ROGER BASTIDE, VIDA E OBRAS

2.739 visualizações

Publicada em

TRABALHO SOBRE A VIDA E OBRAS DO SOCIÓLOGO ROGER BASTIDE.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.739
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ROGER BASTIDE, VIDA E OBRAS

  1. 1. NA FRANÇA • Roger Bastide nasceu 01 de abril de 1898 em Nimes, ele foi educado na religião protestante. • Depois da escola primária, ele continuou seus estudos na faculdade de Nimes 1908-1915 e recebeu uma bolsa de estudos em 1915 para se preparar para a Escola Superior Normal. • A guerra interrompeu seus estudos, que ele deixou em 1916 para fazer o serviço militar, em Valência. • Depois da guerra, no início de 1919, ele obtém uma licença bolsa para a Universidade de Bordeaux.
  2. 2. PROFESSOR NA USP Foi oferecido a Bastide o cargo professor de sociologia na Universidade de São Paulo. C. Levi-Strauss, que ocupava o cargo desde 1935, estava particularmente interessado em índios da Amazônia. Então ele se demitiu no final de 1937. Bastide é escolhido para substituir C. Levi-Strauss. A aventura tão esperada em sua vida surge, e Bastide vem para o Brasil. • Em 1938 integrou a missão de professores europeus à recém-criada Universidade de São Paulo , para ocupar a cátedra de sociologia. No Brasil, estudou durante muitos anos as religiões afro-brasileiras, tornando-se um iniciado no candomblé da Bahia.
  3. 3. O CANDOMBLÉ DA BAHIA • Lançado em 1958, este livro mostra como o candomblé postula uma filosofia do universo e uma concepção do homem e do cosmo. O autor, Roger Bastide, realiza uma análise do candomblé, estudando o transe e a possessão, os cânticos, as danças e os ritos desta religião afro-brasileira.
  4. 4. O SAGRADO As preocupações bastidianas são cinco tipos: 1 - misticismo e da sociologia da religião, espiritualidade, como se manifesta em pessoas diferentes? 2 - a interpretação de civilizações , aculturação, etc. Nas mudanças culturais, o religioso resiste, mesmo quando a assimilação social parece completa; 3 - a poesia, a criação artística ,são aventuras espirituais, místicas; 4 - na escuro dos nossos sonhos opera o mergulho escuro na irracionalidade racional e vice-versa; 5 - doença mental "também são as doenças do sagrado" o transe que tenta fornecer uma solução. • Através destes cinco grandes temas do trabalho de Bastide, vemos que nossas leituras são constantemente guiados pelo mesmo fio condutor: o sagrado. Religião, aculturação, arte, sonho, loucura, são todas as recorrências do sagrado. Acreditamos que é na natureza como sagrada unidade de trabalho bastidiano ocorre. Unidade, mas não sistemática. Bastide desconfiava teorias abrangentes, ideologias, preferindo o escuro e confuso aos principais sistemas explicativos, marxista ou pensamento estruturalista.
  5. 5. fim Alunos .. Emerson Fabiana Edelaine Aline

×