Vida Pessoal <ul><li>Em 2009, o cantor obteve a cidadania italiana, por ser casado com Flora Giordano, neta de italianos. ...
Primeiros anos <ul><li>Nasceu no bairro do Tororó, em Salvador, na Bahía, e logo mudou ao interior do Estado em busca de u...
Carreira <ul><li>Frequentou uma academia de acordeão. Quando estava no secundário, recebeu um violão.  </li></ul><ul><li>N...
Portada de um disco de Gilberto Gil
Festivais <ul><li>A primeira apresentação de Gilberto Gil em São Paulo ocorreu em 1965, no V Festival da Balança, um festi...
Tropicalismo (1ª parte) <ul><li>Os responsáveis diretos pelo tropicalismo: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Torquato Neto, To...
Tropicalismo (2ª parte) <ul><li>Foi impressionante sua importância nesse sentido, pois, sendo o último grande movimento re...
Exílio (1ª parte) <ul><li>Gilberto Gil, um dos líderes do tropicalismo, estava entre aqueles que tiveram cerceadas suas ca...
Exílio (2ª parte) <ul><li>Seguiram para Londres, onde viveram uma de suas melhores fases, no setor artístico. Compondo em ...
Gilberto Gil em uma apresentação
Política <ul><li>Em 1989, mesmo gravando, fazendo espetáculos e se envolvendo em causas sociais, foi eleito vereador em Sa...
  Liberdade digital <ul><li>Gilberto Gil é um dos principais defensores do Software Livre e da Liberdade Digital. Em 29 de...
Gilberto Gil hoje em dia
Fontes <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Gilberto_Gil </li></ul><ul><li>Fotos de “Google images”.  </li></ul><ul><li>Ol...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gilberto passos gil moreira, oliver 3ºd.

642 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
642
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gilberto passos gil moreira, oliver 3ºd.

  1. 2. Vida Pessoal <ul><li>Em 2009, o cantor obteve a cidadania italiana, por ser casado com Flora Giordano, neta de italianos. </li></ul><ul><li>O cantor é pai da cantora Preta Gil e de Marina Morena . </li></ul>
  2. 3. Primeiros anos <ul><li>Nasceu no bairro do Tororó, em Salvador, na Bahía, e logo mudou ao interior do Estado em busca de uma vida melhor. Deste período o artista registra a influência das músicas ouvidas, sobretudo no rádio. </li></ul>
  3. 4. Carreira <ul><li>Frequentou uma academia de acordeão. Quando estava no secundário, recebeu um violão. </li></ul><ul><li>Nos anos 1970 Gil acrescentou elementos novos da música africana, norte-americana e jamaicana (Reggae). </li></ul>
  4. 5. Portada de um disco de Gilberto Gil
  5. 6. Festivais <ul><li>A primeira apresentação de Gilberto Gil em São Paulo ocorreu em 1965, no V Festival da Balança, um festival universitário de música promovido pelo Diretório Acadêmico João Mendes Jr. da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie. Trata-se da primeira gravação em disco de Gilberto Gil.  </li></ul>
  6. 7. Tropicalismo (1ª parte) <ul><li>Os responsáveis diretos pelo tropicalismo: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Torquato Neto, Tom Zé, Rogério Duprat e outros, sem dúvida alguma, deram um salto a mais na modernização da música popular, buscando formas alternativas de composição e explorando uma concepção artística de mudança radical, dentro de um clima favorável. </li></ul>
  7. 8. Tropicalismo (2ª parte) <ul><li>Foi impressionante sua importância nesse sentido, pois, sendo o último grande movimento realizado no país, deixou marcas que seriam cultivadas com o amadurecimento de seus próprios criadores e daqueles que seguiram sua linha de pensamento. </li></ul>
  8. 9. Exílio (1ª parte) <ul><li>Gilberto Gil, um dos líderes do tropicalismo, estava entre aqueles que tiveram cerceadas suas carreiras no Brasil, em seu período mais repressivo. Através de músicas de protesto e do próprio tropicalismo, lançaram a semente da conscientização e agitaram a opinião pública, sendo então enquadrados na lei de segurança nacional e expulsos do país. </li></ul>
  9. 10. Exílio (2ª parte) <ul><li>Seguiram para Londres, onde viveram uma de suas melhores fases, no setor artístico. Compondo em inglês, conquistaram facilmente o público europeu; livres da influência da repressão, puderam deixar fluir em suas composições toda liberdade de expressão a que tinham direito. Somente retornariam ao solo pátrio, em 1972, apresentando-se no programa Som Livre Exportação, declararam publicamente que continuariam trabalhando em prol da música popular brasileira. </li></ul>
  10. 11. Gilberto Gil em uma apresentação
  11. 12. Política <ul><li>Em 1989, mesmo gravando, fazendo espetáculos e se envolvendo em causas sociais, foi eleito vereador em Salvador pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Em 21 de março de 1990, filia-se ao Partido Verde (PV), como membro da Comissão Nacional Executiva. </li></ul><ul><li>Em janeiro de 2003 nomeou-se para o cargo de ministro da Cultura. </li></ul><ul><li>Permaneceu no cargo de ministro por cinco anos e meio. Deixou o ministério em 30 de julho de 2008 para voltar a dedicar-se com maior exclusividade à sua vida artística . </li></ul>
  12. 13. Liberdade digital <ul><li>Gilberto Gil é um dos principais defensores do Software Livre e da Liberdade Digital. Em 29 de janeiro de 2005, durante um debate sobre Software Livre no Fórum Social Mundial 2005, foi muito aplaudido após defender o Software Livre e a Liberdade Digital. </li></ul><ul><li>Todo esse movimento visa uma mudança de comportamento social muito maior que repensa a forma como é tratado o direito autoral hoje. </li></ul>
  13. 14. Gilberto Gil hoje em dia
  14. 15. Fontes <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Gilberto_Gil </li></ul><ul><li>Fotos de “Google images”. </li></ul><ul><li>Oliver García, 3ºD </li></ul>

×