Medicamentos 2

1.421 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.421
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Medicamentos 2

  1. 1. MEDICAMENTOS 01. NTIBIÓTICO: A Medicamentos capazes de inibir a reprodução ou destruir microorganismos, em geral bactérias. Principais Exemplos- PENICILINA: São bactericidas, tem como principais efeitos colaterais ahipersensibilidade, podendo até causar choque anafilático. São principalmente: Benzatacil-CEFALOSPORINA: Bactericida. Apresenta como efeito colateral trombo flebite no localda injeção de uso EV. Classificam-se de acordo com seu desenvolvimento tecnológico.1º GERAÇÃO: Cefalotina injetável (keflin) e Cefalexina comp. e xarope (Keflex)2º GERAÇÃO: Cefoxitiba injetável ( Mefoxin) e Cefuroxina injetável (Zicanecef)3º GERAÇÃO: Ceftazidima injetável (Fortaz)- AMINOGLICOSIDEOS: Bactericida nãos absorvíveis por via oral, sendo portantoinjetáveis e tópicas. Por serem nefrotóxicas e ototóxicas o paciente deve fazer examesapós 10 dias de uso. Exemplos:-Neomicina oral e injetável: (Neomicina e Nebacetin pomada)-Gentamicina injetável: (Garamicina)- Tobramicina injetável: (Tobrex)-VANCOMICINAS: Bactericida de uso EV, podendo causar trombo flebite, surdez, febre ehipotensão arterial.- SULFAS: Antimicrobianos de ampla utilização, pode ser VO, IM ou EV e mesmo tópicas.Podem causar reações alérgicas graves, além de náusea, vômitos, tontura, etc. Não devemser usados em recém-nascidos com menos de 10 dias. Exemplo (Bactrim)02. ANTIEMÉTICOS: São todos os medicamentos que aliviam a sensação de náusea e inibe o vômito.Metoclopramida- Plasil: além da ação antiemética, acelera o esvaziamento gástrico.Dimenidrato- Dramin, Nausedron03. ANTI-ÚLCEROSOS: São os medicamentos que tem efeito protetor da mucosa gástrica, por bloquearem a ação do ácido clorídrico. Exemplos: Omeprazol, Cimetidina, Ranitidina, Antak
  2. 2. 04. ANTI-HIPERTENSIVOS: São os fármacos usados no tratamento da hipertensão arterial.-DIURÉTICOS: Grupo de fármacos que atuam nos rins, aumentando o volume e o graude diluição da urina. Sendo usados no tratamento da hipertensão arterial.. Exemplos:Hidrocloratiazida, Furosemida (Lasix), Espironolactina, Manitol- VASODILATADORES: Drogas que tem efeito relaxador direto nos músculos dos vasossanguíneos, o que leva a vasodilatação e diminuição da PA. Exemplos: Minoxidil, Hidralazina,Cinarizina-INIBIDORES DA ENZIMA CONVERSORA DE ANGIOTENSINA (IECA): Exemplos:Verapamil, Atenolol, Metildopa, Nifedipina, Captopril, Losartan, Anlodipino, Carvediol,Enalapril (Pressotec).05. ANTIARRÍTMICOS: Arritmia cardíaca é a aceleração na formação e condução dos estímulos elétricos do coração, o que leva a falha no ritmo dos batimentos cardíacos. Os antiarrítmicos são usados no tratamento e profilaxia das arritmias. Exemplos: Lidocaína (e antianginoso), Verapamil (anti-hipertensivo), Amiodarona (antianginoso)06. DIGITÁLICOS: são utilizados na insuficiência cardíaca congestiva (ICC), aumentando a força de contração do coração. São extraídos de plantas do gênero digitalis. Exemplos: Digoxina, Digitoxina07. ANTIANGINOSOS: A angina é uma crise de dor intensa na região cardíaca ocasionadopela diminuição da oferta de oxigênio para o músculo cardíaco. Os anti-anginosos são osmedicamentos que combatem essas crises, agem dilatando os vasos, melhorando o fluxosanguíneo no miocárdio e diminuindo as necessidades de oxigênio, na medida em que ofornecimento e o consumo de oxigênio pelas fibras cardíacas se equilibram. Exemplos:Amiodarona (anti-hipertensivo), Verapamil (anti-arrítmico e anti-hipertensivo08. COAGULANTES: São os medicamentos utilizados para acelerar o processo decoagulação sanguínea, prevenindo ou tratando as hemorragias. Exemplos: Vitamina K(Kanakion)09. ANTI-COAGULANTES: Estes medicamentos diminuem o tempo de coagulaçãosanguínea,para prevenção e tratamento da formação de trombos (coágulos). Exemplos:Heparina, Varfarina, AAS (analgésico), Clexane, Clopidogrel (Plavix)
  3. 3. 10. ANALGÉSICOS: Medicamentos com atividades supressoras ou de diminuição dador. Sua ação é de grande interesse, pois a dor está presente em muitas doenças. Causamtambém queda da temperatura em pacientes febris (ação antipirética). Duas classes:- NARCÓTICOS (OPIÓIDES): São os mais potentes analgésicos. Devem ser utilizadoscom cautela, podem levar a dependência. Úteis para dores intensas como cólicas renais,biliares, pós cirúrgica e câncer. Exemplos: Morfina (Dimorf), Codeína, Dolantina, Tramal(Tramadol), Fentanila,- NÃO NARCÓTICOS (NÃO OPIOIDES): São menos potentes. Suprimem a dor superficial,como cefaléia, mialgias e atralgias. Exemplos: AAS (antipirético), Paracetamol (Tylenol),Dipirona (antipirético).11. ANTIINFLAMATÓRIOS: São substâncias utilizadas para reduzir ou impedir oprocesso inflamatório. A inflamação é a resposta de um tecido vivo vascularizado a umaagressão local. Temos duas classes:- NÃO ESTERODAIS (AINES): É um grupo variado de fármacos que tem em comum acapacidade de controlar a inflamação, de analgesia (diminuir a dor) e de combater a hiper-termina (febre). Exemplos: Diclofenáco de Potássio (Cataflan), Diclofenáco de Sódio (Voltaren), Meloxican, Piroxicam, Nimesulida, Tenoxicam (Tilatil), Ibuprofeno (analgésica eantipirético).- ESTERODAIS: São os corticóides, possuem atividades antiinflamatórias potentes.Também tem ação em processos alérgicos. Exemplos: Prednisolona (Meticorten),Dexametasona (Decadron), Hidrocortizona (Solucortef), Profenid /Cetoprofeno (Anti-reumático, analgésico e antipirético), Colchicina (Gota), Metilprednisolona,12.ANTI-HISTAMINICO: Esses medicamentos agem nos processos alérgicos doorganismo. Atuam como anestésicos locais e do SNC, causando sonolência. Exemplos:Histamin (Polaróides), Doxilamina (Silomat), Meclastina e Prometazina (Fenergan)13. BRONCODILATADORES: São substancias que agem dilatando os brônquiospulmonares, o que facilita a entrada de oxigênio nos pulmões. São muito utilizados emdoenças como asma e bronquite. Um efeito colateral muito comum é a taquicardia.Exemplos: Fenoterol (Berotec), Ipratrópico (Atrovent), Salbutamol (Aerolin), Terburalina(Bricanyl), Aminofilina, Teofilina.14. INSULINA: É um hormônio que normalmente é produzido no pâncreas e tem comofunção facilitar a entrada da glcose nas células, para ser utilizada como fonte de energia. Ainsulina é administrada em pacientes portadores de diabetes tipo I, porém, diabéticos tipoII, que estejam com taxas elevadas de glicose no sangue, sem conseguir baixar apenas comdietas e as outras medicações (antidiabéticos orais: Metformina, Glibenclamida) podem vira utilizar a insulina apenas para correção hiperglicêmica. Os tipos são:
  4. 4. - DE AÇÃO RÁPIDA- INSULINA REGULAR (R): Começa a agir mais ou menos 1 hora e durade 8 a 14 horas.-DE AÇÃO INTERMEDIÁRIA- INSULINA NPH: Começa a agir em mas ou menos 2 horas edura 24 horas.- DE AÇÃO PROLONGADA- INSULINA ULTRALENTA (UL): Começa a agir em 4 horas edura 26 horas.15. ANTI-DIARRÉICOS: Diminuem a motilidade intestinal, inibindo a peristalse atravésdo efeito direto nos músculos da parede intestinal. Imosec, Floratil.16. LAXANTES: Bisacodil, Humectol, Glicerina (para enema)17.FERRUGINOSOS: Sulfato Ferroso, Noripurum18.ANTI-LIPÊMICOSSinvastatina, Lipless, Lavartatina19. ANTI-CONVULSIVANTESHidantal (Fenitoína), Gadernal, Carbamazepina, Oxcarbazepina, Rivotril (Clonazepan)20. SEDATIVOS, ANSOLÍTICOS E HIPNÓTICOSAlprazolan/ Frontal, Lexotan, Diazepan/Valium, Lorazepam, Midazolam/dormonid___________________________________________________________________ E- encontra-se R- relata A- apresenta R- realizado(Cliente admitido)Paciente admitido no 8º andar, proveniente (Internação, UTI, C.C, PS, UCO...), em( cadeira de rodas, maca, deambulando) acompanhado pela enfermagem, (com, sem)familiares. Por tratamento (cirurgia/procedimento) aos cuidados da (Cirurgia Geral,Ortopedia, urologia, Cardiologia, ginecologia...).(Cliente Já hospitalizado)Paciente no (dias de internação), por (cirurgia/procedimento)....(Continuação ...)
  5. 5. Ao exame físico ENCONTRA-SE (lúcido, consciente, semi-consciente, inconsciente,orientado, desorientado, sonolento, responsivo, colaborativo, não colaborativo, restrito aoleito, deambulando...).Cabeça (olhos, ouvidos, boca, pescoço e garganta), Tórax (anterior e posterior), Abdômen,Região sacra e glútea, Genital e Reg. Perianal, MMSS e MMII e Pele.RELATA (Alergia a medicamentos, dor em ___, êmese, nega queixas álgicas, dor no local deAVP/AVC, eliminações ausentes, eliminações presentes...)APRESENTA (em uso de fralda, SVD, uropen, curativo em ___, com dreno em ___, fixadorexterno em ___, tração trans-equelética em ___, em uso de medicamentos em BI, comdieta por SNE/SNG em BI, com AVP/AVC em ___...)REALIZADO (banho de ___, higienização oral, curativo em ___, troca de AVP puncionadoem___, retirado AVC, aspiração de ___, troca de fralda, MCPM, paciente recusa-sea medicação/banho, esvaziamento de SVD drenando __ ml, troca de bolsa de caraya,fleetenema, ...)Segue os sinais vitais, MV+ FR __ irpm, P __ Bat/min, PA__ mmhg, Tax __ºC Terminologia Básica Respiração- FR 16-20 irpm-Taquipnéia: aumento do número de -Apnéia: Parada respiratóriarespirações -Ortopnéia: respiração difícil, melhora na- Bradipnéia: diminuição do número de posição sentadarespiração-Dispnéia: dificuldade ou dor ao respirar Temperatura- Tax __ ºC
  6. 6. -Febre, Pirexia, - Hipotermia, - Subfebril, Febrícula:hipertermia, Hipopirexia: redução da Aumento da temperaturaHiperpirexia: aumento temperatura corporal corporal de 37,1ºC atéda temperatura corporal abaixo de 35ºC 37,7ºacima de 37,8ºC Pulso- P 60-80 bat/min- Taquicardia, taquisfigmia: pulso acima -Pulso irregular ou arrítmico: osdo normal, acelerado intervalos entre os batimentos são desiguais.- Bradicardia ou bradisfigmia: pulsoabaixo do normal, lento,-Pulso filiforme, fraco débil: redução da - Dicrótico: os batimentos dão aforça ou volume do pulso periférico. impressão de dois batimentos Pressão Arterial- PA ___ mmHg- Hipertensão: PA acima da média, no - PA convergente: quando os valoresgeral maior que 150/90 mmHg sistólicos e diastólicos aproximam-se-Hipotensão: PA abaixo da média, no geral -PA divergente: quando os valoresmenos que 100/60 mmHg sistólicos e diastólicos distanciam-se

×