SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
BBIIGGUUAANNIIDDAASS 
GRADUAÇÃO P4 – P8 
João Pessoa 
2014
INTRODUÇÃO 
História da Metformina 
Estrutura Química 
Farmacocinética 
Mecanismo de Ação 
Indicações 
Posologia 
Efeitos Adversos 
Contra- Indicações 
Interações Medicamentosas
HISTÓRIA DA METFORMINA 
Metformina foi 
primeiramente descrita 
na literatura científica 
em 1922, por Emil 
Werner e James Bell 
Galega officinalis
ESTRUTURA QUIMICA 
BIGUANIDA CLORIDRATO DE 
METFORMINA 
Estrutura Química do Cloridrato de 
Metformina 
Fonte:USP, 2005 
Estrutura Química da Biguanida 
Fonte: USP, 2005
FARMACOCINÉTICA 
ABSORÇÃO 
Metformina é lenta e 
incompletamente 
absorvida pelo trato 
gastrointestinal, 
especialmente pelo 
intestino delgado: a 
absorção é completa 
em 6 horas.
FARMACOCINÉTICA 
DISTRIBUIÇÃO 
A metformina 
distribui-se pelos 
eritrócitos.
•http://www.news-medical.net/health/Metformin-History-(Portuguese).aspxdispoivel em 1111//1100//22001144 ààss 1144::3322.. 
FARMACOCINÉTICA 
METABOLIZAÇÃO
FARMACOCINÉTICA 
EXREÇÃO
MECANISMO DE AÇÃO
INDICAÇÕES 
SINDROME DO OVÁRIO 
POLICISTICO 
METFORMINA E O 
HIRSUTISMO
INDICAÇÕES 
METFORMINA E A REGULARIZAÇÃO 
DO CICLO MENSTRUAL DIABETES MELLITUS TIPO II
A metformina é apresentada em comprimidos de 500 e 850mg e de 1g e a dose 
máxima a ser utilizada é de 2,5g/dia, embora na literatura haja relato de uso de 
até 3g, sempre administrada após as refeições para minimizar os efeitos 
Cloridrato de metformina 500 mg - Genérico EMS 
Fonte:http://www.iceu.com.br/noticiasDetalhes.asp?id=1633 
Cloridrato de Metformina 1 g, 850 mg, 500 mg – Referencial 
MerckFonte:http://www.shopmania.com.br/saude-beleza-produtos- 
medicais/p-glifage-500-mg-c- 
gastrointestinais
EFEITOS ADVERSOS 
O efeito adverso 
mais freqüente 
desta droga, em 
torno de 20% dos 
casos,é a 
intolerância 
gastrointestinal. 
http://adassu.blogspot.com.br/2010_04_01_archive.html
CONTRA INDICAÇÕES 
A metformina apresenta contra-indicações 
tais como: diabetes 
mellitus 
com tendência à cetose; infecções 
severas, traumatismos e 
cirurgias; complicações 
crônicas do diabetes (nefropatia e 
retinopatia); insuficiência renal 
de qualquer 
etiologia; hepatopatia entre 
outras
Os medicamentos listados a seguir, de acordo com referência , 
podem interagir com a metformina: 
furosemida, amilorida, tiazida, cimetidina, 
nifedipino,digoxina, morfina, procainamida, quinidina, 
quinino, ranitidina, triamt, estrogêniosereno,trimetropina, 
vancomicina, contraceptivos estrógenos, isoniazida,niacina, 
fenotiazina, fenitoína, agentes simpaticomiméticos, 
hormônios tireoideanos,clofibrato, inibidores da 
monoaminooxidase, probenecida, propranolol, 
rifabutina,rifampicina, salicilatos, sulfonamidas, 
sulfoniluréias.
Alunos: 
Élida Santos 
Fábio Ribeiro 
Priscila Ianne 
Natália Lima 
Thalita Nohana
http://www.news-medical.net/health/Metformin-History- 
(Portuguese).aspx dispoivel em 11/10/2014 às 14:32. 
http://pt.slideshare.net/TCC_FARMACIA_FEF/metformina-14170750 
Disponível em 11/10/2014

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaAula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaMauro Cunha Xavier Pinto
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISpauloalambert
 
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)Jucie Vasconcelos
 
Antifúngicos
Antifúngicos Antifúngicos
Antifúngicos dapab
 
Tecnologia de Comprimidos Revestidos e Drágeas
Tecnologia de Comprimidos Revestidos e DrágeasTecnologia de Comprimidos Revestidos e Drágeas
Tecnologia de Comprimidos Revestidos e DrágeasGuilherme Becker
 
Aula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - AntineoplásicosAula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - AntineoplásicosMauro Cunha Xavier Pinto
 
Fisiologia diabetes mellitus
Fisiologia diabetes mellitusFisiologia diabetes mellitus
Fisiologia diabetes mellitusEduarda P.
 
introdução à farmacologia
 introdução à farmacologia introdução à farmacologia
introdução à farmacologiaJaqueline Almeida
 
Aula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacos
Aula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacosAula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacos
Aula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacosMauro Cunha Xavier Pinto
 
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de FármacosAula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de FármacosMauro Cunha Xavier Pinto
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Jaqueline Almeida
 
Código de ética da profissão farmacêutica
Código de ética da profissão farmacêuticaCódigo de ética da profissão farmacêutica
Código de ética da profissão farmacêuticaMarcelo Polacow Bisson
 

Mais procurados (20)

Farmacodinâmica
FarmacodinâmicaFarmacodinâmica
Farmacodinâmica
 
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaAula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
 
Aula - SNC - Antipsicóticos
Aula -  SNC - AntipsicóticosAula -  SNC - Antipsicóticos
Aula - SNC - Antipsicóticos
 
01 intro biofarmácia
01 intro biofarmácia01 intro biofarmácia
01 intro biofarmácia
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
 
Farmacologia 2 introdução a farmacocinética
Farmacologia 2 introdução a farmacocinéticaFarmacologia 2 introdução a farmacocinética
Farmacologia 2 introdução a farmacocinética
 
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
 
Antifúngicos
Antifúngicos Antifúngicos
Antifúngicos
 
Tecnologia de Comprimidos Revestidos e Drágeas
Tecnologia de Comprimidos Revestidos e DrágeasTecnologia de Comprimidos Revestidos e Drágeas
Tecnologia de Comprimidos Revestidos e Drágeas
 
Introdução à farmacologia
Introdução à farmacologiaIntrodução à farmacologia
Introdução à farmacologia
 
Aula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - AntineoplásicosAula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
 
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e HipnóticosAula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
 
Fisiologia diabetes mellitus
Fisiologia diabetes mellitusFisiologia diabetes mellitus
Fisiologia diabetes mellitus
 
introdução à farmacologia
 introdução à farmacologia introdução à farmacologia
introdução à farmacologia
 
Aula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacos
Aula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacosAula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacos
Aula - Farmacologia básica - Eliminação de fármacos
 
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de FármacosAula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
 
Farmacologia geral
Farmacologia geralFarmacologia geral
Farmacologia geral
 
Antineoplásicos
AntineoplásicosAntineoplásicos
Antineoplásicos
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
 
Código de ética da profissão farmacêutica
Código de ética da profissão farmacêuticaCódigo de ética da profissão farmacêutica
Código de ética da profissão farmacêutica
 

Destaque

Agentes antidiábeticos orais
Agentes antidiábeticos oraisAgentes antidiábeticos orais
Agentes antidiábeticos oraisLuna Jeannie
 
Hipoglicemiantes orais
Hipoglicemiantes oraisHipoglicemiantes orais
Hipoglicemiantes oraisVanessa Cunha
 
Trabalho Conclusão de Curso Michel Fernando Moesch
Trabalho Conclusão de Curso Michel Fernando MoeschTrabalho Conclusão de Curso Michel Fernando Moesch
Trabalho Conclusão de Curso Michel Fernando MoeschMichel Moesch
 
Metformin and other antidiabetic agents in renal failure
Metformin and other antidiabetic agents in renal failureMetformin and other antidiabetic agents in renal failure
Metformin and other antidiabetic agents in renal failureEduardo Tibali
 
Guia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufc
Guia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufcGuia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufc
Guia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufcquesic
 
Metodologia trabalhos acadêmicos
Metodologia trabalhos acadêmicosMetodologia trabalhos acadêmicos
Metodologia trabalhos acadêmicosjanainacoutinho1986
 
Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)
Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)
Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)Eduardo Tibali
 
05 anti diabeticos-orais
05 anti diabeticos-orais05 anti diabeticos-orais
05 anti diabeticos-oraisorlq
 
Paciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemiaPaciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemiaGabriella Lourenço
 
Biguanidas
BiguanidasBiguanidas
BiguanidasNadli
 
Antidepresivos y biguanidas
Antidepresivos y biguanidasAntidepresivos y biguanidas
Antidepresivos y biguanidasLRMZ
 
Mecanismos moleculares de la metformina
Mecanismos moleculares de la metforminaMecanismos moleculares de la metformina
Mecanismos moleculares de la metforminaJusto Luis
 
Revisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes MellitusRevisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes MellitusCassyano Correr
 
NUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERAL
NUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERALNUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERAL
NUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERALElyda Santos
 

Destaque (18)

Agentes antidiábeticos orais
Agentes antidiábeticos oraisAgentes antidiábeticos orais
Agentes antidiábeticos orais
 
Hipoglicemiantes orais
Hipoglicemiantes oraisHipoglicemiantes orais
Hipoglicemiantes orais
 
Farmacos antidiabeticos
Farmacos antidiabeticosFarmacos antidiabeticos
Farmacos antidiabeticos
 
Trabalho Conclusão de Curso Michel Fernando Moesch
Trabalho Conclusão de Curso Michel Fernando MoeschTrabalho Conclusão de Curso Michel Fernando Moesch
Trabalho Conclusão de Curso Michel Fernando Moesch
 
Metformin and other antidiabetic agents in renal failure
Metformin and other antidiabetic agents in renal failureMetformin and other antidiabetic agents in renal failure
Metformin and other antidiabetic agents in renal failure
 
Guia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufc
Guia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufcGuia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufc
Guia de normalização de trabalhos acadêmicos da ufc
 
Metformina
MetforminaMetformina
Metformina
 
Metodologia trabalhos acadêmicos
Metodologia trabalhos acadêmicosMetodologia trabalhos acadêmicos
Metodologia trabalhos acadêmicos
 
Tratamento do diabetes mellitus
Tratamento do diabetes mellitusTratamento do diabetes mellitus
Tratamento do diabetes mellitus
 
Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)
Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)
Inibidores do sglt 2 (hipoglicemiantes orais)
 
05 anti diabeticos-orais
05 anti diabeticos-orais05 anti diabeticos-orais
05 anti diabeticos-orais
 
Paciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemiaPaciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemia
 
Biguanidas
BiguanidasBiguanidas
Biguanidas
 
Antidepresivos y biguanidas
Antidepresivos y biguanidasAntidepresivos y biguanidas
Antidepresivos y biguanidas
 
Mecanismos moleculares de la metformina
Mecanismos moleculares de la metforminaMecanismos moleculares de la metformina
Mecanismos moleculares de la metformina
 
Revisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes MellitusRevisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes Mellitus
 
Seminário diabetes mellitus
Seminário diabetes mellitusSeminário diabetes mellitus
Seminário diabetes mellitus
 
NUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERAL
NUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERALNUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERAL
NUTRIÇÃO PARENTERAL E NUTRIÇÃO ENTERAL
 

Semelhante a Metformina propriedades

Metformina tudo o que você precisa saber! controle da diabetes brasil
Metformina  tudo o que você precisa saber!   controle da diabetes brasilMetformina  tudo o que você precisa saber!   controle da diabetes brasil
Metformina tudo o que você precisa saber! controle da diabetes brasilControledaDiabetesBr
 
farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...
farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...
farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...DarlenyPereira1
 
Estrogênos e progestogênios
Estrogênos e progestogêniosEstrogênos e progestogênios
Estrogênos e progestogêniosMoniele Tavares
 
Grandes sindromes geriatricas
Grandes sindromes geriatricasGrandes sindromes geriatricas
Grandes sindromes geriatricasSilvano de Souza
 
Antibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp Portuguese
Antibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp PortugueseAntibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp Portuguese
Antibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp PortugueseClaudio Pericles
 
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...Sandra Lago Moraes
 

Semelhante a Metformina propriedades (12)

Metformina tudo o que você precisa saber! controle da diabetes brasil
Metformina  tudo o que você precisa saber!   controle da diabetes brasilMetformina  tudo o que você precisa saber!   controle da diabetes brasil
Metformina tudo o que você precisa saber! controle da diabetes brasil
 
Biguanidas
BiguanidasBiguanidas
Biguanidas
 
Biguanidas
BiguanidasBiguanidas
Biguanidas
 
Sibutramina finalizado
Sibutramina finalizadoSibutramina finalizado
Sibutramina finalizado
 
farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...
farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...
farmacologia macrolídeos slaids sobre osantibioticos mais utilizado na farmac...
 
Guia injetaveis
Guia injetaveisGuia injetaveis
Guia injetaveis
 
Antibioticos Aminoglicosídeos/ Sulfas+Trimetropim
Antibioticos   Aminoglicosídeos/ Sulfas+TrimetropimAntibioticos   Aminoglicosídeos/ Sulfas+Trimetropim
Antibioticos Aminoglicosídeos/ Sulfas+Trimetropim
 
Estrogênos e progestogênios
Estrogênos e progestogêniosEstrogênos e progestogênios
Estrogênos e progestogênios
 
Grandes sindromes geriatricas
Grandes sindromes geriatricasGrandes sindromes geriatricas
Grandes sindromes geriatricas
 
Antibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp Portuguese
Antibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp PortugueseAntibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp Portuguese
Antibiotic Therapy Uses Of Stx Plus Tmp Portuguese
 
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
Influência de polimorfismos genéticos do citocromo P450 de pacientes com mal...
 
186 1
186 1186 1
186 1
 

Mais de Elyda Santos

Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01
Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01
Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01Elyda Santos
 
Apresentação biofísica da radioatividade
Apresentação biofísica da  radioatividadeApresentação biofísica da  radioatividade
Apresentação biofísica da radioatividadeElyda Santos
 
SEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOS
SEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOSSEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOS
SEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOSElyda Santos
 
Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)
Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)
Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)Elyda Santos
 
SEMINÁRIO DE PSICOLOGIA
SEMINÁRIO DE PSICOLOGIASEMINÁRIO DE PSICOLOGIA
SEMINÁRIO DE PSICOLOGIAElyda Santos
 
CONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXO
CONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXOCONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXO
CONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXOElyda Santos
 

Mais de Elyda Santos (6)

Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01
Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01
Biofisicaradioterapia 1-140323085058-phpapp01
 
Apresentação biofísica da radioatividade
Apresentação biofísica da  radioatividadeApresentação biofísica da  radioatividade
Apresentação biofísica da radioatividade
 
SEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOS
SEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOSSEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOS
SEMINÁRIO SOBRE COLETA DE DADOS
 
Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)
Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)
Seminario MENSURAÇÃO ( SAE)
 
SEMINÁRIO DE PSICOLOGIA
SEMINÁRIO DE PSICOLOGIASEMINÁRIO DE PSICOLOGIA
SEMINÁRIO DE PSICOLOGIA
 
CONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXO
CONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXOCONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXO
CONTROLE E FORMAS DE TRATAMENTO DO LIXO
 

Último

REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
Teorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulao
Teorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulaoTeorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulao
Teorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulaoEduardoBarreto262551
 
Sistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.ppt
Sistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.pptSistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.ppt
Sistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.pptMrciaVidigal
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...
NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...
NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...LuisCSIssufo
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
O Modelo Atômico de Dalton - Carlos Vinicius
O Modelo Atômico de Dalton - Carlos ViniciusO Modelo Atômico de Dalton - Carlos Vinicius
O Modelo Atômico de Dalton - Carlos ViniciusVini Master
 
Geologia Marinha - Variação do Nível do Mar
Geologia Marinha - Variação do Nível do MarGeologia Marinha - Variação do Nível do Mar
Geologia Marinha - Variação do Nível do MarGabbyCarvalhoAlves
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro anoRevisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro anoAlessandraRaiolDasNe
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 

Último (18)

REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
 
Teorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulao
Teorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulaoTeorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulao
Teorias da Evolução e slides sobre darwnismo e evoulao
 
Sistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.ppt
Sistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.pptSistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.ppt
Sistema _ Endocrino_ hormonios_8_ano.ppt
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...
NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...
NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
O Modelo Atômico de Dalton - Carlos Vinicius
O Modelo Atômico de Dalton - Carlos ViniciusO Modelo Atômico de Dalton - Carlos Vinicius
O Modelo Atômico de Dalton - Carlos Vinicius
 
Geologia Marinha - Variação do Nível do Mar
Geologia Marinha - Variação do Nível do MarGeologia Marinha - Variação do Nível do Mar
Geologia Marinha - Variação do Nível do Mar
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro anoRevisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 

Metformina propriedades

  • 1. BBIIGGUUAANNIIDDAASS GRADUAÇÃO P4 – P8 João Pessoa 2014
  • 2. INTRODUÇÃO História da Metformina Estrutura Química Farmacocinética Mecanismo de Ação Indicações Posologia Efeitos Adversos Contra- Indicações Interações Medicamentosas
  • 3. HISTÓRIA DA METFORMINA Metformina foi primeiramente descrita na literatura científica em 1922, por Emil Werner e James Bell Galega officinalis
  • 4. ESTRUTURA QUIMICA BIGUANIDA CLORIDRATO DE METFORMINA Estrutura Química do Cloridrato de Metformina Fonte:USP, 2005 Estrutura Química da Biguanida Fonte: USP, 2005
  • 5. FARMACOCINÉTICA ABSORÇÃO Metformina é lenta e incompletamente absorvida pelo trato gastrointestinal, especialmente pelo intestino delgado: a absorção é completa em 6 horas.
  • 6. FARMACOCINÉTICA DISTRIBUIÇÃO A metformina distribui-se pelos eritrócitos.
  • 10. INDICAÇÕES SINDROME DO OVÁRIO POLICISTICO METFORMINA E O HIRSUTISMO
  • 11. INDICAÇÕES METFORMINA E A REGULARIZAÇÃO DO CICLO MENSTRUAL DIABETES MELLITUS TIPO II
  • 12. A metformina é apresentada em comprimidos de 500 e 850mg e de 1g e a dose máxima a ser utilizada é de 2,5g/dia, embora na literatura haja relato de uso de até 3g, sempre administrada após as refeições para minimizar os efeitos Cloridrato de metformina 500 mg - Genérico EMS Fonte:http://www.iceu.com.br/noticiasDetalhes.asp?id=1633 Cloridrato de Metformina 1 g, 850 mg, 500 mg – Referencial MerckFonte:http://www.shopmania.com.br/saude-beleza-produtos- medicais/p-glifage-500-mg-c- gastrointestinais
  • 13. EFEITOS ADVERSOS O efeito adverso mais freqüente desta droga, em torno de 20% dos casos,é a intolerância gastrointestinal. http://adassu.blogspot.com.br/2010_04_01_archive.html
  • 14. CONTRA INDICAÇÕES A metformina apresenta contra-indicações tais como: diabetes mellitus com tendência à cetose; infecções severas, traumatismos e cirurgias; complicações crônicas do diabetes (nefropatia e retinopatia); insuficiência renal de qualquer etiologia; hepatopatia entre outras
  • 15. Os medicamentos listados a seguir, de acordo com referência , podem interagir com a metformina: furosemida, amilorida, tiazida, cimetidina, nifedipino,digoxina, morfina, procainamida, quinidina, quinino, ranitidina, triamt, estrogêniosereno,trimetropina, vancomicina, contraceptivos estrógenos, isoniazida,niacina, fenotiazina, fenitoína, agentes simpaticomiméticos, hormônios tireoideanos,clofibrato, inibidores da monoaminooxidase, probenecida, propranolol, rifabutina,rifampicina, salicilatos, sulfonamidas, sulfoniluréias.
  • 16.
  • 17. Alunos: Élida Santos Fábio Ribeiro Priscila Ianne Natália Lima Thalita Nohana
  • 18. http://www.news-medical.net/health/Metformin-History- (Portuguese).aspx dispoivel em 11/10/2014 às 14:32. http://pt.slideshare.net/TCC_FARMACIA_FEF/metformina-14170750 Disponível em 11/10/2014