Diretoria de Ensino Campinas Oeste
EE Orlando Signorelli
 Ao ler o Material de Apoio ao Currículo do Estado de

São para a 8ª Série/9º Ano do Ensino Fundamental, a
professora de ...
 Para iniciar o trabalho a professora

visitou escolas que faziam festivais de
música e teatro, fez adequações à
realidad...
 Lúcia Helena – professora de Educação Física
 O aluno é o “sujeito alvo” de sua

aprendizagem e aprende através da
ação e interação, desenvolvendo-se não
somente pela...
 O objetivo principal é desenvolver a Cidadania e

proporcionar ao aluno um espaço para que o mesmo
possa se expressar e ...
 Propiciar ao professor meios para

desenvolver atividades que priorizem a
leitura, a escrita e também que leve o aluno
a...
 Partindo desses objetivos, passamos a

estruturar o Festival Cultural e Artístico da
E. E. Orlando Signorelli com a segu...
2011 - 1º FESTIVAL CULTURAL

Tema: “Arte e cidadania, uma obra-prima!”
Tema: Quem Ama Cuida, Respeita e Constrói!
 Durante o planejamento, no inicio do ano letivo o

projeto é exposto e o tema é lançado para que os
professores propague...
 Neste ano o tema escolhido foi: SE VOCÊ QUER UM

MUNDO MELHOR, A MUDANÇA COMEÇA POR
VOCÊ!
 Na primeira semana de aula o...
 Cada sala tem um professor orientador.
 Os orientadores apenas revisam os texto e fazem suas

sugestões, são os alunos ...
 Devido ao número de inscrições (20 salas) são realizadas

eliminatórias – Ensino Fundamental e Ensino Médio, para
a esco...
 Para os jurados há uma lista de critérios a serem

seguidos: Cenário, Figurino, Mensagem Final, Enredo,
Desenvolvimento ...
 Materiais - parte dos materiais são listados e

comprados com a verba mensal.
Os materiais que a escola não possui e ser...
 Podemos chamar de FORÇA TAREFA:
 Alunos durante as aulas e até mesmo fora do periodo

de aula.
 Professores em aula, A...
 Melhor ia nas relações:

ALUNO X ESCOLA
ALUNO X ALUNO
ALUNO X PROFESSOR
PROFESSOR X PROFESSOR
PROFESSOR X GESTORES
PROFESSOR X ESCOLA
GESTORES X ALUNOS
COMUNIDADE X ESCOLA
 Diminuição no índice de ocorrências por violência na

escola (brigas e demais ofensas)
 Convites de outras instituições...
 Professores e alunos engajados em novos projetos da

Unidade Escolar (feira cultural, Halloween, formatura
e encerrament...
Orientação técnica filosofia
Orientação técnica filosofia
Orientação técnica filosofia
Orientação técnica filosofia
Orientação técnica filosofia
Orientação técnica filosofia
Orientação técnica filosofia
Orientação técnica filosofia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Orientação técnica filosofia

374 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
374
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orientação técnica filosofia

  1. 1. Diretoria de Ensino Campinas Oeste EE Orlando Signorelli
  2. 2.  Ao ler o Material de Apoio ao Currículo do Estado de São para a 8ª Série/9º Ano do Ensino Fundamental, a professora de Educação Física gostou de uma atividade proposta no Volume 4. Tal atividade era baseada em trabalhar a expressão corporal, seja através da dança ou do teatro. A ideia inicial era desenvolver apenas para a referida série, foi então que propôs à gestão envolver toda a Escola
  3. 3.  Para iniciar o trabalho a professora visitou escolas que faziam festivais de música e teatro, fez adequações à realidade escolar e lançou a proposta para o grupo.
  4. 4.  Lúcia Helena – professora de Educação Física
  5. 5.  O aluno é o “sujeito alvo” de sua aprendizagem e aprende através da ação e interação, desenvolvendo-se não somente pela espontaneidade, mas principalmente pelos desafios que o ambiente e o meio em que vive lhe oferecem.
  6. 6.  O objetivo principal é desenvolver a Cidadania e proporcionar ao aluno um espaço para que o mesmo possa se expressar e sentir-se realmente parte do mundo em que vive.
  7. 7.  Propiciar ao professor meios para desenvolver atividades que priorizem a leitura, a escrita e também que leve o aluno a selecionar, organizar, relacionar, interpretar textos de gêneros diversos.  Colocar a arte como integradora do Aluno com os Outros e com as disciplinas do currículo. Que ele possa aprecia-la e levar consigo as experiências registradas.
  8. 8.  Partindo desses objetivos, passamos a estruturar o Festival Cultural e Artístico da E. E. Orlando Signorelli com a seguinte temática: Cidadania.  Dessa forma, iríamos difundir a cultura/arte, fomentar o debate sobre cidadania e despertar maior interesse dos nossos educandos pela aprendizagem.
  9. 9. 2011 - 1º FESTIVAL CULTURAL Tema: “Arte e cidadania, uma obra-prima!”
  10. 10. Tema: Quem Ama Cuida, Respeita e Constrói!
  11. 11.  Durante o planejamento, no inicio do ano letivo o projeto é exposto e o tema é lançado para que os professores propaguem em suas salas.  Geralmente, o Festival ocorre no 3 bimestre, na última semana de setembro.  O tema é proposto pelos professores e votado durante o planejamento
  12. 12.  Neste ano o tema escolhido foi: SE VOCÊ QUER UM MUNDO MELHOR, A MUDANÇA COMEÇA POR VOCÊ!  Na primeira semana de aula o tema é exposto através dos professores e de cartazes  As salas são livres para escolher se vão participar (nada é imposto) assim como para escolher o tipo de apresentação.
  13. 13.  Cada sala tem um professor orientador.  Os orientadores apenas revisam os texto e fazem suas sugestões, são os alunos que criam  Os ensaios são realizados em sala de aula e no último mês, no palco junto do professor orientador e da coordenadora
  14. 14.  Devido ao número de inscrições (20 salas) são realizadas eliminatórias – Ensino Fundamental e Ensino Médio, para a escolha dos 4 melhores grupos de cada segmento.  Nas eliminatórias a mesa de juri é composta por professores que não lecionam aos grupos apresentados.  Na Grande Final, o júri é composto por convidados (diretores e coordenadores de outras escolas, PCNPs e Supervisores de Ensino)
  15. 15.  Para os jurados há uma lista de critérios a serem seguidos: Cenário, Figurino, Mensagem Final, Enredo, Desenvolvimento ...  Os votos são abertos junto aos representantes de cada sala e o resultado é dado em horário de aula.  Há um vencedor para cada segmento.
  16. 16.  Materiais - parte dos materiais são listados e comprados com a verba mensal. Os materiais que a escola não possui e serão utilizados pelos alunos são comprados pelos mesmos. Porém, para angariar fundos a escola disponibilizou espaço para venda de produtos durante as festas e intervalos culturais.  A comunidade ajuda na execução , assim como nossos parceiros (PROERD, Comerciantes da região).
  17. 17.  Podemos chamar de FORÇA TAREFA:  Alunos durante as aulas e até mesmo fora do periodo de aula.  Professores em aula, ATPCs e fora do período (muitos se disponibilizaram fora do horário de trabalho)  Gestores  Funcionários – agentes e funcionários da limpeza
  18. 18.  Melhor ia nas relações: ALUNO X ESCOLA ALUNO X ALUNO ALUNO X PROFESSOR
  19. 19. PROFESSOR X PROFESSOR PROFESSOR X GESTORES PROFESSOR X ESCOLA GESTORES X ALUNOS COMUNIDADE X ESCOLA
  20. 20.  Diminuição no índice de ocorrências por violência na escola (brigas e demais ofensas)  Convites de outras instituições para atuação dos alunos. (tanto os vencedores do festival , quanto outros grupos)  Trabalhos de interdisciplinar e “interclasse” - alunos de diferentes séries/salas se envolvendo nas atividades, fazendo amizades, melhorando o clima e relacionamento na Unidade Escolar. Professores se unindo no desenvolvimento das aulas.
  21. 21.  Professores e alunos engajados em novos projetos da Unidade Escolar (feira cultural, Halloween, formatura e encerramento do ano letivo).  Planejamento para as atividades do próximo ano letivo.

×