SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Escola Estadual Dr.Alexandre Vaz Tavares
Diretor: José Eudo
Professor:Gerson
Alunos:
Alexandre Ferreira Nascimento
Luciane costa Soares
Ingridi Pinheiro
Lorena Jamille
Jessica
A VIOLENCIA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE*
Percebeu-se que a família não necessariamente é o centro e o núcleo de proteção de
crianças e adolescentes, podendo ser a origem de agressões.
A violência contra a criança e o adolescente é produto de múltiplos fatores:
- Dificuldades cotidianas;
- Pobreza;
- Separação do casal;
- Crises financeiras;
- Características individuais (temperamento difícil, retardo mental, hiperatividade,
entre outros);
- Influências familiares;
- Aspectos sociais e culturais.
Não há uma única causa, assim como não há solução única.
Tipos de Violência Contra Crianças e Adolescentes (Gonçalves, 2005; OMS, 2002)
Violência Física
Atos violentos com o uso da força física de forma intencional - não acidental -
provocada por pais, responsáveis, familiares ou pessoas próximas.
Negligência
Omissão dos pais ou responsáveis quando deixam de prover as necessidades básicas
para o desenvolvimento físico, emocional e social da criança e do adolescente.
Psicológica
Rejeição, privação, depreciação, discriminação, desrespeito, cobranças exageradas,
punições humilhantes, utilização da criança e adolescentes para atender às
necessidades dos adultos.
Sexual
Toda a ação que envolve ou não o contato físico, não apresentando necessariamente
sinal corporal visível. Pode ocorrer a estimulação sexual sob a forma de práticas
eróticas e sexuais (violência física, ameaças, indução, voyerismo, exibicionismo,
produção de fotos e exploração sexual).
Quais os possíveis efeitos da violência contra crianças e adolescentes?
- Hiperatividade ou retraimento;
- Baixa auto-estima, dificuldades de relacionamento;
- Agressividade (ciclo de violência);
- Fobia, reações de medo, vergonha, culpa;
- Depressão;
- Ansiedade;
- Transtornos afetivos;
- Distorção da imagem corporal;
- Enurese e/ou encoprese;
- Amadurecimento sexual precoce, masturbação compulsiva;
- Tentativa de suicídio, e outros...
Quem protege a criança e o adolescente?
O artigo 5º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, Lei Federal 8.069/90)
que dispõe: "Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de
negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na
forma da lei qualquer atentado por ação ou omissão, aos seus direitos
fundamentais".
Como notificar os casos de violência contra crianças e adolescentes?
- Conselho Tutelar
- Secretaria Municipal de Saúde
- Promotoria Infância e Juventude
- Delegacia da Infância e Juventude
- Defensoria Pública

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra criançasAula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra crianças
Diego Alvarez
 
Diversos tipos de violência
Diversos tipos de violênciaDiversos tipos de violência
Diversos tipos de violência
lucia_nunes
 
Abusos Sexuais E Maus Tratos Infantis
Abusos Sexuais E Maus Tratos InfantisAbusos Sexuais E Maus Tratos Infantis
Abusos Sexuais E Maus Tratos Infantis
complementoindirecto
 
Trabalho: Família e violência doméstica
Trabalho: Família e violência domésticaTrabalho: Família e violência doméstica
Trabalho: Família e violência doméstica
mluisavalente
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
Ana Helena
 
Violência Infantil
Violência InfantilViolência Infantil
Violência Infantil
bryner97
 

Mais procurados (20)

Vdca apresentação
Vdca apresentaçãoVdca apresentação
Vdca apresentação
 
Prevenção de maus tratos na infância
Prevenção de maus tratos na infânciaPrevenção de maus tratos na infância
Prevenção de maus tratos na infância
 
Aula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra criançasAula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra crianças
 
O que são maus tratos e violência contra crianças e adolescentes?
O que são maus tratos e violência contra crianças e adolescentes?O que são maus tratos e violência contra crianças e adolescentes?
O que são maus tratos e violência contra crianças e adolescentes?
 
Tipos de violência
Tipos de violênciaTipos de violência
Tipos de violência
 
Diversos tipos de violência
Diversos tipos de violênciaDiversos tipos de violência
Diversos tipos de violência
 
Violência doméstica
Violência doméstica   Violência doméstica
Violência doméstica
 
Cartazes sobre a violencia infantil
Cartazes sobre a violencia infantilCartazes sobre a violencia infantil
Cartazes sobre a violencia infantil
 
O que é violência sexual
O que é violência sexualO que é violência sexual
O que é violência sexual
 
Violencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescenteViolencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescente
 
20190329 DW Debate:A Violência Doméstica - Consequências Para as Crianças e P...
20190329 DW Debate:A Violência Doméstica - Consequências Para as Crianças e P...20190329 DW Debate:A Violência Doméstica - Consequências Para as Crianças e P...
20190329 DW Debate:A Violência Doméstica - Consequências Para as Crianças e P...
 
Abusos Sexuais E Maus Tratos Infantis
Abusos Sexuais E Maus Tratos InfantisAbusos Sexuais E Maus Tratos Infantis
Abusos Sexuais E Maus Tratos Infantis
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
 
Trabalho: Família e violência doméstica
Trabalho: Família e violência domésticaTrabalho: Família e violência doméstica
Trabalho: Família e violência doméstica
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Violencia contra crianças
Violencia contra criançasViolencia contra crianças
Violencia contra crianças
 
Violência Infantil
Violência InfantilViolência Infantil
Violência Infantil
 
Violência Contra A Criança
Violência Contra A CriançaViolência Contra A Criança
Violência Contra A Criança
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Doméstica
 

Semelhante a A VIOLENCIA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE

Violência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentesViolência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentes
Alinebrauna Brauna
 
Viol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adole
Viol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adoleViol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adole
Viol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adole
jorge luiz dos santos de souza
 
Violência nl
Violência nlViolência nl
Violência nl
pief2
 
Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)
PrLinaldo Junior
 

Semelhante a A VIOLENCIA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE (20)

Tipos de Violência 2011.ppt
Tipos de Violência 2011.pptTipos de Violência 2011.ppt
Tipos de Violência 2011.ppt
 
Violência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentesViolência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Violnciasexualcontracrianaseadolescentes 130718011435-phpapp01
Violnciasexualcontracrianaseadolescentes 130718011435-phpapp01Violnciasexualcontracrianaseadolescentes 130718011435-phpapp01
Violnciasexualcontracrianaseadolescentes 130718011435-phpapp01
 
Slides sobre a Escuta Especializada no Contexto Escolar - SEDUC RO - resumido...
Slides sobre a Escuta Especializada no Contexto Escolar - SEDUC RO - resumido...Slides sobre a Escuta Especializada no Contexto Escolar - SEDUC RO - resumido...
Slides sobre a Escuta Especializada no Contexto Escolar - SEDUC RO - resumido...
 
Prostituição ou Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Prostituição ou Exploração Sexual de Crianças e AdolescentesProstituição ou Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Prostituição ou Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
 
Impacto
ImpactoImpacto
Impacto
 
Viol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adole
Viol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adoleViol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adole
Viol€ ¢ãªncia envolvendo crian€ ¢ã§as e adole
 
Violência nl
Violência nlViolência nl
Violência nl
 
PEDOFILIA.pptx
PEDOFILIA.pptxPEDOFILIA.pptx
PEDOFILIA.pptx
 
Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)Infancia violentada (aprovado)
Infancia violentada (aprovado)
 
Projeto da Prof: Eliane de Moraes
Projeto da Prof: Eliane de MoraesProjeto da Prof: Eliane de Moraes
Projeto da Prof: Eliane de Moraes
 
Modulo-VIII-–-Conselho-Tutelar-e-o-combate-SLIDES (1).pdf
Modulo-VIII-–-Conselho-Tutelar-e-o-combate-SLIDES (1).pdfModulo-VIII-–-Conselho-Tutelar-e-o-combate-SLIDES (1).pdf
Modulo-VIII-–-Conselho-Tutelar-e-o-combate-SLIDES (1).pdf
 
Campanha 18 Maio faça bonito, conscientize as pessoas
Campanha 18 Maio faça bonito, conscientize as pessoasCampanha 18 Maio faça bonito, conscientize as pessoas
Campanha 18 Maio faça bonito, conscientize as pessoas
 
Maus tratos crianças e Jovens-----------
Maus tratos crianças e Jovens-----------Maus tratos crianças e Jovens-----------
Maus tratos crianças e Jovens-----------
 
Eca1 compressed
Eca1 compressedEca1 compressed
Eca1 compressed
 
Abuso
AbusoAbuso
Abuso
 
Infância e violência doméstica
Infância e violência domésticaInfância e violência doméstica
Infância e violência doméstica
 
Abuso sexual mitos e verdades e mentiras!
Abuso sexual mitos e verdades e mentiras!Abuso sexual mitos e verdades e mentiras!
Abuso sexual mitos e verdades e mentiras!
 
Abuso sexual - Enfrentamento ao abuso sexual de crianças e adolescentes: É PR...
Abuso sexual - Enfrentamento ao abuso sexual de crianças e adolescentes: É PR...Abuso sexual - Enfrentamento ao abuso sexual de crianças e adolescentes: É PR...
Abuso sexual - Enfrentamento ao abuso sexual de crianças e adolescentes: É PR...
 
Inf+éncia violentada
Inf+éncia violentadaInf+éncia violentada
Inf+éncia violentada
 

Mais de José Emílio

Semana de Arte Moderna
Semana de Arte ModernaSemana de Arte Moderna
Semana de Arte Moderna
José Emílio
 

Mais de José Emílio (17)

Sífilis
SífilisSífilis
Sífilis
 
Obesidade e Sedentarismo
Obesidade e SedentarismoObesidade e Sedentarismo
Obesidade e Sedentarismo
 
Futsal (Futebol)
Futsal (Futebol)Futsal (Futebol)
Futsal (Futebol)
 
Fungi, Monera e Protista
Fungi, Monera e ProtistaFungi, Monera e Protista
Fungi, Monera e Protista
 
Sucessão Ecológica
Sucessão EcológicaSucessão Ecológica
Sucessão Ecológica
 
Semana de Arte Moderna
Semana de Arte ModernaSemana de Arte Moderna
Semana de Arte Moderna
 
Cultura africana
Cultura africanaCultura africana
Cultura africana
 
Trabalho imprimir
Trabalho imprimirTrabalho imprimir
Trabalho imprimir
 
Barroco em Pernambuco
Barroco em PernambucoBarroco em Pernambuco
Barroco em Pernambuco
 
Barroco em Minas Gerais
Barroco em Minas GeraisBarroco em Minas Gerais
Barroco em Minas Gerais
 
Trabalho arte egípcia
Trabalho arte egípciaTrabalho arte egípcia
Trabalho arte egípcia
 
Albras e Alunorte
Albras e AlunorteAlbras e Alunorte
Albras e Alunorte
 
A Globalização
A GlobalizaçãoA Globalização
A Globalização
 
China
ChinaChina
China
 
Rodovia Transguianense
Rodovia TransguianenseRodovia Transguianense
Rodovia Transguianense
 
Ártica e Antártica
Ártica e AntárticaÁrtica e Antártica
Ártica e Antártica
 
Obesidade Infantil
Obesidade InfantilObesidade Infantil
Obesidade Infantil
 

Último

Último (20)

Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 

A VIOLENCIA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE

  • 1. Escola Estadual Dr.Alexandre Vaz Tavares Diretor: José Eudo Professor:Gerson Alunos: Alexandre Ferreira Nascimento Luciane costa Soares Ingridi Pinheiro Lorena Jamille Jessica A VIOLENCIA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE* Percebeu-se que a família não necessariamente é o centro e o núcleo de proteção de crianças e adolescentes, podendo ser a origem de agressões. A violência contra a criança e o adolescente é produto de múltiplos fatores: - Dificuldades cotidianas; - Pobreza; - Separação do casal; - Crises financeiras; - Características individuais (temperamento difícil, retardo mental, hiperatividade, entre outros); - Influências familiares; - Aspectos sociais e culturais. Não há uma única causa, assim como não há solução única. Tipos de Violência Contra Crianças e Adolescentes (Gonçalves, 2005; OMS, 2002) Violência Física
  • 2. Atos violentos com o uso da força física de forma intencional - não acidental - provocada por pais, responsáveis, familiares ou pessoas próximas. Negligência Omissão dos pais ou responsáveis quando deixam de prover as necessidades básicas para o desenvolvimento físico, emocional e social da criança e do adolescente. Psicológica Rejeição, privação, depreciação, discriminação, desrespeito, cobranças exageradas, punições humilhantes, utilização da criança e adolescentes para atender às necessidades dos adultos. Sexual Toda a ação que envolve ou não o contato físico, não apresentando necessariamente sinal corporal visível. Pode ocorrer a estimulação sexual sob a forma de práticas eróticas e sexuais (violência física, ameaças, indução, voyerismo, exibicionismo, produção de fotos e exploração sexual). Quais os possíveis efeitos da violência contra crianças e adolescentes? - Hiperatividade ou retraimento; - Baixa auto-estima, dificuldades de relacionamento; - Agressividade (ciclo de violência); - Fobia, reações de medo, vergonha, culpa; - Depressão; - Ansiedade; - Transtornos afetivos; - Distorção da imagem corporal; - Enurese e/ou encoprese; - Amadurecimento sexual precoce, masturbação compulsiva; - Tentativa de suicídio, e outros... Quem protege a criança e o adolescente? O artigo 5º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, Lei Federal 8.069/90) que dispõe: "Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais". Como notificar os casos de violência contra crianças e adolescentes? - Conselho Tutelar - Secretaria Municipal de Saúde
  • 3. - Promotoria Infância e Juventude - Delegacia da Infância e Juventude - Defensoria Pública