Aula 03 (1)

710 visualizações

Publicada em

estudos

Publicada em: Serviços
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 (1)

  1. 1. Período Letivo: 2o. Semestre/2014 - 4a. Série Curso: Engenharia Civil Aula: 03 APRESENTAÇÃO: Nome: Professora: Esp. Sandra Silva Santos Graduação: Arquitetura e Urbanismo Pós-Graduação: MBA Executivo em Gerenciamento de Empreendimentos Ergonomia e Segurança do Trabalho FACULDADE ANHANGUERA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
  2. 2. 21. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) NORMA REGULAMENTADORA 6 - NR 6 EPI, todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.
  3. 3. 22. CLT - Consolidação das Leis do Trabalho. •Art.166 A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, equipamento de proteção individual adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes e danos à saúde dos empregados.
  4. 4. •Art.167 O equipamento de proteção só poderá ser posto à venda ou utilizado com a indicação do Certificado de Aprovação do Ministério do Trabalho.
  5. 5. 23. OBRIGATORIEDADE - NR6 Empresa é obrigada quanto ao EPI : a) adquirir o adequado ao risco de cada atividade; b) exigir seu uso; c) fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho; d) orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação; e) substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado; f) responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica; g) comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada h) registrar o seu fornecimento ao trabalhador.
  6. 6. Nas seguintes circunstâncias: Sempre que as medidas de proteção coletiva forem tecnicamente inviáveis ou não oferecerem completa proteção contra os riscos de acidentes do trabalho e/ou de doenças profissionais e do trabalho; Enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo implantadas; Para atender as situações de emergência.
  7. 7. a) Usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina; b) Responsabilizar-se pela guarda e conservação; c) Comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso e, d) Cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado. É responsabilidade do Empregado:
  8. 8. Se a fiscalização flagrar algum funcionário sem EPI a culpa e a multa será do empregador. Ordem de Serviço: colocar na Ordem de Serviço as obrigações dos funcionários, deve haver um campo no qual o funcionário assina se comprometendo a usar o EPI durante o turno de trabalho. Treinamentos: É importante haver registro desses treinamentos, e o mesmo deve ser e assinado pelo funcionário. 8
  9. 9. Medidas punitivas: advertência verbal, advertência por escrito, suspensão (não pode ser maior do que 30 dias), demissão por justa causa (deve ser evitado ao máximo). O foco principal nesse processo deve ser a conscientização do funcionário através de treinamentos, conversas e palestras. 9
  10. 10. 24. NORMA REGULAMENTADORA 6- NR 6 •PROTEÇÃO DA CABEÇA Capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio; contra choques elétricos; para proteção do crânio e face contra agentes térmicos. Capuz para proteção do crânio e pescoço contra riscos de origem térmica e contra agentes abrasivos; para proteção do crânio, face e pescoço contra respingos de produtos químicos; 10
  11. 11. •PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE Óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes; luminosidade intensa; radiação ultravioleta e infravermelha. Protetor facial para proteção da face contra impactos de partículas volantes; radiação infravermelha; luminosidade intensa; riscos de origem térmica; radiação ultravioleta. 12
  12. 12. • PROTEÇÃO AUDITIVA Proteção do sistema auditivo contra níveis de pressão sonora superiores ao estabelecido na NR-15. • PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA Proteção das vias respiratórias contra poeiras, gases, vapores e outros. 14
  13. 13. 15 •PROTEÇÃO DO TRONCO Vestimentas para proteção do tronco contra umidade, riscos de origem térmica; mecânica; química; radioativa; meteorológica; Colete à prova de balas de uso permitido para vigilantes.
  14. 14. 16 •PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Luvas para proteção das mãos contra agentes abrasivos e escoriantes; cortantes e perfurantes; térmicos; biológicos; químicos; vibrações; umidade proveniente de água; radiações ionizantes, choques elétricos. COLETE REFLEXIVO - feito de tecido plastificado laranja, é bastante usado em trabalhos com risco de atropelamento.
  15. 15. • PROTEÇÃO DOS MEMBROS INFERIORES Calçado para proteção contra impactos de quedas de objetos; dos pés contra agentes provenientes de energia elétrica; agentes térmicos; agentes abrasivos e escoriantes; agentes cortantes e perfurantes; para proteção dos pés e pernas contra umidade proveniente uso de água e respingos de produtos químicos. 17
  16. 16. Calça para proteção das pernas contra agentes abrasivos e escoriantes; respingos de produtos químicos; agentes térmicos; umidade proveniente de operações com uso de água. • PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS COM DIFERENÇA DE NÍVEL Cinturão de segurança-NR 18- O cinto de segurança tipo abdominal, em serviços de eletricidade e em situações em que funcione como limitador de movimentação. Tipo pára-quedista deve ser utilizado em atividades a mais de 2,00m. 18
  17. 17. Equipamento Proteção Coletiva (EPC) 19
  18. 18. cone e fita de sinalização 20 Trabalhos com Elevação de Cargas Isole a área para não deixar que terceiros invadem o local. Guarda-corpos
  19. 19. Plataformas 21 Tela Tapume Proteção contra Incêndio
  20. 20. Ex.: Instalação em porta de ilha de solda robotizada.
  21. 21. Proteção da pele
  22. 22. Proteção contra quedas com diferença de nível
  23. 23. Proteção contra quedas com diferença de nível
  24. 24. 1. O que é ergonomia? ____________________________________________________________ ______________________________________________________. 2. Coloque as letras nas definições corretas. O estudo ergonômico tem abrangência: a) O HOMEM ( ) condições ambientais: temperatura, ruído, iluminação, gases e cores. b) A MÁQUINA ( ) comunicação entre homem, máquina e ambiente: recebimento da informação, tomada da decisão, ação. c) O AMBIENTE ( ) ajuda material no trabalho: equipamentos, ferramentas, mobiliário, EPI. d) INFORMAÇÃO ( ) Características físicas, fisiológicas, psicológicas e sociais: capacidade, habilidades, limitações, sexo, idade, treinamento. 32 EXERCÍCIOS:
  25. 25. 3. Que é acidente de trajeto? __________________________________________________________. 4. Coloque as letras nas definições corretas: a) LER ( ) Inflamação nos tendões b) D.O.R.T. ( ) Lesão por Esforço Repetitivo c) Tendinite ( ) Distúrbio Osteomuscular relacionado ao Trabalho 5. O que é Equipamento de Proteção Individual (EPI)? ___________________________________________________________ ___________________________________________________________. 6. A quem cabe treinar o trabalhador sobre o uso adequado do EPI ? ( )empregador ( ) empregado 7. A quem cabe a guarda e conservação do EPI ? ( )empregado. ( )empregador 33
  26. 26. 8. Marque com um X nos equipamentos de proteção da cabeça ( ) Capacete ( ) Luvas ( ) Capuz 9. Para que serve o Equipamento Proteção Coletiva (EPC)? ___________________________________________________________ __________________________________________________________. 10. Marque com um X nos EPC: ( ) cone e fita de sinalização ( ) Luvas ( ) Tapume 34

×