SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 149
 
O Pôster Artístico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],“ Bolhas” , Sir John Millais
O Pôster Artístico La Löie Fuller , 1893 Quinquina Dubonnet , 1896
O Pôster Artístico Pierre Bonnard La Revue Blanche , 1894
O Pôster Artístico ,[object Object],Astride Bruant em seu cabaré , 1893 Moulin Rouge: La Goulue,  1898
O Pôster Artístico ,[object Object],Bécane: tônico restaurador aperitivo de extrato de carne , 1890
O Pôster Artístico ,[object Object],Job , 1898 Job , 1896
O Pôster Artístico ,[object Object],Thermogène aquece você , 1909 Eschenauer Bordeaux , 1907
O Pôster Artístico ,[object Object],Extrato de carne Liebig , 1894 Fleurs de Mousse , 1897
O Pôster Artístico ,[object Object],Simplissimus , 1896 Simplissimus , 1900 Simplissimus,  1931
O Pôster Artístico ,[object Object],The Chap-Book , 1895 O pôster moderno , 1895
O Pôster Artístico ,[object Object]
O Pôster Artístico ,[object Object],Avenue Theatre , 1894
O Pôster Artístico ,[object Object],[object Object],Hamlet , 1894 Rowntree’s Elect Cocoa , 1895
O começo do Design na Europa William Morris - Produção de livros com bordas e ilustrações em xilogravuras.
[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
Guerra e Propaganda: de 1914 à década de 20 x
Patriotismo
Persuasão aos cidadãos para empréstimo de dinheiro Troféu A importância e grande utilização dos elementos e das características de design gráfico surgiram não apenas nos pôsteres, mas também na própria guerra pela grande utilização dos sistemas de signos para organizar e identificar suas equipes e seus suprimentos.
O futurismo e a Itália Foi na Itália que o futurismo irrompeu como um vendaval, detonador de uma série de idéias anarquistas na arte e na vida e contra o classicismo rigoroso imposto pelas academias oficiais de arte de Roma.
Manifesto futurista “ (...)Queremos destruir os museus, as bibliotecas e as academias de todas as espécies, e combater o moralismo, o feminismo e todas as torpezas oportunistas e utilitárias. Cantaremos as grandes multidões excitadas pelo trabalho, o prazer ou os motins, as marés multicoloridas e de milhares de vozes da revolução em capitais modernas.(...)”  Fillipo Tomaso  Marinetti(1876-1944) O primeiro manifesto futurista foi publicado em 20 de fevereiro de 1909 na primeira página do jornal “Le Figaro”
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Grupo futurista: Carrà, Russolo, Marinetti, Boccioni e Severini
 
A Rússia Soviética ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Viktor Deni  Capital  (1919) Dmitri Moor Morte ao Imperialismo Mundial  (1919)
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Design criado por Telingater (1934) para o livro De Ilya Feinberg  “ 1914-i ” (o ano de 1914) Capa de uma revista “URSS em construção”  de 1933
[object Object],[object Object],[object Object]
“ Derrote os brancos com a cunha vermelha”   El Lissitzki (1920)
As origens do Modernismo: Alemanha ,[object Object]
Movimentos artísticos em destaque após a Primeira Guerra Mundial   ,[object Object]
[object Object],Movimentos artísticos em destaque após a Primeira Guerra Mundial
Bauhaus ,[object Object],[object Object],[object Object]
Bauhaus ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object]
 
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],O uso da fotografia
O uso da fotografia ,[object Object],Idioma de Berlim
Com a ascensão do partido nazista ao poder... ,[object Object]
As origens do Modernismo: Países Baixos ,[object Object],[object Object]
De Stijl  – O Estilo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Cartaz criado por Van der Leck para a rota marinha Rotterdam – Londres
Piet Zwart ,[object Object]
Piet Zwart ,[object Object]
Piet Zwart ,[object Object]
Cartazes e selos de Zwart para a PTT (companhia de correio, telégrafo e telefonia)
[object Object]
Suíça ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],4) Herbert MATTER Montagens Surrealistas Superposição de Imagens
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],França e o art déco
[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object],Grã-Bretanha ↓ ↓
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Criação de Tipos
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],Os Estados Unidos nos anos 30
[object Object],[object Object]
[object Object],A justaposicao dos símbolos utilizada na revista  Vanity Fair  tornou-se uma praxe no design gráfico.
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
Guerra e Propaganda: década de 20 à 1945
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Com o advento das revistas os pôsteres caem em  desuso como meio de publicidade. Desenvolvimento de design de informação
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Thoughts on Design , Paul Rand, 1947 Art Directors Annual , 2008
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 As novas técnicas de impressão e os novos materiais deram ao Designer maior controle sobre suas criações. Arte do século XX: Coleção Arensberg, 1948
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Capas de livros e pôsteres, Paula Rand, 1946/1968 Nova Publicidade
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Woman’s Day , 1951, Gene Federico
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ Sempre que uma mera recitação dos fatos for insuficiente, excessivamente demorada ou confusa para o leitor, e que uma intensa organização visual for necessária à sua exposição, temos o design como resultado. Esse design precisa ter as mesmas qualidades de uma boa prosa. Ele precisa ser lido com facilidade” Will Burtin Manual de manutenção de armas da Força Aérea , 1944/1948
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Capas da Revista Scope
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Westvaco Inspirations , 1949, Bradbury Thompson
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Catalog Design Progress, Advancing Standards of Visual Communications, 1950, Ladislav Sutnar “ Uma necessidade gráfica precisa ser analítica e radicalmente dicotomizada  em função e forma, conteúdo e formato, utilidade e beleza, racional e irracional e assim por diante. A função do design pode então ser definida como a resolução do conflito entre tais dicotomias, cirando-se uma nova entidade.”
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Móveis Knoll , 1959, Herbert Matter
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Átomos para a paz , General Dynamics, 1955, Erik Nitsche
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Pôsteres de filmes, Saul Bass
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ No fundo da arte gráfica americana está a idéia, o conceito. Tudo mais – a fotografia, a tipografia, a ilustração e o design – está a seu serviço” Herb Lubalin
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ no complicado negócio de extrair mensagens de uma mente para colocar em outra (comunicação, como eles chamam), as revistas são únicas.” Henri Wolf
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ um trabalho planejado não serve para a parte da frente de uma revista. O design é uma harmonia de elementos. A capa é uma  declaração .” George Lois
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ imagem corporativa é a impressão geral que uma companhia deixa no público por meio de seus produtos, políticas, ações e esforços publicitários.” William Golden Anúncio da CBS , 1962, Lou Dorsfsman
OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Revistas mensais sobre design gráfico
A Suíça e o Neue Graphik ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
A Suíça e o Neue Graphik ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A Suíça e o Neue Graphik ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A Suíça e o Neue Graphik ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
A Itália e o Estilo Milanês ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],A Itália e o Estilo Milanês
[object Object],[object Object],[object Object],A Itália e o Estilo Milanês ,[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A Itália e o Estilo Milanês ,[object Object],[object Object]
[object Object],A Itália e o Estilo Milanês ,[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A Itália e o Estilo Milanês
[object Object],A Itália e o Estilo Milanês ,[object Object]
[object Object],[object Object],A Itália e o Estilo Milanês ,[object Object],[object Object]
França O design gráfico francês reteve no pós-guerra muitas das características que apresentava nos anos 30.  “ Uma única imagem para uma única ideia”. – Raymond Savignac Formato de letra extravagante e vistoso, típico de muitas outras letras francesas.
Expressão gráfica em diferentes meios Revistas Reconhecia-se agora que a fotografia tinha uma qualidade simbólica e que não era meramente o registro de um momento. Clube de livros
Identidade Corporativa A identidade corporativa passou a incluir a escolha meticulosa e racional dos símbolos. Os novos símbolos pertencem à era do design gráfico e não à da arte comercial; deixaram de pertencer à cultura para pertencer ao comércio. Logotipo – Loewy Renault, símbolo – Vasarely
Norte da Europa ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],GRÃ - BRETANHA
Abram Games – 1947  Tom Eckersley
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
Capas da Revista – “Twen”
Norte da Europa ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],ALEMANHA
Hans Leistikow Max Burchartz
Norte da Europa ,[object Object],[object Object],[object Object],POLÔNIA
Mieczyslaw  Szczuka Waldemar Swierzy
Norte da Europa ,[object Object],[object Object],[object Object],PAÍSES BAIXOS
Willem Sandberg
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Wim Crouwel Total Design
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Final dos anos 60
Cuba ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Final dos anos 60
Califórnia,  o underground e o alternativo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Protesto: 1968 e Vietnã ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Anos 70 em diante ,[object Object]
Anos 70 em diante ,[object Object],Movimento Punk “ Nova Onda”
[object Object],Anos 70 em diante ,[object Object],[object Object]
Anos 70 em diante ,[object Object],Movimento   Punk “ O dadaísmo fora contra a arte;  o punk era antidesign.” Logo da banda Blockhead por Barney Bubbles Sex Pistols, ícones do movimento punk
Anos 70 em diante Holanda Design no cotidiano: Case PPT
Anos 70 em diante Holanda Jan Van Toorn Wild Plakken e Hard Werken
Anos 70 em diante França Tendência Polonesa – Ilustração Grapus Postura Objetiva Suíça Jean Widmer
Anos 70 em diante Suíça Reconhecimento da nova tecnologia Wolfgang Weingart Hans-Rudolf Lutz
Anos 70 em diante Alemanha Eficiência na Identidade Visual Jogos Olímpicos de Munique, 1972
Anos 70 em diante Alemanha Publicidade de Teatros Municipais Hans Hillmann
Anos 70 em diante Itália ,[object Object],[object Object]
Anos 70 em diante Itália Design presente em obras municipais Noorda e o Metrô de Milão
Anos 70 em diante Japão Maior influência estrangeira Inovação Tecnológica
Anos 70 em diante Japão Exemplos de Mon  Masaru Katzumie
Anos 70 em diante Estados Unidos Saul Bass  Convergência Oriente/Ocidente Paul Rand Identidades Corporativas April Greiman “ Nova Onda” Design Coquetel Revista Emigré Vários tipos de design

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Deutscher Werkbund
Deutscher WerkbundDeutscher Werkbund
Deutscher Werkbund
 
História do Design - Mov.Moderno.Bauhaus - Hd07
História do Design - Mov.Moderno.Bauhaus - Hd07História do Design - Mov.Moderno.Bauhaus - Hd07
História do Design - Mov.Moderno.Bauhaus - Hd07
 
Construtivismo Russo
Construtivismo RussoConstrutivismo Russo
Construtivismo Russo
 
Bauhaus e sua influência no Design moderno
Bauhaus e sua influência no Design modernoBauhaus e sua influência no Design moderno
Bauhaus e sua influência no Design moderno
 
Historia do Design
Historia do DesignHistoria do Design
Historia do Design
 
Linha do tempo história do design
Linha do tempo   história do designLinha do tempo   história do design
Linha do tempo história do design
 
História do Design Gráfico
História do Design GráficoHistória do Design Gráfico
História do Design Gráfico
 
Secessao Vienense
Secessao VienenseSecessao Vienense
Secessao Vienense
 
História do Design - Pós Guerra - Hd08
História do Design - Pós Guerra - Hd08História do Design - Pós Guerra - Hd08
História do Design - Pós Guerra - Hd08
 
De Stijl
De StijlDe Stijl
De Stijl
 
Escola de Glasgow
Escola de GlasgowEscola de Glasgow
Escola de Glasgow
 
Breve História do Design
Breve História do DesignBreve História do Design
Breve História do Design
 
História do Design - Mov.Vanguarda - Hd06
História do Design - Mov.Vanguarda - Hd06História do Design - Mov.Vanguarda - Hd06
História do Design - Mov.Vanguarda - Hd06
 
Art Nouveau
Art NouveauArt Nouveau
Art Nouveau
 
Design Editorial | Estruturas
Design Editorial | EstruturasDesign Editorial | Estruturas
Design Editorial | Estruturas
 
Hd 2016.1 aula.14 - art deco e streamline
Hd 2016.1 aula.14 - art deco e streamlineHd 2016.1 aula.14 - art deco e streamline
Hd 2016.1 aula.14 - art deco e streamline
 
Arts and Crafts
Arts and CraftsArts and Crafts
Arts and Crafts
 
Bauhaus
BauhausBauhaus
Bauhaus
 
Art Decó
Art DecóArt Decó
Art Decó
 
Escola de ulm
Escola de ulmEscola de ulm
Escola de ulm
 

Destaque

Design
DesignDesign
Designbrshrs
 
Fotografia de Moda no Pós Guerra
Fotografia de Moda no Pós GuerraFotografia de Moda no Pós Guerra
Fotografia de Moda no Pós GuerraJéssica Hass
 
História, Cultura e Design na Alemanha e Holanda
História, Cultura e Design na Alemanha e HolandaHistória, Cultura e Design na Alemanha e Holanda
História, Cultura e Design na Alemanha e HolandaSoraia Novaes
 
Futurismo Italiano
Futurismo ItalianoFuturismo Italiano
Futurismo ItalianoEllen_Assad
 
Manual de Identidade Visual e Aplicações - CEAP
Manual de Identidade Visual e Aplicações - CEAPManual de Identidade Visual e Aplicações - CEAP
Manual de Identidade Visual e Aplicações - CEAPRenata Barros
 
Marketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira FrancaMarketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira FrancaProfa. Janaíra França
 
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XXPrincipais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XXCinthya Nascimento
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticosBruno Costa
 
Arquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusier
Arquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusierArquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusier
Arquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusierAlfredo García
 
Do Telefone A Central Digital
Do Telefone A Central DigitalDo Telefone A Central Digital
Do Telefone A Central DigitalRogério Santos
 
Timeline e historia do design
Timeline e historia do designTimeline e historia do design
Timeline e historia do designMarcio Duarte
 

Destaque (14)

História do Design
História do DesignHistória do Design
História do Design
 
Design
DesignDesign
Design
 
Fotografia de Moda no Pós Guerra
Fotografia de Moda no Pós GuerraFotografia de Moda no Pós Guerra
Fotografia de Moda no Pós Guerra
 
História, Cultura e Design na Alemanha e Holanda
História, Cultura e Design na Alemanha e HolandaHistória, Cultura e Design na Alemanha e Holanda
História, Cultura e Design na Alemanha e Holanda
 
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
 
Futurismo Italiano
Futurismo ItalianoFuturismo Italiano
Futurismo Italiano
 
Manual de Identidade Visual e Aplicações - CEAP
Manual de Identidade Visual e Aplicações - CEAPManual de Identidade Visual e Aplicações - CEAP
Manual de Identidade Visual e Aplicações - CEAP
 
Marketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira FrancaMarketing: conceituação Janaira Franca
Marketing: conceituação Janaira Franca
 
Movimento de stijl o estilo
Movimento de stijl  o estiloMovimento de stijl  o estilo
Movimento de stijl o estilo
 
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XXPrincipais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
 
Arquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusier
Arquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusierArquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusier
Arquitectura funcionalista. bauhaus y le corbusier
 
Do Telefone A Central Digital
Do Telefone A Central DigitalDo Telefone A Central Digital
Do Telefone A Central Digital
 
Timeline e historia do design
Timeline e historia do designTimeline e historia do design
Timeline e historia do design
 

Semelhante a História do Design Impresso

A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940
A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940
A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940sammbelli
 
Raizes do design editorial
Raizes do design editorialRaizes do design editorial
Raizes do design editorialHelena Jacob
 
Pré-modernismo slides.pptx
Pré-modernismo slides.pptxPré-modernismo slides.pptx
Pré-modernismo slides.pptxIaraGondim
 
Movimentos artísticos início século XX
Movimentos artísticos início século XXMovimentos artísticos início século XX
Movimentos artísticos início século XXDenise Lima
 
Um pouco de arte - parte I
Um pouco de arte - parte IUm pouco de arte - parte I
Um pouco de arte - parte Irenatamruiz
 
História da Arte: Expressionismo
História da Arte: ExpressionismoHistória da Arte: Expressionismo
História da Arte: ExpressionismoRaphael Lanzillotte
 
Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário.
Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário. Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário.
Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário. Weslley Eloi
 
Raizes do design editorial
Raizes do design editorialRaizes do design editorial
Raizes do design editorialHelena Jacob
 
Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1renatamruiz
 
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...ArtesElisa
 
Arte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E SustentabilidadeArte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E Sustentabilidadepaivanuno
 

Semelhante a História do Design Impresso (20)

Design
DesignDesign
Design
 
Vanguardas2019.
Vanguardas2019.Vanguardas2019.
Vanguardas2019.
 
A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940
A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940
A Vanguarda e as Origens do Modernismo: 1914 a 1940
 
Raizes do design editorial
Raizes do design editorialRaizes do design editorial
Raizes do design editorial
 
Arte Degenerada
Arte DegeneradaArte Degenerada
Arte Degenerada
 
Pré-modernismo slides.pptx
Pré-modernismo slides.pptxPré-modernismo slides.pptx
Pré-modernismo slides.pptx
 
Movimentos artísticos início século XX
Movimentos artísticos início século XXMovimentos artísticos início século XX
Movimentos artísticos início século XX
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Um pouco de arte - parte I
Um pouco de arte - parte IUm pouco de arte - parte I
Um pouco de arte - parte I
 
História da Arte: Expressionismo
História da Arte: ExpressionismoHistória da Arte: Expressionismo
História da Arte: Expressionismo
 
O Modernismo na Arte
O Modernismo na ArteO Modernismo na Arte
O Modernismo na Arte
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Neoplasticismo
NeoplasticismoNeoplasticismo
Neoplasticismo
 
Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário.
Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário. Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário.
Estudo cartazes 2ª Gerra Mundial / Cartazes Psicodélicos / Cartaz Publicitário.
 
Raizes do design editorial
Raizes do design editorialRaizes do design editorial
Raizes do design editorial
 
Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1
 
Dadaísmo
DadaísmoDadaísmo
Dadaísmo
 
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
 
Arte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E SustentabilidadeArte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E Sustentabilidade
 
História da Arte: Muralismo
História da Arte: MuralismoHistória da Arte: Muralismo
História da Arte: Muralismo
 

Mais de Érica Rigo

A Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no Pinterest
A Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no PinterestA Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no Pinterest
A Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no PinterestÉrica Rigo
 
Merchandising - Projeto Espaço Post It
Merchandising - Projeto Espaço Post ItMerchandising - Projeto Espaço Post It
Merchandising - Projeto Espaço Post ItÉrica Rigo
 
Marketing de Identificação
Marketing de IdentificaçãoMarketing de Identificação
Marketing de IdentificaçãoÉrica Rigo
 
Modificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias Digitais
Modificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias DigitaisModificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias Digitais
Modificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias DigitaisÉrica Rigo
 
Olhando a Marca pela sua Enunciação
Olhando a Marca pela sua EnunciaçãoOlhando a Marca pela sua Enunciação
Olhando a Marca pela sua EnunciaçãoÉrica Rigo
 
Imagem-Conceito: Grupo Zaffari
Imagem-Conceito: Grupo ZaffariImagem-Conceito: Grupo Zaffari
Imagem-Conceito: Grupo ZaffariÉrica Rigo
 
Aliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total Aventura
Aliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total AventuraAliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total Aventura
Aliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total AventuraÉrica Rigo
 
Composto Mercadológico (4Ps)
Composto Mercadológico (4Ps)Composto Mercadológico (4Ps)
Composto Mercadológico (4Ps)Érica Rigo
 
Análise de Repercussão na Mídia - Gleisi Hoffmann
Análise de Repercussão na Mídia - Gleisi HoffmannAnálise de Repercussão na Mídia - Gleisi Hoffmann
Análise de Repercussão na Mídia - Gleisi HoffmannÉrica Rigo
 
Comunicação Pública na Pós Modernidade
Comunicação Pública na Pós ModernidadeComunicação Pública na Pós Modernidade
Comunicação Pública na Pós ModernidadeÉrica Rigo
 
A dialética entre homem e máquina no cinema
A dialética entre homem e máquina no cinemaA dialética entre homem e máquina no cinema
A dialética entre homem e máquina no cinemaÉrica Rigo
 
Os meios como extensões
Os meios como extensõesOs meios como extensões
Os meios como extensõesÉrica Rigo
 
Pierre Lévy - O movimento social da cibercultura
Pierre Lévy - O movimento social da ciberculturaPierre Lévy - O movimento social da cibercultura
Pierre Lévy - O movimento social da ciberculturaÉrica Rigo
 
Ciúme Patológico
Ciúme PatológicoCiúme Patológico
Ciúme PatológicoÉrica Rigo
 
Os Meios ou as Mediações?
Os Meios ou as Mediações?Os Meios ou as Mediações?
Os Meios ou as Mediações?Érica Rigo
 
Projeto "Seguranca Total"
Projeto "Seguranca Total"Projeto "Seguranca Total"
Projeto "Seguranca Total"Érica Rigo
 
David LaChapelle
David LaChapelleDavid LaChapelle
David LaChapelleÉrica Rigo
 
Direito à Comunicação
Direito à ComunicaçãoDireito à Comunicação
Direito à ComunicaçãoÉrica Rigo
 
Comunicação na ONG Parceiros Voluntários
Comunicação na ONG Parceiros VoluntáriosComunicação na ONG Parceiros Voluntários
Comunicação na ONG Parceiros VoluntáriosÉrica Rigo
 

Mais de Érica Rigo (20)

A Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no Pinterest
A Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no PinterestA Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no Pinterest
A Organização como Curadora: O setor imobiliário brasileiro no Pinterest
 
Merchandising - Projeto Espaço Post It
Merchandising - Projeto Espaço Post ItMerchandising - Projeto Espaço Post It
Merchandising - Projeto Espaço Post It
 
Marketing de Identificação
Marketing de IdentificaçãoMarketing de Identificação
Marketing de Identificação
 
Modificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias Digitais
Modificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias DigitaisModificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias Digitais
Modificações na Comunicação Organizacional Frente às Novas Mídias Digitais
 
Olhando a Marca pela sua Enunciação
Olhando a Marca pela sua EnunciaçãoOlhando a Marca pela sua Enunciação
Olhando a Marca pela sua Enunciação
 
Imagem-Conceito: Grupo Zaffari
Imagem-Conceito: Grupo ZaffariImagem-Conceito: Grupo Zaffari
Imagem-Conceito: Grupo Zaffari
 
Aliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total Aventura
Aliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total AventuraAliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total Aventura
Aliando Atividade Física e Educação Ambiental: Projeto Total Aventura
 
Composto Mercadológico (4Ps)
Composto Mercadológico (4Ps)Composto Mercadológico (4Ps)
Composto Mercadológico (4Ps)
 
Análise de Repercussão na Mídia - Gleisi Hoffmann
Análise de Repercussão na Mídia - Gleisi HoffmannAnálise de Repercussão na Mídia - Gleisi Hoffmann
Análise de Repercussão na Mídia - Gleisi Hoffmann
 
Comunicação Pública na Pós Modernidade
Comunicação Pública na Pós ModernidadeComunicação Pública na Pós Modernidade
Comunicação Pública na Pós Modernidade
 
A dialética entre homem e máquina no cinema
A dialética entre homem e máquina no cinemaA dialética entre homem e máquina no cinema
A dialética entre homem e máquina no cinema
 
Os meios como extensões
Os meios como extensõesOs meios como extensões
Os meios como extensões
 
Pierre Lévy - O movimento social da cibercultura
Pierre Lévy - O movimento social da ciberculturaPierre Lévy - O movimento social da cibercultura
Pierre Lévy - O movimento social da cibercultura
 
Ciúme Patológico
Ciúme PatológicoCiúme Patológico
Ciúme Patológico
 
Webwriting
WebwritingWebwriting
Webwriting
 
Os Meios ou as Mediações?
Os Meios ou as Mediações?Os Meios ou as Mediações?
Os Meios ou as Mediações?
 
Projeto "Seguranca Total"
Projeto "Seguranca Total"Projeto "Seguranca Total"
Projeto "Seguranca Total"
 
David LaChapelle
David LaChapelleDavid LaChapelle
David LaChapelle
 
Direito à Comunicação
Direito à ComunicaçãoDireito à Comunicação
Direito à Comunicação
 
Comunicação na ONG Parceiros Voluntários
Comunicação na ONG Parceiros VoluntáriosComunicação na ONG Parceiros Voluntários
Comunicação na ONG Parceiros Voluntários
 

História do Design Impresso

  • 1.  
  • 2.
  • 3. O Pôster Artístico La Löie Fuller , 1893 Quinquina Dubonnet , 1896
  • 4. O Pôster Artístico Pierre Bonnard La Revue Blanche , 1894
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. O começo do Design na Europa William Morris - Produção de livros com bordas e ilustrações em xilogravuras.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20. Guerra e Propaganda: de 1914 à década de 20 x
  • 22. Persuasão aos cidadãos para empréstimo de dinheiro Troféu A importância e grande utilização dos elementos e das características de design gráfico surgiram não apenas nos pôsteres, mas também na própria guerra pela grande utilização dos sistemas de signos para organizar e identificar suas equipes e seus suprimentos.
  • 23. O futurismo e a Itália Foi na Itália que o futurismo irrompeu como um vendaval, detonador de uma série de idéias anarquistas na arte e na vida e contra o classicismo rigoroso imposto pelas academias oficiais de arte de Roma.
  • 24. Manifesto futurista “ (...)Queremos destruir os museus, as bibliotecas e as academias de todas as espécies, e combater o moralismo, o feminismo e todas as torpezas oportunistas e utilitárias. Cantaremos as grandes multidões excitadas pelo trabalho, o prazer ou os motins, as marés multicoloridas e de milhares de vozes da revolução em capitais modernas.(...)” Fillipo Tomaso Marinetti(1876-1944) O primeiro manifesto futurista foi publicado em 20 de fevereiro de 1909 na primeira página do jornal “Le Figaro”
  • 25.  
  • 26.
  • 27. Grupo futurista: Carrà, Russolo, Marinetti, Boccioni e Severini
  • 28.  
  • 29.
  • 30. Viktor Deni Capital (1919) Dmitri Moor Morte ao Imperialismo Mundial (1919)
  • 31.
  • 32. Design criado por Telingater (1934) para o livro De Ilya Feinberg “ 1914-i ” (o ano de 1914) Capa de uma revista “URSS em construção” de 1933
  • 33.
  • 34. “ Derrote os brancos com a cunha vermelha” El Lissitzki (1920)
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.  
  • 41.
  • 42.  
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49. Cartaz criado por Van der Leck para a rota marinha Rotterdam – Londres
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53. Cartazes e selos de Zwart para a PTT (companhia de correio, telégrafo e telefonia)
  • 54.
  • 55.
  • 56.  
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.
  • 62.
  • 63.
  • 64.  
  • 65.
  • 66.
  • 67.
  • 68.
  • 69.  
  • 70.
  • 71.
  • 72.
  • 73.
  • 74.
  • 75.
  • 76.
  • 77. Guerra e Propaganda: década de 20 à 1945
  • 78.
  • 79.
  • 80. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Thoughts on Design , Paul Rand, 1947 Art Directors Annual , 2008
  • 81.
  • 82. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 As novas técnicas de impressão e os novos materiais deram ao Designer maior controle sobre suas criações. Arte do século XX: Coleção Arensberg, 1948
  • 83. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Capas de livros e pôsteres, Paula Rand, 1946/1968 Nova Publicidade
  • 84. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Woman’s Day , 1951, Gene Federico
  • 85. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ Sempre que uma mera recitação dos fatos for insuficiente, excessivamente demorada ou confusa para o leitor, e que uma intensa organização visual for necessária à sua exposição, temos o design como resultado. Esse design precisa ter as mesmas qualidades de uma boa prosa. Ele precisa ser lido com facilidade” Will Burtin Manual de manutenção de armas da Força Aérea , 1944/1948
  • 86. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Capas da Revista Scope
  • 87. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Westvaco Inspirations , 1949, Bradbury Thompson
  • 88. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Catalog Design Progress, Advancing Standards of Visual Communications, 1950, Ladislav Sutnar “ Uma necessidade gráfica precisa ser analítica e radicalmente dicotomizada em função e forma, conteúdo e formato, utilidade e beleza, racional e irracional e assim por diante. A função do design pode então ser definida como a resolução do conflito entre tais dicotomias, cirando-se uma nova entidade.”
  • 89. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60
  • 90. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60
  • 91. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Móveis Knoll , 1959, Herbert Matter
  • 92. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Átomos para a paz , General Dynamics, 1955, Erik Nitsche
  • 93. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Pôsteres de filmes, Saul Bass
  • 94. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ No fundo da arte gráfica americana está a idéia, o conceito. Tudo mais – a fotografia, a tipografia, a ilustração e o design – está a seu serviço” Herb Lubalin
  • 95. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ no complicado negócio de extrair mensagens de uma mente para colocar em outra (comunicação, como eles chamam), as revistas são únicas.” Henri Wolf
  • 96. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ um trabalho planejado não serve para a parte da frente de uma revista. O design é uma harmonia de elementos. A capa é uma declaração .” George Lois
  • 97. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 “ imagem corporativa é a impressão geral que uma companhia deixa no público por meio de seus produtos, políticas, ações e esforços publicitários.” William Golden Anúncio da CBS , 1962, Lou Dorsfsman
  • 98. OS ESTADOS UNIDOS: 1945 à década de 60 Revistas mensais sobre design gráfico
  • 99.
  • 100.
  • 101.
  • 102.
  • 103.
  • 104.
  • 105.
  • 106.
  • 107.
  • 108.
  • 109.
  • 110.
  • 111.
  • 112.
  • 113. França O design gráfico francês reteve no pós-guerra muitas das características que apresentava nos anos 30. “ Uma única imagem para uma única ideia”. – Raymond Savignac Formato de letra extravagante e vistoso, típico de muitas outras letras francesas.
  • 114. Expressão gráfica em diferentes meios Revistas Reconhecia-se agora que a fotografia tinha uma qualidade simbólica e que não era meramente o registro de um momento. Clube de livros
  • 115. Identidade Corporativa A identidade corporativa passou a incluir a escolha meticulosa e racional dos símbolos. Os novos símbolos pertencem à era do design gráfico e não à da arte comercial; deixaram de pertencer à cultura para pertencer ao comércio. Logotipo – Loewy Renault, símbolo – Vasarely
  • 116.
  • 117. Abram Games – 1947 Tom Eckersley
  • 118.
  • 119.
  • 120. Capas da Revista – “Twen”
  • 121.
  • 122. Hans Leistikow Max Burchartz
  • 123.
  • 124. Mieczyslaw Szczuka Waldemar Swierzy
  • 125.
  • 127.
  • 128. Wim Crouwel Total Design
  • 129.
  • 130.
  • 131.
  • 132.  
  • 133.
  • 134.  
  • 135.
  • 136.
  • 137.
  • 138.
  • 139. Anos 70 em diante Holanda Design no cotidiano: Case PPT
  • 140. Anos 70 em diante Holanda Jan Van Toorn Wild Plakken e Hard Werken
  • 141. Anos 70 em diante França Tendência Polonesa – Ilustração Grapus Postura Objetiva Suíça Jean Widmer
  • 142. Anos 70 em diante Suíça Reconhecimento da nova tecnologia Wolfgang Weingart Hans-Rudolf Lutz
  • 143. Anos 70 em diante Alemanha Eficiência na Identidade Visual Jogos Olímpicos de Munique, 1972
  • 144. Anos 70 em diante Alemanha Publicidade de Teatros Municipais Hans Hillmann
  • 145.
  • 146. Anos 70 em diante Itália Design presente em obras municipais Noorda e o Metrô de Milão
  • 147. Anos 70 em diante Japão Maior influência estrangeira Inovação Tecnológica
  • 148. Anos 70 em diante Japão Exemplos de Mon Masaru Katzumie
  • 149. Anos 70 em diante Estados Unidos Saul Bass Convergência Oriente/Ocidente Paul Rand Identidades Corporativas April Greiman “ Nova Onda” Design Coquetel Revista Emigré Vários tipos de design