Tecido muscular - Super Super Med

3.978 visualizações

Publicada em

1 comentário
16 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.978
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecido muscular - Super Super Med

  1. 1. TecidomuscularProf. Emanuel
  2. 2. Características gerais Prof. EmanuelOrigem: Mesoderma (mioblastos)
  3. 3. Características gerais Prof. EmanuelFormado por célulasespecializadas na funçãocontrátil (fibra muscular)Células ricas em microfilamentos de actina e miosina.Miofibrila
  4. 4. BraçoFEIXE – várias fibras(células) muscularesFIBRA ou CÉLULAMUSCULARMIOBIBRILAMÚSCULO – vários feixes defibras (células) muscularesFibra muscular (miócito) Prof. Emanuel
  5. 5. Fibra muscular (miócito) Prof. EmanuelEstriasNúcleoMiofibrilasMicrofilamentos deactina e miosina
  6. 6. Fibra muscular (miócito) Prof. EmanuelNúcleoMitocôndriaMiofibrilasSarcoplasmaSarcolemaSistema de TúbulosTRetículosarcoplasmáticoSarco = Músculo
  7. 7. Fibra muscular (miócito) Prof. Emanuel
  8. 8. Tipos de músculosMúsculo lisoMúsculo estriadoesqueléticoMúsculo estriadocardíacoProf. EmanuelEsqueléticoForma a musculaturados atletasCardíacoForma o miocárdioLisoForma musculaturavisceral
  9. 9. Tipos de músculos Prof. Emanuel
  10. 10.  Movimento e a manutenção da postura Produção de calor Auxiliar a circulação venosa Absorção de choques ArmazenamentoFunções Prof. Emanuel
  11. 11. Musculatura lisa Prof. EmanuelFibras pequenas,fusiformese mononucleadasContração fraca,lenta einvoluntáriaSem estrias transversaisEncontrado nos vasos e nasvíscerasEx. Movimentos peristálticos,contração do útero,bexiga.
  12. 12. Fibras cilíndricas, com estriastransversais, mononucleadas.Comunicam-se através deanastomosesAltamente diferenciadoContração forte,rápida,continua e involutária.Controlado pelo SNA epelo nó sinoatrialMusculatura estriada cardíaca Prof. Emanuel
  13. 13. Musculatura estriada esqueléticaProf. EmanuelFibras cilíndricas,longas,multinucleadas e com estriastransversaisContração forte,rápida,descontinua e voluntáriaCélulas ricas em retículosarcoplasmáticoPossui reserva de glicogênio
  14. 14. Suas extremidades são geralmente afiladas eterminam num cordão fibroso resistente (tendão)Controlado pelo S.N.CMusculatura estriada esqueléticaProf. Emanuel
  15. 15. Musculatura estriada esqueléticaProf. Emanuel
  16. 16. Musculatura estriada esqueléticaPlaca motora ou junção neuro muscularProf. Emanuel
  17. 17. Musculatura estriada esqueléticaProf. EmanuelEpimísio – Reveste omúsculoPerimísio – Reveste ofeixeEndomísio – Reveste afibra
  18. 18. Contração muscularSarcômero ou miômero = Unidade contrátilProf. Emanuel
  19. 19. Contração muscular Prof. Emanuel
  20. 20. Contração muscular Prof. EmanuelSarcômeroFilamento finoActina,troponina,tropomiosinaFilamento grossoMiosinaContraçãoRelaxamento
  21. 21. Contração muscularNEURÔNIOMOTORLiberação deACETILCOLINALIBERAÇÃO DEÍONS DE CÁLCIODESLIZAMENTODA ACTINA SOBREA MIOSINAHIDRÓLISE DEATPProf. Emanuel
  22. 22. Filamentogrosso deMiosinaFilamentofino deActinaContração muscular Prof. Emanuel
  23. 23. Contração muscular Prof. Emanuel
  24. 24. Contração muscular Prof. Emanuel
  25. 25. Contração muscular Prof. Emanuel
  26. 26. Fonte direta de energia para contraçãomuscular = ATPFonte indireta de energia para contraçãomuscular = fosfocreatina.Contração muscular Prof. Emanuel
  27. 27.  Hipertrofia: Aumento do volume celular comformação de novas miofibrilas Hiperplasia:Multiplicação das células o tecidomuscular lisoCrescimento muscular Prof. Emanuel
  28. 28. Crescimento muscular Prof. Emanuel
  29. 29. Estriado esqueléticoProliferação e fusão decélulas satélitesEstriado cardíacoAs fibras cardíacas nãose regeneramMúsculo lisoA célula lesionada entraem mitoseRegeneração muscular Prof. Emanuel
  30. 30. Regeneração Prof. Emanuel
  31. 31. Metabolismo energético Prof. Emanuel Grande consumo de carboidratos e Ac. graxos
  32. 32. Ciclo de Cori(gliconeogênese)Metabolismo energético Prof. Emanuel
  33. 33. Lentas (Tipo I)– Contração Lenta emais fraca– Menor volume– Muita mioglobina– Muitas mitocôndrias– Processos aeróbicosRápidas (Tipo II)– Contração Rápida ePotente– Maior volume– Pouca mioglobina– Poucas mitocôndrias– Processos anaeróbicosFibras lentas e fibras rápidas Prof. Emanuel
  34. 34. Fibras lentas e fibras rápidas Prof. EmanuelMaratonaFibras lentas(Longa duração)100m rasosFibras rápidas(curta duração)

×