Sistema
imune
Prof. Emanuel
Endemia X epidemia X pandemia
Endemia X Epidemia
Epidemia
Endemia
Surto
Nº de casos
Tempo
Pandemia
Prof. Emanuel
Endemia X epidemia X pandemiaProf. Emanuel
Condições para iniciar uma pandemia:
 A doença deve ser infecciosa
 O agente ...
Luta contra as doenças
 Jenner (1789) – Estudo pioneiro de imunização
(varíola)
 Pasteur (1885) – Estudo com microorgani...
• Imunidade = Resistência a infecções
• Sistema imune = Células, tecidos e
moléculas relacionadas com a resistência
Introd...
• Função primária
• Defesa contra os patógenos.
• Funções secundárias:
• Fagocitose de células mortas
• Memória imunológic...
RESPOSTA INESPECÍFICA
(IMUNIDADE INATA)
RESPOSTA ESPECÍFICA
(IMUNIDADE ADQUIRIDA)
Primeira linha
de defesa
Segunda linha d...
Epiderme
Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
Derme
Epiderme
Estrato córneo
Estrato lúcido
Estrato espinhoso
Derme
Estrato granuloso
Estrato germinativo
melanócito
Nova
Velha...
Célula epitelial
Melanócito
Malanossomos
Núcleo
Golgi
Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
Mucosas
• Epitélio de
revestimento interno
• Sistemas urogenital,
respiratório e digestó
rio
• Lisozima / Muco
• HCl
• Áci...
Mucosa
Serosa
Luz ou
lúmen
Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
Lisozima (lágrima e saliva) Muco protetor,pêlos e cílios
Bactérias simbiontes
Bactérias simbiontes,
suor,acidos graxos e
b...
• Neutrófilo – Diapedese, pus, vida curta
• Macrófagos – Limpeza e apresentação antigênica
2ª linha de defesa (fagócitos)P...
2ª linha de defesa (fagócitos)Prof. Emanuel
Mastócitos
Heparina
Histamina
Vasodilatação e
edema
Inflamação
Inflamação – Ação da Histamina
Prof. Emanuel
Receptores para a
histamina
Anti histamínico
ocupam os receptores
de histamina
Histamina
Anti histamínicos
Anti histamínic...
Inflamação Prof. Emanuel
A inflamação é uma resposta inespecífica local
Liberação de histamina
Vasodilatação
Maior fluxo de sangue
Maior permeabili...
Calor Rubor Tumor Dor Perda de função
Inflamação
Inflamação Prof. Emanuel
A febre uma resposta inespecífica sistêmica
Fagocitose com
liberação de toxinas
SNC (hipotálamo)
Tiritação e vasoconstricç...
a) Humoral
• Anticorpos produzidos por Linfócitos B
– Defesa química
b) Celular
• Ação de células como os linfócitos T
– D...
Mecanismos específicos Prof. Emanuel
Mecanismos específicos Prof. Emanuel
O sistema imune é dotado de especificidade e
memória
a) Especificidade – Capacidade do
corpo de reconhecer e eliminar
antí...
Mecanismos específicos Prof. Emanuel
Ação dos anticorpos Prof. Emanuel
• Patógeno passa pela 1ª linha de defesa
• Neutrófilos e macrófagos fagocitam o
patógeno
• Os macrófagos apresentam os ant...
Etapas da resposta imune Prof. Emanuel
• Os linfócitos TCD4 reconhecem o antígeno e produzem
interleucinas
• Os linfócitos B sofrem seleção clonal e produzem
ant...
• Os anticorpos estimulam
a destruição do agente
invasor
• Os linfócitosT CD8
reconhecem e destroem
células infectadas pel...
Etapas da resposta imune Prof. Emanuel
Prof. Emanuel
Prof. Emanuel
Anticorpo
Tempo
Resposta
primária
Resposta
secundária
1º contato 2º contato
b) memória – capacidade do sistema imune de
re...
BIOLOGIA
Prof Bira Cabral
Passiva
Ativa
Imunização Prof. Emanuel
BIOLOGIA
Prof Bira Cabral
a) Ativa – O organismos fabrica anticorpos
• Vacina - Introdução de antígenos
• Criação de memór...
BIOLOGIA
Prof Bira Cabral
Vacina contra Poliomielite
Vacina Sabin Vacina Salk
Vírus atenuado Vírus inativado
Imunização Pr...
BIOLOGIA
Prof Bira Cabral
Dra. Miriam Tendler
Vacina contra
esquistossomose
Imunização Prof. Emanuel
BIOLOGIA
Prof Bira Cabral
b) Passiva – O organismo recebe anticorpos
prontos
• Soro – introdução de anticorpos
• Sem memór...
Imunização Prof. Emanuel
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistema imune

5.512 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
31 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.512
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
31
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema imune

  1. 1. Sistema imune Prof. Emanuel
  2. 2. Endemia X epidemia X pandemia Endemia X Epidemia Epidemia Endemia Surto Nº de casos Tempo Pandemia Prof. Emanuel
  3. 3. Endemia X epidemia X pandemiaProf. Emanuel Condições para iniciar uma pandemia:  A doença deve ser infecciosa  O agente infecta seres humanos causando uma doença grave  A proliferação é fácil e sustentável
  4. 4. Luta contra as doenças  Jenner (1789) – Estudo pioneiro de imunização (varíola)  Pasteur (1885) – Estudo com microorganismos e criação de novas vacinas  Koch (1882) – Estudo com bactérias (BK)  Fleming (1929) - Descoberta da penicilina Prof. Emanuel
  5. 5. • Imunidade = Resistência a infecções • Sistema imune = Células, tecidos e moléculas relacionadas com a resistência Introdução Prof. Emanuel
  6. 6. • Função primária • Defesa contra os patógenos. • Funções secundárias: • Fagocitose de células mortas • Memória imunológica • Eliminação de células alteradas Funções do sistema imune Prof. Emanuel
  7. 7. RESPOSTA INESPECÍFICA (IMUNIDADE INATA) RESPOSTA ESPECÍFICA (IMUNIDADE ADQUIRIDA) Primeira linha de defesa Segunda linha de defesa Terceira linha de defesa Barreiras Naturais Inflamação 1- Linfócitos 2- Anticorpos 3- Memória imune 1- Pele e mucosas 2- Secreções 3- Flora natural 1- Células fagocitárias 2- Substâncias antimicrobianas 4- Estado febril Mecanismos de defesa Prof. Emanuel
  8. 8. Epiderme Primeira linha de defesa Prof. Emanuel Derme
  9. 9. Epiderme Estrato córneo Estrato lúcido Estrato espinhoso Derme Estrato granuloso Estrato germinativo melanócito Nova Velha Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
  10. 10. Célula epitelial Melanócito Malanossomos Núcleo Golgi Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
  11. 11. Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
  12. 12. Mucosas • Epitélio de revestimento interno • Sistemas urogenital, respiratório e digestó rio • Lisozima / Muco • HCl • Ácido lático Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
  13. 13. Mucosa Serosa Luz ou lúmen Primeira linha de defesa Prof. Emanuel
  14. 14. Lisozima (lágrima e saliva) Muco protetor,pêlos e cílios Bactérias simbiontes Bactérias simbiontes, suor,acidos graxos e barreira física HCl (Bactericida) Alteração brusca de pH Bactérias simbiontes Prof. Emanuel Primeira linha de defesa
  15. 15. • Neutrófilo – Diapedese, pus, vida curta • Macrófagos – Limpeza e apresentação antigênica 2ª linha de defesa (fagócitos)Prof. Emanuel
  16. 16. 2ª linha de defesa (fagócitos)Prof. Emanuel
  17. 17. Mastócitos Heparina Histamina Vasodilatação e edema Inflamação Inflamação – Ação da Histamina Prof. Emanuel
  18. 18. Receptores para a histamina Anti histamínico ocupam os receptores de histamina Histamina Anti histamínicos Anti histamínicos Inflamação Prof. Emanuel
  19. 19. Inflamação Prof. Emanuel
  20. 20. A inflamação é uma resposta inespecífica local Liberação de histamina Vasodilatação Maior fluxo de sangue Maior permeabilidade Diapedese Inflamação Prof. Emanuel
  21. 21. Calor Rubor Tumor Dor Perda de função Inflamação Inflamação Prof. Emanuel
  22. 22. A febre uma resposta inespecífica sistêmica Fagocitose com liberação de toxinas SNC (hipotálamo) Tiritação e vasoconstricção Retenção de calor Hipertermia Febre Prof. Emanuel
  23. 23. a) Humoral • Anticorpos produzidos por Linfócitos B – Defesa química b) Celular • Ação de células como os linfócitos T – Defesa fagocitária Tipos de defesa específicas: • Linfócitos T: a) Linfócito T CD4 ou auxiliares - Iniciam a resposta específica produzindo interleucinas b) Linfócitos T CD8 ou Citotóxicos - Destroem células infectadas Mecanismos específicos Prof. Emanuel
  24. 24. Mecanismos específicos Prof. Emanuel
  25. 25. Mecanismos específicos Prof. Emanuel
  26. 26. O sistema imune é dotado de especificidade e memória a) Especificidade – Capacidade do corpo de reconhecer e eliminar antígenos específicos • O antígeno estimula a resposta imune • A resposta imune consiste na produção de uma proteína de defesa (anticorpo ou imunoglobulina) Mecanismos específicos Prof. Emanuel
  27. 27. Mecanismos específicos Prof. Emanuel
  28. 28. Ação dos anticorpos Prof. Emanuel
  29. 29. • Patógeno passa pela 1ª linha de defesa • Neutrófilos e macrófagos fagocitam o patógeno • Os macrófagos apresentam os antígenos aos linfócitos TCD4 Fagocitose Digestão Apresentação Ativação Etapas da resposta imune Prof. Emanuel
  30. 30. Etapas da resposta imune Prof. Emanuel
  31. 31. • Os linfócitos TCD4 reconhecem o antígeno e produzem interleucinas • Os linfócitos B sofrem seleção clonal e produzem anticorpos (Plasmócitos) Linfócitos B Células de memória Etapas da resposta imune Prof. Emanuel
  32. 32. • Os anticorpos estimulam a destruição do agente invasor • Os linfócitosT CD8 reconhecem e destroem células infectadas pelos agentes invasores • Ocorre a formação da memória imunológica Etapas da resposta imune Prof. Emanuel
  33. 33. Etapas da resposta imune Prof. Emanuel
  34. 34. Prof. Emanuel
  35. 35. Prof. Emanuel
  36. 36. Anticorpo Tempo Resposta primária Resposta secundária 1º contato 2º contato b) memória – capacidade do sistema imune de reconhecer e reagir de forma mais eficaz a um mesmo antígeno Mecanismos específicos Prof. Emanuel
  37. 37. BIOLOGIA Prof Bira Cabral Passiva Ativa Imunização Prof. Emanuel
  38. 38. BIOLOGIA Prof Bira Cabral a) Ativa – O organismos fabrica anticorpos • Vacina - Introdução de antígenos • Criação de memória imune • Profilática • Longa duração Natural ou artificial Imunização Prof. Emanuel
  39. 39. BIOLOGIA Prof Bira Cabral Vacina contra Poliomielite Vacina Sabin Vacina Salk Vírus atenuado Vírus inativado Imunização Prof. Emanuel
  40. 40. BIOLOGIA Prof Bira Cabral Dra. Miriam Tendler Vacina contra esquistossomose Imunização Prof. Emanuel
  41. 41. BIOLOGIA Prof Bira Cabral b) Passiva – O organismo recebe anticorpos prontos • Soro – introdução de anticorpos • Sem memória imunológica • Curativa • Curta duração Natural ou artificial Imunização Prof. Emanuel
  42. 42. Imunização Prof. Emanuel

×