18ª Lição
FILEMON
Bibliotecando – EBD – 2013
NT - Módulo 3
Classe de Adultos
FILEMON
TEMA: “A prática do perdão.”
TEXTO BÁSICO: “ para que a comunhão de tua fé se
torne eficiente no pleno conheciment...
Tema desenvolvido:
Perdão;
Igualdade em Cristo ( isonomia );
Epístola da Gentileza;
Paulo não utiliza sua autoridade a...
Esboço A:
 O escritor é Paulo: carta escrita em 64 d.C.
de Roma. 335 palavras gregas.
 Ocasião: Paulo escreve esta carta...
Ênfase:
1º - O poder do Evangelho : Cristo é o poder de
Deus para salvação de todo o que Nele crer;
2º - A igualdade do Ev...
Ênfase:
5º - O perdão do Evangelho: Aqueles que foram
perdoados, devem perdoar;
6º - A vitória do Evangelho: O pecado torn...
Esboço B:
Filemon era um membro da igreja de Colossos. Era uma pessoa abastada, e
possivelmente a igreja se reunia em sua ...
Spartacus: "Guerra dos Escravos" ou "Guerra dos
Gladiadores“Terceira Guerra Servil", 100.000 escravos 120-70 a.C.
Spartacus: Crasso puniu os que sobreviveram à sua investida contra
Espártaco, mandando crucificar 6000 revoltosos ao longo...
Imagens - Reconciliação através do Perdão:
“Quid pro quo”: Marcos 11:25 ( NVI )
25E quando estiverem orando, se tiverem
alguma coisa contra alguém, perdoem-no,
para ...
Cartas da Prisão:
A nomenclatura de “Epístolas da Prisão” lhes
é dada pelo fato de em cada uma das epístolas
aparecer a re...
Cartas da Prisão - Pano de fundo:
 Paulo recebera informação da igreja colossense por meio de
Epafras (Cl 1.7, 4.12,13). ...
Cartas a Prisão:
Cristo apresentado em Filemon:
Salvador de escravo e livre;
v 16
Fonte de Graça; vv. 3,25
Senhor e Mestre ( apost.)
Relevância de Filemon para Hoje
1) A mensagem do Evangelho continua sendo a melhor solução para os problemas
sociais. Na v...
Relevância de Filemon para Hoje
A escravidão no mundo
contemporâneo
“Ninguém será mantido em escravidão
ou servidão, a esc...
Curiosidades:
Paulo intitula-se: "prisioneiro de Cristo Jesus", isto concorda
com sua convicção de que Deus o havia coloca...
Pensamento do Dia :
Você já foi enganado por alguém? Já depositou sua confiança
numa pessoa e depois se sentiu traído. Já ...
1. O que Cristo como Senhor e Mestre pode ensinar para
Filemon sobre o perdão para o ex-escravo ladrão?
2. Quando vamos pe...
18ª filemon  visual beegfgf - visualbeesmoke
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

18ª filemon visual beegfgf - visualbeesmoke

1.400 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.400
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

18ª filemon visual beegfgf - visualbeesmoke

  1. 1. 18ª Lição FILEMON Bibliotecando – EBD – 2013 NT - Módulo 3 Classe de Adultos
  2. 2. FILEMON TEMA: “A prática do perdão.” TEXTO BÁSICO: “ para que a comunhão de tua fé se torne eficiente no pleno conhecimento de todo bem que há em nós, para com Cristo.” “para que a comunicação da tua fé seja eficaz no conhecimento de todo o bem que em vós há por Cristo Jesus.” ( Almeida Corrigida e Fiel ) “Oro para que a comunhão que procede da sua fé seja eficaz no pleno conhecimento de todo o bem que temos em Cristo.” ( NVI ) Filemon 6
  3. 3. Tema desenvolvido: Perdão; Igualdade em Cristo ( isonomia ); Epístola da Gentileza; Paulo não utiliza sua autoridade apostólica e se refere como “ prisioneiro”;  Cartas da prisão.
  4. 4. Esboço A:  O escritor é Paulo: carta escrita em 64 d.C. de Roma. 335 palavras gregas.  Ocasião: Paulo escreve esta carta a Filemon, pedindo o seu perdão para Onésimo, fazendo deste o seu portador. É uma das "epístolas da prisão".
  5. 5. Ênfase: 1º - O poder do Evangelho : Cristo é o poder de Deus para salvação de todo o que Nele crer; 2º - A igualdade do Evangelho: Alcança senhores e escravos; 3º - A providência do Evangelho: O escravo fugia de seu senhor e foi alcançado por Cristo; 4º- A graça do Evangelho: A graça é maior que o pecado;
  6. 6. Ênfase: 5º - O perdão do Evangelho: Aqueles que foram perdoados, devem perdoar; 6º - A vitória do Evangelho: O pecado torna as pessoas prisioneiras, o Evangelho as liberta; 7º - O valor do Evangelho: a) pessoal- Paulo é humilde , cortez e altruísta b) providencial- Deus pode mudar as situações mais adversas c) prático- não há causa perdida para Deus d) social – cristianismo venceu a escravidão não pela revolução armada mas pelo amor e) espiritual – figuras da nossa grande salvação em Cristo.
  7. 7. Esboço B: Filemon era um membro da igreja de Colossos. Era uma pessoa abastada, e possivelmente a igreja se reunia em sua casa. Parece que era íntimo amigo de Paulo. Onésimo,escravo de Filemon, aparentemente havia roubado dinheiro, e fugido para Roma. Lá de alguma forma ele encontrou-se com Paulo. Depois que Onésimo aceitou Cristo, Paulo lhe recomendou que voltasse para seu senhor, Filemon. Escravidão: Em Filemon, Paulo foi sutil na crítica a escravatura não usando de argumentos imperativos, a fim de que a escravatura chegasse ao fim. Quando Paulo usa metáfora em suas cartas referindo-se a escravidão, ele o faz utilizando os aspectos: redenção, justificação e reconciliação. Onde a redenção é o ato de alforria concedido ao escravo liberto de seus pecados por Cristo; a justificação é o julgamento de Deus onde o escravo é inocentado; e a reconciliação é o ajuntamento dos que estavam separados de Deus, portanto, excluídos da sociedade cristã, mas foram arrebanhados novamente com Deus.
  8. 8. Spartacus: "Guerra dos Escravos" ou "Guerra dos Gladiadores“Terceira Guerra Servil", 100.000 escravos 120-70 a.C.
  9. 9. Spartacus: Crasso puniu os que sobreviveram à sua investida contra Espártaco, mandando crucificar 6000 revoltosos ao longo da Via Ápia (de Cápua até Roma). 73—71 a.C.
  10. 10. Imagens - Reconciliação através do Perdão:
  11. 11. “Quid pro quo”: Marcos 11:25 ( NVI ) 25E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados". Fellowship : koinonia ( grego ) Comunhão
  12. 12. Cartas da Prisão: A nomenclatura de “Epístolas da Prisão” lhes é dada pelo fato de em cada uma das epístolas aparecer a referência a prisões (Ef 3.1, 4.1, 6.20; Fp 1.7, 13, 14; Cl 4.18; Fl 1, 9). Efésios, Colossenses e Filemon parecem ter sido escritas na mesma ocasião, enquanto Filipenses parece ter sido escrita posteriormente.
  13. 13. Cartas da Prisão - Pano de fundo:  Paulo recebera informação da igreja colossense por meio de Epafras (Cl 1.7, 4.12,13). Paulo procurou resolver o problema enviando uma carta aos Colossenses. Por volta da mesma ocasião, em Roma, Onésimo se converteu (Cl 4.9). Paulo o enviaria a Filemon de volta com uma carta, pedindo que Filemon o perdoasse, já que Paulo o conhecia. Tíquico, cristão natural da área, estaria regressando e Paulo enviou Efésios e Colossenses. Como Tíquico estaria visitando vilas e aldeias pelo caminho, Paulo envia Efésios mais expandida do que Colossenses com as doutrinas fundamentais da fé cristã (cristologia, redenção, eclesiologia, graça, reconciliação, pecado, ética, etc.). Estas três teriam sido escritas no início do período de encarceramento enquanto, Filipenses, ao final.
  14. 14. Cartas a Prisão:
  15. 15. Cristo apresentado em Filemon: Salvador de escravo e livre; v 16 Fonte de Graça; vv. 3,25 Senhor e Mestre ( apost.)
  16. 16. Relevância de Filemon para Hoje 1) A mensagem do Evangelho continua sendo a melhor solução para os problemas sociais. Na verdade, a mensagem do Evangelho é a maior fonte de inspiração para a transformação da sociedade. Onde os sistemas legais e ideológicos vêm obstáculos, a lei do amor de Jesus Cristo, derruba toda e qualquer barreira. 2) A conversão transforma as pessoas e muda as suas atitudes. Onésimo era um escravo fugitivo que dera prejuízo ao seu senhor Filemon. Ao converter-se precisou caminhar um longo caminho de volta até a casa de seu senhor. O evangelho mudou o coração de Onésimo fazendo-o voltar: o evangelho mudou o coração de Filemon fazendo-o aceitar o seu antes escravo no convívio de sua casa. 3) O evangelho coloca as pessoas num mesmo nível e patamar de relacionamento. Todos são carentes da manifestação da graça de Deus. Quando nos relacionamos a partir da base que é Jesus Cristo, nos tornamos iguais. Como cristãos devemos envidar todos os esforços para aproximar as pessoas. Devemos lutar contra toda e qualquer forma de preconceito, de raça, de religião e de cultura. Em Cristo somos todos um!
  17. 17. Relevância de Filemon para Hoje A escravidão no mundo contemporâneo “Ninguém será mantido em escravidão ou servidão, a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas.” Artigo IV da DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Proclamada pela da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948 De acordo com a lei a escravidão não existe mais. O último país a abolir a escravidão foi a Mauretânia em 1981. Porém a escravidão continua em muitos países, pois as leis não são aplicadas. Elas foram somente feitas pela pressão de outros países e da ONU, mas não representam a vontade do governo do respectivo país. Hoje em dia tem pelo menos 27 milhões escravos no mundo.
  18. 18. Curiosidades: Paulo intitula-se: "prisioneiro de Cristo Jesus", isto concorda com sua convicção de que Deus o havia colocado em Roma para um ministério especial. Não há dúvida de que Filemon não era apenas um crente, mas um homem de Deus, querido, bom, generoso e benevolente. Embora Onésimo como cristão fosse verdadeiramente livre, Paulo o envia de volta a sua vida anterior, pois o milagre da salvação não tem o objetivo de produzir uma revolução, mas urna completa regeneração do coração. O oferecimento de Paulo para pagar o que Onésimo havia roubado, é um dos trechos mais tocantes do N.T. Pensa-se que Paulo cumpriu a promessa de visitar Filemon, foi cumprida entre sua primeira e segunda prisão em Roma.
  19. 19. Pensamento do Dia : Você já foi enganado por alguém? Já depositou sua confiança numa pessoa e depois se sentiu traído. Já investiu na vida de alguém para depois perceber que o bem que você fez foi pago com o mal? As pessoas nos decepcionam e nós decepcionamos as pessoas. Temos fraquezas e motivos de queixas uns contra os outros. Erramos, mesmo quando desejamos acertar. Por isso, não há relacionamentos saudáveis sem o exercício do perdão.  O perdão é uma necessidade imperativa.  Sem perdão nossa alma adoece.  O perdão, porém, cura, liberta e transforma!” Hernandes Dias Lopes
  20. 20. 1. O que Cristo como Senhor e Mestre pode ensinar para Filemon sobre o perdão para o ex-escravo ladrão? 2. Quando vamos perdoar alguém devemos ir como: Juiz ou advogado de acusação, ou os dois? Porque?Explique ... 3. Devemos perdoar? a). Porque eu preciso b). Porque o ofensor precisa c). Porque Cristo mandou d). Ou pelas três razões? Explique: Para Estudo e Discussão

×