A Lusofonía

2.498 visualizações

Publicada em

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.498
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
87
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
102
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Lusofonía

  1. 1.  É a oitava língua mais falada do planeta. O mundo lusófono (que fala português) é avaliado hoje entre 190 e 230 milhões de pessoas.
  2. 2.  É o conjunto de identidades culturais existentes em países, regiões, esta dos ou cidades falantes da língua portuguesa e por diversas pessoas e comunidades em todo o mundo.
  3. 3.  BRASIL PORTUGAL GUINNÉ-BISSAU SÃO TOMÉ E PRINCIPE CABO VERDE ANGOLA MOÇAMBIQUE TIMOR-LESTE
  4. 4.  BRASIL PORTUGAL GUINNÉ-BISSAU SÃO TOMÉ E PRINCIPE CABO VERDE ANGOLA MOÇAMBIQUE TIMOR-LESTE
  5. 5.  Firmado o espaço  teve início continental português em 1415 com a com a conquista tomada de Ceuta. do Algarve, os últimos reis da primeira dinastia dedicaram-se ao ordenamento do território nacional e promovem a língua portuguesa pelos territórios.
  6. 6.  Está geograficamente distribuída em praticamente todos os continentes do mundo . Cerca de duzentos milhões de falantes.
  7. 7.  Falada tamem em: Andorra Espanha Português oliventino (Estremadura) Galego ( Galiza) Luxemburgo Namíbia
  8. 8. Língua cultural ou secundáriaLíngua maternaLíngua oficial e administrativaMinorias falantes do portuguêsCrioulo de base portuguesa
  9. 9.  O ensino obrigatório  Também se ensina do português nos português em: currículos escolares  Venezuela é observado  Zâmbia no Uruguai e na Argentina.  Congo  Senegal  Namíbia  Suazilândia  Costa do Marfim  África do Sul
  10. 10.  CPLP É uma organização assina da entre países lusófonos, que instiga a aliança e a amizade entre os signatários A sede fica em Lisboa. Promove a data de 5 de Maio como Dia da Língua Portuguesa e da Cultura
  11. 11.  Portugal é um dos países mais antigos do mundo, tendo-se constituído como nação independente na primeira metade do século XII.
  12. 12.  A língua oficial é o portugês, tendo a sua origem neste pais. Na faixa ocidental da Península Ibérica, atualmente utiliza-se o galego e o português.
  13. 13.  Na faixa ocidental da Península  Dialetos portugueses Ibérica, atualmente utiliza- centro-meridionais: se o galego e o português. • Centro-litoral Esta região apresenta um • Centro-interior e do sul conjunto de falares. Clasificam-se em 3 grupos:  Limite de região Dialetos galegos: subdialectal com características peculiares• Ocidental bem diferenciadas• Oriental Dialetos portugueses setentrionais:• transmontanos e alto- minhotos• baixo-minhotos, durienses e beirões
  14. 14.  A língua portuguesa chegou pela primeira vez ao Brasil em 1500, numa expedição comandada por Alvares Cabral. Na altura o Brasil já contava com uma população indígena bastante desenvolvida de raça Tupi-Guarani.
  15. 15.  Dende o século XIX, Brasil foi independente e as diferenças entre o portugês de Brasil e Portugal foram em aumento.
  16. 16.  Os cambios mais  Tendência para a destacados são: colocaçõ de Redução de grupos pronomes átonos consonánticos. antes do verbo. Utilização do trema  Léxico Palatalização de t e d seguidas de e,i. Vocalizaçõ do –l final e desapariçõ do –r final.
  17. 17. Com o novo AcordoOrtográfico muitasdiferenças entre oportugês europeu e obrasileiro forameliminadas.
  18. 18.  Em Angola e Moçambique o português implantou- se fortemente como língua falada, acompanhada de línguas indígenas. Fala-se um português bastante puro com dialetalismos e arcaísmos semelhantes aos do Brasil.
  19. 19.  Moçambique está entre os países onde o português tem o estatuto de língua oficial, sendo falada, essencialme nte como segunda língua, por uma parte da sua população.
  20. 20.  Moçambique está entre os países onde o português tem o estatuto de língua oficial, sendo falada, essencialme nte como segunda língua, por uma parte da sua população.
  21. 21.  Os dados do Censo de 1997 indicam que a percentagem atual de falantes de Português já é de 39,6%, que 8,8% usam o português para falar em casa e que 6,5% consideram o português como sua língua materna
  22. 22.  A vasta maioria das  A língua materna pessoas que têm a mais frequente é o língua portuguesa emakhuwa (26.3%); como materna em segundo lugar reside nas áreas está o xichangana urbanas do país. (11.4%) e em No país como um terceiro, o elomwe todo, a maioria da (7.9%). população fala línguas do grupo bantu.
  23. 23.  O português é a língua oficial de Angola. Além do português, Angola abriga cerca de onze grupos lingüísticos principais, que podem ser subdivididos em diversos dialetos (cerca de noventa)
  24. 24.  O português acabou por se tornar uma espécie de língua franca, que facilitava a comunicação entre os diversos grupos. Pelo contato com as línguas nativas , o português deu origem ao pretoguês.
  25. 25.  Nos demais países africanos de língua oficial portuguesa, o português é utilizado na administraçõ, no ensino, na imprensa e nas relações internacionais. Na vida cotidiana também ultilizam línguas nacionais ou crioulos de origem portuguesa.
  26. 26.  O português é a língua oficial de Cabo Verde, utilizada em toda a documentação oficial e administrativa. É também a língua das rádios e televisões e, principalmente, a língua de escolarização.
  27. 27.  Paralelamente, nas restantes situações de comunicação (incluindo a fala quotidiana), utiliza-se o cabo-verdiano, um crioulo que mescla o português arcaico a línguas africanas.
  28. 28.  O crioulo divide-se em dois dialetos com algumas variantes em pronúncias e vocabulários: os das ilhas de Barlavento, ao norte, e os das ilhas de Sotavento, ao sul.
  29. 29.  Falantes: 44% crioulos de base portuguesa 11% português 45% inúmeras línguas africanas. O crioulo da Guiné- Bissau possui dois dialetos, o de Bissau e o de Cacheu, no norte do país.
  30. 30.  A zona lusófona corresponde ao espaço geográfico conhecido como "a praça", que corresponde à zona central e comercial da capital (Bissau).
  31. 31.  Este pais está encravado entre países francófonos, o que crea uma tendência de as pessoas a utilizarem e aprenderem mais o francês.
  32. 32.  Há aqueles que defendem que, atualmente, o francês já é a segunda língua mais falada na Guiné, depois do crioulo.
  33. 33.  Em São Tomé fala-se o forro, o angolar, o tonga e o monco (línguas locais), além do português. O português corrente de São Tomé e Príncipe guarda muitos traços do português arcaico na pronúncia, no léxico e até na construção sintática.
  34. 34.  Atualmente, o português é falado pela população em geral, enquanto que a classe política e a alta sociedade utilizam o português europeu padrão, muitas vezes aprendido durante os estudos feitos em Portugal.
  35. 35.  A influência  No Bom, na Guiné portuguesa na Equatorial. África deu-se  Casamança, no também em Senegal. algumas outras regiões isoladas, muitas vezes levando à aparição de crioulos de base portuguesa:
  36. 36.  Embora nos séculos  Subsisten: XVI e XVII o  Damão português tenha sido  Jaipur largamente utilizado nos portos da Índia e  Diu sudeste da  Málaca Ásia, atualmente ele  Timor só sobrevive na sua  Macau forma padrão em  Sri-Lanka alguns pontos isolados.  Java
  37. 37.  O português é língua oficial de Timor-Leste ao lado do tétum- praça. O tétum-praça é uma variedade da língua tétum que possui função de língua franca entre os diferentes grupos etnolinguísticos do país e, por isso, é a principal língua nacional.
  38. 38.  Os traços tipológicos marcantes são as influências das línguas nativas, principalment e o tétum, resquícios do contato com povos vizinhos ou próximos. Ejemplo: origem malaia, chinesa, japon esa, e dos crioulos asiáticos de base portuguesa.
  39. 39.  http://www.youtube. com/watch?v=Yc1V d1NLLlU

×