Assistente social.pdf seap

850 visualizações

Publicada em

PROVA

Publicada em: Serviços
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
850
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assistente social.pdf seap

  1. 1. CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA 25/10/2009 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Confira, também, a função correspondente à sua inscrição. Atenção: assine no local indicado. 2. Verifique se os dados impressos no Cartão-Resposta correspondem aos seus. Caso haja alguma irregularidade, comunique-a imediatamente ao Fiscal. 3. Não serão permitidos empréstimos de materiais, consultas e comunicação entre candidatos, tampouco o uso de livros e apontamentos. Relógios, aparelhos eletrônicos e, em especial, aparelhos celulares deverão ser desligados e colocados no saco plástico fornecido pelo Fiscal. O não-cumprimento destas exigências ocasionará a exclusão do candidato deste processo de seleção. 4. Aguarde autorização para abrir o Caderno de Prova. A seguir, antes de iniciar, confira a paginação. 5. Este Caderno de Prova contém 40 questões objetivas, em que há somente uma alternativa correta. Transcreva para o Cartão-Resposta o resultado que julgar correto em cada questão, preenchendo o retângulo correspondente com caneta esferográfica com tinta preta. 6. No Cartão-Resposta, anulam a questão: a marcação de mais de uma alternativa em uma mesma questão, as rasuras e o preenchimento além dos limites do retângulo destinado para cada marcação. Não haverá substituição do Cartão- Resposta por erro de preenchimento. 7. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas perguntas aos Fiscais. 8. A duração desta prova será de 4 (quatro) horas, incluindo o tempo para preenchimento do Cartão-Resposta. 9. Ao concluir a prova, permaneça em seu lugar e comunique ao Fiscal. Aguarde autorização para devolver, em separado, o Caderno de Prova e o Cartão-Resposta, devidamente assinados. Transcreva abaixo as suas respostas, dobre na linha pontilhada e destaque cuidadosamente esta parte. .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. RESPOSTAS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 www.pciconcursos.com.br
  2. 2. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . O gabarito oficial provisório estará disponível no endereço eletrônico www.cops.uel.br a partir das 17 horas do dia 26 de outubro de 2009. www.pciconcursos.com.br
  3. 3. LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto a seguir e responda às questões de 1 a 4. Através do avanço tecnológico e da expansão das telecomunicações, a imagem da perfeição corpórea passa1 a habitar, de forma constante, o cotidiano. A “imperfeição” física dos indivíduos comuns defronta-se, a cada2 instante, com imagens de “corpos perfeitos”, em telas de cinemas, TVs, computadores e outdoors. Tais ima-3 gens de modelos, minuciosamente selecionadas, retocadas e aperfeiçoadas por técnicas de computação gráfica4 e fotografia, tendem a induzir à perseguição desse tipo de corpo sob a égide da felicidade. Essa exaltação5 das imagens produz culturas que hiperinvestem na construção física, levando milhões de pessoas a consumir6 cotidianamente todos os tipos de produtos materiais e simbólicos: drogas, filmes, revistas, exercícios, dietas e7 suplementos alimentares, movimentando a gigantesca e crescente Indústria da Saúde. As academias de mus-8 culação surgem como usinas de produção da forma, fabricando corpos para serem consumidos pela lógica do9 mercado. Essa formas musculosas se apresentam como espécies de totens midiáticos, pois a publicidade exalta10 tais modelos, contribuindo para a construção da identidade das tribos urbanas que se identificam com o para-11 digma apresentado. A publicidade surge como um operador totêmico, dando sentido a todo o processo ascético12 de produção física direcionada para o mundo do consumo.13 (SABINO, C. Anabolizantes: Drogas de Apolo. In: Goldenberg, Mirian et al. Nu & vestido – Dez antropólogos revelam a cultura do corpo carioca. Rio de Janeiro: Record, 2007, p. 144-145.) 1) Com base no texto, é correto afirmar: I. Pessoas que tentam atingir a perfeição corpórea associam-na à felicidade. II. O processo de construção física ideal provoca um aumento do consumo de produtos da chamada Indústria da Saúde. III. A “imperfeição” física é cotidianamente exaltada pela mídia, que busca passar informação aos indivíduos. IV. Os cultivadores da forma física podem ser reconhecidos como uma tribo urbana, com uma linguagem própria. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 2) Com base no texto, é correto afirmar: a) Mudar a morfologia física seduz a imprensa. b) Há um investimento excessivo na busca do corpo perfeito. c) A perfeição corpórea permite conseguir empregos na área da saúde. d) Somos induzidos pela mídia a achar as pessoas perfeitas mais bonitas. e) Adeptos da forma física ideal alcançam o sucesso mais facilmente. 3) Considere a frase “Essa formas musculosas se apresentam como espécies de totens midiáticos” (linha 10). Com base no texto, é correto afirmar: I. As mídias reforçam a imagem de que a perfeição física é o modelo ideal. II. Os fisiculturistas agem como selvagens sociais, impondo o consumo midiático. III. As técnicas de computação gráfica ajudam as pessoas a enxergar suas imperfeições. IV. As academias são verdadeiras fábricas de formas no padrão imposto pela mídia. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e IV são corretas. b) Somente as afirmativas II e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. 3 www.pciconcursos.com.br
  4. 4. 4) Considere o trecho: “A ‘imperfeição’ física dos indivíduos comuns defronta-se, a cada instante, com imagens de ‘corpos perfeitos’, em telas de cinemas, TVs, computadores e outdoors” (linha 2-3) Os termos ‘imperfeição’ e ‘corpos perfeitos’ estão entre aspas a) para ironizar os adeptos das academias, responsáveis por um culto excessivo ao corpo. b) para concordar com os responsáveis pelas mídias eletrônicas, que exaltam este processo. c) para demonstrar que o autor não considera que exista imperfeição física ou corpo perfeito. d) para sinalizar que estes termos vão se repetir ao longo do texto. e) para indicar que o tema é relevante e deve ser destacado. Leia o texto a seguir e responda às questões de 5 a 7. Geralmente o conceito de design é acompanhado da idéia de requinte ou até mesmo de supérfluo. O design pode ser feito por arquitetos, engenheiros, artistas plásticos, gente da área visual, até por designers mesmo, uma atividade relativamente recente. Mas na realidade seu campo é a interface. Onde há interface homem- objeto, homem-informação, aí está o design. Se você pegar uma cabine de elevador, um projeto de engenharia por excelência, ela vai necessitar uma interface não só como produto, tipo colocar um espelho porque inibe depredação, como o desenho da betoneira. Se no elevador entra criança, então a altura tem de ser pensada. Se entra deficiente visual, a betoneira terá de ser padronizada, a posição da escrita em Braille decidida, em cima, embaixo, do lado. Deficientes visuais que não são cegos (presbiopia) necessitam de números grandes. Onde colocar o botão de alerta se o elevador para? Essa interface que para nós é tão natural, que parece que nasceu em árvore, é pensamento de design. Então o design é uma área do conhecimento que lida com as interfaces. E que se intensificou a partir da complexidade do mundo. A rápida explicação é da jornalista e professora Ethel Leon que está lançando o livro Memórias do Design Brasileiro com 12 perfis de profissionais cuja atuação foi decisiva para implantação do conceito no Brasil. (Disponível em: <http://www.revistabrasileiros.com.br/edicoes/23/textos/598/> Acesso em: 15 jul. 2009.) 5) Com base no texto, considere F (falso) ou V (verdadeiro) para as afirmativas a seguir: ( ) A palavra design foi criada por Ethel Leon para designar a atividade especializada de engenheiros civis em projetos para presbiopia na construção de elevadores. ( ) O portadores de presbiopia e as crianças são responsáveis pela deterioração de elevadores instalados em prédios públicos. ( ) Embora seu significado o aproxime do idéia de supérfluo, o termo design associa-se à noção de interface entre o ser humano e um objeto e/ou uma informação. ( ) A atuação da engenharia na construção de cabines de elevador depende de projetos eficazes com a pro- dução de uma interface e tratamento visual eficiente. ( ) Os designers gráficos acabam contribuindo para a exclusão social de deficientes visuais com seus projetos de sinalização gráfico-visual em lugares públicos. Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a sequência correta. a) F, F, V, V e F. b) F, F, V, V e V. c) F, V, F, F e V. d) V, F, V, V e F. e) V, V, F, F e F. 6) Com base no texto, é correto afirmar: a) Entre os atributos de profissões como Arquitetura, Engenharia e Artes, estão excluídas atividades como o design. b) Apesar da grande complexidade que o desenho gráfico alcançou no mundo moderno, é desprezado pelos profissio- nais que o consideram apenas um luxo supérfluo. c) A utilização de espelhos e a fixação de cartazes em Braille em elevadores são ações ignoradas pelos profissionais que implantaram o conceito de design no Brasil. d) Um livro de Ethel Leon lançado recentemente pode contribuir para divulgar a escrita em Braille em nosso país. e) Apenas são chamados de designers os profissionais cuja ocupação principal é o design, mas não os que o desenvolvem como complemento de uma ocupação principal. 4 www.pciconcursos.com.br
  5. 5. 7) Observe o uso do pronome que nas frases a seguir: • Deficientes visuais que não são cegos (presbiopia) necessitam de números grandes. • Essa interface que para nós é tão natural, que parece que nasceu em árvore, é pensamento de design. • O design é uma área do conhecimento que lida com as interfaces. É correto afirmar que seus antecedentes são, respectivamente, a) deficientes, interface e conhecimento. b) deficientes, interface e área. c) visuais, nós e design. d) presbiopia, nós e área. e) cegos, natural e design. Leia o texto a seguir e responda às questões de 8 a 10. Corte de elite Miguel Caballero já deu mais de 200 tiros em clientes e colaboradores, quase sempre aos sábados, para não incomodar a vizinhança de Polanco, bairro chique da Cidade do México. É algo que o colombiano atarracado de 40 anos faz com certa naturalidade. Pega o seu trezoitão, carrega-o, encosta o cano niquelado e frio à altura da barriga da vítima, avisa que vai disparar quando disser “três” e puxa o gatilho lá pelo dois e meio. Muitas vezes, registra a cena em vídeo — são os próprios baleados que pedem. Com anos de prática, ele diz haver uma beleza na expressão da vítima após o disparo: uma cara que mistura doses iguais de “Será que morri?” com “Isso é um milagre”. Caballero é talvez o mais refinado – e confiável – alfaiate de roupas blindadas do México. [...] Ingressou na haut couture defensiva há dezesseis anos, época em que a taxa de sequestro estava em alta na Colômbia. [...] Da Colômbia, a Miguel Caballero Ltda., que se autodenomina especialista em “high security fashion”, ganhou o mundo. Hoje, a grife tem filiais em sete países da América Latina. Do outro lado do oceano, África do Sul, Espanha, Itália, Áustria e Reino Unido. Em Londres, o público- alvo (ou simplesmente “alvo”) não é formado de ingleses, mas da nova safra de milionários russos e árabes, que marcam hora num discreto escritório da cadeia de lojas Harrods. No último ano, a empresa de Caballero faturou 9 milhões de dólares. (Revista Piauí. Ed. 25, out. 2008. p. 10.) 8) Com base no texto, é correto afirmar: a) Apesar das perseguições que sofreu ao abrir uma fábrica em Polanco, atualmente Caballero tornou-se um dos maiores costureiros do mundo. b) As atividades criminosas do colombiano Miguel Caballero fizeram com que se tornasse um dos empresários mais bem sucedidos de seus país. c) É tão grande a crueldade dos assassinos de aluguel que, ao atirar em suas vítimas, nem costumam esperar a contagem até três antes de puxar o gatilho. d) As roupas fabricadas em um dos bairros mais violentos da periferia do México são exportadas tanto para países latino-americanos como para países de outros continentes. e) Os clientes da empresa fundada por Caballero são milionários de várias partes do mundo que temem se tornar vítimas de sequestros. 9) Em relação ao comentário apresentado entre parênteses (ou simplesmente “alvo”), é correto afirmar: a) O autor do texto procura desmistificar a imagem que os representantes da alta costura européia fazem dos costureiros latino-americanos. b) As aspas servem para destacar que a maioria dos clientes da empresa de segurança continua sendo os mexicanos e colombianos. c) O autor do texto faz uma aproximação jocosa entre os sentidos do substantivo “alvo” no campo da artilharia, da guerra e na área de merchandising, da publicidade. d) Demonstra que, para realizar seus negócios, assassinos de aluguel como Miguel Caballero usam uma forma de linguagem semelhante à dos vendedores e publicitários. e) O termo “alvo” é destacado por ser uma forma de tratamento utilizada no Reino Unido para agradar os clientes milionários de países estrangeiros. 5 www.pciconcursos.com.br
  6. 6. 10) Em relação ao jogo de palavras presente no título do texto, é correto afirmar: a) Explora a relação entre as palavras homófonas corte (substantivo) e corte (do verbo cortar). b) É resultado da confusão entre significados diferentes de substantivos cuja pronúncia é a mesma. c) Está baseado na coincidência entre o significado do adjetivo corte e um homônimo que é o imperativo do verbo cortar. d) Baseia-se na semelhança entre palavras de mesma pronúncia mas de significado diferente. e) Está dissociado dos temas da violência e segurança presentes no texto. CONHECIMENTOS GERAIS 11) Assim como as crises econômicas periódicas, as epidemias e as pandemias passam, cada vez mais, a fazer parte do dia a dia dos indivíduos, produzindo impactos sociais de grandes proporções. Em 2009, por exemplo, a chamada gripe suína provocou o caos na saúde pública e na economia mexicana, com fechamento de aero- portos, restaurantes, entre outras medidas de proteção, que, no entanto, foram insuficientes para evitar casos fatais. Algumas epidemias, no entanto, não têm chamado a atenção de grande parte da população, como é o caso do tabagismo, que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMC), mata uma média anual de 5,4 milhões de pessoas em todo o mundo. Para responder a esse problema de saúde pública, a OMC elaborou a Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, datada de 2003. Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre a referida Convenção, assinale a alternativa correta. a) Segundo a Convenção, devem ser reconhecidos e abordados, no contexto das estratégias nacionais de desenvolvimento sustentável, a importância da assistência técnica e financeira para auxiliar a transição econômica dos produtores agrícolas e trabalhadores cujos meios de vida sejam gravemente afetados em decorrência dos programas de controle do tabaco. b) A Convenção Quadro estabelece que, a partir do ano de 2010, caberá a obrigatoriedade a todos os governos signa- tários da proposta elaborada pela OMS o compromisso de sobretaxar a produção de cigarros que não forem light ou com “baixo teor de alcatrão”. c) Segundo a Convenção, diante dos males que o tabagismo provoca à saúde pública, as empresas produtoras do setor deverão criar, em cada país, um fundo de reserva para a construção de hospitais para atender fumantes com doenças graves provocadas pelo cigarro. d) Apoiada em estatísticas, a Convenção Quadro define que aumentar os valores cobrados ao consumidor do produto é ineficaz, enquanto medida a ser adotada pelos governos. Afinal, a história demonstrou, com a Lei Seca nos Estados Unidos, que, quanto mais difícil for o acesso ao produto, maior será a tendência à proliferação do crime organizado. e) A Convenção Quadro se propõe indicativa e a adesão a ela é de responsabilidade de cada governo, uma vez que a OMC não dispõe, até o momento, de comprovações empíricas e científicas sobre as consequências reais do tabagismo para a saúde pública, mas apenas de fortes indicativos de seus efeitos nocivos. 12) A charge a seguir sugere uma prática política recorrente no Brasil. (Disponível em: <http://edivanrodrigues.blogspot.com/2009/04/parlamento-nao-pode-ser-atrativo.html> Acesso em: 14 jul 2009.) 6 www.pciconcursos.com.br
  7. 7. Com base na charge e nos conhecimentos sobre a política nacional, assinale a alternativa que traduza a prática em questão. a) Nepotismo. b) Fisiologismo partidário. c) Solidarismo social. d) Republicanismo. e) Clientelismo. 13) A peste negra ficou conhecida na história como uma doença responsável por uma das mais trágicas epidemias que assolaram o mundo ocidental. Chegando pela Península Itálica, nos anos 1300, essa doença afligiu o corpo e o imaginário de populações inteiras, que sentiam a mudança dos tempos por meio de uma manifestação física. Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre o tema da peste negra no século XIV, assinale a alternativa correta. a) Os grupos marginalizados da baixa Idade Média, isto é, leprosos e estrangeiros, alinham-se como os principais res- ponsáveis pela disseminação da peste negra, na medida em que não respeitavam os princípios de higiene existentes nas cidades. b) A proximidade dos camponeses com os animais produziu a ocorrência da peste negra, obrigando assim o desenvol- vimento dos primeiros grandes núcleos urbanos, que passaram a sofrer com o fenômeno da superpopulação. c) A consequência imediata da peste negra consistiu na formação dos Estados Nacionais, em contraposição à fragmen- tação política estabelecida pela nobreza feudal, incapaz de controlar a doença e sua capacidade letal. d) Contribuindo de maneira decisiva para a rápida proliferação da peste negra, os centros urbanos que sobre- viviam aos seus efeitos enfrentavam, como consequência geral, a escassez de alimentos e a crise sócioe- conômica instalada no local. e) Responsável por milhões de mortos, a peste negra teve por consequência direta o declínio da prática de orações e rituais para combater a doença e a consequente adoção de medidas sanitárias públicas apoiadas em princípios científicos. 14) Leia o texto a seguir: Doenças são nova ameaça no mundo globalizado A malária é uma doença que só atinge os africanos e que só deve preocupar os europeus se viajarem para África? De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a resposta não podia ser mais clara: não há doenças que acontecem só aos outros. O mundo mudou, com a globalização [...] Consequência: aquilo que antes era um foco restrito a uma determinada região passou a ser um problema facilmente importado pelos restantes países espalhados pelo mundo. (Disponível: <http://dn.sapo.pt/inicio/interior.aspx?content_id=65543>. Acesso em: 26 jun 2009.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, considere as afirmativas a seguir: I. Além de contribuir para o aquecimento global, o setor de aviação tem sido de fundamental importância para a disseminação de surtos epidêmicos, e mesmo de pandemias. II. Com a internacionalização das economias, disseminou-se a produção intensiva de alimentos controlados com antibióticos, os quais chegam aos supermercados do mundo inteiro, criando resistências antes ine- xistentes e favoráveis ao início do ciclo epidêmico. III. Os atuais surtos epidêmicos seriam eliminados se os fluxos de imigração de trabalhadores fossem conti- dos, uma vez que nações subdesenvolvidas têm sido o principal polo irradiador das novas doenças. IV. Os surtos epidêmicos, desde o início do século XX, têm ocorrido simultaneamente à manifestação das crises econômicas periódicas do capitalismo, evidenciando, assim, uma relação direta entre globalização das economias e proliferação de novas doenças. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 7 www.pciconcursos.com.br
  8. 8. 15) Considere a charge a seguir: (Disponível em: <http://2.bp.blogspot.com/_5f79X6GeloU/SDDvUkw593I/AAAAAAAAAsE/dsXZhUku6Eo/s320/Absente%C3%ADsmo.bmp>. Acesso em: 26 jun 2009.) Com base na charge e nos conhecimentos sobre o absenteísmo, é correto afirmar que a) este fenômeno resulta da adoção de práticas utilizadas inicialmente pelos sindicatos de indústria e hoje dissemina- das pelas entidades representantes dos profissionais da educação com a finalidade de pressionarem por reajustes salariais dos professores e aquisição de planos privados de saúde pagos pelo Estado. b) a subnutrição alimentar dos alunos da rede pública, unida à superlotação das salas de aula, tem sido a responsável pelo crescimento, no Brasil, do absenteísmo por parte dos discentes, que revelam um comportamento passivo nas aulas, motivo pelo qual o problema se tornou uma questão de saúde pública. c) anteriormente restrita à população trabalhadora adulta, o absenteísmo tem sido motivado nas populações mais jo- vens, isto é, crianças e adolescentes, pelo excesso de responsabilidade em relação aos estudos e os improváveis retornos financeiros futuros no mercado de trabalho. d) a prática do absenteísmo é um fenômeno tipicamente ligado ao desenvolvimento do capitalismo industrial e implica, em suas origens, na persistência da insatisfação dos trabalhadores com relação à atividade que exercem e às condições dentro das quais ela é executada. e) o absenteísmo é uma doença sócio-ocupacional recente e se traduz pela perda de memória dos trabalhadores, colocados em risco de saúde nas suas atividades; pela ausência de atenção, dificultando, assim, o exercicio da profissão, e a ausência permanente do trabalho. 16) Em entrevista à Folha de São Paulo, a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, declarou que o Estado mínimo é “tese falida”: “Ninguém aplica, só os tupiniquins”. Idéia do Estado mínimo é “tese falida”, diz Dilma. (Fonte: Folha de São Paulo, domingo, 20 de setembro de 2009, p. 1) Com base na proposta do Estado mínimo, é correto afirmar: a) Implementado pelos dois governos do presidente Lula, a política de Estado mínimo consiste em admitir que os mais pobres necessitam ser beneficiários de programas tipo bolsa família. b) De acordo com a prática do Estado mínimo, a alta tributação deve recair sobre os estratos médios e abastados da sociedade, poupando-se, assim, a população de mais baixa renda. c) Trata-se de uma crítica ao ideário neoliberal, segundo o qual o mercado atuaria melhor à medida que o Estado reduzisse sua participintervenção na economia. d) A base do Estado mínimo é a crença positiva no caráter regulador do Estado, único capaz de estimular o crescimento da economia através dos investimentos em infraestrutura. e) Elaborada pelos países membros do Mercosul, defendia a redução dos subsídios a produtos agrícolas e industriali- zados, dentro do espírito do mercado comum das Américas. 17) Leia o texto a seguir: O sistema de proteção social passou a fazer parte das atribuições do Estado no Brasil, já que os direitos sociais foram inseridos na Constituição Federal de 1988. Os direitos das crianças e dos adolescentes foram regulamentados pela Lei 8.069, o Estatuto da Criança e do Adolescente, em 1990, a partir da doutrina da Proteção Integral. (LAVORATTI, C. org. Programa de capacitação permanente na área da infância e juventude. Ponta Grossa, Ed. UEPG, 2007, p. 108) 8 www.pciconcursos.com.br
  9. 9. A partir do texto e dos conhecimentos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA (Lei Federal 8.069/90), é correto afirmar que o ECA: a) Estabelece uma série de direitos para as crianças, os adolescentes e as famílias, sem estabelecer os seus deveres enquanto cidadãos. b) Reconhece a responsabilidade do Estado na garantia dos direitos sociais e estabelece obrigações ao Poder Público na viabilização dos mesmos. c) Divide o poder de solucionar os problemas sociais entre a família e a comunidade, isentando o Estado de suas responsabilidades. d) Imputa ao Poder Público a exclusiva responsabilidade pela garantia dos direitos fundamentais das crianças e dos adolescentes. e) Considera a proteção integral de crianças e adolescentes uma utopia para o nosso país, podendo ser garantida apenas nos países desenvolvidos. 18) Leia a letra da música a seguir: Sem Saúde – Gabriel, o Pensador “Doutor, por favor, olha o meu neném! Olha doutor, ele num tá passando bem! Fala, doutor! O que é que ele tem!?” – A consulta custa cem. “Ai, meu Deus, eu tô sem dinheiro” – Eu também! Eu estudei a vida inteira pra ser doutor Mas ganho menos que um camelô Na minha mesa é só arroz e feijão Só vejo carne na mesa de operação Então eu fico 24 horas de plantão pra aumentar o ganha pão Uma vez, depois de um mês sem dormir, fui fazer uma cirurgia E só depois que eu enfiei o bisturi eu percebi que eu esqueci da anestesia O paciente tinha pedra nos rins E agora tá em coma profundo A família botou a culpa em mim E eu fiquei com aquela cara de bunda Mas esse caso não vai dar em nada Porque a arma do crime nunca foi encontrada O bisturi eu escondi muito bem: Esqueci na barriga de alguém. (...) (Disponível em: <http://letras.terra.com.br/gabriel-pensador/96124> Acesso em: 27 jun. 2009>) De acordo com o texto, é correto afirmar: a) A postura ética torna-se sem importância na área de saúde diante do desrespeito provocado à profissão pela exis- tência dos baixos salários. b) Profissões mais especializadas sofrem, igualmente, com os efeitos da superexploração do trabalho, presen- tes em atividades que não requerem qualificação. c) A melhor forma de atendimento é baseada na saúde privada, pois, nela, os profissionais são mais qualificados. d) Os erros no setor de saúde são aceitáveis quando consideradas as longas jornadas de trabalho dos profissionais da saúde. e) As condições inadequadas das instalações na saúde pública representam um grande risco para a vida daqueles que necessitam de cirurgias ou outros cuidados médicos. 19) O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal 9.069/90) estabelece uma série de medidas que visam à proteção às crianças e aos adolescentes, a serem aplicadas pela autoridade competente quando os direitos forem ameaçados ou violados: são as medidas protetivas. São medidas dessa natureza: I. Obrigação da criança/adolescente de reparar o dano cometido. II. Abrigo da criança/adolescente em entidade. III. Requisição de tratamento médico, psicológico ou psiquiátrico em regime hospitalar ou ambulatorial. IV. Inclusão em programa de auxílio à família, à criança ou ao adolescente. 9 www.pciconcursos.com.br
  10. 10. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 20) Leia o texto a seguir: A Cigarra e a Formiga Cantava a cigarra [...] Quando ouviu os gemidos Da formiga [que] Empurrava o trabalho [...] Ao ver a cigarra [...] A formiga perdeu a esportiva: “Canta, canta salafrária, E não cuida da espiral inflacionária! [...] Quando aumentar a recessão maldita [...] Virá pechinchar à minha porta E, na hora em que subirem As tarifas energéticas Verá que minhas palavras eram proféticas [...]” A cigarra riu, superior: “Você está por fora, [...] Chegado o inverno, Continuarei cantando [...] Rica ! [...] O que você ganha num ano Eu ganho num instante Cantando a Coca, O sabão gigante, O edifício novo E o desodorante. E posso viver com calma Pois canto só pra multinacionalma”. (Fernandes, M. Revista Veja, São Paulo, Abril, ano 42, nº 27, 8 jul. 2009. p. 34.) De acordo com o texto, é correto afirmar: I. No mundo moderno, o trabalho perdeu a importância, uma vez que nem todos os seres precisam realizá-lo. II. Através do trabalho, certos seres tornam-se superiores a outros, sobretudo os que desenvolvem atividades mais árduas. III. O trabalho intelectual foi convertido em veículo de venda de mercadorias e acumulação de riquezas. IV. As grandes empresas buscam definir socialmente quais são as necessidades físicas e espirituais de cada ser, estabelecendo os padrões de consumo. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 10 www.pciconcursos.com.br
  11. 11. ASSISTENTE SOCIAL 21) O Público é entendido como o domínio da convivência, como aquilo que é de todos, e o privado como o que diz respeito a cada um, às escolhas individuais. A convivência social só é possível com a subordinação de todos os poderes privados, que os indivíduos detêm, desigualmente, à autoridade pública, ao Estado, à Lei, ao que é, ou deveria ser, em princípio, de todos. No Estado moderno, especialmente no Ocidente desenvolvido, o exercício da função de administrar os conflitos inerentes à convivência social entre os diferentes e os desiguais exigiu formas negociadas e civilizadas de lidar com as ameaças à ordem social . (VIANNA, M. L. T. W. A reforma democrática do Estado brasileiro e a política de saúde. In: BRAVO, M. I. S. et al (Orgs.). Política de saúde na atual conjuntura, 2 ed. Rio de Janeiro: Rede Sirius/Adufrj-SSind, 2008.) Sobre o assunto, considere as afirmativas a seguir. I. O Brasil efetiva o Estado de bem-estar pleno e a cidadania, com o consenso sobre o enfrentamento da questão social através das políticas sociais de seguridade social, na Constituição Federal de 1988. II. Após a 2ª Guerra Mundial, nos países desenvolvidos e em boa parte dos países periféricos, deu-se a am- pliação da esfera pública, ou seja, das ações do Estado por meio de políticas sociais. III. As políticas sociais de caráter universal, concebidas como contrapartida dos direitos de cidadania, estão entre as ações que passam a ser implementadas pelo Estado Moderno. IV. Os problemas ligados à reprodução do trabalhador e do trabalho, associados às desigualdades que o capitalismo produz, confere à questão social caráter de ameaça à ordem social. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e III são corretas. b) Somente as afirmativas III e IV são corretas. c) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 22) Ainda sobre a administração de conflitos sociais e as atuais estratégias de enfrentamento da questão social, é correto afirmar: a) A inclusão social, na perspectiva da cidadania, é entendida sob o aspecto do indivíduo como portador de direitos civis, políticos e sociais e não somente por ter acesso ao mercado. b) Existe um consenso entre os grupos defensores dos direitos sociais no País de que as políticas públicas de natureza coletiva e universal são formas anacrônicas e ineficazes de lidar com a questão social. c) São estratégias inovadoras de enfrentamento da questão social aquelas políticas sociais que focalizam indivíduos, pequenos grupos e segmentos específicos da população pobre. d) A questão social deve ser entendida como sinônimo de pobreza, e pobreza deve ser definida como uma situação em que os indivíduos se encontram por falta de certos dotes. e) O cidadão incluído é aquele portador de CPF e que pode ter acesso a uma instituição bancária, ainda que seja apenas para receber um benefício assistencial. 23) A política de Previdência Social, como uma das políticas que compõem a Seguridade Social brasileira, prevista na Constituição Federal de 1988, é definida como: a) Sistema de segurança social estruturado como serviço público de princípio universal, igualitário, uniformizado de contribuições, independente do lugar que ocupa o trabalhador. b) Sistema de seguro social baseado na dúplice contribuição, do empregado e do empregador, sem reciprocidade com a contribuição efetuada. c) Sistema de proteção ao trabalhador e sua família, mantido pela contribuição do trabalhador, do empregador e de toda a sociedade, com caráter redistributivo e sob a garantia do Estado. d) Sistema de assistência social de caráter universal, concedido a todo trabalhador após trinta anos de trabalho, inde- pendente de contribuição prévia. e) Sistema de medidas adotadas pelo Estado que visam garantir a sobrevivência de determinado setor produtivo, como serviços médicos e farmacêuticos, aposentadorias e pensões. 11 www.pciconcursos.com.br
  12. 12. 24) A VIII Conferência Nacional de Saúde concebeu a saúde como “direito de todos e dever do Estado” e ampliou a compreensão da relação saúde-doença. (Anais da VIII Conferência Nacional de Saúde, 1987, p. 382.) Sobre esta nova concepção de saúde, considere as afirmativas a seguir: I. A compreensão da saúde está bastante relacionada à noção de cidadania, construída em cada realidade social, na qual se delimitam os direitos sociais e coletivos. II. A saúde é resultante das condições de alimentação, habitação, educação, renda, meio ambiente, trans- porte, lazer, liberdade e acesso à terra e a serviços de saúde. III. A saúde passa a ser entendida como o completo estado de ausência de doença ou, ainda, como o completo estado de bem-estar físico, mental e social. IV. As condições sociais em que as pessoas vivem e trabalham são fatores determinantes de saúde. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 25) Leia o texto a seguir. A função de mediação, que a instrumentalidade do Serviço Social encerra, deve ser adequadamente dimen- sionada, sob pena de esconder e subsumir a dimensão política da profissão. [...] (GUERRA, Y. A instrumentalidade do Serviço Social. São Paulo: Cortez, 1995, p. 37.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o debate acerca da instrumentalidade do Serviço Social, é correto afirmar: a) A dimensão política do Serviço Social se sobrepõe frequentemente ao caráter técnico e racional próprio da natureza da profissão. b) A utilização racional dos instrumentos técnico-operativos do Serviço Social é o elemento principal da inserção da profissão na discussão sociotécnica do trabalho. c) A utilização dos instrumentos técnico-operativos precisa ser restringida, uma vez que limita a dimensão política da ação profissional. d) As dimensões teórica e prática do Serviço Social se organizam a partir do arsenal instrumental e técnico-operativo que a profissão construiu ao longo do tempo. e) O Serviço Social possui um modo particular de operar que se realiza a partir de instrumental técnico, político, teórico e dos pressupostos éticos de seu projeto profissional. 26) A Lei de Regulamentação da Profissão de Assistente Social (Lei Federal nº 8662/93) estabelece como atribuição privativa do Assistente Social “realizar vistorias, perícias técnicas, laudos periciais, informações e pareceres sobre a matéria de Serviço Social.” Sobre a elaboração de perícias, laudos e pareceres, é correto afirmar: a) Os laudos e pareceres emitidos pelo Assistente Social constituem-se na avaliação do profissional, com base na observação e estudo de uma dada situação, com vistas a fornecer elementos para a tomada de decisões de terceiros. b) O parecer emitido pelo Assistente Social é instrumento pessoal de trabalho do profissional, sendo proibida sua divulgação. c) A realização de vistorias e perícias é atividade privativa de médicos, policiais e delegados, sendo vedada ao Assis- tente Social. d) Nos laudos e pareceres técnicos, o Assistente Social deve evitar emitir juízos sobre as situações por ele estudadas. e) Dada sua formação generalista, o Assistente Social pode emitir laudos e pareceres sobre qualquer matéria afeita à área das ciências sociais e sociais aplicadas. 12 www.pciconcursos.com.br
  13. 13. 27) Leia o texto a seguir. É a partir de 1993 que o projeto profissional do assistente social começa a ser tratado nacionalmente como “projeto ético-político” e o seu significado histórico não reside em uma questão semântica. (BARROCO, M. L. A inscrição da ética e dos direitos humanos no projeto ético-político do Serviço Social. Revista Serviço Social e Sociedade, n. 79. São Paulo: Cortez, set. 2004. p. 35.) Sobre o projeto ético-político do Serviço Social, é correto afirmar: a) Os Códigos de Ética Profissional de 1947 e de 1975 prescindiram de concepções filosóficas na sua formulação. b) O Código de Ética Profissional de 1993 resgata os valores éticos propostos no Código de Ética de 1947, negando as proposições políticas do Código de Ética de 1986. c) O Código de Ética Profissional de 1993 trata a ética e a política como uma unidade, embora seus componen- tes tenham naturezas ontológicas distintas. d) O projeto ético-político do Serviço Social é uma construção da categoria profissional, assentada nos valores de uma ética da neutralidade. e) O Código de Ética Profissional de 1986 reafirma os valores históricos contidos nos Códigos de Ética de 1947 e 1975. 28) Leia o texto a seguir. A principal conquista da Reconceituação parece localizar-se num plano preciso: o da recusa do profissional de Serviço Social de situar-se como um agente técnico puramente executivo (quase sempre um executor terminal de políticas sociais). (NETTO, J. P. O movimento de reconceituação 40 anos depois. Revista Serviço Social e Sociedade, ano XXVI, nº 84, São Paulo, Cortez Editora, novembro/2005, pag. 12.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o Movimento de Reconceituação do Serviço Social, é correto afirmar que os Assistentes Sociais passaram a I. reivindicar atividades de planejamento para além dos níveis de intervenção microssocial. II. aceitar a divisão consagrada de trabalho entre os teóricos, que pensam, e os profissionais da prática. III. assumir a subalternidade da profissão e a sua especialidade de atuação nos processos interventivos mi- crossociais. IV. valorizar o estatuto intelectual dos profissionais, inserindo a pesquisa como atributo também do Serviço Social. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e III são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 29) Leia o texto a seguir. A literatura de avaliação de políticas públicas costuma distingui-las em termos de sua efetividade, eficácia e eficiência, distinção esta que é basicamente um recurso analítico destinado a separar aspectos distintos dos objetivos e, por consequência, da abordagem e dos métodos e técnicas de avaliação. (ARRETCHE, M. T.S. Tendências no estudo sobre avaliação. In: RICO, E.de M. Org. Avaliação de políticas sociais: uma questão em debate. São Paulo, Cortez Editora, 1998, p. 31.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre avaliação de políticas sociais, é correto afirmar: I. A eficácia, a eficiência e a efetividade constituem-se basicamente na mesma coisa. II. A efetividade diz respeito à relação entre a implementação de um determinado programa e seus impactos e/ou resultados. III. A efetividade e a eficácia dizem respeito à relação entre os custos e os benefícios alcançados. IV. A eficácia diz respeito à relação entre os objetivos propostos e os resultados efetivos. 13 www.pciconcursos.com.br
  14. 14. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas. 30) Leia o texto a seguir: A avaliação participativa surgiu na esteira da chamada pesquisa-ação. Guarda assim propósitos, princípios, procedimentos e estratégias muito próximas das utilizadas neste tipo de pesquisa. (CARVALHO, Maria do C. B. Avaliação participativa – uma escolha metodológica. In: RICO, E.de M. Org. Avaliação de políticas sociais: uma questão em debate. São Paulo, Cortez Editora, 1998, p. 90.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre avaliação de políticas sociais, é correto afirmar que a avaliação participativa a) está baseada na coleta de opiniões da população beneficiada pelos serviços sociais como a avaliação decisiva e central em todo o processo. b) resguarda a posição do avaliador como o principal agente valorativo do processo. c) tem como eixo metodológico o envolvimento dos formuladores, gestores, implementadores e beneficiários no próprio processo avaliativo. d) dispensa o uso dos instrumentos tradicionais de avaliação tais como entrevistas, observação, entre outros. e) prescinde da opinião dos gestores como agentes do processo, pois está centrada na participação da coletividade de usuários. 31) Como pilar do Sistema de Proteção Social Brasileiro, no âmbito da Seguridade Social, a política de Assistência Social (de 22/12/2004) realiza-se de forma integrada às políticas setoriais, visando ao enfrentamento da pobreza, à garantia dos mínimos sociais, ao provimento de condições para atender contingências sociais e à universa- lização dos direitos sociais. Na operacionalização da política de Assistência Social, prevista na Constituição Federal de 1988 e na Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS (Lei nº 8.742, de 7/12/1993), o Sistema Único de Assistência Social – SUAS define e organiza os elementos essenciais e imprescindíveis à sua execução. Sobre as referências para a organização dos serviços sócio-assistenciais no SUAS, considere as afirmativas a seguir: I. Vigilância social: produção, sistematização de informações, indicadores e índices territorializados das situações de vulnerabilidade e risco pessoal e social e de violação de direitos. II. Proteção social: segurança de sobrevivência ou de rendimento e de autonomia, segurança de convívio ou vivência familiar, segurança de acolhida. III. Seguro social: programa de benefícios que garante a renda do contribuinte e de sua família, em casos de doença, acidente, gravidez, prisão, morte e velhice. IV. Defesa social e institucional: proteção básica e especial organizada de forma a garantir aos seus usuários o acesso ao conhecimento dos direitos sócio-assistenciais e sua defesa. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 14 www.pciconcursos.com.br
  15. 15. 32) Observe o gráfico a seguir. (IBGE, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2007. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br> Acesso em: 27 jul. 2009.) Com relação aos domicílios atendidos por rede de abastecimento de água é possível concluir: I. A região do país com maior cobertura de abastecimento é a centro-oeste. II. A região sudeste possui média de cobertura maior que a média do país. III. Entre 2005 e 2007 houve pouca variação da cobertura em todo o país. IV. A região nordeste é a que possui a pior cobertura do país. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e IV são corretas. b) Somente as afirmativas II e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. 33) Observe os gráficos a seguir: Com base nos gráficos, é correto afirmar que, nos últimos 10 anos: I. As mulheres brasileiras vêm tendo, em média, menos filhos. II. A população vem gradativamente se reduzindo em termos absolutos. III. A expectativa de tempo de vida dos brasileiros ao nascer está aumentando. IV. A mortalidade infantil vem aumentando e a população idosa diminuindo. 15 www.pciconcursos.com.br
  16. 16. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 34) Leia o texto a seguir: A história recente do planejamento está repleta de casos em que foram realizados pesquisas e levantamen- tos para confirmar ou negar hipótese previamente formulada pelos tecnocratas e seus auxiliares, sobre ‘o que a população quer’. Nestas circunstâncias, os indicadores pesquisados podem tornar-se instrumentos de promoção e legitimação de objetivos, programas e projetos específicos, presumidos e declarados pelos planejadores como necessários e desejados. Não se pretende com isso negar a utilidade de indicadores e de sistemas de informações que abrangem desde os movimentos demográficos e os aspectos estruturais da economia (produção, mão de obra, tecnologia, emprego, etc.) até as características distributivas do sistema social ( educação, saúde, consumo) [...] Esses dados podem ter importante função exploratória no diagnós- tico de situações concretas e na definição de metas prioritárias [...] na medida em que forem conhecidas e esclarecidas previamente as premissas teóricas que orientam e sustentam o levantamento. (RATTNER, H. Indicadores sociais e planificação do desenvolvimento. Disponível em: <http://www.espacoacademico.com.br> Acesso em: 29 jul. 2009.) Com base no texto, é correto afirmar: a) A utilização de indicadores sociais como instrumento do planejamento exige o reconhecimento do referencial teórico que sustenta a sua construção. b) Os indicadores sociais são instrumentos tendenciosos que devem ser utilizados em situações em que se pretende manipular as informações. c) No processo de elaboração do diagnóstico de situações concretas, os indicadores sociais são instrumentos que garantem a neutralidade das conclusões finais. d) O uso de índices e indicadores sociais constitui-se atualmente em uma tendência que pouco contribui para o conhe- cimento da realidade social. e) O uso de indicadores sociais garante confiabilidade ao planejamento uma vez que o baseia em dados estatísticos. 35) O texto da Lei de Exercício Profissional do Assistente Social (Lei nº 8662, de 07/07/1993), que regulamenta o exercício profissional do assistente social e dá outras providências, expressa “um conjunto de conhecimentos particulares e especializados, a partir dos quais são elaboradas respostas concretas às demandas sociais, em- bora saibamos que a predefinição das atribuições privativas e competências, como uma exigência jurídica/legal, não as garante na prática, posto estarem, também, condicionadas à lógica do mercado capitalista”. (Atribuições privativas do(a) assistente social. Em questão. COFI/CFESS, Brasília, fev. 2002, p.11.) Com base no texto, sobre a delimitação do espaço de exercício profissional do assistente social, considere as afirmativas a seguir: I. É possível delimitar, com precisão, os campos de atuação que são partilhados por outros profissionais especializados, movidos por interesses diversos. II. A competência do assistente social, pelo conhecimento teórico-político, é capaz de dar-lhe significado, tendo em vista que, historicamente, ele atua nas múltiplas e diferenciadas expressões da questão social. III. O espaço ocupacional, enquanto terreno da atuação profissional, não é exclusivo do assistente social, e este campo é permeado por relações de poder e competitividade entre trabalhadores. IV. Para delimitar o âmbito de atuação é necessário o domínio das informações e dos instrumentais técnico- operacionais, que permitam o diálogo com os diferentes segmentos sociais. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e III são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 16 www.pciconcursos.com.br
  17. 17. 36) Ainda de acordo com a Lei de Exercício Profissional do Assistente Social (Lei nº 8662, de 07/06/1993), no artigo 8º, que trata das competências do Conselho Federal de Serviço Social – CFESS, este órgão normativo aprovou a Resolução CFESS nº 493 em 20/08/2006, que dispõe sobre as condições éticas e técnicas do exercício profis- sional do assistente social. Sobre essas condições éticas, físicas e técnicas essenciais ao exercício profissional, considere as afirmativas a seguir: I. O espaço físico para a realização e execução de qualquer atendimento ao usuário do Serviço Social deve ter iluminação e ventilação adequadas, privacidade e espaço para colocação de arquivos. II. O local de atendimento destinado ao assistente social deve ser dotado de espaço suficiente para aborda- gens individuais ou coletivas, conforme as características dos serviços prestados. III. O atendimento efetuado pelo assistente social deve ser feito com portas fechadas, de forma a garantir o sigilo daquilo que for revelado durante o processo de intervenção profissional. IV. O material técnico utilizado e produzido pelo assistente social no atendimento ao usuário e o seu arquivo deverão estar disponíveis para a consulta dos demais profissionais e dos responsáveis pela instituição. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 37) Ainda de acordo com a Lei de Exercício Profissional do Assistente Social (Lei nº 8662, de 07/06/1993), no artigo art. 5º, constituem-se atribuições privativas do Assistente Social: a) Orientar indivíduos e grupos de diferentes segmentos sociais no sentido de identificar recursos e de fazer uso dos mesmos no atendimento e na defesa de seus direitos. b) Encaminhar providências e prestar orientação social a indivíduos, a grupos e à população. c) Coordenar, elaborar, executar, supervisionar e avaliar estudos, pesquisas, planos, programas e projetos na área de Serviço Social. d) Prestar assessoria e apoio aos movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais, no exercício e na defesa dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade. e) Planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social e para subsidiar ações profissionais. 38) O planejamento é um processo técnico-político que tem como elementos constitutivos: construção do objeto, estudo de situação, identificação de prioridades, definição de objetivos, estabelecimento de alternativas, plani- ficação, implementação, implantação, controle, avaliação e retomada do processo. (Adaptado de: BAPTISTA, M.V. Planejamento Social. Intencionalidade e Instrumentação. São Paulo, Veras Editora, 2000.) Desse ponto de vista, o planejamento como um processo técnico-político implica a) uma simultaneidade das dimensões política e técnica, sendo que a primeira explicita o objeto da intervenção, e a segunda responde pela operacionalização de uma proposta que foi politicamente definida. b) uma visão essencialmente técnica de abstração em que o profissional coloca no papel um conjunto de intenções e de meios que, hipoteticamente, permitirão atingi-las. c) um trabalho de elaboração de um plano, com várias propostas de ação, de acordo com uma demanda específica, em que cada uma delas é pensada individual e particularmente a partir de um objetivo geral. d) uma técnica de racionalização da execução de decisões já tomadas, em que se circunscreve a efetividade e almeja o atendimento eficaz a despeito dos valores e princípios. e) um conjunto de ações instrumentais de planos distintos, isento de conteúdos valorativos, que visa dar respostas rápidas e imediatas aos problemas emergenciais dos grupos sociais. 17 www.pciconcursos.com.br
  18. 18. 39) A ética é a matriz geral, é uma teoria que interpreta a moral, e a motivação para alcançar esta ética, na unidade entre particularidade e genericidade, é a moral. Ou seja, a moral se dá no âmbito prático das ações que refletem o pensamento e o comportamento do homem no seu cotidiano [...] Nesse processo, a questão fundamental na prática profissional é identificar a motivação das ações, tendo como maior desafio o desvelamento da estrutura de valores com os quais o profissional opera. (RODRIGUES, M.L. (coord.) Prática profissional em debate: questões do cotidiano. Núcleo de Estudos e pesquisas sobre Ensino e Questões metodológicas em Serviço Social, PUC/SP, set. 1996, p. 51.) De acordo com o texto, com os conhecimentos sobre ética e moral, considere as afirmativas a seguir: I. No cotidiano profissional, toda ação implica uma atitude, um pensamento, um discurso ou um comporta- mento, que é norteada por algum valor moral, explícita ou implicitamente. II. Na base da intervenção profissional existe uma ação alicerçada em valores ético-morais que, por sua vez, fundamentam-se em uma consciência moral e social. III. A moralidade no cotidiano é a tradução prática de conceitos éticos e, por isto, de referenciais políticos, e está presente na ação-decisão-intervenção profissional. IV. As categorias orientadoras de valores da prática profissional de acordo com a prescrição normativa do agir profissional, podem ser classificadas em atitudes boas ou más, justas ou injustas. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e IV são corretas. b) Somente as afirmativas II e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. Leia o texto a seguir e responda à questão 40. A rede social de apoio é formada pelas relações estabelecidas entre pessoas, grupos e instituições com o objetivo de suprir necessidades materiais e/ou afetivas. Pode ser primária, incluindo familiares e amigos, ou secundárias, composta por instituições governamentais e não-governamentais. (Adaptado de: SANICOLA, L. As dinâmicas de rede e o trabalho social. São Paulo: Veras editora, 2008.) 40) Com base na definição da autora e nos conhecimentos sobre a atuação das redes sociais secundárias na gestão moderna do social, sobre a forma de gestão dessas redes secundárias de base local, considere as afimativas a seguir: I. É uma aliança de organizações, forças existentes no território para uma ação conjunta multidimensional com responsabilidade compartilhada e negociada, numa correlação de poder na perspectiva da totalidade. II. É uma organização burocrática formal onde se cruzam organizações do Estado e da sociedade, bloco de ação, ao mesmo tempo político e operacional, em que predomina a setorialidade sobre a integralidade. III. É uma gestão descentralizada dos serviços públicos, a articulação das políticas sociais, o reconhecimento da malha de serviços microterritoriais existentes e sua integração para que caminhem de forma articulada. IV. É um modelo que privilegia as relações horizontais e a participação das organizações da sociedade civil e a proteção integral como forma de efetivar a articulação entre as políticas públicas. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas. 18 www.pciconcursos.com.br
  19. 19. ASSISTENTE SOCIAL G A B A R I T O Questão Alternativa correta Assinalada 1 D 2 B 3 A 4 C 5 A 6 E 7 B 8 E 9 C 10 D 11 A 12 E 13 D 14 A 15 D 16 C 17 B 18 B 19 E 20 C 21 E 22 A 23 C 24 D 25 E 26 A 27 C 28 B 29 B 30 C 31 D 32 B 33 B 34 A 35 E 36 D 37 C 38 A 39 D 40 E 19 www.pciconcursos.com.br

×