E nsantidade edição 2

628 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

E nsantidade edição 2

  1. 1. Ano 1, Edição 2 – Outubro/Novembro/Dezembro de 2010 ESTE ENSANTIDADE É UM VEÍCULO DE INFORMAÇÕES DAS EQUIPES DE NOSSA SENHORA DA REGIÃO GOIÁS CENTRONome do Jornal: ENSantidade Pe. David de Paiva Silva - SCE EQ. 5-A“C omo cristãos casados, somos chama- tivo essencial das ENS é ajudar os casais a cami- dos à santidade. Para nós, não é um simples chamamento individual,mas um caminho que é preciso percorrer juntos. nhar para a santidade. Nem mais, nem menos”. O informativo regional é um veículo de comu- nicação interna que visa à formação e informa- AdventoEis a grande descoberta da espiritualidade ção de seus membros, complementando a Estamos caminhando para o final de maisconjugal: Os dois amores, amor conjugal e amor proposta de formação permanente sugerida um ano litúrgico. No dia 21/11 em nossas li-de Deus, conjugam-se e todas as exigências da pelo movimento. turgias dominicais estaremos celebrando avida cristã podem ser vividas em casal. A santi- Buscar a santidade não é algo assim tão sim- solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo - Reidade no casamento consiste em aprender a ples, é preciso que sejamos mais exigentes na vi- do Universo. No domingo seguinte, 28/11,viver uma atitude de “para ti” e em vez de “para vência do nosso carisma, pois só pela fé e iremos iniciar um novo Ano Litúrgico, cele-mim”. Marido e mulher são um sinal “sacra- entrega total a Deus se pode atingir esta reali- brando o primeiro domingo do Advento. Estemento” do amor de Deus. Um para outro e os dade profunda. Por isso acreditamos que a vida tempo compõe-se de quatro semanas emdois juntos para os filhos e para o mundo.”(Pe. de equipe, e mais particularmente a partilha, preparação ao Natal do Menino-Deus.Henri Caffarel). pode ser um meio fundamental para a nossa ca- É tempo de espera e esperança, de aten- A escolha do nome ENSantidade para o jor- minhada conjugal rumo à santidade. ção e vigilância, de alegre chegada e amorosanal da nossa Região, foi inspirada nas palavras acolhida. E, hoje, esperar a chegada do Se-do nosso fundador, Pe. Henri Caffarel, “o obje- Lázara e Edison, Equipe 3 A nhor é aguçar nossa sensibilidade para captar os inúmeros sinais da manifestação de Deus em nosso tempo, ainda tão conturbado, e emPalavra do Regional nossa realidade humana, ainda tão de- sumana e sofrida. É intensificar nosso desejo Queridos irmãos equipistas que a paz de Cristo de felicidade plena, de relações fraternas, ver-Jesus esteja com todos! dadeiras e duradouras, de justiça e paz. É afir- Com a graça de Deus, estamos juntos com a mar profeticamente a esperança, superandomaior humildade e perseverança, buscando colocar todo o pessimismo e desencanto que possamcom muito carinho, esta que é a segunda edição do abater. É apressar com nosso empenho cora-jornal de nossa casula, mas muito querida Região joso e testemunho diário, a presença doGoiás Centro. Reino de Deus, abrindo-nos e nos entre- Gostaríamos de agradecer desde já o carinho gando ao projeto de Vida e vida em abundân-com que todos enviaram os nomes para a escolha cia como nos propõe Jesus Cristo (Jo 10,10).de mais um veículo de unidade de nosso movi- A palavra de Deus através do profeta mes-mento. É isso que esperamos do jornal que há siânico Isaías, nos exorta: “Preparai os cami-muito tempo era o sonho da maioria dos casais. nhos do Senhor. Nivelem-se todos os vales,Falamos com muita alegria que ele sempre será vim para ser servido, mas para servir”. rebaixem-se todos os montes e colinas, endi-feito por todos nós equipistas. Evidentemente os casais, ao escolherem aquele reite-se o que é torto e alisem-se as aspere- Conforme o calendário das ENS, outubro é o mês que exercerá a responsabilidade somam-se ao esco- zas.” (Isaías 40, 3-4).em que se realiza a eleição do casal responsável de lhido para ajudá-lo na missão confiada. (Reunidos Este tempo nos chama à conversão, mu-equipe (CRE). Trata-se de um evento de suma impor- em nome de Cristo, 03) dança de atitudes. O que precisa endireitartância para a vida da equipe. Os eleitos exercerão du- E logo em seguida no mês de novembro realiza- em sua vida? Permita que a palavra de Deusrante o próximo ano a missão de serviço, talvez a se a reunião de balanço, momento este, de extrema possa iluminar o seu caminho e provocar omais importante dentro do movimento. No intuito importância, pois é o momento de parar e refletir nascimento de Deus nos seus gestos, na suade ajudar a reflexão de nossos irmãos de equipe es- sobre como estamos, pessoalmente, o casal e a vivência.colhemos um texto que poderá ajudar na hora desta equipe. É o momento de rever profundamente e com O advento nos propicia encontros comtão importante escolha. coragem aquilo que está nos impedindo de dar um personagens muito importantes para o nosso Qual é o papel do casal Responsável de equipe? passo a mais na nossa caminhada pessoal, espiritual, crescimento espiritual. João Batista foi o pre-Cada equipe é colocada sob a responsabilidade de um conjugal e familiar. Lembrando que não é feio reco- cursor. Também ele foi profeta, “e mais quede seus casais, para exercer a responsabilidade du- nhecer nossas fraquezas, mas sim omití-las. É claro profeta”, como disse Jesus (Mt 11,9). Nossarante um ano. O casal escolhido exercerá algumas que é tempo também de analisar o quanto cresce- Senhora não poderia faltar ao nosso encontrofunções de gestão e de ligação, mas é principalmente mos e quantas coisas boas conseguimos realizar. na preparação do Natal. Graças a ela foi pos-responsável pelo crescimento da caridade no interior Portanto querido irmão de equipe, temos pela sível o mistério da encarnação do verbo. Todada equipe. “O responsável não é, antes de tudo, aquele frente grandes e importantes acontecimentos do preparação do advento destina-se ao encon-que comanda, mas sim aquele que encarna o bem nosso movimento a serem vividos, então desejamos tro com a pessoa divina do Menino-Deus.comum, a unidade que daí resulta; o responsável ob- que todos vivenciem intensamente, com a graça e A esperança messiânica acalentadajetiva o bem comum da equipe, o que envolve o ver- misericórdia de Deus. pelos profetas, a mudança de vida pregadadadeiro bem de cada equipista” (J.Loew) por João Batista e a suavíssima proteção da O CRE faz, portanto, sua a frase de Cristo: “não Lú e Nelson – CRR Goiás – Centro Mãe de Deus conduzem-nos ao que há de mais importante em nossas vidas: o amor a Deus, por Jesus Cristo, daí decorrendo o NOTA DA REDAÇÃO: Foram 23 sugestões de nomes para o Jornal. Agradecemos a todos que enviaram sugestões e infor- amor ao próximo, especialmente aos mais mamos que a escolha foi difícil, porém, após ampla avaliação do Colegiado Regional, foi escolhido o nome ENSantidade. necessitados, sem o que o nosso amor seria A equipe de comunicação conta com as colaborações de cada casal e conselheiro para o aprimoramento desse veículo de incompleto. comunicação do movimento das Equipes de Nossa Senhora da Região Goiás Centro. Parabéns a todos!
  2. 2. 2 ENSANTIDADE Outubro/Novembro/Dezembro 2010“O Poderoso fez em mim Missa Mensal A Eucaristia é a consagração do pão nomaravilhas e Santo é o Seu Nome...” Corpo de Cristo e do vinho em seu Sangue que renova mística e sacramentalmente o sacrifício de Jesus na cruz. A Eucaristia éH á pouco mais de dez anos eu Não sabíamos que tão próximo, amor de Deus e das orações incon- Jesus real e presente no pão e no vinho que e Robson decidimos retornar caminharíamos junto à dor, sofri- táveis de tantos amigos. Agradeço a o sacerdote consagra. Isto se chama o misté- nossa vida com Deus. De en- mento e a morte. Manifestou então todos os equipistas que intercede- rio da transubstanciação. O que muda é acontros, reuniões, buscas, Jesus nos no Robson um câncer, que se- ram por nós. De modo particular, à substância do pão e do vinho; os elementospresenteou com uma fórmula per- gundo o médico, ele teria dois minha equipe “Mãe do Perpétuo – forma, cor, sabor, etc. – permanecemfeita de caminhar para a Santidade. meses de vida. O Senhor foi gene- Socorro”, não por ter caminhado iguais.Inflamou em nossos corações o de roso, concedeu-lhe quase três conosco, mas por ter nos levado no As missas mensais são para os equipistassejo de pertencer ao Movimento das anos, sustentando-nos na fé, na es- colo. Ao Pe. Osvaldo pelo conforto o Encontro e a Comunhão dos casais deEquipes de Nossa Senhora. perança e na caridade manifestada e por nos ter revelado tantas vezes todas as equipes, que na Celebração Eucarís- Iniciamos nossa caminhada ale- por tantos Cireneus. a face de Cristo. Que Nossa Senhora tica vão também buscar novas forças e abas-gres, confiantes que seguindo os Pon- Fomos sustentados pelas ora- nos ajude sempre a renovar nosso tecimento para sua formação. Ao mesmotos Concretos de Esforço (PCE) ções, pela presença, carinho e com- “sim”. tempo em que, com toda alegria e o carinho,chegaríamos quando bem velhinhos, paixão. Foram muitas graças Copiando Pe. Fábio de Melo ouso próprio de cada cristão engajado, vão sequem sabe, à Santidade. As reuniões alcançadas, portas abertas que dizer: “É possível crescer nesta hora, confraternizar com os irmãos do Movi-alegres, bem direcionadas pelo nosso antes que conhecêssemos nossa ne- mesmo quando o que amamos foi mento. Muitas vezes em torno de uma mesaconselheiro e por casais com tanta cessidade, a Mãe do Perpétuo So- embora. A saudade eterniza a pre- com doces, biscoitos, sucos e refrigerantesexperiência, foram nos levando ao corro já tinha passado na frente. sença de quem se foi, com o tempo esta após a celebração, onde ocorre o estreitata-primeiro amor. Descobrimos a ale- Conhecemos a providência Divina. dor se aquieta, se transforma em silên- mento dos laços de amizade, irmandade egria da partilha, da coparticipação, do Foram muitos milagres. A maior cio que espera, pelos braços da vida unidade do Movimento.amor mútuo, da responsabilidade graça que Deus concedeu ao Rob- um dia reencontrar.” As missas mensais são realizadas em di-cristã, da fidelidade ao projeto de son foi a de não sentir a dor aluci- A todos equipistas, Deus lhes ferentes paróquias, de acordo com a equipeDeus em nossas vidas. O estudo do nante que o câncer provoca num pague! organizadora do mês. Quando celebrada aostema de cada ano enchia nossas taças estágio tão avançado. Foi um sofri- casais equipistas e convidados, a celebraçãode esperança, fé, fraternidade, desejo mento resignado, silencioso. Com Greicy do Robson, é de formação, ou seja, evidenciando ao En-de servir. certeza fruto da sua fidelidade ao Equipe 02 – Setor Anápolis contro e a Comunhão uma íntima ligação com os PCEs, a pertença ao movimento, bem como um momento forte de interiorização espiritual. Quando celebrada junto com a comunidade a equipe também participa deRetiro: momento de afinação espiritual todos os momentos da celebração o que se torna também uma oportunidade para a di- A fragilidade da vida humana musical acaba por desafiná-lo, o criador de um instrumento deve vulgação do Movimento.nos dias de hoje tem se acentuado. obrigando-o, de tempos em tem- ser aquele que melhor faz sua afi- Em nosso momento de aprofundamentoMesmo entre os casais cristãos há pos, a encontrar a justa afinação nação. Como filhos de Deus, mú- realizado dia 25.08.10, conduzido pelouma grande influência da cultura, para que seu instrumento conti- sicos da vida e instrumentos de Conselheiro Espiritual do Setor Anápolis,do individualismo e das outras nue produzindo os melhores sons. seu louvor e glorificação, devemos Padre Luiz Lemos, foi evidenciado a necessi-manifestações anti-cristãs da A proposta do retiro anual das ENS nos afinar conforme o desejo de dade de participação dos casais na vida doatualidade. Os movimentos ecle- é semelhante. nosso Criador. Por isso, o retiro é o movimento e principalmente das missassiais, cada vez mais, têm visto O retiro, dentro da mistago- momento oportuno para abrir mensais.essas realidades entrarem no pro- gia das ENS (PCEs), surge como nossa vontade para que ela seja Como equipistas responsáveis e com-cesso de crescimento espiritual de um momento de afinação e re- afinada à vontade de Deus. prometidos com o movimento e seus caris-seus membros. Mas, a solução não novação espiritual, pois os ins- Tendo Maria como patrona mas, não podemos deixar de participarestá longe deles, está bem perto, trumentos da vida e do viver a das ENS, somos muito mais que ativamente desses eventos. É bom lembrarprecisando ser saboreada, vivida, dois precisam produzir o melhor agraciados. Ela é o maior exemplo que, para a realização dos eventos existe oencarada por cada um com res- som: a santidade. de afinação espiritual, pois, com trabalho abnegado e disponível de umaponsabilidade. Deus Pai, a cada retiro, nos sua mística, Maria moldou a rea- equipe responsável, que não mede sacrifí- Há mais de dez anos acom- coloca em seu colo, como pes- leza dos céus nas intempéries da cios nem esforços para sua preparação epanho as ENS. Quando ainda era soa e como casal, e propicia, no vida e no serviço aos mais neces- realização.seminarista, pude notar que mui- exemplo de Jesus e na força do sitados, como, depois, seu Filho Lembramos também que os sacerdotestos casais equipistas não descobri- Espírito Santo, uma nova afina- fez em plenitude, com sua morte e responsáveis por todos esses eventos, ape-ram o valor do retiro anual ção, remodela-nos para que che- ressurreição. sar de tempo tomado por suas obrigaçõesproposto pelo movimento. E se o guemos a felicidade e possamos Mas ainda alguém poderia nas paróquias e nas Igrejas, não medem es-fazem, não aproveitam toda a dizer como São Paulo: já não sou perguntar, para que tudo isso? O forços no cuidadoso preparo de suas prega-graça de Deus que emana desses eu que vivo em mim (já não dia-a-dia é a resposta que Deus ções, como prova de amor pelo nossomomentos. Assim, queridos ami- somos nós que vivemos o nosso quer de nós. Ele nos quer felizes! movimento e por todos os equipistas. Nãogos de Goiânia, venho propor matrimônio), mas é Cristo que Amando e sendo amados, cons- é justo ver que depois de tanto trabalho ebreves momentos de reflexão para vive. (Gálatas 2,20) truindo o seu Reino, vivendo na tanto empenho haja desinteresse e falta deque todos estejamos melhor pre- Estejamos atentos ao que nos comunidade de seus filhos, a participação dos casais.parados para o retiro dos dias 30 e expressa a palavra Afinação! Todos Igreja, e produzindo frutos de jus-31 de Outubro próximo. sabemos, que o melhor som só tiça e paz. Missa mensal Anápolis Todo bom músico sabe que as pode ser produzido pelo bom mú- Maria Helena e Julio Cesarintempéries, o transporte e o pró- sico, mas que depende em tudo da Pe Marcio Tadeu Reiberti A. de Eq. 2 - Anapólisprio uso de qualquer instrumento afinação. Parece muito lógico que Camargo - SCE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SPJussara e Edemilson – Equipe 5 A Marisa e Décio – Equipe 5 A Regina e Afonso Equipe 10 B Lú e Nelson – Equipe 1 A DISTRIBUIDORA ATACADO E VAREJO DE CARNES EM GERAL REÇO OR P MEN ORES ME L H CA S M AR Praça Walter Santos, nº 172, Setor Coimbra, Goiânia-GO (62) 3293-2233
  3. 3. Outubro/Novembro/Dezembro ENSANTIDADE 3Notícias dos setores OpiniãoSetor Anápolis Mudanças Tecnológicas A cada dia as mudanças tecnológicas, de umInstituição de Ministros modo geral, estão não só influenciando como trans- formando as famílias. Novidade hoje, obsolescênciaExtraordinários da amanhã. Que maravilha o mundo moderno da te- lecomunicação, avanço na medicina, indústria eSagrada Comunhão tantas outras. Acompanhar tudo isso não deixa de ser fasci- nante. Perigoso é não controlar toda essa onda. O No dia 22 de agosto, na paróquia de São João avanço da tecnologia é inevitável. Evitável é o nossoEvangelista, foram Instituídos Ministros Extraordi- controle sobre ela.nários da Sagrada Comunhão, o casal Valéria e Ro- partilhar deste novo serviço de suprir uma necessi- O avanço tecnológico nos trouxe grandes bene-naldo que pertencem à equipe 06, Nossa Senhora dade da Igreja que é, dentre outras, a de ministrar a fícios, mas trouxe também problemas. Já pensou adas Graças. A Celebração foi presidida pelo bispo Sagrada Comunhão. A de levar a Santa Eucaristia facilidade de comunicarmos, enviar mensagem, ouDom João Wilk e pelo SCE do Setor Pe. Luiz Lemos. aos hospitais, residenciais, asilos e aonde a caridade até visualizarmos a pessoa com quem falamos aO casal está feliz em poder desempenhar esta res- cristã exigir a sua presença. Parabéns casal, por di- todo instante e de qualquer localidade. É sensacio-ponsabilidade, e o Setor se sente agraciado em com- zerem sim a mais este chamado de Deus! nal! E quando esquecemos o aparelho do celular em casa, como nos sentimos? O dia passa rápido, ou fa- zemos qualquer negócio para buscá-lo de volta?Setor Água Boa Setor A E a internet? Tudo ao nosso alcance on line! Fi- camos sem ela? A utilizamos adequadamente? Uti- lizamos em horário apropriado com melhor aproveitamento do nosso tempo? E nossos filhos? Ao menos sabemos o que acessam? Sabemos quanto custa acompanhar toda essa tecnologia? Aplicamos nossas finanças de maneira adequada ou somos escravos dela? O celular é para nos facilitar a vida ou para loca- lizar nossos filhos, esposos(as) quando queremos? Melhor seria colocar um chip neles ou um GPS, assim ficaríamos mais tranqüilos. E a nossa liber-Retiro do Setor Água Boa Experiência em Uruaçu dade, onde fica? Até mesmo a nossa fé fica abalada! A tecnologia Nos dias 14 e 15 de Agosto, realizou-se no Colé- Encerrando a experiência comunitária em julga estar descobrindo a origem do homem! É agio Jesus Maria José, um dos PCE’s de grande impor- Uruaçu, que pertence ao setor A, os casais coordena- pretensão da imortalidade humana? E o estudo dastância dentro do Movimento, o Retiro Anual. O dores Nairene/Cícero e Irene/João, apresentaram mais células tronco? Fertilização in vitro? Onde vamosPregador foi o Pe João Luiz, SCE de Equipes de Goiâ- 14 casais preparados para a pilotagem em 2011. chegar?nia, carinhosamente chamado de Joãozinho. O tema Mirian e Joel que é o Casal Responsável (CR) Maravilha a utilização de software para auxiliarabordado foi “Casamento, sacramento do dia-a-dia”. pelo Setor A, com o apoio do CR Regional Lu e Nel- pessoas com deficiência física e o controle de doen- Oração foi a principal ênfase do retiro. Quando son, estiveram presentes para repassarem infor- ças. E a televisão? Agora é hora do jornal, depois ao casal reza, esta oração deve brotar do coração e mações das equipes aos casais que ingressaram no novela, aí vem o futebol, falamos amanhã na inter-passa pela razão, ela é completa experiência amo- movimento. net, bem mais fácil. Parece que estamos brincando,rosa de Deus. A oração deve ser continua em nossa Marcaram presença no evento os padres Rodrigo mas percebemos que muitas famílias estão sendovida. Devemos trabalhar para fazer da terra um céu e Franciel, Conselheiros Espirituais das equipes 1 e 2 destruídas devido ao avanço tecnológico, que depara vivermos. Jesus nos passa através da oração en- locais. Também participaram da viagem e das reuniões certa forma nos escraviza, desumaniza, torna a re-sinamentos para enfrentarmos as tentações. A ora- formais das equipes que ligam o casal Sandra e Ado- lação mais fria, invade a privacidade.ção conjugal é o amor a dois, que deve ser feita todos niran acompanhados de suas filhas. Saber lidar com tudo isso é o nosso desafio. Par-os dias independentemente do momento que o Parabéns Uruaçu pelo desejo de expansão do mo- ticularmente o uso do computador foi um grandecasal atravessa. vimento na região. problema com o nosso filho mais velho e hoje é com o mais novo. A obsolescência da tecnologia também os influenciou num passado. Quantas vezes escutei:Setor B Pai, seu celular é ultrapassado, temos que trocá-lo por um mais moderno.Comemorações Temos a missão de controlar toda essa situação, para que não sejamos influenciados negativamentede 10 anos da equipe 2 com o avanço da tecnologia. Iara e Wildes, Equipe 5 A A Equipe 2 - Nossa Senhora das Graças, doSetor B, comemorou 10 Anos no dia 04 de Agosto.Foi realizada uma Missa em Ação de Graças, pre- Baile das ENSsidida pelo SCE PE. Jarbas da Paróquia S. Paulo No dia 18 de setembro o Setor de Água BoaApóstolo. Foram momentos de muita emoção e realizou o já tradicional baile das ENS de Águaconfraternização. Após a missa as comemorações Boa. Também foi preparado um jantar, tendo nose estenderam para uma Pizzaria. Casais: Betinha/ Neimar, Cleusa/Odilon, cardápio arroz carreteiro, preparado pelo CRS Elaine/Cesar, Iolanda/Tadeu, Odette/Higa, Mary/Onir, Maria Arani e Hunérico e demais membros doMembros da Equipe 2B: SCE: Pe. Jarbas Vânia/Ademar. Colegiado.Maria e José Queiroz Equipe 5 Água Boa Rosangela e Gean Equipe 4 Água Boa Macionila e Simplício – Equipe 3A Elaine e Sebastião – Equipe 12 A (62) 3541-6558 Rua 35, esq. c/ Rua 13, nº 1.127/294, Setor Marista. Goiânia-GO
  4. 4. 4 ENSANTIDADE Outubro/Novembro/Dezembro 2010Conheça o conselheiroDOM MANOEL PESTANA FILHO – BISPO EMÉRITO DA das ENS, Padre Caffarel, o qual tive a oportunidade deDIOCESE DE ANÁPOLIS, SACERDOTE CONSELHEIRO ESPIRITUAL conhecer, buscou a salvação para as famílias.Com clima(SCE) DA EQUIPE 1 - N.Sª. APARECIDA DO SETOR ANÁPOLIS. de guerra e insegurança, as famílias se uniram. Hoje a missão das ENS continua sendo a de formar família,D om Manuel Pestana Filho, filho de portugueses porque infelizmente nem sempre se encontra a compreen- da Ilha da Madeira, nasceu, foi batizado, cris- são desta necessidade. Se diz que a família é uma massa mado e sagrado bispo na cidade de Santos(SP). falida. Então sejam família. Vocês, que estão neste movi-Após o primário foi para o Seminário Menor em Pira- mento são pessoas privilegiadas que se abrem a Palavrapora do Bom Jesus, fez filosofia em São Paulo onde ini- de Deus. O grande desafio é conhecer o cristianismo,ciou o curso de Teologia. Estudou Licenciatura conhecer em sentido bíblico; não só conhecer intelectual-Teológica em Roma entre 1949 a 1953. Retornou para mente, mas humanamente e vitalmente. A Igreja investeo Brasil onde foi nomeado vigário paroquial de São Vi- tanto na sensibilização dos cristãos, é só ver nas igrejas oscente(SP). Trabalhou na direção de ensino religioso nas vitrais, as cerimônias, os paramentos... mas ao mesmoescolas, foi professor do Seminário e da Faculdade, tempo o importante é levar a vida. Quando Nosso Senhor Santos de devoção: Nossa Senhora, São José,além de trabalhar no Jornal Diocesano. Em 1957 ingres- diz ‘Quem são minha mãe, meus irmãos? Aquele que faz Imaculada Conceição e Santa Teresinha dosou nas Equipes de Nossa Senhora onde foi SCE de três a vontade do Pai’. A verdade é que não podemos fazer a Menino Jesus.equipes. Em 1972 foi transferido para Petrópolis(RJ) vontade do Pai sem conhecê-lo. É necessário colocar em Leituras prediletas: Santos Padres da Igreja,mas se deslocava mensalmente para a Reunião Formal Clássicos da Literatura.em Santos. Em 1979 foi sagrado bispo e transferido penho em viver o Evangelho de tal modo que possamos Comida predileta: arroz com caldo de feijão.para Anápolis, permanecendo neste serviço até 2004. ser o Evangelho para os outros. Dom Manuel afirma que se sente bem dentro do Finalizando, dom Manoel faz um apelo a todos os nossa coerência. Se tivermos um número de famíliasMovimento e que as ENS tiveram um significado muito casais equipistas: “Santo Agostinho diz que ‘O Pai é para cristãs dispostas a levar a sério a sua fé em cada paró-forte na sua vida sacerdotal. Desde 2007, Dom Manoel a Igreja doméstica como o Bispo é para a Diocese’. O quia, nós teremos muita chance de ver a Igreja crescer.é SCE da Equipe 01. mundo de amanhã será o que forem as famílias hoje. Se salvarmos a família, salvaremos o mundo e salvare- Por isso que a nossa busca é cada vez maior. A família mos a Igreja”. Dom Manoel em suas sábias palavras nos deixa uma está sendo atacada com todos os recursos da técnica mo-mensagem de fé, perseverança e coerência: “A vocês que derna. Não se preocupem tanto com o número de ca-estão nesta caminhada não se esqueçam de que no início sais.O que vai valer é a força do testemunho, a nossa fé, Maria Helena e Julio Cesar, Equipe 2 - Anápolis EXPEDIENTE JORNAL DA REGIÃO GOIÁS CENTRO Ano 1, nº 2, Out/Nov/Dez / 2010 Doações das ENS Direção: para arquidiocese 60 anos das ENS no Brasil Lu e Nelson CRR No dia 06/07 a coordenação da Região esteve na Cúria luenelson@gmail.com As equipes da região comemoraram em grande estilo os de Goiânia, juntamente com Pe. Erasmo (SCE da Região), para entregar o cheque referente a doação das ENS para a 60 anos das ENS no Brasil. No dia 11/09 os setores A e B Coordenação: formação dos padres. Como de costume, o valor foi repas- de Goiânia proporcionaram uma sensacional noite de Janaína e Rigonatto - Eq. 12-A sado para as províncias e direcionado para cada região. massas. Foi realmente uma noite aconchegante, onde rigonatto@faeg.org.br Neste semestre a Região Goiás Centro foi contemplada. A todos os convidados aproveitaram o momento para Betinha e Neimar - Eq. 2-B doação foi repassada ao Arcebispo Dom Washington Cruz confraternizarem e se deliciarem das massas que foram que com alegria agradeceu a preocupação das ENS com a preparadas com muito carinho pelos equipistas do grupo betinhaneimar@yahoo.com.br “Amigos da Massa” Eliane e Wilson - Eq. 6 - Anápolis formação, lembrando da necessidade de todos os seminá- elianebizinotto@hotmail.com rios no Brasil. Incentivou as famílias a rezarem para o au- mento de vocações sacerdotais e religiosas. Reportagem: Betinha e Neimar – Setor B Ana e Eugênio - Eq. 2 - Água Boa empossama@brturbo.com.br Tiragem 500 exemplares Encontro nacional das EJNS Paulista - SP, durante os dias 22 a dezenove jovens, das duas Equipes Editoração: Wendel Reis 25 de julho o Encontro Nacional de Goiania tiveram para partilhar, wendeldosreis@gmail.com Foi realizado na Comunidade das Equipes Jovens de Nossa Sen- confraternizar e rezar junto com os de Mariápolis em Vargem Grande hora. Este foi o momento que os demais equipistas de todo país.Luiza e Mário – Equipe 4 B Sandra e Ilson – Equipe 12 A Cida e Ebert – Equipe 12 A Mary e Onir – Equipe 2 B ESQUADRIAS EM ALUMÍNIO A LOJA MAIS (62) 3282-0929 / 3282-1599 (62) 3285-3637 mdaluminio@hotmail.com MODERNA DO CENTRO! Rua 21, nº 1.000, Jardim Rua R11, nº 603, Setor Oeste. Santo Antônio. Goiânia-GO.

×