ENPED
ENCONTRO
NACIONALDE
PROFESSORES DA
EAD
Enilton Ferreira Rocha
SETEMBRO de 2013
19º CIAED, SALVDOR, BA
MOOCs mito ou ameaça?
O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs?
Agenda
Considerações do Diário de Keith Devlin, Agos...
3
MOOCs, mito ou realidade?
De que modo você faz parte
desse avanço?
De que modo essa oferta afeta
a estabilidade profissi...
As pedagogias da EaD
MOOCs mito ou ameaça?
O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs?
Agenda
Considerações do Diário ...
O Brasil está preparado para a oferta de
MOOCs?
A educação e o mercado de ações: investimento e retorno;
O professor “do...
MOOCs mito ou ameaça?
O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs?
Agenda
Considerações do Diário de Keith Devlin, Agos...
Considerações do Diário de Keith Devlin,
Agosto de 2012
• A gravação de vídeos seria uma das opções,
mas ainda não reduz a...
• O adulto sente uma necessidade enorme de
saber em detalhes o que ele vai aprender,
como, e se a sua expectativa será
cor...
• Embora essa iniciativa (lançamentos de
cursos MOOCs) tenha começado na década
de 90, ainda percebe-se na fala de seus
no...
• Nada melhor do que ensinarmos o que
sabemos fazer bem feito, com segurança,
com sabedoria.
• Como dizia o saudoso Freire...
• Não é correto um professor ensinar aquilo que não
sabe, que não tem destreza pedagógico-andragógica
para articular o ens...
Agenda
Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012
As 3 gerações da pedagogias da EaD
MOOCs mito ou ameaça?
O ...
As gerações de pedagogia da EaD
Terry Anderson e Jon Dron
1ª Pedagogia cognitivo-
behaviorista de
educação a distância
3ª ...
• Surgiu na segunda metade do século XX. A teoria da
aprendizagem behaviorista começa com noções de
aprendizagem que são g...
• As pedagogias socioconstrutivistas,
desenvolveram-se em conjunto com a
evolução de tecnologias de comunicação
bidirecion...
• Surgiu recentemente e é conhecida como
conectivismo. George Siemens (2005a,
2005b, 2007) e Stephen Downes (2007).
• A ap...
Obrigado pela atenção
Enilton Ferreira Rocha – WR3 EaD
enilton@wr3ead.com.br 31 3226-6456
www.wr3ead.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MOOC - APRESENTAÇÃO ENPED 19o CIAED, 2013 SALVADOR,BA

393 visualizações

Publicada em

Deabate sobre os MOOCs e a inovação pedagógica no ENCONTRO PRESENCIAL DO ENPED, no 19o CIAED, em Salvador, Bahia.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
393
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MOOC - APRESENTAÇÃO ENPED 19o CIAED, 2013 SALVADOR,BA

  1. 1. ENPED ENCONTRO NACIONALDE PROFESSORES DA EAD Enilton Ferreira Rocha SETEMBRO de 2013 19º CIAED, SALVDOR, BA
  2. 2. MOOCs mito ou ameaça? O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs? Agenda Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012 As 3 gerações de pedagogias da EaD
  3. 3. 3 MOOCs, mito ou realidade? De que modo você faz parte desse avanço? De que modo essa oferta afeta a estabilidade profissional na EaD?
  4. 4. As pedagogias da EaD MOOCs mito ou ameaça? O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs? Agenda Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012
  5. 5. O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs? A educação e o mercado de ações: investimento e retorno; O professor “dono da disciplina”; A EaD no Brasil, instrucional e rígida; O aluno dependente; O massivo e a evasão: como controlar essas duas variáveis; A autoridade epistemológica acadêmica; A burocracia acadêmica.
  6. 6. MOOCs mito ou ameaça? O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs? Agenda Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012 As 3 gerações da pedagogias da EaD
  7. 7. Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012 • A gravação de vídeos seria uma das opções, mas ainda não reduz a falta que o aluno sente da presença do humano (face to face) nas interações virtuais. • A utilização de áudio e vídeo com interações online, como acontece na webconferência, skype e outras interfaces desse tipo, poderiam reduzir drasticamente essa lacuna. A falta de contato humano
  8. 8. • O adulto sente uma necessidade enorme de saber em detalhes o que ele vai aprender, como, e se a sua expectativa será correspondida. • Esse primeiro dia de aula é muito importante para se estabelecer um diálogo esclarecedor desses aspectos da subjetividade do adulto. O primeiro dia de aula Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012
  9. 9. • Embora essa iniciativa (lançamentos de cursos MOOCs) tenha começado na década de 90, ainda percebe-se na fala de seus novos empreendedores e autores que os MOOCs, como todo projeto que envolve educação e o humano, são complexos, cobram um planejamento bem pé no chão e os resultados não são do dia para a noite.. A expectativa é de resultados após vários anos do lançamento Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012
  10. 10. • Nada melhor do que ensinarmos o que sabemos fazer bem feito, com segurança, com sabedoria. • Como dizia o saudoso Freire: “ensinar exige reflexão crítica sobre a prática”. É preciso que haja coerência entre ”o saber fazer e o saber-ser-pedagógico”. • Projetos MOOCs baseados no modelo “bombeiro virtual”? • Inventar é preciso,mas com cuidado para não desanimar, para não desacreditar. O adulto percebe com muita facilidade quando nem você sabe aonde quer chegar... Começar com um modelo de curso que funciona para não desanimar tanto os alunos quanto os professores Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012
  11. 11. • Não é correto um professor ensinar aquilo que não sabe, que não tem destreza pedagógico-andragógica para articular o ensino-aprendizagem em parceria com os alunos. • Principalmente, em um projeto com a proposta MOOC, no qual pressupõe a adoção da didática das nuvens e seus periféricos e conexões da virtualidade. • Nesse contexto, a consistência com o nosso próprio estilo e com as nossas competências como instrutores é fundamental, sob pena de começar e desistir, diante das realidades encontradas Há uma tentativa de descobrir a melhor maneira que funciona para a nossa disciplina específica e que seja consistente com nosso próprio estilo, como professores. Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012
  12. 12. Agenda Considerações do Diário de Keith Devlin, Agosto de 2012 As 3 gerações da pedagogias da EaD MOOCs mito ou ameaça? O Brasil está preparado para a oferta de MOOCs?
  13. 13. As gerações de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron 1ª Pedagogia cognitivo- behaviorista de educação a distância 3ª Pedagogia conectivista de educação a distância 2ª Pedagogia socioconstrutivista de educação a distância
  14. 14. • Surgiu na segunda metade do século XX. A teoria da aprendizagem behaviorista começa com noções de aprendizagem que são geralmente definidas como novos comportamentos ou mudanças em comportamentos que se adquirem como resposta de um indivíduo a estímulos • Deve-se notar nesta definição o foco no indivíduo e na necessidade de medir comportamentos efetivos, e não atitudes ou capacidades ( a visão psicológica de Edward Watson, John Thordike e B. F. Skinner.) • O que mais definiu a geração cognitivo-behaviorista de educação a distância foi a ausência quase total de presença social. 1ª Pedagogia cognitivo- behaviorista de educação a distância As gerações de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron
  15. 15. • As pedagogias socioconstrutivistas, desenvolveram-se em conjunto com a evolução de tecnologias de comunicação bidirecional. • Mais do que transmitir informações, a tecnologia tornou-se amplamente utilizada para criar oportunidades para interações síncronas e assíncronas entre alunos e entre alunos e professores • “o educador é um guia, ajudante e parceiro, em que o conteúdo é secundário para o processo de aprendizagem: a fonte de conhecimento encontra--se principalmente em experiências”. 2ª Pedagogia socioconstrutivista de educação a distância As gerações de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron
  16. 16. • Surgiu recentemente e é conhecida como conectivismo. George Siemens (2005a, 2005b, 2007) e Stephen Downes (2007). • A aprendizagem é o processo de construir redes de informação, contatos e recursos que são aplicados a problemas reais. • A presença cognitiva conectivista começa com a suposição de que os alunos têm acesso a redes poderosas e, tão importante quanto, são alfabetizados e confiantes o suficiente para explorar essas redes na realização de tarefas de aprendizagem. A 3ª Pedagogia conectivista de educação a distância As gerações de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron
  17. 17. Obrigado pela atenção Enilton Ferreira Rocha – WR3 EaD enilton@wr3ead.com.br 31 3226-6456 www.wr3ead.com.br

×