Tecido Epitelial

6.293 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecido Epitelial

  1. 1. Noções gerais de histologia animal Prof. Emanuel Parte 01 Epitélios
  2. 2. Níveis de organização Prof. Emanuel Nível celular Nível tissular Nível do órgão Nível sistêmico Nível do organismo (homeostasia) Propriedades emergentes da matéria
  3. 3. Níveis de organização Prof. Emanuel Sistema digestório Sistema respiratório Sistema urinário Sistema circulatório Nível do organismo (homeostasia)
  4. 4. Multicelularidade Prof. Emanuel Unicelular Colônias Multicelular Tecidos
  5. 5. A união de células para formarem colônias e com isso os primeiros seres multicelulares trouxe como vantagens:  Expressão diferenciada dos genes (diferenciação) com conseqüente economia energética  Diversidade de funções celulares  Formação de tecidos e orgãos possibilitando maior desenvolvimento corporal  Surgimento de novos padrões de comunicação entre as células (sistemas de regulação) Multicelularidade Prof. Emanuel
  6. 6. Tecido Prof. Emanuel Multicelulares sem tecidos
  7. 7. Tipos de tecidos animais Prof. Emanuel Tecido conjuntivo Tecido epitelial Tecido muscular Tecido nervoso
  8. 8. “O tecido epitelial caracteriza-se como um regimento de células que atuam de forma conjunta nas diferentes funções que este desempenha” Tecido epitelial Prof. Emanuel
  9. 9. Tecido epitelial - Características Prof. Emanuel 1. Células justapostas 2. Estruturas unitivas 3. Pouca matriz extracelular 4. Avascular 5. Nutrição por difusão
  10. 10. Tecido epitelial - Características Prof. Emanuel
  11. 11. Tecido epitelial - Características Prof. Emanuel Junção de oclusão Desmossomos Junção GAP
  12. 12. Tecido epitelial - Características Prof. Emanuel
  13. 13. Tecido epitelial - Características Prof. Emanuel Epitélio Conjuntivo Lâmina Basal
  14. 14. 1.Revestimento (proteção e absorção) Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Mucosas Serosas Epiderme
  15. 15. 1.Revestimento (proteção e absorção) Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Mucosa Serosa Luz ou lúmen
  16. 16. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Mucosas
  17. 17. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Mucosas
  18. 18. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Mucosas
  19. 19. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Serosas Pleura Pericárdio Peritônio
  20. 20. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Epiderme
  21. 21. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Epiderme Derme Hipoderme
  22. 22. Epiderme Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Estrato córneo Estrato lúcido Estrato espinhoso Derme Estrato granuloso Estrato germinativo melanócito Nova Velha
  23. 23. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Célula epitelial Melanócito Malanossomos Núcleo Golgi
  24. 24. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel
  25. 25. Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Receptores de superfície Sensação percebida Receptores de Krause Frio Receptores de Ruffini Calor Discos de Merkel Tato e pressão Receptores de Vater-Pacini Pressão Receptores de Meissner Tato Terminações nervosas livres Principalmente dor
  26. 26. Tecido epitelial – Classificação Prof. Emanuel Pavimentosa Cúbica Colunar ou prismática Simples Estratificado
  27. 27. Tecido epitelial – Classificação Prof. Emanuel EstômagoPulmão Túbulo renal
  28. 28. Tecido epitelial – Classificação Prof. Emanuel Bexiga Esôfago Traquéia
  29. 29. 2. Glandular (secreção) Tecido epitelial – Funções Prof. Emanuel Glândula exócrina Glândula endócrina Glândula endócrina
  30. 30. Tipos de glândulas a) Exócrinas – Liberam a secreção para fora da corrente sanguínea. Possuem ducto secretor Ex. Salivar, lacrimal, sudorípara, mamária b) Endócrinas – Liberam a secreção para dentro da corrente sanguínea. Não possuem ducto secretor Ex. Tireóide, hipófise, pineal Prof. Emanuel c) Anfícrinas – São glândulas mistas Ex. Pâncreas, testículos

×