4 5 estagios da gestacao

163 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4 5 estagios da gestacao

  1. 1. COMO OCORRE A GRAVIDEZ? Geralmente uma vez ao mês, o ovário da mulher libera um óvulo (ovulação) que é captado pelas trompas uterinas (antes conhecidas como Trompas de Falópio). Se encontrar os espermatozóides (em cada ejaculação, o homem libera milhões deles), é possível que um deles se una com o óvulo, e com a fusão de ambos, formar- se-á o embrião. A isto chamamos fecundação (do óvulo) e é o momento da "concepção"... Lembre-se que nem sempre um espermatozóide fecundará um óvulo, pois é necessário, antes de tudo, que a mulher esteja em seu período fértil, que nenhum dos parceiros sejam estéreis, que o(s) óvulo(s) e o(s) espermatozóide(s) estejam em boas condições etc.. Após a fecundação, o óvulo passa a se chamar “ovo-zigoto”, ou simplesmente “ovo”, ou “zigoto” e, caso se fixe no útero, inicia-se a gestação... A FORMAÇÃO DE GÊMEOS: ESTÁGIOS DA GESTAÇÃO A gravidez é uma incrível jornada. A cada semana, o bebê entra em um novo estágio de desenvolvimento. O acompanhamento de cada fase é necessário e torna a jornada muito mais pessoal e íntima.
  2. 2. A gravidez (Fertilização): O espermatozóide fertiliza o óvulo no período da ovulação (expulsão do óvulo do ovário), o que ocorre entre um ciclo menstrual e outro. Somente um sptz (espermatozóide) fecunda o óvulo: o sexo masculino ou feminino do bebê é determinado neste momento. Uma vez ocorrida a fertilização, a célula óvulo+sptz, denominada zigoto, começa a se dividir em muitas células, o que inicia o desenvolvimento dos vários tecidos e órgãos. Neste período, o bebê em desenvolvimento denomina-se embrião. O embrião se prende à parede do útero aproximadamente 6 dias após a fertilização. Final da Semana 2 O sistema circulatório da mãe inicia o envolvimento do embrião; ele irá se conectar com veias que o embrião forma para desenvolver a placenta. O embrião (estrutura oval à esquerda) está imerso dentro da cavidade amniótica e está conectado ao saco vitelino (estrutura oval à direita). O saco vitelino auxilia o envio de nutrientes ao embrião e favorece o desenvolvimento das veias sanguíneas. Final da Semana 3 Desenvolvimento adicional do sistema de fornecimento de sangue da mãe. O saco vitelino aumentou, mas ainda é muito pequeno para ser visto (isto poderá ocorrer até depois da Semana 20). O desenvolvimento primitivo do embrião pode ser visto dentro da cavidade amniótica. Neste ponto, um coração já começou a se formar (visto na ponta direita do embrião), e o cérebro está começando a se formar logo acima do "coração". Final da Semana 4 No início da Semana 4, o coração do embrião produz uma grande saliência no "tórax" e começa a bombear sangue. A cabeça do embrião é bastante grande comparada ao restante do corpo. Uma pequena cauda ainda está presente, e a mesma encolhe continuamente até desaparecer dentro das próximas 2 ou 3 semanas. Também já estão presentes pequenos braços; as pernas começam a ficar visíveis no final desta semana, quando os olhos e orelhas também podem ser identificados. No final da 4ª Semana, o embrião tem menos de 4 mm. Final da Semana 5 As mudanças no embrião em desenvolvimento são menores durante esta semana. A cabeça continua a aumentar devido ao rápido crescimento do cérebro; e a cauda diminui. Os braços e as pernas têm formato de nadadeiras. No final da Semana 5, o embrião ainda tem menos de 1,5 cm. Final da Semana 8 Entre as Semanas 5 e 8, o embrião começa a tomar a forma final. Dedos começam a se formar durante a 6ª Semana, e braços e pernas desenvolvem cotovelos e joelhos no final da 8ª Semana. O nariz também já pode ser distinguido, mas o sexo do embrião ainda não pode ser identificado visivelmente. No final da Semana 8, o embrião está um pouco maior que 2,5 cm. Final da Semana 10 Da Semana 9 em diante, o bebê passa a ser denominado feto. Durante a Semana 9, os órgãos sexuais desenvolvem características masculinas ou femininas, mas o sexo da criança ainda não poderá ser identificado por ultrassom até várias semanas depois. Todos os órgão já começaram a se formar na Semana 9; eles continuam a crescer e se desenvolver durante toda a gravidez. O feto agora cresce rapidamente e já terá quase 6,5cm ao fim da Semana 10. O nascimento (40ª semana) Durante o 2° e 3° trimestre, todos os principais órgão do corpo continuam a se desenvolver até o nascimento. A data esperada para o parto é 38 semanas após a fertilização, ou 40 semanas após o último período menstrual. Os fatores que iniciam o trabalho de parto ainda não são completamente entendidos, mas muitos hormônios estão associados ao início das contrações. O primeiro estágio do parto é a dilatação do cérvix, seguida do nascimento do bebê e eliminação da placenta, uns 15 min depois. Adaptado de: www.saudeinformacoes.com.br

×