Atividade 3.3

497 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
497
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade 3.3

  1. 1. COLÉGIO: C.E FRANCISCO ALVES II DATA DE DIVULGAÇÃO: 06/10 /A/06/12/2011 SÉRIE: 3ª ANO (A) E (B) – VESPERTINO ENSINO: MÉDIO <ul><li>TEMA: VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS </li></ul><ul><li>DAVINÓPOLIS-MA </li></ul><ul><li>(2011) </li></ul>
  2. 2. COLÉGIO: C.E FRANCISCO ALVES II DATA DE DIVULGAÇÃO: 06/10 /A/06/12/2011 SÉRIE: 3ª ANO (A) E (B) – VESPERTINO ENSINO: MÉDIO <ul><li>TEMA: EDUCAR PARA PREVENIR A VIOLÊNCIA DE DISCENTES NAS ESCOLAS. </li></ul><ul><li>ALUNOS: 3ª ANOS </li></ul><ul><li>DAVINÓPOLIS-MA </li></ul><ul><li>(2011) </li></ul>
  3. 3. SUMÁRIO <ul><li>01. Identificação------------------------------------04 </li></ul><ul><li>02. Justificativas-------------------------------------05 </li></ul><ul><li>03. Objetivo Geral----------------------------------06 </li></ul><ul><li>04. Objetivos Específicos--------------------------07 </li></ul><ul><li>05. Fundamentação Teorica----------------------08 </li></ul><ul><li>5.1. Fundamentação Teorica---------------------09 </li></ul><ul><li>06. Anexos(sobre pesquisa)----------------------10 </li></ul><ul><li>07. metodologia-------------------------------------11 </li></ul><ul><li>08. Recursos------------------------------------------12 </li></ul><ul><li>Bibliografia--------------------------------------------13 </li></ul>
  4. 4. 01. IDENTIFICAÇÃO <ul><li>1.1. INSTITUIÇÃO : C.E FRANCISCO ALVES – II </li></ul><ul><li>1.2. CURSO : 3ª ANO DO ENSINO MÉDIO </li></ul><ul><li>1.3. AUTORES : CORPO DISCENTE </li></ul><ul><li>1.4. ORIENTADORES : EMÍLIO DEQUEIXES JUNIOR E LUCILEIDE NASCIMENTO GARCIA </li></ul><ul><li>1.5. TEMA : VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS </li></ul><ul><li>1.6. TÍTULO : EDUCAR PARA PREVENIR A VIOLÊNCIA DE DISCENTE NAS ESCOLAS </li></ul><ul><li>FINALIDADE : Vendo os últimos acontecimentos em nosso país, sobre a violência nas escolas, em todas as cidades do Brasil. Por causas dessas violências, Nós, alunos, professores e direção do C.E Francisco Alves II, do Município de Davinópolis-Ma, resolvemos organizar um projete para ajudar os Jovens das escolas deste Município, o projeto que tem objetivo de educar para prevenir as violências nas escolas. </li></ul>
  5. 5. JUSTIFICATIVAS: <ul><li>Este trabalho se justifica pela urgente necessidade de se fazer uma reflexão no ambiente escolar acerca da violência que cada vez mais se faz presente no interior das escolas. Estas atitudes se dão tanto de forma física, psíquica e moral, deixando a pessoa que passa por tal constrangimento acuada porque muitas vezes é difícil revidar porque o intimidador é mais forte e nunca está sozinho, então a única alternativa é ir remoendo, suportando os palavrões, chutes, xingamentos, e todo o tipo de constrangimentos que acabam ocorrendo no meio das crianças e jovens. </li></ul>
  6. 6. Objetivo Geral <ul><li>Ao longo deste trabalho serão alvo de reflexão o papel da família na educação numa perspectiva histórica até aos dias de hoje; o fenómeno de violência e como ela se regista na sociedade; a violência nos jovens fruto da ausência de referências positivas no meio onde se circunscrevem; análise da violência e seus implicados no contexto escolar e se poderá haver uma interacção positiva ou não entre a escola e seus alunos. Serão também apontadas as causas da violência, sua prevenção e como o educador social, enquanto profissional qualificado, poderá agir na prevenção do fenómeno em questão. </li></ul>
  7. 7. Objetivos Específicos: <ul><li>O objetivo do Projeto é oportunizar aos educadores das redes públicas estaduais e municipais de Davinópolis – Ma, um espaço de formação, capacitação, discussão teórica, dinâmicas grupais e pessoais de não-violência, em vista de uma intervenção na realidade onde atuam. </li></ul><ul><li>conscientizar o aluno de que a violência sempre leva a conseqüências trágicas, não só à vítima como ao agressor; </li></ul><ul><li>Preparar educadores para planejamento, acompanhamento e orientação de oficinas de Paz; </li></ul><ul><li>Elaborar Projetos de Prevenção à violência no meio escolar, tendo como referência a cultura da paz e não-violência; </li></ul><ul><li>Oportunizar a articulação de uma rede de Educadores para Paz em Davinópolis - Ma com as participações de toda comunidade. </li></ul>
  8. 8. FUNDAMENTAÇÃO TEORICA: Introdução: <ul><li>A violência está presente no dia-a-dia de cada um de nós. Existe uma violência explícita por todo o país. Isso não é diferente na escola brasileira. </li></ul><ul><li>Não se trata apenas de uma violência denominada simbólica, teoria defendida por Bourdieu e Passeron, mas de uma violência real, que vem sendo desenvolvida por uma cultura da violência. </li></ul><ul><li>A indisciplina, que, de uma maneira ou de outra, sempre existiu na escola, vem ganhando um novo vulto pela inobservância da partilha de responsabilidades, cooperação, solidariedade, convivência, abrindo espaço para a agressividade, a indiferença, o desrespeito, numa clara ausência da alteridade, no sentido de perceber o outro, como seu semelhante, dotado dos mesmos sentimentos e emoções. </li></ul>
  9. 9. FUNDAMENTAÇÃO TEORICA: <ul><li>Breve Histórico sobre violência nas escolas Brasileiras e em nosso Município de Davinópolis –Ma. </li></ul><ul><li>Bullyng: Atitudes agressivas (físicas ou verbal). </li></ul><ul><li>O papel da família na Educação. </li></ul><ul><li>O papel do educador social na prevenção da violência. </li></ul><ul><li>Textos e Gráficos de uma pesquisa sobre o Bullyng em nosso Município de Davinópolis-Ma. </li></ul>
  10. 10. Pesquisa sobre violência Escolar Escolar: C.E Francisco Alves II 99 alunos Data: 10/11/2011
  11. 11. METODOLOGIA <ul><li>*Como a escola é o espaço multicultural com pessoas pertencentes aos mais variados grupos da sociedade será feita uma palestra com um Pastor ou Padre, polícia, alunos, professores e direção, falando e fazendo com que os participantes reflitam sobre a importância da paz não apenas na escola, mas também em todos os ambientes em que se relacionem com pessoas dos mais variados grupos que formam a sociedade. Esta atividade ficará a cargo dos professores de e matemática e . As turmas que serão envolvidas nesta atividade serão do ensino Médio. A direção e a coordenação da escola se responsabilizarão pelas reuniões com alunos, pais e a comunidade escolar para elencar meios para se evitar a violência e fazer esta articulação junto aos atores da organização escolar. </li></ul>
  12. 12. RECURSOS: <ul><li>MATERIAIS: </li></ul><ul><li>As tecnologias: máquinas fotográficas, computadores, data show, painéis, Livros etc. </li></ul><ul><li>HUMANOS: professores e Alunos </li></ul><ul><li>INSTITUIÇÃO: C.E Francisco Alves II </li></ul>
  13. 13. BIBLIOGRAFIA <ul><li>ALÃO, Ana Paula (1990). As mudanças na condição femenina e na família. In REIS, Antonio. (Dir.) Portugal contemporáneo . Lisboa: Pub. Alfa. Vol. 6. </li></ul><ul><li>ARIÈS, Philippe (1988). A criança e a vida familiar no Antigo Regime . Lisboa: Relógio D’Água Editores. </li></ul><ul><li>ARREGI GOENAGA, F. (1998). Los Jóvenes y la violencia . In PANTOJA (Org.). Nuevos espacios de La educación social . Bilbao: Universidade de Deusto. </li></ul><ul><li>Convenção sobre os direitos da criança. [Consulta 2004-04-13]. </li></ul><ul><li>Disponível na Internet: //http//: www.giea.net/legislacao.net/internacional/convencao_direitos_crianca.htm . </li></ul>
  14. 14. Apresentação do Projeto
  15. 15. Apresentação do projeto
  16. 16. Apresentação do Projeto
  17. 17. Apresentação do Projeto
  18. 18. Apresentaram o projeto 3ª Ano - Vespertino

×