sua rede Dona
Benedita falava sua fala mansa e macia, mas cheia
de ódio. [...] Dona Benedita conhecia o genro Vicente
Lemes e conhecia o outro genro Artur Melo. Se
Vicente estava exigindo alguma coisa, o direito estava
com Vicente, que já lhe havia contado, por diversas
vezes, as implicâncias de Artur. – Vicente, meu filho,
não baixa a crista. Derrota o malvado, sô, – disse a
velhinha, a cujo coração subiu o ódio ao genro Artur.
ELIS, Bernardo. O tronco. Rio de Janeiro: José Olympio,
1988. p. 33-34. Fragmento. (P120478A9_SUP)
QUESTÃO 19
Nesse texto, o trecho “Derrota o malvado, sô,...”
revela uma personagem que é
A) vingativa.
B) apavorada.
C) indiferente.
D) dissimulada.
Leia os textos.
Texto 1
Texto 2
Tênis-patins vira febre e preocupa professores
Moda entre a criançada, um tênis que se
transforma em patins está deixando professores e
seguranças de shoppings enlouquecidos. O calçado,
que custa entre R$ 80 e R$ 160, é um sucesso
principalmente entre a garotada de 5 a 10 anos, que
o considera mais fácil de usar do que o patins
tradicional.
A febre é tanta que já há colégios proibindo
seu uso. Com cerca de 15 alunos entre 5 e 7 anos que
não tiram o tênis-patins dos pés, o Colégio Cidade de
São Paulo não deverá mais permitir o uso, para
garantir a segurança dos estudantes. “Há uma
semana, os alunos começaram a vir com esses tênis”,
conta a coordenadora pedagógica da escola, Érica
Mantovani. “Virou febre e estamos discutindo com os
alunos sobre sua restrição.”
Para ela, o problema, além das rodinhas, está no
próprio tênis. “Ele é muito pesado, tem cano alto que
atrapalha na educação física e escorrega demais”,
diz. “Não é um calçado para a escola e queremos
que os alunos só o tragam no dia do brinquedo.”
2010.
Disponível em: http://www.aprendiz.uol.com.br Acesso em: 10 fev.
QUESTÃO 20
Esses dois textos apresentam em comum
A) a preocupação da garotada de ser diferente.
B) a dificuldade de comprar o tênis “maiske Xoque”.
C) o desejo da garotada em ter o tênis da moda.
D) o equilíbrio em cima dos patins.
e
m
:
2
5
a
g
o
.
2
0
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 6º ANO -PORTUGUÊS-Diag de Percurso.pdf

AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxtainattores
 
Avaliacao diagnostica lp 9 ef
Avaliacao diagnostica lp 9 efAvaliacao diagnostica lp 9 ef
Avaliacao diagnostica lp 9 efMarcia Oliveira
 
Avaliacao saepe 2013_lingua_portuguesa
Avaliacao saepe 2013_lingua_portuguesaAvaliacao saepe 2013_lingua_portuguesa
Avaliacao saepe 2013_lingua_portuguesaDilzaAraujo
 
SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB
SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEBSPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB
SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEBRosaMisticaCoelho2
 
Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio
Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio  Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio
Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio Lenivaldo Costa
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okEderson Jacob Zanardo
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okEderson Jacob Zanardo
 
Redacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efRedacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efsachagomes
 
Avaliacao diagnostica lp 8 ef
Avaliacao diagnostica lp 8 efAvaliacao diagnostica lp 8 ef
Avaliacao diagnostica lp 8 efMarcia Oliveira
 
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxTainTorres4
 

Semelhante a 6º ANO -PORTUGUÊS-Diag de Percurso.pdf (20)

AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
 
Quiz prova brasil bloco i e ii
Quiz prova brasil bloco i e iiQuiz prova brasil bloco i e ii
Quiz prova brasil bloco i e ii
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLO
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLOAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLO
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLO
 
Avaliacao diagnostica lp 9 ef
Avaliacao diagnostica lp 9 efAvaliacao diagnostica lp 9 ef
Avaliacao diagnostica lp 9 ef
 
Avaliacao saepe 2013_lingua_portuguesa
Avaliacao saepe 2013_lingua_portuguesaAvaliacao saepe 2013_lingua_portuguesa
Avaliacao saepe 2013_lingua_portuguesa
 
SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB
SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEBSPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB
SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB
 
Prova lp 3º ano cii_completo
Prova lp 3º ano cii_completoProva lp 3º ano cii_completo
Prova lp 3º ano cii_completo
 
Avaliação da aprendizagem 8ano jv
Avaliação da aprendizagem 8ano jvAvaliação da aprendizagem 8ano jv
Avaliação da aprendizagem 8ano jv
 
Avaliação da aprendizagem 8ano cs
Avaliação da aprendizagem 8ano csAvaliação da aprendizagem 8ano cs
Avaliação da aprendizagem 8ano cs
 
7º ano portugues
7º ano portugues7º ano portugues
7º ano portugues
 
Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio
Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio  Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio
Prova - Simulado Alvaro Gaudêncio
 
Provao
ProvaoProvao
Provao
 
Simul.lp5ºano aluno
Simul.lp5ºano alunoSimul.lp5ºano aluno
Simul.lp5ºano aluno
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Redacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efRedacao 8serie-ef
Redacao 8serie-ef
 
Avaliacao diagnostica lp 8 ef
Avaliacao diagnostica lp 8 efAvaliacao diagnostica lp 8 ef
Avaliacao diagnostica lp 8 ef
 
AVAL DIAG...pdf
AVAL DIAG...pdfAVAL DIAG...pdf
AVAL DIAG...pdf
 
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
 
Simulado de português 2014 5ºANO
Simulado de português  2014 5ºANOSimulado de português  2014 5ºANO
Simulado de português 2014 5ºANO
 

Último

2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 

6º ANO -PORTUGUÊS-Diag de Percurso.pdf

  • 1. Leia o texto. Como Uma Onda Lulu Santos Nada do que foi será De novo do jeito que já foi um dia Tudo passa, tudo sempre passará A vida vem em ondas, como um mar Num indo e vindo infinito Disponível em: https://www.letras.mus.br/lulu-santos/47132/ QUESTÃO 01 O trecho da canção comenta sobre qual tema? A) Mudanças. B) Ondas. C) Permanência das coisas. D) O infinito. Leia o texto. Disponível em: <https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/05/26/comercio- eletronico-comida-por-delivery-e-supermercados-sao-categorias-que- mais-crescem-na-pandemia.ghtm>. Acesso em: 3 abr 2022. QUESTÃO 02 Esse infográfico apresenta informações sobre vendas on-line no Brasil. Segundo essa pesquisa, o que as pessoas brasileiras mais compram em lojas virtuais? A) Aparelhos eletrônicos e de informática. B) Alimentos de supermercado e aparelhos eletrônicos. C) Produtos de informática e livros. D) Artigos para casa e medicamentos. Leia o texto. Crédito: Reprodução/Facebbok. QUESTÃO 03 Qual é o fator que gera humor no meme apresentado? A) Questões relacionadas ao amadurecimento humano geralmente são associadas a situações engraçadas do cotidiano. B) A expressão do menino aliada à forma como foram escritas as palavras, imitando com desdém a primeira pergunta. C) A expressão do menino, e somente ela, como resposta ao questionamento sobre o seu amadurecimento. D) A expressão escrita, e somente ela, imitando a pergunta inicial em tom de zombaria. Leia o texto. PUBLICITÁRIOS BUSCAM SÍMBOLO POSITIVO PARA A TERCEIRA IDADE SÃO PAULO – Lucina Ratinho, de 68 anos, ri quando se lembra da discussão que a neta Isabela, de 12, travou na escola, anos atrás. Era Dia da Avó e cada criança tinha de levar uma foto da sua. Isabela foi logo dizendo que a dela era a mais bonita - que, claro, foi contestado pelos coleguinhas. Aí ela disse brava: “A minha é muito mais bonita porque ela corre! A de vocês não corre!” Pensando em idosos como Lucinda, ultramaratonista, o diretor da agência paulistana Garage IM, Max Petrucci, começou um movimento para dar nova cara à terceira idade brasileira. Ele e outros publicitários querem modernizar o símbolo (ou pictograma, no termo técnico) do bonequinho curvado e apoiado em uma bengala. [...] “A forma de retratar o idoso tem de deixar de ser de uma pessoa decadente, porque isso não é verdade. Sim, há perda de vitalidade, mas o idoso ALUNO(A): PROFESSOR: Nº: 6º ANO DATA: ____/ ____/ 2023 DIAGNÓSTICO DE PERCURSO DE LÍNGUA PORTUGUESA/2023
  • 2. hoje vive mais, está mais saudável, ativo e produtivo”, diz Petrucci. “O Brasil está em processo de envelhecimento (da população) e mexer no símbolo é uma forma de conscientização sobre o tema.” A imagem do homem curvo e de bengala começou a aparecer no país no fim da década de 1990, com o Estatuto do Idoso, e, no início dos anos 2000, com a sanção de leis de atendimento e assentos preferenciais. [...] Se depender de Lucina, o pictograma correria. “Bem que podia ser um bonequinho correndo, com um sorrisão na cara. Correr é o melhor remédio para o idoso”, receita. “Eu vou durar 120 anos!” (Estado de São Paulo, 23 Janeiro 2013) QUESTÃO 04 A finalidade desse texto é A) Descrever como os brasileiros costumam tratar os idosos. B) Relatar a discussão que Isabela travou na escola em defesa da avó. C) Informar sobre a pretensão de modificar o símbolo que representa o idoso. D) Estimular os leitores defender e proteger os idosos de acordo com o Estatuto. QUESTÃO 05 Há uma opinião expressa no trecho A) “Era Dia da Avó e cada criança tinha de levar uma foto da sua.” B) “Lucina Ratinho, de 68 anos, ri quando se lembra da discussão.” C) ‘“Bem que podia ser um bonequinho correndo, com um sorrisão na cara.”’ D) “Sim, há perda de vitalidade, mas o idoso hoje vive mais, está mais saudável (...)”. QUESTÃO 06 Na frase “Eu vou durar 120 anos!”, o ponto de exclamação expressa A) Susto. B) Surpresa. C) Admiração. D) Expectativa. QUESTÃO 07 “A minha é muito mais bonita porque ela corre! A expressão destacada refere-se A) neta. B) Avó. C) criança. D) coleguinhas. Leia o texto abaixo. TOCANDO EM FRENTE Almir Sater e Renato Teixeira Ando devagar Porque já tive pressa E levo esse sorriso Porque já chorei demais Hoje me sinto mais forte, Mais feliz, quem sabe Só levo a certeza De que muito pouco sei, Ou nada sei Disponível em: http://letras.terra.com.br/almir-sater/44082/. Acesso em 01 nov.2011. QUESTÃO 08 As palavras destacadas na letra podem ser classificadas respectivamente como: A) adjetivo, substantivo, pronome, advérbio. B) advérbio, substantivo, pronome, adjetivo. C) substantivo, adjetivo, adjetivo, substantivo. D) advérbio, substantivo, substantivo, adjetivo. Leia o texto. OS ANIMAIS E A PESTE Em certo ano terrível de peste entre os animais, o leão, mais apreensivo, consultou um macaco de barbas brancas. – Esta peste é um castigo do céu – respondeu o macaco – e o remédio é aplacarmos a cólera divina sacrificando aos deuses um de nós. – Qual? – perguntou o leão. – O mais carregado de crimes. O leão fechou os olhos, concentrou-se e, depois duma pausa, disse aos súditos reunidos em redor: – Amigos! É fora de dúvida que quem deve sacrificar-se sou eu. Cometi grandes crimes, matei centenas de veados, devorei inúmeras ovelhas e até vários pastores. Ofereço-me, pois, para o sacrifício necessário ao bem comum. A raposa adiantou-se e disse: – Acho conveniente ouvir a confissão das outras feras. Porque, para mim, nada do que Vossa Majestade alegou constitui crime. São coisas que até que honram o nosso virtuosíssimo rei Leão. Grandes aplausos abafaram as últimas palavras da bajuladora e o leão foi posto de lado como impróprio para o sacrifício. Apresentou-se em seguida o tigre e repete-se a cena. Acusa-se de mil crimes, mas a raposa mostra que também ele era um anjo de inocência. E o mesmo aconteceu com todas as outras feras. Nisto chega a vez do burro. Adianta-se o pobre animal e diz: – A consciência só me acusa de haver comido uma folha de couve da horta do senhor vigário. Os animais entreolharam-se. Era muito sério aquilo. A raposa toma a palavra: – Eis amigos, o grande criminoso! Tão horrível o que ele nos conta, que é inútil prosseguirmos na investigação. A vítima a sacrificar-se aos deuses não pode ser outra porque não pode haver crime maior do que furtar a sacratíssima couve do senhor vigário. Toda a bicharada concordou e o triste burro foi unanimamente eleito para o sacrifício. Moral da História: Aos poderosos, tudo se desculpa... Aos miseráveis, nada se perdoa. Monteiro Lobato – Extraído do site Universo das Fábulas.
  • 3. QUESTÃO 09 No trecho “(...) o triste burro foi unanimamente eleito..., de acordo com o significado da palavra destacada, podemos afirmar que A) o maior criminoso foi o burro. B) o burro foi quem recebeu menos votos. C) o burro foi eleito por todos para o sacrifício. D) o desejo de toda a bicharada não foi acolhido. QUESTÃO 10 É ideia principal do texto A) a peste é um castigo do céu. B) a verdade sempre prevalece nas discussões. C) diante dos fatos apresentados, todos saíram beneficiados no final. D) os fatos podem ser manipulados para ajudar uns e prejudicar outros. Leia o texto. “Iam-se amodorrando e foram despertados por Baleia, que trazia nos dentes um preá. Levantaram-se todos gritando. O menino mais velho esfregou as pálpebras, afastando pedaços de sonho. Sinhá Vitória beijava o focinho de Baleia, e como o focinho estava ensanguentado, lambia o sangue e tirava proveito do beijo”. Fonte: RAMOS, Graciliano. Vidas Secas. 32 ed. São Paulo: Martins, 1974. p.47- 9. QUESTÃO 11 Neste fragmento do texto: A) O narrador é Sinhá Vitória B) O narrador é o menino mais velho C) O narrador é observador e personagem D) O narrador não é um personagem da história Leia o texto. QUESTÃO 12 O que provoca o humor na tirinha é A) o fato de Carol já ter namorado sério. B) a ambiguidade de sentidos da palavra sério. C) a preferência de Carol em namorar caras sisudos. D) a preferência de Carol em namorar caras sensatos. Leia o texto. O corvo e o cântaro Um corvo estava cheio de sede e voou em direção a um cântaro que avistara ao longe. Quando olhou lá para dentro, viu que tinha muito pouca água para poder chegar-lhe com o bico e, por mais que tentasse, não conseguiu beber. Então, tentou virar o cântaro, pensando que assim conseguiria chegar à água, mas o cântaro era pesado demais. Por fim, viu umas pedrinhas ali perto e, atirando-as uma a uma para dentro do cântaro, conseguiu fazer subir o nível da água e, finalmente, alcançou-a com o seu comprido bico. Esopo. Fábulas de Esopo. Escala Educacional: São Paulo, 2004 QUESTÃO 13 O tema do texto é A) tristeza. B) inveja. C) coragem. D) esperteza. Leia o texto abaixo. Penso e passo Quando penso que uma palavra pode mudar tudo não fico mudo MUDO quando penso que um passo descobre um mundo não paro PASSO [...] QUESTÃO 14 Na primeira estrofe, a oposição da palavra MUDO sugere A) fazer diferente. B) permanecer igual. C) surgir uma ideia. D) refletir sobre a vida. Leia o texto.
  • 4. QUESTÃO 15 A linguagem utilizada na tirinha é A) cientifica. B) informal. C) regional. D) culta. Leia o texto. Cigarra morre de frio Jean Felipe Scheistl Ontem à noite na Rua Formigueiro a Cigarra mais famosa da floresta morreu de frio. Muitos insetos disseram que a Formiga foi a culpada porque tinha ódio e inveja da Cigarra. Hoje o delegado Grilo isolou o local do crime e foi atrás da Formiga. A polícia teve muita dificuldade para encontrá-la, mas achou-a fugindo. Ela foi levada para o 13° Distrito Policial para prestar depoimento. Fonte: www.anj.org.br QUESTÃO 16 O texto afirma: “Hoje o delegado Grilo isolou o local do crime”. A palavra em destaque na frase significa que o Delegado Grilo A) escondeu o local do crime. B) abriu acesso ao local do crime. C) esqueceu-se do local do crime. D) proibiu acesso ao local do crime. Leia o texto. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/cartum/cartunsdiarios/#12/9/2013>. Acesso em: 12 set. 2013. (P090062F5_SUP) QUESTÃO 17 De acordo com esse texto, o homem A) se machucou ao armar a ratoeira. B) pegou um camundongo com a ratoeira C) esperou a ajuda do gato para conseguir. D) se irritou com o gato conversando com o camundongo. Leia o texto. QUESTÃO 18 Esse texto é A) um anúncio. B) um cartaz. C) uma anedota. D) uma charge. Leia o texto. O tronco Ao tempo das moças solteiras e do velho vivo, nesse varandão sempre havia bailes e brincadeiras, que deram mais fama à grandeza da casa e à beleza do jardim. Casa alegre era aquela com a moçada, tocando violão, bandolim, cantando, recitando, atraindo os melhores cortes de noivo de toda a região. E até hoje, embora o velho estivesse enterrado, embora rapazes e moças houvessem casado, a casa de Dona Benedita era um formigueiro. [...] Naquela noite, por exemplo, ali na varanda estava um povão danado. No canto, em frente à porta da capela, aí estava a velha Benedita assentada na rede, os pés metidos nos chinelos, aos ombros um xale preto. [...] O prosão animado versava sobre o inventário de Clemente Chapadense. Nisso, porém, a conversa pegou a mancar, a baixar de tom. De sua rede Dona Benedita falava sua fala mansa e macia, mas cheia de ódio. [...] Dona Benedita conhecia o genro Vicente Lemes e conhecia o outro genro Artur Melo. Se Vicente estava exigindo alguma coisa, o direito estava com Vicente, que já lhe havia contado, por diversas vezes, as implicâncias de Artur. – Vicente, meu filho, não baixa a crista. Derrota o malvado, sô, – disse a velhinha, a cujo coração subiu o ódio ao genro Artur. ELIS, Bernardo. O tronco. Rio de Janeiro: José Olympio, 1988. p. 33-34. Fragmento. (P120478A9_SUP) QUESTÃO 19 Nesse texto, o trecho “Derrota o malvado, sô,...” revela uma personagem que é A) vingativa. B) apavorada. C) indiferente. D) dissimulada.
  • 5. Leia os textos. Texto 1 Texto 2 Tênis-patins vira febre e preocupa professores Moda entre a criançada, um tênis que se transforma em patins está deixando professores e seguranças de shoppings enlouquecidos. O calçado, que custa entre R$ 80 e R$ 160, é um sucesso principalmente entre a garotada de 5 a 10 anos, que o considera mais fácil de usar do que o patins tradicional. A febre é tanta que já há colégios proibindo seu uso. Com cerca de 15 alunos entre 5 e 7 anos que não tiram o tênis-patins dos pés, o Colégio Cidade de São Paulo não deverá mais permitir o uso, para garantir a segurança dos estudantes. “Há uma semana, os alunos começaram a vir com esses tênis”, conta a coordenadora pedagógica da escola, Érica Mantovani. “Virou febre e estamos discutindo com os alunos sobre sua restrição.” Para ela, o problema, além das rodinhas, está no próprio tênis. “Ele é muito pesado, tem cano alto que atrapalha na educação física e escorrega demais”, diz. “Não é um calçado para a escola e queremos que os alunos só o tragam no dia do brinquedo.” 2010. Disponível em: http://www.aprendiz.uol.com.br Acesso em: 10 fev. QUESTÃO 20 Esses dois textos apresentam em comum A) a preocupação da garotada de ser diferente. B) a dificuldade de comprar o tênis “maiske Xoque”. C) o desejo da garotada em ter o tênis da moda. D) o equilíbrio em cima dos patins. e m : 2 5 a g o . 2 0